Parque da Água Branca ameaçado: depois dos bichos, as árvores

Parque da Água Branca ameaçado: depois dos bichos, as árvores

Caros leitores,

para aqueles que se dispõem a ajudar a luta pela preservação do Parque da Água Branca, a Malu Genevois me autorizou a passar seu e-mail pessoal:

malu.genevois@uol.com.br

Toda colaboração será bem-vinda.

Abraços,

Ricardo Kotscho

***

Quatro meses atrás, também numa segunda-feira, publiquei aqui o apelo que recebi da amiga Malu Genevois, uma antiga moradora de Perdizes preocupada com o que está acontecendo no Parque da Água Branca, na zona oeste, um dos últimos espaços verdes da cidade onde as pessoas podem passear e as crianças brincar em meio a bichos e plantas que só costumam ver na televisão.

Em março, ela denunciou que estavam sumindo do parque os pavões e as galinhas d´angola. Foi reclamar com o administrador do parque e ficou sabendo que existiam planos de abrir ali uma praça de alimentação e não poderiam fazê-lo com os bichos andando soltos entre as mesas.

Frequentadora do parque há mais de 20 anos, onde habituou-se a fazer suas caminhadas matinais, nos últimos dias Malu percebeu que estão acabando também com as árvores. Li em algum lugar que a nova administração estadual pretende construir no parque um centro de música ou algo do gênero.

Este é um dos mais antigos parques da cidade e resistiu bravamente à especulação mobiliária, aos enormes prédios que brotaram à sua volta. Quem foi consultado para se mudar a destinação dada àquela renitente área verde urbana?

Ao que parece, ninguém. Cada um que assume o poder sente-se no direito de fazer o que quer com um bem público. Por ser uma cidadã que luta por seus direitos, Malu Genevois mais uma vez vai à luta: enviou neste fim de semana uma mensagem, que reproduzo abaixo, a uma rede de 60 amigos e à Ouvidoria da Secretaria da Agricultura, desde sempre responsável pelo Parque da Água Branca.

Caros leitores: leiam abaixo o relato de Malu e vejam o que cada um pode fazer para salvar os bichos e as árvores que ainda restam no parque.

Amigas e amigos,

 Continuo curtindo muito o Parque da Água Branca, onde faço minhas caminhadas em meio a muito verde e cantos de bichos. Mas estou preocupada, e é por isso que escrevo essa mensagem.

Depois de sumir com grande parte dos animais que encantam tanta gente (miúda e graúda), a atual administração está sumindo com a vegetação… Além de tirarem arbustos e arvoredos por todos os lados, agora são as palmeiras!

Entre as duas entradas do Parque que dão para a Rua Ministro Godoy, há uma área que ERA coberta por densa vegetação (dizem alguns que vegetação nativa, como a do Parque Trianon). São muitas árvores e, embaixo delas, uma quantidade enorme de palmeiras. Pois essas palmeiras estão sendo podadas rente ao chão! Uma barbaridade!!! Lá estão as motosserras a mil por hora, para deixar o parque “arrumadinho”. Agora, a gente enxerga o outro lado, pois não há mais arbustos nem palmeiras…

Se fosse um terreno particular, certamente a devastação seria barrada por um inspetor, que viria examinar o que estão derrubando e publicaria um veredito técnico; infelizmente, como é área pública, fazem o que bem entendem, sem dar a mínima satisfação…

Na opinião de alguns freqüentadores, a nova administração quer abrir o Parque à noite, e por esse motivo não quer deixar lugares onde alguém possa se esconder. Se for verdade, é um absurdo!

Mas mesmo se não for essa a razão, estou preocupada com outra área.

É aquela que fica atrás do lago, da casa do caboclo e dos coqueiros. Uma área linda, que garante o ar puro aos passantes, a reunião de pássaros que cantam tão animados, os cheiros de vegetação molhada quando chega o sol, enfim, um pedaço que empresta ao Parque essa sua vocação de “oásis” no meio de tanto asfalto! Será possível que vão fazer a mesma coisa e derrubar palmeiras, arvoredos e arbustos dali também???

Você, que está lendo essa mensagem, pode perguntar se já me informei, se já fui à Administração para saber a versão oficial. Já fui sim, antes de março, quando publiquei o texto sobre o sumiço dos bichos. Naquela ocasião, não tive respostas nem do administrador nem da Associação de Amigos do Parque. Melhor dizendo, não consegui saber o que pretendiam, faltou ouvir de quem cuida de um espaço público a prestação de contas que uma cidadã tem todo o direito de pedir e de ser atendida. Só me disseram que o Parque ia melhorar, que tudo ia ficar bem (…). Mas como e o que pretendiam, impossível saber…

Estou relatando tudo isso na esperança de divulgar o problema para outras pessoas e encontrar quem conheça alguém com quem falar que possa parar com isso, alguém que possa informar o que vai ser feito, alguém a quem escrever, a quem telefonar, alguém que vá até lá e constate o que está acontecendo. Tudo o que for possível! Você que se importa com o Parque, procure fazer tudo o que estiver a seu alcance para preservar esse nosso oásis! Como as motosserras vão recomeçar amanhã (2ª feira) a sua lida devastadora, tem que ser URGENTE, para continuarmos contando com um espaço verde – e não com uma praça de chão batido!

Abraço,

Malu

Em tempo: mal acabei de publicar o post acima, recebi mensagem de outro amigo, Antonio Carlos Fester, meu contemporâneo da Comissão de Justiça e Paz e coordenador do nosso Grupo de Oração, informando que hoje é o Dia dos Avós. Nem sabia que tinha isso. Sei que estou labutando em causa própria, mas vale a pena ler o texto que ele encontrou no site www.amaivos.com.br contando como esta história surgiu: 

  

–>

26 de Julho
São Joaquim e Santa Ana (séc. I a.c.)
A devoção a São Joaquim e Santa Ana vem do século VI, e, conforme a tradição, seriam eles os pais de Maria e, conseqüentemente, os avós de Jesus Cristo. O casal, que vivia em Nazaré, era humilhado por não possuir filhos. Joaquim, por não mais suportar a pressão da sociedade de sua época, foi para o deserto onde rezou e jejuou por quarenta dias. Ao fim desse tempo, um anjo de Senhor lhe apareceu e comunicou que Ana estava grávida.O casal, em sinal de gratidão a Deus pela graça que recebida, prometeu que dariam à criança uma educação religiosa primorosa. E assim o fizeram: Maria cresceu conhecendo e amando a Deus e foi por Ele a escolhida para ser Mãe de Seu Filho.Joaquim e Santa Ana são os padroeiros dos avós.

Santificando minha vida:
Joaquim e Ana nos dão um exemplo de serviço e amor a Deus, perdurado nas atitudes de Maria e, certamente, na educação do próprio Menino Jesus. Tenho preocupação com a qualidade da educação que dedico aos meus filhos? Sou grato ao que recebi de meus pais?
 
 

 

Oração a São Joaquim e Santa Ana:
Ó beatíssimos pais da Mãe de Deus, S. Joaquim e Santana, eu vos saúdo e bendigo com devoção e amor. Alegro-me de todo o coração pela vossa glória e por aquela sublime prerrogativa pela qual Deus vos escolheu para serdes pais da Mãe de Deus, Maria Santíssima.
Rogai por mim a Jesus e a Maria para que eu os agrade em tudo. Tende piedade de mim como os pais têm de seus filhos. Sede consoladores na vida e na morte. Assisti-me em minha última agonia, para que dignamente receba os santos sacramentos da Igreja e, partindo deste mundo com o coração contrito possa chegar ao céu. Por nosso Senhor Jesus Cristo, Amém.
<!–

 

       
 

159 thoughts on “Parque da Água Branca ameaçado: depois dos bichos, as árvores

  1. Caro Kotscho, Cara Malú,

    Desculpem a “forma” – mas estamos vivendo um período ímpar, onde os protestos deixaram se ser presenciais, e passaram a ser “virtuais”.

    Se a tal Associação dos Amigos do Parque (é pelêga), não se mexe, mesmo depois de provocada:

    A – Comece com um abaixo assinados, cujo teor seja bem fundamentado;

    B – Moblilize, 4 ou 5 pessoas, cubra todas as portarias do Parque, faça uma coleta de no mínimo 10 mil assinaturas;

    C – De posse dos abaixo assinados, elabore um documento fundamentado nos fatos, crei um fato junto à imprensa;

    D – Formalize a denúncia, com a entrega do documento e o abaixo assinado junto ao Ministério Público, na Rua do Riachuelo, ao lado da Faculdade de Direito do Lgo. S. Francisco.

    E – AÇÃO!!!!!

    Abs
    Paulo

    1. Desde criança vou ao parque da água branca e fiquei muito triste com a notícia. Essa sua ideia parece ser boa. Kotsho, se a Malu quiser seguir a dica do Paulo e precisar de ajuda pra recolher as assinaturas, pode passar meu e-mail pra ela.

    1. gente graúda como disse nosso amigo(basta que as miúdas se une para derrubar as graudas ) inidos venceremos não te entimidevamos unir nossas forças,

  2. Bom dia!
    Ao ler esta matéria fiquei muito triste, pois deste parque tenho ótimas recordações da minha infancia. Infelismente não estou mais morando em SP eu era do bairro da Freg. do Ó. Só com muita oração para proteger a natureza.
    Abraços a todos.

  3. Pois é, ao que parece, lá se vai mais um espaço que ajuda a manter esta cidade um pouco mais possível.
    Se você observar atentamente, tudo hoje tem um grande apelo ecológico no marketing. CUIDADO !!!!!!
    Na construção civil: “empreendimento sustentável”. Palavras mágicas, de grande impacto !!! Na prática, qualquer produto com “selo verde”, custa pelo menos 50% mais caro !!
    No setor financeiro: “conta ambiental” (não enviam correspondência impressa, afinal para fazer papel cortam-se árvores). Na prática, o maravilhoso pau-ferro na porta da agência está morrendo porque a cada dia cimentam um pedaço do jardim onde ele está.
    E assim vai !!!!!
    Puro marketing !!!
    “Vai ficar tudo bem ! Vai ficar melhor.”
    Vai ficar tudo bem, bem pior.
    Vai ficar melhor mas, melhor para quem ?

  4. Alem de estarem acabando com os animais e vegetação estão tab impedindo a realização do tradicional evento Revelando São Paulo, que divulga as tradições e cultura caipira de SP, retiraram tambem,a Associação Cultural ABASSAI,dirigida pelo Toninho que tão bem acolhia as crianças e jovens carentes.Para encerrar porque não procurar a Dª Deuzeni, 1ª Dama do Estado, que tem seu gabinete no nosso parque, moradores da zona oeste e visitantes de outras regioões, ela provavelmente explicara.

  5. É São Paulo cada vez melhor para os oportunistas amigos dos mandatários do poder público.
    Vão derrubar tudo e construir espigões.O meio ambiente,a qualidade de vida e o lazer natural que se danem.

  6. Prezada Amiga Malú, vivemos um período, em que, o poder constituido, para se manter e manter aqueles que os auxiliam (financeiramente), se acham donos do posto que assumiram, através de nosso vóto, e fazem o que querem, onde querem, como querem. Moro no Rio de Janeiro (Jacarepguá), onde o verde é (nem tanto) abundante, e esses tipos de políticos, para construirem seus redutos, liberam e mandam que invadam, áreas preservadas, para que ali, se construam moradias, e que venha assim, a fazer parte de seus redutos eleitorais. Através do voto consciente, será essa, uma das formas de acabarmos com essa bandalheira. Não vamos ficar inertes com essas práticas de desrespeito a ao nosso meio ambiente, pois esses senhores, só estão preocupados com suas contas bancárias.
    Parabéns por sua movimentação em prol da manutenção da vida em nosso planeta.

  7. Morei em Perdizes durante anos. Na época meu filho tinha perto de 1 ano (hoje com 33), lembro bem ele em seu carrinho vendo os bichos, iniciando seu andar no meio das arvores. Como pode, pensarem em destruir um lugar fantastico como o Parque da Agua Branca. Parem destruir o que temos de bom, pensem mais na segurança.

  8. Há algum tempo tenho notado que algo estranho está ocorrendo no parque. Hoje, ao comentar com alguns dos frequentadores, as respostas que ouvi foi que “estavam retirando árvores velhas”, que “pôxa, quando querem limpar tem sempre alguém que reclama” e “até que enfim estão limpando essa sujeira”. Topo fazer o que Paulo sugeriu, mas precisa ser rápido, pois a devastação já é grande. Por enquanto, vou repassar o relato da Malu pra outros blogs.

  9. Amigo, não vai mais ter parque da agua branca. Toda a região vai ser reurbanizada através de uma operação urbana, similar ao que esta acontecendo com a avenida agua espraiada. É lei , não é projeto e já foi aprovada pelos vereadores. Olho aberto!

  10. Acho que o primeiro passo seria um Mandado de Segurança tentando de imediato suspender toda e qualquer obra no Parque, inclusive a poda de arvores, depois então mover processo junto aos orgão competentes para que o mesmo fosse preservado. Orações embora válidas não interrompem a incúria humana, o que é preciso é agir dentro da lei.

  11. DESCULPE NÃO SER DO ASSUNTO, MAIS É IMPORTANTE:

    A VERDADE ESTÁ APARECENDO JÁ NO DIA SEGUINTE:

    A favor da Dilma:

    -Espontânea na frente 5%
    -Rejeição menor em 7%
    -Avaliação de Lula no pico everest.
    -Agora, a NOVIDADE DE HOJE, (41% a 30%), aposta em vitória de Dilma, conforme abaixo.

    Datafolha: 41% apostam em vitória de Dilma; 30%, na de Serra
    http://www1.folha.uol.com.br/poder/772338-datafolha-41-apostam-em-vitoria-de-dilma-30-na-de-serra.shtml

    Folha Online
    http://www.folha.com.br/

  12. Olá Malu,
    Eis o milagre da evolução da comunicação! Não a conheço, mas, mesmo à distância, admiro sua ação engajada em defesa da vida no Parque da Água Branca, em São Paulo.

    E aí eu me pergunto: até quando os gestores dos bens públicos continuarão decidindo, fechados e isolados em seus gabinetes, por mudanças radicais, sem promover uma ampla discussão coletiva com seus usuários? Até quando, em nome da modernização, as vidas animal e vegetal serão dilapidadas como algo que se contrapõem ao progresso? Será que já não é o momento de tentarmos aprender com os índios a forma respeitosa de relação com a natureza, com a Mãe Terra?

    As ações sugeridas pelo Paulo são perfeitamente factíveis e já estabelecem uma contraposição a aqueles que se apropriam dos bens públicos como se privados fossem.

    É isto pessoal. Façamos da defesa desse parque uma regra de conduta em defesa da vida em todo o país.

  13. Nascemos na R.Germaine Burchard esquina da Ana Pimentel,fomos criados praticamente dentro do parque da Agua Branca,Me custa acreditar que estão destruindo o nosso parque e as autoridades não veem . O que esta havendo? Todos ficaram Alienados? Cegos?Agradeço a nossa amiga que fez essa denuncia que alguem possa levar essa denuncia as autoridades conpetentes
    para impedir esse desastre.

  14. Olá, Kotscho.
    Corro no parque quase todos os dias e isso começou depois que a nossa primeira dama resolveu dar uma de administradora de parque. Ela colocou umas 20 mulheres para a limpeza, sendo que lá já existia uma equipe pra isso. Eu via que a turma andava em bando, ficavam conversando e fumando e ninguém limpava nada. Saiu uma matéria no Estadão sobre isso e ela alegou que a vizinhança reclamava do barulho dos bichos. Balela, pura balela. Desde quando gatos fazem barulho? A graças deste parque está aí. Por isso não podemos levar cachorros lá. Enfim, não vejo a hora do governo mudar e ela parar de fazer bobagens no nosso querido parque.
    abs.

  15. Estimado Ricardo bom dia!

    Gostaria de sua compreensão para o meu direito de resposta a vocês e gostaria de publicar um longo texto para tentar mostra que não sou nem seu e nem inimigio de niguém!

    Há apenas algumas décadas, a Humanidade tomou consciência dos perigos do excesso de abusos no campo da informação veiculada, e ao invés dos noticiários sobre política e políticos nortearem os indivíduos, ele deturpa, confunde, engana e direciona esta falta de conhecimento criando assim uma confusão mental nos menos esclarecidos formando os famosos currais eleitorais.

    O Ricardo, por exemplo, inteligentemente se utiliza de todos os meios disponíveis no seu blog para contribuir com esta falta de conhecimento e direcionar àqueles que discordam de suas ideais criando desta forma um ambiente simpático e prazeroso com a ajuda de seus amigos que pertencem a mesma ordem.

    Porém esta informação veiculada no blog sempre vai para onde ele quer direcionar, utilizando-se para isto da contribuição de seus amigos e utilizando-se de pseudônimos para atingir seus objetivos. Mas afinal o que ele pode fazer: “é amigo do Luiz e fará de tudo para eleger a Dilma custe o que custar.

    No entanto ele bem como os demais repórteres da situação, o Kotscho (A quem estimo e respeito) desconsidera que em meio a este gado marcado existem pessoas (Segundo vocês menos de 3%) que discordam desta falta de informação adequada e do real esclarecimento da verdade à sociedade.

    Queridos a meu ver, em uma democracia onde a falta de conhecimento está acima de 97% do povo não vejo motivos para pensar que isto vem do povo para o povo, desculpem-me mas isto é devaneio e loucuras!,

    Bem como vocês sabem não sou muito de elaborar textos, eu olho vejo espio e pimba!

    Porém desta feita estou tentando esclarecer a vocês que nem o Serra, nem a Dilma, nem a Marina e nem ninguém que está neste páreo tem a menor condição de se tornar o nosso próximo presidente, a nossa sociedade está mais atafulhada preconceitos e temores e tão cega pelos seus próprios problemas que certamente irão votar naquele que mais barulho fizer, como se o direito de escolha fosse um fardo para se ver livre o mais rápido possível e isto é uma pena pois quem perde não é somente a sociedade como um todo e sim uma nação continente que é o Brasil que na minha opinião é o melhor país do mundo para se viver e poderia ser muito melhor se houvesse desde a retomada do poder pelos civis um governo sério distante da nódoa da corrupção característica marcante em todos e principalmente neste governo aceitem vocês ou não, foi o pior exemplo de ética e de honestidade que esta nação já viu, mas o povo tem a memória curta e vocês se aproveitam disto muito bem!

    As pessoas viciaram-se em estereótipos, juízos apressados, pensamentos tacanhos e condenações precipitadas. Todos vocês têm opinião sobre tudo, mas muitos não conhecem nada. Você não tem a menor idéia do quanto custou a entrega deste país justamente às pessoas que pisotearam bandeira da democracia tentando implantar um sistema falido em todo o mundo, e detestável pela humanidade aqui neste solo sagrado como fora feito em Cuba onde existe um povo sofrido e esmagado pela ganância de meia dúzia de marginais e delinqüentes autoritários e gananciosos
    Rasgaram a bandeira da ética e dos bons costumes e tentam a todo custo inserir na mente das pessoas que toda esta bandalheira é maravilhosa, e para isto descobriram que o melhor ponto a ser atingido é o estômago do pobre ser e reinventaram os programas de bolsas!

    Com uma «alimentação intelectual» tão carregada de adrenalina, prostituição, romances violência e emoção, é normal que nossa sociedade nunca consiga ter uma vida mental saudável e equilibrada.

    Vocês querem lembrar aqui alguns fatos que estão esquecidos nas sombras do passado como Daniel Dantas, mensalão e outras promiscuidades cívicas e éticas praticadas contra esta nação.

    O que deveria fazer a imprensa?

    Não deixar cair estes fatos e mazelas no esquecimento?

    Cobrar insistentemente as autoridades sobre suas responsabilidades?

    Não queridos, a nossa imprensa escrita e falada alimenta-se hoje quase exclusivamente de cadáveres de reputações, de detritos de escândalos, de restos mortais das realizações humanas. E Vocês querem maior lixo da humanidade do que a política?

    Poupem-me!

    A imprensa deixou a muito de informar, para apenas seduzir, agredir e manipular os repórteres se desinteressam da realidade fervilhante, para se centrarem apenas no lado polêmicos e chocante. «Só a parte morta e apodrecida da realidade é que chega aos jornais.» e fora isto o que sobra é pura lavagem cerebral!

    Infelizmente meus amigos ou sei lá inimigos pelo que estou entendendo se é que entendi os textos de vocês, “(Vocês me consideram inimigos de vocês? Porém eu não o sou, apenas discordo desta manipulação barata que unidos vocês tentam passar aos demais com piadinhas e outras bobagens desqualificando alguém que certamente já fez muito mais por esta nação que a maioria de vocês

    Os telejornais e telenovelas são o lixo do espírito, as revistas e romances são os demônios da imaginação.

    Seja você também um patriota honrado e se concentre nas verdades e em toda a espécie de justiça e acima de tudo se apartem do mal e da mentira que é o pior de todos os males!

    Cuidem das suas mentes e da mente de seus filhos, pois hoje em dia o problema central está na família e na escola. «Qualquer pai responsável sabe que os seus filhos só se tornarão homens verdadeiros se estiverem atentos nos ensinamentos adquiridos e firmes nos propósitos do trabalho e do seu desenvolvimento pessoal e profissional, ser jovem inútil e um desqualificado é o primeiro passo para a delinqüência pára a vida fácil e quando oriundos de famílias abastadas alguns desocupados enveredam para a vida política .

    Uma sociedade alienada mentalmente e desinformada só beneficia àqueles que sem preparo algum apenas com a arte do ilusionismo entretém e alucina esta massa.

    Povo alienado e gado marcado?

    Expliquem-me com simples palavras que benefício faz quem trata um povo com este pensamento?

    Expliquem-me quais são os motivos que fizeram e ainda fazem nosso melhores jovens formandos ir buscarem amparo e oportunidades em outros países?

    Faça uma pesquisa entre os nossos congressistas e veja o nível intelectual destes supostos representantes do povo?

    Faça uma medição intelectual destes seres?

    Aplique um teste de qualificação aos mesmos?

    Paça perguntas a respeito da ética, da cidadania, da honestidade, do amor aá pátria e do amor ao próximo

    Nossos políticos bem como a maioria de nossos repórteres se desinteressam da realidade escancarada e fervilhante, para se centrarem apenas no lado polêmico e chocante apenas para direcionar o povo para onde seja interessante a cada um.

    O conhecimento das pessoas aumentou nos últimos anos?

    Não sei honestamente eu não sei. Mas se aumentou ele é feito de banalidades.

    Todos sabem que Kennedy foi assassinado, mas não sabem quem foi Kennedy.

    Todos dizem que a Capela Sistina tem teto, mas ninguém suspeita para que é que ela serve.

    Todos acham que Saddam era mau e Mandela é bom, mas nem desconfiam porquê.

    Todos conhecem que Pitágoras tem um teorema, mas ignoram o que é um cateto!

    Por estes dias voc~e disse que eu deveria conhecer mais a respeito da história lembra?

    Querido você não sabe o que está dizendo acredite!

    Portanto meus amigos e inimigos hoje eu digo a vocês mais uma vez: “Eu detesto política e os maus políticos!”

    Desta leva que ai está eu não teço admiração por nenhum está claro?

    E acreditem que não me admira que, no meio da prosperidade e abundância, as grandes realizações do espírito humano estejam em decadência.

    A família é contestada!

    A tradição e os bons costumes estão esquecidos!

    A Religião abandonada!

    A cultura abandonada!

    O folclore entrou em queda, a arte é fútil, paradoxal ou doentia. Estes dias falei sobre um maravilhoso acontecimento anual que acontece no Norte do Brasil e fui hostilizado por vocês!

    E a Justiça?

    Floresce a pornografia, o cabotinismo, a imitação, a sensaboria, o egoísmo.

    Banalizaram o Crime! Não basta mais apenas estuprar e matar, é preciso que se esquartejem os corpos e que os restos mortais sejam dado aos cães para serem devorados!

    Não se trata apenas de uma decadência moral, mas do fim da civilização como eu entendo ou como tantos seres bondosos e humanitários apregoam!

    Bem é assim como está que vocês desejam que continue?

    Parabéns a cada um e fiquem com Deus!

    Um dia cada um terá que dar conta de seus atos e espero que vocês repensem em tudo isto!

    Deculpem-me pelos erros de gramática e lingüística e façam um bom uso de suas vidas!

    Abraços fraternos

    E que Deus tenha piedade de todos nós!

    Manoel ferreira

    1. Caro Manoel,
      Se você conseguir distinguir as causas das consequências você poderá ter uma melhor clareza dos fatos.
      Durante o evento de inauguração da Ponte Rio-Niterói, que foi financiada pelos ingleses, um fotógrafo da BBC perguntou a alguém, depois de vasculhar com sua poderosa luneta as favelas visíveis do ponto mais alto da ponte, se “eles”, os moradores das favelas, não desciam pra atacar as pessoas cá embaixo. Obteve uma sábia e tenebrosa resposta: “Não. Ainda não”!
      Este país jogou todas as oportunidades fora. “Comprou” a sua independência. “Importou” milhões de pessoas para fazerem serviços escravos. Quando lhes concedeu a liberdade, indenizou os donos de propriedades pela perda do trabalho escravo.
      Todos os ciclos de riqueza foram destinados a concentrar o dinheiro nas mãos de uns poucos.
      Foi na exploração de pedras e metais preciosos, foi na cana de açúcar, foi no café, foi na borracha, na madeira, na soja, no gado…
      Enfim…
      Sempre tivemos muitos trabalhando para poucos usufruírem.
      E esta é uma cultura de 500 anos!
      E você vai querer dizer que algum dia chegamos a ser uma Nação?
      Nem quero me aprofundar muito.
      Só peço que reflita e faça a distinção entre causa e consequência.
      E isto nada tem de pessoal.
      Atenciosamente,
      Mário Buzzatto.

  16. Aquela parte que foi desmatada perto da entrada da Ministro de Godoy, era de Mata Atlantica… e pergunto pq eles podem fazer isto se a lei proibe este tipo de ato.
    Eno meuver a intenção desta administração e puramente comercial, no intuito de beneficiar alguns lá dentro…
    É só averiguar que verão as pessoas que lucrarão com isto, no prejuizo de todos os demais.
    Se for nescessário façamos um movimento fisico, um piquete, mas não podemos deixar isto acontecer!!!

  17. Acho um absurdo acabarem com o Parque da Agua Branca, devemos tomar uma atitude contra isso. Vamos nos certificar desta informação e se for veridica começamos um abaixo assinado virtual para encaminharmos ao Sr. Prefeito.

  18. A tendência é piorar… O homem não tem nada acima dele mesmo…O homem é o último da cadeia alimentar, por isso acha-se no direito de destruir, ter o poder em mãos…Isso em vida na terra, quero ver na morte onde a alma vai parar.

  19. Caro amigo Kotscho, Cara amiga Sra Malú, se me permitem chama-los assim !
    Estou aqui em Rio Branco no Acre a 22 anos, mas na realidade, apesar de ser amazonense, cresci em SP onde fiz todos os meus estudos, desde os meus 5 anos.
    Qdo aluno da Escola Estadual Manoel Bandeira (antigo Ginásio D. Pedro, se ñ me falha a memóraia), ali na “esquina” da Ingreja das Perdizes, no fim do “Minhocão”, faziamos nossa educação física no DEFE (Prefeitura), atrás deste maravilhoso Parque, era pela manhã nossas aulas e em seguida as mesmas, pois terminava já as 12 hs, faziamos nossos “laches” , pq levavamos de casa, nos jardins deste lugar maravilhoso e em seguida por volta das 13:30 íamos p/ saula de aula, satisfeitos e alegres por termos um local assim p/ relembrar.
    Fiquei muito triste ao saber da situação deste local q p/ mim e alguns bons amigos, participavamos das exposições e outras feiras q por lá sempre tiveram.
    É lamentável q ainda tenhamos pessoas q são colocadas p/ cuidar de um local como esse e só visam o “mal estar” dos outros !
    Me deixa revoltado,e por isso vou terminar p/ ñ me exceder.
    Ñ estou ai mas sou a favor de uma revolta p/ manter esse parque pois ainda hj falo sobre ele dos bons momentos q tive, aos meus filhos.
    Saudades de dias maravilhosos ai.
    Abração a todos.
    Paulo H. F. Monteiro

  20. Prezada Malu. Lute com todas as forças para que o Parque da Agua Branca seja preservado. Depois de muitos anos passei pelo Vale do Anhangabau em frente aos Correios. Quase chorei de tanta tristeza. Derrubaram as árvores que lá havia desde quando eu era criança, hoje com 70. Só cimento e locais para espelhos dágua, secos e com um fundo de água suja, cheio de pombos, pobres, rodeados de mendigos que lá fizeram sua morada. Andando pela cidade de São Paulo, é só destruição, falta de cuidados e restauro pela Prefeitura, que de tanto falar em embelezar São Paulo, conseguiu destruí-la. Nunca vi, em toda minha vida, uma prefeitura tão relapsa e que nada faz para preservar e melhorar nossa cidade. Pensemos muito quando formos depositar nossos votos nas urnas, pois nossos politicos só pensam nos cargos em proveito próprio, jamais pelo povo. Desejo de coração que alguém consiga preservar o tão amado Parque da Agua Branca. O povo deve gritar e fazer seus direitos. O povo tem que fazer prevalecer seus direitos, pois querendo, força tem.

  21. talvez vcs estão me achando mto severa mais tudo que eu contei foi a 70 anos atras, as grandes exposições de gado coisas que hoje é raro uma criança ver essas coisas.Tinha a Escolinha de Aplicação ao Ar Livre aonde meu irmão estudou, era seguro podia deixar a criança brincando não tinha perigo ,os animais ,os peixes as galinhas dàngola o pavão e tantos mais,me diga agora não é triste saber que querem acabar com esse paraiso?

  22. EU QDO CRINÇA IA BRINCAR NO PARQUE, MEU TIOS FAZIAM PARTE DA COMISSÃO DO PQ DA AGUA BRANCA, MINHA FILHA AO 3 ANOS DE IDADE PLANTOU UMA ÁRVORE, QUE ESTÁ EM NOME DELA,HOJE ELA TEM 15 ANOS E A ÁRVORE CRESCEU COMO ELA.
    E AGORA ELES QUEREM DESMATAR O QUE QUASE NÃO TEM,COMO PODE SER ISSO.
    QUE ADMINISTRAÇÃO É ESSA?

  23. Nós tivemos um problema semelhante em nossa região e conseguimos segurar as ações indesejadas do “dono do terreno” onde estão lindas árvores de Mata Atlântica. Esse terreno fica entre as Ruas Caio Prado, Augusta e Marquês de Paranaguá e “pertence” a um deputado?????????

    Quando ele começou a derubar árvores e tentar vender o terreno para onstrução inicialmente de um hotel, depois de um supermercado e depois de três torres de apartamentos, perdemos a paciência quando proibiu a entrada dos moradores no terreno, tomamos providências.

    Inicialmente fizemos em uma semana lista com assinaturas de 4.200 moradores e encaminhamos à Prefeitura, Compresp e Condephat.

    O resulta foi ótimo. Até agora, dois anos depois, continuamos com nossas árvores intactas e, se tirarem um ramo de árvore chamamos a polícia. As árvores ameaçadas de perigo SOMENTE OS BOMBEIROS PODEM RETIRAR. Resultado: estão todas lá.

    Envie ofício à Secretaria do Verde e do Meio Ambiente na Prefeitura e eles tomam providências imediatamente. Ameacem e delatar aos jornais e eles fazem reuniões públicas.

    Não se pode agir sozinho. Faça um abaixo assinado…

    Iraí

  24. Provavelmente o aluguel dos kiosques da praça compensa mais que preservar…é um abusurdo…embora não resida no bairro, sou frequentador assíduo do parque…A fauna e a flora daquele espaço não podem ser sacrificadas em função de interesses econônimcos…Melhorar sim, mas sem tirar os animais e as plantas…Quem preferir frequentar uma praça de alimentanção concretada, que vá aos Shoppings…Deixem o parque para as festas folclóricas, os violeiros, as aves, os bambus, a vida….Agora, vamos elogiar também…os novos banheiros ficaram ótimos…era uma carência…

  25. Morei nas Perdizes por 16 anos, até meados de fevereiro de 2010. Tenho este parque dentro do meu coração, pois foi lá que levei várias vezes, meu filho, quando bebê, a respirar um pouco melhor. Não devemos deixar que façam verdadeira barbárie com o nosso parque!!! Deixo uma pequena contribuíção de uma idéia, levar esse problema para algum programa que possa vestir a camisa, tipo: CQC (Custe O Que Custar) da Rede Bandeirantes de Telavisão na parte de Denúncia do tal programa.

  26. Esse Governo que está a anos em SP só causa problemas a nós, tenho inúmeras fotos de quando criança no parque da água branca, brincando, conhecendo os animais, algo tão natural, tão inocente, tão puro, hoje não vemos mais os bons bichinhos que ali fizeram milhares de crianças entender o que é uma cabra, um cavalo, uma galinha um peixe……..agora o que vemos são outros tipos de animais, animais que governam esta cidade, animais não, predadores, predadores da cultura, predadores do bem estar das pessoas, políticos nojentos que não saem do nosso Estado de SP.

  27. Nasci , cresci e hj levo meu filho desde que nasceu ,hj com 7 anos , no Parque da Agua Branca….. è lá que encontramos amigos, curtimos o Verde e os animais…. o Cavalinho ,a vaquinha e as ovelhas que ficavam lá em cima perto do parquinho já sumiram, faz tempo……

    Amo esse Parque !!!!!! ele faz parte da estória de muita gente,Não podemos deixar Destruir esse templo da natureza, que alimenta a nossa Vida ” passado, presente e futuro ‘ quero continuar mostrando cada canto do parque e contando o que vivemos lá, as lembranças,os passeios de trenzinho,os gatos, os passaros os amigos de caminhadas de infância,não só para meu filho, mas para meus netos….
    Concordo com o Paulo, devemos fazer um abaixo assinado e CORRER rapidamente , para que NOSSO PARQUE não seja destruído…..,Não acredito , que seja uma questão política, acredito sim, que Nós é que temos que ter ATITUDE e não permitir que isso aconteça, foi o que fizemos em relação ao Colégio Batista Brasileiro, que iria ser demolido…
    Os Irmãos Tripoli , vereador e Deputado podem ajudar ….
    Afinal a estória deles tb é no parque da Agua Branca.

  28. É o fim da picada se no Parque da Água Branca tem gatos.
    Eles devoram pássaros, destroem seus ninhos e comem os filhotes.
    E para deixar uma árvore doente, é só jogar querosene no pé da planta. Feito isso, a planta morre e vem a limpeza.
    Sem pássaros e sem árvores, fim do Parque.
    E mais.
    As palmeiras sempre produzem frutos, alimento de muitas espécies de aves, e aí, prá acabar com o Parque e os pássaros, é só destruir as palmeiras.

  29. Meu Deus o que é isso? è da responsabilidade da prefeitura supervisionar?Me Lembro de quando começou uma mudança na praça ao lado do Metrô marechal, inventaram uma reforma tiraram a quadra de basquete colocaram uns brinquedos horreandos, e a popualação assiste calada, alheia, alienada….. Vamos fazer uma baixo assinado, se concordarem eu recolho assinaturas, moro na Pompéia bem pertinho do bairro.

  30. É o mesmo pessoal que diz que o Butantan não tem que guardar cobras…que ódio deles, que odiáveis eles são, que soberba acumularam em tantos mandatos, como são impunes, como aparelharam o MP e a justiça do Estado.
    Porquê não fazem a escola de música no parque Vila LObos que foi criado para isso?
    Que capacidade de destruição.
    To revoltado, o Serra é mesmo o Mr. Burns, dono da usina nuclear do desenho dos Simpsons.
    Só pelos precatórios que eles não pagam há vinte anos depõe como o Estado de São Paulo está sendo um estado bandido…

  31. Como assim? Querem acabar com um parque que parece uma fazendinha, único desse jeito na cidade. Que maluquice é essa?
    Frequento a feira dos orgânicos e acho muito esquisito que a cada visita há menos árvores.
    A graça do parque está na harmonia dos bichos, gente. O brilho no olhar das crianças quando veem uma galinha d’angola.
    Protesto apoiado, demorou!

  32. Parece praga, caro Kotscho.
    A duras penas tento manter uma pequena chácara no centro da pequena cidade que resido.
    Aqui temos um pequeno campinho de futebol, várias árvores frutíferas, temos uma cerca viva com árvores nativas entremeadas com cipós e outras plantadas…
    Enfim…
    Um pouco de verde e natureza que sempre fará mais bem do que mal.
    E não faltam pessoas pra virem me atazanar pra cortar as árvores, pra lotear, pra fazer muro, pra botar cadeado no portão, pra acabar com o futebol que vez por outra joga a bola no quintal de alguém…
    E o poder público de nossa cidade, as “pessoas” que a governam, loteou uma área dez vezes maiores que a minha, que seria destinada à Casa do Idoso. Tentei pelos caminhos legais barrar tal “indecência”.
    A chácara, quase um sítio, a menos de 600 metros do centro da cidade e que foi doada à prefeitura para tal finalidade, hoje está toda retalhada e com menos de 1500 metros quadrados de área pra ser destinada à Casa do idoso.
    E, coincidência ou não, aqui somos governados pelo mesmo partido que governa a cidade de São Paulo.
    Gostaria de saber quando é que vamos conseguir “enterrar politicamente” este entulho tóxico da ditadura!
    Desejo sucesso na luta de vocês aí.

  33. Realmente Malu Genevois, faço aqui das suas palavras as minhas.

    Foi o primeiro lugar onde ganhei de graça uma caixinha de música à corda, muito interessante, um lindo presente que marcou minha infância.

    Naquela época existia eventos para comemorar o dia da criança e o parque éra um colirio para os olhos de tanto verde em suas paisagens.

    O nome lindo Parque da água Branca por si só apesar de não ser Palmerence fala tudo, espero que volte ao seu natural como antes.

  34. Sou nascido na capital onde residi nos meus primeiros 17 anos de vida. Após mudar para o interior e quando ainda visitava essa cidade, sentia uma dor no peito em ver o asfalto tomando conta do “meu” campinho de futebol, os prédios, postes, antenas tomando do céu de “minhas” pipas.

    O único alento eram alguns parques, que resistiam a esses avanços inexoráveis de nossa urbe.

    Na cidade onde resido (Araraquara), no interior do estado, há uma praça na região central, defronte a uma igreja e que contava com farta vegetação, incluindo árvores frondosas, que nos emprestavam sua sombra, amenizando a sensação de calor dessa Morada do Sol.
    Devidamente cimentada e tomada por ambulantes, também já não oferece mais abrigo aos “indesejáveis” moradores de rua, que se protegiam das intempéries noturnas sobre aquelas mesmas árvores que nos aliviava o calor.
    Também o serviço de jardinagem da prefeitura “livrou-se” de mais uma tarefa.

    Uma anedota da época dizia que o prefeito resolveu o problema do “verde” na cidade: acabou com ele e cimentou o terreno!!!

    Melhor sorte para os “da capitar”!!!

  35. Essa é a “política” deste pseudo partido psdb/dem, há 16 anos no governo do estado de sao paulo e o que vemos é o privilegio de poucos e com ações duvidosas em seu carater, nao há politicas de projetos de ensino nem para estudantes nem para professores, na área de segurança publica somente na midia é que vemos infratores sendo presos, voce já viu algum assaltante da padaria, da farmacia, ou do açougue do seu bairro ser preso? ao mesmo tempo nao há trabalho para que este infrator tenha educação profissionalizante para nao retornar ao crime, o transporte publico então é uma piada, enquanto a zona leste sofre com o excesso de passageiros na linha vermelha, itaquera barra-funda, eles inalguram o metro no lugar que mais tem transporte publico a regiao da paulista, na estação engenheiro goulart nao há cobertura contra a chuva na passarela de acesso a plataforma, o intervalo entre os trens é de 15 a 30 minutos isso quanto nao há descarrilamento, no entanto inauturaram escada rolante em plataforma em acesso em uma estação de trem localizada na area nobre, de sao paulo. Poderia encontrar muitos e muitos motivos para questionar esse governo na sua atuação, pra onde e pra quem sao destinados os recursos, o tempo me impede, mas acredito que espaços como esse e pessoas como a Sra Malú e voce Kotscho estaremos iniciando um processo de mudança nestes governos que parecem comicos mas sao na realidade trágicos.

  36. Infelizmente para alguns, o poder lhes dá o direito de acabar com aquilo que trás boas lembranças para a maioria. Sou frequentadora do parque, não existe lugar mais gostoso de se passar uma tarde sob as copas de suas árvores, ouvir o canto dos pássaros. Espero setembro
    chegar todos os anos para poder participar do Revelando
    São Paulo, único evento que recebe milhares de pessoas sem qualquer tipo de violência, porém, coisas assim tem povo e povo não deve agradar aos novos dirigento do parque.

  37. Eu vou fazer uso deste caso para desmistificar a paranóia que os governantes criam no povo com respeito ao problema da poluição e o meio ambiente.
    O povo já está sofrendo de uma espécie da panico contra a destruição do meio ambiente.
    O sr. prefeito de São Paulo implantou a taxa de inspeção veicular aproveitando a maré desta paranóia que é fabricada por eles justamente com a finalidade de justificar este imposto indecente. Só que ele está usando dois pesos e duas medidas para esta justificativa, criou dificuldades para conseguir facilidades (bufunfa) criando este imposto disfarçado para impor a proteção do meio ambiente.
    -Só que ele, paralelamente a isto, não cuida das ruas, deixa lixo espalhado, aceita pixação, deixa os parques abandonados com segundas intenções para alugá-los depois para a iniciativa privada explorar. Não posso deduzir outra coisa; para abandonar o parque Fernando Costa na Água Branca (acho que esse é seu nome) deixa o meio ambiente se degradar para em seguida depredar com as motoserras e justificar, como faz com a taxa veicular tentando proteger o maio ambiente controlando a poluição.
    Quero dizer que meio ambiente é ou não um antídoto contra a poluição? Ar puro não é qualidade de vida? E esta não depende do meio ambiente? Ar puro que ele tanto quer promover não se faz só proibindo os carros que poluem colocando um imposto disfarçado de taxa sobre eles. Tem que haver espaços, árvores, jardins, flôres, pássaros cantando e a natureza preservada. Como é…vamos combater a poluição deixando as plantas viver.
    Este é o modus Demotucanus de governar, no qual o paulista inocente não se cansa de votar.

  38. Enviei comentário sobre esta calamidade para o SPTV. Alguém deve poder fazer alguma coisa q acabe com essa destruição do verde e da fauna, tão rara nesta cidade, além de ficar indignado, como eu.

  39. este parque é lindo, há uns 10 anos atrás ia todos os dias com minha sobrinha, que morava proximo ao parque, é desanimador ver sendo destruido assim, me pergunto porque os homens querem destruir toda as nossas riquezas que é a natureza???
    os moradores e frequentadores devem lutar para conservar essa riqueza no meio a uma cidade de pedra.

  40. Estimada Malu, boa tarde!

    É com profunda tristeza que li o seu relato a respeito da falta de respeito das administrações públicas para com todos nós, os insignificantes seres humanos, e para com os pobres dos animais!

    Em tempos em que quase ninguém se olha nos olhos, em que a maioria das pessoas só se interessam pelo que não lhe diz respeito, tenho que admitir que pessoas como você fazem muita falta a nossa sociedade.

    Parabéns pelo seu gesto Malu, pela sua atitude, e que a sua iniciativa não fique sem resposta ou solução, pois a sociedade necessita mais de seres preocupados com a vida, do que de pessoas empolgadas com tolices futebolísticas e mazelas políticas.

    Pessoas como vocês fazem a diferença. E todos nós independentemente de onde moramos devemos apoiar atitudes como a sua e agradecer àqueles que percebem nossas descrenças, tudo o que nos paralisa, e gastam um pouco da sua energia para preservar aquilo que realmente vale a pena na vida!

    Parabéns pelo texto Ricardo!

    Abraços solidários e fraternos!

    Manoel Ferreira

  41. São Paulo de minha infância era bastante limpa e arborizada. Hoje os parques são de asfalto e lixo. O Trianon era uma floresta;hoje desbastada. Sobrou muito, mas era muito mais. Tinha até preguiça! Hoje o Parque da Água Branca, onde íamos ver a bicharada e a mata. Tem o parque das Fontes do Ipiranga que está totalmente abandonado. Será derrubado por causa do túnel das Águas Espraiadas com a Imigrantes? Fiquemos todos atentíssimos! Estão matando nossos parques!

  42. Deviam deixar Parque da Água Branca semelhante ao Parque da Aclimação, e meia dúzia de Parques que ainda existem pelo Brasil afora dentro das cidades

    Lá só e Parque e nada mais, tem um palco onde de vez enquanto tem uma ou outra apresentação suave, uma escolinha de esporte, quadras, e um campo de futebol, uma lagoa, que já esvaziou e pode esvaziar outra vez, isso não altera a rotina

    Lá não entra bebida nem camelo, não tem lanchonete nem restaurante, e uma das poucas áreas verdes preservadas, ainda baseadas na natureza

    Assim devemos deixar o Parque da Água Branca, que pertence a nos que somos os sócios, e não apenas algumas pessoas, que se acham donos acima de Deus

  43. FIQUEI MUITO TRISTE COM ESSA NOTÍCIA , SÃO PAULO JÁ ESTA TÃO CASTIGADO COM TANTA POLUIÇÃO E AINDA DESTROEM AS POUCAS ÁRVORES QUE RESTÃO!!! O QUE VAI SER DO NOSSO PLANETA? DAS NOSSAS ÁGUAS, DOS NOSSOS ANIMAIS QUE JÁ ESTA EM EXTINÇÃO, E OS NOSSOS FILHOS, NETOS, O QUE ELES VÃO RESPIRAR SE O NOSSO PULMÃO ESTA SENDO DESTRUIDO?

  44. Caro amigo Kotscho, Cara amiga Sra Malú. Não os conheço mas se são amios da natureza, tb são meus amigos.
    Já utilizei o parque par estudos fotográficos e também passeio com minha familia. Só não o utilizo mias em razão da distancia pois moro em Osasco. è sem dúvida um belo parque e um ótimo local para passeios com a familia e tb para a pratica de esportes. Após ler ser artigo coloco aqui minha opinião:
    Não importa que são os que fazem essa barbarie, não importa de onde são eles. Somos, como pude perceber, uma “população” que não podemos mais admitir atos arbritários como esse e, assim, devemos protestar e exigir a imediata paralização destas “obras” até que sejamos ouvidos. Devemos nos mobilizar para evitar que “cimentem” uma grande parte do parque para atender a interesses comerciais.

  45. Isso é a coisa mais absurda que já ouvi nos ultimos tempos um parque tão lindo aonde levei meus filhos bricarem quando pequenos aonde o ar é puro e as crianças conseguem brincar diante de tantos concretos que existem aos redores do parque, ainda me vem uma administração destas fazer estes tipos de coisas, já existem muitos lugares para shows, mas existem pouquissimos lugares para nossas crianças e estão pretendendo tirar até isso delas. Como poderemos ensinar a elas sobre perservação se existem este tipo de administradores. E os coitadinhos dos animais que perdem cada vez mais o espaço para os homens. Acho que estas pessoas só conseguem ver nas suas vidas o capitalismo.

  46. Estamos juntas nessa Malu, porque não acredito que deram um fim nos pavões, eles são as minhas paixões, quando já é tarde dentro do parque e eles sobem nas arvorés com seu grito, já alertando a hora de irmos embora, precisamos mudar essa historia de destruição, São Paulo já tem espaço demais para eventos de musicas ao ceú aberto, não precisa ser ai no nosso Parque.
    Vou denunciar também.

    Um Abraço.

  47. Dona Malu, e caro Kotscho, eu tenho um colega aí em São Paulo( Toninho – motorista de táxi), que, assim como haja vista aos seus maravilhosos olhos – já me convidou a conhecer essa obra de arte aí da natureza da natureza.

    Infelizmente, pelo que eu vejo, quando eu chegar aí – não vou encontrar mais nada!

    Minto: -eu tenho um DVD – “Caminho das águas” a mim cedido pela Fundação Roberto Marinho (Rede Globo) que, além de cursos e treinamentos que fiz lembro ter visto o Parque da Água Branca…

    Inclusive, fiz várias palestras para mais de três mil e quinhentos alunos no ano passado( aqui na grande região do Vale Aço-mg) á pedido da Secretaria da Educação de minha cidade.

    Lembro ter mostrado lindos vídeos num Projeto que fiz sobre a presevação da água doce e do aquecimento global do Planeta, e inclusive, mostrei o que está acontecendo em outras regiões fora do Brasil.

    Mostramos também os problemas ambientais , suas origens, além de apresentar as soluções para os mesmos.

    A conclusão foi a seguinte: só mesmo através da Reeducação e conscientização pessoal, comutária e social que já faz as principais cidades do mundo.

    Através de Projetos nas escolas sendo fiscalizados e monitorados diariamente através de uma comissão eleita pela comunidade( isso já é prática aí em SP), podemos ter resultados duradouros.

    Vou mais além: qualquer processo de educação num país que 15% é educada e 85% é Sem Educação é “água mole em pedra dura tanto bate até que fura”…

    A Senhora deveria dar um telefonema ao Datena, – que tenho a certeza ele irá se interessar – apelando e mostrando esse quadro de destruição com o seu helicóptero – a todo canto do Brasil.

  48. É lamentável se deparar com a falsidade de nossos governantes quando usam os meios de comunicação para defender medidas de controle do meio ambiente. Por que na verdade não estão fazendo o mínimo que poderia ser feito, ou seja punir severamente aqueles que além de não colaborarem, ainda acabam com o pouco que temos.
    Moro no interior paulista, e o que vejo com as queimadas de Cana de açucar é a mesma coisa que se vê com as queimadas da amazônia. Áreas verdes destruídas, pois o fogo não respeita limites. Animais silvestres encontrados mortos a beira de rodovias. Animais que a tempos atrás eram ariscos com o homem, hoje vem procurar alimento, na porta de nossas casas, pois na zona rural já não encontram mais o que comer. Sem falar na sujeira (cinzas) que invade nossas casas, todo santo dia, provocando excesso de consumo de agua, problemas respiratórios etc..
    As atitudes que esses governantes dizem estar tomando agora, deveriam ter sido tomadas a 30 anos atrás. Agora é tarde.

  49. DEMASIADAMENTE HUMANO – caro amigo.
    Esta mulher nascida em São Joaquim – Santa Catarina – cidade das neves – se faz MENINA OUTRA VEZ – para te mandar através do vento e das estrelas – uma braço carinhoso!
    Que você e sua família – junto com o GORDO que era humano também – como meu gato que chora quando não estou perto – POSSA ESTAR FELIZ – CADA SEGUNDO – NA SUA DOCE – FORTE E QUERIDA COMPANHIA!
    Que luxo ter um Ricado na vida.
    Eu também tenho o meu.
    Marido!

  50. \O// “””URGENTE””” \O//
    “S.O.S. PARQUE DA AGUA BRANCA”
    Espero que todos aqueles que gostam de respirar e contemplar o que Deus deixou para nós, sem cobrar um miserável centavo, oferecendo a maravilha da natureza para tantas gerações, “ESTE” e tantos outros parques espalhados em nossa Selva de Pedra, mobilizem-se(EU TAMBÉM) para acabar com essa destruição.
    VAMOS RECUPERAR, REFORMAR E PRESERVAR NOSSOS PARQUES, …..JUNTOS!!!

  51. Meu preclaro Kotscho, como paulistano usuário desta bendita cidade de São Paulo, além de atentar sobre esse descaso na preservação do bem público, considero também um bem público, como de fato o é, as ruas e avenidas desta capital que estão em estado lastimável no que diz respeito ao piso asfáltico e semáforos.
    Nas vias de grande movimento, até que o asfaldo é renovado com uma certa constância porém, com material de baixa qualidade. Em se saindo das vias principais, se faz mais presente o desleixo. Os razgos feitos por Sabesp, Eletropaulo e outros, acabam invariavelmente virando ou valetas ou lombadas. Nós paulistanos temos que dispender de muito dinheiro para reparos nos veículos por causa dessas irregularidades. No bairro que moro (Mooca), a condição das vias é vexatória. Parece até que as empresas vencedoras das licitações colocam material de baixa qualidade para que o reasfaltamento de faça necessário com mais constância.
    Indo para o assunto “semáforos”, concordo que todos devem ser substituídos por “Semáforos inteligentes”, porém, enquanto não os temos, por que não tentar apenas sincronizar os já existentes, já que todos eles trabalham com um temporizador? É irritante ver como todos são (creio que propositalmente) perfeitamente desincronizados.
    O Kassab havia contratado o “careca” para, segundo ele, resolver os problemas de trânsito, vias e sinalização de São Paulo. O cara dizia que dormia somente 4 horas por noite, porém enquanto estava acordado nada fez para reverter o que aí está.
    Parece ser um jogo de interêsses: Com a cidade da forma em que está, consome-se mais combustível, lubrificantes, peças automotivas, gera mais multas e por aí vai.
    Desculpe desabafar neste texto mas creio que as autoridades só se mexem quando a gente grita. Por favor grite por nós.

    1. Caro Sergio Mantovani,
      O seu relato se aplica perfeitamente para a cidade de Osasco, onde moro. Vai ver que é a mesma empresa para realizar os reparos nas ruas e avenidas. O que fazer para valer os ALTISSIMOS impostos que pagamos?

  52. O que, na maioria das vezes, funciona é entrar com uma queixa no Ministério Público Federal junto à Promotoria do meio-ambiente.
    Acho que a Associação (que espero não esteja conivente com essa decisão) é quem deveria entrar com essa queixa.
    A luta para nosso bem estar deve ser diária. A qualquer vacilo o nosso entorno modificou-se para pior e nem fomos chamados a opinar. Isso é o Brasil. Será que podemos ter esperança que essa situação um dia vai mudar?

    1. Concordo,

      Sugiro a MALU, que se reúna com outros frequentadores e, independente de alguma associação façam uma denúncia ao Ministério Público. Afinal não só as reformas da área verde, bem como as dos prédios tombados como patrimônio de SP eplo CONDEPHAT, tem que ter laudo técnico profissional de aprovação e não uma assinatura da primeira-dama (atualmente o governador deu à ela metade da responsabilidade do Parque, agora é metade dela, metade da Adm). CadÊ a transparência no gerenciamento de um órgão público??

    2. Vai mudar sim, Adelia. Porém depende de quem colocamos nos cargos de: vereadores, deputados, senadores, prefeitos, governadores e presidente.
      Até agora estamos perdendo de 10 a zéro. Precisamos NOS UNIR para mudar o jogo ou VIRAR A MESA.

    3. Continuo pasma com a ignorância de quem somente se senta em frente a um computador e resolve revolucionar o mundo!!!!
      Ontem fui a Administração do parque e eles me explicaram todo o processo que foi feito para que a limpeza da “floresta” (que não é floresta de verdade) acontecesse. Os tais laudos teécnicos existem e são assinados por engenheiros do Instituto Florestal e não pela Primeira Dama.
      Não quero aqui fazer uma discussão política sobre qual governo é melhor, mas é fato que os administradores do parque tem todas as devidas autorizações e também acompanhamento de engenheiros competentes.
      Se por ventura ocorresse um estupro naquele local que era de mata fechada muitos de vocês que estão “lutando” contra a limpeza estariam aqui, mas reclamando que o Governo não faz nada para garantir a segurança, deixando espaços perigosos para a população.

      Acho mesmo é que, não todos, mas muitos aqui querem apenas um motivo para reclamar.

      Mais uma vez peço que antes de falarem tanto sobre o assunto procurem mais informações.

  53. Ah, esqueci de agradecer a MALÚ e ao KOTSCHO,
    por me darem esta oportunidade de defender um patrimonio público que fez e faz parte da minha VIDA. com grandes recordações.

  54. Sobre a denúncia referente ao Parque da Água Branca, aproveito para observar o seguinte:
    A administração estadual fez uma reforma nos banheiros (em frente ao edifíciio do Dieese) e instalou vasos sanitários infantis destinados ao uso de adultos. A altura dos vasos é de 25 cm do chão e a abertura, de menos de 30 cm. Tanto é certo que é para adultos que, ao lado, existem unidades de WC destinadas às crianças.

  55. No condomínio em que moro faz 2 anos que tentamos tirar (e repor) árvores que estão prestes à cair em nossas cabeças e a PMSP, não entendemos até agora porque não nos autorizou!!!
    Rodovias, pedágios, empresas, serviços, áreas de lazer, produtos, etc… Pagamos por tudo com nossos impostos e o lucro bom fica com os “amigos”? PERAÍ. Eu não vendí e nem autorizei nada! Até a Prefeitura da Aeronáutica aluga a Base Campo de Marte para loja de carros. Quem fica com esses recursos hein? Quem autoriza? Feudos, feudos e mais feudos. Minha nossa! Chamem o Chapolim Colorado, o CQC ou coisa que o valha. Tá feio hein !?
    Nas eleições dou meu troco.

  56. Cara Malu, me criei no parque, e até fui fundador do Amigos do Parque da Agua Branca, na época o Governador P.Maluf queria construir um estacionamento e para impedir esta loucura foi fundado o AAPAB, que era presidido por ninguém mais que Paulinho Nogueira, freqüentador, e compositor do parque. O atual governador A.Goldmam, fez parte da associação e duvido que ira derrubar áreas verdes, sobre os animais, tartarugas do lago, araras e macacos dos viveiros, isso tudo foi embora por obra do IBAMA, restam agora patos, alguns pavãos e 2 carneirinhos. Salvo engano aquelas palmeiras (Archontophoenix cunninghamii) que estão derrubando são extrangeiras e nascem como mato. Temos centenas de pau-brasil, e plantas nacionais que duvido que alguém tenha coragem de meter a serra.
    Abraços

  57. Acho um abisurdo o que estão fazendo com esse parque, quando era criança meus pais levavam eu e minhas irmâs para passar as tardes de domingos lá era muito gostozo,tive meus filhos e continuiei indo lá fazendo a mesma rotina de meus pais. O que será dessas crianças que estão vindo e das futurasque estão por vir. Vai chegar um dia que essa crianças vão perguntar ” Mamãe o que arvore?” onde encontro issso?”

    1. É Tania,também acho que um dia não vão existir mais árvores.
      E era isso que diferenciava o Parque da Agua Branca do Horto Florestal.Agora os dois estão iguais.

    2. A maior das diferenças entre o Horto Florestal e o Parque da Água Branca foi e sempre vai ser que o Parque NÃO é Mata Atlântica.
      Se procurarem a definição de Mata Atlântica verão que é um floresta original, o que não é o caso do Parque uma vez que todas as árvores de lá foram plantadas.

  58. Lembro que o partideco defendido por alguns é quem comanda o IBAMA, nem a Mariana fundadora aguentou tal irresponsabilidade com o Meio Ambiente, onde já se viu transposição de Rio? PAC? Pacderme e seus micos adestrados venderam nossos animais para o exterior.
    Não se trata de um problema político e sim ideológico, pois os pacdermes acham que os animais devem viver na mata e não na cidade ou em criatorios, o problema é que não restam 5 % de mata atlântica, resultado vamos quebrar o pescoço dos bichos pois como podem voltar para a mata local que não existe a tempos??????

  59. Sabem o nome parque da agua branca vem de um rio que nascia lá acima do lago do parque. Onde foi parar????
    Na epoca da Prefeita Marta faz me rir, que será segundo pesquisa datafolha eleita em primeiro lugar entre os senadores de SP, autorizou a construção de um enorme edificil na frente do parque que atinguiu o lençol freatico e acabou com a agua branca.

    1. O rio que nasce acima do lago ainda está lá, só está cercado para que seja preservado.
      Você pode ter consciência de que é preciso preservar, mas nem todos que frequentam o parque tem esse discernimento.

  60. Li também, que além dos bichos e plantas, eles moveram uma ação de despejo ao DIEESE, que estão no parque a 24 anos de cessão de uso. Isso para dar lugar a uma biblioteca digital…Absurdo total.

  61. Se o dono desse blog fosse mais atento às tramóias dos DEMOS/Tucanos não estaria agora correndo atrás do prejuízo.
    Vê se acorda, Kotscho.

  62. A respeito das palmeiras que estão sendo eliminadas, se forem da espécie Archanto phoenix a decisão está correta pois trata-se de uma espécie invasora (extrangeira), não possui inimigos naturais e leva vantagem sobre as nossas matas. Quem quiser ver o resultado da praga é só ir na Rua do Matão, próx ao instituto de Biociências na USP. Existem áreas que ela dominou completamente.
    Sou Luciano, aluno do 4º ano de Biologia na USP

  63. QUE O PREFEITO E SUA TURMA PAREM E OLHEM AO REDOR , NADA DISSO PERTENCE A ELES. A GANANCIA PELAS COMISSÕES POR OBRAS INUTEIS TEM QUE ACABAR OU O POVO UMA HORA TOMA CONSCIENCIA E TIRA ESSE PESSOAL DO PODER. VEJAM O EXEMPO DE CURITIBA, TEMOS INUMEROS PARQUES E POUCO FOI TIRADO DA NATUREZA EXISTENTE. ABRAÇO COM TODA AS FORÇAS A CAUSA DA MALU E DE TODOS OS PAULISTANOS E TB. DE NOS QUE POR AI VOLTA E MEIA PASSAMOS, DESTRUIR O QUE A NTAUREZA LEVOU ANOS PRA DEIXAR ASSIM BELO É UM CRIME HEDIONDO E QUE MERECE SER SEVERAMENTE PUNIDO, DA OUTRA VEZ QUE VC BERROU COM ESSA INJUSTIÇA JA ME PRONUNCIEI E NAO PODERIA AGORA FICAR CALADO. CHEGA DE DESCALABROS ADMINISTRATIVOS. VÃO USAR A COPA COMO DESCULPA PRA ACABAREM COM O PARQUE??? POIS AGORA SO IMPORTA ESSA PORCARIA DE COPA O RESTO QUE O POVO SE DANE. VAMOS USAR UMA DAS POUCAS ARMAS QUE TEMOS EM MÃOS QUE É O VOTO. E USA-LA BEM EM OUTUBRO. FORA ADMINISTRADORES CORRUPTOS E QUE SO OLHAM PRA SUAS CONTAS BANCARIAS ENGORDADAS COM COMISSÕES POR OBRAS PUBLICAS. VAMOS SALVAR MAIS ESSE PARQUE, VAMOS PRA PASSEATAS, PRA TV, RADIO, JORNAIS E MOSTRAR AO MUNDO ESSE DESCALABRO. ABRAÇOS E CONTEM CONOSCO. VALEU RICARDO POR SABER USAR INTELIGENTEMENTE ESSE ESPAÇO SEU QUE É DEMOCRATICO E NOS DA OPORTUNIDADE DE BERRARMOS CONTRA DESMANDOS DE TODA ORDEM. QUE DEUS NOS AJUDE .

  64. moro a duas quadras do parque o parque e’ um bem publico o governo deve zelar e conservar o parque alias quem paga os impostos somos nos o que eu acho estranho porque cachorro nao entra no parque .Agora e to com a moradora que caminha no parque tirar as arvores e os bichos que tem la e’ brincadeira de mau gosto infelizmente esses politicos so’ pensa em quanto vai ganhar o parque devia ser gerido sem interferencia de qualquer que esteja no governo o aprque pertence ao povo

  65. e isso não é novo. há tempos, li sobre a luta liderada pelo grande violonista paulinho nogueira, já falecido, pela preservação daquela bela área verde nessa cidade tão cinza e feia (sou paulistano, sim) que vinha sofrendo a sanha desses que ‘erguem e destroem coisas belas’ sem se importar com VIDA, seja humana, animal ou vegetal, sempre atrás do vil metal, mais e mais. é escabroso…

  66. Fico muito triste em saber o que estao fazendo com o Parque, e um dos poucos que restam… este parque me faz lembrar minha infancia, pois ha trinta anos atras a criancada nao tinha muita opcao de passeios (gratuitos), entao iamos passear no Pq. da Agua Branca, eu achava o maximo (e era mesmo!), mas hoje a mulecada prefere os shoppings e o consumismo desenfreado (que pena!!). Mas temos mesmo que cobrar as autoridades e entender o que pretendem fazer com essa area de lazer tao importante para uma cidade como Sao Paulo.

  67. Q Absurdo………. Visito este parque desde criança….. como podem fazer uma coisa dessas sem nos comunicar….. nossa necessidade não é de uma praça, mas sim do parque q nos é muito util…… estou revoltada!!!!!!

  68. Acabar com o Pq da Água Branca é mais um presente da dupla Serra + Kassab à cidade de São Paulo. Por este e por muitos outros motivos voto Dilma!
    Ainda verei a tal dupla banida da política brasileira.

  69. Meu caro Ricardo Kotscho

    Quero aproveitar a colocação dessa senhora e aproveitar o seu espaço,
    aberto democraticamente as opiniões e aos ideais para colocar
    uma idéia para melhorar o ar que respiramos.

    Eu sofro de uma alergia respiratória, acordava toda manhã espirando.
    Um dia tive uma idéia.
    Peguei um ventilador de gabinete, dobrei uma toalha e coloquei atrás do ventilador,
    de modo que o ar fosse filtrado ao passar pela toalha. Coloquei-o no meu quarto de dormir.

    Acordo melhor e espirro bem menos.
    Depois de 15 dias resolvi lavar a toalha.
    Fiquei assustado com a cor da agua que saiu da toalha.
    Uma agua encardida, suja, imunda.
    Esse é o ar que respiramos.

    De posse dessa experiência cheguei a uma conclusão
    que se todo veiculo automotor tivesse um segundo filtro,
    ele tem um para filtrar o ar que o motor aspira,
    para captar o ar da atmosfera e retirar as partículas sólidas,
    em suspensão, e devolve-lo, limpo de partículas sólidas, a atmosfera.
    Na atmosfera existem milhares de toneladas de partículas sólidas em suspensão
    a maioria dela, colocadas ali pelos os automóveis.
    São fuligens, poeiras, resíduos de borracha provenientes do atrito dos pneus.
    Tudo isso nos respiramos, sem contar nuvens de poeiras que circulam o planeta.
    Esse pequeno aparelho, um motor elétrico e um filtro de papel, não iria acrescentar maior custo ao automóvel.
    Criaria uma nova industria, uma nova fonte de renda e material para pesquisas de meio ambiente.
    Cada automóvel, seria uma formiguinha fazendo a sua parte.
    Como milhões de automóveis circulando, nessa cidade, certamente iríamos respirar um ar bem melhor.
    Se voce gostou dessa ideia, empunhe essa bandeira, faça-a chegar a quem tem o poder de implanta-la.
    Os nossos pulmões agradecem.

    1. Sr: Targinosilva a anos atrás já existia um filtro perfeito para o caso que cita em seu comentario, era o filtro de ar do fusca 1200, banhado a óleo retia todo material em suspensão do ar aspirado pelo motor, é facil as montadoras adequa-los nos novos veiculos, é só a imprensa levantar a bola e pressionar os engenheiros.

  70. Olha já fui algumas vezes até esse parque,pois moro bem perto dele,acho que seria legal tbém…fazer uma reforma e deixa-lo mais agradavel,pois a diretoria do parque..na minha opnião não cuida bem do lago onde ficam os peixes,dos banheiros,em fim de tudo que se refere a este parque se houvesse uma reforma, desde a pintura até a limpeza de tudo…bom ficaria mais agradavel de passear…tenho uma filha pequena e gostaria de poder levar ela mais vezes,mas o parque está horrivel e mal cuidado…

  71. CHAMEM A REPORTAGEM. DENUNCIE ESSES CALHORDAS. ELES TEEM NO CORACAO APENAS CONCREETO E DINHEIRO, NADA MAIS. ESSES IMBECIS!
    EU AMO O PARQUE DA AGUA BRANCA. Desculpe gritar, mas e a vontade que tenho de gritar nos ouvidos daquelas mulas!
    Ps : Perdoe-me as mulas, acabei ofendendo elas na comparacao com eles!

  72. Absurdo isso q esta acontecendo com o parq senhores administradores vcs tem q cumunicar a sociedade do q pretender fazer e calcular o inpacto ambiental ver se e viavel e solicitar uma aprovaçào da sociedades abraçosss

  73. FIQUEI MUITO TRISTE DE SABER QUE AOS POUCOS QUEREM
    DESTRUIR O PAQUE D AGUA BRANCA,PARQUE ESTE DE LEMBRANÇA BONITA DE QUANDO ERA CRIANÇA,E MEUS FILHOS QUANDO LEVAVA QUASE TODOS OS FINAIS DE SEMANA,PARA BRINCAREM LÁ.POR FAVOR NÃO DEIXEM ISSO ACONTECER,ESTOU LONGE DE SP MAIS ESTOU LIGADA NESTE ASSUNTO IMPORTANTE LUTEM,POR MIM TAMBEM NÃO DEIXEM MATAR ESTE PARQUE DE GRANDE LEMBRANÇAS DE NÓS PAULISTANOS.BEIJO MALÚ.FATIMA-INDAIATUBA-SP

  74. Cada dia da menos vontade de viver, uma vez que a vida nao e respeitada.
    Em SP construcoes e mais construcoes, uma selva de pedras sem lugar para a vida.
    E nosso governo? Seja Federal, Estadual ou Municipal, se preocupam em acoes para ganhar votos, sem educar e conscientizara populacao. Sem cuidar da natureza cada vez mais teremos perdas de qualidade de vida.

  75. Já que é para comentar sobre o parque, “todos”deveriam comentar sobre ele e não sobre o seu própio interesse….
    Depois de muitos anos sem ir ao parque da Água Branca, voltei lá o ano passado. Fiquei pasma com o abandono e descaso que vi por lá. Onde havia pássaros, só tem viveiros vazios. Vi animais tão magros, que dava para contar as costelas. E muita sugeira.Com o relato da Malu, a situação tornou-se emergencial.
    Sinceramente, acho que deveria ser feito um movivmento para uma reforma completa, começando pelos seus admnistradores.Um abaixo assinado, uma reunião no próprio parque, para montar estratégias. Convocar o pessoal pela internet e pelo “boca a boca” que funciona melhor que tudo.
    Malu , pode agilizar e contar comigo que estarei lá.O sr. Ricardo Kostcho , poderia ficar encarregado dessa convocação ,via seu “Balaio”.

    abçs

  76. Tenho 63 anos de idade. Passei minha infancia dentro do
    Parque. Criei minhas filhas (3) dentro do Parque. E ainda
    hoje usufruo da beleza do Parque Minha esposa participa
    dos programas da 3ª Idade. Vamos a todos os eventos.
    Ali ainda se respira. ar puro. Vamos fazer uma corrente
    para acabar de vez com essa história

  77. Caro Ricardo, me perdoe estar utilizando este espaço para um assunto diferente do tema do blog, mas acho interessante e que merece atenção outro assunto que se refere ao lixo.
    Está para ser sancionada uma nova lei de resíduos sólidos que apresenta um perigo demagogo terrível que a primeira vista parece inocente:

    XIV – integração dos catadores de materiais recicláveis nas ações que envolvam o fluxo de
    resíduos sólidos.

    O inciso acima guarda no interior de uma boa intenção uma realidade nefasta que muitos companheiros abraçam por pura demagogia.

    Quando deveríamos combater de toda a forma a insalubridade de uma forma de vida que impõe a substituição de animais de tração por seres humanos de tração, agimos pela permanência disso criando lei que estimula tal subsistência. É um absurdo.

    Na Revolução Industrial já eram animais que puxavam as carroças e agora querem estimular mais ainda os humanos a fazerem isso quando não mais aceitamos que os animais sofram isso, achamos que homens devam fazê-lo.

    Tratar o lixo é algo que merece emprego e salários dignos, as pessoas devem trabalhar de luvas e demais EPI’s (equipamentos de proteção individual), receber treinamento e transformarem-se em trabalhadores dignos. O lixo dispõe de dinheiro de sobra pra isso, posso afirmar.

    A figura do catador deve necessariamente ser extinta pela técnica do trato com o lixo, o que vai impedir, por exemplo, carroceiros que recolhem lixo e entulho de alguns e os jogam em qualquer lugar, a exploração a que são submetidos por ferros velhos, as doenças que pegam e atolam os pronto-socorros, etc.

    Quando não contávamos com nenhuma visão do governo para com os esfomeados, nem com a esperança de ajuda, isso funcionava como medida de desespero frente à fome, mas agora o caso é outro, as doenças e perigos além dos danos ambientais que causam e a indignidade degradante dessa vida deve ser combatida e não estimulada.
    Você que tem influência ajude esses companheiros a abrirem seus olhos e a terem vergonha de fazer demagogia sobre os necessitados.
    Desculpe mais uma vez a emoção e apropriação do espaço, é o preço que você paga pela confiança e admiração que temos por você.
    Abraço

  78. só falta culpar o LULA, é culpa da administração de são paulo.e não do lula tá voçes reclama mais na hora de votar vota nos mesmos,KASSAB,SERRA,ALCKIMIM,GOLDMANN,
    ETC…… dia 03 outubro pense no parque agua branca para a coisa não ficar preta.

  79. Amigos, eu enviei o LINK desta matéria ao pessoal do CQC, é só entrar no site da BAND e procurar por CQC e lá tem um ícone que diz PROTESTO, se todos nós que lermos esta matéria, inclusive quem a escreveu enviar ao CQC relatos de manifesto contra essa atitude de acabar com o Parque, conseguiremos forças para reaver bichos e plantas e quem sabe tirar o parque desse abandono total.

  80. Caro Kotscho, é muito triste saber que estão destruindo o pouco de verde que ainda resta na cidade de São Paulo. Já fui morador desta cidade onde o cinza impera e um dos poucos lugares onde eu e minha esposa podíamos levar nossos filhos para brincar e conviver com a natureza, era o belíssimo parque da Água Branca. Hoje moramos no Tocantins, mas apesar da distância este parque também nos pertence, ele está bem vivo na memória de todos nós.

  81. De fato, o parque está sendo destruído. Faço meu o depoimento da Malu. Os animais estão sumindo e grande parte do verde se foi. Ouvi uma senhora questionando para um homem que fazia a poda dos arbustos e palmeiras o porquê de tudo aquilo e ele disse que ali era um parque e não uma floresta. Que pena. Uma maneira negativa da primeira dama Deuzeni Goldman deixar a “marca dela” no governo de seu marido, já que ela é a responsável por essa “revitalização” do parque.

  82. Cidade de Cimento! Governo insensível! Fauna? Flora? Votos! Vazamento de petróleo…Lembrem-se disso…Outubro de 2010 e 2012 daremos
    resposta a tantos crimes contra a humanidade..senão a natureza se encarregará de fazê-lo…

  83. Essa proposta é absurda, o parque perderá as características e os usuários do parque perdem um espaço tranquilo para lazer.
    Conheço o parque, pois já o visitei diversas vezes e tenho certeza que os frequentadores e moradores da região ficaram indignados com tal proposta.
    Sinceramente, espero que isso não seja verdade.

  84. Olha é uma pena, raras as pessoas que estão voltada ao redor, não ao redor do umbigo. Mas cá entre nós nasci e fui criado na roça, onde todos cumprimenta até os estranhos, aqui vc sai do elevador as pessoas olha para o painel de controle mas não olha para sua “Cara”, quiça vão olhar para arvores!!! Olha lá no sitio estamos impossibilitado de tirar um palmito em fase da fiscalização, cortam os pés de laranja, mixirica com o pretesto de doenças citricas, então que limpe as praças também, assim o dia que os pais desses garotos mostrar para eles uma lembre essas crianças vão falar que é um gato orelhudo, e que pavão é um frangão metido de peito estufado.

  85. O que se esperar de um ex secretário do Pita e extemporâneo do Serra?
    A impressão que eu tenho é que São Paulo é administrado por marqueteiros do “dem”, pois o programa ou projeto sabe lá o que, chamado de cidade limpa, não é verdadeiro, basta você passar por um viaduto ou estação de metrô da periferia prá ver a tamanha sujeira . É como que cidade,fosse só onde mora rico.

  86. Há mais de 25 anos levava minha filha para passear no Parque pois ela, com 4 anos, adorava os bichos e uma arara em especial que ao comer pipoca dada pelas crianças gritava TA GOSTOSO… Todos sorriam e ela faturava mais pipocas… Pois bem, naquela época, pegaram metade das araras e levaram para um parque no interior e lá foi a nossa considerada tão especial….

    Frequento o Pq atualmente, gosto de ler os jornais e já participei de festa de aniversário na casa do caboclo. Momentos maravilhosos que não podem ser perdidos

    Contem comigo para ações mais diretas

  87. Boa noite Ricardo!
    Boa noite amigos balaieiros!

    Isso é terrível. Sempre acabam encontrando desculpas esfarrapadas para modificar o ecossistema.
    São Paulo já tão carente de espaços verdes, ainda encontra políticos voltados apenas para interesses próprios.
    Tive que mudar o local de minha empresa há um ano atrás, pelo fato da area se tornar uma APP (area de preservação permanente). Nunca danifiquei o espaço, e respeitei até os pequenos arbústos procurando me adaptar o melhor que pude. E apesar de fabricar um produto ecológico, não teve conversa.
    Como essa senhora disse. “se fosse um espaço particular, isso iría render multas altíssimas”…
    Mas até onde eu saiba, espaços públicos devem ser administrados com “consultas” a população. Não podem ir assim sem mais nem menos modificando tudo.
    Acho que essa senhora devería consultar o IBAMA, a SETESB…sei ´lá.
    Protocolar uma carta ao departamento de parques e jardins da prefeitura, e exigir junto à outras pessoas, que nada seja modificado. Um abaixo assinado quem sabe?
    O problema é o tempo.
    Nesse caso, infelizmente tería que ser algo mais drástico, como o impedimento físico dos operários.
    Isso chamaría a atenção da imprensa, e logo teríam que justificar os motívos mais decentemente.
    Agora então com a aprovação da “brilhante” proposta do Rebello, vamos mandando um pouco mais nossas areas verdes para o espaço.
    Tudo sempre respaldado em justificatívas nobres, e argumentos técnicos perfeitos……………até que comecemos á usufruír dos “efeitos devastadores” que não necessariamente estão presos à esses mesmos argumentos, e parecêres técnicos.
    O tempo irá dizer isso da forma mais “eloquente”, e “substancial” da qual não iremos poder ignorar…

    …de pensar que nosso país tem o nome de uma árvore que já nem se encontra mais…

    Robson de Oliveira nosbornar@ig.com.br

    http://ecoblog-blogeco.blogspot.com/ (meu bloguinho)

    Em tempo: Postei algo nele sobre essa questão ecológica ontem.

  88. Ano de Copa do Mundo, eleição e quem está preocupado com os bichos e as árvores? Nós pobres mortais…
    E ainda aparece nas mídias que temos que cuidar do NOSSO PLANETA, os mesmos que estão acabando com ele por dinheiro.
    Que eu saiba dinheiro não compra saúde… só posterga o sofrimento do doente.

  89. Há qutro meses atrás eu tambpem comentei que o plano do Kassab e fazer uma espécia de CESSÃO EM COMODATO, nos mesmo moldes daquele terreno na marginal junto da Rede Globo que foi apara a cobstrução de uma “escola técnica.”.
    Retiram os bichos, podam e arrancam árvores, criam praça de alimentação, mini-shppings, etc. E terminan cedendo em comodato para o bem do povo de Perdizes e adjacências…
    Escrevam o que estou dizendo

  90. Boa noite Cdadão K, vou comentar assunto velho, pois cheguei tarde. Segunda feira é dia complicado.
    Vamos por partes, como diria Jack, o Estripador.
    Primeiro, de nada serve toda legislação de proteção a natureza e as árvores em particular face aos interesses financeiros do homem. Se necessitam colocar uma lanchonete, dane-se a natureza. Pelo mesmo raciocinio se justifica o desmatamento da amazonia – em grau maior. Enfim, vamos transformar este planeta num grande shoping center, de preferencia vamos calçar todo planeta com granito lapidado, fica mais bonito e mais limpo. Árvores produzem muita sujeira, porque há quem diga que folhas secas é sujeira. E sujeira exige um varredor, um lixeiro, um caminhão pra levar pra longe, dá um trabalho danado; já uma lanchonete basta um saco plastico numa caixa de “obrigado”.
    Segundo, hoje é dia dos avós, matéria que li com mais interesse. vou ser avô no final de agosto e tá a maior movimentação da mulherada aqui de casa. Ficam todos apertando a barriga da minha filha e não se cansam de vê-la movimentar-se pela Izabela (isso, nem Laura, nem Maria, já tão chamando a tadinha de Bela). Eu fico na minha, causa-me um pouco de estranheza essas coisas, lembro ainda quando minha filha nasceu e custa-me vê-la ser mãe. Vida que segue.
    No mais céu azul, com algumas tentativas de trovoadas pela dança da chuva do Indio que o Morrinho arrumou de vice.
    Mas céu azul, graças a Deus.
    Um abraço em vc e todos balaeiros…

  91. Lamentável esta notícia. Quando eu era criança meu pai me levava nesse Parque pra brincar e ver os animais. Agora, meu filho de dezessete anos vai lá namorar. Estou indignada!!!

  92. O povo realmente é um bando de Maria Vai com as outras, ou pior, um bando de aloprado que se engravida pelos ouvidos. Sou frequentador do Parque ha mais de 20 anos o que estão fazendo lá é apenas uma limpeza de um espaço perdido. As plantas que estão saindo de lá não passam de mato. O povo fica aqui escrevendo um monte de bobagens sem ao mesno ter o minimo de conhecimento técnico. O Parque sera aberto a partir de setembro ate as 22 horas, o que nos remete ao problema da segurança, portanto esta mais do que justificada a necessidade de limpar essa área. Nunca em minhas caminhadas eu vi esse pessoal que aqui screve pedindo uma enxada para ajudar, mas na hora de atacar são os primeiros……ASSIM NÃO DÁ

    1. Cadê os bichos que tinha lá antigamente? Eu quando criança ia sempre e os via, já nos dias de hoje, nem 1/3 do que se tinha está por lá. Já que vive por lá, aonde foram parar os bichos? Deve saber, já que sabe tanto do que fala.

  93. Ao Pauloso.
    Você só conhece até onde teu carro vai, e quando corre olha pros pés pra ver se precisa comprar tênis novo. E qual o conhecimento técnico que você tem? É essa explicação simplista? ASSIM NÃO DÁ!!!!!!!

  94. Boa tarde!

    Acredito que as pessoas devam estar um pouco equivocadas quanto as informações que estão sendo transmitidas através deste blog. Naquele local será criada uma trilha de caminhada para os frequantadores do parque utilizarem. Eu li sobre isso no jornal que está colado no parque, lá diz que as arvores que estao sendo cortadas tem autorização dos órgãos responsáveis além de já terem cumprido o ciclo de vida delas. Então, antes de sair criticando as iniciativas e levando isso para o lado político, atentem-se ao que REALMENTE esta acontecendo e vejam que as coisas não são bem assim como todos estão pensando.

    Amelia.

    1. Ué, a única justificativa de se cortar uma árvore é a mesa estar ameaçando a segurança, risco de queda ou coisa semelhante, não há justificativa para derrubada de uma árvore saudável, aliás a nossa cidade está repleta de árvore, tem mais árvore do que gente……. Quando será que vão encurtar o ciclo de vida dos homens gananciosos q?

  95. Eu sou moradora do bairro e ando por lá todos os dias, achei lindo a limpeza feita. Aquilo era um mato sem tamanho ganhamos eu e minhas filhas um lindo lugar para chegarmos mais proximas das arvores. Eu acredito que muitas pessoas não tem nada melhor para fazer e por isso ficam abraçando causas sem nenhum tipo de informação. Essas pessoas deveriam procurar a administração e se interar do processo, mas ao inves disso centram foco em suas convicções e vão despejando veneno ao vento.

  96. As motosSerras estão ligadas no Parque da Água Branca

    Animais, plantas nativas, pequenas espécies, árvores, arbustos de todos os tipos que sempre estiveram presentes no Parque da Água Branca estão sendo continuamente devastados. É a ação da atual primeira dama do Estado de São Paulo, em função das campanhas eleitoreiras deste ano. Inaugurações festivas de vários ‘espaços sociais e culturais’ com a presença dela e do Governador acontecem em meio a paisagem cada vez mais destruída do Parque. Um projeto paisagístico, digno de um jardim de madame, toma violentamente aquele espaço, sem o mínimo cuidado com o equilíbrio do ecossistema e da biodiversidade que ali existem há décadas.

    Leia as matérias abaixo, e, por favor, com toda urgência, faça o que for necessário para impedir que o que resta do Parque seja destruído a custo do pão e circo destes politiqueiros.

    Sugestões: fiscalização diária voluntária por parte da comunidade, vizinhos, estudantes das áreas biológicas, membros de ongs de proteção de animais e do meio-ambiente.

    Manifestações durante as inaugurações dos pseudo-projetos que pretendem implantar no Parque para abandonar após as próximas eleições.

    Manifestações artísticas espontâneas, já que se trata de um espaço público, que retratem a destruição e a jardinagem que vem ocorrendo dia após dia.

  97. É UMA PENA VER UM PARQUE QUE FOI CENÁRIO DE TANTOS MOMENTOS BONS DA MINHA INFÂNCIA SE TRANSFORMAR ASSIM. TENHO FOTO DO MEU FILHO COM 2 ANOS EM FRENTE AQUELE LAGO QUE TINHA TANTO CISNE ( HOJE ELE TEM 27). SEMPRE LEVAMOS MINHA NETA LÁ PRINCIPALMENTE NO DIA DAS CRIANÇAS. DESEJO ARDENTEMENTE QUE O PARQUE NÃO SEJA MAIS UM ESPAÇO ENGOLIDO PELO PROGRESSO. NÃO QUE EU SEJA CONTRA O PROGRESSO, MAS ACHO QUE EXISTEM COISAS E LUGARES QUE DEVEM MORAR EM NOSSAS LEMBRANÇAS E EM NOSSOS CORAÇÕES EXATAMENTE COMO SEMPRE FORAM. VOU TORCER PARA QUE ESSE ESPAÇO SEJA CONSERVADO PARA CONTINUAR A ALEGRAR OUTRAS GERAÇÕES.

  98. Olá,

    Sou Fabiana Farias e também uma frequentadora do parque há trinta anos. Essa situação é realmente uma vergonha. Já liguei no parque para saber o q se passa e o q exatamente irão fazer, e como com sua amiga, nada me foi respondido. A minha preocupação inicial foram os bichos do parque, q são uma grande parte de todo esse encanto com ar de fazenda. E ninguém sabe dizer o que será feito com eles, onde serão colocados…liguei em ongs, me informei com advogados e infelizmente a única solução que nos cabe é uma manifestação popular, como um abaixo assinado…fazer barulho contra essa primeira dama botocada vazia e sem noção do que é patrimonio de todos.
    O que nos resta é tentar reunir o áior número possível de moradores e simpatizantes do paruqe e fazer barulho. Qto aos bichinhos eu já fiz uma denúncia p/ a secretária do meio ambiente, q claro, n resultou em nada.
    Temos que nos juntar e tentar parar essa maluca! Eu e mais um monte pessoas do meu convívio já estamos de cabelo em pé por n saber por onde começar…mas cada um com seus contatos e histórias podemos fazer algo!
    obrigada

  99. Ricardinho,

    Fui com a minha filha Mariana ao Parque da Água Branca na terça-feira, pois ela ficou angustiada ao ler o que querem e/ou estão fazendo com o Parque. Claro que todos nós também. Não demoramos muito por lá. O suficiente para conversar um pouco com uma pessoa que se identificou como Palmieri, Diretor Técnico do Parque. Como usuária, perguntei sobre o que havia lido na sua coluna. Ele me disse que estavam falando coisas que não eram verdade. Aí eu disse que não li nada sobre o que eles estão fazendo e que estaria correto para nós e a natureza. Ele acrescentou que isso foi unilateral. Continuei e ressaltei que a imprensa tem a obrigação de dar os dois lados, mas desde que o outro lado se manifeste. Ele disse que se reuniriam no dia seguinte com a primeira dama para formalizar um documento explicando o que estão fazendo, que jamais fariam algo para prejudicar o parque e os usuários. Acrescentei que só dá pra saber se está correto mesmo quando for aberta a questão de forma transparente. Aí, dá pra cada um ficar contra ou a favor. Mas, por enquanto, pelo que tomei conhecimento, não dá pra ficar a favor de jeito algum. Aliás, quando estava no Shopping News, na época do saudoso Aloysio Biondi, há muitos anos, fiz uma série de reportagens que culminaram na lei que disciplina a poda e corte de árvores na cidade. Em casos muito específicos, a prefeitura atua, jamais o cidadão comum pode fazer um corte ou poda, ainda que seja necessário, sob pena de multas etc etc. Mas e dentro do Parque da Água Branca, certamente o Instituto Florestal está acompanhando todo processo, ou não? Bom, mas como hoje é sexta-feira e, estive lá na terça, já deu tempo da diretoria do Parque se manifestar. O Balaio do Kotscho recebeu alguma coisa?

  100. Agredecemos a resposta atenciosa desta ouvidoria.
    O e-mail foi encaminhado para as ongs e para avaliação de dois biólogos ambientalistas, vizinhos e amigos do parque, que estarão nas próximas semanas contrastando o relatório com as mudanças físicas e observando as próximas mudanças.
    Estamos certos de que o ritmo acelerado das modificações que tem acontecido, estão ligadas ao ano eleitoral e aos eventos de inauguração que acontecem ultimamente no parque. É fato que D. Deusiane, seu marido e seu partido não estarão mais no governo a partir de dezembro deste ano. A natureza do parque não pode pagar por isso.
    Árvores que já tiveram seu ciclo de vida terminado podem hospedar ninhos e abrigar pequenas espécies que servem de alimento para outros animais que habitam o parque, portanto, uma minuciosa pesquisa deve ser feita antes de podá-las ou retirá-las do local. Qualquer ambientalista reconhece isso. Agrônomos sem especialização em meio-ambiente podem ter outra visão.
    As propostas de fazer no parque uma praça de alimentação e de confinar os animais são ABSOLUTAMENTE desprezíveis.

    Continuaremos de olho e empregaremos o esforço necessário para mobilizar a comunidade caso seja necessário.

  101. Olá. Com base nas informações repassadas pela diretoria do Parque da Água Branca, informamos que os trabalhos de supressão e podas em árvores efetuados recentemente foram tecnicamente necessários e as intervenções têm sido executadas sob supervisão de um engenheiro do Instituto Florestal. Condephaat (Conselho do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) e Depave (Departamento de Parques e Áreas Verdes) estão sendo devidamente comunicados.

    Trata-se de árvores que chegaram ao fim do seus ciclos de vida e ou que requerem podas, daí a necessidade de limpeza da área. A ação compreende:

    remoção de exemplares da palmeira seafortia, espécie exótica considerada invasora;

    remoção de espécies arbustivas (dracena e hibisco);

    poda dos primeiros ramos da palmeira-leque, de forma a conduzir seu crescimento em altura;

    retirada de quantidade significativa de galhos secos, que impediam a circulação de pessoas entre as árvores;

    remoção de entulho e materiais diversos.

    A partir da limpeza da área foi possível identificar que há diversas espécies arbóreas de grande porte em estágio avançado de deterioração e senescência (idade avançada), que apresentam risco iminente de queda. “São cerca de 30 árvores de espécies pioneiras que já cumpriram sua função ambiental”, afirma o engenheiro responsável.

    A proposta é compensar a retirada e enriquecer o arboreto com as seguintes espécies nativas nobres (madeira-de-lei): carvalho nacional, canela-preta, óleo de capaíba, canela-amarela, louro-pardo, jatobá, pau-brasil, jequitibá, cabreúva, guatambu, ipê roxo e peroba-rosa.

    As espécies escolhidas para o plantio compensatório são espécies “clímax” que precisam de sombreamento no primeiro estágio de vida (10 anos), apresentam crescimento lento e grande longevidade. Nos primeiros 15 anos atingem a altura média de 5 a 6 metros ,e após 30 anos, 25 metros de altura. O objetivo é que os exemplares a serem plantados passem a ser os dominantes no futuro, fortalecendo junto ao usuário do Parque o conceito de árvores de longa vida.

    Essas ações vão originar um espaço chamado de “Trilha do Pau-Brasil, localizada na parte superior do Parque, na área compreendida entre o edifício-sede do Fundo de Solidariedade , o Espaço Leitura, o Pergolado e a rua Ministro de Godoy. Trata-se de um arboreto implantado: uma coleção de espécies nativas e exóticas para fins educativos (educação ambiental), de interpretação e de contemplação. A trilha será confeccionada com varas paralelas de eucalipto roliço tratado em autoclave delimitando o caminho, que vai ser preenchido com pedriscos.

    A área conhecida como Bosque das Palmeiras está sendo preservada e introduzida vegetação que atrai mais pássaros, preservando as nascentes. Também serão implantadas trilhas para se evitar o pisoteamento da área.

    Cabe ainda afirmar que, há alguns dias, por meio de jornal mural local, o Parque tem comunicado os frequentadores quanto à revitalização do Parque.

    Portanto, todas as ações realizadas no Parque da Água Branca têm como objetivos dar mais segurança aos frequentadores e permitir que o local seja cada vez mais uma referência em termos de lazer e bem-estar para a população, preservando as raízes rurais que o originaram.

    Tanto a equipe do Parque quanto da própria Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, à qual ele pertence, permanecem à disposição para eventuais contatos. No Parque, 11 3865-4130/31. Na Secretaria, 11 5067-0069/saacomunica@sp.gov.br (atendimento à imprensa e “Fale Conosco” – comentários e sugestões); 11 5067-0060/ouvidoria@agricultura.sp.gov.br (Ouvidoria, para reclamações). Obrigada.

  102. Quero dênunciar um pé de abacate que existe na rua turiassu nº690.Todo ano quando esse pé de abacate da frutos causa muitos transtorno as pessoas que passam pela calçada da rua turiassu nº690 do parque agua branca barra funda.
    É um absurdo inadimissivél manter um pé de abacate proximo a via publica onde passam pessoas o tempo todo é vergohoso o descaso da administração do parque que não toma providência.Só quando matar uma pessoa é que vão fazer alguma coisa que absurdo mais nojento o desrrespeito com povo que passa pela calçada da rua turiassu nº 690 sem contar que ja amassou muitos carros estacionado em frente ao pé de abacate.
    Só tomaram providência quando cair um abacate na cabeça do Diretor Atônio teixeira o responsavél pelo parque porque ele passa todos os dias pela calçada da rua turiassu nº690 quando cair um abacate na cabeça dele ai vai se fazer alguma coisa é lamentavél o descaso.
    Imagine cair um abacate verde que pesa quase um quilo na cabeça de um bebê que está passando na calçada da rua turiassu nº690 pode ser fatal. Inclusive o Diretor Antônio teixeira sempre passa com seu bebe de colo pela calçada turiassu nº690 onde está o pé de abacate que ja machucou muitas pessoas.
    ´Já teve várias solicitações e dênuncia e pedidos para cortar o pé só quando houver vítima fatal toram providência porque uma vida não tem preço. Eu adoro abacate mas, não em uma via pública onde passa pessoas á todo momento
    Tem que cortar o pé totalmente e não fazer poda porque se fazer poda o problema vai continuar.
    Tem que plantar uma outra arvore no lugar.
    Acho um absurdoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo.inadimissivélllllllllllllllllllllllllll que vergonha, que derrespeito com o povo que passa pela calçada turiassu nº690 Perdizes barra funda.

  103. Sobre o pé de abacate na rua turiassu nº690 que está causando muitos transtorno e que ja machucou várias pessoas que passam pela calçada da rua turiassu nº690. A primeira Dama do parque agua branca foi informada sobre o problema no dia 12/08/2010 pela própria moradora da casa rua turiassu nº690 onde existe o pé de abacate e que está indiguinada com a situação o descaso porque um pé de abacate via pública é inadimissivél.
    Estamos aguardando uma resposta da primeira Dama do parque agua branca que até agora não se manisfestou e o Diretor Antônio ignora o caso finge não saber que absurdo…
    Esse é nosso brasil as vezes tenho vergonha de ser brasileira quando me deparo com situações como essa…

  104. Olá sou totalmente a favor de sua pagina defender as arvores as aves do parque agua branca mas, tbm as pessoas precisam de segurança.Onde existe um pé de abacate na turiassu nº690 que ja machucou varias pessoas e amassou muitos carros estacionados em frente ao pé de abacate por ex :as pessoas estão passando pela calçada da rua turiassu nº690 casa que pertence ao parque agua branca derrepente toma uma abacatada na cabeça hum deve doer muito e pode ser até fatal.Um abacate verde que cai de um pé de 15 metros de altura faz um estrgo nas pessoas principalmente ser um bebê.
    Só quem tomou uma abacatada nas costas ou na cabeça é que sabe o quanto doi e quem teve seu carro amassado pelo pé de abacate da rua turiassu nº é que sabe o quanto é bom pra tosse.
    Como diz o ditado popular pimenta no olhos dos outros é refresco não é mesmo!!!
    Quem teve seu carro amassado sabe o quanto doi no bolso não é mesmo! E como doi uma abacatada verde na cabeça…

  105. É um absurdo realmente o pé de abacate da rua turiassu ja houve muitas solicitações do povo que foi atingido pelo pé de abacate da rua turiasssu nº690 conheço a história A administração do parque ignora totalmente o caso.Tem que trocar administração do parque agua branca urgente!!!

  106. Finalmente se manisfestou o Diretor Antônio teixeira diz que vai tomar providência do pé de abacate da rua turiassu nº690 que está caindo na calçada e machucou algumas pessoas prometeram recolher os frutos vamos ver se isso acontece mesmo!.Se manisfestaram dia 19/08/2010 vamos se realmente vão mesmo fazer algo…

  107. Terceira idade se reune essa semana de agosto dentro do parque água branca pedindo rênuncia do Cargo Diretor Antônio Teixeira.Estão pedindo presença de bastante pessoa para tirar o Diretor Antônio Teixeira.Pessoas estão incomformada com que o Diretor Antônio teixeira vem fazendo com as arvorés. O Diretor Antônio Teixeira quer fazer estacionamneto dentro do parque água branca para ganhar mais dinheiro…Será onde irá esse dinheiro enquanto o parque está caindo de podre…

    1. Gostei Mauro onde esta o dinheiro. Os idosos adoram o parque.Para que fazer estacionamento e destruir o que tem de bom no Parque? Santo Deus.
      Estou de acordoque quiser meu apoio vamos tirar ess diretor e muitas pessoas mais. Como posso ajudar?

  108. os espacos do parque estao ficando muito ociosos, faltando muito eventos . precisamos mobilizar-mos para que o evento revelando sao paulo retorne ao parque visto que a arquitetura e o clima interiorano combina com o evento sem falar na localidade ao lado o metro

  109. Que tristezaver o Parque da Agua Branca como está,são uns sevagens acabar com as arvores, as aves, os animais, ESTE PARQUE É RURAL NÃO QUEIRA FAZER DELE UM LUGAR DE PIQUE-NIQUE COMO ESTÃO FAZENDO ESSAS PESSOAS SO PENSA EM DINHEIRO, QUER FAZER LAZER VÁ AO UM SHOPPIM ALI É OUTRA COISA É RURAL, porque este restaurante esse estacinamento e as pessoas que vem fazer na ferira orgânica agora se quizer entrar tem que pagar 10,00 reais isso nunca foi assim aonde nos estamos
    acabando com as aves matano comendo os ovos os proprios trabalhadores, quero dizer funcionarios das empresas os de jalecos amarelo laraja não pode ouvir os garnizes csantando corre para pegar os ovos animais sem alma e sentimentos estou escrevendo tudo isso porque vi o que um funcionario fazendo e ele continua la será que tem tanta fome que precisa comer os ovos e as aves do parque tenho vergonha de ver tantas barbaridades precisamos tomar atitude se BRASILEIRO E FAZER VALER OS NOSSOS DIREITOS DE SER UM CIDADÃO OU VAMOS ABAIXAR A CABEÇA MAIS UMA VEZ (MEDO, COVARDIA,OU FALTA DIGUINIDADE ONDE ESTÁ??????????

  110. Por favor, não destruam o que temos de melhor para nossas crianças, por que voces não vão destruir os bares qe vendem bebidas alcoólicas, cigarros, pontos de drogas que estão matando jovens a cada minuto. Cade a turma do PT, cadê as autoridades que nada enxergam,só enxergam pra seus beneficios e se esquecem do povo e do que temos de melhor. Na época de eleição so sabem falar na telvisão, vamos procurar fazer um abaixo assinado pessoal e levar até a Prefietura aguardo colaboração e peço para que entem em contato comigo e ver em eu poso ajudar.
    Eu frequeno muito o Parque e participei de diversas palestras no Mugeo. Por favor não podemos deixar de ver aquele pavão lindo.

  111. Mais uma do Parque, dentro em breve todos os vendedores, pipoqueiro,;trenzinho;parquinho;sorveteiro;hot dog; etc, deverão deixar o parque, são pessoas que estão no parque muitos a mais de 40 anos e não tiveram nenhuma consideração. Logo vcs verão no parque algum gigante que vai explorar tudo.
    A quem será que interessa tudo isso a parque vive abandonado a tantos e tantos anos agora em 6 meses eles
    resolveram mexer em tudo
    Espero que o Geraldo Alkimim reveja tudo isso

  112. Amigos frequentadores do parque; a gritaria geral é totalmente justificada;entendo porém que,mantidas as características de um grande sítio com animais soltos e densa vegetação;o resultado final será um parque com mais opções de uso à todo tipo de usuário.
    Entretanto são as obras de canalização que vem causando um enorme impacto aos usuários e ao ambiente do parque.
    Não cabe discutir aqui,do ponto de vista técnico,da necessidade ou não de tal obra;porém com o pouco que conheço de obra,essa me parece mais uma daquelas péssimas contratações com o uso de nossos impostos.
    As obras foram iniciadas em Abril/2010 com a abertura de valas junto à av. Matarazzo.Estamos em 01/2011 e essa mesma via aonde se deu o início dos trabalhos,continua sem conclusão e pior,continuam abrindo valas,instalando a tubulação e não concluindo a pavimentação das vias.
    Então temos,além de mal contratada, também uma obra mal planejada e mal executada.
    Mal planejada,porque é inconcebível que uma obra de infra estrutura desse porte dure até o momento 09 meses,tendo avançado desnecessáriamente no período de chuvas,que é justamente a pior época para se trabalhar com terra.
    Mal executada,porque não há necessidade de bloquear totalmente a passagem das pessoas nas vias em obras;bastava utilizar equipamentos de menor porte;à exemplo do que se faz em muitos países com ocupação urbana antiga com ruas estreitas e sinuosas que não podem ser interrompidas;ou se trabalha à noite,deixando a área parcialmente desocupada,livre para circulação no dia seguinte.
    Se era prá demorar na execução,porque utilizar grandes máquinas bagunçando a maior parte do parque (interr.).
    A demora e a extensa ocupação das áreas do parque pela obra,tem provocado o espalhamento de terra que vira barro,pela maioria das vias e canteiros.
    O rápido avanço de preparação das vias à serem escavadas,deixou um rastro de buracos por onde circulam as pessoas, colocando em risco de acidente principalmente idosos e crianças.
    Da maneira como essas obras estão sendo conduzidas,daqui à pouco não haverá mais caminhos,mas somente atalhos.
    Fica a pergunta: À quem interessa essa obra demorada,mal contratada,mal planejada e mal executada (interr.)

  113. realmente ,o descaso ,com nos pagadores dos nossos impostos e cidadoes que somos e vergonhoso, ,tambem a falta de consideraçao com o espaço do baile, fazer carteinha para entrar no que pertense a todos independente de idade,cor ou raça ter que colaborar com papel higienico, pagar para guardar bolsas eu pergunto o que e feito com o dinheiro nosso dos impostos,este lugar esta muito mal , que administrado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *