De guerra em guerra, escalada da intolerância

De guerra em guerra, escalada da intolerância

Da guerra santa à guerra suja, a campanha presidencial de 2010, que entra hoje em sua última semana, graças a Deus!, registrou uma inédita escalada de intolerância. Jogaram nos ventiladores da velha mídia e da jovem internet todos os preconceitos, ódios, medos, calúnias, mentiras, baixarias, tudo o que o ser humano pode produzir de pior.

Ainda bem que agora falta pouco. A cada dia, lendo o noticiário do jornal no café da manhã, meu estômago foi ficando mais embrulhado e teve dia em que nem me deu ânimo de escrever nada. Tentei mudar de assunto, falar sobre futebol e até do Mickey, mas não adianta. Parece que as pessoas não estão mais nem lendo o que os outros escrevem.

De nada adiantaram meus reiterados apelos para que os leitores se ativessem em seus comentários ao assunto tratado no post, evitassem agressões e ofensas, não usassem o espaço para fazer propaganda eleitoral nem escrevessem suas mensagens só com letras maiúsculas, em caixa alta, como se quisessem gritar suas verdades.

Pela primeira vez, neste domingo, fui obrigado a deletar mais comentários do que publicar. Procuro manter aqui um mínimo de civilidade, mas fico cada vez mais assustado e enojado com o que leio nas áreas de comentários em outros blogs e mesmo sobre as notícias publicadas nos diferentes portais. Em matéria de escatologia e desrespeito, chegamos ao fundo do poço.

Nem dá mais para saber o que é publicação da grande imprensa ou panfleto apócrifo distribuído nas ruas, nos templos e nos botecos. Virou tudo uma massa disforme, mal cheirosa, escondida no anonimato ou brandida por nobres colunistas. Daqui a cem anos, quando os historiadores do futuro contarem o que foi esta eleição de 2010 vão ter que colocar aquelas máscaras hospitalares.

Do alto do seu mais de meio século de competente e honesto jornalismo, sábio criador de jornais e revistas, combatente da boa luta, Mino Carta resumiu em poucas linhas qual foi o papel da imprensa nesta triste história:

“Não hesito em afirmar que nunca, na história das eleições pós-guerra, a mídia nativa permitiu-se trair a verdade factual de forma tão clamorosa. Tão tragicômica. Com destaque, na área de comicidade, para a bolinha de papel que atingiu a calva de José Serra”.

De fato, os sete minutos produzidos pelo Jornal Nacional na semana passada para provar que o candidato José Serra foi duramente alvejado por manifestantes do PT, no Rio de Janeiro, ao contrário do que mostraram as imagens do SBT, deverão constar no futuro de qualquer antologia de jornalismo de ficção.

Ao ser surpreendido pelo furo do concorrente, mostrando que a arma utilizada no atentado se limitou a uma bolinha de papel, o JN recorreu a uma foto de celular fornecida pela Folha, em que não se conseguia ver nada direito e buscou o depoimento de um perito bom bril para “provar” que, num segundo “evento”, teria sido utilizada munição muito mais letal.

A guerra suja tomou então o lugar da guerra santa que vinha alimentando a campanha oposicionista na passagem do primeiro para o segundo turno. O que falta ainda? Esgotado o arsenal do bispo de Guarulhos e do telepastor Malafaia, os dois candidatos fizeram carreatas pacíficas neste domingo no Rio, em que Lula pela primeira vez não fez discurso, e se encontram novamente esta noite no debate da TV Record.

São os penúltimos lances de uma campanha presidencial brasileira que, pela primeira vez, utilizou massivamente a internet, mas a experiência não foi das mais edificantes. Mais do que um novo e democrático meio para divulgar propostas dos candidatos, mobilizar as militâncias e angariar recursos, a rede serviu para espalhar o horror religioso, desconstruir adversários, disseminar o ódio.

Sobrou espaço, no entanto, para reflexões muito lúcidas como a do leitor JG Schneider, em comentário enviado ao Balaio às 8h52 de hoje, o primeiro que li ao abrir o computador:

“Até parece que a web vai virar uma igreja, uma Santa Web ou Santa Rede Mundial ou Igreja Mundial do Santo E-Mail. A princípio, até achava que era uma brincadeira, mas nestes últimos dias a coisa piorou e os tais “crentes do e-mail” estão se superando”.

Sim, por mais absurdo que pareça, muita gente acredita nas barbaridades que circulam na grande rede e ajuda a espalhar este lixo eletrônico.

Se não temos mais a nossa velha mídia para separar o joio do trigo _ e publicar o joio, como brincávamos antigamente, e acabou virando verdade… _ pergunto-me o que acontecerá a partir da semana que vem, depois da apuração dos votos, quando a vida volta ao normal? Em quem ainda poderemos acreditar?

115 thoughts on “De guerra em guerra, escalada da intolerância

  1. pobre recente democracia brasileira!o que estamos a assistir e lê é estarrecedor.
    cadê a civilidade,a ética,o respeito as instituições…
    o que vemos são ânimos acirrados,hipocrisia,vândalismo…
    e o debate propriamente dito sobre temas importantes para o país fica em segundo plano.
    mais acredito que isto faz parte do amadurecimento político de nossa recente democracia.

  2. Pois é Kotscho,tudo certo na sua análise,só que mais uma vez vc aproveitou de verdades para ancorar a propaganda de sua cadidata(que acho que vai ganhar e é menos pior que o Serra).

    Condeno a sua postura,pois a maior baixaria desta campanha está na figura do Presidente Lula ao se comportar como cabo eleitoral raivoso ; jornalismo sério se faz com isenção,está tão errado o Jorna Nacional quanto vc ao não criticar o comportamento lamentável do Presidente da Repíblica Federativa do Brasil.

    1. Oromar,

      Como topdos aqui tem o direito de dizer sua preferencia. O Ricardo não é diferente. Pode botar sim a sua preferencia, e isso não é ser ele um PIG, que alias estes PIGs não gostam muiot dele!!!

    2. Caro Oromar, vamos tentar fazer uma outra análise quanto a Presença do Lula.

      A eleição, somente, está centrada entre a Dilma Rousseff e José Serra, sem mais nada e mais ninguem a se envolver, de forma alguma, sem pendência, sem arroubos difamatórios, sem perseguições, sem noticiários caluniosos e tendenciosos, nadica de nada, somente os dois. Sem matéria na mídia, somente o horário eleitoral gratuito e os debates.

      Agora, vamos mostrar a realidade desse eleição. A realidade nua e crua:

      O PIG, a mídia toda Serrista x o LULA.

      Quer dizer que para o Sr., caro Otomar, somente o Presidente Lula está com baixaria, sem postura ideal para um Presidente, etc, etc e tal.

      Agora a imparcialidade de praticamente toda a mídia, vamos citar as principais no país, que está toda voltada a defender o candidato Serra e difamando e caluniando a candidata Dilma, oferecendo denúncias e mais denúncias, isso o Sr. não cita em momento algum no seu comentário.

      É lastimável a postura, agora eu digo, a postura nada digna da oposição, a postura reacionária, apátrida, mentirosa da oposição, transformada no teu singelo comentário acima.

      Ridiculo.

    3. Lula teve que reagir a boataria…
      Esta iniciativa Goebbels teve iniciativa Serrista, o príncipe do mal.
      A campanha teve tanto impacto que ele foi pro 2ºturno, mas não por méritos, porque milhões de votos migraram pra Marina…
      Agora que tudo se acalmou, não reclame, nem jogue a culpa nos outros.

    4. Agradecido pela atenção ao Benedictus,Marco,Anibal e Neco(que por sinal é meu apelido também).

      Mas os comentários de todos só servem para confirmar o que eu escrevi,obrigado por proporcinarem a mim e a outros 3%(será?) a certeza de nossa conviccão.

      É trágico classificar alguém de menos pior.

    5. São poucos na imprensa que tem a coragem de assumir a sua preferência, como o Ricardo, o Mino Carta e o Paulo Henrique Amorim. Do PIG só o Estadão que as vésperas do primeiro turno assumiu o Serra. Mas o restante do PIG (Rede globo, veja, folha e etc.) continua enganando o público com a sua falsa imparcialidade e maquinações.

  3. Tá bravo.
    Imaginemos também o que os caras estão falando pelo telefone. PSDB dispara 5 milhões de ligações de Aécio
    Essa é a nossa mídia.
    Globo ignora decisão do TJ sobre Universal
    Globo e maioria dos veículos de comunicação não noticiaram vitória na Justiça
    O Tribunal de Justiça de São Paulo anulou, na última terça-feira (19), todas as acusações do Ministério Público de São Paulo contra a Igreja Universal do Reino de Deus e seus representantes. Embora a denúncia tenha sido repercutida à exaustão no ano passado por parte da imprensa, a maioria dos veículos de comunicação – como a TV Globo e o jornal Folha de S.Paulo – ignorou o desfecho do caso na última semana.
    “… o Bispo Edir Macedo, comentou a anulação das acusações e a omissão da mídia…”
    “- Fomos vítimas de um verdadeiro massacre de alguns promotores do Ministério Público de São Paulo e da imprensa…”
    Sem entrar no mérito, não é só na política que “os meios de comunicação” estão atrás de “seus interesses” e para isso recebem uma boa ajuda. Tanto é que o advogado Antonio Sérgio de Moraes Pitombo, que representa a Universal, cobrou um reconhecimento público dos promotores diante da anulação das acusações.
    http://noticias.r7.com/brasil/noticias/justica-anula-acusacoes-contra-igreja-universal-mas-imprensa-ignora-noticia-20101024.html

    1. João Band, boa tarde!
      Na minha opinião, o Sr. Edir Macedo, deveria ter direito de resposta nos programas da Rede Globo, durante o mesmo tempo em que a matéria foi veiculada no ano passado.
      Naturalmente que não tenho procuração dele, (nem sou da área, apenas leio) mas, me parece justo, uma vez que o nosso Código de Processo Civil ampara a tese. Além do que, toda a ação foi proposta por integrantes do MPESP, de caso pensado, sabendo que aquele não era o foro próprio e que seria fulminada na instância supérior, como aconteceu.
      abç
      Sulista

  4. Querido Kotscho, também não vejo a hora desta eleição terminar e com a vitória da Dilma! Devemos discutir o que de fato interessa ao país! Já estou cansado de tanta boataria e falso jornalismo!
    Gostaria de saber sua opinião a respeito da tentativa da FOLHA em conseguir o relatório de prisão da Dilma, feito pelo Governo Militar, documento parcial e que não reflete a totalidade da questão.
    Um abraço! Seu texto simples e verídico sempre nos dá um alento …

  5. Ricardo
    Creio que estamos entrando na ultima semana de aula de uma universidade a qual nós,estamos cursando um MBA sobre politica moderna a qual nos embasará para as futuras eleições.
    De ambas as partes, sugirão pontos comuns, a qual já denotam e dispontam nos partidos pessoas claramentres insatisfeitas com o andar da carruagemj PTista e Tucana nestas eleições.
    Lembro-me que em outras eleições a igreja tinha uma postura discreta, apenas abençoando os candidatos e nasalas mais progrssistas se aliando a movimentos estes que tendiam a uma facção politica por questões ideológicas, como o Arns, Boff, Frei Beto e outros mas evoluidos.
    Don Luiz Gonzaga Berzonzini, o quanto me entristece esse senhor a qual a igreja o agraciou poderes de agir dentro do codigo canonico em nome da santa madre igreja, a qual em nome da família, da sociedade e do cristianosmo continua a praguejar mesmo tendo sido repreendido pela CNBB e pelo TRE a qual exige a devolução dos panfletos areendidos.
    Pergunto aos cristãos: Será este senhor digno de representar uma religião, uma filosofia, a qual algo infimo perante a grandiosidade de Deus o faz vociferar em suas omilías dominicais desferindo impropérios ideologicos denegrindo com hipóteses infundadas que o PT quer proteger o aborto inclusive em crianças com 9 meses, o que caracterisa um infanticidio.
    Pois é Kotsho, infelizmente a senilidade despontada desde aquele episódio do Bispo primas de Recife e Olinda toma corpo nesta eleição, nesta campanha. onde confundem as palavras de cristo do mestre, mais uma vez com tratados politicos, questões politicas, deixando de lado a importancia do premio que o PE Marcelo Rossi recebeu do Vaticano esta semana no reconhecimento de sua evangelização, a qual não concordo devido ao sentimentalóide envolvente, mas que aplaudo pois leva fé, paz a corações necessitados estendendo a mão a quem precisa de um alento. Gosado, escrevo este com uma blusa de Nsa em representação de seu sagrado coração. Minha filha me deu de presente assim sem mais nem, menos. Já me falaram que é um chamado, um aviso. Bom, deixa para lá.
    Assisti um retrocesso enorme nas mentes de dois candidatos a presidencia da republica. Se não concordam com estes marketeiros, mostrea a eles que não concordam em vez de seguirem suas teses, suas tecnicas mercadologicas que tranformam -os em marionetes teleguiadas, roboticos enquanto Lula, infelizmente se transformou em um animador decomío de luxo.
    Mas, isso é igual a festas de São João no Nodeste. Durante o ano todo, Josés, severinos, ciceros, Canindés, Socorros, Raimundas e Raimundos, Iracemas, Francisco, Ribamar e tantos oputros são companheiros de trabalho de seca, de orações a Sta Clara para que mande chuva, em jnovenas para que a colheita surja fertil no ano. Mais quando chega São João, as quadrilhaspassaportes par aum acirrada disputa que causa até morte, devido a pasionalidade nordestina que ainda é latente naquele povo.
    Depois, as carpideiras continuarão chorando o morto, aquela cidade sergipana vai continuar batendo o morto, e os Josés, Ribamares, Cíceros, Canindés continuarão indo aos enterro e bebendo o morto em uma solidariedade a viuva e sua familia, mas de olho no traseiro formoso da descasada. E continuarão dividindio a lata de agua que andaram léguas para pegar. E assim será apos as eleições. Começaremos nova fase. A fase do eu não disse, tanto pro bvem ou pro mal. O presidente falauma metáfora e os contras interpetram ao pé da letra. Se um falar que vai secar o banco do Brasil, dizendo que vai diminuir o quadro nego vai logo dizer que é o cofre. E as maracutais continuarão, os acordos politicos por debaixo dos panos continuarão, os atos secretos, nom,eaçãoe, e outras coisa.
    Afinal, as próximas eleições podem ser uteis estas coisas para dar continuidade a baxaria que vivemos hoje.
    Mas, somos brasileiros, profissão esperança. Ja dizia Hugo Carvana.

  6. Kotscho,

    Realmente o clima esquentou de vez. Não há como acalmar esse povo antes do dia 31.

    A Internet no centro da briga serve muitas vezes como válvula de alívio das tensões acumuladas nos corações das pessoas depois de assistirem ao Jornal Nacional de cada dia. Quando bem usada, e bem filtrada serve como valiosa fonte de informações.

    Mas o ilusório anonimato da Internet libera freios morais de forma perigosa.

    Teremos de evoluir com isso. Não dá mais para voltar atrás e destruir a Internet.

    Em quem vamos acreditar depois do dia 31 não sei, mas em quem não acreditar de maneira nenhuma, já sei.

    Acho que depois das eleições, muita gente irá aprender bastante sobre a imprensa, seus meandros, interesses e modos de agir.

  7. Kotscho, concordo com você.
    Mas permita-me um adendo.
    Vi vários comentários sobre a falta de discussões de propostas, da baixaria de ambas as campanhas, etc. Eu acompanhei essa campanha, e não me convence esse discurso generalizado. A Dilma apenas devolveu (qdo foi preciso) as acusações postadas ou sussurradas ou publicadas pelo Serra. E ainda este tem o cinismo de criminalizar a Dilma e o PT. É uma tática, mas oportunista, hipócrita, mentirosa.
    Então pergunto: haveria realmente condições para se discutir propostas? O que se percebeu é que o Serra nem tem propostas. Basta ver sua propaganda na TV. Ficou igual ao que o Maluf sempre fez: mentir ou, melhor dizendo, criar factóides e ampliá-los infinitamente, como se fosse a verdade. Até agora ele fez quase tudo. Só que isso não agrega credibilidade e nem votos!
    O próprio slogan… “o Serra é do bem”: por que será que escolheram justo essa, hein?
    Seria para diluir o oposto: seu traço mais definido de personalidade?

    1. O cara só pode ser do outro lado para fazer uma campanha com este jingle, noite e dia sem parar.
      Eles devem estar pensando que o povo os acha os capetas, mas, o povo não tem nada disso contra eles, apenas que eles são MAUS porque venderam(doaram) quase todos os BENS da república.
      Entretanto, quanto mais gritam do bem, mais o povo acha que tem coisa aí.

  8. Kotscho, respondendo a sua pergunta final, eu especificamente digo que não será o final da campanha que me fará passar a acreditar na imprensa. Não deixei de acreditar nela por causa da campanha, é coisa bem mais antiga, que só foi reforçada nessa campanha.
    Agora, permito-me ser um pouco mais otimista. A jovem internet, se serve de abrigo aos “cachorros-loucos” dos comentários anônimos, isso é secundário. O principal papel da internet, nessa campanha e daqui por diante, foi acabar com o monopólio da verdade até então exercido principalmente pela Globo. Repare que poucas horas depois da já tristemente célebre edição de 7 minutos de 5ª feira p.p, a blogosfera já deitava por terra essa nova “farsa dentro da farsa” perpetrada pela Globo, que teve que amargar o d´sitico “#globomente” liderando os “trendinh topics” do twitter mundial até domingo.
    Ao que parece, apesar da grande ajuda da “#globomente”, o episódio da bolinha foi maléfico para Serra que saiu do episódio carimbado como exagerado, no mínimo. As pesquisas que saem a partir de hj vão atestar isso. Estivéssemos ainda nos anos 80, a versão da “#globomente” e seu perito de estimação teriam prosperado e Serra sairia de vítima no episódio com prováveis ganhos eleitorais.
    Gde abço de seu admirador,
    André Amadio

  9. Para Serra, quanto pior, melhor

    A pancadaria no Rio de Janeiro, entre militantes petistas e tucanos, reproduz um paradoxo conhecido: se a campanha de Dilma Rousseff não reage, toma sovas do banditismo eleitoral a serviço de José Serra. Quando reage (nem precisa ser à altura da agressão), é massacrada pela imprensa corporativa. Tadinho do moço, precisou fazer uma ressonância magnética depois de receber um rolo de durex na testa.
    Foi assim no episódio da suposta ligação de Serra com a máfia das ambulâncias, depois no levantamento de gastos do casal FHC, recentemente no “dossiê” contra dirigentes do PSDB e na panfletagem apócrifa. Se há petista envolvido, é coisa de bandido. Apareceu um bico de tucano, virou fato isolado, “eles que começaram”, “é tudo igual”, etc.
    Esse clima de estupidez é benéfico para Serra. Ele não tem nada a perder. Qualquer factóide que provoque algum desgaste na imagem de Dilma será bem-vindo. Aliás, como todos sabem, a militância petista age melhor justamente no espaço público, em contato direto com o eleitor.
    A campanha de Dilma precisa organizar grupos de fiscalização e denúncia para deter essa nova onda de criminalização da disputa. E aos militantes cabe conscientizar-se das provocações e armadilhas que os aguardam.
    http://www.guilhermescalzilli.blogspot.com/

  10. Boa tarde Ricardo!
    Boa tarde amigos balaieiros!

    Ricardo meu véio…estou me lembrando há cerca de quase dois anos atrás quando voce me deu uma “carraspana” por eu estar em minha eterna “indignação” com certas atitudes de nossos políticos. Eu te disse que estava difícil se conter diante de tantos desmandos da vida pública. Lembra?
    Fiz uma analogía sobre estar sendo espancado, e só me preocupar com a “lista de presentes” de natal.
    Voce me disse que as coisas são assim mesmo. Que antigamente voce se preocupava com as coisas, mas a vida segue seu curso, e que ficar nervoso, esbravejar, não adianta nada! Disse que já tinha feito muito isso, e demorou para aprender.
    Pois é meu amigo.
    “A política, é a arte de NEGAR verdades, e AFIRMAR mentiras.”
    Nunca lí isso, então se quiserem me dar o crédito…
    Portanto, isso acontece com a gente quando começamos a ACREDITAR NELLES.
    Ficamos frustrados pelo que vemos, ouvímos, e sentímos.
    Só que estas eleições, ao contrário das outras, estamos com a INTERNET divulgando tudo.
    Temos portais, blogs, sites de notícias, twiters, enfim, uma gigantesca rede de informações em tempo real.
    Hoje se um candidato produz algum som discreto no banheiro, não é somente o pessoal da sala que ouve, mas o condomínio inteiro.
    O chato depois é NEGAR que tenha sido ele.
    Principalmente quando as calças saem marrons atrás, e as mãos levemente amareladas, além do famoso e indiscutível “barômetro quebrado” pela brusca mudança da atmosfera no interior do recinto.
    Voce sabe que sempre trato todos com o maior respeito, se bem que as vezes posso me exceder, e cometer erros.
    Voce ja viu que sei reconhecer quando me excedo.
    Pois é meu caro. Assim como eu não consigo elaborar lista de presentes para o natal quando estou sendo linchado, acredito que voce também não consiga mesmo com tanta experiência à mais do que eu.
    Somos humanos, e portanto ter um contrôle absoluto não existe.
    Outros blogs contra ou a favor, não devem ser lidos na parte de comentários, até porque raramente publicam o que não gostam, e a área, fica só por conta dos oba-obístas ocasionais.
    Teu baláio é democrático, e isso convenhamos todos concordam.
    Também estou torcendo pra essa COISA acabar logo, e o Brasil votar a girar junto com o mundo. Tenho assuntos diversos pendentes que só irão começar a partir disso.
    Levei prejuízo com o segundo turno, mas acredito que foi por uma boa causa.
    Agora podemos ver os podres de todos os lados, e sob todos os ãngulos, e reconhecer que nenhum DELLES vale a pena.

    Sabe Ricardo! Estou viciado em um vídeo no youtube de uma menininha linda que se estressa por o pai ter fechado a porta.
    Sempre que estou “emputecido” vou lá e assisto o vídeo.
    Ajuda muito Ricardo…dá uma olhada.
    É só digitar NÃO FECHA A PORTA…TRANQUILO?
    Escolher o mais longo, e se divertir com aquele anjo.

    …acho que é porque ela é muito parecida com minha mais velha, e tem o gênio da mais nova…

    …coisa de pai babão!!!!

    Abraços pra voce, e que dê tudo certo pra tua viagem.

    Robson de Oliveira nosbornar@ig.com.br

  11. Concordo com você, Ricardo. Me afastei desses debates na internete e parei de comentar.
    A forma como os adversários do Presidente lula enfrentaram essas eleições deverá virar teses e mais teses nas escolas de comunicação.
    Prefiro pensar que tudo isso é parte do aprendizado…longo, mas necessário.

  12. Caro
    Essa cena eu vi, na última sexta- feira (21/10) Serra dava um coletiva em Maringá (norte do PR), local onde é ovacionado já como presidente do país.
    Um repórter (grandão) da Folha de S. Paulo fez um pergunta que irritou o tucano. Ele cotovelou o repórter, mas levou azar, já que o repórter (grandão como disse) sustentou o tranco.
    Ele teve que responder e soltou o verbo contra o jornal….
    No sábado, nenhuma linha do incidente nos jornais ou mesmo nas TVs. Exceção ao SBT, que mostrou, com detalhes, o desentendimento.
    Qual a razão desse silêncio midiático pró – Serra? A mesma Folha fez um escândalo quando Dilma criticou o veículo.

  13. Minha experiência de mais de 30 anos acampanhando ativamente a politica Brasileira e Mundial, nunca vi nada parecido, com o que vejo hoje, o Presidente Lula tinha tudo para ficar na historia, como um grande estadista,diante do respeito que consquistou dentro e fora do Brasil, o que eu não consigo entender é este seu desejo mortal de eleger Dilma passando por cima de toda legislação pertinente, e usando todo seu Governo em fafor da mesma, uso do avião presidencial,reuniões politicas em local de trabalho, Ministros em campanha usando estrutura do Governo,pareçe que o Governo se concentra em duas pessoas Lula e Dilma, lamentavel,quando deveria sair da Presidencia deixando um legado de grande estadista, passa um triste imagem do odio, da raiva, e da destruição de adiversários, na democracia tem que haver o contraditorio,sem isto seja transformados em inimigos.

    1. Ô Edvaldo… com tanta experiência eleitoral, onde é que você estava em 82, quando a GLOBO, sim ela mesma, tentou garfar a eleição do Brizola no famoso “Caso Proconsulti”???.
      E o caso do sequestro de Abílio Diniz?, sim lá estava também a GLOBO, e em 89, quando a globo tirou a eleição do Lula e elegeu quem?, o Collor, para desgraça da Nação.
      São tantos os golpes praticados por essa elite golpista que só quem dormiu os útimos ciquenta anos, não viu nada e ainda vem com esse papo furado querendo culpar justo a principal vítima dos golpistas.

  14. Como a gente vai acreditar na grande mídia se um jornalista do naipe de Merval Pereira do Globo cansou de pedir em sua coluna a desconstrução da candidata Dilma?

    E a mentira da bolinha de papel?

  15. O que parece é que a grande mídia acha que vale tudo pra colocar o Serra lá.
    Eles acham que o Lula aparelhou o governo com seu PT.
    Pergunto o PSDB/DEM não fará o mesmo.?
    Inclusive acho que a incrustação da velha direita em cargos governamentais vai trazer atrasos para o Brasil.
    Na área social até antevejo grandes perdas.

  16. Concordo sempre com suas colocações, pois vc dá um banho nestes colunistas que ‘QTO PIOR MELHOR”,como por exemplo,. SR. RICARDO NOBLAt, VEJA, MAINARDI, ESTADÃO, FOLHA, TV GLOBO, ETC,,,.! Porque A MÍDIA não se coloca como vc faz,,e nem porisso seriam necessário os ataques, ofensas e “destaques jornalísticos ” de má fé, a título de “informação”, porém fatos ainda sem julgamento, destruindo vida de pessoas e famílias, como se estas já tivessem sido julgadas e condenadas?

    Parabéns pelo seu posicionamento político claro, tranquilidade e espírito de paz que transmite aos seus leitores, independente de suas escolhas partidárias.

    Aproveitando, não acha estranho o silêncio ou pouca repercussão sobre o aborto praticado pela Monica Serra, o que não é da nossa conta certamente,, mas no rumo que o barco tomou, isso me cheira ao protecionismo da mídia no caso dos filhos do FHC. Já se fosse o LULA ou a Dilma…!

    Encerrando, vc. dá uma aula de mestre sobre o que é ser um profissional ético de fato e ao qual se pode confiar.

    PARABÉNS! Sua fiel leitora.
    .

  17. Posso até parecer maluco,…eu sei, mas, para mim,…

    primeiro:
    se a DILMA for eleita, e, durante seu governo não fizer nenhuma creche, um metro de estrada sequer, um posto de saúde, mas conseguir destruir, aniquilar, em defesa da liberdade de expressão, esta grande imprensa que temos,
    já terá retribuido o meu voto.

    segundo:
    Nos dar uma democracia laica, pois só assim teremos um estado laico. O vagabundo dum bispo, dum pastor, que for pego pedindo voto em sua igreja, para determinado candidato, deve ser amarrado em um poste e receber tres mil duzentas e quarenta e cinco chibatadas, pra deixar de ser imprestável.

  18. Segundo Nassif, essa tática foi implementada a partir de 2006:rede nacional de boatos e infãmias,tentando desconstruir Lula e seu governo.A estratégia visava inviabilizar seu governo e com o apoio da grande mídia a insanidade adquiriu método,robustez e desejado descontrole.
    O que não foi conseguido com a crise de 2005,pensavam obter antes do término do segundo mandato.O sangramento não aconteceu.Para desespero dos conspiradores Lula manteve-se sólido,com apoio crescente,lançou Dilma , que surpreende com a votação obtida .Contudo esses seis dias não conferem a tranquilidade desejada:tudo pode acontecer.Depois dessa data, se Dilma for eleita,uma nova etapa de agressões será desencadeada. A vitória, apenas aperfeiçoará a tática.A estratégia permanece a mesma.

  19. Vamos seguir os conselhos de Serra (não acreditar em boatos, inclusive os lançados pela turma dele) e Lula(só briga um quando os dois querem), vamos terminar essa semana em paz e acordar domingo com vontade para votar Dilma, para o bem do nosso querido Brasil.

  20. Respondendo a sua pergunta: “Em quem acreditar depois da eleição?” Na Dilma, uai…..ela tem projeto de governo e ampla participação nas ações do melhor Governo que o Brasil já teve!!! Em 500 anos, é bom lembrar!

  21. Ricardo, não temos outra opção a não ser que tudo voltará ao normal.
    Porém, o “normal” no caso de vitória da Dilma, não nos garante o “correto” pois a imprensa iniciará uma campanha para derrubá-lá.
    O “correto” seria mudar a agenda. Mudar para uma agenda “propositiva e positiva” com espírito público, livre de ideologias, religiões e vinganças.
    Sou um otimista com esse nosso Brasilzão. Vamos torcer. Parabéns mais uma vez pelo texto equilibrado.
    Gustavo

  22. Caro Kotscho,

    infelizmente, não espere nada melhor para esses últimos dias de campanha. São fortíssimos os rumores de que virá de Guarulhos, mais precisamente do bispo daquela cidade, uma nova baixaria contra o PT.
    Até o fim desta semana, dom Luiz Gonzaga Bergonzini, principal cabo eleitoral do Serra nessas eleições, deve soltar um novo jornal (leia-se Folha Diocesana) com ataques pesadíssimos contra a Dilma.
    Para quem tem alguma dúvida, basta ler a entrevista publicada pelo Estadão neste domingo (24), em que ele acusa o PT como o “partido da mentira e o partido da morte”.
    Em tempo: hoje na Via Dutra foi flagrado um carro com o seguinte adesivo: “Dilma 45”. Ou seja, mais uma picaretagem dos apoiadores de Serra para confundir a cabeça do eleitor.

  23. O mau exemplo vem de cima Ricardo!

    Lembra quando antigamente o político safado ganhava as eleição na área rural, especialmente do nordeste, com lata d’água, dentadura, par de botinas, armação de óculos quebrada, picolé, panelada e forro.

    Pois é Mané, os tempos mudaram!

    Agora se compra voto com bolsas tudo.

    Ou seja, a compra de votos se sofisticou e o pior se oficializou.

    Hoje o voto é comprado com o dinheiro do governo, ou melhor, com o meu, com o seu. é o mantenedor desta irresponsabiçlidade administrativa que paira sobre a nação!

    Enquanto isso o desemprego avança.

    A fome aumenta.

    A violência se espraia por todos os municípios brasileiros.

    O crime se organiza.

    A droga se populariza. “Já se fala até em descriminalizar a maconha.”

    É ou não é o fim dos tempos?

    A maior parcela de culpa desta baixaria Ricardo compete ao governo federal, pois o povo está saturado de tantas mazelas e de su impunidade certeira, ninguém paga mais por seus crimes “Políticos!” e quanto ao povo que dizer se lá do alto vem este exemplo!

    Sofremos com cinismo por parte dos governantes e políticos de todos os partidos e ideologias. Só que os que estão aí – pessoalmente digo que esses os atuais governantes passaram da conta.

    Nunca d’antes na história deste país as palavras de Rui Barbosa foram tão valiosas:

    “De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto!”

    Isto é uma vergonha!

    Abraços Fraternos

    Manoel ferreira

    1. Caro Manoel,

      O mais preocupante é exatamente o que vc escreveu: a institucionalização da corrupção dentro e ao redor do poder público. Hoje o que vale é assumir o poder a qualquer custo e nele ficar a qualquer custo. Para isso vale qualquer coisa, desde a falta de ética, isenção e até de vergonha da mídia no apoio a seu candidato preferido até a assintosa e espúria utilização da coisa pública para se perpetuar no poder. Não vejo nenhuma preocupação com o futuro da nação nem com o exemplo que vc citou e que deveria vir de cima. Um abraço

    2. Querido colega Manuel a frase do Rui Barbosa nunca caiu tão bem quanto às práticas do tucanos.
      Esta carapuça cabe exatamente nas cabeças deles, nada nunca foi faito tão sob-medida.
      A julgar pela campanha dos tucanos não poderia ser de outra forma. O que o governo paulista tem feito é exatamente dar remédios (quando há nos postos e tem faltado ultimamente) em troca de votos dos velhinhos necessitados como se fosse isto uma esmola, isto é….uma vergonha.
      Outro dia eu ouvi o Datena falando sobre a falta de remédio nos postos e hoje eu ouvi eles dizendo que houve até desperdicio de alimentos doados para o nordeste que foram estragados e que disseram que foi por falta de transporte. O Datena chamou o Kassab de imperador pois aconteceu embaixo das suas barbas e não fez nada.

    3. Diz um velho ditado que a boca torta é sinal do uso do cachimbo e por falar nisto o costume tucano de mentir e usar de baixarias é tão evidente que até a boca deles estão ficando tortas. Eu vou ver quem tem a boca torta quem sabe se estás dentre eles? Rsssssssssss.
      Viu o que a moçada está dizendo aí embaixo ou acima? Todos o estão dismistificando de maneira categórica sem apelação e com fatos veridicos, ontem eu ouvi que atualmente o desemprego está em nivel abaixo da média e tal fato não acontece desde a época do governo do FHC.Viu só que luxo? Isto a imprensa falou só em notas de rodapé, sabe né?.

    4. caro Manoel Ferreira,
      dá para ver claramente no seu comentário de que lado vc está mas com um porem: vc com certeza mñ sabe ler! quando digo ñ sabe ler, quero dizer que vc ñ sabe encontrar o conteúdo do que vc lê, isto é: vc é um analfabeto útil, um cara que lê e ñ sabe o que está lendo, basta ver a idiotice onde vc afirma que o desemprego está aumentando! se vc ñ sabe interpretar o que vc lê, peça ajuda a alguem que sabe para que vc ñ fale tantas asneiras! faz mais de 4 anos que o índice de emprego no Brasil só cresce e neste mais atingiu o seu maior pico, basta vc ler jornais e pedir para alguem que sabe ler de verdade te explicar, assim vc ñ fala tanta asneira! quanto ao resto do que vc escreveu; é um monte de bobagens sem nexo…

  24. Por que o PSDB não ataca a candidata do PT, mostrando os casos do “MENSALÃO”? Há motivo de sobra para desmascarar alguns políticos! O povo mais simples, que não le jornal, ficaria mais alertado…

    1. Só não pode esquecer de atacar os tucanos com o mensalão do DEM tb né Rubens, ja que qté Sérgio Guerra está até o pescoço nele…valeu!!!

    2. Rubens…explica para nós, sobre qual mensalão voce se refere: se é o de Brasilia c/ o Arruda que ia ser o vice do Serra ou o do Paulo Preto em São Paulo??.

    3. Porque nunca foi provado que existiu e se existiu ele começou em Minas Gerais sob a batuta de Azeredo, o famoso Mensalão Mineiro.
      E por acaso eles são bobos de levantar esta lebre?
      Tucanos dão nó em pingo d’água, não se preocupe porque eles já estão aprendendo a parar de dar tiros nos próprios pés.

    4. Juntando-se ao coro:
      Incluam aí o mensalão do Azeredo em Minas, lembram? Esse foi o primeiro a ser noticiado (ou a ser descoberto?) e que o psdb/dem, faz questão de tê-lo como sua cria… Zelosos e orgulhosos, eles, hein?

    5. Tá querendo requentar as coisas do passado, não precisa, não… o candidato tucano está perdendo as penas, em parte, por culpa dos seus próprios seguidores, incapazes que são de moderar seu ódio aos mais simples, os menos favorecidos, aos nordestinos e tantos outros. Vendo a massa que segue o candidato tucano, já sei que nele não poderia votar nunca. o candidato da raiva, do preconceito, daquele que se acha superior, sem saber porque. Dilma, será a nossa presidenta!

  25. Prezado Ricardo, Boa tarde…

    Infelizmente o que estamos vendo neste final de campanha é um dos candidatos, e seus aliados midiáticos, perdendo completamente a vergonha de mostrarem-se sujos e trapaceiros.

    Já não bastasse a Folha e Veja, e suas manchetes encomendadas pelo Horário Eleitoral de Serra, e a semana passada nos mostrou uma Rede Globo histérica, tentando nos convencer, desesperadamente, que uma bolinha de papel era, primeiro uma bobina de cinco quilos e, posteriormente, que a tal bolinha multiplicou-se, acertando duas vezes omesmo alvo, mas já em forma de fita crepe – de apenas meio quilo.

    E ontem no Rio, durante sua carreata, tivemos o corolário da falta de decoro e vergonha que contagiou Serra e seus seguidores.

    Lembra-se de antigamente, nos colégios, quando alguém colocava um apelido em alguém? O que acontecia? Se a pessoa reclamasse, aí a coisa pegava mesmo; a solução era rir amarelo e sair de fininho… E o que fizeram os marqueteiros de Serra? Colocaram na rua bonecos do tucano, com curativos na careca como a dizer, “olha, podem parar de falar no assunto porque nós até gostamos de ser chamados de trapaceiros”.

    Sentiram que o povão não engoliu a tentativa de embuste e querem, via assimilação, mudar de assunto.

    Um assunto muito sério. Para Serra e para a Globo pois televisão é uma concessão pública e tem regras; uma delas diz que não poderá ser usada contra os interesses do Brasil.

    E tem interesse maior para um país democrata que uma eleição para Presidente da República? Uma concessão pública pode tentar falsificar dados para eleger um candidato de sua preferência?

    Estão querendo sair pela tangente, tanto Serra quanto a Globo, com brincadeirinhas e frivolidades.

    Não podemos permitir.

    Abraços, Ricardo.

  26. Meu Deus! Quantas Izabelles, a agora Joannas teremos que sacrificar ainda, para que valôres simples sejam novamente observados?????
    Isso não é uma questão de respeitar ou não respeitar as leis, isso é uma questão de ser, ou não ser humano…..

    …mais um anjo mártir que parte levantando um protesto sobre o que estamos nos querendo tornar…

    http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/rj/mp+do+rio+pede+prisao+de+pai+e+madrasta+de+menina+joanna/n1237811437165.html

  27. Na verdade esse ódio que presenciamos na internet atualmente, vêm se insinuando , já a algum tempo. Eu já lí comentários estarrecedores, contra escolas de samba, contra times de futebol, contra artistas, contra políticos. Só que agora, esse ódio, ficou mais forte, mais pesado. O Brasil não tinha a intolerância religiosa da violência, mas existe e sempre existiu um preconceito tamanho contra cultura afro e com as religiões afro-brasileiras. Depois do fim da ditadura, houve avanços, mas nos útimos anos estamos caminhando para um retrocesso social. Será que o Brasil do futuro, será rico e “pobre de espírito”, perderá a magia? Nos últimos anos vimos nos noticiários estranhos casos de violência. Jovens espancando empregada doméstica por que foi confundida com prostituta. Ora! Prostitutas também são gente, são cidadãs. Vimos, crimes contra travestis, contra homossexuais. Temos o famoso ” buling”, que na verdade, nada mais é do que a intolerância contra o diferente que acontece nas escolas. Até mesmo em notícias de crimes comuns, algumas informações, pertinentes à vida pessoal do noticiado (criminoso), são informadas pela mídia com requintes de sensacionalismo. Por exemplo, determinado jogador de futebol participa de orgias… E eu pergunto, que critério de noticibilidade há nesse tipo de informação? O que isso interessa ao povo brasileiro?. Espero que nas próximas eleições tenhamos uma campanha presidencial, com novas caras, com propostas interessantes, sem guerra santa, sem sujeira, sem trasparecer o fundo da fossa. Imagine só, na próxima eleição presidencial. O presidente mais votado será aquele que adotará uma nova vestimenta para as mulheres.. A Burca! Sem querer exagerar.

  28. Como sou um eterno otimista, vou dizer que prefiro ler um monte de bobagens da internet, ver noticias fakes, como a da Globo e muitas da FoxNews do que viver num lugar onde as mídias são controladas. Seja pela esquerda (China e Cuba), onde para ver alguns sites da internet eu sempre tenho que recolher a proxies, seja pela direita como na India, onde minhas msgs do BlackBerries são controladas pela censura.

  29. Ricardo em quem vai se acreditar eu não sei, mas que vou continuar acreditando em Deus isto eu sei…Acontece meu velho que o vale tudo que se vem fazendo para ganhar essa eleição enlameou e contaminou a pátria, os ânimos se exacerbaram a partir da determinação da direita reacionária de produzir o 2º turno. Tenho a pressuposição de que ele foi alcançado por meios fraldulentos e indecorosos, sei que é dificil pontuar mas as evidencias sinalizam para isso.Agora se quiser comprovação, ofereçam as transparencias das informações e permitam exames metodologicos de auditoria que essas verdades virão a tona, tal como a verdade sobre mitos que foram apregoados ao longo do governo Lula de que tudo o que foi feito simplesmente foi seguir aos pilares construidos no governo do Fernando Henrique. Mentira, mentira, tudo mentira, a verdade pode tardar mas aparece. Sei que o artigo é amplo porém vale apenas ser repercutido em todos os espaços da blogosfera porque desmascara uma inverdade que o governo Lula vem engolindo goela abaixo sem saber contestar e nem contextualizar lhe falta pensadores, cientistas economicos e técnicos contábeis e administradores, embora sobrem-lhes outros profissionais em áreas sociais e educacionais.
    Se o dono deste blog entender que a reprodução do material adiante inserido é por demais longo, fica a seu critério deletá-lo “Carta aberta a Fernando Henrique Cardoso
    O plano Real não derrubou a inflação e sim uma deflação mundial que fez cair as inflações no mundo inteiro. A inflação brasileira continuou sendo uma das maiores do mundo durante o seu governo. O real foi uma moeda drasticamente debilitada. Isto é evidente: quando nossa inflação esteve acima da inflação mundial por vários anos, nossa moeda tinha que ser altamente desvalorizada. De maneira suicida ela foi mantida artificialmente com um alto valor que levou à crise brutal de 1999. Outro mito é que seu governo foi um exemplo de rigor fiscal. Um governo que elevou a dívida pública do Brasil de 60 bilhões de reais em 1994 para mais de 850 bilhões, oito anos depois, é um exemplo de rigor fiscal? O artigo é de Theotonio dos Santos.
    Theotonio dos Santos
    Meu caro Fernando,

    Vejo-me na obrigação de responder a carta aberta que você dirigiu ao Lula, em nome de uma velha polêmica que você e o José Serra iniciaram em 1978 contra o Rui Mauro Marini, eu, André Gunder Frank e Vânia Bambirra, rompendo com um esforço teórico comum que iniciamos no Chile na segunda metade dos nos 1960. A discussão agora não é entre os cientistas sociais e sim a partir de uma experiência política que reflete comtudo este debate teórico. Esta carta assinada por você como ex-presidente é uma defesa muito frágil teórica e politicamente de sua gestão. Quem a lê não pode compreender porque você saiu do governo com 23% de aprovação enquanto Lula deixa o seu governo com 96% de aprovação. Já discutimos em várias oportunidades os mitos que se criaram em torno dos chamados êxitos do seu governo. Já no seu governo vários estudiosos discutimos, já no começo do seu governo, o inevitável caminho de seu fracasso junto à maioria da população. Pois as premissas teóricas em que baseava sua ação política eram profundamente equivocadas e contraditórias com os interesses da maioria da população. (Se os leitores têm interesse de conhecer o debate sobre estas bases teóricas lhe recomendo meu livro já esgotado: Teoria da Dependencia: Balanço e Perspectivas, Editora Civilização Brasileira, Rio, 2000).

    Contudo nesta oportunidade me cabe concentrar-me nos mitos criados em torno do seu governo, os quais você repete exaustivamente nesta carta aberta.

    O primeiro mito é de que seu governo foi um êxito econômico a partir do fortalecimento do real e que o governo Lula estaria apoiado neste êxito alcançando assim resultados positivos que não quer compartilhar com você… Em primeiro lugar vamos desmitificar a afirmação de que foi o plano real que acabou com a inflação. Os dados mostram que até 1993 a economia mundial vivia uma hiperinflação na qual todas as economias apresentavam inflações superiores a 10%. A partir de 1994, TODAS AS ECONOMIAS DO MUNDO APRESENTARAM UMA QUEDA DA INFLAÇÃO PARA MENOS DE 10%. Claro que em cada pais apareceram os “gênios” locais que se apresentaram como os autores desta queda. Mas isto é falso: tratava-se de um movimento planetário.

    No caso brasileiro, a nossa inflação girou, durante todo seu governo, próxima dos 10% mais altos. TIVEMOS NO SEU GOVERNO UMA DAS MAIS ALTAS INFLAÇÕES DO MUNDO. E aqui chegamos no outro mito incrível. Segundo você e seus seguidores (e até setores de oposição ao seu governo que acreditam neste mito) sua política econômica assegurou a transformação do real numa moeda forte. Ora Fernando, sejamos cordatos: chamar uma moeda que começou em 1994 valendo 0,85 centavos por dólar e mantendo um valor falso até 1998, quando o próprio FMI exigia uma desvalorização de pelo menos uns 40% e o seu ministro da economia recusou-se a realizá-la “pelo menos até as eleições”, indicando assim a época em que esta desvalorização viria e quando os capitais estrangeiros deveriam sair do país antes de sua desvalorização, O fato é que quando você flexibilizou o cambio o real se desvalorizou chegando até a 4,00 reais por dólar. E não venha por a culpa da “ameaça petista” pois esta desvalorização ocorreu muito antes da “ameaça Lula”. ORA, UMA MOEDA QUE SE DESVALORIZA 4 VEZES EM 8 ANOS PODE SER CONSIDERADA UMA MOEDA FORTE? Em que manual de economia? Que economista respeitável sustenta esta tese?

    Conclusões: O plano Real não derrubou a inflação e sim uma deflação mundial que fez cair as inflações no mundo inteiro. A inflação brasileira continuou sendo uma das maiores do mundo durante o seu governo. O real foi uma moeda drasticamente debilitada. Isto é evidente: quando nossa inflação esteve acima da inflação mundial por vários anos, nossa moeda tinha que ser altamente desvalorizada. De maneira suicida ela foi mantida artificialmente com um alto valor que levou à crise brutal de 1999.

    Segundo mito; Segundo você, o seu governo foi um exemplo de rigor fiscal. Meu Deus: um governo que elevou a dívida pública do Brasil de uns 60 bilhões de reais em 1994 para mais de 850 bilhões de dólares quando entregou o governo ao Lula, oito anos depois, é um exemplo de rigor fiscal? Gostaria de saber que economista poderia sustentar esta tese. Isto é um dos casos mais sérios de irresponsabilidade fiscal em toda a história da humanidade.

    E não adianta atribuir este endividamento colossal aos chamados “esqueletos” das dívidas dos estados, como o fez seu ministro de economia burlando a boa fé daqueles que preferiam não enfrentar a triste realidade de seu governo. Um governo que chegou a pagar 50% ao ano de juros por seus títulos para, em seguida, depositar os investimentos vindos do exterior em moeda forte a juros nominais de 3 a 4%, não pode fugir do fato de que criou uma dívida colossal só para atrair capitais do exterior para cobrir os déficits comerciais colossais gerados por uma moeda sobrevalorizada que impedia a exportação, agravada ainda mais pelos juros absurdos que pagava para cobrir o déficit que gerava.

    Este nível de irresponsabilidade cambial se transforma em irresponsabilidade fiscal que o povo brasileiro pagou sob a forma de uma queda da renda de cada brasileiro pobre. Nem falar da brutal concentração de renda que esta política agravou dráticamente neste pais da maior concentração de renda no mundo. Vergonha, Fernando. Muita vergonha. Baixa a cabeça e entenda porque nem seus companheiros de partido querem se identificar com o seu governo…te obrigando a sair sozinho nesta tarefa insana.

    Terceiro mito – Segundo você, o Brasil tinha dificuldade de pagar sua dívida externa por causa da ameaça de um caos econômico que se esperava do governo Lula. Fernando, não brinca com a compreensão das pessoas. Em 1999 o Brasil tinha chegado à drástica situação de ter perdido TODAS AS SUAS DIVISAS. Você teve que pedir ajuda ao seu amigo Clinton que colocou à sua disposição ns 20 bilhões de dólares do tesouro dos Estados Unidos e mais uns 25 BILHÕES DE DÓLARES DO FMI, Banco Mundial e BID. Tudo isto sem nenhuma garantia.

    Esperava-se aumentar as exportações do pais para gerar divisas para pagar esta dívida. O fracasso do setor exportador brasileiro mesmo com a espetacular desvalorização do real não permitiu juntar nenhum recurso em dólar para pagar a dívida. Não tem nada a ver com a ameaça de Lula. A ameaça de Lula existiu exatamente em conseqüência deste fracasso colossal de sua política macro-econômica. Sua política externa submissa aos interesses norte-americanos, apesar de algumas declarações críticas, ligava nossas exportações a uma economia decadente e um mercado já copado. A recusa dos seus neoliberais de promover uma política industrial na qual o Estado apoiava e orientava nossas exportações. A loucura do endividamento interno colossal. A impossibilidade de realizar inversões públicas apesar dos enormes recursos obtidos com a venda de uns 100 bilhões de dólares de empresas brasileiras. Os juros mais altos do mundo que inviabilizava e ainda inviabiliza a competitividade de qualquer empresa.

    Enfim, UM FRACASSO ECONOMICO ROTUNDO que se traduzia nos mais altos índices de risco do mundo, mesmo tratando-se de avaliadoras amigas. Uma dívida sem dinheiro para pagar… Fernando, o Lula não era ameaça de caos. Você era o caos. E o povo brasileiro correu tranquilamente o risco de eleger um torneiro mecânico e um partido de agitadores, segundo a avaliação de vocês, do que continuar a aventura econômica que você e seu partido criou para este país.

    Gostaria de destacar a qualidade do seu governo em algum campo mas não posso fazê-lo nem no campo cultural para o qual foi chamado o nosso querido Francisco Weffort (neste então secretário geral do PT) e não criou um só museu, uma só campanha significativa. Que vergonha foi a comemoração dos 500 anos da “descoberta do Brasil”. E no plano educacional onde você não criou uma só universidade e entou em choque com a maioria dos professores universitários sucateados em seus salários e em seu prestígio profissional. Não Fernando, não posso reconhecer nada que não pudesse ser feito por um medíocre presidente.

    Lamento muito o destino do Serra. Se ele não ganhar esta eleição vai ficar sem mandato, mas esta é a política. Vocês vão ter que revisar profundamente esta tentativa de encerrar a Era Vargas com a qual se identifica tão fortemente nosso povo. E terão que pensar que o capitalismo dependente que São Paulo construiu não é o que o povo brasileiro quer. E por mais que vocês tenham alcançado o domínio da imprensa brasileira, devido suas alianças internacionais e nacionais, está claro que isto não poderia assegurar ao PSDB um governo querido pelo nosso povo. Vocês vão ficar na nossa história com um episódio de reação contra o vedadeiro progresso que Dilma nos promete aprofundar. Ela nos disse que a luta contra a desigualdade é o verdadeiro fundamento de uma política progressista. E dessa política vocês estão fora.

    Apesar de tudo isto, me dá pena colocar em choque tão radical uma velha amizade. Apesar deste caminho tão equivocado, eu ainda gosto de vocês ( e tenho a melhor recordação de Ruth) mas quero vocês longe do poder no Brasil. Como a grande maioria do povo brasileiro. Poderemos bater um papo inocente em algum congresso internacional se é que vocês algum dia voltarão a freqüentar este mundo dos intelectuais afastados das lides do poder.

    Com a melhor disposição possível mas com amor à verdade, me despeço

    thdossantos@terra.com.br
    http://theotoniodossantos.blogspot.com/

    (*) Theotonio Dos Santos é Professor Emérito da Universidade Federal Fluminense, Presidente da Cátedra da UNESCO e da Universidade das Nações Unidas sobre economia global e desenvolvimentos sustentável. Professor visitante nacional sênior da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
    Ricardo o Brasil neste momento está vivendo uma guerra eleitoral que já ultrapassando dos limites constitucionais, ninguém está mais reconhecendo ninguém, a dignidade da pessoa humana não mais parece um dos fundamentos centrado na nossa Carta Magna, os interesses dos estrangeiros em seu apossarem do Brasil chega as raios do absurdo visto que politicos brasileiros inescrupulosos são fragrados negociando a pátria em reuniões camufladas de encontros de negócios e neles como nos leilões ou jogos “façam suas apostas senhores”. A que ponto chegamos, ha dias atras navegavamos por águas tranquilas ostentando nossa ótima situação economico-financeira e social mostrando e demonstrando ao mundo que os brasileiros estamos conscios das nossas potencialidades e limitações, jamais pensamos que essa eleição marcada para consolidar nosso ideário patrio fosse servir como secessão da nossa irmandade nacional.Estamos dividos!!!

  30. Creio que na internet foi onde se demonstrou que há vida inteligente neste país. Se não fossem os blogs teríamos sido encharcados em ódio e mau jornalismo. Acho que agora tivemos o contra-ponto. Não foi a sujeira que simplesmente aumentou ela foi, finalmente, desmascarada.

  31. Caro Ricardo,
    Verdade verdadeira. Que baixaria essa campanha. De um lado grande parte dos veículos de comunicação assumindo a candidatura do Serra descaradamente e de outro lado o Lula fazendo campanha assintosamente e atabalhoadamente tentando jogar pobres contra ricos e nordestinos contra sulistas. O pior: ouvi pouco sobre propostas concretas e viáveis. Na internet dava a impressão de qie havia pouco espaço para tudo que não fosse calúnias, agressões, baixarias. Realmente, nossa mídia é uma lástima, nossos partidos são iguais ou piores e nosso povo… ora nosso povo elege o Tiririca com mais de 1.300.000 votos e dá mais de 5.000.000 de votos ao Netinho em SP. Última semana das baixarias. Eu não aguento mais deletar emails. Vamos ver o que vai rolar nessa bendita úiltima semana. Um abraço

  32. Ricardo.

    Escreva diariamente para que a gente possa respirar.

    Ha um mês que não leio nada que não seja Blog Pró-Dilma,

    Não suporto o bombardeio do chamado PIG.

    Diariamente abro sua página. Escreva mais. Precisamos

  33. Caro Kotscho,

    Permita-me voltar ao assunto da bolinha de papel, uma vez mais.

    Ontem no final do dia, à beira da praia de Ipanema, depois de termos jogado inúmeras partidas de futevôlei, estávamos conversando, eu, uma amiga chamada Lêda, o professor Jérson(com J) e Talita, sua esposa..

    Lêda e Talita votam no Serra. Foi inevitável o surgimento do assunto da bolinha. Depois de algumas frases de lado a lado, olhamos para a careca reluzente do Cláudio, que trabalha no quiosque e acompanhava a conversa, e propusemos a aplicação do “teste de São Tomé” na careca no Claudio. Apostamos. Eu apostei que a bolinha não faria nenhuma marca na careca dele. A Leda apostou que se fosse ela a atirar a bolinha, esta iria fazer um corte naquela careca. Obtivemos a concordância do Cláudio(o careca) que não levou muita fé que iria se machucar, e ainda de quebra, trouxe-nos uma folha de caderno. Bolinha feita e devidamente periciada por ambas as partes, a Leda ficou de pé sobre uma cadeira ao lado da cadeira onde reluzia a careca do Cláudio. A bolinha foi atirada com tanta força sobre a cabeça do Cláudio, que fez uma marca vermelha em forma de linha reta de uns 2cm, onde a quina mais proeminente da bolinha encontrou a superfície esférica calva. Marca essa, que não chegou a ser um corte, mas ficou definitiva na forma de um risco vermelho, em tom muito visível. Como, não fez o corte propriamente dito, a Lêda não ganhou a aposta. Mas como também acabou fazendo uma marca, ambos abrimos mão de cobrar a aposta.

    Depois desse desfecho fatídico, a conclusão óbvia é que se não fosse uma bolinha de papel, mesmo descontando-se o fato de a Leda estar a menos de meio metro do alvo e de ter exagerado na força para tentar ganhar a aposta, a careca do Cláudio teria sido gravemente cortada e ficado toda ensanguentada.

    A segunda conclusão é que, quem jogou a bolinha no Serra, não o fez com a mesma força que a Leda e nem estava tão perto.

    A terceira é que a Globo realmente comprou as conclusões do perito de meia tijela. Um simples rolinho de fita teria feito um corte considerável naquela careca.

    O Cláudio, cobaia de nossa experiência disse que não sentiu dor, nem tonteira e nem náuseas. Por isso não foi levado para fazer tomografia.

    Kotscho, depois dessa experiência maluca, proponho experiência com rigor científico:

    1. Vamos enfileirar dez carecas e vamos atirar-lhes bolinhas de papel, medir, e filmar os resultados.

    2. Numa segunda rodada, vamos atirar rolos de fita adesiva, e novamente, medir e filmar os resultados.

    3. Publicar tudo no youtube.

    O problema será encontrar os dez carecas que teriam a coragem e o desprendimento necessários.

    Vamos contratar uma ambulância com paramédicos e podemos fazer a experiência em uma rua em frente a um hospital, para evitar surpresas.

    Convocamos o SBT, para o caso de ele querer fazer a tréplica em cima da Globo. Convocamos também uma empresa de auditoria para auditagem da experiência.

    Que acha ?

  34. Continuoa aceitando apostas…votos válidos apurados…DILMA 62 %.

    Do dia 30 para o dia 31 vai chover votos pra DILMA em Minas Gerais.

    Olha só o que me falou a Regina lá de Pedra Azul

    “…uai sô, nóis né bobo não, minerim vota quieto, no silencim, no silencim…minero não vota em paulista, nóis aqui é tudo DIRMA, tamu inté preparano um-as cachacinha pra cumemorá !!! “

  35. VOX POPULI DIA 25/10: Dilma 57% // Serra 43%

    Vox Populi: Dilma tem 49%, Serra 38%, indecisos 7%
    Candidata do PT ao Palácio do Planalto recuou dois pontos, enquanto tucano oscilou um ponto para baixo; indecisos antes eram 4%
    Matheus Pichonelli, iG São Paulo | 25/10/2010 17:38
    Pesquisa Vox Populi/iG publicada nesta segunda-feira mostra que, a menos de uma semana das eleições, a candidata do PT ao Palácio do Planalto, Dilma Rousseff, mantém a dianteira sobre o tucano José Serra na corrida presidencial. A ex-ministra da Casa Civil oscilou dois pontos para baixo em relação ao levantamento realizado pelo instituto entre os dias 15 e 17 de outubro e agora conta com 49% das intenções de voto. Com isso, ela tem uma vantagem de 11 pontos sobre Serra, que perdeu um ponto e aparece com 38%.
    O número de eleitores que pretendem votar nulo ou em branco ainda é de 6% – mesmo índice contabilizado na última pesquisa. O Vox Populi apontou, no entanto, aumento do número de eleitores indecisos ou que não responderam ao questionário: de 4% para 7%.

    Considerando-se apenas os votos válidos, Dilma seria eleita com 57% contra 43% de Serra. De acordo com esse critério, a distância entre os dois candidatos é de 14 pontos, igual à apontada pelo último levantamento. Ainda assim, 88% dos eleitores ainda afirma, porém, que já tem certeza da decisão tomada.
    O Vox Populi ouviu 3.000 pessoas em 214 municípios, entre os dias 23 e 24 deste mês e, portanto, já refletem a repercussão de episódios que marcaram o debate presidencial na semana passada, como o tumulto em um compromisso de Serra no Rio de Janeiro. A margem de erro é de 1,8 ponto percentual. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob número 37059/10 em 20 de outubro.
    Vantagem
    A região onde a candidata do PT tem a maior vantagem em relação ao adversário tucano é o Nordeste: 64%, contra 27%. O Sul é a única região em que Serra tem vantagem sobre a petista: 47% a 39%. No Sudeste, onde está concentrada a maior fatia do eleitorado, ela venceria por 44% a 40%.
    Entre os eleitores de Dilma, 53% são homens e 46%, mulheres. Já Serra tem mais apoio entre mulheres (40%) do que entre os homens (36%).
    Num momento em que temas religiosos ganharam destaques na campanha, a pesquisa aponta também que Dilma venceria o rival entre eleitores católicos (51% a 39%), católicos não praticantes (53% a 35%) e evangélicos (44% a 41%). Entre os eleitores que não têm religião, a vantagem da petista é de 46% a 38%.

  36. Mais seis dias e acaba a batalha, mas não a guerra necessária para que esse atentado de introduzir no Brasil o acirramento do ódio, do preconceito e da intolerância, nunca mais se repita.

    Essa sujeira na campanha, de espontânea não tem nada, foi meticulosamente pensada e estruturada exatamente para fazer o que fizeram e continuam fazendo: gerando ódio.

    Portanto, para o bem da democracia, as instituições devem ser exigidas pelos cidadãos, para que cumpram seu papel de sanear o terreno fétido semeado, de forma que o Brasil veja-se livre dessas práticas nauseabundas, punindo-se os responsáveis e a coadjuvância, quem quer que sejam eles, com o rigor da lei.

    As primeiras medidas sanatórias é verificar o papel desempenhado pelas televisões que são concessões públicas e o por que do TSE ficar de braços cruzados, quando não tomando parte, enquanto perpretava-se toda ordem de manipulação midiática a favor de um candidato, mesmo além do limite da irresponsabilidade, nível com o qual eles já estavam acostumados.

    Não é justo elegermos o presidente da Nação, pensando todo santo dia o que será que a velha mídia, capitaneada pela rede Globo, irá aprontar?

    A isso pode ser dado qualquer nome, menos eleições livres e democráticas.

    Assim não dá!
    Assim não pode!

    Bradaria certa personagem, caso não estivesse esquecido…

  37. Creio que há muita dramatização sobre a politicagem. Sempre houve baixaria nesse meio, não podemos nos esquecer; houve até GOLPE!. Alguém aí, até disse do desemprego e das mazelas no governo de hoje; quer dizer: não acompanha os índices animadores, do governo atual. Até dou razão pois se depender da velha mídia, podre e nefasta, só haverá notícia ruim pois querem derrubar esse governo. Mas hoje tem outras fontes e é impossível e anadmissível alguém nos enganar, hoje em dia.
    A verdade crua é que sempre fomos manipulados, desde priscas ERAS. Na calada da noite, os maus sempre manipularam, doaram o patrimônio brasileiro aos gringos e não se conformam em ver o BRASIL sair da penúria, recuperando suas riquezas pelas mãos de um operário.

    Hoje, temos o privilégio de saber que podemos ser donos de nosso nariz. Com nossas cabeças levantadas, nosso ego engrandecido, até elegeremos a candidata que não janta com a velha e carcomida mídia tupiniquim, muito menos vota em seu candidato que mente, trai e nos envergonha perante o mundo.
    Isto é DILMAIS!

  38. Caro Ricardo, seu comentário é preciso, no entanto é inegável que se a campanha de Dilma não responder o fogo da tucanada e da PIG, estara perdida.Olha só o que ja aconteceu só pra relembrar:
    -primeiro foi a conversa do sigilo que ficou por semanas em pauta, agora que a PF descobriu que tudo foi briga entre Tucanos mesmo, o Serra não fala mais nada do assunto(nem o PIG);
    -depois foi o tema de aborto, que tb foi explorado ao máximo pela Tucanada das maneiras mais sujas possíveis, no entanto quando a ex-aluna da esposa do Sr.Serra declarou que a mesma tinha feito aborto e comentado com toda classe, o tema tb sumiu da campanha Tucana( e também do PIG).
    Agora no segundo turno, como não apareceu mais nada, foi a armação da bolinha de papel, meu Deus!!! essa foi demais.
    Enfim, meu caro Ricardo, o que mais me deixa realmente estarrecido de verdade, é que as pessoas estão aceitando tudo isso como verdade por aí, isso é muito ruim, e por mais que as pessoas tenham seu partido, é preciso se libertar dessa mentirada que os Tucanos estão promovendo na net, parece que as pessoas estão hipnotizadas por essa mentirada toda.

  39. Pois é Manoel Ferreira, se Rui Barbosa fosse vivo, completaria o poema e terminaria com: ter vergonha e proibido de ser honesto. Veja que a Lei ficha limpa não foi levada à efeito. Onde já se viu pessoas que foram condenadas por crimes de lesa-pátria, até no exterior, terem a acolhida nas asas da imunidade parlamentar para não serem presos. Honestidade não tem partido, ela é natural nos homens de bem. eu sempre disse, não voto no menos ruim, para merecer meu voto tem de ser o bom, com brio, vergonhana cara, honesto!

  40. Pois é,fiquei longe dos blogs progressistas,os de esgoto nem perco meu tempo, uma semana mas não aguentava mais, pois ao abrir as minhas caixas postais,lá estavam nas pastas de spam,os tro ló lós do serra dizendo as asneiras e as babaquices de sempre.Os factóides,as acusações sem provas e a santidade do serra.Aí resolvi voltar para enfrentar esses crápulas.Agora,será que depois da eleição vão se aquietar ou continuarão a “encher” os nossos sacos?

  41. Prezado Kotscho,

    Parabéns pelo seu blog. Gostei do seu post sobre a viagem para a Disney. Foi um momento de desopilar. De fato, impressionante a falta de seriedade da grande imprensa nestas eleições. Fico muito triste ao observar que o bom jornalismo foi jogado na lata de lixo em nome da defesa desesperada de uma causa e de um interesse. Também fico a me perguntar como será a vida pós-eleições. Um grande abraço.
    Angelo.

  42. A difícil missão da Dilma e o grupo do PT, vencida as eleições de 2010.

    Olá Ricardo, e estimados bloguistas.

    Não foi fácil para o Lula nestes oito anos de governo domar as várias tendências dos militantes petistas, de um Partido que de oposição se transformou, após sua segunda eleição presidencial num Partido de massas, que ao mesmo tempo teve um presidente organizado que primeiro tratou de organizar o seu partido – o PT – pra só depois organizar e iniciar o cumprimento das suas promessas de campanha – privilegiando sempre a camada mais sofrida da população população brasileiras com o Bolsa- escola, Bolsa-família – coisa que nenhum sociólogo ou presidente havia feito antes na prática. Foram mudanças sociais que sem sombras de dúvidas garantiu o sucesso do governo, juntamente com o seu partido – que fez melhorar a imagem de um presidente dentro e fora do Brasil.

    Neste processo, a partir do momento que o PT se transformou num partido de massa, o povo deixou de ser massa de manobra nas mãos da velha mídia que sempre esteve ao lado do candidato da situação – é como se estivesse fazendo um caixa 2 com o governo. Esta sempre foi e sempre será o papel desta “velha mída” que aí está.

    Infelizmente, ou felizmente, graças ao advento e a velocidade de atualização da informação pela internet , tem muitos jornalistas que não estão conseguindo se situar, nem mesmo escrever para agradar os seus leitores.

    Cada internauta escreve o que quer – como se fosse um Mestre ou o dono absoluta da verdade. É isso mesmo: cada um se sente o dono absoluto da verdade! outro dia até a minha esposa me estranhou – e me mandou para a Igreja.

    Até a ex-candidata Marina Silva teve a coragem de falar aos quatro cantos que não iria tomar partido porque não está aí para comandar uma manada!

    “Manada!”, agora fala ela; depois que conseguiu quase 20 milhões de votos na eleição de presidente. Hoje em dia em muita pouca gente que tem a coragem de falar olhando na cara do candidato. Eu tenho.

    É isso aí, Sá Dona; a barriga não dói na vida somente uma vez. 2014, vem aí…

    1. Caro José, será que a Marina Silva tem lido os comentários dos “cahorros loucos”? Se ela leu, deve ter suas razões para assim dizer porque o pessoal está baixando o pau mesmo, a intolerancia chegou ao nível mais baixo possível.
      Me desculpem os colegas tucanos mas quem começou esta degeneração foram vocês. Está certo que as pesquisas, mesmo demostrando imprecisão, tem dado parecer a vitória da ex-ministra Dilma, apesar de tanta difamação e que tal como no primeiro turno, vai levar esta candidatura à vitória. Acho engraçado, mesmo sabendo que precisam inverter tal estado de coisas os tucanos ainda cismam em continuar com as baixarias que não levam a nada.
      Que bom seria vê-los com filmes mostrando o descaso que se encontram as ferrovias e que precisam ser reativadas como opção para baratear os preços das mercadorias como alimentos que são aumentados graças aos pedágios, seria algo de muito prazeiroso ver.
      Mas como a ferrovia é seria concorrente ao pedágio, nem sequer foi lembrada, só a Dilma falou de passagem sobre o tema com a construção da ferrovia norte-sul ao inaugurar uma estação. Espero que esta ferrovia chegue até São Paulo, já que ela não é prioridade do governo paulista, só o governo federal poderá suprir esta falta.

  43. Kotscho, você viu esta?

    Unicamp desautoriza perito a falar em nome da instituição

    Redação O Estado do Paraná
    http://www.parana-online.com.br/editoria/politica/news/25659/?noticia=UNICAMP+DESAUTORIZA+PERITO+A+FALAR+EM+NOME+DA+INSTITUICAO

    A Unicamp (Universidade de Campinas) emitiu nota oficial, ontem, desautorizando qualquer professor ou pesquisador a falar em nome da instituição. O comunicado foi assinado pelo procurador geral da Instituição, Eustáquio Gomes, afirmando que a Unicamp não recebeu nenhuma solicitação para realização de perícia sobre identificação de voz procedente de qualquer partido ou agremiação política do Paraná.
    O laudo fornecido ao PPB, pelo professor exonerado por justa causa Ricardo Molina, não tem o aval da Unicamp e é totalmente ilegal (…) porque ele não pode emitir laudo, pois não é perito criminal, informou a procuradora a Unicamp, Tereza Dóro. O Departamento de Medicina Legal da Universidade Estadual de Campinas foi desativado, informa ainda a procuradora da Instituição, e o circo montado pelo presidente do PPB, não tem valor nenhum perante a justiça, já que Molina não fala pela instituição.
    A advogada da Unicamp, Tereza Dóro, declarou que Ricardo Molina foi demitido da instituição por apropriação indébita de bens pertencentes à Unicamp e que foram apreendidos em sua casa. A advogada informou ainda que o ex-professor responde a sete processos e já foi condenado na Comarca de Piracicaba por calúnia e fraude em laudos.
    Certidões. Tereza Dóro afirma que o ex-professor utiliza indevidamente o nome da Universidade e trabalha na garagem de sua casa. A procuradora apresentou ainda certidões onde o foneticista Ricardo Molina foi condenado a um ano de prisão por falência fraudulenta, através da 10.º Vara Civil de São Paulo.

  44. A Erenice colocou seus sigilos à disposição. Porque o Serra, o Eduardo Jorge, a Verônica Serra, o Paulo Preto, o bispo Bergoncini e outros, não fazem o mesmo. Pelo menos mostravam que são probos. Mas com não são bobos, ficam quietos. Porém não adianta, depois de tantos ataques injuriosos,mentiras as mais cabeludas, padres deixando de cuidar da pedofilia em suas dioceses, sem se importarem com seus fiéis. Eu sou católico, dia 31 voto na DILMA 13, e se esses padres imbecis, não cuidarem de suas paróquias, sou mais um que irá repensar o meu destino religioso, juntamente com meus familiares. Tempo de “inquisição” já era. Já ouvi queixas de que diminuiu o número de fiéis em Aparecida do Norte neste ano. Se a igreja continuar com esta postura discriminatória e parcial, com certeza nos próximos eventos o abandono por parte dos fiéis será maior.

    1. “Já ouvi queixas de que diminuiu o número de fiéis em Aparecida do Norte neste ano.”
      Não sou católico,mas todo o ano ia a Aparecida com meus familiares acompanhando os familiares da minha esposa.Depois de vermos o que certos “bispos” estão fazendo,colocando a religião a favor de determinado candidato,repensamos e esse ano tomamos rumos diferentes.Quanto a mim,a decepção não aconteceu porque de ha muito estudo sobre o comportamento de certos “bispos” e papas.Uma pequena amostra é a perseguição ao Luthero por contestar certos comportamentos de seus “superiores” e ao Galileu por dizer a verdade sobre o Sistema Solar.Ou seja,se dependesse da Igreja Católica,até hoje estariamos acreditando que somos o centro não só do Sistema Solar,mas de todo o Universo.

    2. Amaral.

      Essa é uma conseqüência natural do movimento
      religioso. A medida que as pessoas vão
      aumentando os seus conhecimentos vão repensando
      a pratica religiosa vendo que não tem sentido
      não tem nexo. A tendência para o futuro é cair
      o número de religiosos por esses motivos
      e pela fragilidade dos pregadores muito
      envolvidos com a arrecadação de dinheiro
      e poder político.

  45. Pois é Kotscho, é realmente lamentável, mas dizem que é democrático, sei lá, ainda gosto mais de pessoas que as vezes até dizem a mesma coisa mas com mais educação, quantas vezes me irritam pessoas que estão defendendo o mesmo que eu mas que usam de argumentos nada educados, sabe Kotscho é por isso que as vezes eu dou uma passadinha por aqui, pra ver se consigo melhorar a minha forma de ver e falar de política sem fazer do meu interlocutor um idiota, você tem uma maneira toda especial de falar diferente o mesmo que os outros falam ofendendo, você e o Mino são peças raras que pena que não tenhamos muitos como vocês.
    Agora vem o “mas”, acho que daqui a cem anos os hitoriadores vão achar muito educada esta eleição, a tendência é piorar muito, talvez daqui a cem anos teremos duelos armados entre os candidatos ao invés de debates.

    1. Caro Léo,

      O nível das campanhas políticas em qualquer país está intimamente ligado a educação de seu povo (quanto menos educação mais baixarias), a cultura de seus partidos políticos (quanto menos ética mais baixarias) e principalmente ao que está em jogo (quanto maior a “boquinha” maior a “goela” dos pretendentes). Pode ter certeza que grande parte dessa baixaria eleitoral deve-se muito mais a disputa da “boquinha” do que a vontade de assumir ou permanecer no poder para beneficiar o povo brasileiro. Um abraço

    2. Johnny engano seu!!
      Voce fala isso porque ainda não assistiu um programa eleitoral para o senado e camara de deputados nos Esatado Unidos, lá. assim como no Brasil jogaram a igreja no meio da ‘foguira’, deturpam a imagem de rivais na internet, criaram pamfletos apócrifos, trouxeram homosexualismo de um de outro, pais relapsos com suas familias, sonegadores de impostos, candidatos corruptos, o velho caso Oliver North voltou com toda força às campanhas(Irã-contra, lembra disso?)
      Ao assistir a CBN, achei que era programa eleitoral brasileieo, puseram fotos de Obama vestido de ku klux klan (organização racistas que matavam negros em fogueiras naquele país), quem mostrou o Obama de ativista da ku klux klan foi uma partido só de negros dos EUA e não para por ai. a baixaria é generalizada.
      Acho que eles imitam o Brasil, já que país passou a ser a bola da vez no crescimento mundial.

  46. Para melhorar o mundo precisamos erradicar da crença das pessoas
    o mito do diabo, do satanás, essa crença maluca que tudo
    que acontece de ruim no mundo é culpa do demônio.

    Precisamos responsabilizar as pessoas pelas coisas ruim que
    acontecem com a humanidade.

    Crer no diabo so livra a cara dos verdadeiros culpados.
    A mídia é um instrumento dessas pessoas, muitos escondem atrás dela.
    Em vez de citar o jornal a ou jornal b temos que citar o nome do responsável
    e cobrar dele uma explicação. Personalizar o culpado.
    Uma instituição não funciona sozinha.
    Alguém aperta o botão.Alguém comanda.
    Repórter é apenas um pau mandado que será satanizado
    enquanto o verdadeiro culpado fica imune.

  47. Eu vivo me perguntando do porque pessoas entram aqui no blog para falar impropérios.
    É verdade que há um jogo de interesses que ultrapassa as ráias do bom senso e do respeito. Eu tenho visto este antagonismo recrudescer gradativamente aqui na internet sem contar com outros blogs muito menos democráticos que barram qualquer comentarista de postar seus comentários através dos seus censores, mesmo que estes comentários não contenham palavras de baixo calão ou outra ofensa moral. Mesmo que o comentarista venha com a forma mais democrática possível que é falar estritamente fatos construtivos mas se estes fatos forem contra as idéias do seu candidato protegido o comentário é barrado, mesmo que seja uma jóia de perfeição de educação, de clareza de propósito, uma verdadeira peça literária. Poriso mesmo que chamo o seu blog de democrático porque mesmo aqueles “cachorros loucos” como bem diseste, postem seus cometários sem pudores, sem modos, desrespeitosos com os colegas e não os tem barrado.
    Às vezes eu me preocupado com a existencia dele através do IG que pode até a qualquer momento interromper esta via de debates democrática por causa da irresponsabilidade de colegas inconscientes.
    A bem da verdade quando vou até a coluna onde o IG coloca os vários blogs com suas chamadas e não vejo a sua, e que porisso tenho que fazer piruetas para localizá-lo, já me passa pela cabeça se já não o cassaram.
    Acredito que o pessoal do IG tem levado em consideração o nível de frequencia que obtens e pela sua neutralidade já demonstrada pelos seus artigos postados, sobre os quais debatemos. Eu não tenho ouvido rádio nem tampouco assistido TV no horário eleitoral mudando de canal para aqueles que não passam a campanha. Eu também estou cansado enojado pelo caminho que esta campanha eleitoral tomou, tamanha baixaria, nada de positivo tenho visto, nada de construtivo, nada que visa desenvolver o espírito critico dos eleitores, nada de propostas que informe e que necessita ser feito para o país continuar a crescer, só difamação, tudo que foi feito não está bom.
    Fico às vezes pensando que no futuro ninguém quererá ser politico porque o povo sem formação, se possível poderá execrar em praça pública qualquer candidato que porventura não satisfaça as suas vontades, mesmo sabendo ser impossível o seu pleito.

  48. Ricardo,

    Passei o dia inteiro matutando sobre o the day after de nossas eleições suisgeneres deste sacro santo ano de 2010.
    Sabiam que o Pelé fez 70 anos, com aquela cara jovem, com aa mania que hoje até acho charmosa de falar dele em uma 3° pessoa?
    Mas não, renegaram este evento em prol das bolinhas de papel. Dos misseis teleguiados que lançaram sobre a rotunda e pitoresca careca do Serra e das bexigas repletas de um líquido a princípio agua, mas se atingisse Dilma seria ácido?
    Fico pensando na raia miuda,estes pequenos e bravos militantes que como Sanchos Pança acompanham seus Dom Quichotes na eterna luta contra os minhos de vento que na imaginação de seus idolatrados heróis estao sempre prontos a destruirem a amada terra Brasilis.
    Fico pensando nos milhares de desempregadoa a acenar bandeiras que atrapalham muitas vezes a visão de motoristass o que farão depois das eleições?
    Como será o the day after do candidato derrotado? Se entregarão a um choro compulsivo motivado pelo infantil sentimento do não ganhei? Ficarão deprimidos com a repentina e contundente queda no vazio do abismo até dar com os costados no chão duro da derrota?
    Brincarão com os netos a frente das cameras das TVs mostrnaod que são semi deuses e a derrota não o abalaram?
    Será que a euforia da vitória deixará vir a tona a verdadeira forma da personalidade sem as maquiagens eleitoreiras? A natureza é sabia, fazem bichos se camuflarem para atingir objetivos.
    Continuará a igreja seja catolica, protestante ou delirante na ponta da midia?
    Mas a midia, esta sim continuará a noticiar, a colocar fatos e fotos para deleite de muitos ou tristeza de outros.
    Tem que existir a oposição. Mas a oposição ética e não mais esta iracivel relação teatral do primeiro escalão, mas verdadeiramente iracivel na raia miuda, nos que não tem a chance de chegar perto do cheirinho maravilhoso do poder que como em um grande churrasco fatiam nosso pais.
    Será que dilma é esta Coca Cola toda? Será que Serra é esta Bosta toda? O dia D é a grande loteria da democracia. Apostamos em imagens, em promessas. Viveremos uma grande religião pois votaremos na fé, pois estamos acreditando naquilo que não conhecemos mais, sim que no que dizem que são assim ou assado. Que farão isso e aquilo e levará o eleitoar a salvação.
    Pois é Kotsho, viveremos a Genesis? Viveremos o Apocalipse? Pelo menos, no momento este de campanha,comtemplamos não uma campanha mas sim o calvario a politica naciona.

    1. Caro Marcus,

      O “day after” do candidato derrotado será igual ao de todos os candidatos derrotados:
      1. Contar quanto dinheiro de caixa 2 da campanha ainda resta.
      2. Fazer a festa, aguardando até a próxima.
      3. Ligar para os financiadores e agradecer.
      4. Garantir que na próxima irá vencer e devolver em dobro o que não foi possível dessa vez.

      Nenhuma novidade nessa parte…

  49. Ricardo, tive disposição para assistir ao debate na Record e pessoalmente fiquei satisfeito pelo desempenho da candidata Dilma, pela sua segurança,personalidade e autenticidade nas suas colocações e proposições. A minha convicção é de que o povo brasileiro, pode ficar tranquilo quanto a continuidade do governo Lula através da mulher Dilma.Se fosse possivel votar infinitamente eu o faria, como não é possivel, peço aos milhões de brasileiros que estiverem indecisos e aqueles de normalmente anulam seus votos e outros que por qualquer motivo deixam de votarem que desta vez caprichem para não errar, decidam positivamente e confirmem o número digitado a fim de não permitirem fraude ou alguém votar por você mas ao tomarem essas atitudes movidos por um Brasil melhor e por um futuro mais promissor elegendo a mulher que guiada por Deus irá governar o Brasil para todos nós.

  50. Ô MOACIR, acho que voçe não enetendeu meu comentario ou se faz, eu lamentei atitudes de um chefe de nação que passou por cima de todas as leis e normas do processo legal, para fazer valer seu arrogante desejo de perpetuar-se no poder,pois entendo que auternança de poder é o melhor caminho para democracia, se os Governos do passado permitiram que veiculos de comunicações agisem como voçe relata, é lamentavel tambem, pois entendo que o chefe da nação tem por dever ser o exemplo, no cumprimento das leis pertinentes, só assim o mesmo terá condições de faze-lo com que os demais cumpram, grande abraço.

  51. Sr. Ricardo, no caminho do trabalho, ouvi no radio um tal de Helio Bicudo, fundador do PT, hora como é que um homem letrado, dizer que a democracia está ameaçada. Eu teria até vergomha de falar isso, jamais haverá golpe militar no Brasil, porque o povo está cada vez mais democratico e civilizado através da educação que Lula implatou nas universidades, que agora só falta eleição direta nas universidades sem tal lista, que alias foi na época de FHC que foi implatado 70% para professor e 30% para aluno e servidores, isso é democracia? Então o Bicudo fundou o partido errado, deveria ter fundado o Tucano-pinóquio.

    1. Jose.

      Entre o cidadão ser letrado e ele ser o dono da
      verdade vai uma distancia muito grande.

      O diploma não é certeza de conhecimento,
      logicamente, existem pessoas diplomadas
      com grandes conhecimentos, é a maioria.

      Como diz a musica inspiração não se aprende no colégio.
      Ultimamente temos vistos pessoas com vários diplomas
      falando bobagens que afrontam o senso comum.

      Essas pessoas não falam com a razão, falam com a paixão.

  52. Caro Ricardo, você, que tem canal direto com a campanha da Dilma, bem que poderia perguntar porque ainda não foi ao ar o grande vídeo do Serra com o seu ex-quase-vice Arruda. A fala “voto num careca e ganhe dois” é emblemática e muito forte, mesmo porque eles estão jogando sujo o tempo todo, inclusive com um vídeo antigo do Zé Dirceu. O discurso ficha-limpa do Serra cairia por terra, concorda? A certeza da vitótia no primeiro turno fez com que ataques dos tucanos fossem ignorados, agora, a meu ver, a história está se repetindo e a resposta não está sendo à altura. Um grande abraço !

  53. Caro Ricardo Kotscho,

    Gostaria que chegasse à Dima a seguinte sugestão: que no debate da globo, na primeira intervenção dela, ela propusesse que só debateria fatos de interesse do povo brasileiro. Estamos na reta final da campanha e, nesse momento, só interessa ao Serra e à grande maioria da imprensa que o apoia, a provocação. Portanto Dilma, cuidado com as armações pois com essa proposta as chances de desarmar o adversário são enormes, pelo menos junto à grande maioria dos eleitores e é o que interessa.

  54. Apesar dos pesares creio que a jovem democracia brasileira tem resistido bem. Aliás, se formos pensar o que a mídia foi capaz de produzir nessa campanha eleitoral, e nao conseguiu fazer com que o seu candidato esteja na frente até o momento nas pesquisas, é sinal que alguma coisa começa a mudar nesse país. Vou mais adiante, de que determinados padroes socio-culturais começam a se consolidar e nao vai ser alguns setores da imprensa que vai alterar isso. Eu acho que nao tem mais volta, a imprensa está tendo o sabor amargo de estar vivendo um outro país que nao se deixa se influenciar por qualquer coisa. Mais ainda, se noticiam alguma coisa em forma de farsa, rapidamente isso é denunciado. Acho que estamos avançando na liberdade de opiniao e colocando limites na tal liberdade de imprensa

  55. Oi Ricardo, mais uma vez vc.está triste.Eu te digo uma coisa só;o PSDB e o Demo, com medo de perder as eleições, transformaram o José Serra num fantoche da direita reacionária, um verdadeiro fascista .´Só que ele tinha telhado de vidro.Todos tinham , então a coisa foi desgringolando, apenas porque os candidatos perdedores não aceitaram a derrota, incluo ai Marina e Plínio,.Aliás, ambos perderam a coerência.O Serra acho que nunca a teve.Quero parabenizar o José por colocar a carta aberta ao Fernando Cardoso escrita pelo prof.Theotônio.Este sim, colocou os pingos nos” is” na arrogância do ex-presidente.Ele sempre se gabou que sem ele o Lula não teria feito nada.Agora vemos que o “rei estava nú “.Esteve nú o tempo todo, faltava aguém com gabarito suficiente para mostrar-lhe isso.O professor Theotônio, não é qualquer um.Quanto ao uso da rede, Ricardo, eu gostaria de acrescentar que acho muito bom que pelo menos aqui todos possam se expressar.É claro que não sou a favor das baixarias, mas como disse um amigo neste blog, pelo menos não estamos na China,né?Um abraço.

  56. Esse PSDB é coisa de louco mesmo. Vive dizendo que Lula está dando continuidade ao programa de FHC, que ”criou” o Real, que foi criado no governo antecessor Itamar Franco.
    Será que querem voltar àquela época, quando o Real iniciou valendo 1 x 1 em relação ao dolar e o Salário Mínimo era de R$ 70,00? Dar continuidade à aquilo é progresso? Esse partido PSDB não só ”torrou” o patrimônio público federal como o estadual de São Paulo, quando vendeu o BANESPA e a ”NOSSA” CAIXA e com a maior cara dura vem à público, tentando dar diploma de burro para todos os eleitores, dizendo que no governo Lula só bancos dão lucros e que venderam a Nossa Caixa para o Banco do Brasil S/A, para ”fortalecer” o BB. Ora, mas é o fim da picada, escarnecer da população com esse argumento. Quer dizer que se o candidato eleito for, vai vender o BB e a Caixa Economica Federal, para fortalecer quem? o FMI?
    Nossa isso é uma ofensa ao povo brasileiro. Tem que ter muita cara-de-pau para fazer uma declaração dessa!
    Vejo os noticiários paulistas com notícias de que grupos de marginais fazem ”arrastões” nos condomínios e prédios de apartamento e com cara-lavada é declarado que estão reduzindo a criminalidade. Ainda tem aquele que vem na tv dizendo que os moradores devem investir mais em segurança particular, pagando melhor esses funcionários e adquirindo mais produtos tecnológicos, tudo porque a segurança pública não funciona e os policiais são mal pagos. Não vejo a hora de terminar essa eleição, para não ser mais ofendido por esse candidato, fraco e inconsequente.

  57. Excelente postagem ! Resume tudo que venho sentindo ao longo deste segundo turno. Não consegui assistir ao debate de ontem. Não por outro compromisso qualquer, mas por total falta de paciência em ver no que se transformou uma eleição no Brasil. Que chegue logo o dia 31 …

    Abraço,
    André.

  58. Caro Kotscho

    Em quem acreditar ?
    Bem …com relação a “intolerância” a gente poderia reclamar para o bispo…porém…os bispos ultimamente estão mais empenhados em desviar o assunto da pedofilia se valendo da rejeição ao aborto do que propriamente escutar nossas queixas nos seus “confessionário”.
    Poderíamos também denunciar toda essa intolerância na imprensa…porém a imprensa é a primeira a praticar, difundir e a expandir a intolerância” chegando ao limite de mentir despudoradamente. Têm se tornado mestres neste quesito. Se não tem “notícias”, inventam !!!

    Então o que nos resta senão nos tornarmos também “intolerantes” de alguma maneira ?
    E eu te digo:
    Não tolero a extrema direita pelo fato de serem extremistas !!! Matam de um tudo e até a própria razão !!!
    Não tolero a Rede Globo por ser esta comandada pelo Ali Kamel e seu fiel escudeiro Willian Bonner que chegaram ao extremo do anti-jornalismo depois dessa sua “pataquada” do caso da “bolinha de papel” !!! A coisa mais ridícula e estúpida jamais vista na televisão !!!
    Não tolero a “Folha de São Paulo” por ser comandada pelo “mal caratismo” do Otavinho Frias. Um sujeito que acha que Presidente do Brasil tem que saber falar inglês como pré-requisito !!!
    Eu não tolero a Editora Abril que tem como sócio o grupo sul-africano Naspers, que entrou para o controle da Veja há algum tempo e que foi porta-voz do Apartheid durante toda sua existência !!!
    …Mas sou obrigado a tolerar o “Estadão” que pelo menos teve a decência de se confessar como um “panfleto” político !!!

    Kotscho…
    Como leitor eu aprendi ao longo do tempo o significado do termo “cobertura” que era aquilo que faziam os jornalistas quando simplesmente tentavam nos fornecer informação.
    Hoje esses “chefetes” de redação pela mídia afora praticam mais é o outro sentido da palavra “COBERTURA”. Fazem aquilo que os “burros” cometem em cima das suas “bestas” !!!

    Como pode ver Kotscho, tem coisas que por mais que se tolere fica impossível de se tolerar sob pena de perdermos nós mesmos a nossa própria dignidade !!!

    Sejamos intolerantes sim contra quem NUNCA nos tolerou !!!

    “…Olha a defesa é natural
    cada qual para o que nasce
    Cada qual com sua classe
    seus estilos de agradar

    Olha um nasce pra trabalhar
    outros nascem para a briga
    Outro vive de intriga
    outro vive de negociar

    Outros vivem de enganar
    olha o mundo só presta assim
    É um bom outro ruim
    e não tem jeito prá dá!

    Prá acabar de completar
    quem tem o mel dá o mel
    Quem tem o fel, dá o fel
    e QUEM NADA TEM…NADA DÁ !!! …”

    ( trecho de “Papagaio do Futuro”, musica de Alceu Valença com participação de Zé Ramalho qu os lançaram para a carreira musical !!! )

  59. Prezado Kotscho. Tudo é uma reação, ainda que tardia, ao jornalismo marrom que é praticado pelas Organizações Globo e seus semelhantes (Folha, Estadão, Veja, etc), a favor e contra. Como se poderia desejar uma internet de alto nível se os exemplos jornalísticos mais transparentes são esses? Não se pode esquecer, também, que acima de tudo existe uma inspiração ideológica que quer se apoderar de corações e mentes, não medindo, para seu intento, as consequências e muito menos os meios de conseguir isso. Não é à toa que, nesta eleição, ressuscitaram a TFP, os queimadores de bancas de jornal da época da ditadura, os padres travestidos de Torquemada e os pastores vestidos de si mesmos. Mas tudo dependerá do resultado final. A vitória de Dilma será a senha para que as coisas se arranjem.

  60. Estimado Ricardo e amigos bom dia!
    Para finalizar minha participação nesta página eu gostaria de pedir a cada um que olhassem para o nosso pendão da esperança e bem ao meio desta flâmula de lutas e persistência contra o mal existem os dizeres: “Ordem e progresso!”
    Reflitam comigo:
    Ordem e progresso – Bem são essas sagradas e maravilhosas palavras que vemos estampados em nossa bandeira de acordo?
    E elas significam : ordem por base e progresso por fim!
    Bonita a definição, mas para quem?
    Vejamos o que o nosso país tem de ordem e progresso
    (vou citar aqui algumas poucas coisas):
    Caos na Saúde: enquanto vivemos a nossa realidade de falta de atendimento médico decente nas unidades de saúde! “Estou dizendo alguma coisa errada?”
    Caos na Educação: professores mal remunerados intimidados por alunos armados dentro das salas de aula, escolas depredadas e saqueadas, crianças que não sabem ler, e que muito mal e parcamente assinam o próprio nome, e que são aprovados todos os anos. Se depender da atual educação, muito em breve farão alterações nos dizeres da bandeira, ao invés de progresso, leremos pogreço!
    Caos no Sistema Viário: estradas mal conservadas e mal sinalizadas, algumas delas parecem obra de ET, pois a única serventia foi desviar dinheiro público, já que unem o nada ao lugar nenhum, e outras que promovem a morte de milhares de pessoas por ano, e ainda tem o risco de ser assaltado, seqüestrado e até mesmo assassinado por bandidos armados com revólveres ou fuzis, ou mesmo com um carro ou caminhão (sim, existem assassinos em potencial atrás de um volante).
    Caos na Segurança: onde o réu primário responde o processo em liberdade, mesmo que ele seja confesso no estupro e assassinato; onde a polícia prende, mas justiça solta quando eles cumprem o absurdo de 1/3 da pena; onde bandidos podem sair no natal para ver papai Noel e na páscoa para ver o coelhinho botar ovos!
    Onde marginais, de dentro do presídio, intimidam as pessoas aqui fora, e conseguem extorquir dinheiro; onde dentro dos presídios alguns têm o luxo de fazer churrasco nos fins de semana, têm DVD, TVs modernas, celulares e outras coicitas mais.
    Que isso, gente! Isso é direitos humanos! Pra quem?
    Caos no Sistema Aéreo: onde dois aviões se chocam em pleno vôo, porque nossa tecnologia de radares (ou coisa parecida) está ultrapassada; onde benefícios são concedidos às empresas aéreas, de modo que o que deveria ser fiscalizado, retirado ou substituído não acontece – tá tudo liberado. Onde uma pista de aeroporto não oferece segurança a quem voa, seja por ela ser pequena, seja por não ter área de escape, por não ter o tal do grooving, pois o mais importante é colocar mármore nas salas de embarque e desembarque para que as pessoas passem horas e horas a admirá-los, até mesmo dias, pois não conseguem embarcar, e têm que se sujeitar a deitar no chão ou nas cadeiras dos aeroportos para aguardar, caso contrário, perderão seus lugares nos aviões. “Você não acredita?”
    Caos na política: onde todos os dias pipocam escândalos e mais escândalos de corrupção e desvios de dinheiro, obras super-faturadas, malas, cuecas, valeriodutos, trocentas CPI’s, todos absolvidos, e trocentas pizzas que nos empurram goela abaixo. Existe alguma pizzaria que fature mais do que a do planalto?
    E você já reparou que um escândalo novo leva o anterior ao esquecimento?
    Caos na consciência: onde a maioria aplaude e se contenta com bolsa-família, bolsa-escola, e bolsa não sei mais o quê, mas não como um auxílio, e sim como meio de sobrevivência, ao invés de cobrar trabalho e salário dignos; onde todos assistem a uma sessão deboche de relaxa e goza e depois top-top-top, mas antes passando por uma dança comemorativa ao mensalão.

    Mas e daí o povão quer é farra se tiver samba pagode e cachaça ah! Meu amigo, deixa prá lá, todo mundo rouba mesmo!
    E é isto: O lance é mesmo comemorar, afinal o povo tem o carnaval, as micaretas, tivemos o PAN, o Cristo Redentor como uma das 7 maravilhas, os campeonatos estaduais e brasileiro de futebol, o bolsa-família, o bolsa-escola…Êita paisinho bom esse, meu Deus!

    Agora eu pergunto a cada um de vocês que me respondam em sã consciência, pois Domingo esta chegando e você deve cumprir o seu dever cívico: “E Agora?”
    Esqueça?

    Não existe uma terceira via, é isto o que esta aí: “ Ou Dilma ou Serra?”

    Eu vou aqui fazer uma profecia: “Ganhe quem ganhar, a princípio parece que pelas contas dos pesquisadores oficias do governo a Dilma já ganhou, está no papo!
    Mas e se der o Serra?
    Bem ganhe quem ganhar, perde a democracia!

    Perde por ter sido esta a pior disputa eleitoral de toda história da República,

    Pior até que aquela de Lula e Collor, e ao meu ver quem ganhar terá uma dificuldade imensa de governar esta nação.

    Porque toda esta baixaria inviabilizou para todo o sempre a imagem de ambos os pretendentes, e quaisquer que tenham sido as propostas de ambos os lados de nada adiantou, a esculhambação venceumais uma vez!

    Os dois pecaram por excesso de tolices e efemeridades, e entendo que nem um nem outro detém a dignidade moral de governar este lindo país!

    Tanto faz como fez se vocês vão voltar aqui para me xingar, avacalhar ou esculhambar como é o perfil de muitos do espaço, eu nem ligo mais!

    Estou falando agora para patriotas e não para sujeitos desonestos e mesquinhos, e o que digo hoje ecoará em suas mentes por todos estes próximos quatro anos.

    O nosso país foi derrotado pela calúnia, pela mentira e pelo ódio entre os homens que deveriam da exemplos de honra e austeridade

    Como diz o Lula: Nunca!!!!! Nuca na história destes pais aquela bandeira foi tão desonrada pela vergonha de fracassados na vida e na história dos construtores da humanidade!

    Fiquem com Deus!

    E que Deus tenha piedade desta terra!

    Abraços fraternos

    Manoel Fereira

  61. Foi muito barulho, muita difamação, muitas acusações e manipulações de candidato com os religioso, e de nada serviram, só despertou ódios, só descortinou a vida pregressa de Bispos,. pastores e Pedres isso chateou e estressou os seguidores de ambas religiões.
    Veja o quadro das pesquisas entre os religiosos: (Vox 25/10)
    Católicos são 62% de todos os eleitorado nacional, pesquisa aponta também que Dilma venceria o Serra , D51% a S39%), católicos não praticantes D53% a S35% e evangélicos 6% do total de eleitores D44% e S41%. Entre os eleitores que não têm religião, a vantagem da petista é de 46% a 38%.

  62. Olá Ricardo!

    De vez em quando envio uma mensagem para seu blog, que considero de bom nível. Nunca vi você “baixar o nível” sobre qualquer notícia que fosse. Isso difere o jornalista do “jornalista”. Quanto ao seu “embrulhamento estomacal matinal” tenho sentido isso (apesar de não ler jornais. Tenho assinatura da GAZETA DO POVO, aqui em Curitiba, mas é para os meus dois cachorros fazerem xixi e cocô encima, já que o jornal é de péssima qualidade, além de pertencer ao Grupo que é afiliado à rede globo, portanto, só trás manchete contra o governo Lula e não apura nada sobre quem está no poder local [Richa e cia] e nada sobre o Serra/PSDB/DEM). Aliás, tenho percebido nos últimos dias que meus cachorros estão se recusando a fazer suas necessidades em cima desse jornal. Será que eles estão achando que esse jornal não merece nem seus dejetos???
    Bom…essa semana será muito difícil, parece que o tempo não passa. Ontem nem quis ver o debate. Isso tem me deixado muito chateado. Tanta mentira, tanta calúnia, nenhuma comprovação, tanta farsa, tanta mesquinhez, tanta cara de pau. O que me deixa mais intrigado ainda é o fato do comportamento da grande mídia (grande?). O que está por trás de tudo isso? É só garantia de verbas publicitárias? É só garantia de que ningbuém vai mexer nas regras de licença de concessão? O que eles estão sabendo que não estamos? O que estão tentando impedir ou quem sabe colocar para funcionar? A campanha do Serra, olha…em meus 50 anos, não lembro de tanta torpeza, acho que nem a campanha de 1989 (Collor) vimos tanta sujeira, tanta gana para querer se apoderar a qualquer custo do poder.
    Ontem li em alguns blogs (inclusive a M. Chauí) alertando sobre uma possível onda de violência que estão preparando para o dia 29 (quinta-feira) por parte do próprio PSDB. Estão organizando um grupo que VESTIRÁ CAMISAS COM O SÍMBOLO DO PT para provocar confusão feia durante passeata do PSDB. E que isso seria jogado, lógico, con tra o PT-Lula-Dilma. Que isso sairá em TODOS os meios de comunicação, leia-se GLOBO, ESTADÃO, FOLHA, VEJA etc. para tentar confundir e amedrontar o eleitor e este mudar seu voto para o SERRA. Este, por sua vez, viria a público, talvez até com hematomas (quem sabe?) para acusar o PT como partido terrorista etc. Isso, se for confirmado, será a coisa mais nojenta já vista no país.
    Estou sinceramente muito preocupado com esse nosso frágil processo democrático, que precisa avançar muito ainda para podermos afirmar que estamos, enfim, saindo das trevas. Isso, se acontecer, jogará o país no limbo novamente. Isso tudo porque? O que está em jogo, realmente? Só o pré-sal? Só a Amazônia e Pantanal (que ninguém lembra de falar)? Só a nossa água potável e nossos mananciais subterrâneos? Humm…sei não.

    1. Caro colega JM, depois das baixarias do politico do PSDB, agente tem que acreditar em tudo que se atribue a eles.
      O Serra já está posando de demente, de louco transviado, tal é o seu desejo de ser presidente. O povo já percebe esta manobra dele e já está ficando raivoso com seu proceder.
      Voces verão o revés que ele vai tomar porque o mais simples dos eleitores até já percebeu que estão lhe taxando de ignóbli, de incauto, do simplão e por fim de burro e ignorante. A propaganda dele o Serra é claro, toca de 2 em 2 minutos e já não aguento mais ver sua cara na TV e a sua voz no rádio. Já nem ouço rádio nem vejo TV que faz propaganda dele e acho quem está perdendo é a Dilma por que o Serra está afuguentando os ouvintes e telespectadores. Sr. Serra, me desculpe mas o sr. está intragável e já sinto até nojo da sua propaganda enganosa.
      Pare por favor de nos chamar de qualuqer coisa desairosa, nos respeite por favor, não queremo ver o sr. como presidente, não adianta insistir, és o mais despreparado de todos os candidatos que já vi com meus mais de 60 anos. O senhor já foi deletado da memória dos eleitores, pare por favor de nos enfiar esta sua campanha nauseabunda, nojenta e desastrosa. Pronto, já falei o que queria e também não queria, nem este meu desabafo me traz tranquilidade.
      Já passou dos limites, não dá mais para suportar, ainda bem que faltam ainda mais uns dias, NINGUÉM MERECE.

  63. Querido Ricardo,Esse é o meu sentimento na hora que faço o que mais gosto, que é assistir um noticiario, fico pensando quantos interesses ocultos devem correr dentro da midia, e quão dificil é sustentar a democracia a favor dos menos favorecidos, fico pensando quanto sofreram nossos pais e avós, na época de Getúlio Vargas, que as influencias da midia eram mais discutidas de boca em boca,e que tiraram o chão do nosso querido Getúlio, deixando o povo orfão, essa suja politica que faz o candidato até trocar de nome para enganar o pobre eleitor.

  64. Prezado Ricardo Kotcho, concordo que falta de educação ou elegância não deve servir como parametro para nada, muito menos para o debate eleitoral, esta eleição assim como aquela de 1989, será marcada pela baixaria, pela guerra do medo e pela truculência da direita, que saí do limbo, para difamar da candidata Dilma. A história lembrará certamente o apoio descarado e repugnante de parte majoritaria da mídia (Globo, Estadão, Folha, Veja, etc), a candidatura Serra, e a premissa intoleravel de as favas aos fatos. Com todo crédito e respeito que você detem e merece, da forma como analisa, parece que a campanha Dilma resvala na mesma baixaria da campanha Serra, o que sabemos não ser procedente. Existe um cabo de guerra entre a direita sectaria, a elite preconceituosa e a classe média conservadora de um lado e de outro o projeto democratico e popular representado por Lula e que Dilma dará continuidade. Outro fato a ser destacado é o profundo preconceito de classe contra Lula e o preconceito sexista contra Dilma.

  65. http://www.participabr.com.br/noticias/entry/terroristas-da-calunia-agora-atuam-por-telemarketing-contra-dilma/

    Quem tiver um tempinho, leia o blog da Hildegard Angel.

    Olhem só o parágrafo de abertura e o fecho:

    É muita canalhice. Não bastassem os emails infames e toda a sorte de mentiras e calúnias nesta campanha eleitoral, a última é que, por telemarketing, estão hoje disparando telefonemas pelo Brasil inteiro dizendo que a candidata Dilma Rousseff está muito doente e que, se ela ganhar, não poderá governar, o presidente será Michel Temer!

    (…)

    Não são apenas os terroristas de pijama, isto é, aqueles (muitas vezes) aposentados, que ficam nos computadores de suas casas criando e/ou repassando mensagens ofensivas e mentirosas, como também são os grupos articulados, de profissionais da injúria, que trabalham ferozmente nesta reta final da campanha, com o desespero de quem não consegue aceitar o processo democrático, quer fazer prevalecer sua vontade seja de que forma for…
    Categorias:

  66. Oi Enio, boa tarde. Muito bom esse seu comentário. Mas, falando em intolerância, vejo que a Lei ficha-limpa, resultado do clamor popular por meio de um número expressivo de assinaturas, para pelo menos uma tentativa de moralização das candidaturas aos cargos de representação popular, estar nas mãos de quem não sa be o que fazer com ela. Disse tentativa, por existir aquele expediente de renunciar e colocar no lugar, parentes, amigos, etc, que ainda são fichas limpas, mas, seja como for, os condenados e de vida pregressa duvidosa não participariam e nem continuariam a praticar desonestidades em nossa política, que aliás, deveria ser uma normalidade neste país e não um empasse de deixar ou não seguir a corrupção. É muita tolerância deste povo, que chega até ser escarnecido, voce não acha?

  67. Boa tarde amigo Ricardo Koscho. Vou deixar de falar em política e fazer uma crítica: A Indonésia foi novamente atingida por um Tshunami, sem se saber o número de mortos e feridos, o Haití, é acometido por um surto de cólera, nossa amazônia pela pior seca que há mais de cem anos não se via e outras inúmeras catástrofes assolam o mundo. Sim, o mesmo mundo que consome maior parte dos recursos na fabricação e compra de armas. Resumo, o homem ainda não aprendeu a se valer apenas de palavras para se fazer entender. É bom a humanidade pensar nisso.

  68. O nível dos comentários na web se assemelha ao linguajar usado na novela das oito da Globo. Ao zapear, me deparei com um festival de palavrões, coroado por um sonoro “vagabunda”. Impressionante.

  69. Aqui na Paraíba, panfletos apócrifos circularam em igrejas de todas as matizes chamando o candidato de oposição do PSB de macumbeiro, de idolatrar satanás e de ter feito um pacto com Belzebu.O obscurantismo, tomou conta da campanha da situação. E quem vive na escuridão do obscurantismo, não tem a menor intenção que o povo se liberte da ignorância. Porém, a baixaria não pega mais nos eleitores.

  70. Meu Bom Brasil de Abreu !!!

    Faz tempo que não nos falamos. E a “saúde” como vai ?
    A TUA “saúde” e não aquela lenga-lenga do Serra que se resume só em doença e remédio !!!
    Pois é …”ficha limpa”…
    Primeiro eu acho que candidato nem deveria ter “ficha” !!!
    Pra mim se um sujeito é “fichado” ou é pela polícia ou é por ter roubado no jogo !!!
    Por que alguém precisaria provar que tem “ficha limpa” ?
    E quem preenche essa “ficha” ?
    Um juiz ? Um promotor ? Uma “procuradora” de confusão estrábica â direita como essa Dra. Sandra não sei se “Curô” se não curou, se “”curau” ou se “mingau”, ou se “papa” de passarinho !!!

    A nossa “justiça” ainda é cega para os ricos !!!
    A nossa “justiça” ainda só enxerga os chamados “PPP” ( “puta”, “preto” e pobre) para “JUSTIÇAR” !!!
    E não é porque eu vou votar na Dilma que eu tenho esperanças de que a “Justiça” mude no Brasil em pouco tempo posto que tais mudanças são atribuições dos outros dois poderes, o legislativo e o próprio judiciário que são compostos por muitos (ainda ) “fichas sujas” !!!

    Mas como a “esperança” é a última que morre, saibamos todos que JAMAIS veremos a “justiça” de fato acontecer !!!
    Mesmo eu e tu, Brasil de Abreu. querendo viver por muitos e muitos anos, NUNCA SEREMOS OS ÚLTIMOS !!!

    Mas podemos sermos os PRIMEIROS em fazemos as escolhas certas quando “consultados” !!!
    O que não dá é para ANULARMOS as nossas oportunidades de escolha delegando para que OS OUTROS decidam por nós como fazem “uns e outros” por aqui !!!

    Né não Rob Som ?
    O voto é sagrado !!! Muitos morreram por ele !!!
    Então devemos no mínimo RESPEITAR as chances de escolha !!!

  71. Como não sou jornalista e não conheço ninguém que trabalhe nestes grandes veículos de informação, fico na curiosidade de saber se a mídia sempre agiu desse jeito (e só agora ficou claro para nós, pobres mortais, devido a internet), ou isso é comportamento novo e desesperado. ?

    Um grande abraço e parabéns pelo texto.

  72. Li hoje o Janio de Freitas dizendo que a equipe da própria Folha recusou-se a acreditar que houvesse algum objeto no vídeo do seu reporter. Só mesmo a globo para desmoralizar de vez a TV brasileira

  73. Amo esses desabafos! Pelo menos dá pra sentir uma pitada de sinceridade! Nossa! Como está em falta essa qualidade humana, principalmente na mídia…
    Algumas pessoas pensam que sou dada à teorias conspiratórias… Tem como não ser? Só não tendo cérebro… ou tendo muita preguiça de usá-lo…
    Obrigada!

  74. Kotscho, como gosto dos seus textos. é como se alguém dissesse as coisas que eu tenho pensado e conversado com as pessoas ao meu redor, mas de uma maneira sempre sensata e colocada sem arrogância. Compartilho do seu desabafo sobre os comentários que aparecem na internet, é realmente absurdo pensar que pessoas possam ter certas ideias. Mas é verdade, convivo com gente que tem bons cargos em empresas e mesmo assim, repassa spam e acredita e dissemina qualquer boataria que circula por aí. Muito fácil cultivar ódio e mentiras com tal público ativo na internet. Mas estamos aqui também, e temos esperança! Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *