O drama da moça e o azar da turma da Mega-Sena

O drama da moça e o azar da turma da Mega-Sena

Toda semana compro um pedaço de dez reais do bolão da Mega-Sena na loteria aqui perto de onde moro. Deixo nome e telefone. A japonesa que me atende até já sabe o que quero, nem preciso falar. É uma relação de confiança. Jamais me passou pela cabeça que a loja pudesse não registrar o jogo na Caixa Economica Federal.

Além do bolão, faço mais cinco jogos numa aposta individual, pego os bilhetes e entrego para a minha mulher. E esqueço o assunto. Nunca me ligaram da loteria, pois, do contrário, não estaria mais aqui escrevendo…  

No dia seguinte ao sorteio, invariavelmente, a Mara. depois de conferir os números do sorteio, vem me avisar logo cedo: “Não deu nada”. E ela já sabe o que vou responder: “Vamos ter que continuar trabalhando…”. Toda semana é assim, tudo sempre igual, como nos versos do Chico.

Deve ser esta a mesma rotina de milhões de brasileiros que trabalham para pagar suas contas no fim do mes e sabem que a loteria é a única esperança de poder ter uma vida tranquila em que não precisem mais se preocupar com o tal do dinheiro.

Não costumo sonhar e fazer planos para o dia em que ganhar a sorte grande. Jogo por jogar, mais por hábito do que por ganância. Nem gostaria de ganhar sozinho um premio fabuloso como o deste sábado, que deve passar dos 70 milhões de reais. Dinheiro demais dá problema, como já vimos em tantos outros casos de novos milionários.

Pior do que não ganhar, eu sei, é ganhar e não receber, como aconteceu esta semana com os 40 apostadores da cidade gaúcha de Novo Hamburgo, que acertaram o bolão de sábado passado, mas vão ter que continuar trabalhando porque o jogo não foi registrado pela lotérica. O prêmio estava acumulado em 53 milhões de reais e já dava um bom dinheiro para cada um levar uma vida mais tranquila, mas o destino não quis assim.

Logo entraram em cena os apostadores inconformados, delegados, advogados e todo mundo deve ter pensado, claro, numa maracutaia dos donos da lotérica: eles pegavam o dinheiro do bolão e simplesmente não faziam o jogo, embolsando a grana. No Brasil, infelizmente, é assim: todo mundo é culpado até prova em contrário.

Pois as cenas que vi na televisão na noite desta quinta-feira me deram a certeza de que o dono da lotérica, José Paulo Abend, tinha razão ao falar que foi uma “falha humana”. As imagens do circuito interno da lotérica mostram o momento em que a moça encarregada de fazer o jogo volta à “cena do crime” no sábado à noite, abre a gaveta sob a máquina, desespera-se, põe a mão na cabeça e cai no choro.

Quando ficou sabendo que mais uma vez ninguém tinha acertado as seis dezenas e o premio acumulara de novo, ela estranhou porque aqueles números estavam no comprovante do bolão, que seu pai também tinha comprado. Quer dizer, a bela jovem Diane Samar da Silva, 21 anos, azarou a vida da sua própria família, além dos outros 40, que foram dormir ricos e acordaram pobres ou remediados do mesmo jeito de sempre.

Agora não adianta advogado colocar a roupa mais bonita para ir à televisão dizendo que vai processar a lotérica, a Caixa Economica Federal, o diabo a quatro. Aconteceu. Por tudo que vi e li, não houve má-fé, estelionato, nada disso. Foi mesmo uma falha humana a que todos estamos sujeitos e posso imaginar o drama que a moça Diane está vivendo neste momento sozinha em sua casa, sem poder andar nas ruas da bonita cidade de Novo Hamburgo. São coisas que acontecem, fazer o que? Jogar mais uma vez…

283 thoughts on “O drama da moça e o azar da turma da Mega-Sena

  1. Não é bem assim. Pouco interessa se foi ma fé ou não, a obrigação da lotérica em entregar o que vendeu continua sendo a mesma.

    Imagina que minha loja venda uma TV, daí na hora de entregar o funcionário derruba e destrói a TV, o que acontece? Eu vou alegar que não houve ma fé e pronto? E o cliente fica sem? Claro que não, a loja vai ter que dar outra TV ao cliente e assumir o prejuízo.

    Na lotérica é a mesma coisa. Não importa se o funcionário errou, a responsabilidade é da pessoa jurídica que vendeu o serviço. O problema é que mesmo processando eles nunca vão receber, pois a quantia é muito alta e o dono vai alegar não ter condições de pagar.

    O que mes espanta é que foram 40 apostadores prejudicados, em uma cidade gaúcha, e até agora não apareceu nenhum macho de verdade para ter uma “conversa” séria com o dono da lotérica.

    1. Lembrando que é de responsabilidade da Caixa Econômica Federal toda e qualquer operação feita pelas casas lotéricas, pois é ela que da a consseção. Aí eu pergunto, será que a mesma permite essa modalidade (bolão) ja que o jogo é feito e o comprovante que o apostador recebe não tem validade nenhuma, e que o jogo original fica com o lotérico e a unica pessoa que recebe o premio é o portador, logo ele paderá alegar que o jogo era dele e aí fica só na palavra

  2. Ricardo, também jogo toda semana e, confesso, gostaria de ganhar sim um prêmio como este, de R$ 70 milhões, sozinho. Dos bolões, nunca gostei.
    Fica apenas um apelo: retifique essa declaração de que não estaria escrevendo aqui se tivesse ganho o prêmio, sob pena de ter uma legião de pessoas torcendo para que você não ganhe nunca.
    Abs,

  3. Ola meu caro. gostei e sua postagem , e claro que foi uma falha humana, nais lhe pergunto por que a administração da casa loterica no momento de fazer estes bolão, por que o gerente não conferiu se fui registrado ou não , antes de botar a venda.
    Sempre estora para o mais fraco como o caso da moça Diane que e uma simples caixa.
    E voçê diz que não adianta botar advogado, e se voçê fose um dos ganhadores , voçê deixaria assim barato?

  4. Acredito que mesmo não tendo ocorrido má fé nem estelionato, o erro não desaparece. Quem não pode ser penalizado são os apostadores, estes sim de boa fé investiram dinheiro acreditando numa chance de ficarem ricos.
    Nesse caso a empresa (seja a lotérica ou a caixa) respondem sim. A empresa responde pelas falhas ou atos de seus funcionários.

  5. Sou lotérico, trabalhador e também como você um apostador, parabenizá-lo pelo artigo seria chover no molhado, sua felicidade na associação das palavras tocou-me e deve sim dar uma credibilidade maior para nossa classe uma vez que “matar” simplesmente um produto criado por nós lotéricos e por vocês clientes (pela aceitação) é simplesmente uma covardia, fatalidade sim esse é o melhor termo a ser usado, obrigado pela aula de afabilidade.

  6. tenho muita pena desse apostadores ganharam e nao levaram acho que a caixa economica devia pagar por isso nem que fosse parcelado por exemplo pegar sei la quantode cada concurso 20% e divide pelos ganhadores ate pagar todos ai todos vao sorrir atoa vai demorar mais um dia acaba!!! se fosse eu queria alguma coisa de mao abanando eu nao ficava mesmo sendo erro humano

  7. Logo se vê que vc não entende nada de Direito…

    “não adianta advogado colocar a roupa mais bonita para ir à televisão dizendo que vai processar a lotérica, a Caixa Economica Federal, o diabo a quatro. Aconteceu”

    E se eu te falar que adianta…. e vai adiantar muito! e sem envolver a televisão!

  8. Kotscho, parabéns apesar do seu PTismo (rsrs) pelo seu texto, erros realmente acontecem e diante deste, hj pela manha fazendo a minha tradicional fezinha, com bom humor perguntei a moça se ela havia registrado meu jogo e ela meia que sem graça foi enfatica em sua afirmação. Daí saí da loterica pensando exatamente na pobre Diane…

  9. Caro Kotscho, eu sei o por que os amigos gauchos não ganharam:
    É que esta bolada está prometida para mim e ou para mais um colega pé quente, só prá não dizerem que eu sou ganancioso, hahahahahaha…..Como voce disse, dinheiro demais dá é dor de cabeca por isso pretendo dividir com outro colega.
    Vamos aproveitar que eles nos deram mais uma chance.
    O recado que eu tenho para a moca da lotérica é que ela não se desespere, haverá outras oportunidades e quem sabe se ela não vai ganhar uma bolada ainda maior?
    Esperanca é a última que morre.

  10. Imensa falta de cultura jurídica do comentárista.
    Trata-se de uma relação de consumo, portanto, responde o fornecedor do serviço (CAIXA OU LOTÉRICA) – Lei Federal nº 8078/90, pela má prestação dos serviços prestados ao Consumidor (apostador) , ainda que por falha de seus prepostos, como “in casu”.

    Luiz Fernando
    Adv. Juiz de Fora – MG.

  11. Ricardo, os outros apostadores não tem culpa. Falha humana também é indenizável na justiça cível. Com certeza a Lotérica será processada e deverá pagar um valor mais do que alto. Pode até acontecer da caixa econômica ser ser responsável subsidiária desta bagunça. Responsabilidade Civil no Brasil é subjetiva, por dolo ou culpa.

  12. li esta materia e realmente e isso que aconteçe no brasil ate que aconteça o que ninguem espera, eu acreditava que quando esta a venda um produto e pq este produto existe, sera que a moça e a unica responsavel do erro? a loterica que e responsavel para fazer a aposta nao tinha que ter feito o jogo primeiro para depois ter posto a venda . ou ela ia esperar para ver se conseguia vender todas as cotas para fazer o jogo? agora espero que a justiça seja feito, mesmo que demore, um dia sai a setença ate la tem que ir tocando a vida.

  13. Concordo plenamente com vc Ricardo !
    Temos q acabar com esse ato de julgar as pessoas antes de apurarmos os fatos. Quem hj julga, amanhã poderá ser julgado com a msm severidade!
    abraços

  14. Já esta passando da hora da Caixa regulamentar as apostas realizadas atraves de bolões, ou seja, quando alguem comprar uma cota de bolão, o comprovante da aposta seria emitido pela máquina de apostas e não através de um pedaço de papel emitido pela o dono da lotérica. Além do mais, como o compravante da aposta é um cheque ao portador nada garante que uma aposta premiada poderá ser paga aos ganhadores.

  15. é o destino daquelas pessoas com o rosto estampado na TV com cara de choro, sem trabalhar podem esquecer de ganhar dinheiro… assim é a vida…

  16. FELIZMENTE AINDA MORAMOS EM UM MUNDO QUE
    PODEMOS TER FALHAS,POIS ERRAR AINDA É CONSIDERADO SER HUMANO,DEUS SABE DE
    TODAS AS COISAS E NÓS NÃO SABEMOS O QUE
    DIZEMOS MAIS O MEIO DE IMPRENSA ACHA QUE
    SABE TUDO MAIS NA VERDADE ELES SABEM DE
    NADA.

  17. Ricardo, absurdo mesmo é este advogado querendo os 15 minutos de fama. A Caixa está mais que certa, pois ao meu ver a relação de confiança quando se faz um bolão passa a ser com o Lotérico e não com a Instituição Bancária que deixa claro em seu site que não reconhece a legitimidade dos bolões. Fiscalizar? Como?

  18. Mesmo sendo uma falha humana é muito injusto que os apostadores saiam no prejuízo. A lotérica deveria ser responsabilizada mesmo que fosse apenas por danos morais já que a prática do bolão não é aprovada pela caixa portanto já é má fé oferecer um produto não regulamentado.

  19. Muitos de nós com certeza se colocaram nas condições dos apostadores, duvidando das dezenas de bolões que acumulam em nossas gavetas sem ter dado coisa alguma! Bom, nos resta continuar a nossa fézinha, torcendo para que a “moça” não erre e registre nossos jogos.

  20. Não concordo com o texto apresentado pois os empregadores respondem pelo erro dos seus empregados. No caso por medida de justiça a Caixa Economica Federal deveria sim ser obrigada a efetuar o pagamento do prêmio a todas estas pessoas, inclusive ao pai da garota, já que se a prática de fazer bolões é proibida a CEF deveria ter um rígido sistema de fiscalização pois em qualquer lotérica vendem bolões ao bortões, ou seja, se a CEF fizesse a lição de casa esta garota não estaria passando pelo que está agora. São co-responsáveis dono da lotérica e CEF. Quando comprava um bolão achava que estava tudo certo, pois confiava não na lotérica mais na instiuição da Caixa Economica Federal do Brasil.

  21. Voce foi muito feliz neste comentário. Não adianta mais chorar o leite derramado. Eles podem colocar a disposição o melhor advogado do brasil mas nada adiantará serão somente desgastes emocionais e psicológicos para uma causa sem solução. Aliás a solução é continuar trabalhando e jogando se assim for da vontade deles.
    Um grande abraço

    1. RIDIIIIIIIIIIIIICULLLLOOOOOO!!!!!! Se vc. fosse um dos apostadores certamente estaria absolutamente conformado – não é? Pense e peça perdão a Deus – infiel!!!!

  22. Ricardo, acorda, estamos no Brasil, isso é o que toda loterica faz, so que esse deu azar. A casa caiu, nao so a dessa loterica, a casa de todas as lotericas cairam, ninguem pode confiar mais nesse tipo de aposta.

    1. Concordo com gênero número e grau. Muitas lotéricas são desonestas neste aspecto. Fiz dois bolôes e percebi que era fria. Agora realmente a casa deles caiu!!! CEF tem que pagar – pois sabia da maracutaia toda – e as lotéricas prestam serviços em nome da Caixa.

  23. “NAO HOUVE CULPADO”!!!( FALHA ) NAO QUER DIZER CULPA , PODE ACONTECER COM QUALQUER SER HUMANO. A MOCA DEVE SER DESCULPADA, PERDOADA.

    AFINAL , TODOS ESTAO COMO ESTAVAM, SEM NENHUM DANO FISICO OU MORAL!!!
    COM O MESMO PADRAO DE VIDA!!! P/ QUE RECLAMAR?

  24. Porém, ainda que a coisa seja assim segundo a sua opinião, o mais sensato é entender que quem assume o compromisso de prestar um serviço ao público recebendo em contraprestação pagamento para isso, assume também a obrigação de prestar esse mesmo serviço com qualidade e responsabilidade, de outra forma tornar-se-á culpado pelo exercício da má administração do negócio.

  25. Concordo plenamente com cada palavra, foi um erro lamentável, já que a chance dessas pessoas de acertarem são remotas.Penso, como vai ser para essa moça (Culpa pro resto da vida) sem ter matado, roubado ou agido de forma incorreta. Vai ser dificíl…..

  26. A prática das Lotéricas de receber o dinheiro e não registrar
    o jogo , é largamente exercida no país.
    A maracutaia (estelionato) só aparece quando alguém
    acerta , o que é raro e os donos das lotéricas se aproveitam
    disso.
    Agora a Caixa Econômica e o dono da Lotérica vão tirar o
    corpo fora ; vai ficar o dito pelo não dito !

  27. Acho que o comentarista está enganado exite lei para esse tipo de erro humano, responsabilidade.
    da mesma forma é que um hospital responde por um erro do medido.

  28. Nao pude deixar de reparar, mas pode existir uma segunda versão para esta cena da moça na lotérica, é muito comum em empresas de pequeno porte, onde todos os funcionários fazem de tudo um pouco, que exista o golpe conhecido aqui no sul como “cachorro”, ou seja a funcionária pode, eu disse pode, não ter esquecido e sim ter deixado de fazer a aposta, pois vejamos as chances de acerto são minimas, e ela simplesmente ficaria com o dinheiro das apostas, pois se não houvesse ganhador ninguem reclamaria se a aposta foi ou não feita, isto pode ser uma praxe pra ela, poderia ficar 30 anos trabalhando na lotérica e aumentar seus rendimentos mensais em 200,00 ou 300,00 reais por concurso, é preciso verificar com clareza se o padrão de vida que ela leva comporta o salario que ela recebe, porque um salario de uma funcionária de lotérica no interior do RS não deve passar de uns 1.000,00 por mês, mas se ela aplicava este golpe, seus rendimentos mensais ultrapassariam a 3.000 reais por mês, e muito facil, é só verificar com provas testemunhais qual era ou é o seu padrão de vida, e a partir disto se comprovada a fraude, ela sim que deverá responder criminalmente por estelionato, e não a caixa economica federal ou o dono da lotérica.

  29. Fazer o que? Acontece! Aconteceu! Uma pena mesmo e tenham piedade da funcionária pois, ela mesma foi vítima através do seu pai, um dos participantes do bolão.
    Abraços.
    Marco Antonio
    P.S.: o lado positivo dessa “tragédia”, é que doravante as Casas Lotéricas que “por ventura” usavam a prática da má fé para ganhar um dinheiro extra de maneira ilícita (se é que tinha alguma Casa Lotérica que fazia isso, não acredito!), irão ficar “espertos” e doravante os bolões serão 100 %confiáveis.

  30. Acho que você está sendo inocente demais.Quem garante que aquela cena não foi uma armação? Explico: a moça não registrou a aposta como já devia ter feito em outras ocasiões.Só que dessa vez cairam do cavalo.Apavorada ligou para o patrão, ao saber do resultado.Então o plano B foi colocado em ação.Um álibi perfeito.

  31. Ricardo você tem razão. É bobagem e perda de tempo entrar na justiça. Pois, é causa perdida. A Caixa, pelos fatos, não perde a ação. O dono da lotérica e a coitada da moça não tem como pagar tal quantia. Portanto, é melhor o pessoal esquecer e levar a vida de sempre. Pelos menos não vão perder mais dinheiro com honorários advocatícios. Quem sabe nos próximos jogos eles ganhem ! Boa Sorte!

  32. Ok! Mas me diga uma coisa. E se fosse você o infeliz possuidor de um daqueles comprovantes de aposta do bolão. Estaria assim tão complacente com a pobre moça? Eu queria era estrangular ela, isso sim.

  33. quando temos um presidente da republica que esta já a 4 meses adiando seu depoimento no mensalão do PT, e
    atrasando todo o processo, qualquer falha humana é perdoavel………………………………………………….

  34. Acaba virando um drama, não é mesmo Kotscho.
    A gente recebe tantas mensagens de auto-ajuda, pregando compreensão, sensibilidade, solidariedade, entendimento e perdão, mas, na prática, o ser humano já pensa o pior.
    Não acompanhei a reportagem que você menciona, mas teimo em acreditar nas pessoas, depois posso até desconfiar.
    Fico com você.

  35. Kotscho, algum comentário sobre a babação de ovo do reino lulista junta aos ditoradores de Cuba, tendo o incomodo cadáver de um opositor fresquinho para atrapalhar a festa? O que foi pior? O largo sorriso de Francklin Martins, a crítica de Lula ao morto ou o comentário de Marco Aurélio Garcia sobre direitos humanos?
    Vai opinar ou prefere um silêncio conviniente?

  36. PARABENS RICARDO…VEJO QUE É UM DOS POUCOS QUE APOIARAM O DONO DA LOTERICA E DA MOÇA QUE FEZ O VACILO…ERROS HUMANOS ACONTECEM..E QUE MUITAS VZS TIRAM ATÉ VIDAS DE PESSOAS ALHEIAS..E NÃO FAZEM TANTO ALARDE COMO ESSE ASSUNTO QUE VAROU O PLANETA..TENHO PENA DO DONA DA LOTERICA E DA MOÇA…QUE PODEM TER SEUS FUTUROS PREJUDICADOS PELO FATO…TORÇO PARA QUE TODOS ..INCLUSIVE AS PESSOAS QUE APOSTARAM E NÃO GANHARAM…CONSIGAM SUPERAR ESSE TRAUMA E O PROBLEMA QUE GEROU TUDO ISSO..!!

  37. Estranho muito estranho, que historia é esta da funcionaria saber extamente que estava faltando um ou mais jogos pra acabar de fechar o movimento,
    Na minha opiniao isto sempre acontecia nesta loterica , eles simplesmente bancavam os jogos pegavam o dinheiro para eles , só que jamais imaginavam que ia sair uma Mega Sena acumulada

  38. Estranho esse senso comum… por que o sonho é ganhar um dinheirão e não trabalhar mais? Largar o que se faz? Será que o trabalho gera tanta infelicidade? Eu fico feliz por poder trabalhar. Se ganhasse, trabalharia ainda mais feliz.
    Quanto ao filme, se o dono autorizou a entrada das moças depois da lotérica fechada, por que demorou tanto para dizer isso e mostrar o vídeo?

  39. Concordo, com o autor da matéra, más é que vivemos numa pais, onde as falcatruas , tomam dimensões inimaginaveis na midia, que parece que a corrupição e tudo mais de ruim faz parte da cultura do Brasileiro.

    Moro numa cidade pequena, com aproximadamente 100.000 habitantes, garanto que a bandidagem não passa de 5%, más se acontececer um fato isolado, da a impressão que o nosso povo é bandido.
    A midia deveria divulgar coisas boas, so que coisa boa vira propaganda, ai tem que ser pago.

    Porcaria vende jornal!!!

  40. No minimo o Ricardo, tá levando um por fora da CEF prá falar como um juiz do caso.
    Ora, francamente o Sr. perdeu a oportunidade de ficar calado ao invés de falar bobagem.
    Se simplesmente formos alegar falha humana, teremos uma avalanche de desculpas de todos pois todos são humanos e por isso podem errar / falhar.
    Não podemos concentrar a defesa em quem errou por ùltimo e depois apagou a luz. Isso começa, em a CEF fingindo que não sabia e as lotéricas fingindo que ninguém fazia os bolões.
    A CEF ñ autoriza bolões, mas também não proibe.
    Claro que não proibe, pois se assim o fizesse ñ veriamos as cartelas de bolões na vitrine das lojas. Ou será que os proprios funcionários da CEF nunca fizeram uma fezinha???
    A CEF remunera mal os agentes lotéricos e por isso deixa q comercializem, bolões, raspadinhas, Telesenas e muitos outros.
    A CEF pegou um grande filão, montando Lotéricas, pois deixou de contratar funcionários, segurañças, etc e cata os clientes nos bairros e vilas.
    A CEF parece a policia que dá beneces para os informantes. A policia sabe quem é o ladrãozinho pé de chinelo q rouba a roupa do varal ou o butijão de gáz da residência da D. Maria, mas ñ o prende por que quando precisa, o ladrãozinho delata os autores dos crimes maiores; Assim a CEF deixa os agentes lotéricos persistirem nos bolões para que possam ter uma renda extra e se der problema o Deptº Juridico da Instituição se vira para provar o contrário, ou então achará um * Ricardo * da vida que os defenderá e de graça.

  41. Independente do tamanho do erro, a violência não é a resposta. Com certeza os ânimos estão aflorados, mas infelizmente, como dito acima, atire a primeira pedra aquele que nunca errou. O prêmio nunca será pago, e a vida vai continuar.

  42. Quarta feira ao sair do metro, fui abordado por um cidadão de boa presença, foi falando se você não acertar a megasena não vai ter ganhador

    Disse que isso era uma coisa do destino, na primeira tacada aconteceu o que foi dito por ele.

    Essa historia de jogar acertar, e não receber ta deixando muita gente com grana, ninguém confere nada, e como jogo da velha e o bolão esta de barba de molho, e com essa furada as pirâmides vão desmoronar a pratica de vender bolão sem fazer o jogo.

    Mesmo que os bolões continuem, porque ta sendo vendido normal, o que devia ser exigido por quem compra bolão ver o cartão do concurso do jogo jogado com copias anexas ao cartão do bolão.

    Eu mesmo participava de um bolão fora da lotérica, e os cartões não eram jogados, ate o dia que deu uma quinta o responsável pagou, mas um dos participantes exigiu o comprovante da parte dele para declaração do imposto de renda, ai descobriu que ele bancava o jogo, e se fosse as 6 dezenas a casa iria cair, disse ele que tava compensando

    Depois de tudo só entro em bolões que já vem com as copias, ou da casa lotérica de Bebedouros Sp.

    Procurem ver nas ocorrências policiais o que consta e coisa de cinemas, como se fosse uma orquestra integrante da indústria do lucro sem capital.

  43. Pois é, – complementando o que o dono do texto disse, essa moça agora vai ficar marcada para o resto de sua vida, se não pela as pessoas, mas sim pela sua consciência. Sabendo que deixou 40 pessoas incluindo seu Pai, sem dinheiro, isso já é uma tortura!!! espero que assim como eu, as pessoas se coloquem no lugar dela e entendam, afinal o erro é humano, poderia acontecer com qualquer um de nós.

  44. Eu acho q alguem mando fase isso
    nimguem fas nada se nao for mandada
    e tambem eu acho q nao a primeira casa loterica q fas isso
    so q eu acho q nao deu serto desta ves
    um imsempro tem cimco caixa

    se o dono manda dois caixa nao rejistra
    emajine se este dois caixa
    nimguem ganhace ficaria porisso mesmo ne
    mas sempre um dia acontese
    q alguem vai ganha
    e este dia aconteceu ne
    vcs acham q
    e so esta lotrica q fas isso
    azar de quem ganho ne e nao levo
    emajine quantas loterica q ja nao fiseram este tipo de coiza

  45. Kotscho, tem algumas coisas que não podem ser esquecidas: 1) A Caixa não autoriza a má-fé ou o esquecimento, logo não pode ser responsabilizada por isso; 2) Somente uma investigação policial vai comprovar se não houve “esquecimentos” ou “má-fe” anteriores; 3) Deverá ser alvo da investigação, também, a “visita” da empregada fora do expediente – geralmente empregados não tem a chave da loja. Em suma, a única coisa certa por enquanto é que não vão levar o prêmio, a parte criminal ainda está por ser desvendada.

  46. essa moça deve estar sofrendo muito,por ela e por sua família que tambem foi prejudicada com esse esquecimento,aconselho ela procurar outro emprego,como por exemplo apontadora de jogo de bicho que não precisa de autenticação de máquina,vale o que está escrito.

  47. É isso ai…Eu acho engraçado essas coisas. A corda sempre arrebenta do lado mais fraco. Alo, pessoal. É claro que as imagens mostram o que as TVs querem que o povo veja. Que a coitada da funcionária é a culpada de nao ter registrado o jogo. Lógico que a culpa nao vai cair no dono da lotérica, que fez questao de mostrar a cara de pau dele na TV. Algum reporter conseguiu entrevistar a funcionaria? Nao ne. É logico que ela seria a culpada, tao somente, pra tapar o sol com a peneira, ajudando a evitar que a loterica seja fechada. Ora, se é proibido pela CEF de se fazer bolão, por que nao há a devida punicao a quem faz? Por que a CEF e o MPF nao exigem que as lotericas seja fechadas, que insistem em fazer o tal bolão? Por que nao cassam a concessão dessas lojas? Será tambem que ninguem percebeu que todo final de ano a mega sena também acumula e paga um bolada astronomica? Estranho ne….Mas ai na hora de cassar os apontadores do jogo do bicho ai sim aparece um monte de entendido ne… Ah … va…..

  48. Pode até ter sido falha humana, mas a CEF (contribuinte e jogadores) vai ter que pagar o premio aos apostadores, por tres razões básicas. 1- A lotérica é da CEF e os donos agem em seu nome, portanto, para o bem ou para o mal eles são o Braço da CEF que os pressiona em busca de resultados; 2- A CEF sabia dos bolões e nunca emitiu nota proibindo ou alertando o público (consumidor) para que não fizesse tais apostas; 3- Somente após a ocorrência é que a CEF vem a publico tentar se eximir da responsabilidade com uma nota que soa mais como confissão de sua omissão.
    Se o judiciário não amparar os apostadores e tentar achar meios de ajudar a CEF vai ficar muito mal na foto. Essa é minha opinião.

  49. Varios complicadores estão neste caso.
    01 – É proibido lotéricas fazerem ‘bolão’
    02 – O direito do ganhador (????) existe, pois ele jogou (comprou) um jogo LEGALIZADO no Brasil. – tal direito não teria se fosse por exemplo no jogo do bicho (contravenção)
    03 – A lotérica trabalha exclusivamente para a Caixa Federal, cabe a mesma, fiscalizar, o serviço.
    04 – Sendo visto como ‘serviço’ – o prestador e o preposto – são RESPONSAVEIS SOLIDARIAMENTE – sobre erros ou prejuizos. (responsabilidade objetiva)
    05 – Cabe até uma ação CONTRA a funcionária mas, as apostas devem ser honradas pela Caixa.
    Este é meu entendimento sobre o fato.

  50. queira desculpar, mas recuso-me a acreditar em inocência do dono da lotérica. A tal cena da moça errando o bolão não cola. Acaso já investigaram, para ter certeza que jamais ocorrera de bolões vendidos naquela lotérica terem deixado de ser efetivamente jogados??? Foi realmente um caso isolado de extrema má sorte de um grupo de apostadores, envolvendo um inocente dono de lotéria, que não vinha de forma alguma apropriando-se indevidamente das parcas economias utilizadas pelos esperançosos cidadãos envolvidos no caso do enriquecimento/retorno à situação anterior em 24 horas??

  51. É estranho percebermos está situação, pois não acredito na seriedade deste jogo, haja visto, as dezenas de ações movidas contra a caixa economica devido a fraudes neste sistema. E penso que “OS GANHADORES NÃO PERDERAM NADA”, ou seja, levando em consideração o meu ponto de vista mesmo que o jogo tivesse sido feito, os numeros sorteados não iriam ser aqueles. Um sistema analisa os numeros que foram jogados e sorteiam as brechas oferecidas por eles. Aculando assim quando eles querem e saindo para laranjas quando nao acumulam.

    Lembro-me da passagem biblica que diz:
    “do suor das tuas mãos comerás”
    Sendo assim o recurso é voltar ao trabalho. e é o que vou fazer neste momento. Valeu!!!

  52. É muito facil para o dono da tal lotérica jogar toda a responsabilidade em cima de uma única funcionária.Ele é o principal responsável, já que tamanha responsabilidade precisa ser bem supervisionada, coisa que ele aparentemente não parece ter o hábito da fazer.Isso deve acontecer muitas vezes por aí, já que o apostador precisa ganhar alguma coisa para que essas falhas sejam constatadas.O que o dono está gastando agora com advogados, poderia ser gasto com a contratação de um supervisor rigoroso nesas coisas.E não teríamos essa coisa tão triste para os pobres apostadores.

  53. Isso pode ser verdade, mas tenho minhas dúvidas.
    Quando fazemos um bolão, recebemos um papel com o carimbo da lotérica mostrando as dezenas que estarão concorrendo. Pagamos e levamos esse papel para casa.
    Como qualquer empresa, há entrada e saída de dinheiro dos caixas. No final do expediente há o fechamento do movimento diário.
    Nesse caso, houve sobra de dinheiro. Alguém percebeu isso? Ou o funcionário/patrão embolsou?
    Para fazer o bolão, deve existir uma pessoa encarregada de fazer o(s) registro(s) e uma conferência posterior para saber se os números foram apostados corretamente(aí há a possibilidade de erro humano pois são muitos números).
    Um mínimo de organização afastaria todas as possibilidades de erro.
    Agora, dizer que uma funcionária errou é, no mínimo, dar outro nome à palavra estelionato. Quantos “erros” desses as lotéricas não cometem.
    Os “azarados” merecem uma indenização(não necessariamente o prêmio da megasena) da lotérica pelo estelionato e da Caixa por não coibir esse tipo de prática que eles sabem que existem mas fazem “vista grossa”.
    Senão, um dia você perderá sua esposa e tentará jogar outra bomba atômica no Japão.(sua esposa morrerá de ataque cardíaco com um bilhete premiado e não registrado na mão).
    Até.

  54. Caro Ricardo Kotscho,
    Se a moda pega, culpar a CEF só porque ela pode arcar com um valor tão grande, daqui prá frente é só um dono de lotérica combinar com cinco ou seis amigos, esperar o dia do sorteio (quando estiver acumulada), copiar as seis dezenas num recibo do bolão, entregar a cada um dos amigos e no dia seguinte eles reclamarem que a lotérica não fez o jogo. Depois é só dividir a grana, “apostadores” com o dono da lotérica!

  55. Eu inerpleto o caso como uma falta de responsabilidade, desleixo com o sonho de apostadores que joga na fé de melhorar de vida as vezes nem para ficar rico mas para pagar o que deve e dar melhor condição de vida para a familha. A daiane foi uma inrresponsavel mesmo porque quando ela entrou para trabalhar na loterica ela sabia perfeitamente que quem esta jogando maioria das vezes e por necessidade e ela destruiu sem intenção um futuro melhor dos contemplados do azar.

  56. todos os inconformados,e os leigos que estao descendo a lenha na loterica,acusando de todo tipo de falcatrua, deveria ler esta materia do Ricardo, com muita logica e entendendo a ocorrencia, e talvez ninguem nesta hora gostaria de estar na pele da funcionaria, que esta sendo a mais visada.o brasileiro deveria eh reclamar de outras ocorrencias politicas que denigrem o nome do nosso pais, no entanto, vem eleiçoes e ele~ições e continuam elegendo os mesmos causadores de tanta embolsarem nossos altos impostos quem pagamos diariamente. Entendam que houve erro humano que afetou a propria familia da funcionaria, mas continuemos jogando, concerteza essa ainda nao era hora daqueles que compraram o bolao de ficarem ricos.

  57. RICARDO KOTSCHO, QUE FALTA DE ASSUNTO…FALAR DA MEGA-SENA???…
    AH, POR FALAR EM ASSUNTO, QUE TAL ALGUM COMENTARIO SEU, A RESPEITO DO PRESO POLITICO EM CUBA QUE MORREU DE GREVE DE FOME???.
    E A POSIÇÃO DO BRASIL EM RELAÇÃO A ISSO…
    E PRINCIPALMENTE A POSIÇÃO DO NOSSO QUERIDO PRESIDENTE. JA QUE FOI MUITO PRÓXIMO A ELE, DEVE SABER DE SUAS POSIÇÕES SOBRE DEMOCRACIA.

  58. EXISTE SIM VÁRIOS CULPADOS NESTE CASO,O PRINCIPAL E A CAIXA ECONOMICA FEDERAL ,QUE NÃO FISCALIZA OS BOLÕES QUE SÃO EMPURRADOS(VENDIDOS) NAS CASAS LOTÉRICAS,SENDO QUE NÃO É PERMITIDO POR ELA , NÓS MESMO PORQUE MESMO SABENDO QUE NÃO É PERMITIDO COMPRAMOS,O GERENTE DA LOTERICA DEVERIA GERENCIAR O QUE OS FUNCIONARIOS FAZEM,O DONO DEVERIA GERENCIAR O SEU GERENTE.
    O QUE ESTA ACONTECENDO É MUITA TOLERANCIA NESTE MUNDO ,AS COISAS TEM QUE ACONTECER PRIMEIRO PARA DEPOIS SE TOMAR ALGUMA PROVIDENCIA,NÃO HÁ MAIS PREVENÇÃO.AINDA QUANDO DA PARA “RECLAMAR” TUDO BEM ,E SE HOUVER ALGUMA MORTE ,VAI LAMENTAR COM QUEM?
    “NUNCA TEMOS TEMPO SUFICIENTE PARA FAZER AS COISAS CERTAS PELA PRIMEIRA VEZ,MAS TEMOS MUITO TEMPO PARA PODER CONCERTA-LAS”.

  59. Acho que aos 61 anos o senhor já está meio gaga, fazer oque ? jogar mais uma vez…este tipo de jogo é proibido a lotérica faz para lubridiar os viciados e tem que responder pelo crime e a cx economica é solidaria nestas falcatruas pois sabe destes bolões e nada faz para coibir.

  60. Dificil julgar pelos fatos até então apresentados. Será que a apresentação da moça não foi uma cena ?
    Mas, tem uma forma de comprovar a má fé da loterica, investiguem os bolões anteriores se efetivamente todos foram registrados, se for possivel isso, se era rotina da loterica não fazer o jogo aí comprova-se a desonestidade.

  61. Jogar a culpa na funcionaria,montar uma farça como aquela onde a funcionaria aparece fuçando papeis,se desperando,descabelando frente as cameras? Isso é conversa pra boi dormir. Eu faço meus bolões sozinha,mas na mega da virada,não resisti e acabei comprando um bolão, paguei 10 reais,o resultado foi drastico,com 4 apostas de 8 dezenas,e 12 apostas de 6 dezenas,o maximo de acerto foi 2 dezenas. Fui verificar como são feito esses bolões e notei,que é muito dificil acerta pelos menos 4 dezenas. O que acontece: eles fazem varios bolões nas casas lotericas,não registram,se acontecer de uma aposta ser premiada,vai pagar entre 300,00 e 400,00.
    Para quem fatura mais de 10 mil reais,isso é um refresco,e quem fatura são esses espertalhões maioria japoneses . Esse sorteio onde o pessoal do RS ganhou e não acertou e não vai levar,mas deveria levar sim,foi uma zebra,basta ver a posição das dezenas,são assim que os espertinhos fazem esses bolões,o que eles não imaginavam era essa zebra. Se eu fosse dono dessa lotérica, a essas alturas dos acontecimentos,já teria desaparecido,como fazem os ganhadores quando se tornam milionarios,pois os milionarios se escondem de possiveis ladrões,e preservar suas vidas,o dono da loterica deve fugir para protegir sua vida,pois pelo contrario a vida dele TEM O MESMO VALOR DA MEGA SENA ACUMULDA.

    ARAÇATUBA-SP

  62. Entendo que com certeza houve algum tipo de crime: como a lotérica vende uma coisa que ela não tem? Porque se não fez a aposta ainda, não tem o jogo pra vender, e não tem bolão. É a mesma coisa de uma loja vender um produto que não vai poder te entregar. Não sou advogado, mas acredito que isso possa ser enquadrado como estelionato.

    Imagine quantas vezes as lotéricas podem “fazer bolões”, embolsar o dinheiro e nunca fazer o jogo efetivamente? A chance de ser premiado é tão pequena que, conseqüentemente, a chance desse esquema dar errado é também muito pequena. Mas dessa vez deu. Lei de Murphy.

    Alguém precisa pagar por esse crime, pra tentar dar o exemplo e coibir a repetição de um possível golpe outras vezes.

    E quanto à funcionária. Quem garante que ela não fez apenas um jogo de cena pra despistar os verdadeiros fatos?

    Acho que ninguém será punido, infelizmente. Mas torço fortemente pelo contrário.

    Em tempo: não sou apostador desse bolão “premiado” e, na verdade, nunca entrei num bolão de lotérica.

  63. esta realidade afetou as 50.000 famílias que trabalham nas lotericas, que complementavam sua renda com as comissões pagas, pois o salário desta operadora é muito baixo para as responsabilidades que ela tem e os lotéricos não podem pagar mais.

  64. Boa tarde, caro jornalista

    Sua visão do episódio ocorrido em Novo Hamburgo é, no mínimo, curiosa, pois a questão em si não envolve apenas uma suposta “maracutaia” do dono da lotérica ou a falha humana da funcionária, mas também a desilusão dos 40 apostadores que, de uma hora para outra, passaram de novos milionários ao status quo que se encontravam.
    Quem assume o risco na prestação do serviço deve indenizar no caso de ocorrer dano, ainda, que tenha havido a tal falha humana, que eu denomino de outra forma. Denomino como negligência, falta de atenção e cuidados necessários que o serviço exige, pois envolve dinheiro de apostadores, que buscam, ou pelo menos sonham, em mudarem suas vida através do prêmio oferecido.
    Eu me incluo na classe dos advogados que usa roupa bonita, citada por você, mas apesar de não estar na cena do episódio, tenho o entendimento de que é certo os apostadores, frustrados pela não concretização da aposta, buscarem a devida reparação, não da funcionária que mal deve ter dinheiro para se sustentar, mas dos responsáveis legais, nisso incluída a CEF que é responsável pela concessão.
    Por isso que as coisas aqui em nosso país tendem a não ter uma solução justa, pois o próprio cidadão tende a desistir de tomar atitude alegando simplesmente que… aconteceu.
    Pense no drama da moça, que realmetne deve estar fragilizada e com medo, mas também do drama de algum ou todos desses apostadores que deve estar amargurados pela chance única que perderam, pois certametne vão apostar outras milhares de vezes e não serão sorteados, pois ela não bate duas vezes na porta.
    A falha foi dela, os clientes/apostadores não têm nada a ver com isso.
    Digo isso, pois se fosse você, jornalista, um dos apostadores, por mais bem sucedido que possa ser em sua carreira, certarmente ficaria desapontado com o episódio, haja vista que você mesmo afirmou que faz apostas semanalmente, logo, acredita no jogo.
    Sem mais, faço aqui apenas uma exposição de idéias, nada pessoal. Agradeço se publicarem.

  65. os bolões da mega dão um lucro exorbitante,além da comissão do jogo,fazem bolão de 20 apostas a 2,00 que da 40,00 o total,mas vendem 20 cartelas das 20 apostas a 5,00 que da 100,00, lucro de 60,00 mais comissão do jogo,verifique seu bolão e confira. Desculpa deles, e se não vender tudo;Acho injusto, temos que fazer entre amigos.

  66. É engraçado lermos um outro lado da moeda, em que muitos azarados como eu imaginaram ou comentaram com sí próprios ou com outros que esse futuros ganhadores ” se fud….” se esquecendo da pobre menina que por um descuido mudou ou deixou a vida do jeito que ela é.

  67. Olha ó ricardo, eu sou editor de video, e se vc me pedir pra eu produzir um video igualzinho aquele com a mesma data e horários mostrados la, eu faço facinho. Tem que se investigar tambem a idoniedade do video!!!

  68. NÃO TEM PrOBLEMA E ‘CALRO ‘ ( GOSTO DE GENTE QUE ESCREVE ERRADO E OCUPA CARGOS IMPORTANTES SINAL DE SER BOA GENTE E BEM RELACIONADO NA IGREJINHA ) QUE ESSA SEMANA GANHO EU e com essa grana eu baixarei uma portaria para esse geverno explendoroso nunca dantes visto ou navegado dominado por banqueiro de olhos azuis COMO DIZ O MEU, O SEU, O NOSSO QUERIDO AMIGO ….. de onde vem tanta gente com cara de ovo e pato e tanto poder ? é algo divino ? SÃO COMO PARDAIS DIRIGEM TODAS AS REPARTIÇOES DO GOVERNO , PULAM DE PREFEITURA EM PREFEITURA
    Alguem pode explicar?
    Esse complo de exteminio humano contra america latina ? No começo de janeiro queriam tirar os crucifixos das paredes , depois apagaram luz do Brasel para mostrar quem MANDA NO PEDAÇO , o ´PRXOMO PASSAO E TIRAR AS ESTRELAS DA BANDIERA DEIXAR SO UMA E ELEIMINAR O VERDE O AMARELO, QUE É CAFONA SO OS INGLESES GOSTAM DO VERDE E AMARELO, quem teve uma lotus sabe disso , mas prejuizo foi imenso bati minha ferrari preta no dia do apagão (ainda bem nao gosto de carro preto , mas as mulheres adoram entao comprei dois , o que nao faço pelas mulheres ) por conta de um sinaleiro que nao fiuncionava, minha noiva GLORINA DE ALMEIDA DAS VASQUES ALVES DA COSTA LOPES veio de Monaco no meu jatinho de 50 milhoes de dolares, que dizem que tive que quebrar meu cofrinho nao quebrei cofrinho nenhum 50 milhoes de dolares é dinheiro de pinga como dizem os baqueiros Suiços , nos brasileiros somos famoso s no exterior por deixar 30 , 40 80 milhoes de dolarres no banco e esquecer , ‘assim nao da assim nao pode’ diria aquele famoso vendedor de estatais um detalhe 50 milhoes de dolares nao é dinheiro vc nao compra um quadro de Van Gogh com essa grana
    acredito nao ter ofendido ninguem apenas aumnetando a cultura parca e porca oferecida aos pobres brasileiros que se amotoam nas estaçoes ferroviarias dentro de trem e metros e lixoes em busca de comida
    e sempre elmbrando que
    no lixão de peixinhos de come carne humana
    no País do futebol e politico bacana
    o derrradeiro leite o rato derramou
    obra super faturada é o fim se acabou
    alem de alto e bonito sou poeta de verdade é muita sorte .

  69. Todo mundo sabe, inclusive a própria CEF que as lotérias comercializam o bolão. Isso é claro e explicido, sendo assim não tem como eles alegrem que o jogo é proibido, já que eles mesmos acabam liberando. Já pararam para pensar que várias outras lotérias devem fazer a mesma coisa, cobrar e não registrar o jogo, e assim ficar com o lucro todo, desviando o dinheiro da CEF. Não é de hoje, que ouvimos essas estórias de farsas na mega-sena e agora mais do que nunca isso é fato.

  70. Concordo com Teresinha. Parecia “de fato” uma encenação da funcionária! Vai saber?! Achei estranho que “dias depois”, o pai da funcionária, os colegas E ATÉ O DONO DA LOTÉRICA tinha tb ENTRADO NO BOLÃO! Alguma coisa não fecha?!!! O dono da lotérica por sua vez, não parecia preocupado, mas sim em tom de “deboche com a situação”. Tem pessoas que mostram o documento em papel colorido, como de fato existiam nas lotéricas (tb comprei um bolão no final de ano), já outras pessoas aparecem com “xerox/cópias”. As pessoas que compraram e/ou apostaram no bolão devem ser ressarcidas com certeza!!! Não sei se com a divisão do prêmio da mega, mas com algum valor por “reparação de danos”, assim como, responsabilizar as pessoas responsáveis pela “venda do produto”: “Empresário” – dono da Lotérica e a CEF, responsável pelos serviços disponibilizados a outrem. Pois existe ali, um termo de contratação de serviços !!! Abraço / PORTO ALEGRE

  71. Ninguem está livre de um eventual esquecimento, ainda mais que as lotéricas dão um serviço muito agitado às caixas. Eu lamento pela menina, afinal, quem nunca esqueceu de fazer algo ou fez errado por engano e depois teve consequencias desagardaveis?

  72. Ricardo,

    Sabe aquelas estorinhas de cunulo?
    pois é, esta é o cumulo do Azar.
    Como falou, falahs acontecem, e neste caso a moça operadora, coitada, devido a estress ou mesmo algo assim, se esqueceu.
    Foi verdadeira as reações dela!!!
    Agora, resta continuar tentando. AQ sorte só bate uma vez na porta, diz o ditado mas desta vez quem bateu nas portas dos quarenta acertadores foi o azar!!!
    Viva o Jogo do Bicho, que não tem estes problemas, que é honesto com quem aposta, e desonesto com o governo.
    O que diria o Barão do Rio Branco, o primeiro bicheiro de nossa história?

  73. SEI QUE É FRUSTANTE O QUE ACONTECEU, IMAGINA VC É GANHADOR MAS NÃO VAI TER O PRÉMIO!!!, E AGORA????. O QUE É BOM DURA POUCO, NÃO É. AGORA NÃO ADIANTE CHORAR PELO LEIUTE DERRAMADO, É A VIDA CONTINUA COMO ELA É, NÃO TINHA QUE SER É O DESTINO, TEM QUE ACEITAR, A CAIXA ECONOMICA AGORA NÃO VAI PAGAR, SO NA JUSTIÇA SE ELA ACHAR QUE A CAIXA DEVA PAGAR SO DAQUI ´HÁ ANOS SABEREMOS. E O DONO DA LOTERIA SERÁ MARCADO E A FUNCIONÁRIA SERÁ ODIADA POR 40 GANHADORES E É ISSO. ABRAÇOS.

  74. HISTORINHA “MAL CONTADA ESTA, HEIN?” Como póde ESTA “INCOMPETENCIA DA MOÇA”, ser de REGISTRAR apenas 1 DOS QUATRO BOLÔES e “ESQUECER DE REGISTRAR 3 (TRÊS)”, ou seja “ELA ESQUECEU DE REGISTRAR ‘A MAIORIA’? E os OUTROS FUNCIONARIOS “QUE VÃO PROCESSAR A LOTERICA”, se ELES ESTIVESSEM “CONVICTOS”, que HOUVE “APENAS” um ERRO DA COLEGA DE TRABALHO, IRIAM PROCESSAR O CHEFE? De qualquer forma, UMA PERGUNTA SIMPLES, poderá ESCLARECER MUITA COISA: Se é bolão PROVALVELMENTE em “SEMANAS ANTERIORES”, OS “4 BOLÕES FORAM REGISTRADOS”. QUANTOS DESSES “4 BOLÕES A CAIXA TEM REGISTRADOS, SENDO APOSTAS FEITAS NESSA LOTERICA?”

  75. -Como que vc vende COTAS na frente de registrar o jogo?
    -Cadê o dinheiro das cotas sobrou no caixa? o dono não viu?
    -Vídeo não são provas , até que seja feita uma perícia técnica pra ver a procedencia do mesmo.

  76. quando vir que havia maracutaia na MEGASENA em uma lotérica , não tinha DÚVIDAS QUE ERA NO RS – A GAUCHADA É POVO MESQUINHO E ACOSTUMADO A DAR GOLPES , SÓ ASSIM QUANDO NÃO SÃO PEGOS, ENRIQUECEM OU MELHOR SOBREVIVEM – MAS UM DIAA CASA CAI !!!! COMO EM NOVO HAMBURGO PODE ESPERAR QUE EM OUTRAS CIDADES DO RS DEVE SER NORMAL ISSO DE ” ESQUECVER DE FAZER APOSTAS” – ENGRAÇADO DE ESQUECER DE RECEBER NUNCA ESQUECEM NÃO É !!! E O PIOR QUE ISSO ATRAVES DE CTG’S FORA DO ESTADO DO RS, VÃO PASSANDOA PERNA TAMBÉM COMO NO PARANÁ, QUE JÁ TEM 10 ANOS DE UMA DIVIDA DE UM CTG COMIGO , ENTÃO NÃO ADIANTA APARCEER ALGUEM AQUI QUERER DEFENDER GAUCHO NÃO !!! QUE PAGUEM SEUS COMPROMISOS ANTES ;

  77. DROGA NO MORRO! Hoje os noticiarios trazem A VISITA DO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, à uma FAVELA, para fazer um documentario sobre DROGA. Segundo consta, esse documentario é de CARATER INDIVIDUAL, nada tendo a ver com o partido PSDB ou campanha politica; portanto EM PRINCIPIO “NÃO HAVERÁ PARTICIPAÇÃO” de SERRA ou AECIO NEVES e qualquer outro ligado a qualquer partido.

  78. Imagino quantas moças humildes por esse Brasil em fora que trabalham em Lotéricas, também ja tenham cometido esse tipo de falha, só que nada aconteceu pois não foram premiados. Minha solidariedade a Diane, pois todos podemos falhar, afinal somos humanos e ela apenas uma jovem que tem a vida pela frente.

  79. DROGA NO MORRO 2: Complementando, vale lembrar que ONTEM foram presos mais de 160 usuarios de craque no centro de São paulo, dos quais 100 foram ENCAMINHA HA UM CENTRO DE TRATAMENTO PUBLICO, mas logo foram LIBERADOS, por FALTA DE ATENDIMENTO.

  80. E AI RICARDO.
    NÃO VAI TECER NENHUM COMENTÁRIO SOBRE A MORTE DO DISSIDENTE POLITICO EM CUBA?
    PRA VOCÊ ESTÁ TUDO BEM???
    O RAUL CASTRO, CULPOU OS ESTADOS UNIDOS POR QUE? CUBA PRECISA DOS ESTADOS UNIDOS PARA ALGUMA COISA?
    QUE BLOQUEIO EXISTE EM CUBA, SE O MUNDO TODO RECEBE O CLÃ CASTRO?
    NÃO ESTA NA HORA DO POVO CUBANO DEIXAR DE SER CASTRADO?
    ABRAÇO.

  81. Não há dúvida, houve um erro humano no caso do bolão da loteria. Entretanto, penso que os apostadores devem receber o prêmio. Isto é, a CAIXA deve ser responsabilizada a efetuar o pagamento do prêmio. A responsabilidade no caso de duas circunstâncias: a) O “bolão” faz parte dos usos e costumes desde o lançamento da loteria estatal. Tal fato é sempre foi do conhecimento da entidade pública e, por isso, dizer que não são autorizados soa como esperteza para se eximir de qualquer responsabilidade. Por acaso, a CAIXA faz fiscalização nas casas lotéricas para coibir tal prática? Já puniu algum estabelecimento? b) As casa lotéricas são CORRESPONDENTES BANCÁRIOS, figura que existe juridicamente e inclusive é regulada pelo BACEN. Isso significa que embora exista um contrato regulando as atividades entre as lotéricas e a CAIXA, esses empreendimentos na verdade funcionam como se fossem a própria CAIXA, realizam não só a venda de aposta em jogos de loteria, mas atendem os clientes do estabelecimento financeiro estatal, fazendo operações de pagamento e recebimento. Portanto, ao final a CAIXA se beneficia do resultado do trabalho de seus correspondentes espalhados pelo Brasil, e por isso deve também responder solidariamente perante a terceiros, pelas falhas que esses correspondentes possam cometer no exercício da prestação dos serviços. A atitude dos administradores da estatal deveria ser de prudência no presente caso, inclusive retirando o valor do prêmio em discussão do acumulado, pois é certo que os participantes do bolão, vão demandar judicialmente em busca de seus direitos.

  82. Fato este que possibilita imaginar acontecer os memo nas demais lotéricas deste Brasil afora, se não foram sorteados os numeros ótimo, o dinheiro arrecado pelo bolão fica na casa(lotérica), se foram sorteados azar, vai dar no que deu, e acha-se um desculpa qualquer. Os pobres sonhadores dos milhões têm que continuar a sonharem. Tristeza desta nação que propaga a impunidade, principalmente pela mídia e por governantes (exemplos há de sobra – vide últimos acontecimentos na Central do Senhores Feudais) sem um pingo de integridade, respeito e honestidade.

  83. acho dificil de acreditar que realmente foi esquecimento, deveriam apurar se os outros boloes anteriores tambem foram deixados de jogar, se apenas recolheram o dinheiro acreditando que nao dar algun resultado

  84. Agora o estranho é que sempre a Mega-sena acumula, ninguém ganha…. E quando alguém ganha ninguém conhece (tirando a mega-sena da virada que foi uma grande jogada de marketing para incentivar a todos a jogarem mais ainda)… Temos políticos que já ganharam diversas vezes e alegam ter muita sorte… Eu me recusava a aceitar a hipótese de que os jogos são direcionados para dar os números que eles mesmo querem. Assim, acumulam e ganham uma bolada sozinhos…. Mas, agora parece que deram azar e os números não registrados seríam ganhadores… Será que ganhariam mesmo se o jogo fosse registrado? Ou novamente manipulariam o resultado para acumular mais? Como já continua acumulado…. Deveria sim é haver um boicote geral e ninguém mais apostar nessa farsa…. Eu pelo menos já faço a minha parte….

    1. Desculpe, mas vc é um idiota, pergunte aos milionarios que ganharam se é uma farsa. Os politicos não ganharam eles lavavam o dinheiro comprando os bilhetes premiados. So agora ha uma fiscalização maior por CPF para não haver essa lavagem. No mundo inteiro é assim, se houvesse farsa ja teriam descoberto e não é intenção do governo deixar de arrecadar milhões e milhões para os programas sociais deles.

    2. Então vai Edu… Continue jogando…. Quando você ganhar lembre-se de mim….. Para existe o laranja?… Eu empresto o meu Cpf para você não declarar nada… Depois só fico com um pequeno percentual da bolada….

  85. Coitada da moça ne?!!

    será que ela sempre é esquecida assim?!

    DUVIDO que a grana das apostas seria devolvida se n tivesse ganho o prêmio.

    Tem que investigar e PUNIR lotérica sem índole!

  86. Erro Humano, devemos deixar pra lá? Sabe o q acontece comigo aqui no trabalho se eu cometer um erro humano? É RUAAAAA

    Se este erro humano realmente aconteceu, em hipótese alguma livra de culpa a funcionária, a lotéria e a CEF da culpa, e os apostadores devem receber sim o prêmio.

    1. Erro humano da operadora da lotérica = responsabilidade da lotérica

    2. Venda de bolão, o q é proíbido (apesar da prática nas lotéricas) = responsabilidade da lotérica

    3. Estabelecimento credenciado e autorizado a vender produtos da CEF = responsabilidade da CEF

    4. venderam apostas que não tinham sido feitas e processadas eletrônicamente = responsabilidade da funcionária e do responsável pela lotérica

    Resumindo, culpados não faltam, o q não pode é ignorar e falar para as pessoas tentarem a sorte de novo. Na hora de vender e receber a grana, ninguém erra, percebem?

    Erro humano ou mecânico, são erros, e quem errou tem de assumir e ressarcir os prejudicados.
    Muito bonito pagar de tolerante e santinho, qdo não é um dos acertadores que teriam a vida resolvido pelo prêmio. Já não basta a farra política de impunidade e corrupção q temos em nosso país, agora não podemos nem contar com a sorte?

  87. Mas como ficam as pessoas que depositaram sua grana e sua fé? É simples dizer para elas que foi uma “falha Humana”. ? Errou tem que pagar pelo erro. Seje ela ou o dono da lotérica , que pra mim é o maior responsável. Pois pelo jeito ele não tem controle diário nenhum dos caixas.

    1. pois é né, será q neste erro humano mandaram o valor da aposta para a CEF? sim, pq imagino que haja um fechamento de caixa diário na lotérica, ou mandaram dinheiro a mais para a CEF ref. essa aposta, ou se mancaram e ficaram com a “sobra” de caixa

  88. Ao velho didato EXPLICA MAS NAO JUSTIFICA..ja pesou se isso vira moda…o juiz esquese de assinar a setenca de trafcante e ele e solto…o medico esquece de esteriizar os equipamentos de cirurgia e a paciente morre…erro humano pde ser …..putz no pais da maracutaia…e vamos tentar acreditar,,,,,mas a cef e responsavel direta sobre as lotericas…..agora vou mas longe,,e brrice pensar que isso ja au aconteca a muito tempo……

  89. É, realmente foi muito azar da moça. E aí vem os advogados para aparecer, querendo cobrar da C.E.F., se for assim, acho que devemos processar o Banco Central e todos os bancos quando recebemos um cheque sem fundos. Eles autorizaram uma pessoa a emitir um cheque, uma ordem de pagamento, se não tiver fudos, azar o seu.Eles deveriam ser cooresponsáveis, deveriam garantir a autorização dada a outros.

    1. Opá, peraí….o exemplo não condiz com o caso.

      Podemos imaginar o seguinte: Vc vai no seu banco e é atendido por um gerente qquer, pois vc não está na sua agência, ele lhe vende um seguro e lhe dá uma “apólice”, qdo vc por algum motivo precisa receber o seguro e nisso descobre q a apólice não foi lançada no sistema, o q tu faz? tu lamenta e faz outra apólice a contar daquele dia ou vc vai cobrar o banco por isso?

      Outro exemplo, vc vai em caixa eletrônico do banco, e saca dinheiro, porém vieram notas falsas, mas o débito em sua conta foi lançado, vc lamenta e deixa pra lá, ou vc vai cobrar do seu banco por isso?

      Dê exemplos coerentes com a situação amigo, clientes dos bancos são clientes e não representantes. Lotéricas são representantes da CEF e não clientes consumidores,

  90. NO BRASIL É ASSIM, TODO MUNDO É CULPADO ATÉ QUE PROVE O CONTRARIO? Que todo mundo é esse? Pelo que vimos A MAIORIA, ou “TODO MUNDO” como queira, NESSE CASO SÃO OS APOSTADORES, QUE “SÃO A MAIORIA REIVINDICANDO SEUS DIREITOS”, E “OS RÉUS” NESSE CASO “OS CRIMINOSOS” (mesmo que venha ser provado que foi falha humana ‘FATALIDADE, SEM MÁ INTENÇÃO’), são o “DONO DA LOTERICA” QUE NÃO CONFERIU, O “SERVIÇO EXTRA PRESTADO PELA FUNCIONARIA”, visto que ERA ELE O “QUE ORGANIZAVA OS BOLÕES”, portanto responsavel DIRETO, REPRESENTANTE DOS APOSTADORES, que a ele confiaram tais apostas; e a moça que ‘NÃO REGISTROU O JOGO”. Agora tem que parar com está BOBAGEM DE “DIZER QUE VAI ENTRAR COM AÇÃO PARA BLOQUEAR O PREMIO”; pois A PRATICA DE “BLOQUEIO”, só VALE PARA PATRIMONIO, ou seja, o PATRIMONIO DA CAIXA ACHO QUE “AINDA É MAIOR DO QUE OS ‘MISEROS’ 61 MILHÕES”.

  91. Morte à Diane, ao dono da lótérica e aos responsáveis da CEF que e/ou se decidirem por não pagarem o prêmio! As lotéricas são representantes da CEF e esta deve ter responsabilidade por eventos dessa natureza! Mas, num país de carolas que praticam a humildade debilóide fabricada pela bondade velada na covardia… pobre da moça e continuem jogando! Queria ver se fosse contigo ô cara pálida!

  92. A vida é muito cruel com os que erram. O esquecimento cometido por essa moça, até que provem o contrário, foi de uma crueldade ímpar, visto que ao se esquecer de fazer o jogo, prejudicou não só os vários apostadores do bolão, como o seu próprio pai.
    Tratando o tema “erro”, lembro-me que minha irmã trabalhou por 19 anos em um banco famoso do país. E como em qualquer instituição, os subordinados devem obediência aos seus superiores, sob pena de serem demitidos se assim não o fizerem. Mas como se sabe, nem sempre o que os patrões determinam que se faça é o que está previsto nas normas internas, ditas como corretas. Mesmo assim, ela fazia tudo o que os seus chefes mandavam.
    Grávida de seis meses, um dia, chegou em casa em um estado lastimável, contando que houve uma auditoria e que a mesma pediu para que ela assinasse um termo de que praticara algo errado. Disseram-lhe também que isso não a prejudicaria.
    Ingênua por demais e fortemente pressionada, foi levada a uma sala isolada, onde acabou acatando o que foi proposto (imposto) por um auditor. Claro que, no dia seguinte, ela foi mandada embora por justa causa.
    Ainda hoje, com muita tristeza, digo-lhes que a causa pode ter sido justa na concepção dos que tem a função de proteger a qualquer preço a instituição e os seus superiores, mas certamente, essa não se aplica a minha irmã, que após esse acontecimento ficou gravemente enferma e sem condições mínimas de honrar as dívidas anteriormente assumidas e prover com o mínimo necessário o filho que estava para nascer.
    Diante do ocorrido com a moça da lotérica e a minha irmã, pergunto: A justiça existe? Talvez sim, mas ainda não a vi acontecer por parte dos homens, embora acredite na Divina, essa sim cedo ou tarde, ainda verei prevalecer!

  93. herrar é umano!
    O maior problema é persistir no erro. Temos que corrigi-lo.
    Portanto, se eu sou de menor meus pais respondem por mim. A lotérica é tutelada pela caixa, o comprovante da lotérica estão com os apostadores, más não foi registrado.
    Sem duvida a caixa tem que pagar.

  94. Toda empresa sempre tem lucros e prejuisos porem a Caxa Economica até hoje so teve lucros com as loterias no caso se pagasse esta conta este prejuiso seria imperseptivel uma vez que corresponderia ao lucro que sempre teve em apenas uma semana se assim fizesse a confiança do apostador seria muito mior.Depois divulgaria regras mais claras acabando com possiveis erros nas apostas contudo isto só não é possivel porque quem tem muito sempre quer tudo.

  95. OUTRA COISA QUE VALE LEMBRAR É QUE, mesmo que os apostadores NÃO TENHAM COMPROVANTES ASSINADOS QUE IDENTIFIQUEM O DONO DA LOTERICA COMO “RESPONSAVEL PELAS APOSTAS”; a confissão feita por ele de que ‘FOI ERRO DA MENINA”, ja o põe como “RESPONSAVEL”, ao contrario da CAIXA que “SÓ SE RESPONSABILIZA MEDIANTE AO COMPROVANTE DA APOSTA”.

  96. Dou voto de confiança a moça da Lotérica, pois se o próprio pai jogou, porque ela agiria de má fé, não registrando o jogo?

    Quanto ao dono da Lotérica me abstenho de julgar. Pode ser ou pode não ser… ele deu ordens aos funcionários no sentido de não registrar as apostas?

    Quem sabe?

    Para encerrar, numa análise mais ampla, num sentido universal, acredito que seja o destino, o karma… efetivamente este pessoal precisava passar por este sofrimento.

  97. O artigo é até simplório. Os jogadores não podem ser punidos porque a “moça” esquecer de registrar os jogos. Ora, a responsabilidade da CEF é objetiva.
    Caberia a esta a fiscalização das lotéricas, inclusive para impedir a venda de bolões. Comprovado o erro da lotérica, que a sua concessão seja cassada.
    O que não se pode admitir é que os jogadores sejam penalizados por erro que não deram causa.

  98. Erro humano existe SIM. Quem ñ errou algum dia??? Até mesmo ontem saiu no jornal q por briga de médicos deixaram uma criança morrer no parto. Claro, ficaram batendo boca e esqueceram da criança alí nascendo. Isso sim é um erro GRAVÍSSIMO, foi morte!!! Gente, dinheiro se consegue, a VIDA ñ se consegue mais!

  99. Interessante o “caso” dessa moça……..
    Primeiro: Ao se fechar o caixa, não houve sobra de dinheiro, referente aos jogos “não apostados”???
    Segundo: Porquê esse vídeo só foi trazido a público na quinta-feira, se o ocorrido se deu no sábado? Será que esse vídeo não é uma farsa?? É possivel determinar com exatidão quando ele foi realizado ??
    Terceiro: Porquê o dono da lotérica não aparecia (e nem sei se apareceu), nem para dar explicações???

    Na minha opinião, ele “bancava o jogo”. Ou seja, NÃO APOSTAVA os bolões que lá eram jogados.

    Se dava alguma quadra ou quina, ELE BANCAVA DO PRÓPRIO BOLSO.
    Levando-se em consideração a probabilidade estatística de ganhos, mesmo em caso de bolões, repito, ele BANCAVA O jogo e não jogava os bolões.

    Será que por acaso ele tem cópias dos outros bolões que nunca foram sorteados, ou seja, o bilhete que comprova as apostas?

    Sem contar que outros jogos não foram jogados…. Que jogos foram esses?? Quem eram os jogadores?? Pois esse dinheiro também ficou para a lotérica .

    Mas acho que o nobre autor do blog estava sem assunto, talvez tenha sido isso…

    Ou acredita que o Arruda é inocente.

  100. quado estiverem vendendo as parcelas do bolao este ja devera estar registrado, caso contrario entendo ser CALOTE, da casa de aposta com anuencia dos funcionarios.

  101. Um fato no minímo curioso para se entender, pois ninguém esquece de ganhar dinheiro. Acho que a palavra esquecimento não cabe a situação que aconteceu essa semana. Apostadores voltam para casa com a “fezinha” feita pensando em mudar de vida e de repente quando isso acontece nada vai mudar??? Não acredito em esquecimento para esse fato. Não é de hoje que muitas pessoas colocam em dúvida a segurança das lotéricas com relação aos jogos da caixa.
    Não posso, nem devemos julgar essa funcionária, mas muita coisa sobre esse assunto ainda vai aparecer, basta aguardar.

  102. Erro humano tambem derruba avião com 200 pax, mata a moça na mesa da lipo, solta bandidos para assaltar as Lotericas, e assim vai.
    As pessoas antes de emitir uma opinião a respeito deste fato, deveria se informar antes, o que é o trabalho de uma Lotérica.
    Trabalho de Lotérica, é trabalho sério.
    0rfi.

  103. Se querem combater este erro da lotérica, da menina e da CEF, basta todos pararem de jogar, assim como parar de votar combateria (anular o voto) a eleição desses políticos corruptos safados que provavelmente estão por traz dessa merda de loteria CEF, outra forma de protesto limpo também é pararmos de abastecer nos postos petrobrás que com certeza os preços dos combutíveis baixariam para um valor compatível com a renda do povo brasileiro.

  104. Trabalhar com responsabilidade é obrigação de todos na mais simples função que exercer,erro e esquecimento pode causar danos humanos e materiais,portanto concentração no trabalho é fundamental faz parte da rotina.

  105. Muito me admiro, como no fechamento do caixa ninguem ver que estava sobrando dinheiro? o lucro que as lótéricas obtem da caixa é uma miséria. cada centavo é controlado no fechamento do caixa. isso que será dificel explicar.

    1. é só dinheiro q não é teu, pois se fosse teu com certeza pensaria diferente.
      Compra um seguro e não receba por ele qdo precisar, daí lembre-se dessa sua frase: “não houveram mortes, é só dinheiro”

      Já bancamos os trouxas com relação aos políticos em nosso país, agora nem uma aposta podemos fazer e acreditar?

  106. Infelizmente o fato é que vale o que está escrito, igual jogo do bicho.
    Neste caso, nada foi escrito, isto é, não foi registrado na CEF. Logo, a CEF não tem que pagar nada a ninguém, pois, se um precedente é aberto, o que vai ter de gente fazendo jogo “não registrado” e depois cobrando o bolão….

    1. de gente fazendo jogo? não é o caso

      o caso é uma lotérica (estabelecimento oficial da CEF) vendeu um produto q não podia (bolão) e como não bastasse, um bolão inexistente.

  107. Bom primeiramente boa tarde, bom vivemos em um Pais Chamado Brasil, onde tudo da em pizza, principalmente em se tratando de politicos, sera que a populaçao nao cai em si e ve que a loteria no Brasil, como as demiais coisas é uma bela farsa um bom e conhecido estelionato, Amigos e outras pessoas que conheço me disseram que a loteria no nosso pais e manipulavel pessos essas influentes bom onde ha fumaça ha fogo , acho que esta na hora de nosso povo acordar para a realidade de Nosso Pais onde os crimes de colarinho branco nunca sao punidos e por essa razão acredito viementemente que a loteria é uma bela farsa, quem não se lembra daquele deputado alguns anos atraz que disse que havia ganho 60 vezes na loteria. Bem pessoal vamos acordar para a realidade nua e crua e deixar de ser alienados ao que acontece ao nosso redor. Meu a loteria e uma farsa.

    1. o deputado lavava dinheiro, ele não fazia apostas amigo, ele pegava o dinheiro sujo dele e comprava bilhetes premiados, pagava + por estes bilhetes e assim lavava o dinheiro sujo da corrupção, entende? Ou vc pensava q ele ía com o volante dele na lotérica e pronto, manipulavam pra ele ganhar, fala sério né.

      Se eu tenho 50 milhões em dinheiro sujo e vc tem um bilhete da loteria premiado no valor de 40 milhões, eu vou lá e compro de vc por 50 milhões, pronto, eu justifico meus 40 milhões limpinhos e vc q se vire para justificar os seus 50 q apareceram do nada….

  108. Ricardo, acho muito sensatos seus textos, mas acho que neste caso da lotérica a corrente arrebentou do lado mais fraco sintomaticamente. Não dá pra julgar ninguém, mas por que as lotéricas não dão para os apostadores uma cópia do bilhete autenticado? Assim, não haveria dúvidas…

  109. Descortina-se o esquema da roubalheira duas vezes por semana, isto é, quem garante que existe mesmo um ganhador-apostador? O sistema viciado após toda a jogatina, programa manipula o resultado e o dinheiro fica com a máfia federal. De vez em quando, para aumentar ainda mais o bolo, manipulam para acumular e insuflar mais a ambição dos apostadores que nunca ganham.

  110. é uma tremenda armação. as câmares das lotéricas são desligadas quando sai o ultimo funcionário..Porque estaria ligada às 21:00 horas depois do sorteio? E porque essa empregada teria consigo a chave da lotérica? E se tivesse a chave, estando em dúvida como estava por não ter registrado o jogo, porque então não desligou a câmera? (se sabia que continuava ligada?) Pura armação. levou uma boa grana do dono da lotérica pra “assumir a culpa” daquilo que todos sabem: os donos das lotéricas simplesmente embolsam a grana dos tolos dos bolões, seguros que estão do resultado a seu favor em razão da probabilidade de um para cinquenta milhões a favor do estelionatário… Mas as vezes dá zebra e acerta o um em cinquenta milhoes….entendeu o golpe????

  111. Né por nada não, mas quem garante que isso não foi jogada deles? Que após o sorteio e constatado o não registro do bolão não armaram toda uma farsa. Era muito simples…só dar nas mãos da funcionária um dos papéis do bolão não registrado.
    Outra coisa, o desespero dela tb pode provar é uma coisa tipo. Meu Deus… logo o bolão que não registramos, seja lá porque motivo…foi o sorteado. E agora?
    Seja oque for, ma-fé, ou fatalidade, os jogadores – Vítimas, Não podem pagar pelo erro da lotérica.
    Eles merecem o prêmio ou acordo muito bom, oque não dá é para aceitar que eles sejam punidos – continuar pobres qdo poderiam estar milionários, e os causadores de tudo ficarem numa boa por causa de fatalidade.

    1. Concordo plenamente com a Milena e discordo totalmente com o Ricardo.
      Todos os dias nos somos vitimas de propaganda da caixa p vender seus produtos,etc.A gente só não vê a caixa alertar que os bolões são proibidos.Eu acho sim que a caixa deve pagar ou fazer acordo com os apostadores do bolão uma vêz que todos somos vitimas de possíveis enganadores e não alertados pela caixa.
      Qtas vezes o sr leu ou ouviu a caixa se pronunciar na imprensa que os bolões são proibidos?

  112. Seria o fim do mundo a CEF ter que arcar com todas as apostas piratas que são feitas nas lotéricas! A responsabilidade solidária, mesmo se existisse neste caso não iria tão longe assim. A lotérica terá de pagar algum tipo de ressarcimento para os apostadores.

    1. Caro Fernando, “responsabilidade solidaria” e’ apenas eufemismo para o aspecto legal do problema.
      Nao obstante tenha sido falha humana, ou nao, a Caixa Economica Federal (leia-se: a dona e responsavel pelo jogo de loteria no Brasil) e’, sim, queira ou nao admitir, responsavel pelos seus prepostos e pelo trabalho deles. E’ ela que responde legalmente pela pratica.
      Ainda que os apostadores nao estivessem com o bilhete-comprovante oficial da aposta, eles fizeram o jogo; porque esta pratica de bolao sempre foi normalmente exercida pelo Pais afora – conforme inclusive atesta o proprio texto de Ricardo Kotscho – e a Caixa nao pode negar que o tolerava.
      Entretanto, ainda que haja aspecto legal garantindo direito ao premio pelos participantes do “bolao”, e’ do saber de nos todos que nao existe Justica razoavel no Brasil; ela atende a circunstancias e interesses apenas. Por isso, apenas, eu tambem nao sei se os ganhadores serao contemplados com o premio ganho de boa-fe’.
      Mas penso assim: houve falha humana? Azar da Caixa! Ela sabia da pratica dos boloes e dos riscos. Aprenda a ser mais cuidadosa de seu negocio.
      E olhe que eu nunca participei de um bolao desses!

  113. AS MARACUTAIAS DO NOSSO BRASIL VARONIL, QUANDO VC JOGA NA MEGA AS SUAS CHANCES SÃO DE 1 EM 52 MILHOES , MAS QUANDO O DONO DA LOTERICA BANCA O BOLÃO A CHANCE SEM REVERTE A FAVOR DELE , É SO PENSAR UM POKO E VER QUE MILHARES DE BOLOES FICAM NAS CAIXAS DAS LOTERICAS.
    ALEM DISSO EXPERIMENTE SE CANDITADAR A PROPRIETARIO DE LOTERICA QUANDO ABRIR LICITAÇÃO, AQUI NA MINHA CIDADE EU ME INSCRIVI , OFERECI 4 X MAIS QUE O GANHADOR DA CONCESSÃO QUE FOI POR ACASO UM CIDADÃO DE UMA OUTRA CIDADE BEM LONGE.

  114. Na minha opinião tendo havido falha humana ou não, a responsabilidade é da CEF que credencia e não fiscaliza esse tipo de irregularidade que até criança de Jardim de Infância sabe o que é bolão e nós os otários que jogam entram de cabeça nas apostas que prometem maior probalidade de ganhar com mais dezenas, etc e tal…

  115. essa mega sena é uma farsa , não foi divulgado pela imprensa esse jogo de azar dito e denunciado que estava sendo manipulado dando os numeros que eles queriam, estava envolvido auditor e muitos outros, todos nos deveriamos fazer um boicote e não jogar dando um prejuizo também na caixa que tambem é a grande responsavel por essa vergonha.

  116. Ricardo, esta semana, por ter sido mal atendido por uma concessionária da Renault, em Santos, pareceu-me natural ligar para reclamar com a instituição que me pareceu ser a responsável por essa concessionária, ou seja, a própria Renault, afinal, foi ela quem selecionou e deu a concessão para a empresa de Santos. Também não resolveu. Como eu, logicamente, não participei da escolha dessa empresa para ser concessionária Renault, logo, o aval é só da fabricante. Por extensão, no caso da loteria, eu não tenho qualquer dúvida de que a responsável maior é a Caixa Econômica Federal, pois foi ela que deu concessão para essa casa lotérica e que acreditou que o proprietário seria capaz de, entre outros procedimentos, selecionar funcionários responsáveis e treiná-los bem, além do que, duvido que a direção da loteria da Caixa ignorava a existência desses bolões. Fica muito fácil, agora, culpar os mais fracos (funcionária) e dar o calote nos cidadãos de sempre (nesta situação aparecendo como apostadores). Fiquei admirado quando a Caixa, sorrateiramente, considerou o valor sorteado, como acumulado, somando-o com o valor do sorteio seguinte, dando um inequívoco sinal de que, para ela, nada houvera de anormal. Bem, todos sabemos qual será o fim dessa história. Já o conhecemos, com outros enredos. É revoltante!

  117. Acho somente a funcionaria uma irresponsavel não existe essa de esquecer e se ao inves de uma caixa ela fosse médica ela esqueceria da cirurgia e paciente morreria… Quer dizer falha humana e que se ” f ” todo mundo. Qto ao dono tem que ser penalizado sim por fazer jogos não permitidos pela CEF issso alem de ser 171 ainda é sonegação e crime contra economia popular… Agora os gdes otários são os clientes que compram e enriquecem o dono de forma ilicita… A CEF nao tem nada haver com isso pois sempre faz propaganda que a unica forma de receber é com o bilhete da CEF então ZÉ POVINHO fica só no sonho de se tornar milionario…

  118. Ao Sr kotsho,
    Não estamos falando de 53,00, estamos falando de 53.000.000,00 . Reparou na quantidade de zeros?

    Milhões de pessoas esperam por esse dia a vida inteira, a maioria morre sem ao menos passar perto de ganhar, muitos deixam até de comprar coisas para o seu sustento para manter a esperança de um dia virar milionário, aí esse dia chega e aí dá essa merda que deu e o conselho do senhor é deixar pra lá?

    Queria ver se fosse vc um dos ganhadores se a resenha seria a mesma.

    Eu também vi o vídeo e na minha opinião a funcionária teria a mesma reação tendo esquecido de fazer a aposta ou deixado de fazer….

    Que país é esse?

  119. Vamos no ponto chave do problema.

    A Casa Lotérica CARREGA o NOME CAIXA ECONONICA FEDERAL em sua BANDEIRA.

    Ou seja qualquer dano causado por esta a qualquer cidadão, deve se responsábilizar a CAIXA ECONOMICA .

    Na Verdade a Caixa deveria pagar o prêmio aos ganhadores que não tiveram os seus numeros lançados por erro de uma das agências que leva sua Bandeira.

    Agora como a caixa vai resolver o problema com a agência é outra questão.

    Erro humanos ocorrem, mas cada um tem que arcar com suas responsábilidades.

    Doa a quem doer.

  120. Sr.Kotscho quando o dono de qualquer estabelecimento passa um serviço para seu funcionario ele continua a responder pela conclusão do mesmo. e quem garante que o tal video não passou de um mero teatro, que portanto encobriria sim a pratica de estelionato.

  121. Sr. Kotscho me desculpe se lhe incluo nessa mas Mané é quem joga bolão! Sempre achei esquisito comprar um folha de papel em branco na esperança da lotérica honrar o “compromisso” de efetuar a jogada. Já nao basta a dúvida histórica que se tem da lisura dos sorteios da CEF ainda correr o risco de acreditar em um bolão, tem que sentar e chorar mesmo!

  122. Erro humano ou não, a lotérica TEM QUE responder pela funcionária dela. A funcionária representa a lotérica e, se errou em serviço, a responsabilidade é da LOTÉRICA.

  123. Todas essas grandes apostas saem sempre para cidades do interior e ninguém fica sabendo direito quem foi o sortudo. Para mim, isso é tudo armação, ganham em cima e arrajam algum coitado para usar de laranja.

  124. CONCORDO COM VC. FOI UM TREMENDO AZAR DOS APOSTADORES. PARECE QUE A MOÇA REALMENTE ESQUECEU DE REGISTRAR O JOGO, ATE PORQUE O PAI COMPROU. MAS DEVEMOS FICAR ALERTA QUE MUITAS LOJAS ‘BANCAM’ O BOLÃO!!!!!!

  125. A caixa, agora, deveria fazer uma campanha na midia dizendo que os bolôes sâo de inteira responsabilidade dos donos de lotericas e que nâo se responsabiliza por qualquer falha dos mesmos, e colocar avisos nas lotericas nâo se responsabilizando pelos bolôes, pois como sabemos todos ,muitos so vâo as lotericas por causa dos bolôes e se acabarem com os bolôes muitas pessoas deixarâo de jogar, pois ja fazem parte do cotidiano das pessoas jogar em bolôes, e nâo podemos condenar todas por um ato isolado de uma loterica, e talvez ate um erro da fucionaria, pois pense bem, nenhum dono de loterica seria louco de deixar de registrar os jogos pois é comum acertar quinas e quadras de valores elevados ,que eles nâo teria condiçôes de pagar caso nâo tivessem registrado os jogos, eu nunca ouvi falar de um caso semelhante, por isso digo que a caixa tem de rever seus conceitos para se expressar com as pessoas que jogam e nunca foram enganadas por lotericas e muito menos em bolôes, este acontecido foi um caso a parte, e no meu entender foi um erro humano, eu sou apenas uma pessoa que gosto de jogar em bolôes como milhoês de brasileiros, e tambem tem de se levar em conta o quanto a caixa esta deixando de arrecadar nesse momento de mega sena acumulada por puro capricho de seus dirigentes abastados que nâo exergam um palmo diante de seus narizes nesse momento de pensar antes de falar, sâo como politicos maus nâo estâo nem ai com os outros, pois nâo sâo eles os prejudicados, liberem os bolôes pois sâo legais e de responsabilidades dos donos de lotericas nâo existe nenhuma lei proibindo, é so autoritarismo de pessoas que se julgam acima da lei, e esta com o poder nas mâos para proibir uma coisa que ja é popular em todo o brasil

  126. Boa tarde Ricardo!
    Boa tarde amigos balaieiros!

    Achei um tempinho pra aparecer!

    Bem! Quanto a questão do “jogo”, eu acredito mais em resultados de trabalho. Muito raramente jogo. Só por uma questão de diversão mesmo.
    Fico tríste em saber que se ficasse milionário, deixaría de escrever Ricardo.
    Pensei que fizesse isso também por gostar.
    Ou talvez tenha feito apenas um comentário banal.

    Essa história ainda vai dar muito pano pra manga!

    Pode ser que a moça tenha participado de uma montagem que livraría a cara do dono do estabelecimento.
    Pode ser que tenha recebido para isso, ou tenha sofrído pressão como disse KRISTAL das 14;40.
    Muito ainda terá que ser investigado.

    Mas fico pensando de no caso de tudo ter sido mesmo um esquecimento. Um erro humano.
    Tenho duas filhas na faixa dos 18,20, e imagino em sendo comprovado o erro humano que nesse caso, diferente até dos próprios “erros humanos” médicos, em que vidas realmente se perdem, não serviria isso para que possamos refletir o quão absurdo estamos nos tornando.

    Ví duas notícias recentemente. Uma tratava sobre dois médicos que discutiram, e até brigaram na sala de cirurgía durante um trabalho de parto. Talvez essa briga tenha sido responsável pela morte do recém nascido.
    Um ser humano talvez tenha sido assassinado por descaso, ou negligência, em que primeiro se tratou um problema de “ego”, deixando sua tentatíva de EXISTIR em segundo plano.

    Depois essa notícia sobre a lotería, que parece exercer um fascínio maior em todos.

    Dinheiro…fortunas…soluções de todos os problemas?

    Talvez não haja mesmo muitas diferênças sobre nossos anseios, e desejos, se comparados em relação a alguns certos homens públicos.
    Ao menos o que nos difere de forma gritante, são os meios empregados.

    O mais perturbador eu vejo como pai, é o que irá acontecer na cabecinha dessa moça daqui pra frente.
    As cobranças que virão da sociedade, da comunidade, da justíça, e piór ATÉ DELA MESMA!

    Estamos falando de um erro humano, ou possível erro, mas que não causou prejuízos tão terríveis assim quanto aos muitos que causam perdas de vidas.
    Sei que é terrível quando as expectatívas são frustradas.
    Quando sonhos viram pesadêlos.
    Mas do que estamos falando aqui?
    De dinheiro. De muito dinheiro.
    Isso é que dá notícia. Isso é que move os corações.

    Enquanto um brasileiro deixou de nascer por conta muito provável da contenda de dois MÉDICOS, que importa o que se passa na alma dessa menina?
    Instituições agora entram em confronto. Advogados, juízes, empresários, e cidadãos.
    Todos os dedos irão apontar com mais COMODIDADE para essa infeliz.

    …e pronto! O erro já está justificado.

    É só esperar o tempo passar, enquanto mais e mais dinheiro é usado como “forração” em indumentárias excelentíssimamente mais privilegiadas.

    …assim parece a vida seguir…

    Robson de Oliveira nosbornar@ig.com.br

  127. Sou jogador da mega sena a nos, e já mais entreio nos boloões, gastei só o ano passado 6.600,00 isso mesmo que vocês estão lendo, o que aconteceu no rs foi uma fatalidade, falha humana, triste para aqueles que entrarão no bolão, eu já fis minha fesinha hoje, se eu acerta essas seis dezenas, tenho certeza que levo o premio, estou com os bilhetes, falei os porque são varios.

  128. A Lotérica é, OBVIAMENTE, uma extensão da CEF. Não estamos falando de uma quitanda que esqueceu de entregar os ovos e a farinha que a D. Maria comprou, caro blogueiro.
    É difícil acreditar numa “opinião” tão absurda vinda de alguém que (pelo menos supostamente) não seja um completo alienado ou analfabeto funcional. Se as lotéricas – concessionárias da CEF!! – vendem bolões que são, segundo a CEF, proibidos, de quem é a responsabilidade? Do apostador? Óbvio que não. Pior: Se a lotérica – CONCESSIONÁRIA DA CEF!!! -, seja lá por qual motivo, não registra a aposta pela qual os apostadores pagaram, ninguém tem culpa? Óbvio que tem!! E de quem é a responsabilidade? Da CEF, ÓBVIO!! Fosse essa latrina chamada Brasil um país sério e com pessoas menos estúpidas, a causa seria uma “barbada”. Mas, como aqui tudo pode, com o aval e a tolerância de quase todos, os pobre apostadores ficarão a ver navios.
    Caro Ricardo Kotscho, fique à vontade para censurar esse meu comentário/desabafo. Nisso, o sr. é bom.

  129. Já dizia um notável pensador francês há décadas: não existe problema grande, o que existe é um amontoado de problemas pequenos que somados dão a impressão de ser enormes. Nesse caso do bolão não jogado/surrupiado/enganado, houve exatamente isso. Quem programou o bolão o fez convicto de que estava correto.Com certeza alguém tinha sido encarregado de providenciar a transmissão das apostas e seja lá qual tenha sido a causa, isso deixou de ser feito. Agora querer processar a CEF pela falha é utopia. Existe um regulamento ao qual todos os lotéricos estão sujeitos. O erro foi da loja, agora nem em dez mil anos o proprietário conseguiria pagar tanta grana. Lamento pelos apostadores, mas querem ter mais chance ao apostar? Faça você mesmo vários volantes e você mesmo faça sua aposta. Comodismo costuma desaguar nesse tipo de surpresa.

  130. Não foi uma nem dez foram muito mais que isso que todos viram na televisão QUE OS NUMEROS SÃO MANIPULADOS a prova é ; porque acumula varias vezes só no fim do Ano é porque todos estão com o 13 na mão É UMA POUCA VERGONHA

  131. O bolão é um produto a mais que as casa lotéricas vendem e que proporciona sem dúvida nenhuma ,maior possibilidade de acertar um premio.Porém quem deve assumir o risco é o apostador que confia nas casas em que apostam.

  132. Sou de Minas, interior e se a CEF tiver que pagar um premio pra um bolao que nao foi registrado, tbm quero uma parte.Eu tbm tenho um jogo aqui comigo que nao foi registrado mas os numeros foram sorteados…sera que eu tbm vou receber?
    Fala serio!!!!!!!!! Alem de nao receberem o premio ( e ta certo de nao receberem ja que nao fizeram o jogo) ainda vao gastar com advogado.KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  133. É LAMENTAVEL!!!
    COMO PODE DORMIR MILHONARIO E ACORDAR TENDO Q BRIGAR NA LOTÉRICA…
    MUITA SORTE E AZAR AO MESMO TEMPO…
    AINDA BEM Q ESSA MINA Ñ É MEDICA…KKK

  134. Bolão!!!!!!!!!!!
    nunca mais!
    e se eu ganhar amanha vou embora deste pais
    vou para o ceara
    falar ceares e beber cerveja na praia
    bjos para o mariquinha do bbb

  135. Caro Kotscho e demais srs. e sras.
    Impossível aceitar que “erro humano” seja justificativa para o não cumprimento das leis.
    Responsabilidade solidária por ações de subsidiária é fato mais que líquido e certo.
    Desta maneira teremos sim um maior respeito como cidadãos.
    Pense em “erro humano” praticado por um pedreiro de uma certa construtora, que por “erro humano” esqueceu de inserir em uma coluna de sustentação o número correto de ferro, ou até mesmo tenha inserido material de inferior capacidade.
    Neste caso todos pedirão a cabeça do praticante do “erro humano”, bem como responsabilizarão diretamente a construtora.
    Não podem existir dois pesos ou duas medidas !
    Abraços

  136. Se um funcionário de uma empresa privada, responsável em pagar impostos do governo fazer uma maracutáia dentro da empresa, não recolher tais impostos e embolsar o dinheiro e depois de um ano os donos da empresa descobrirem que foram lesados pelo funcionário, a empresa vai ficar isenta de pagar os impostos para o governo? Com certeza o governo não vai nem querer ouvir o que aconteceu, vai cobrar com multa, juros e correção monetária, que por sinal são as maiores do mercado.
    A CEF era sabedora do bolão que acontece em toda casa lotérica abertamente, deveria prever que isso poderia acontecer e deveria constantemente soltar propaganda na mídia que isso era ilicito e não me lembro de ter visto alguma, deveria fiscalizar e em caso de reensidência caçar a concessão da mesma. Mais sabemos que essas concessões são direcionadas ou mal explicadas. Por isso que acho que o premio deveria ser pago a parte pela cef, porém o premio deveria ficar acumulado, problema é dela.
    Na verdade o bolão funciona como um jogo de bicho legalizado, já que as chances de ganhar são remotas. E no jogo do bicho pelo menos não tem maracutaia, já que não dá tempo do pessoal apurar os números que foram jogados pelos milhões de brasileiros, já que não são informatizados e o jogo termina as 13hs e as 14hs está sendo sorteado e um ponto qualquer.

  137. Ricardo, absolutamente surpreendente a sua frieza, com a infelicidade dos 40 gauchos. Infelicidade sim, pois cada um botaria no bolso, algo em torno de R$1.200.000,00. Nada mal, não é.
    A avaliação emocional que vc faz é correta: houve um erro. Errar é humano. Coitadinha da linda menina de N.Hamburgo. A outra avaliação. A apuração de responsabilidades é que pega.
    Vai ficar tudo por isso mesmo. A CEF não tem uma relação comercial com a lotérica. Ela, a CEF não tem responsabilidade nenhuma. Pior, a CEF vai deixar toda a carga negativa com a linda menina de N.Hamburgo, já que , pelo visto, seu patrão não está nem aí.
    Enfim, uma caso desse, que envolve dinheiro, credibilidade, segurança e o nome da União, não pode acabar assim. Algo tem que ser feito. Nós brasileiros já estamos acostumados a confiar desconfiando e invariavelmente, tomamos na testa.
    Será que vai acontecer de novo.
    Obs. desculpem a falta do ponto de interrogação, ele faz muita falta, mas não sei o que aconteceu com o meu teclado.

  138. É UM VERDADEIRO ABSURDO O QUE ACONTECE NESSE PAÍS, ESSE PESSOAL QUE “ACERTOU’ OS NÚMEROS DA MEGASENA ACUMULADA …NÃO DEVEM JAMAIS DESISTIR DO PRÊMIO E RECORRER ATÉ AO STJ OU A SUPEREMA CORTE SE FOR NESCESSÁRIO, A CAIXA ECÔNÔMICA TEM SIM CULPA NESSA HISTÓRIA E DEVE TAMBÉM RESPONDER NA JUSTIÇA,POIS A LOTÉRICA É UMA AGÊNCIA CREDENCIADA POR ELA, E NÃO VENHA COM ESSA QUE BOLÃO É PROIBIDO, ELE EXISTE DESDE QUE AS LOTERIAS EXISTEM , NINGUÉM É OBRIGADO A ADIVINHAR QUE ESSA MOÇA IRIA DEIXAR DE REGISTRAR OS TAIS NÚMEROS SORTEADOS, QUEREM SIM EMPURRAR PARA DEBAIXO DO TAPETE E SE ISSO REALMENTE ACONTECER, NAS PROPOGANDAS DO GOVERNO FEDERAL TAMBÉM DEVE MUDAR A FRASE PARA ESSA: BRASIL…UM PAÍS DE TOLOS!

  139. Ficar discutindo isto é besteira, se até quem pega dinheiro público, provando que através da própria imagem os cara vão provar que, o dinheiro é panetone. KAKAKKKKAA
    imaginem um simples a4 vão provar o que?
    Agora se fosse Eu tiraria até o figado do gerente da loteria /CEF.
    Mas o meu Eu ia te-lo, pois a CEF é sabe disso a muito tempo que essa maracutaia vem acontecendo. Povo daí vai em frente busca o que é de voces.

  140. Sou totalmente favoravel a pratica do bolões, e inclussive sempre os compro e recebo xerox do jogo após ser passado na máquina, onde contem todos os dados(número da aposta, hora , numero da máquina,numero do concurso etc e etc)conforme cartazes da CEF afixada nas lotericas.Portanto este lotérico está sendo honesto, entretanto voce comprar uma cota do bolão, sem efetuar o jogo(passar na máquina) realmente os gauchos foram mané.É notório, que o dono arrecadava o dinheiro antes de fazer a aposta.NÂO TEM CREDIBILIDADE.O BOLÃO EXISTE DESDE O INICIO DAS LOTERIAS(esportiva).

  141. Se foi má fé uo não não interessa , o que interessa é que a aposta não foi registrada na caixa economica.
    Se a caixa pagar essas pessoas logo logo tem neguinho fazendo os numeros no foto Shop e reclamando com a caixa. Como o sr disse fazer o que?
    Jogar de novo.

  142. Pois é meus queridos….
    Eu Já ganhei na Mega Sena uma vez… Fiz o que todo novo Rico faz.
    Comprei carro, barco, fazenda e o resto de bala…
    Hoje só me sobraram as balas…

    Malandro é Malandro, mané é mané…

  143. Veja bem Sr. Kotscho. Vivemos num país repleto de corrupção pelos políticos e instituições, o Sr. concorda???.
    Entretanto, as seis dezenas sorteadas, e uma entre MILHÕES DE COMBINAÇÕES, certo?. O Sr. não acha que essa história está MAL CONTADA???. JUSTAMENTE ESSA COMBINAÇÃO SORTEADA VEIO A TONA!. Entendo que os fatos são m. profundos e a POLÍCIA FEDERAL DEVERIA INVESTIGAR DETALHADAMENTE OS FATOS. Um abraço!.

  144. A Caixa sempre permitiu os bolões.
    Nunca vi placa de advertência de exclusão de responsabiidade.
    O apostador entrou na lotérica e jogou, deve sair de lá garantido pelo sistema.
    E se o sistema não garante, porque só paga aposta inserida no sistema, existe a responsabilidade pela culpa.
    Responsabilidade que no caso discutido é do Lotérico e da Caixa.
    Então, reparação do dano por culpa.
    Mesmo porque o nosso sistema jurídico prevê várias situações de culpa, inclusive a culpa por omissão, que quer me parecer é o caso da CEF, que não dá para dizer que não tenha nada a ver com o embróglio, notadamente frente ao nossos evoluído Código de Defesa do Consumidor.
    E se nós brasileiros somos uma sociedade evoluída, ou assim queremos ser, a CEF dentro de um sistema moderno, terá que pagar os apostadores.
    E não com o dinheiro de prêmios, mas sim, com dinheiro próprio.

  145. Vi a imagens, será que não foi combinado. o que ela estava fazendo na loterica este horário, sera que foi conferir o roubo mais uma vez estranho, mas é muito dificil alguém jogar ganhar e não levar, faz o seguinte pegue o dono da loteria e faça ele dar o movimento de cada dia para cada ganhador

  146. Caro Kotscho

    Vou te contar uma…

    O meu pai – Enio Barroso – era garçom, minha mãe costureira. Esse seu “ofício” foi aprendido no Hotel Cobra em Guaxupé-MG, sua cidade natal . Logo depois que se casou veio para São Paulo para trabalhar nesse seu “ofício”, onde eu e meu único irmão nascemos. Antes de ser garçom mas depois de ser engraxate, carregador, trabalhador da roça e inúmeras outras “funções” naquela cidade meu pai fez também ao mesmo tempo por lá o “Tiro de Guerra” – serviço militar obrigatório – Era conhecido como o “quinze”, número dado aos soldados pela ordem alfabética dos nomes. Em Minas Gerais, depois de “Josés”, o que mais tem são “Antonios” e “Beneditos”, daí que o Sr. Enio, mesmo em uma cidade pequena ficou sendo o 15 !!!
    Meu avô – pai dele – além de “chofer de praça” – como preferia ser chamado – era também caçador. Meu pai aprendeu desde cedo a lidar com armas. Mesmo assim e talvez por excesso de confiança, enquanto limpava uma “cartucheira” no Tiro de Guerra, perdeu o polegar da mão direita por um disparo acidental da tal arma. Jamais recebeu qualquer indenização do Exército Brasileiro pela amputação do dedo em pleno “serviço”. Talvez nem soubesse o que era isso. Do Exército trouxe para sempre entre os seus amigos o apelido de “15” e deixou por lá o seu dedo.
    Já em São Paulo o meu pai trabalhou muitos anos na extinta rede “Restaurante do Papai”. Foi naquele da Av. Ipiranga quase esquina com a São João ( ou o contrário, não me lembro ). O “forte” eram as gorjetas mas mesmo assim ainda para manter a família precisava trabalhar durante a noite e finais de semana fazendo “bico” em um famoso Buffet. Me lembro da minha mãe sempre alvejando e passando a ferro aquele seu paletó branco de garçom sempre impecável !!!
    No começo do ano 1970 era inaugurado pelo governador nomeado pela ditadura, Abreu Sodré, o Palácio dos Bandeirantes no Morumbi em São Paulo. Meu pai foi “escalado” por aquele Buffet contratado para o grande jantar de inauguração. ( em eventos como esse NUNCA haveria gorjetas, mas “tava” bom !!! ) Contava ele que lá estava TODO o poder constituído pela força da época. Os militares golpistas e todos os civis e servis puxa-sacos !!!
    Ao servir os “comensais” convidados, a esposa de um dos deputados presentes e da ARENA sentada bem ao lado do “governador” ( acho que era do Deputado Porfírio da Paz ) disse o seguinte
    – “Poderiam trocar o garçom ? esse aí não tem dedo !!! Me dá nojo !!!”
    Meu pai fez que não ouviu.

    (PAUSA)

    Kotscho, durante o 4°Congresso do PT, o nosso querido Vice Presidente do Povo José Alencar, fez um lindo e emocionante discurso citando o Fernando Sabino que dizia que “o mineiro não anda no escuro, não pisa no molhado, não estica conversa com gente estranha e só ARRISCA quando tem certeza !!!”

    (voltando)…

    Pois bem…O meu pai ao voltar a servir aquela senhora, “sem querer” derrubou a tijela de talharim ao molho sugo, na cabeça da dita cuja, “empastelando” os seus cabelos bem penteados até então e sujando todo aquele rico vestido azul claro e cheio de pedras !!! Pediu “mil desculpas” alegando que isso só aconteceu pela falta do dedo !!!
    Meu pai FICOU MARCADO E DESEMPREGADO !!! Nunca mais foi chamado pelo tal Buffet além de ter sido também mandado embora do “Restaurante do Papai” a “pedido de alguém” depois de tantos anos por lá trabalhados
    Foi um ano difícil. Ele ía todos os dias até o Sindicato dos garçons no Largo do Paissandú tentando arrumar algum trabalho mas era inútil. Chamavam os “pretendentes” a algum “bico” ali do lado de fora do predio do sindicato, MENOS ELE !!! Como garçom estava impossível, uma ou outra vez o chamavam para ajudar nas cozinhas. Saía sempre de casa com o dinheiro contado da condução para a ida e a volta pra casa no Bairro de Santa Terezinha, a 15 Km do centro !!!.
    Eu e meu irmão em Abril de 1971 fomos surpreendidos pelo meu pai de que iríamos “passar as férias” em meio ao já começado ano letivo na casa do unico irmão dele em Americana. O meu pai nunca contou para o meu Tio Olívio das suas necessidades. Nunca pediu ajuda para ninguém !!! Dessa vez não tinha jeito. Resolveu que eu e meu irmão não iriamos passar fome !!! Ele e minha mãe poderiam até morres disso, NAS OS FILHOS NÃO !!! E eu só fui saber disso bem depois. Lá em Americana era só alegria !!!

    PORQUE CONTO ESSA HISTÓRIA ? Agora vejam só:
    Num desse dias, meu pai tinha até uns trocados a mais ali no ponto do ônibus elétrico na Av. Cásper Líbero quando ouviu um ceguinho vendendo bilhetes da loteria federal:
    -” Olha a borboleta…olha a borboleta… É O QUINZE…É O QU:INZE !!!”
    Ele pensou em comprar os dois unicos bilhetes na mão do cego, mas daí teria que voltar a pé para casa – fez isso muitas vezes – COMPROU UM !!! E voltou no onibus.
    DEU NO PRIMEIRO PREMIO DA LOTERIA FEDERAL !!!
    Eram 50.000 cruzeiros !!! Não sei quanto valeria hoje mas com ele comprou a sua primeira e unica casinha, um fusquinha da cor “café com leite” que quando chegou em Americana para nos buscar o meu tio Olívio já foi lascando:
    -“Que carro é esse ? Voce deu pra roubar ?”
    Daí ele contou do acontecido e o meu tio que já estava pensando em chama-lo para trabalhar com o seu comércio de “fiação para tecelagens” resolveram ali ficarem sócios !!!
    Meu pai aprendeu a nova empreitada rapidinho e foi dali até o fim da vida nesse comércio. Era um negócio de altos e baixos mas dava bem para se virar. Meu pai realizou também o seu maior sonho desde menino que era o de ser “patrão” de Folia de Reis em Guaxupé !!! ( patrão é o sujeito que banca a festa que sempre ocorre no dia 6 de Janeiro ) Nunca faltou nenhum ano nas festas de “Reis” até que em 1983, voltando de uma, e numa época de “baixa” nos seus negócios sofreu um AVC, e morreu um mes depois em consequencia de pneumonia adquirida no hospital aos 48 ANOS !!!
    Nessa época em que meu pai faleceu eu já morava em Porto Alegre onde fui trabalhar depois de formado no Polo Petroquímico de Triunfo-RS. Meu irmão é economista e já era gerente do extinto Banco Nacional.
    NUNCA O MEU PAI NOS DEU UM TOSTÃO PARA CUSTEARMOS OS NOSSOS ESTUDOS !!! NEM PARA A CONDUÇÃO !!!
    Foi a melhor coisa que nos fez !!!
    Ele nos ensinava que a sorte não cai duas vezes no mesmo lugar e se quisessemos ser algo na vida, deveríamos saber o quanto custava !!! Deveríamos sempre agir como HOMENS e trabalharmos sempre de forma honrada e sem medir esforços e JAMAIS RECLAMAR !!!
    Tenho muitas saudades dele !!! Ele provou tanto a mim quanto ao meu irmão que A FRUTA NUNCA CAI LONGE DO PÉ !!!

    Kotscho
    Deus sabe o que faz !!!
    Se essas pessoas que jogaram no “bolão” e a moça da casa lotérica não ganharam dessa vez é porque talvez fosse melhor assim. Suas vidas a partir deste instante, com dinheiro ou sem dinheiro já estão marcadas para sempre basta extraírem desse fato alguma lição !!! Devem aprender algum tipo de lição talvez muito mais valiosa do que esse dinheiro !!!
    Quem vai saber se não Deus se não seria melhor assim ?
    É difícil quem um dia ganhou falar para quem não ganhou na loteria. No nosso caso, o premio da loteria veio na hora mais certa e precisa, e nem era tanto assim, era apenas o suficiente e na medida que Deus desejou. Mas se não viesse aquele pequeno premio como eu iria saber se hoje eu seria o que eu sou ?

    São as razões que a razão desconhece, a não ser Deus !!!
    Que sejam felizes e se for o caso de reivindicarem seus direitos na Justiça que o façam mas não queiram ter MAIS e nem MENOS do que aquilo que realmente precisam !!!
    O equilíbrio é o segredo divino da vida !!!

  147. Vender uma aposta que não existia? estelionato estranho…..

    Essa aposta ser sorteada? acaso estranho….

    SP com uma porcentagem enorme de apostas quase nunca ganha……estatisticamente estranho

    em suma…loteria é para bobos……
    bolões nunca são apostados…….
    e os numeros são manipulados
    ou a estatisica está errada…..

  148. A falha humana, in-casu, equivale a negligência; e o negligente, em prejudicando a outrem, comete ato ilícito. O prejuízo há que ser ressarcido pela Caixa e pela Lotérica, devedores solidários. Já a funcionária negligente é mero preposto, podendo ser objeto de ação regressiva.

  149. ¨O drama da moça e o azar da turma da Mega-Sena”

    ¨O drama de ORLANDO ZAPATA e o azar da turma de PRESOS POR CRIME DE CONSCIÊNCIA EM CUBA¨

    Como pode um jornalista tão premiado e festejado deixar passar.

  150. Ledo engano o seu de achar que é preciso má-fé ou estelionato para que haja responsabilidade da CEF, a mesma deveria fiscalizar as lotéricas e/ou proibir as apostas em conjunto, e fiscalizar para que a proibição esteja realmente sendo cumprida.
    Caso contrário, a mesma deverá ser responsabilizada pelas “falhas humanas” que acontencem em “suas” casas lotericas,,,
    Sem entrar no mérito se houve ou nao fraude é muito fácil dizer “jogar mais uma vez”, lamentável seu ponto de vista…

  151. Concordo com a materia , DINHEIRO DE MAIS PODE DAR PROBLEMA, por isso sou a favor de NÂO acumular o premio, se voce jogou tem que sair os numeros, sortear ate sair.
    Agora o pessoal que jogou, sorteou os numeros, não recebeu, tem que ter sim, um amparo da caixa,
    senão não podemos mais jogar, mem confiar.
    abraços

  152. A POLÍCIA FEDERAL TEM QUE FICAR M. ATENTOS DE QUEM VAI SER O GANHADOR DO CONCURSO QUE VAI PAGAR MAIS DE 60 MI. JURIDICAMENTE, RASTREAR ESSA PESSOA (S) E O DESTINO DESSE DINHEIRO.

  153. Acho que a Caixa Economica Federal , tambem faz vista grossa na fiscalização desses tipos de Bolões feitos pelas lotéricas ; pois essa semana entrei em uma dessas lojas e observei aos montes impressões feitas em graficas expostas nas vitrines . Esse tipo de aposta é feito há varios anos , será que esse é o primeiro caso de não repasse ? Se esse tipo de aposta não é aceito pela Caixa ; porque não foram coibidas anteriormente com severidade?

    1. Certíssimo Ronaldo. A Justíça tem que fazer a CEF para essas pessoas. Pois é a mesma que credencia as lotéricas de todo o Brasil. Sendo assim, ela é RESPONSAVEL SIM!!!.

  154. olha honestamente,acharia eu que o governo federal,deveria,tomar dor por tudo isto que esta acontecendo,apesar de que a caixa economica federal, e a avalista,de todas loteria,existe um contrato de responsabilidade, e escolhido a dedo quem vai ser responsavel pela loteria o governo federal que escolhe quem colocar, então e julgo culpado a caixa economica federal, e tem que assumir os erros e ressaciar os ganhadores, os ganhadores não tem culpa de mais uma vez ser roubado como nos somos todos os dias.

  155. AMO TANTO ESSE MEU PAÍS NATALINO ; MAS INFELIZMENTE É UM PAÍS QUE USA A DESCRIÇÃO ” PARA TODA REGRA EXISTE UMA EXCESSÃO ” ; PRINCIPALMENTE SE ESSA EXCESSÃO VIER ACOMPANHADA DE UM BOLO DE DINHEIRO .

  156. Diane…diane….acho que é o caso de deletar um cidadão com essa incapacidade…………vai ser leso assim lá na casa Kotscho……………cruiz credo

  157. Não vou reproduzir as bobagens escritas pelo Cleber dos Santos (11:56), mas vão aqui algumas poucas e boas:
    O senhor Cleber deveria respeitar mais as pessoas.
    Que história é esta de colocar a honestidade do Ricardo Kotscho sob suspeita.
    Não tenho procuração para defendê-lo, mas sei de sua idoneidade.
    O texto do senhor Cleber é tão absurdo que inicia colocando em suspeição o cartáter do jornalista e, no final, diz que ele defendeu a lotérica de graça.
    Mas respeito é o que pede Riucardo em seu texto e foi justamente o que este Cleber do Santos não deu.

  158. O Ricardo, tudo bem que foi falha humana, mas dormir rico e acordar pobre é F…., prefiro nem pensar se fosse comigo, por isso não jogo em bolão . Veja aquele caso de SC. que o patrão e o empregado faziam o jogo juntos, acertaram 26.000.000,00 e o sacana do patrão não pagou o rapaz, parece que foi pra justiça não sei com ficou.
    Será que se o jogo tivesse sido feito ele pagaria certinho a todos, visto que o cartão fica em poder dele. Vou preferir acreditar que sim.

  159. EU QUASE SEMPRE PARTICIPO DE BOLÃO DA MEGA, E POR DUAS VEZES QUE COMPREI EM LOTÉRICAS DIFERENTES , ME LIGARAM PARA AVISAR QUE HAVIA GANHO, UMA VEZ FOI 53,00 E OUTRA 975,00, NÃO ACREDITO EM MÁ FÉ DA LOTÉRICA, APENAS ACHO QUE OS RESPONSÁVEIS DEVERIAM CONFERIR TUDO ANTES DE ENCERRAR O HORÁRIO DAS APOSTAS.

  160. Jogo na Mega Sena tem 06 anos e os mesmos numeros. Nunca ganhei nada e tambem nunca comprei bolões, apesar de serem oferecidos insistentemente. A Caixa os proibiu mas acredito haver uma maneira de “legaliza-los”… Basta a loterica efetuar o jogo ou jogos e fornecer ao comprador do bolao uma copia do jogo registrado. Simples né…!!!

    Quanto aos 40 ex-milionarios cabe uma indenizacao. A Caixa deve arcar com isso.

    Abs…

  161. Sabe o que é sacanagem mesmo é apostar ganhar apenas uma parte do total que foi apostado serca de 30% e depois o leão vem abocanha mais 30% do que voce ganhou. EU não entendo quem fica com maior parte do bolo é governo e ainda vem rancar mais pouco ainda assim não da.

  162. Que azar do caramba, Kotscho! Essa é a única justificativa, só pode ser! Tanto para quem apostou, ganhou e não ganhou, quanto para o dono da lotérica. Fico pensando no que será pior: jogar e não ganhar, ou jogar, ganhar e não ter como comprovar? Eu acho que a segunda opção é 53 milhões de vezes pior. E eu já passei por quase isso. Posso contar a historinha?

    Na noite antes da minha mãe morrer, dia 19 de agosto de 2008, ela estava dormindo e eu me preparando para deitar. Aí, eu apaguei a luz do quarto e dei a volta na cama. Assim que eu deitei, ela começou a falar dormindo uma sequência de números. Ela não falava números inteiros, mas dizia assim: “zero três, dois seis, três dois…”, sabe? Juntando os números dava a exata sequência de seis dezenas, só que ela falou rápido e eu estava no escuro, ou seja, não consegui naotar nada, nem tinha como. Fiquei ali, sem saber o que pensar, e a acordei: “mãe, você acabou de falar um monte de números!”, ao que ela respondeu exaltada: “e você não anotou, menina?”. Puxa, fui dormir com aquilo na cabeça. Na outra noite, nesse mesmo horário, minha mãe morreu em um suspiro, coisa de minutos mesmo. Passados alguns dias, eu ali em casa sozinha, pensando em tudo o que tinha acontecido naquela semana terrível, lembrei desses números. Fui na hora jogar os números que conseguia lembrar. Eu lembrava mais ou menos, não tinha muita certeza, sabe? Joguei conforme reproduzia a cena na minha cabeça… Pois Kotscho, quando fui conferir o jogo nosábado, acertei 3 números, e assim que bati o olho nos outros que errei, lembrei na hora dela falando a sequência isoladamente. Ela tinha me dito todos os números da mega, que por sinal, acumulou naquele sorteio. Era pra eu ter ganho sozinha 8 milhões.
    Ai… eu nunca mais vou esquecer disso, não mesmo! Agora fico pedindo pra ela vi me cochichar os números em sonhos, quem sabe, né?

    Beijinhos

  163. É verdade. Falhas humanas acontecem a todo momento.
    Nunca acreditei em bolão de lotérica. Talvez a probabilidade aumente em um bolão, mas prefiro apostar sozinho.
    Já pensou tirar a sorte grande, com um prêmio não tão grande assim e ter que dividir com 50, 100 pessoas?
    Tirar a sorte grande acontece só uma vez na vida e se forem muitos ganhadores o valor do rateio vai ser bem menor e ainda terei que dividir esse valor menor entre essas 50 ou 100 pessoas do bolão.
    Só espero que essa moça não tenha que pagar nada pelo erro. Apostar na loteria seja ela qual for serve apenas pra provar que todos temos esperança de viver melhor. e o legal é a diversão e a expectativa do sorteio.
    Pra essa semana eu já apostei. Boa sorte a todos!

  164. A polícia deveria seguir uma linha de investigação no propósito de averiguar se trata-se de um esquema formado pelo grupo dos sorteados, pois há a hipótese de que aquele grupo possa ter se reunido e combinado que todos compareceriam e comprariam um bolão qualquer naquela semana e que o mesmo não seria registrado e após o sorteio eles iriam a gráfica e imprimiriam os papéis do bolão com o resultado correto e fingiriam ter acertado as seis dezenas, para dar maior credibilidade a situação, a casa lotérica, deixaria de registrar alguns bolões. A polícia deveria solicitar a justiça a quebra do sigilo telefônico de todos os participantes do tal bolão, verificar se eles possuem algum tipo de laço, caso realmente seja um esquema, com os operadores do mesmo, ou seja, os funcionários da lotérica, se os mesmo participaram de algum tipo de evento (reunião) nos últimos meses, ir até a gráfica e verificar no computador onde foi feito “a arte” (documento normalmente feito em autocad para impressão) do tal bolão a data e hora que o mesmo foi feito etc. após verificar tudo isso enviar ao MP o relatório de suas conclusões sobre a ocorrência de um crime ou a não ocorrência do mesmo. somente assim caso o crime não tenha ocorrido espero que a justiça dê ganho de causa aos apostadores pois se a caixa economica que possui autorização do governo federal delegou tal autorização para as casas lotéricas e estas não prestam um serviço decente, a culpa não é da população ou destes apostadores e sim da CEF pois ela deverá arcar com as consequências de suas lotéricas assim como um pai arca com as atitudes dos filhos menores ou as empresas com as de seus empregados o governo do estado com a de seus policiais etc

  165. Realmente coincidiu de forma negativa. Os números não computados, o grande número de pessoas envolvidas, os milhões de reais envolvidos. Mas não se trata de um fato isolado, pois as vezes esquecemos de fazer a famosa fézinha, ou mudamos os números que as vezes jogamos, e quando deparamos com o resultado dá até uma dor de cabeça e um friozinho na espinha quando coincide os números com os quais jogávamos, e não repetimos.
    Parabéns Kotsho! pelas cronicas que lembram nosso cotidiano.

  166. Quem joga em bolão de loteria delega a uma pessoa a realização deste jogo, assim como a guarda do mesmo, pois em caso de ganhar o cartão pode sumir.
    Então o problema é deles e não da Caixa, resolvam entre eles, a policia cab e descobrir se esquema não era antigo ou se o grupo organizou o falso jogo para entrar na justiça.

  167. SEMPRE JOGO NOS JOGOS OFICIAIS DA CAIXA, MAIS SINCERAMENTE SEMPRE JOGO SOZINHO POIS ACREDITO NAQUELA QUE SE NUM BOLÃO TEM UM QUE NÃO ESTEJA COM MUITA SORTE A SORTE NÃO VEM PARA OS OUTROS, SENDO ASSIM PREFIRO JOGAR SOZINHO ESPERANDO GANHAR E NÃO PRECISA QUE SEJA MUITO, POIS MUITO DINHEIRO APARECE ASSIM MUITOS PROBLEMAS………………………

  168. Kotscho, me permita duvidar, cara……na minha ignorância, fico pensando….no caixa dela nao sobrou esse dinheiro ao final do dia, dos 3 bolões que ela não registrou? não tem controle nenhum de entrada de dinheiro? que ingerência, não?
    Acho muito suspeito, suspeitíssimo……..
    bjs

    1. Elizabete, você deve ser uma Contadora para ter tido esse raciocinio. É óbvio que o dono da lotérica embolsou esse dinheiro e deve fazer isso todos os dias, em várias modalidades de jogos. QUERO VER SE ELE SERA PRESO.

  169. Será que esse jogo tivesse sido registrado na Caixa ele teria sido sorteado? Achei muita mas muita coicidência
    justo esse bolão que não foi registrado ter os numeros sorteados. Milhões jogando e justo esse jogo que não
    entrou nos compudadores da Caixa foi premiado….
    Pensem bem, acho que tem maracutaia.

  170. Olha, falha humana por esquecimento ou distração é normal, mas o estranho é que se a moca recebeu o valor das apostas e o dinheiro estava no caixa, com certeza ele iria sobrar após todos os registros de recebimentos e a conferencia do mesmo no final do expediente…. O responsável ou ela mesma saberia que alguma coisa não havia sido registrada…. Por obrigação teria que achar o que não estava batendo. Então fica realmente a duvida da integridade do bolão, mesmo tendo sido flagrada chorando por seu erro, tambem acredito que somos capazes de atuar como atores de novelas…. Sei lá…. Depois desta acho que melhor é ninguem mais fazer bolão em loteria nenhuma e tentar a sorte sozinho, ou quem aguardar uma divina inspiração de casos relatados…

  171. Alguém que leia o comentário do Erwin pode dizer: está vendo muito CSI. Porém, ele tem razão. Deve ser investigada a possibilidade de um estratagema entre os envolvidos. E, caso não haja farsa a CEF deve ser responsabilizada pelo prejuízo causado por seu preposto. E, se a CAIXA for obrigada a pagar, quem pagará somos todos nós. Afinal, governo não produz nada. Só gasta!

  172. A caixa é responsável pelo que aconteceu. Quando vou a uma lotérica efetuar algum pagamento ou fazer algum jogo, tenho em mim a mesma confiança que deposito naquela instituição, por ser um agente da Caixa. Se não fosse assim, deveria então a Caixa alertar-nos antes sobre o perigo de se fazer esses bolões.

  173. SABEM PORQUE ESSE TEMA É MUITO COMPLEXO?
    – POR QUE UMA GRANDE PARTE DE APOSTADORES NOS JOGOS EFETUADOS PELA CEF SÃO TOTALMENTE INSEGUROS QUANTO A LISURA DOS SORTEIOS . TEVE ATÉ UM POLITICO ; CERTA VEZ , QUE GANHOU MAIS DE CEM VEZES NESSES JOGOS; NÃO LEMBRO O NOME DELE MAS SEI QUE É DA REGIÃO NORTE DO PAÍS.

    1. Isso é bem diferente do caso atual.
      O tal político e outros que desejavam lavar dinheiro, compravam bilhetes já premiados e ao receberem o premio, esse dinheiro ficava “lavado” e legalizado.
      Deve ter gente ainda fazendo isso mas não tem nada a ver com bolão.

  174. Em meados de 2002 eu joguei 6 numeros na mega sena, coisa que so fazia por acaso e, só jogava um jogo por vez. Só que naquele dia eu pensei muito e resolvi que seriam dois jogos com uma diferença de tres numeros, repetindo os tre primeiros. Foi ai que quando conferi o jogo, deu 3 num bilhete e 3 noutro!!!Naquela semana o premio foi de 46 milhoes, e o cara que ganhou, ganhou sozinho………..

  175. nossa isso é realmente triste já passei por uma tbm

    em 2003 estava gravida de seis ou sete meses do meu filho que hoje tem cinco anos ….toda terça feira eu fazia o pré natal e havia toda segunda feira o sorteio da lotofacil ,entao toda terça eu ia fazia o pré natal e perto do posto de saúde tinha uma lotérica onde eu conferia o meu jogo e em seguida repetia o mesmo jogo que eu fazia desde o concurso 1 da lotofacil e numa determinada terça meu marido não quiz parar para eu fazer meu jogo então fomos pra casa ns outra terça passei pela agencia e conferí meu jogo anterior tinha dado todos os 15 numeros…então fui ate o caixa já tremula e foiquando a menina me disse NÃO LÉIA ESSE CONCURSO É O 25 E O SEU JOGO É O 24 aí me lembrei que não tinha repetido o me jogo rsrs …e como vc disse continuo trabalhando na esperança de ganhar um joguinho kkkkk …abraços

  176. Vou ser rápido, não acredito que foi falha de funcionária nenhuma, aquele video, podia ser sobre preocupação de alguma outra coisa, e não do bolão, acredito que as lotéricas bancam os bolões, sabendo da quase nenhuma chance que se tem de acertar o jogo, acredite se quiser…..

  177. Eu tento enganar até a máquina do sorteio…peço as meninas da lotérica para a máquinha fazer prá mim o jogo….vai daí que ela se engana e marca os numeros que o computador central tá programado para sortear…….
    …………………………………………………E agora vai ter um monte de gente tentando.

  178. O dinheiro de qualquer jogo é um dinheiro amaldiçoado,se vier fácil…certamente irá fácil também.Por isso o maior prazer da vida é conquistar o pouco com (Deus) e se orgulhar e saber que o que vc conseguiu não irá mais perder.Sabendo-se que uma pessoa que não posui nenhum vicio,mesmo ela ganhando pouco,poderá conquistar muita coisa.Jogo é coisa ruim.

  179. Os apostadores e ganhadores do bolão da megasena não registrado pela atendente da lotérica, apesar desta (a atendente) ser responsável pelo deslise técnico, não tem como responder pelo ônus decorrente. Entretanto: a empresa lotérica é responsável pelo ônus decorrente e a CEF responderá subsidiariamente.

  180. Angela, você acertou em cheio, sou Contadora..rsss…pra mim, nao tem mistério nenhum, o dinheiro sobrou no caixa, alguém embolsou, mas teve muito “azar” . Má fé é palavra bonita pra eles, ladroes é a palavra certa. Cadeia pra eles…Abs

  181. Caro Ricardo,

    Eu acredito que quando alguém está predestinado a amealhar uma bolada como essa não ocorrem falhas humanas como no caso em pauta. Simplesmente essas pessoas não estavam predestinadas a isso. Não devemos nos esquecer que todos os bens materiais que possuimos não passam de “empréstimos” que Deus nos concede para ver que uso fazemos deles. Essas pessoas tinham que passar por essa grande frustração assim como essa infeliz funcionária da lotérica vai ficar marcada pelo resto da vida por essa falha. Lamentável de um lado, mas será que não teremos algum outro final feliz para essas pessoas hoje decepcionadas ? Claro que sim. O mundo sempre nos dá essas compensações Ricardo. Não ganhamos na Mega Sena mas temos filhos com saúde, disposição para o trabalho, amigos fantásticos, um País maravilhoso etc.etc.etc. Mas que seria ótimo uma bolada dessa, seria mesmo!!! Um abraço

  182. Tô nem ai. Proibido ou não hoje comprei duas cotas de um bolão aqui na lotérica do bairro. Ah, se ganho e não recebo. Vou até os confins do universo para ter o meu dinheiro. Para os que acreditam que não há solidariedade entre a caixa e a lotérica, basta lembrar que a lotérica é um posto avançado da CEF. Basta olhar para os símbolos da caixa na porta da lotérica e nos volantes, mesmo nas xerox dos bolões. Mas que sempre houve maracutia, não há o que discutir. Joga quem quer.

  183. É, foi muito azar…Humanos e suas falhas…Fazer o quê? Continuar apostando! Mais um ponto de vista: o dinheiro da loteria é o mais honesto que existe, pois os apostadores vão deliberadamente ajudar algum ou alguns sorturdos a melhorar a sua vida. Dinheiro honesto é aquele proveniente do trabalho onde a natureza é explorada ou outros seres humanos são explorados, aquele obtido com juros ou lucros exorbitantes, ou aquele onde de alguma forma há sonegação de impostos? Viva a megasena!!!

  184. Pode ser até que o dono DAQUELA lotérica não tenha tido má fé, mas que existem outros que a tem, isso existe. Só para firmar posição, em nenhuma das hipóteses os apostadores deveriam ser ressarcidos, não registrou dançou.

  185. Temo que seja uma farsa e longe de eu querer subjugar ninguém, mas a história da funcionária caracteriza álibi entre advogado do dono da lotérica o próprio e a tal funcionária. Houve tempo suficiente até aparecerem para apresentar suas versões. Sei lá, acho que a polícia vai seguir essa linha de investigação.

    Outra história:
    Me lembro que um cidadão foi um jogo e pediu para funcionária preencher o cartão para ele com os números que lhe fornecera – isso foi noticiado – a atendente na hora de preencher trocou um número e o cidadão ganhou. Neste caso, foi um erro que o cidadão não foi reclamar. Pudera né?

    Não li todos os comentário e não sei se isso já foi contado, se foi perdoe-me.

  186. eu acho que toda casa lotérica deveria ter um responsavel para conferir todo dia o serviço,se foi ou nao registrado, pois lidar com o dinheiro é algo de muita responsabilidade .
    nao vem agora colocar a culpa só na moça nao!

  187. Ao ler a frase ” Nunca me ligaram da loteria, pois, do contrário, não estaria mais aqui escrevendo… “, tive a certeza de que o que você escreve te aborrece ou incomoda. Dura é a tarefa de defender o indefensável. Namastê

  188. Kotscho,

    você mente muito.

    “Nunca me ligaram da loteria, pois, do contrário, não estaria mais aqui escrevendo…”

    Mesmo com todo o dinheiro do mundo você continuaria escrevendo aqui e na Brasileiros. Você gosta disso.

    Abraços

    1. Kakakakakkkkkkk……..Vc quer o q? Afinal, ele é jornalista, neh?…. Eu já acho, q ele pegaria a grana, toda e se mudaria pro Rio, Maravilhoso…. de vez. E viveria, feliz, pro resto da vida… sem ter de mentir. É isso…..risos

  189. Olha pessoal, muito bonito a solidariedade com a pobre incompetente da moça, com toda franqueza, se eu estivesse nesse bolão, o gerente e o dono da lotérica, já estariam comendo capim pela raiz antes do próximo concurso.

  190. Caro Ricardo!!!
    Espero que se um dia você ganhar na lotéria,que continue a comandar o seu maravilhoso blog,pois é uma referência de blog,para todos nós blogueiros do Brasil.Quanto ao que aconteceu da lotéria não registrar o jogo do bolão da mega sena,eu particularmente acredito que muitas lotéricas podem fazer esta malandragem de arrecadar dinheiro de bolões de jogadores e não efetuarem os jogos registrados,arriscando e sabendo que aquele jogo nunca vai ser sorteado,pela porcentagem difícil de acêrto,e foi assim que um dia o feitiço foi cair contra o feiticeiro.Se eu já desconfiava desta manobra nas lotéricas, agora é que eu nunca mais vou confiar em bolões ou lotéricas,,,

  191. jamais pare de escrever ok!?/
    referente ao não registro do bolão, acontece sempre, por falha humana.. acredite.. quem conhece a rotina de uma lotéria sabe bem que isso pode acontecer com frequencia, eo motivo é sempre o mesmo, falta de atenção

  192. Jornalista,
    Assim como vc milhares de brasileiros também apostam na sena, megassena etc com um leve sonho de se tornar milionário.
    Vc ainda conta com a colaboração de sua esposa para conferir os resultados – que é parte mais chata do jogo. Por conta disso não aposto…
    Muitos brasileiros também não conferem o jogo e volta e meia a CEF está informado que milhões de reeais deixaram de ser resgataddos porque os apostadores não conferem os resultados.
    Certa vez tive uma ideia e passei para um assessor de um parlamentar de Mato Grosso que gostou da mesma e iria fazer um projeto de lei…
    O projeto seria o seguinte: a Caixa seria obrigada no ato da aposta registrar o CPF (CIC, para alguns) do apostador e em caso de acerto, a própria Caixa teria como localizar o ganhador e acabariam com todas as suspeitas que pairam sobre os resultados (como apregoa o jornalista Hélio Fernandes em seu blog), além de evitar as lavagens de dinheiro como no caso daquele deputado baiano, João quualquer coisa, da CPI do Orçamento (lembra?).
    Tudo estava sendo encaminhado nesse sentido, eis que outros assessores do parlamentar ganhou um bolão entre eles e ‘mostrou’ o risco de divulgar através do CPF os ganhadores.
    Nós brasileiros queremos ficar ricos (pela loteria) mas continuar no anonimato. Não aceitamos o exemplo do EUA, que qualquer prêmio o ganhador é quase obrigado aparecer na TV com aqueles ‘checão’, que é até uma forma da receita federal (de lá) controlar os ganhadores.
    Por que estou contando tudo isso. Porque acredito que vc tem mais acesso às pessoas que de alguma forma podem fazer uma lei nesse sentido. Obrigar o registro de apostas com o CPF ou CNPJ (nos casos da lotéricas autoreizadas a fazer bolão).
    Atenciosamente,

    João Bosquo.
    Estou escrevendo através deste pois não sei o teu e-mail pessoal.

  193. Caro Ricardo, Deus é caprichoso e escreve sempre certo, até mesmo por linhas tortas. Quantos bolões são pagos, semanalmente, aos donos de lotéricas ? E quantos eles fazem, efetivamente ? Sacou ? Já paguei a eles vários bolões, é o máximo que me falam é o seguinte: ” não deu nada, mas quem sabe esta semana vai dar, faça mais um”.

  194. TODOS OS NUMEROS JOGADOS O COMPUTADOR ACHA NA HORA O RESULTADO, VCS ACHAM QUE ELES NAO ACHARIAM OS QUE NAO FORAM JOGADOS. KKKKKKKKK SÓ BURRUS JOGAM NA MEGA SENA

  195. O que mais me chateia é que todos estão c/ pena da caixa que supostamente “esqueceu de cadastrar o jogo”
    Gente tá na cara que essa moça estava acostumada a fazer isso e a muito tempo… Se a profissão dela é caixa, certo!!!
    Quando chegou no final do dia ela não tem que fechar o caixa, ver se está tudo batendo… se ela esqueceu de fazer o jogo, as pessoas que apostaram pagaram certo??? Não sobrou o dinheiro das apostas no caixa dela, ela tinha antes de ir embora, ver de onde éra aquele dinheiro que estava sobrando e verificar o erro e fazer a aposta…
    Se não sobrou é porque estava no bolso dela, nunca vi uma caixa que lida c/ o dinheiro o tempo todo ir embora e não ver que sobrou dinheiro no caixa… Isso não existe, pois a profissão dela é essa, ela não íria embora sem fechar o caixa e ver a diferença… (ela fazia isso sempre)
    E na minha opinião ela assina embaixo quando ela volta na lotérica!!! Ela enganou o próprio pai, na cabeça dela esse prêmio nunca ía sair é uma chance em um milhão… muito o azar dela…
    Não entendi, porque os jogos que ela esqueceu de fazer estavam separados dos outros em um saco plástico???
    Isso tem que ser investigado, abrir essa máquina registradora e procurar pessoas que estavam acostumadas a fazer bolão nessa lotérica e ver se éram cadastrados!!!
    Bolões antigos, simples vai matar a charada…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *