O bispo e o cônsul, estranhas conversas

O bispo e o cônsul, estranhas conversas

De volta à lida em São Paulo, ao final da tarde chuvosa desta terça-feira, vindo de três dias no Ceará, após um vôo tenebroso, dou uma rápida olhada nos jornais daqui e me surpreendo mais uma vez com declarações feitas por uma eminência da nossa querida Igreja Católica, desta vez o cardeal Scherer.

“Para arcebispo de SP, Bolsa Família causa distorções, revela WikiLeaks”, diz a chamada de capa da Folha, e meu espanto aumenta quando leio a matéria inteira na página A13.

Nem foi tanto pelo que ele falou sobre o Bolsa Família, segundo os telegramas da diplomacia norte-americana agora revelados. O que mais me chamou a atenção nesta história foi o fato do cardeal arcebispo dispôr do seu valioso tempo para conversar sobre variados assuntos nacionais, tendo como privilegiado interlocutor o cônsul-geral dos Estados Unidos, Thomas White.

Como responsável por um rebanho de milhões de fiéis com tantos desafios espirituais e sociais na cidade de São Paulo, que certamente já existiam quando ele conversou com o diplomata, em outubro de 2007, penso que outros assuntos poderiam ocupar o coração e a mente de dom Odilo Scherer.

Na opinião dele, segundo o jornal, o Bolsa Família ajuda as famílias pobres, “mas transformou-se numa ferramenta eleitoral que distorce o sistema político”. Fantástico! O cônsul-geral deve ter ficado muito preocupado e acionado imediatamente a CIA para investigar esta grave denúncia. A culpa, claro, é do governo federal e do PT, de acordo com o relato do cardeal ao diplomata americano.

Até por ter chegado agora de mais uma viagem ao Nordeste, e ser testemunha da verdadeira revolução econômica e social vivida por aquela região nos últimos anos, e não só por causa do Bolsa Família, é óbvio, gostaria de saber do cardeal como ele chegou a esta brilhante conclusão.  

Por acaso, dom Scherer já se deu ao trabalho alguma vez de ver com seus próprios olhos o  que está mudando na vida do nordestino, longe dos palácios e dos gabinetes, lá nos sertões e nos grotões onde o povo vive?

Conversou com algumas das mais de 11 milhões de famílias beneficiadas pelo programa para conhecer seus sonhos e aflições?

 Interessou-se em saber o que está acontecendo em torno do porto de Suape, Pernambuco, onde antigos cortadores de cana, homens e mulheres, viraram metalúrgicos bem remunerados na indústria naval, por exemplo?

Para não perder a viagem, na mesma conversa o cardeal afirmou ainda ao cônsul-geral que a Teologia da Libertação deixou de ser um “problema sério”.

Misturando questões político-partidárias e programas sociais do país com querelas internas da Igreja, dom Odilo mais uma vez nos prova que as instituições, todas elas, por mais milenares que sejam, dependem sempre das pessoas que as comandam em determinado tempo e lugar.

O que têm hoje em comum a Igreja Católica liderada até outro dia por D. Paulo Evaristo cardeal Arns, que não considerava a Teologia da Libertação um “problema sério” _ ao contrário, relacionava-se muito bem com seus membros _ , e a Igreja Católica de dom Odilo Pedro cardeal Scherer, a não ser o fato de que ambos ocuparam a cadeira de arcebispo?

Da mesma forma o que tem a ver o Vaticano do papa João 23 com o Vaticano do papa Bento 16?

O atual arcebispo ainda procura explicar ao cônsul-geral americano porque a Igreja Católica está perdendo fiéis para os evangélicos _ segundo ele, “por ter falhado na sua missão de aprofundar a fé das pessoas”. Como assim?

É desta forma que o cardeal pretende resgatar as ovelhas perdidas? Ainda na mesma conversa, ele aproveitou para criticar a TV Record, do líder evangélico Edir Macedo, pois “a TV opera como empresa, mas também serve aos interesses dos evangélicos pentecostais”.

Ora, ora, dom Scherer, e não lhe ocorreu dizer nenhuma palavrinha sobre a rede de emissoras de rádio e TV católicas? A quais interesses servem? Por acaso são todas apenas entidades de benemerência mantidas por trabalhadores voluntários?

47 thoughts on “O bispo e o cônsul, estranhas conversas

  1. Bicar e o direito de todos bicarem

    Concordo com a distorção o valor da bolsa devia ser um salário mínimo para cada bolsista

    Assim como já devia ter a bolsa complemento aposentadoria

    Aliais o sistema de aposentadoria da Previdência Social, não era para ter transferência para ninguém após a morte, ai poderia pagar mais em vida teríamos mais gente unida se casando, teríamos muito menos preguiçosos acomodados, esperando a morte para receber o benefício, veja o FHC e muitos que recebem mais de uma aposentadoria sem ter contribuído, e quem contribui acaba num salário mínimo

    Perca de fieis por uma ou mais religião e por excesso de regras fora da realidade das regras presente, mas isso acaba sofrendo uma reviravolta se for atualizando aos poucos de acordo com a vontade da maioria muda a realidade expondo todas as coisas como elas são

    Edir Macedo como Padre Marcelo estavam surgindo como grandes promessas que se confirmaram Edir pela ousadia de passar a metodologia de curta distância primitiva por uma inovação tecnológica de longo alcance

    Padre Marcelo podia ter conquistado o mesmo patrimônio conquistado pelo Edir Macedo, porem foi cortado as assas dele dizendo que ele devia continuar praticando tudo primitivamente em silencio usando o pensamento para ganhar visibilidade, uma coisa que nunca vai acontecer

    Essa parte abaixo só existe porque deixamos de atualizar a realidade que e uma obrigação de todos, nos independente de raça religião fazer a nossa parte da maneira que podemos

    Bicar e um direito adquirido bicar, e o começo da solução esta onde ta o problema

    Eles os sem tetos sem terra e os moradores de rua, podiam indicar a ficção para exercer esse cargo, como a ficção foi escrita por mim esta sendo e vai escrever o que acontece em todos os meios, onde de cima para baixo recusaram o projeto fim dos cheiras colas do Brasil

    Poderia ser uma boa opção, entre as alternativas

    Planta planejada cadastrar todos moradores de rua, todos sem teto, todos sem terra, ao mesmo tempo já tirando o novo RG: a Matriz de todos os documentos, cadastrando num sistema associativo habitacional da moradia da terra, com a garantia da sustentação financeira do governo, num sistema associativo continuo, com aprovação antes de começar funcionar ter aprovação pelo Ministério Publico com a Receita Federal administrando junta em tempo real, como e entre a Previdência Social e a Receita Federal

    Isso iria facilitar porque ate cada um ter sua moradia sua terra iriam ficar recebendo a bolsa família agregada à extensão de todo básico de baixo para cima

    Fazenda da falência da Vaz podia ser loteada para os sem terra ate planejar uma nova cidade modelo dentro dessa fazenda

    No link da ficção tem opções http://www.ficcaoglobalizada2015br.blogspot.com

    Todos nos somos os sócios de todo patrimônio publico existente, desde um mendigo sem um centavo de capital, ate o maior capitalista do mundo, tem o mesmo direito e o mesmo percentual, de participação
    http://colunistas.ig.com.br/poderonline/2010/12/14/os-sem-teto-tambem-querem-opinar-na-escolha-do-ministro-das-cidades/#comment-46656

    1. Quem compra um bilhete “premiado” quer ser
      mais esperto que o vendedor.
      Os evangélicos foram mais agressivos na venda
      dos benefícios celestiais que os católicos.
      Fazem mais milagres, exorcizam mais o satanás.
      Foram mais espertos.
      É lobo comendo lobo.

  2. Está mais do que claro o medo do bispo de perder o seu “rebanho”, pois é mais do sabido que quando a pessoa encontra o meio real de sobrevivência o mesmo sai da órbita da igreja católica, que sempre foi a que mais cresceu em todos os países em época de miséria.

  3. O engraçado é que tudo que beneficia aos mais carentes,essa pseudo elite parasitária no qual esta incluido esse bispo,é “politicagem”.Sr. bispo,nos diga o que os políticos que nunca preocuparam realmente com as necessidades do “povão” dizem em épocas de eleição?O que eles prometem mesmo sr. bispo?Pois é,quando aparece um Presidente que cumpre o que promete,melhorar realmente a vida não só dos mais carentes mas de todos os brasileiros,é classificado de “populista” e “politiqueiro”,que “esqueceu” de descer do palanque,etc.O que os “caciques faziam na Bahia e no nordeste, usando a famigerada “indústria da sêca,era o que mesmo sr. bispo?

  4. Pelas revelações que se renovam diariamente,o título “interlocutor privilegiado” cabe ao cônsul americano.Até José Dirceu alugou o pavilhão auricular do representante do departamento de estado.Os bispos,portanto queixam-se ao cônsul.Senador Péricles,revelou-se um lobista de peso apoiando a Boeing.Agora ,o deputado Aldo Rabelo a trocar impressões agro-ambientais com a ianque personagem. Imagino o quanto os emissário do Tio Sam não foram assediados
    nos idos de março de 1964, e não era para pedir chicletes de bola nem calça jeans.

  5. É a Igreja Católica sempre ao lado dos pobres, o Opus Dei conseguiu dar uma forcinha para o Geraldinho, vamos aguardar prá ver o que a igreja católica o orientou a fazer pelos pobres……

  6. Há pseudos-religiosos escondidos nessas instituições, sem santidade, sem compaixão, sem aprofundamento da real questão social e econômica do país, sem preocupação real com os excludentes, alguns deles chegam até a ser Papa. Tem muitos que são bons religiosos, Esse Bispo devia se preocupar com os destinos de sua Igreja, principalmente quanto aos seus membros. Tem prática de pedofilia, tem padre usando a mulher do próximo (Peru), tem Padre fazendo politica patidária (pró-Serra/2010) nas TVs mantidas com os recursos dos fiés que pertencem a vários partidos politicos. Por esses motivos a Igreja católica perde fiés e vai continuar perdendo enquando esses bispos forem nomeados e orientados por esse Papa que aí está.

  7. De novo um purpurado católico se metendo em angus que não lhe pertence. Parece que existe um vírus óptico que ataca quem é figurão em SP e deita falação: o de enxergar a realidade brasileira apenas de um ponto de vista elitista, preconceituoso que vigora na paulicéia. Dom Odilo foi secretário-geral da CNBB de 2003 a 2007, o que certamente o colocou num contato bem estreito com a realidade brasileira e da Igreja no Brasil. Portanto, me surpeende que tenha feito essas declarações, pois além de ter podido verificar essa realidade com seus próprios olhos, conversa com centenas de bispos brasileiros e conta com o mais eficiente e organizado sistema de informantes não profissionais existente no mundo, que é a estrutura e membros da Igreja Católica. A demais, já se verificou que muitas das informações contidas nesses telegramas da diplomacia americana que estão vindo à luz, são errôneas, fruto do entendimento que o diplomata teve da questão e do que foi dito pelo interlocutor. Elas estão mais para fofocas do que para relatos objetivos. Então, me concedo o benefício da dúvida quanto à atuação real de Dom Odilo no ti-ti-ti. Mas não esqueço que, nos últimos tempos prelados católicos tem pisado na bola mais do que seria o esperado. Realmente, a Igreja Católica brasileira de D.Paulo, Dom Helder, Dom Aloísio (para citar apenas alguns vultos), já não é mais a mesma que foi voz do Povo de Deus humilde. Se elitizou e se isolou. Por isso também a deserção de fiéis. Dom Odilo tem razão quando aponta a causa da falta de aprofundamento. Mas não se esqueça de levar também em conta o isolamento em relação às esperanças populares e sua defesa.

  8. “Até por ter chegado agora de mais uma viagem ao Nordeste, e ser testemunha da verdadeira revolução econômica e social vivida por aquela região nos últimos anos, e não só por causa do Bolsa Família, é óbvio, gostaria de saber do cardeal como ele chegou a esta brilhante conclusão.” (R K)
    Excelente!

  9. é por isso que a igreja católica me cansa…….vou a igreja todos os domingos, ou quase todos…….. escuto o evangelho e não dou a minima para o que o Pe. fala fora do evangelho……escuto e dou atenção estritamento aos ensinamentos de Jesus, quando o Pe. se mete a falar sobre política, aborto, pílula e outras coisinhas mais nem escuto…..só assim para não deixar de vez a igreja católica.

  10. Ricardo a Igreja de hoje, lamentavelmente, não passa de um Núcleo ampliada da TFP. É duro para as elites admitir que o Governo Petista transformou o Brasil em Potência Mundial. Os bilhetes do Wijylikies mostram que quem manda no Brasil são os Brasileiros, por isso, o tom do Governo Americano é de descontentamento e preocupação. Os americanos sentiram que os entreguistas como Serra e FHC estão nas Catacumbas. Para o Brasil melhorar falta eleger nos Estados Governadores progressistas. Como esperar que Alagoas vá melhorar com um governador do PSDB, o mesmo se aplica em São Paulo, Santa Catarina que é a verginha Nacional conseguiu eleger um Governador Ultra Retrógrado (qual o Partido?? DEMO). Precisamos de bolsas familias estaduais e municipais, precisamos de Prouni’s estaduais e municipais, mesmo que Igraja Católica não aceite e seja contra. Assim o Brasil vai continuar a melhorar e progredir. Um abraço!

  11. Dentro de tantas revelações e espanto, aguardemos então o que a de surgir pela frente.
    O bispo com suas criticas ao Bolsa Familia, e Serra com sua opinião sobre o pre-sal aos americanos.
    E nada na Globo??, imaginem se esta Ong divulga-se algo contra Dilma e Lula seria ai sim um debate sem fim.

  12. Será que este padreco ridículo não conhece a vida e a obra de D. Evaristo e de D. Helder?

    Scherer (com este sobrenome, este deve ter sido colega do Bento VI na juventude hitlerista), ao invés de se meter em assuntos que não lhe dizem respeito, por que você não vai cuidar de seus padres pedófilos?

  13. A justiça também é um clero.
    Cheia de cardeais.
    Pra que serve a “Lei da Ficha Limpa”?.
    Pra amanhã o Maluf e Garotinho baterem no peito e falar:
    “Eu fui aprovado pela lei da ficha limpa, todos
    os meus pecados estão redimidos”.

  14. Bom dia Ricardo!
    Bom dia amigos balaieiros!

    Pois é! Lá vem a igreja através de um de seus representantes de “alto escalão” vomitar as suas bobagens.
    No meio de tanta santidade e “suntuosidade” abrigar opiniões digamos…inconvenientes para o governo atual, e até do anterior onde tudo isso se originou.
    Prefiro mesmo ficar com a opinião e a simplicidade de Frei Beto, que não deixa de ser mais coerente nesse assunto.
    Uma pessoa quando está convalescendo merece sim ser tratada para que os medicamentos possam diminuir os seus sofrimentos, mas esses mesmos medicamentos devem ser ministrados como o são- MEDICAMENTOS, e não se tornarem os ALIMENTOS para manter o status do FARMACEUTICO.

    Robson de Oliveira

    1. Robson, qual é a opinião de Frei Betto com a qual voce concorda ?

      A de que os governos entreguistas dos irmãos siameses, PSDB e DEMO, governam tirando dos mais pobres para distribuir aos ricos ?

      Ou a de que o governo Lula foi o único que governou dando prioridade aos mais pobres ?

      Incrível, Robson, voce concordar com o Frei Betto.

      Parabens !!!!

      E tenha um ótimo fim de semana. Com ou sem chuva.

  15. As instituições religiosas só se sustentam quando a miséria e ignorancia , por isso são contra o bolsa familia , transposição do rio São Francisco , proune etc , etc.
    Nunca na historia da humanidade se viu a igreja fazer alguma coisa para os mais nessecitados , algumas pessoas destas instituições é que fazem individualmente um pouquinho pelos pobres.

  16. Ricardo,

    Em relação ao catolicismo, aos padres, as igrejas e religiões faço minhas as palavras de Nietzsche, contidas na obra O Anticristo:

    “O lugar de maldição onde o cristianismo chocou seus ovos de basílico(monstro) será completamente arrasado, e, sendo sobre a terra o local sacrilego, constituirá motivo de pavor para a posteridade. Aí serão criadas serpentes venenosas.”.

    “Posta em lugar desta lastimável mentira, a realidade significa: certa espécie de homem parasita que não prospera senão a expensas de todas as formas de vida, o sacerdote, abusa do nome de Deus; chama “reino de deus” a um estado de sociedade no qual é ele quem fixa os valores; chama “vontade de deus” aos meios que emprega para alcançar ou manter tal situação; com cinismo glacial, valoriza os povos, as épocas, os indivíduos, conforme foram úteis ou resistiram á prepotência sacerdotal”

    “A própria palavra “cristianismo” é já um equívoco, no fundo só existiu um cristão, e esse morreu na cruz. O “evangelho” morreu na cruz. Aquilo a que desde então se chamou “evangelho” era o contrário que Cristo havia vivido”.

    “Termino aqui e pronuncio a minha sentença: eu condeno o cristianismo, lanço contra a igreja catolica a mais terrivel acusação que jamais acusador algum pronunciou: PARA MIM ELA É A MAIOR CORRUPÇÃO IMAGINÁVEL”

    Ricardo, abomino este império corruptor de mentes e da liberdade que manipula as vidas em nome um deus antropomórfico, projetado da imperfeição e ganancia humana.. Como disse Nietzsche : o verdadeiro e único cristão foi assassinado numa cruz…

    beijos!

  17. Todo ano, o presidente Lula se encontra, próximo do natal, com os catadores de lixo, recicladores e moradores de rua de SP. O encontro acontece no centro de Sp e deve estar por acontecer.

    Quem acompanha Lula nesse encontro? Dom Odilo… Vai se aproveitar da popularidade do presidente entre os pobres e tentar arrebanhar algumas ovelhas…

    Isso sim é fazer uso político. A Igreja lambe as elites vergonhosamente e quando toma um belo pé no traseiro, resolve acolher os pobres.

    Só de dizer que a teologia da libertação é um problema, já podemos entender quem é Dom Odilo…

    Felizmente, dentro da Igreja ainda tem pessoas como Frei Betto, Evaristo Arns, leonardo Boff e tantos outros. Pena que eles perdem cada vez mais sua influência na instituição…

  18. Ricardo, valeu!

    Sabe esses bispos como o citado faz tempo não consigo mais acompanhar ! Em geral quando vejo textos ou sermões desvio olhos e ouvidos…rs ! Desvio -me como de serpentes … rs…! Será que tais Bispos querem mesmo , como alguns dizem uma “elite de católicos”, bem formados na ” sã” e “reta” doutrina e praticantes fiés assim assim !? TFP , Arautos do Evangelho, Tradicionalistas , FSSPX, CANÇÃO NOVA (velha) etc… São estes os mestres da “sã” e “reta” doutrina católica hoje! Faça uma cândida pesquisa na net por documentos religiosos, e cairá nas garras de tais movimentos! Isso sim é uma VERGONHA!

    O Sr , acompanhou a polêmica do sabichão Felipe de Aquino da Canção Nova (assunto TL)? Aqui : http://no.comunidades.net/sites/got/gotasdecatequese/index.php?pagina=1330448146 ou aqui : http://claugnas.blogspot.com/2007/04/dogmticos-x-teologia-da-libertao.html

    A Apenas uma amostra ; ” D. Pedro Casaldáliga,

    “Lamento profundamente o seu artigo A VERDADE, PILATOS, É… onde o sr. mostra que apesar de já advertido cordialmente pelo Vaticano continua incorrigível, envenenando o povo …” FELIPE DE AQUINO. (Outro doutrinador lá é O PADRE PAULO RICARDO, com inspiração de Olavo de Carvalho para algumas abordagens! Podem ouvir a explanação deste senhor , chamada :”Marxismo Cultural! aqui em seu blog: http://padrepauloricardo.org/audio/marxismo-cultural/).

    Bom a coisa tá nojenta… hora dá dor… hora indignação!

  19. Complementando este post, vale a pena ler sobre o que ele falou de Lula e José Dirceu, saiu no Blog do Noblat.. Confesso que concordei com ele neste ponto.
    “O cardeal Cláudio Hummes, arcebispo emérito de São Paulo, responsabilizou o ex-ministro José Dirceu pelos escândalos de corrupção do governo Lula, afirmando que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva “não merecia isso”, em conversa com o então cônsul-geral dos Estados Unidos em São Paulo, Christopher McMullen, em março de 2006.

    Para dom Cláudio, Lula foi mal servido de pessoas que possuíam seus próprios interesses e, no caso de Dirceu, o ex-ministro aparelhou o governo para atender à ânsia de poder do PT. O encontro foi relatado em telegrama enviado ao Departamento de Estado americano, em 14 de março de 2006, e divulgado ao GLOBO pelo WikiLeaks.

    O cardeal se encontrou com o cônsul meses antes de ser nomeado pelo Papa Bento XVI para um dos mais altos cargos do Vaticano, o de prefeito da Congregação para o Clero. Há poucos meses, com 76 anos, deixou o posto por atingir o limite de idade para o cargo.

    Amigo de Lula desde os anos 70, dom Cláudio tentou poupá-lo das críticas que pesavam sobre ele no escândalo do mensalão e quanto ao crescimento econômico insuficiente à época. “Ele (o cardeal) sabia que Lula estava, de fato, desapontado por não ter criado mais empregos. E, então, veio o escândalo de corrupção”, escreve o cônsul, que continua, citando a conversa com o cardeal:

    – Não que ele (Lula) não soubesse de nada que estava acontecendo, como afirmou. Mas Lula foi mal servido pelas pessoas a seu redor, com suas próprias agendas, especialmente o ex-ministro chefe da Casa Civil, José Dirceu.

    O cônsul descreve a conversa que teve com dom Cláudio: “Era uma agenda para manter o PT no poder, um objetivo que requeria uma grande negociação de dinheiro. Para Dirceu, os fins justificam os meios. Dirceu, que é muito racional, um operador político astuto, queria ser o sucessor de Lula, e usou os poderes do governo, incluindo mais de 20 mil cargos de nomeação do presidente para esse fim (‘o que é injustificável na democracia’, Hummes disse)”.

    (Comentário meu(Noblat): Enfim, apareceu alguém de peso, não político, e ainda por cima amigo de Lula, que admitiu que Lula sabia.)

  20. Nem li direito os comentarios.
    Entao “se o BF distorce o sistema politico”, vossa insolencia admite de cara que o “sistema politico é tao… tao… mais ou menos bom que NAO merece ser distorcido por um simples
    programa que tira o pior da fome e de quebra ainda da uma chance de o pobre PODER ter fôlego minimo para recusar por vezes salarios miseráveis q lhe pagam os do andar de cima?
    Ora francamente!
    E uma falsa abordagem do ABORTO jogada no sistema politico-eleitoral como bispos fizeram NAO distorce nada, sr. bispo odilo? E uma entrada papal nas eleiçoes a dois dias do final, que NECessariamente pendia para o falso
    santarrão, era ou nao pra distorcer o processo?

    — E mais: a teologia da libertaçao deixou de ser um problema pra quem ?
    –mas gracias a Dios, sr odilo costa, nao adiantou intervir nem via bula papal.., nem via bola de papel.
    E se não gostar, responda.

  21. Eu fico sismado com a importância que é dada a pessoas sem importância prática, tais o “bispo” o “arcebispo” e seus asceclas.
    Acredito que para querer interferir nos destinos da nação deva ser necessário a participação efetiva das instirtuições, e eu acho que uma instituição que não pags impostos não tem direito de opinar sobre a condução das políticas de Estado.

  22. E todo o falatório deste bispo só tem um argumento; é tudo interesses e nada mais que interesses.
    Opus Dei, TFP também só é lavagem cerebral e interesses, nada mais que interesses.
    Se os pobres se tornarem cultos, eles deixarão de remeter as suas migalha$ aos padres que pelos séculos, já está como uma montanha de ouro.
    Se lembram da inquisição? Quantos senhores feudais não compraram a sua independência da condenação por qualquer ato?

  23. Kotscho eu tenho uma grande dúvida que me “coça” desde que acompanho o blog: em sua opinião o que é permitido para a Igreja católica e seus católicos?
    Poxa Ricardo! Não entendo: você quer católicos alienados ou esclarecidos?
    Acho muito importante para a os rumos da liberdade e da prática católico, por exemplo, o “jamais la guerre” do Papa Paulo VI na ONU.
    Tenho só uma colocação: esclareça pessoalmente com dom Odilo, uma das pessoas (sobreviventes) mais sãs do Brasil, essas suas questões. Tire de vez essas dúvidas sobre o conhecimento do mesmo. Antes de me intitular “igrejeiro” tenha com dom Odilo. Mate essa curiosidade, vai te fazer bem.
    Apesar de tudo achei pertinentíssimo esse post. É válido e valioso para a intentona não alienante que precisamos enfrentar.

  24. O comentário feito pelo editor do blog a respeito da conversa do cardeal com o consul americano é algo típico de jornalista que faze cobertura de fofocas. Além de o Cardeal ter se mostrado absolutamente equilibrado, fazendo análise dos aspectos positivos e negativos do bolsa-família, da atuação da igreja católica e da Universal, a conversa deu-se em âmbito privado . Caso o pensamento do cardeal fosse expresso numa entrevista a um veículo de comunicação ou se a conversa se desse em âmbito público, seria razoável que kotscho fizesse a análise, mas comentar e fazer juízo moral de uma conversa privada que vazou, é coisa de fofoqueiro e não de um jornalismo que se pretenda ser sério.

  25. Ricardo

    dexia de ser hipócrita!
    Gostaria de saber quantos beneficiários do bolsa familia assumiram este “emrpegos bem remunerados” ?

    Os números da educação no Nordeste são vergonhosos. O número de analfabetos aumentou. O numero de abandono é superior aos anos FHC.

    Os beneficiários destes empres “bem remunerados” são, como sempre a elite nordestina!

  26. A Madre Romana vai aos poucos mostrando a verdadeira face. Acho melhor os que ainda ‘se salvam’ da nossa já feia e já bonita religião católica apostólica romana separarem o joio do trigo antes que se perca toda a plantação.Penso que o Deus deste novo milênio será o de cada um. Poucos estarão no que se entende de fato como religião.
    No Brasil quem fez o papel de ‘escancarar’ os podres da madre romana foi o Serra. Esse mérito é dele e do seu grupo. Claro que esperavam por outro resultado. Mas Deus existe! E ficou com Dilma e todos nós. A atriz canastrona do Serra mandou a Dilma ficar com Deus. E Deus ficou! Valeu o segundo turno até por isso: para sabermos que Dilma e Deus são amigos sim. Como todos nós. Sofremos mas tivemos tempo de perceber onde mora o perigo. E os que foram se esconder no ninho acabaram mostrando a cara!
    Feliz Natal Ricardo.
    Que o menino Jesus – independente de religião – possa nascer no coração de todos nós.
    E que em 2011 possamos continuar sem medo de ser feliz!

  27. Qualquer frade, leigo, agnóstico ou indiferente de bom senso sabe que, como diria Agripino Greco, tonsura clerical não é clarabóia de sabedoria. E que, autoridade ou não,mas no caso o cardeal falante com o consul gringo, ao falar coisas indevidas importa que ouça o que precisa ouvir. No caso, limito-me a ponderar: para onde onde vai todo dinheiro “arrecadado” no santuário católico de Aparecida do Norte?

  28. Certa vez, em uma entrevista, um padre belga que atuava numa comunidade periférica de Curitiba me definiu bem esses padres diocesanos brasileiros (e os que viram bispos/cardeais): são empregados da classe média alta e rica. Não é a toa, portanto, que o povo pobre prefira os bispos espertos da IURD do que falsos pastores como esse pernóstico cardeal paulistano. O que grita é que os padres estrangeiros vêm aqui para trabalhar com os pobres, enquanto os padres brasileiros diocesanos buscam o estrelato brega, a metrossexualidade e desvios morais variados. É a turma que pede “palmas pra Jesus”, “celebrando” programas de auditório de mau gosto.

  29. Ricardo, só hoje pude acessar o teu blog.
    Sou católico, mas não aceito mais intermediários como o cardeal, bispo ou padre, para me dirigir a Ele.
    Depois que aconteceu nas últimas eleições e mais esta do cardeal, desisti desses intermediários.

    Uma frase do teu texto diz tudo:
    Da mesma forma o que tem a ver o Vaticano do papa João 23 com o Vaticano do papa Bento 16?

    Boa viagem e feliz regresso.

    Lamento não teres escrito um texto analisando o caderno especial do O Globo, onde a redícula Mirian Leitão e seu compadre Sardenberg, diminuindo um governo que tanto fez.

  30. A igreja católica está caminhando para um triste fim. Quando um Cardeal começa fazer comentário estúpido sobre um programa que tirou milhões de brasileiros da miséria absoluta, é ir de encontro ao proprio evangelho e dá uma cusparada na cara de S.Francisco de Assis. Aconselho esse padreco sherer voltar a ler a vida dos santos, e ter maior respeito pela batina que veste.

  31. Ricardo:

    Como ex-católico (e ex-cristão, e ex-religioso) eu poderia acrescentar a comparação entre João Paulo II e Bento XVI. Aquele era, pessoalmente, de grande dignidade; este ultimo, um … o quê, mesmo?

    A Igreja Católica (nada contra os católicos não fundamentalistas) é uma piada. Os evangélicos ganharam espaço (mas não vão ganhar muito mais) em cima da Igreja Católica, aplicando técnicas conhecidas de qualquer psicólogo: minoripacto (vendem para todos mas só compram no grupo evangélico), capitalização privilegiada (disfarçada de dizimismo elevado ao status de Maior Mandamento), clubismo (para compensar a perda do Sentido de Comunidade, sentido este continuamente combatido por Hollywood e adjacências).

    Os pastores conhecem seus clientes, um por um, pois lucram com cada um. O padre só conhece as beatas e os beatos de sacristia. Não sei qual dos dois tipos é pior; simpatizo mais com Espiritismo, Candomblé, deuses gregos e nórdicos, Confucionismo, Budismo.

    Os Carismáticos imitam, dos evangélicos, apenas o que pode ser interpretado, por não-religiosos, como histeria coletiva. Tomam o dizimismo capitalista e o travestem de dizimismo amador. E é só.

  32. Um bispo anglicano brasileiro contou que toda vez que se elege um presidente americano eles convidam líderes de igrejas da america latina, ele já foi duas ou três vezes. Lá o governo eleito explica como será o governo e como será o trato da Corte, quer dizer, da Casa Branca com os países latinoamericanos.
    Essa conversa com o Scherrer é só para colher informações sobre como anda o rebanho do hemisfério sul.
    O Brasil devia fazer o mesmo, convidar os líderes religiosos de lá e explicar como vai tratar o vizinho do norte.
    Mas na posse da Dilma pudemos ver, feliz da vida, a batista, Hilary Clinton. Porque ela tão feliz na frente do Chávez?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *