Acaba um janeiro trágico na cidade, no Brasil e no mundo

Acaba um janeiro trágico na cidade, no Brasil e no mundo

Os assuntos mais comentados pelos leitores durante a última semana

Balaio

Desacelera, Lula: 191

São Paulo, 456: 134

Um dia na vida de Zé Alencar: 104

Folha

Lula: 83

Educação: 63

Chuvas: 60

Veja (a revista não publica mais o número de comentários recebidos por matéria)

Catástrofe do Haiti

Claudio de Moura Castro

Tentativa de controle da sociedade

***

Ufa! Ainda bem que acabou… Que mês de janeiro mais trágico este de 2010 ! No momento em que escrevo, às 10 da manhã deste domingo, não chove em São Paulo, um solzinho até ameaça aparecer entre as nuvens, mas a previsão do tempo que leio nos jornais é de mais chuva hoje, amanhã, depois de amanhã. Até quando?

Vocês são testemunhas de que sempre procuro aqui no Balaio falar também de coisas boas, evitar o catastrofismo generalizado na imprensa e dar alguma esperança aos leitores a cada novo dia.

Está difícil. O ano começou com a tragédia de Angra dos Reis, que matou mais de 60 pessoas, a destruição da cidade histórica de São Luiz do Paraitinga, o terromoto do Haiti, com seus quase 200 mil mortos, e atravessou janeiro com as enchentes em São Paulo, que ainda não acabaram, e matam mais gente a cada dia.

Se você abre o jornal ou liga a televisão, é só notícia ruim, desgraça, milhares de famílias que perderam parentes e as casas onde moravam, cenas de destruição e dor por toda parte.

Aqui em São Paulo, nada indica que teremos uma trégua. Ao contrário, deve ficar ainda mais difícil circular pela cidade a partir de segunda-feira, com o reinício das aulas e a volta de quem estava de férias. Não é difícil imaginar o que vai acontecer com as Marginais, ainda em obras, quando todos os carros retornarem à cidade, ainda mais se continuar chovendo.

Nada, porém, se compara ao sofrimento das centenas de famílias que ainda vivem cercadas de água e esgoto na região do Jardim Pantanal, na zona leste, desde antes do Natal. Os que sobreviveram às enchentes nas periferias de São Paulo agora vão ter que reconstruir suas vidas, mais uma vez.

Não seria o caso de a sociedade civil e o poder público lançarem uma campanha tipo “SOS São Paulo”, um grande mutirão de de solidariedade, a exemplo do que foi feito em Angra, em São Luiz do Paraitinga e no Haiti? Sem querer comparar tragédias, o fato é que uma parcela cada vez maior da população de São Paulo está precisando de ajuda urgente, mas ninguém se toca, nem sabe como fazer.

Fica a sugestão. Com a palavra, sua excelência, o leitor.

Bom domingo para todos.

116 thoughts on “Acaba um janeiro trágico na cidade, no Brasil e no mundo

  1. Caro Kotscho,

    depois de dois meses de atraso e de muito sofrimento para as vítimas das enchentes, a Prefeitura de SP lançou a tal campanha SOS. Mas com apenas um detalhe: as doações só podem ser feitas em um posto da Defesa Civil no bairro do Pari e apenas de segunda a sexta-feira. Ou seja, nos fins de semana, qdo muita gente poderia colaborar, o posto simplesmente fica fechado.
    Enqto faltam humanismo e criatividade a esse poste do Serra chamado Kassab, sobra solidariedade a outras figuras anônimas da cidade, como o padre Ticâo, da Zona Leste.
    Ele tem liderado uma campanha de doações para as vítimas, e, ao contrário da Prefeitura, usou a imaginação e colocou todas as paróquias de SP para receber os donativas (detalhe: todos os dias da semana).

    1. O governo de SP não pode colocar os seus funcionários para trabalhar como escravo. Esses todos são gente e merece descansar depois de uma semana de trabalho terrível.

    2. O isso é injusto,

      Deves mporar em um loal nobre. A cidade está em estado de emergencia, o0 estado sei lá, existe uma necessidade de se fazer algo.
      Nesta hora, descanço só quando as coisas estiverem normalizadas. Sempre foi assim, em qualquer catastrofe,
      por que São Paulo é diferente?
      A policia fecha, os bombeiros deixam de funcionar nos fins de semana? Aqui, os bombeiros receberam as doações para o Sul. De segunda a segunda.
      Santa hipocrisia esta do Kassab!!!

  2. Ao invés de enviar dinheiro para países caídos,como por exemplo,para a Venezuela,o Lula devia mais é direcionar
    recursos para os que habitam as periferias de S.P.,que por sua vez,são conterrâneos DELE e,estão sem barracos e sem pontes para morar em baixo.Tem que se estabelecer
    áreas planas e afastadas dos riacho e córregos fedorentos
    e,aí construir com planejamento casas com tecnologia
    moderna de construção e saneamento,para humanizar
    os menos favorecido.Não se descarta a venda dessas
    habitações a preços módicos e longo prazo.
    Pois o o que traz meio digno de vida tem custos e os que
    são beneficiados tem que arcar com as contas.
    Chega de BOLSAS,o povo tem que ter trabalho remunerado
    e pagar seus impostos.Os que querem moleza,que voltem
    para suas origens!

    1. A responsabilidade direta pelo que está ocorrendo na zona leste é da prefeitura e do (des)governo de SP. Não adianta empurrar a culpa. Deveriam, Kassab e Serra, serem processados e condenados pelo seu descaso. Ao contrário do que muitos pensam, nestes bairros da zona leste as pessoas pagam seus impostos (água, esgoto, luz, IPTU,…). Portanto, deveriam mover ações judiciais contra estes (des)governantes.

      Sds
      W

    2. Cara, criticar é mto fácil… Falar mal, mais fácil, ainda… Primeiro, ajudar a quem precisa, enquanto for possível… é um dever Cristão. Aprendi, isso, qdo criança; em minha vida familiar… e, depois, na Escola, Faculdade, como profissional e cidadão. Outra coisa: vc precisa abrir seus olhos e ouvidos… Existem programas de desenvolvimento social e econômicos do Governo Federal, q, se vc for verificar, estão funcionando à pleno vapor em “outros cantos”, q não São Paulo, estado e capital. Falo, por exemplo, de Pernambuco, q tem utilizado e evoluído, em toda a extensão, da ajuda e amparos Federais. Acontece, q lá, foram apresentados idéias e planos… viáveis. O q eu imagino… imagino, é q não é o caso de São Paulo, no todo, fechado em si e, qdo usaram dos financiamentos Federais, deu no q deu, aê… uma inoperância, q o MP não consegue desvendar e nem a imprensa-maldita comenta… E vem vc, achar q o Governo Federal tem responsabilidades… Ele tem, sim, e está à disposição, por exemplo, com o Programa Minha Casa Minha Vida e Sampa não marca presença… Está presente, até, com aquele programa Bolsa de M, q mtos assim o chamam… O Ministério do Interior está presente, sim, por exemplo, em Angra do Reis, junto com o Governo do Estado do Rio… Em fim, só São Paulo não compárece… Ah! Perdão!… Se não me engano, o viaduto q caiu tem grana Federal e mta… Só q caiu. Pra vc ver, o MP precisa comparecer e ser mais atuante. Mas, não se desespere… Tem gente, da Justiça Paulista, se movimentando, pra virar esse jogo e “obrigar” as Prefeituras a apresentarem projetos… viáveis, q possam acontecer. Cansei!… Ah!… ia me esquecendo… A ajuda de nosso País, nosso País ao Haiti é uma obrigação, sim, de todos nós… Veja, vc: aqui, entre nós, aconteceu a abolição, devidamente desacompanhada de qq atitude, política… e de obrigação e, mesmo, amor Cristão, para com os escravos. Ou seja; eles foram libertados e largados à própria sorte, numa desavergonhada atitude de mtos governos, da nossa tão querida República… Ora, estamos vendo, nos últimos tempos, aqui entre nós, movimentos, vários, substitutos da famosa reforma agrária, completa, q não acompanhou aquela tão festejada abolição… Existem, sim, movimentos positivos de valorização do negro, brasileiro — Graças à Deus. Então, agora, surge essa oportunidade de a gente mostrar solidariedade e apreço à raça negra, q, aqui, nos deu sangue, suor e lágrimas…. em troca de nada. Chegou o momento de nós pagarmos uma parte de nossa dívida moral e ética…. Q Deus nos ajude e inspire nesse trabalho… Q os homens públicos e os q lá estão sejam, perfeitos em suas atitudes… Espero; esperamos… Por favor, seja humilde e apaziguador; verá q seus olhos irão brilhar, diferente… Tchau!

    3. Quanto preconceito sr. Limma! O sr. é conterrâneo de quem? Só para lembrar os conterrâneos do Lula são brasileiros, como eu, paulista e paulistano, que tem orgulho dos nordestinos.
      Estabelecer áreas afastadas de riachos e córregos.. etc, com diz o sr., é de responsabilidade da prefeitura o Rio Tietê é de responsabilidade do governo do estado, portanto não transfira responsabilidades. Aliás ontem no Diário de Sao Paulo constava a reportagem sobre um contribuinte que paga R$3.500,00 de IPTU e tem seu imóvel alagado. Lembre-se que o dinheiro dele é tão bom quanto o seu.
      A responsabilidade pelas enchentes em Sao Paulo é de respossabilidade da prefeitura sim! Onde o Rio Tietê inunda, como no Jardim Pantanal, é de responsabilidade do Serra, o Tietê é um rio estadual. Aliás o Serra aínda está escondido, ,atrás do Taxab fugindo da sua responsabilidade?
      As BOLSAS são dadas aos necessitados conquanto a nossa grana, de SP, é gasta em propaganda do governo do estado , via SABESP, vide jornal da 7 na Globo, futebol na Jovem Pan e outros mais é só ligar o rádio, a TV em qualquer canal e ouvir e ver uma propaganda do governo do estado. Passe agora pela Airton Senna e o sr. verá uma placa novinha colocado pelo Serra alardeando reformas na rodovia, ora meu caro essa rodovia já foi entregue aos seus (dele) apaziguados portanto o governo não deve mais por nosso dinheiro alí. É isso que ele esta fazendo? Não só nesta rodovia mais em todas as privatizadas tem placa do Serra com poropaganda enganosa. Nas poucas que sobram, isto é , que não foram doadas, por exemplo a Manoel da Nobrega, depois de Prais Grande, está lá uma placa para sua reforma com entrega prevista ára fins de dezembro de 2009, com uma verba de mais de 42 milhões, Não só não está acabada como o piso está pior que antes, e a gran e o prazo?. Não vamos esquecer daquela que caiu em Itapevi SP-29, se não me falha, todas as reportagens levaram a crer que a responsabilidade era da prefeitura de Itapevi e quem segurou a bucha foi a prefeita, enquanto isso o Serra estava dando ” apoio”, tirando o braço da seringa, faça-me o favor. Obras da Sabesp com placas enormes do Serra e ao lado plaquinhas de onde vem a grana – governo federal – idem para rodoanel , idem para placas de prefeituras, idem, idem, idem. Portanto fique sabendo o governo federal manda a grana só que os “seus” governantes omitem esse fato por pura conveniência.
      É muita propaganda para pouco Sr. Limma. Ah! quando sair pela cidade cuidado para não cair em algum buraco que provavelmente foi aberto pela dona Marta do PT, como querem, e o Taxab em seis anos ainda não tapou e não esqueça de pagar a inspeção veicular do seu carro zero km. Também não vamos jogar papel de bala, chiclete, na rua, primeiro por ser falta de educação e depois podem causar enchentes, como querem nos fazer crer. É muita propaganda e pouca ação.

    4. Ao Simas

      Seu comentário é uma miscelanêa de fatos, contra fatos, conversas pela metade, fatos distorcidos, enfim, sua conversa é altamente contraditória.

      Quem disse a vc que em São Paulo os programas de desenvolvimento social não estão funcionando ?

      Vc diz que “imagina” que em São Paulo não foram apresentadas idéias e planos. De onde vc tirou essa idéia ?
      Prá seu governo, São Paulo “consumiu” 23% de toda verba do Minha Casa Minha Vida. Vc que não sabe.

      O MP é atuante e operante, tenha certeza de que os culpados pela imperícia no projeto/construção do viaduto que caiu, serão punidos.

      Simas, quando vc opina sobre algo vc precisa saber sobre o que está falando, isso vc não fez, pois não sabe do que está falando.
      Falou pelos “cotovelos”.

      Abraços
      Reginaldo Gadelha

  3. Ricardo, eu sei que por mais obtuso que possa parecer ou carola de minha parte essa história já tantas vezes repetidas de que as tragédias ocorrem por: “Falta de Deus no coração” vem sendo combatida segundo alguns materialistas que não professam fé alguma dizendo que amar à Deus não passa de coisa de hipócritas, de cretinos, fracassados ou, no mínimo, de grandes idiotas.

    E sobre este grupo de pessoas eu posso te assegurar confiantemente que eles estão absolutamente errados, existe um fundo filosófico nas suas alegação, porém estão distantes demais de estarem corretos em sua forma simplista de pensar.

    Alguns ainda acreditam que o que falta na verdade ao povo brasileiro é educação. Entendem que é muito mais importante uma pedagogia voltada para o ser humano desde o nascimento, do que uma oração repetitiva e cansativa durante uma vida inteira.

    Bem eu também te asseguro que eles não possuem uma verdade por inteiro, falta mais conteúdo em suas divagações. A oração não é uma repetição de palavras, isto é reza.

    A oração verdadeira não é repetição de palavras ela é uma conversa aberta com Deus, uma conversa entre pais e filhos ou de amigos para amigos!

    Não se pode retirar a esperança daqueles que crêem em um Ser Supremo e Criador do universo e de todas as coisas como alegam essas pessoas que falam mal daqueles que se apegam em “Deus no coração” afirmando que estes têm a doença conservadora disseminada pelas religiões, que são nada, além de mais nada

    Repare no que tem acontecido nos últimos tempos, e não digo somente de grandes catástrofes como Tsunamis, Terremotos Enchentes e outras, mas veja o que acontece nos lares e com as famílias Ricardo.

    Olha o que a propagação indiscriminada da venda e do consumo das drogas tem provocado no seio das famílias Kotscho, repare no altíssimo aumento global do índice de criminalidade que ronda a nossa juventude, hoje é muito comum os pais enterrarem seus filhos fato este incomum nos tempos em que você e eu éramos jovens, e não é só isto Ricardo some-se a isto outra série de tragédias ocorridas recentemente, seqüestros estupros, pornografia e péssimos exemplos na televisão e mídia de uma forma geral, mal exemplo entre os pais em casa enfim estamos á beira do caos sim, é preciso se recuperar os valores morais da nossa juventude sendo para ela uma referência de comportamento , os pais e não os traficantes deveriam serem os heróis de seu filhos

    Isto é bíblico sim Ricardo: São filhos matando pais, pais matando filhos, esposos matando esposas e vice-versa… e vai por aí afora meu querido e a gente pouco pode fazer e pelo visto os governos menos ainda, esta educação e estes princípios devem ser dirigido às pessoas na escola de base que é a família, onde os Pais deveriam ser os primeiros mestres e pastores!

    Que me perdoem os ateus e os materialistas, mas Isso só ocorre porque as pessoas não têm Deus no coração. É muito pouco provável que uma pessoa saia de um culto em sua igreja armado com um revolver atirando em vidas inocentes! Isto acontece em boates e botequins, nas vielas do submundo do crime e das drogas e além da falta de educação que já faz parte da sociedade moderna, a falta do conhecimento da palavra de Deus é fundamental!

    Não sei quem estará lendo agora este texto, e nem ao menos poso enxergar o coração de cada um, mas permita o senhor que se você que neste momento está lendo esta mensagem e ela tem algo a ver com você, eu peço à Deus que Ele possa repara a tua vida!

    Bom domingo à todos!

    Manoel ferreira

    1. Manoel,

      Sua reflexão é excelente, com uma profundidade grande, mas, o problema de São Paulo não é falta de fé mas sim o desrrespeito de anos a fio a Natureza, que é a criação de Deus.
      Rezar ou orar não importa, importa sim as atitudes e o respeito pelas diversas crenças existente neste pais.
      Importa sim a intenção de cada um ao pedir a um ser superior que ele acredita.
      As águas rolam, com oração ou sem reza, elas rolam e se nós continuarmos a desrrespeitar a criação divina, ou seja
      os homens, a natureza, ocorrerá sempre estes fatos que o tema postado aborda.
      Não me venhas dar uma de consul do Haiti dizendo que a culpa é da fé do povo, que a culpa é da macumba que eles fazem por lá. Sefosse isso, a Bahia, principalmente Salvbador ja tinha sofrido um Tisunami, um terremoto devastador e o campeonato bahiano terminaria empatado.

  4. Olá Ricardo, vamos ver se vc não veta este.

    Vamos fazer um SOS São Paulo, e trazer todo o dinheiro dos
    impostos de São Paulo para cá, e fazer uma politica séria com esse dinheiro.
    Vamos pedir para o governo federal não gastar tanto em
    retorica facista de direitos humanos e propaganda politica
    de PAC dos amigos. Vamos nos afastar do Chaves, Cuba,
    Bolivia e Irã, e cuidar da nossa São Paulo.

  5. waldemar,
    continue assim, alienado e votando em políticos que só pensaram nos 10% abastados; c/ certeza vc não faz parte deles mas se contenta c/ as migalhas do banquete.
    Saiba que tudo isso que está acontecendo em SP são apenas consequências de mentalidades como a sua, que deve ter sempre votado em Maluf, Pitta, FHC, Serra, Collor, Clodovil, Afanásio, etc.

    1. Engraçado que esqueceu de citar Erundina e Martaxa na relação dos “bons” políticos que vc listou. Pq será, falta de memória ou vergonha maior em citá-los???

  6. Bom Dia!… Ricardo. Mas… eu já lancei a campanha, aê. Eu havia lido um comentário, na internet, de uma pessoa e o achei acertado, bem eficiente, claríssimo e uma solução pra uma grde mágoa de todo um Brasil. A proposta havia sido, de se transferir as grdes indústrias, empresas… de São Paulo e Sampa, pra outras bandas; em especial pro Norte/Nordeste… Veja vc, São Paulo e Sampa, em especial a grde São Paulo sofre de um inchaço, até irresponsável. O problema começo na era Vargas, em 1929, com a quebra do lavoura/comércio do café e, logo em seguida, resolvido, rapidamente, pelo Getúlio… Comprou e queimou os estoques do café, valorizando o preço aviltado, no comércio exterior e, o q foi uma grde jogada… (será?…) investindo, junto aos chamados barões do café, grana federal; resolveu um problema político, junto à elite paulista; resolveu um problema econômico e, simultaneamente… deu asas ao surgimento da indústria paulista, com o citado investimento federal – quer dizer, salvou São Paulo e sua elite, em contraponto com o resto do País… em detrimento. Claro, nesse embrulho, não entraram o Rio de Janeiro, q era o filhote protegido da República; Minas e Rio Grande, já auto-suficientes… Então, quem levou a pior foi mesmo, o Norte/Nordeste, ao preço da participação, silenciosa, de seus coronéis. A idéia, repito, eu li; contudo, os comentários são meus, pq entendo a “coisa”, dessa forma. E continuo, lembrando do esforço do Juscelino e, depois, da “redentora”, com a brilhante idéia de se transferir a Capital Federal, correndo, não se sabe qual a razão (dizem q o Ademar de Barros explica…risos), e o esvaziamento total do Rio de Janeiro. Qto ao esvaziamento do Rio, temos de entender a questão, através do espírito civilizatório de sua população, advindo da transferência da Família Real Portuguesa e de D.João VI, qdo o Rio de Janeiro adquiriu um status ímpar… em todo o Brasil. Então, Ricardo, não é uma grde idéia? Transferir as grdes indústrias de São Paulo e Sampa, fazendo-se o movimento, oposto ao até aqui, vivido pela super inchada, Grde São Paulo… Sem brincadeira, acho q vai resolver, a questão, em todos os sentidos… Mas…. meu caro, “de vagar”… como diria o Ibrain Sued, eu já acho q o movimento está sendo implantado ou realizado, sem q se perceba; sem q a sociedade tenha essa percepção. Pq o Norte/Nordeste tem dispontado como a tal locomotiva, q puxa vagões… Pelo menos nesses últimos anos. É só verificar os números e concluir q o Nordeste, em especial, está bombado, em tudo… Enquato São Paulo vive numa bagunça administrativa, irrespirável q anda; o Nordeste tomá-lhe o troféu da locomotiva… Que tal?… risos Aquele abraço, fraterno

    1. Ao Sima

      Vc tem idéia do que é PIB ?
      Vc tem idéia de quanto é o PIB do Nordeste e qual o PIB de São Paulo ?
      Vc fala em transferir as Indústrias de São Paulo para o Nordeste.
      E os produtos já manufaturados vão ser consumidos onde ? No Nordeste ? Vão ser escoados para o Sudeste por quais portos ?
      Vc diz que o Nordeste está “bombando”, então porque a cada dia mais e mais Nordestinos saem de seus locais de origem para tentar a vida em locais com melhores condições ?

      São Paulo vive uma bagunça administrativa( segundo seu comentário) Me diz Simas, vc tem idéia do que é adminstrar uma megalólope como São Paulo ?

      Simas, seu comentários são um amontoado de “diz-que-diz” sem começo meio e fim.

      Dessa vez, sem abraços. (vc falou abóboras demais)
      Reginaldo Gadelha

  7. Pelos dois comentários publicados até o momento em que escrevo ( 12:14) já se vê que a sugestão do RK não é fácil de ser seguida.
    Ao menos por parte das torcidas organizadas ( que não se organizam espontaneamente, diga-se… Há quem faça esse trabalho, conscientemente ou não…) o que interessa é jogar todas as responsabilidades de todas as tragedias nos adversários do momento.
    Portanto, que venham as enchentes, os desmoronamentos, os apagões e tudo mais que possa servir de munição pra atirar no outro….
    É uma pena… Realmente.

  8. O descaso das Autoridades quanto à penúria dos afligidos pelas chuvas é uma imoralidade, O Lula que convenientemente, ficou acamado numa ano eleitoral, talvez querendo a exemplo do Berlusca angariar simpatia, para si e sua candidata, se preocupa com a venezuela, com o Zélaya, com o Haiti, para onde manda tropas, dinheiro farto e tudo o que puder, mas não mandou socorrer os brasileiros ilhados no Perú, muito menos os ilhados no Brasil, que é mais perto. Brasil.

  9. ¨Ao invés de enviar dinheiro para países caídos,como por exemplo,para a Venezuela¨. Saiba que Chavez gasta dez vezes mais financiando os nossos movimentos socais.

  10. Confiram em:

    http://noticias.br.msn.com/especial/chuvas/artigo.aspx?cp-documentid=23337759

    Kassab retém verba destinada a obras em áreas de risco

    No dia em que quatro pessoas morreram soterradas na capital paulista por desabamentos provocados pela chuva, na última quinta-feira, o prefeito Gilberto Kassab (DEM) congelou R$ 25,6 milhões destinados a obras e serviços em áreas de risco. O valor representa 86,5% dos R$ 29,6 milhões disponíveis para essas ações no orçamento das 31 subprefeituras e da Secretaria Municipal de Coordenação das Subprefeituras.

    O corte, que faz parte do contingenciamento de R$ 2 bilhões do Orçamento, surpreendeu ao menos dois subprefeitos que disseram não terem sido informados da medida. “É de chorar. Acabei de levantar obras de emergência necessárias na região em função das chuvas e disse à população que começaríamos a agir. Descubro que não há um centavo liberado”, disse um deles, que pediu anonimato. A decisão irritou vereadores da base aliada de Kassab. “Resolver centralizar as obras em meio ao caos das chuvas é dar um tiro no pé politicamente”, afirmou um kassabista.

    A Prefeitura alega que apenas os recursos das subprefeituras – R$ 19,6 milhões – foram congelados porque serão remanejados nos próximos dias para os orçamentos de outras secretarias. Segundo a Assessoria de Imprensa de Kassab, os R$ 9,98 milhões previstos para obras em áreas de risco na Coordenação das Subprefeituras estão disponíveis, apesar de R$ 5,9 milhões aparecerem congelados, segundo levantamento da Liderança do PT na Câmara.

    Governo federal

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou ontem Medida Provisória que libera R$ 614 milhões para ações preventivas contra chuvas no Sul e no Sudeste e a seca no Nordeste. Segundo informações divulgadas pela Presidência da República, a MP será publicada na edição de amanhã do Diário Oficial. As informações são do Jornal da Tarde.

  11. È lamentável que as administrações publicas tenham permitido ocupar regiões a margem de rios como o Tiête, Pinheiros, entornos das represas que abastecem de água a região metropolitana de S.Paulo, além dos corregos que presumivelmente deveriam drenar as bacias hidrográficas que afluem a eles.O problema é muito antigo, seguramente a mais de 60 anos, começando pelas retificações do Tiête e Pinheiros, continuando pela canalização do Tamanduateí, enclausuração dos corregos Saracura (Av. 9 de Julho ), Itororó(Av. 23 de Maio), e tantos outros. Hoje a população de SPaulo bebe os esgotos- tratados- do 1,5 milhões de pessoas que vivem às margens das represas; é sujeita às inundações de verão , e tende a ter um futuro “tempestuoso” pela frente, independente de ser administrada pelo partido A,B,C,…..Z. È o defeito básico dos politicos de qualquer origem, que fazem para o imediato, sem preocupar-se com o futuro! Só se esquecem que a Mãe Natureza sempre cobra sua fatura, e quanto mais prazo, maiores são os juros!
    E a proposito quem foram os vivaldinos que conseguiram os não poucos fregueses, para comprar os terrenos grilados do agora famoso Jardim “PANTANAL”? Vocês adquiriam um terreno debaixo da água? Agora só resta se queixar ao Bispo…

  12. Em janeiro as chuvas castigaram a cidade de São Paulo e o Estado po completo. Tudo isso devido a incompetência do José Serra e do Kassab que em vez de terem atidudes sérias e fazerem alguma coisa preferem eentupir as televisões com propaganda mentirosa. O Kassab no ano passado reduziu o número de varredores de rua e deu no que deu, lixo por toda a cidade. Já o José Serra não pensa em outra coisa que não seja a campanha presidencial e para isso aumentou em 400% o dinheiro com propaganda para enganar a população dizendo que tudo está indo bem em São Paulo. Bom, quem mora no Estado de São Paulo sabe muito bem que aqui virou um caos na segurança, no trânsito, na saúde, na educação, nas enchentes e nos pedágios.

  13. CULPAR O SERRA E O KASSAB PODE SER ATÉ JUSTO, MAS ACHAR QUE ELES SÃO CULPADOS PELA IRA DE SAO PEDRO, AÍ É DOSE PRA LEÃO!
    O SERRA TEM FEITO UMA BOA ADMINISTRAÇÃO, NÃO APARECEU NENHUM MENSALÃO DE SAO PAULO AINDA, E CULPAR O LULA PELO MENSALÃO TAMBÉM NÃO É JUSTO PORQUE FOGE DO CONTROLE DO EXECUTIVO.
    O SERRA ESTÁ MELHORANDO O METRÔ, SOZINHO, PORQUE O GOVERNO FEDERAL NÃO TEM DINHEIRO PRA AJUDAR, QUANDO SPO SOZINHA COLABORA COM 40 POR CENTO DOS IMPOSTOS ARRECADADOS.
    O SERRA ESTÁ TERMINADO O RODOANEL QUE VAI MELHORAR A VIDA DO POVO PAULISTANO E PAULISTA, O PORQUE NAO DIZER DO POVO QUE VEM PRA SAO PAULO!
    USAR ESSA TRAGÉDIA INESPERADA DA MAIOR QUEDA PLUVIOMETRICA DA HISTÓRIA PARA AZEDAR O SERRA PORQUE ELE ESTÁ NAO FRENTE É BAIXARIA!

    1. Acha q oposição vai dar esse mole? Oposição não tá nem aí se a chuva deste mês em SP é a maior em trocentos anos para esse período. O culpado de tanta chuva é o Serra e o Kassab, eles fazem chover, não percebe? Compare algumas situações semelhantes. Vc viu alguém descascando em cima dos governadores e prefeitos em Santa Catarina, em São Luis do Paraitinga, em Angra ou em Machu Pichu? Não né, ninguém cita governadores e prefeitos dessas cidades/estados, claro, não é ambição do PT governá-las, então não interessa ficar colocando lenha na fogueira. Simples assim.

  14. Podo observar,.. a maioria das pessoas que moram em areas de riscos são pessoas que vem das regiões de cima do Brasil. Pedir ajuda e pular carnaval o ano inteiro é fácil, enquanto nós, as verdadeiras mulas, trabalhamos e pagamos um absurdo de impostos para sustentar esse povo. A solução para isso não seria mandar todos de volta para sua terra? ? Ou ate quando teremos que conviver com motoboys que nao respeitam o transito, sequestro relapago e o maldito “OXTENTE”!

  15. Muito estranho voce vir com este assunto quando a guerrilheira candidata fala em usa-lo para atacar o Serra.
    Acho que voce deveria fazer uma critica ao seu idolo, animador de auditorio, que enviou um monte de dinheiro, suprimentos e soldados para o Haiti e deveria usar estes recursos para atender nossos necessitados.
    Quem tem dividas com o Haiti ( França e USA ) que arquem com os custos e tentem pagar uma parte das suas dividas.
    Só que o animador de auditório quer se aparecer no cenário internacional e age como se fosse presidente de uma grande potência mundial e fica jogando dinheiro para o alto e gritando que é um presente dele para os necessitados do Haiti.

  16. De que adianta pessimismo ou otimismo isso não vai mudar o rumo das coisas a natureza já é cruel por si só além do que o ser que ‘se diz’ inteligente e semelhante a seu criador não se respeita.
    Como pode augurar coisas boas?

  17. O Brasil é de todos nós, São Paulo é do Brasil.

    Para o Governo Federal como São Paulo não “engole” o pt, deixa de receber verbas previstas e necessárias.

    O lulla perdoa a dívida de tudo quanto é pais para conosco, manda dinheiro para tudo quanto é pais na intenção de ganhar premios fajutos, indicados pelos espertos de plantão e, não manda dinheiro para São Paulo que é a locomotiva do Brasil.

    Por isso que o pt não consegue eleger Prefeito/Governador aqui em São Paulo.

    Os ptralhas ficam nessa de ofender o Serra/Kassab pelas enchentes, quando deveriam cobrar do lulla a liberação da grana para São Paulo e, a suspenção do envio e perdão de dívidas de outros paises.

    Alguém pode me dizer qual país já perdoou dívidas do Brasil ?
    Eu respondo; Japão, Inglaterra e EUA.
    Nós temos cacife para ficar dando dinheiro ou perdoando dívidas milionárias ? Não!!!

    O povo não é bôbo, a internet está aí com os valores “liberados e nunca enviados para São Paulo”, assim como os valores perdoados e os enviados para paises supostamentes amigos do Brasil.

    Reginaldo Gadelha

  18. Antes a culpa era apenas da Marta, São Pedro e os pobres não tinha nada a ver com a chuva. O estado mais rico da nação tem verba suficiente para lidar com os seus problemas, não precisa de ajuda federal.

  19. claro que quem tem sus casas invadidas pela água culpa o que está na vez,porém se formos analizar friamente o que acontece com as chuvas em s.paulo,veremos que são diretamente culpados;os próprios cidadãos que entopem os bueiros de lixo,e os perfeitos dos ultimos 20 anos,sejam de que partido forem,porque se tivesse sido feito um trabalho sério,planejado ao lonfo desses anos hoje com certeza não estariamos comentando isso,não é o kassabe ou a marta ou quem quer que seja são os dos ultimos 20 anos e pronto,o problema no brasil inteiro é a tal da politica,nenhum presta nem os do pt nem do psdb, dem ,ptb ou o diabo a quatro são todos uns irresponsáveis,que não estão nem aí com o povo,se o psdb inicia um projeto claro de neneficio pra sociedade e perde a próxima eleiçaõ o pt,se for ele,abandona o projeto porque não foi iniciado por ele e vice-versa,como não temos justiça em nenhuma esfera,a bandidagem passa de eleição em eleição,por isso não me venham com serra ou kassab,porque eles fazem parte do universo.

  20. Ricardo prabens pala menssagem que você deixou aos leitores. Eu acho qque os poderes públicos estão mais preocupado com os estrangeiros do que nós brasileiros, no brasil nós tomos enchentes, fome, miséria, violencia, e outros. niguem doa $15.000.000,00…

  21. Nos últimos dois meses mais de cem pessoas morreram em São Paulo por causa das chuvas (é o que diz a imprensa). O Estado nada fez para prevenir estas mortes. Devemos concluir que São Paulo não conhece sua topografia e clima? Não há dinheiro para aprofundar as calhas de rios e riachos, para aumentar a capacidade de escoamento de águas servidas, para conter encostas? Dinheiro para construir pontes e viadutos o Estado tem, para as outras obras não?

    José Serra desapareceu. Reapareceu apenas em duas oportunidades: no enterro da Zilda Arns e junto ao buraco da rodovia em Itapevi.

    O governador não foi ver de perto os efeitos da chuva no centro de Itapevi. Não visitou um único enterro “causado pelas chuvas”.

    Serra não gosta do povo que governa? Gosta apenas de enterros de personalidades que podem render alguns votos? Ele cuida melhor das estradas de Itapevi do que dos bairros pobres alagados porque a produção das indústrias que contribuem para sua campanha é transportada pela rodovia destruída?

    O atual governador pediu dinheiro aos ricos e votos aos pobres. Na hora do sofrimento ele esqueceu dos pobres que votaram nele, mas procurou atender seus contribuintes de campanha. O que o povo deve fazer para ser escutado e respeitado? Degolar aristocratas como os franceses no século XVII ou fuzilar os amigos dos ricos como fizeram os russos no século XX?

    A dúvida e a imobilidade é a nossa verdadeira tragédia meu caro.

    1. Democracia, meu amigo, democracia! Esta última frase do seu comentário não tem mais espaço neste país! Porque você não inclui também o paredon cubano!

    2. Kotscho joga a isca e vocês não perdem tempo de assanhar a tão ineficaz politiquice. Governador ir a velório. Já dizem que ele tem cara de vampiro, indo a velório então…Faça-me o favor.

    3. Assino embaixo sr. Ribeiro. Talvez uma das providências urgentes a tomar fosse o cancelamento de eventos e a transferência do dinheiro público para questões relacionadas à saúde moradia das pessoas desabrigadas.

  22. Caro Kotscho

    É verdade. É muita tragédia para um mês só. E SOLIDARIEDADE mesmo que é bom só se vê nas periferias onde atua SERES da altura de um Padre Ticão !!! Enquanto isso do lado dos ricos é aquilo de sempre, se cegam e tapam os narizes diante de tanta destruição.
    A pergunta que não cala: POR QUE EM SÃO PAULO É SÓ POBRE QUE MORRE ? E na maioria “Nordestinos” ?
    Fosse um só rico a morrer e já tinha “caminhada” daqueles hipócritas que se vestem de branco exigindo atitude das autoridades “responsáveis” !!!
    Mas como esperar responsabilidade da dupla Serra / Kassab para com os pobres da cidade e do Estado de São Paulo ? Esses pobres não votam neles mesmo….
    Um governador que troca o dia pela noite e só aparece quando é combinado com o Jornal Nacional ou quando dispara bobagens no seu Twitter.

    Mas deixa pra lá esses “bostas” …estamos fazendo a nossa parte. Ontem mesmo eu estive com vários companheiros na Associação de Defesa da Moradia aqui na nossa região arrecadando cobertores, roupa de cama e etc. junto aos poucos lojistas que ainda tem coração por aqui para entregarmos a quem perdeu tudo na periferia do Jardim Pantanal. Assim como no Pantanal mais “glamouroso”
    “Tuiuiú só sobrevive de bando” !!! Ninguém está sozinho !!!

    1. Enio Barroso Filhodisse:31/01/2010 às 15:13
      Caro Kotscho
      ” POR QUE EM SÃO PAULO É SÓ POBRE QUE MORRE ? E na maioria “Nordestinos” ?

      Ô Enio. Essa foi de lascar a boca da tarracha. Vou fazer uma plaquinha e pendurar na minha sala: ”Em S.Paulo só morrem pobre e Nordestino”.
      Seriam os Deuses assim tão perversos?
      Ou será que é porque há um candidato da oposição no governo local?
      Consulte o seu oráculo e me responda.

      Fique tranqüilo Enio, sua candidata provavelmente vai levar a eleição e, pasme, já estão costurando o vice; será o Meirelles, ou alguém do mesmo naipe.
      Neste caso, ganhou meu voto!

    2. Luiz Carlos

      Dos até agora 69 mortos nas ultimas enchentes, NÃO TEM UM SÓ RIQUINHO !!!
      É isso aí que voce leu. Quem morreu era pobre e na maioria nordestino !!!
      Outra coisa, procure saber o motivo que as águas inundaram as várzeas do Rio Tietê. Fecharam comportas para não encher a marginal e assim atrasar as obras da terceira pista antes que o “sabugo liso” deixe o governo do Estado. e pra não atrapalhar o transito também. Sabiam bem para onde a agua iria. Entre a obra eleitoreira impermeabilizante e o afogamento de pobres no Jardim Pantanal o Consórcio Demotucano não teve dúvidas !!!
      E nós também não !!! Estamos espertos !!!
      Voce não mora em São Paulo, se morasse iria entender.

      Quanto ao futuro vice presidente da República, isso é assunto do PMDB.

    3. Caro Luiz Carlos. Caro, porque gosto dos seus comentarios. Talvez o Enio queira dizer que na cidade ou nas cidades administradas pelo PT, nao tem enchente e nao morre ninguem por causa disso. Se acontecer, nao e’ culpa do prefeito e sim, so’ do governador.

    4. Seguindo o comentário:

      Dos até agora 69 mortos nas ultimas enchentes, NÃO TEM UM SÓ RIQUINHO !!!
      É isso aí que voce leu. Quem morreu era pobre e na maioria nordestino !!!

      Conclui-se que é um tanto contraditório as críticas a SP, se SP é mesmo assim tão ruim, pq tantos e tantos nordestinos vem pra viver? pq não ficam no nordeste q tá bombando como escreveram por aqui? contraditório não? e o lula, ficou doente e pq não se tratou no nordeste? pq não repousou no nordeste? Não, vir para a desgraça de SP é melhor, mais seguro, mas estrutura né?

  23. E por falar nisso, vale dar uma conferida em:

    Serra pressiona para inaugurar Rodoanel antes de deixar cargo

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u687159.shtml

    inclusive no comentário de Francisco Guerra:

    Serra pressiona pela inauguração do Rodoanel. A notícia da Folha, dá bem o desespero que toma conta do tucano. De fato, resta ao Zé Alagão pouca coisa a mostrar sobre seu desastrado governo de SP.
    Em quase quatro anos nada foi feito. E, pior, o que deveria ser feito, como a dragagem da calha do rio Tiête, não foi efetuada, o que causou muitas mortes e um prejuízo ao Estado de bilhões de reais. Sua última chance, seu último suspiro é a inauguração de mais uma parte do rodoanel. Claro, podemos esperar, concomitante, a inauguração de várias praças de pedágio. Certo é que, nestas, o insigne governador não estará presente.
    Somos pobres paulistas a contemplar a extrema mediocridade de um governo que felizmente finda. Nada de bom. Nenhuma idéia, piora de todos os índices de desenvolvimento econômico e humano.
    Torço para que Zá Alagão seja candidato à presidência. Óbvio será derrotado, mas São Paulo, nossa querida terra, penhorada, pedagiada e alagadamente agradece.

  24. São Paulo (o estado e a capital) tem o governo que merece.
    Povinho alienado que vota em partido de elite e é contra qualquer ajuda aos pobres. Merece se afundar (16 anos de PSDB). E ainda querem culpar o Lula.
    ps: moro no estado de São Paulo.

    1. Por isso acho que Serra tinha que ficar no governo de SP para não deixar resto para os outros. Aqui no Pará, o PSDB deioxu três hospitais e um centro de convenções que até placa de inauguração a nova governadora (Ana Júlia-PT) teve que comprar.

  25. Ainda bem que podemos destacar da folhinha a página de Janeiro de 2010.

    A natureza nos castigou e castigou nossos irmãos de Haiti e colocou a Europa numa gelada e os colocará em apuros quando toda aquela neve descongelar.

    Politicamente as coisas andaram a passos lentos, mas pelo menos andaram.

    O fim do reinado da Bacelar no Chile o depertador que finalmente tocou na Venezuela.

    Do Chaves eu já avisava a muito tempo, mas como ele adora andar de camisa vermelha parece que estava imune.

    Outra evento que marcou o mês foi a prova das intenções do MST na fazenda da Cutrale (nem vou continuar).

    Mas como a terra tremeu no Haiti, a neve cobre a Europa, e as chuvas são as maiores ja registradas na cidade.

    Vai aprecer um, ou vão aparecer muitos, dizendo que a culpa é do Kassab. Acho o kassab meia boca, mas se ele não faz chover na prefeitura, não vai mandar parar de chover na cidade.

    Se ele não fez nada pelo menos não foi se esconder na Europa. como uma famosa figura daqui da cidade fez.

    Então,Janeiro fecha com a população de pés encharcados e muitos na política com as mãos molhadas.

    Vou tomar um Engov pra passar a minha hipertensão.

  26. Caro Kotscho.
    Temos que alertar os ”bem intencionados” que, apenas boa vontade e solidariedade não resolvem nada. Ao contrário, pode até agravar.
    Para os infelizes do Jardim Pantanal é importante que quando levar donativos, que se leve também também instruções sobre urbanismo e instruí-los ainda à buscarem recursos dos órgãos públicos para que construam com segurança. É fácil! Por mais simples que seja o barraco, faça-o acima do nível da rua, assim como os ribeirinhos nas regiões Amazônicas. Se o barraco não é de alvenaria é mais fácil ainda, bastam 4 colunas (esteios) de madeira na altura adequada e, sobre eles -esteios- o piso.
    Levar o donativo só vale na emergência mesmo, pois o problema continua.
    Donativos sem um programa de reversão do quadro é esmola e, esmola, me faz lembrar o poeta maior do sertão: Luiz Gonzaga:
    ”SEU DOTÔ OS NORDESTINOS TÊM MUITA GRATIDÃO PELO AUXÍLIO DOS SULISTAS NESSA SECA DO SERTÃO. MAS DOTÔ, UMA ESMOLA A UM HOMEM SÃO OU LHE MATA DE VERGONHA OU VICIA O CIDADÃO.”

    1. Interessante sua sugestão de aproveitar e promover as técnicas de construção palafitas, devidamente assistidas e fiscalizadas pelo poder público.
      Evidente que sem o incentivo à ocupações de áreas críticas.
      Inteligência é para ser usada, e não prometida.

    2. É mesmo “O Velho”, poderíamos levar o Plano Diretor de são Paulo, e quem sabe eles deixariam, no futuro, de armar o barraco no lugar errado. então tá!

    3. Ao Luiz Carlos (O velho)

      Se “uma esmola a um homem são ou lhe mata de vergonha ou vicia o cidadão” , então tem muita gente viciada em Bolsa Voto/Bolsa Esmola/Bolsa Gás/Bolsa
      Escola/Bolsa-Celular/Bolsa Emprego/Bolsa-Cinema/Bolsa-Ajuda/Bolsa Malandragem/Bolsa Gravidez/Bolsa Sacolão e outras maracutaias que não ensinam o homem a pescar, lhe dão o peixe já pescado.
      Tá certo que não é um peixe grande, mas como o pais tá cheio de acomodados, uns deixam o emprego para ficar recebendo a merreca mensal. (compençam votando no lulla)
      Uma das coisas que detesto no FHC foi ter inventado e facilitado essa malandragem de Bolsas. Não há um orgão fiscalizador decente, nõ há um orgão fiscalizador isento e não partidário.
      A medida que “obriga” cada um dos chefes de familia a prestar contas da assiduidade de seus filhos na escola foi dilatada até 31/10/2010 numa clara intenção de ter mais 5 milhões de votos. ( na candidata do pt )

      Mais uma malandragem do governo lulla)

      Lamentável que tudo isso aconteça sem que o STF impeça, que “nada veja-nada ouça-nada fale”.
      Lamentável.
      Reginaldo Gadelha

  27. ¨Superfaturamento em aeroportos chega a R$ 1 bilhão, diz Polícia Federal¨. Lendo esse, nota-se claramente que tudo é obra de gente que veio de outros partidos e aproveitou do govenrno Lula. Alguém conhece algum relatório desse nível do tempo de FHC e que envolva gente vindo do petismo?

  28. Ricardo,

    Desde que eu era menino, com 9 anos me lembro de uma enxente que arrasou o Rio de Janeiro, e junto com meu pai, meu avô euma porção de gfente fomos para a praia para abrir na enxada e na pá a barra para esgotar a lagoa que de tanta chuva já estava inundando as áreas entorno. Me lembro do Wilton Franco transmitindo a trajédia no Rio de Janeiro com muitas mortes e barreiras caindo levando vidas. Depois me lembro uma devada depois outra onda de chuvas que atingiu o interior do estado, destruindo a estrada Rio Terezopolis, Petrópolis se derretendo de tanta água. E por ai vai. È sempre a mesma história, o mesmo descaso por uma população carente de retirantes, de pobres que fazem o seu teto nas pirambeiras e encostas, sem ter um emissario dos alcaides para orientar que é perigoso muito menos desenvolver um plano de vilas, como fizeram a Cidade de Deus, Vila Kenedy e outras mais infelizmente vizando o BOOM imobiliário na zona sul onde hoje existe o condominio Novo Leblom, era uma das maiores favelas da época e magicamente pegou fogo.
    Rio e São Paulo sofrem da mesma molestia a anos. Façamos uma pesquisa histórica nos jornais que veremos as mesmas noticias ciclicamente repetidas as vezes até com as mesmas palavras.
    O processo é histórioco, Não podemos cobrar de Serra, Cabral, Kassab ou Paes, um reflexo de descaso de anos e anos de desprezo a uma população e a uma cidade a qual a terra não respira como São Paulo que infelizmente não tem um mar perto para haver um escoamento mais rapido.
    Culpo sim o Kassab após ver na madrugada um programa onde o Otavio Mesquita, acompanhado se um artista plastico grafiteiro visitou uma galeria de escoamento para o Tiete onde pinta as paredes, mostro ma quantidade de entulho existente dentro desta que seria uma forma de esgotamento rápido mas, está lá, sem uma manutenção de limpeza. Pergunto: Quantas galerias destas existem na grande São Paulo? Quantas são limpas? Existe algum plano piloto, ou choque de ordem programado? Alguem tem que dar o primeiro passo, ai sim culpo quem não faz isso, Parece ser uma doença crônica dos governos, como a violência aqui no Rio, é plataforma eleitoreira, as Aguas de São Paulo se torna ai.
    Quantos prefeitos passaram por ai e por aqui e paleativamente fizeram alguma coisa só para tapiar? Não tem partido, desgraça não tem favoritismo politico, vem e está acabado.
    O povo é porco, me perdoem os “defensores populis”, jogam de tudo na rua, nos rios, nos canais de escoamento.
    Um jogar um saco plastico, não faz diferença, mas milhares jogando algum tipo de dejeto cria um turbilhão imenso que ninguem segura. Nas favelas onde acontecem as maiores catastrofes é um grande exemplo disso. O governo vem e coloca uma caçamba para a coleta o povo vai e joga saco plastico chio de titica no valão, isso cria um assoriamento artificial e quando as águas de janeiro chegam, o que esperar?
    Creio que temos que iniciar uma campanha sim, mas de reeducação de conscientização como fizeram aqui no Rio contra a dengue. Fizeram um pandemônio que deu certo e hoje, o indice de afetados com a dengue diminui muito.
    Mas não só ficarmos na reeducação mas os prefeitos e secretários teem que fazer um esforço extra e dinamizar urgentemente as equipes de limpeza e drenagem dos valões. Proibir a construção em área de varzea, o que é dificil ai em São paulo pois um governo qualquer dai construil duas marginais em plena area de várzea, ou seja, dentro do perímetro de cheia dos rios. O que é isso? Burrice,
    e contra burrice nem o famoso e cantado caboclo Cobra Coral com suas mandingas dá conta de conasertar o negócio.
    Eu volto a dizer: Em São Paulo a terra não respira, como ela drenar as águas se seus poros estão tampados? Volto a perguntar cadê o rio Anhangabaú?
    Não é mal só de São Paulo. Angra, um exemplo de corrupitos que venderam autorizações para cosntruções em areas de preservação, em areasde risco.
    O mal é o homem pensar que sabe mais que a Natureza. Só repetindo o que também ja escrevi, ITAOCA, onde se encontra as nossas usinas atômicas significa PEDRA MOLE, Os indioos já sabiam desta peculiaridade, sabiam que ali a camada de terra é muito curta sobre a rocha e, na maioria dos locais da Serra do Mar, naquela região a qual fostes fazer uma reportagem semana passada, tem esta peculiaridade. Por isso, a Rio Santos vive descendo barreras a primeira chuva.
    Então, a atitude tem que ser drastica, tolerancia zero e principalmente seria.
    Paes está fazendo um bom trabalhos em relação a isto. Limitando a construção em favelas, subindo e destruindo construções irregulares em seu Choque de Ordem. Em São Paulo, não posso falar, apenas ouço falar, que o Kassab nada faz e o vi ser vaiado naquele bairro que virou um pantanal quatrocentão.
    Esta é minha opinião.

  29. Tanto dinheiro doado pós terremotos, tanta comida e água enviada, tantas organizações mundiais e paises envolvidos e… ainda haitianos com fome, sem água, sem teto….vi na TV que pessoas estão passando por cirurigias e/ou amputações sem anestesia…Não entendo…
    E São Paulo?, imagino que estes alagamentos não sejam consequência apenas de falhas da atual administração . Possivelmente muito mais de administrações anteriores, incluindo governos de Marta e Erundina.

    1. Pois é Cida, e dá pra se entender alguma coisa qdo ‘eles’ próprios não conseguem fazer o ‘ó’ com a própria buzanfa?!
      Qto ao seu comentário sobre a Marta e Erundina é só observar como ‘entraram’ e como ‘sairam’ de suas gestões que rapidinho se chega a uma conclusão, voce já deve com certeza ter observado a ‘situação econômica’ da ‘Dona’ Marta, ‘é dê dá dó né memo’?! só não ‘tá melhor’ porque chegou a ‘hora’ de dá no pé e portanto o tempo dela acabou, senão…………… e cuidado porque sabe como é esse pesooal…………. qualquer hora é hora pra voltar e ‘vampirar’ de novo né memo?!

    2. Qualquer coisa que Lula faça vai ser acusado de propaganda da sua candidata e corre o risco ser preocessado por intervir indevidamente num Estado da federação.

  30. Bom pessoal de todos os comentários que li, chego ao seguinte raciocínio: ‘Sê’ todos seguissem o ‘esfôrço’ a ‘luta’ o bom ‘ânimo’ e a ‘vontade de viver’ para ‘ajudar a si’ e ao ‘próximo’ que tem o nosso querido ‘Zé Alencar’ essa ‘luta travada’ que êsse ‘Homen’ vive sempre com ‘bom ânimo’ e sorriso nos lábios qdo é entrevistado, imagino qtas vezes dessas entrevistas poderia estar com ‘DOR’ e nunca se deixou abalar ou ‘a’ demonstrou em público!
    Assim penso deveriam agir todos que ‘podem’ e teem ‘condição’ para fazer e não o fazem olhando sòmente para seu próprio umbigo e para sua ‘dorzinha’ que comparada ao que ‘nosso povo’ vem sofrendo não é nada, desdenhando ‘a dor’ do próximo……
    Muitas vezes me pergunto: Quem será que ‘esses caras’ pensam que são seus próximos?! a….mãe/ a……esposa/ os…..filhos/ até a sogra…..com certa reserva/ as…………. bem acho que encontrei a resposta; as…………….. por isso que nunca tem ‘a’ verba’ ou como ‘queiram chamar’ para ajudar ‘o’ próximo…………. né memo???!!!
    Abraço!

  31. Caro Ricardo,
    Eu fico particularmente preocupada com a situação que assola a cidade de SPO e seus habitantes de menor renda. Acho a cidade maravilhosa, visito-a sempre e penso que nós, brasileiros, podemos e devemos ajudá-la. Mas a quantidade de poluição que estas fábricas jogam no ar neste estado há muitos anos só poderia acabar nisso mesmo: num distúrbio ecológico de imensas proporções. Moro no Rio (coladinho com SPO) e aqui tem feito calor infernal todos os dias, com ocasionais chuvas no fim da tarde. Ou seja, é um fenômeno local. Acho também que estes paulistanos mais abastados que têm condições e compram bolsas, sapatos e roupas caríssimos e importados deveriam ser os primeiros a iniciar esta campanha em prol da cidade. A cidade de São Paulo merece o nosso Amor !

  32. Que trajédia???????? estou no NE, mais precisamente no litoral sul da bahia. Se nao lesse todos os dias sobre SP na NET nao saberia da trajedia paulista e suas causas, porque a imprensa simplesmente nao divulga. Os nordestinos “irmaos” dos q sofrem hoje em SP talvez nao saibam da real situacao e muito provavelmente nao se dispusessem a ajudar.

    1. Wildvan,bom dia
      Trajédia,é???
      Acho que voce pensou em escrever tragédia,não foi???
      Vem para o Brasil,rapaz, mas antes,vê se arruma uma Bolsa Esmola por aí e aprende pelo menos a escrever.

  33. Como a enorme quantidade de chuvas deste ano não ocorre há dezenas de anos, fico imaginando se a reação raivosa contra o atual prefeito seria a mesma se o prefeito fosse petista. A preocupação com a próxima eleição é tão grande que qualquer adversidade ocorrendo neste chuvoso janeiro de 2010 serve de desculpa para se falar mal do governador, do prefeito e de quem mais for.
    Imagine o balaieiro o que vai ocorrer nos mêses que antecedem as eleições. Tudo o que está errado e que não foi feito no passado será da responsabidade da administração atual. Embora a calha do Tietê tenha sido aprofundada para seis metros, não foi suficiente, pois o solo da cidade, coberto de asfalto impede a absorção das aguas. Áreas de varzea ocupadas com a leniência das autoridades municipais do passado são hoje preocupação para todos nós que vivemos em S.Paulo. A população colaborando fortemente para o entupimento das subdimensionadas galerias pluviais, jogando uma inacreditavel quantidade de detritos de toda especie nas ruas, calçadas, riachos, piscinões e etc, deve ser chamada à ordem por todos aqueles cidadãos que estão inconformados com a presente situação. Naturalmente é necessária toda uma nova visão de engenharia para enfrentar as novas dimensões dos fenômenos, face ao aquecimento do planeta ora ocorrendo. Deveríamos seguir o exemplo de Tokio, tanto no comportamento do cidadão quanto nas soluções de engenharia.

  34. Realmente, este ano começou com muita tristeza, muita chuva, enchentes, deslizamentos, terremotos, em proporções tão grandes como nunca visto, destacando-se o Haití, um país sem recursos, numa pobreza enorme.
    A desgraça foi tão grande, que procurei ver algo bom ao meio disso tudo para comentar. Então vi que todos os povos do planeta, até rivais em políticas dominantes e corrida armamentistas, darem-se as mãos e para lá rumaram, com um só proposito, SALVAR PESSOAS, nossos semelhantes. Quando tudo parecia perdido, toda cidade de Porto Príncipe transformada em escombros, eis que aflorou em cada humano, a sua natureza divina e todos os meios que só serviam para guerra, como aviões, navios, caminhões, militares de todos os quadrantes, para lá rumaram, não para fazer guerra, mas sim, para proceder salvamento. Pessoas de todos os continentes, que nunca haviam se conhecido antes, mesmo falando idiomas diferentes, passaram a se comunicar até por mímicas e sinais para a grande empreitada, somente AJUDAR.
    A cada pessoa retirada daqueles amontoados de concreto de armado, era um motivo de uma alegria contagiante e uma sensação do cumprimento do dever, uma satisfação interna que só era percebida pelo irradidante semblante de cada um, sem que medissem o cansaço que sentiam.
    Então, foi algo de muito proveito para a humanidade, que aprendeu que unida, podem fazer um mundo novo, um mundo melhor e feliz, que só ajudando seu semelhante, obterá o maior tesouro que um homem possa ter: A paz de espírito, e, que somos todos irmãos, queiramos ou não.

  35. Realmente o mes de Janeiro é o pior dos últimos 70 anos, principalmente para nós, paulistanos que estamos sofrendo com as chuvas, alagamentos e enchentes. Mas, na minha opinião, se a todos que moramos nesta cidade, formos mais educados, com certeza melhorariamos muuuuito.

    Infelizmente, muita gente não se deu conta ainda que todos nós vivemos numa comunidade, isto é: É responsabilidade de todos cuidarmos da manutenção dos lixos, detritos, entulhos e tudo o mais que prejudicam o escoamento das chuvas. Lógico que está chovendo muito, mas não teria tanta enchente se todos fossem mais conscientes no trato com as coisas que são para todos nós.

  36. Tragedia, que tragédia?Aquela do Haiti? Ah, bom! Pensei que morassemos em um país do primeiro mundo, sem miseraveis e sem tragedias. Pelo menos é isso que o nosso presidente procura vender lá fora, buscando holofotes para ser Estadista Global. Desculpa Sr. prsidente, o Haiti é aqui. E voce e sua mala Dilma Roussef sequer se dão conta disso. Mas vale torrar o nosso dinheiro para se promover lá fora, né? A sua batata e a da sua ministra que não ministra estão assando. E vamos ganhar a eleição e fazer uma varredura na sua sujeira e nos seus numeros manipulados. A história dirá que o Sr. foi o maior salafrario jamais nascido neste país.

  37. Obrigado Ricardo. Sei que voce é amigo do homem. Mas tem o brio e o discernimento de publicar em seu blog as opiniões contrárias. Isto é dignificante. E por isto considere que voce tem o meu mais profundo respeito. Sei que exagero em minhas colocações. E que me pede moderação. Mas é isto o que sinto. Parabéns. Por pessoas como voce, que valorizam e cultuam a liberdade de expressão, é que não nos tornaremos nunca uma Venezuela. Apesar de tentativas disfarçadas de cerceamento da imprensa, via camalhaço assinado por Lulla sem a devida atenção. Um abraço.

  38. É inequívoca a situação caótica vivida, pelo povo brasileiro! De minha parte, não incrimino o mês de janeiro, no todo.
    As chuvas, em excesso, realmente foram concentradas neste janeiro, que pode ser classificado como fatídico! Po-
    rém…, porém, cabe analisar as desgraças que se permiti-
    ram acumular neste coitado janeiro, que sobrou para ” pa-
    gar o pato “! Seria prudente uma verificação isenta, por téc-
    nicos independentes, com o fim de levantar e apresentar,
    os verdadeiros responsáveis pelo estado de falência ge-
    neralizada, como deixaram este poderoso SÃO PAULO!
    Dalí, o País já ouviu falar em todo tipo de falcatrua, limpan-
    do os cofres “pobres” deste Estado, envolvendo tudo que
    se possa pensar, imaginar, desde governantes até a juízes!
    E…pasmem, porque não é segredo! 1) os recursos se des-
    tinavam a dar equilibradas condições de sobrevivência às
    cidades e seus cidadãos! 2) não se vê responsáveis entre
    as grades de ferro e poucos que as visitaram, foi por reduzi-
    do período! Isto sem falar em quedas de pontes mais anti-
    gas, bem como de viadutos, metrôs etc, em construção!!!
    Pois bem, aí repousa grande parte das razões criminosas,
    que aterrorizam, hoje, as famílias que pagam caro, por tais
    ambições de sossego e paz! Falta, pelo visto, coragem pa-
    ra, esta sim, busca da VERDADE!!! De artistas de mentiri-
    nha, estamos abarrotados! Não seria agora, a hora da VER-
    DADE, nua e crua? Sem a preocupação com quem será
    envolvido?!

  39. A minha preocupação maior, não é com a desgraça que as chuvas causam ao povo de São Paulo, infelizmente. Mas a DESGRAÇAS como estas tais Cida e a Caiana existirem. Vão ser medíocres e hipócritas assim no Iraque! Ou nos infernos! Essas duas devem ter nascido por castigo! Coitados de seus pais e familiares… Se é que elas teem…
    Devem ser solitárias e INFELIZES. MUITO INFELIZES. Ou parentes do Kassab. Ou devem ser do DEM.- D inheiro E scondido na M eia. Ou sem meia…

  40. E pensar que no tempo da Erundina e da Marta as chuvas não matavam ninguém. Quem sabe quelquer hora desta a enchurrada leve as duas: CIDA E CAIANA… E aí elas peçam para a Erundina e a Marta voltarem. Porque com o Kassab e o Serra, a chuva mata! E mata muito! Viram só: quase 70!
    Estão felizes????

    1. Seria bom o Ministério Público perguntar o por quê da privatização da Água no Alto Tietê – SPAT. Os novos donos da água , regulam, administram, mantêm e fornecem as águas represadas nas barragens que estão em limite máximo.
      Ao abrirem as torneiras (obrigados que são)… 70 paulistas se foram (por enquanto), perdas materiais totais na classe mais pobre e caos permanente na maior cidade do Brasil.
      Depois dos esclarecimentos do ambientalista José Arraes, entendi o por quê da propaganda da Sabesp nos outros Estados… venda da água (privatização) novo filé financeiro.
      O povo que se lixe…
      E não é que cidades estão adotando a prática em relação a água consumida? O cidadão comum paga o serviço que já pagava e agora tem acrescida a conta de empresas “fantasmas” capitalizadas na Bolsa… basta verificar.
      Gerônimo, no tempo da Marta, Erundina, não tinham esse artifício não, os pobres eram considerados como vidas preciosas a serem preservadas e a água era do estado e não benesse a “amigos” em troca de capital.

  41. Rio de Janeiro, janeiro de 1966 ……. Tragédia!

    E o alerta da natureza não conseguiu mudar a obtusidade de nossos governantes!

    Sei, caro Ricardo, que não gosta nem de ouvir o nome de quem vou falar, mas é por isso que as coisas acontecem; a culpa não é só dos políticos administradores. A imprensa, às vezes, pelo apequenado passionalismo, tem culpa maior por não querer aceitar as verdades de quem não se admira.

    E, antes de iniciar, e achar que sou um “reaça” ou dessa tolice de ‘PIG”, informo que torço e rezo para que se encontre uma fórmula para reeleger LULA, e ele aceite.

    Esses todos que estão aí, “não tem tamanho” para segurar os MSTs & Cia, que podem – se quiserem – mostrar, na prática, tudo o que os “treinamentos” (que os tolos chamam de invasões), pode, de fato se transformar: foice não é “estandarte de Escola de Samba; na forma como a usam, é “arma branca”.

    LULA é sagaz e esperto (as lutas, às vezes, desleais, por lideranças sindicais o prepararam para a vida) e ele vai se restabelecer; não serão conselhos médicos nem as “simpatias” das “fadas madrinhas” que o colocarão inteiro, de novo (conheço bem as causas do mal que lhe afligiu; bastou, apenas, tê-lo visto, a cerca de 1 (um) metro, ao desembarcar de um vôo, em um início de madrugada, com Dna. Marisa. Acredite, foi há uns 14 nos atrás, mas o semblante dele e as marcas no rosto, decorrentes do cochilo (que traduzem muitas coisas), ficaram gravados em minha mente.

    Mas, vamos ao ponto: a razão das enchentes, é pura culpa dos governantes que “não foram machos” para enfrentar os opositores de sempre e se renderam a especuladores imobiliários (aqui em São Paulo, principalmente) e a políticos perversos – e até a igreja em um caso especial, no Rio (pois sabiam do resultado das suas estúpidas oposições, mas não permitiram que se fizesse o correto).

    Pois é, lá, o nome é Carlos Frederico Werneck de Lacerda. Por favor, falo do ADMINISTRADOR, não use a válvula de escape do político ou jornalista – Getúlio matou-se porque quis ficar para a história, como vítima.

    Lacerda queria (e chegou a iniciar pelo Pasmado) erradicar Favelas da época, nos Morros, e transformá-los em Parques para Exploração Turística. Mas, a primeira a rebelar-se foi a igreja (sou católico), através de um Cardeal (ou bispo, à época) que alegou que as empregadas domésticas “das madames” iam perder os seus empregos porque teriam que mudar-se para Conjunto Habitacionais, muito longe, que à época eram decentes: Vila Kennedy e Cidade de Deus, passaram a ter alto valor de mercado, nos “repasses de gaveta” O que veio depois é consequência dos “acovardados e incompetentes” que não deram continuidade à idéia de Lacerda.

    Hoje, Sr. Ricardo Kotscho, essas senhoras, suas filhas, os “meninos do tráfico” e seus pais “já mortos pela polícia ou em lutas pelo domínio do comércio de drogas”, estariam, sim, trabalhando na maior e mais poderosas das indústrias de turismo do mundo, porque os estrangeiros, com tudo o que de ruim se fala, continuam indo para lá. Imaginem se pudessem ver “de camarote” as vistas mais lindas e deslumbrantes do Planeta!

    Poderíamos estar aí, recebendo, puxados pelo Rio, entre 58 a 76 milhões de turistas (números da Espanha e França) em lugar dos minguados 5 milhões que sobram para nós.

    Só com receita de turismo, a França, em 2006, gerou € 34,8 bilhões (Fonte: Ministério do Turismo da França). Como terceira colocada em receita (a França é a primeira em quantidade), perde apenas para os Estados Unidos (complicado saber o quanto) e Espanha (US$ 80 bi) no ranking de receita do turismo.

    Que tal se tivéssemos este macio “colchão” como reserva técnica. quando as exportações de manufaturados e produtos agrícolas sofrerem com variáveis aleatórias internacionais? O turismo, também, sofre, mas muito, muito, muito menos!

  42. Kotscho,

    O pior cego é o que não quer…. ler!

    No segundo semestre do ano passado, o MP obrigou o Executivo paulista a assinar um termo de ajuste de conduta que significou economia de R$243 milhões nas obras do Rodoanel, em boa parte financiadas pelo Governo Federal.

    O Japão emprestou mais de uma centena de milhão de dólares para a construção dos chamados piscinões na Grande São Paulo. Menos de 50 construídos, o Prefeito José Serra suspendeu as obras, alegando existir alternativas mais eficientes. Não fez nem uma coisa nem outra, e tampouco devolveu o empréstimo aos japoneses.

    Em 2008, depois de alguns anos parada, foi retomada a dragagem das calhas dos rios Tiête, Pinheiros e Tamanduateí. No ano, foi retirado um volume de detritos e terra equivalente à metade necessária para manter as calhas desassoreadas.

    Em Janeiro de 2010, engenheiros constataram um assoreamento de 4 metros de altura no Tietê. Se livre, o volume da calha ocupado por detritos e terra, teria sido suficiente para manter no curso, as águas que infernizaram os paulistanos.

    Todas as informações foram publicadas pelo Último Segundo.

  43. Estimado marcus benedictus, bom dia!

    Desculpe-a,e só estou dando uma olhadinha hoje no balaio do veíim!

    É obvio que não acredito que a revolta da natureza seja provocada pela falta de orientação religiosa ou ainda pela ausência absoluta da fé e a sua colocação é perfeita baseada por este angulo!

    Mas eu acredito quando mecionei com certa relevância Marcus, foi no que diz respeito ao aspecto individual como a falta da religiosidade pessoal e dentro dos lares, principalmente se acrescentarmos a falta da estrutura familiar!

    Abraços fraternos

    Manoel

  44. Caixa Preta, tens medo de que?

    É certo que Lacerda foi o mais visionário dos administradores da Cidade do Rio de Janeiro. E o é até hoje. As Linhas Amarela e Vermelha, bem como outras que não saíram do papel, são parte de um projeto que pretendia levar o Centro Administrativo da cidade para o bairro de Cascadura – o verdadeiro centro geofísico do Município do Rio de Janeiro. A idéia era racionalizar a cidade, planejando a ocupação industrial, residencial, dos serviços e a circulação das pessoas. No Rio, ontem como hoje, o Centro da cidade fica no extremo leste do território; o Sueste é conhecido como a Zona Sul; a verdadeira Zona Sul (Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Grumari, Barra de Guaratiba e Restinga da Marambaia) são conhecidas como a Zona Oeste.

    O resultado é uma zona total. O projeto de Lacerda não foi adiante em seu mandato – entre outras coisas – devido à oposição da Igreja Católica – dona do latifúndio que o Governador pretendeu ocupar em Cascadura – que não consentiu sequer negociar.

  45. Será que ainda falta ser dito mais alguma coisa sobre as enchentes?

    Sei não?

    A grande verdade é que desde o princípio da expansão industrial a partir de bairros periféricos em São Paulo faltaram planejamentos adequados pelo simples fato do crescimento urbano ter acontecido desordenadamente bem como obras para escoar esta água, alguns prefeitos tentaram, porém devido a este crescimento desordenado da Cidade e de seus arredores a impermeabilização do solo e a ocupação indiscriminada das margens dos rios acarretaram prejuízos talvez até reparáveis a longo prazo caso assim entenda os governantes e o povo para o município e região.

    São Paulo não podia parar para dar importância a este problema diante da sua revolução industrial particular dos últimos cinqüenta/sessenta anos, e toda a mão de obra vinda de outras regiões era bem vinda par o crescimento e expansão da cidade, porém provocava o crescimento desordenado da cidade e arredores.

    No entanto até meu cachorro sabe que o acréscimo diário desta população engrossada cada dia mais por retirantes de outros horizontes aumenta em muito o número dos já infinitos problemas existentes como o acúmulo de lixo nas ruas e nos arredores de córregos e rios.

    Um problema de educação da população?

    Bem posso afirmar uma coisa: “A continuar neste ritmo, o paulistano perder a cidade para um monte de lixo, isso é fato”. Não adianta limpar bueiros imundos de 30 ou 40 anos atrás se a cabeça deste povo não mudar e continuarem a viver na Idade da Pedra.

    Limpa hoje suja amanhã!

    Saí daí de São Paulo, a mais ou menos uns 40 anos atrás, e certamente São Paulo não tinha essa mega população como tem hoje, bem como não tínhamos os problemas que vocês têm na atualidade, e o acréscimo de problemas foi provocado pelo homem e não pela natureza, à medida que o tempo foi passando o povo sofrido de outras regiões foi engrossando o cordão de problemas dia a dia!

    Mas acredito no lado bom da humanidade, embora não acredite muito é nos políticos atuais, e acho que um projeto elaborado para longo prazo, a começar de hoje, a sua São Paulo pode tentar reavivar os seus rios, por exemplo, buscar meios de tornar as suas margens permeáveis, e fazer uma coleta mais elaborada do lixo nas ruas.

    Li certa vez,um artigo sobre o Tamisa e os problema da Capital Inglesa e pensando nisto eu acho que é por ai, o caminho chama-se reestruturação meus colegas balaieiros de São Paulo só assim.

    Se Londres resolveu essa situação, então por que São Paulo não resolve?

    Será que a educação do povo influi?

    A fixação do homem em sua terra dando condições a este de lá permanecer e produzir influi?

    Alguém teria coragem de iniciar um processo de controle de natalidade aqui neste país?

    Afinal o que é que precisa ser feito?

    Outra pura perda de tempo é ficar acusando este ou aquele prefeito, ou este ou aquele grupo ou partido, desta maneira nós só estaremos jogando a sujeira para debaixo do tapete, pois nem a Martaxa, nem o Maluf, nem o Pitaco, nem o Kensabe, nem o Bispo e nem ninguém iria ou irá resolver esta questão por decreto ou sozinho” ’

    O problema é crônico e não adianta buscar um culpado, mas sim soluções mais simples e um planejamentos a curto, médio e longo prazo. E num primeiro momento é preciso educar este povo e o dinheiro que será gasto neste trabalho de conscientização virá como retorno em uma cidade mais limpa e em um Rio vivo!

    O resto é besteira!

    Bom dia a todos!

    Abraços fraternos

    Manoel Ferreira

  46. Bom dia a todos meus amigos do Balaio.
    Acho que as divergências são próprias da democracia, que neste espaço sempre foi e será muito preservada. Contudo, acho que devemos nos ater mais aos problemas que nos afligem tanto o Haití como no Brasil. Gosto de ver os comentários, analisando-os e procurando dar também o meu ponto de vista, com o cuidado de mantermo-nos unidos, com um só propósito: AJUDARMOS com novas idéias para a solução. Creio que desarmonia não nos leva a nada e é possível com união, com o espírito desarmado, chegarmos a bom termo, como está sendo no Haití, onde pessoas de todos os países (muitos com problemas semelhantes, a China) unidas, sem falar a mesma lingua, conseguem dar o melhor de sí para salvar aquelas que foram atingidas pelo terremoto e se encontravam sob os escombros que foi reduzida a cidade de Porto Príncipe.
    São pessoas de todas as raças, credos e cores, num trabalho digno acreditando que aqueles infortunados que imploravam por socorro, são nossos irmãos. Ninguém lá está pondo em disputa de prestígio as suas origens, o ”bairrismo”, mas, somando forças para terem uma única alegria: Salvar alguém, sem querer saber qual o sexo, cor ou credo, cuja recompensa é apenas o dever cumprido como humano que somos. Alegria essa que torna-se visível, apenas olhando no semblante de cada um deles, sem a necessidade de qualquer propaganda. Não existe divergências, pois, o objetivo é um só. Quantos desses heróis e heroínas, apelaram até para o uso de mímicas para se comunicarem com aquele que não falando o mesmo idioma, está presente cavando com as mãos e lhe diz apenas com gestos: ESTAMOS JUNTOS, SOMOS HUMANOS! VAMOS, HÁ UMA PESSOA AQUI EM BAIXO

  47. Voltando e continuando…HÁ UMA PESSOA QUE PRECISA DE NÓS!
    São pessoas de países até rivais na corrida armamentista (o que não leva a nada), mas, que se conheceram num momento sublime de só fazer o bem.
    É um aprendizado para a humanidade.
    É disso que precisamos, de amor ao próximo e de união neste país maravilhoso chamado Brasil, sem procurar pelo em ovo nas palavras do seu semelhante, para embaraçá-lo.
    A opinião é uma coisa tão importante, tão maravilhosa, que mesmo não concordando, temos de dar o direito de dizer, para que com o mesmo respeito, tenhamos também o mesmo direito.
    Só assim poderemos, nós humanos, conhecer a maravilhosa PAZ, entendendo-nos sem uso de meios belicosos. Um abraço fraternal à todos deste sempre amigo.

  48. Vou dar aqui minha sugestão de campanha para São Paulo. É a “Parem de roubar São Paulo”. Começaria por São Paulo e, em seguida, bastaria trocar a toponímia e estendê-la por esse Brasil a fora. A partir da cessação (ou um simples trégua) na roubalheira, e a aplicação do montante do que seria o butim nas correções de rumo que se fazem necessárias, começaríamos a ter aglomerados que merecessem minimamente o nome de cidade. Esta é a única campanha necessária. Todo o resto é esmola.

  49. Ao caríssimo Reginaldo Gadelha!!!

    Aquele pra quem só a SUA verdade existe, questiona os outros e não apresenta um dado concreto (“nordestinos vem aos montes pra São Paulo”) Acho que este dado é da década de 80!!! E acusa os outros de distorcer fatos e informações! E que baba de ódio do LULA e do PT!

    Caro Reginaldo!!!

    Vc esta certo, vc e os 6% de rejeição que o LULA tem no BRASIL e o Resto do Mundo e do Brasil inteiro, quase 90%, estão errados.

    O Serra/Kassab são o que há de melhor em política e administração pública com seus pedágios, aumentos de IPTU (e a Marta que era Martaxa), Polícia x Polícia, Alagão, Buraco do Metrô (Aliás nunca vi o Serra dizer uma só frase sobre isso), esquema Alston, Ponte que Cai , Superfaturamento do Roboanel (e ladrão só tem no PT) viaduto que cai, ótimos índices de violência, educação e Saúde.

    São Paulo perde emprego, avaliação das escolas públicas e seu tão adorado PIB pro nordeste!!

    O Lula e o PT estão errados, crescimento, emprego, prêmios internacionais, melhora da economia, melhoria do povo, pessoas saindo da pobreza, ProUni, Minha casa, tudo isso é uma porcaria………

    Babacão, acorda neste mundo ninguém é santo!!! tanto PT quanto PSDB tem erros e acertos, Porém prefiro aquele que mais acerta e que não vende o patrimônio do meu país para interesses privados e internacionais!

    Que bom que gente como você não passa de 10% neste novo BRASIL que estamos construindo!

    E como disse um grande líder da OPOSIÇÂO!! O LULA não pegou o 3º Mandato pq não quis!!!

    Um Abraço e durma com este barulho!!!

    1. Caros,
      Quando a gente não enxerga a verdade, inventa a mais conveniente;
      Se o Lula de hoje fosse o mesmo Lula de 2001, estaria junto com os 98,5% de adoradores.
      Mas como não é, paciência – não empenhei minha moral a ponto de forçosamente ter de corroborar com as mentiras oficiais para poder andar de queixo erguido, nem tampouco consegui uma boquinha amiga que me calasse.
      Tem isso também de aprovação no mundo? É muita pretensão, é muita arrogância! É querer passar sardinha por atum!
      Você fala em Crescimento? Diz aí o PIB 2009..Emprego: cadê os 10 milhões de novos empregos? Prêmio Internacional: Não me faça rir! Prêmio recebido por ter mantido o sólido sistema financeiro liberal herdado de FHC, e não por meter o bedelho em assuntos que não tem o menor conhecimento, nem peso, nem importância. É só uma figura pitoresca, um novo caudilho sulamericano. Melhora da Economia: Só se for a dos Bancos! Melhora do Povo: O povo do PT? Pessoas Saindo da Pobreza: Espremem a classe média para bancar o bolsa-família, outro balaio de bolsas herdado(e ampliado, vá lá) de FHC. Porque não tiram dos ricos ou do sistema financeiro? Ah, porque aí não tinha esse bordejo em Davos…
      ProUni: Os empresário do ensino agradecem por preencher as vagas ociosas, garantindo o (gordo)faturamento.
      MinhaCasa, MinhaDilma. Cadê?Ninguém sabe, ninguém viu! Construiram 20 mil, pelo menos?
      Ladrão não tem só no PT; é que estes são mais famélicos, pelos anos de espera e mais caras de pau, porque ainda tentam manter a pose dos dias de oposição. Os honestos. Os probos. Os éticos. Os mais zelosos com a coisa pública, etc.
      Para você que ainda não sabe votei de 89 a 2002.
      Você manda dormir e eu peço que acorde!

  50. E nas cidades do Paraná, a culpa é do Serra e do Kassab tbm? Ou lá sim pode chover pra caramba e ficar cheio, menos onde tem governantes que o PT não curte.

  51. Caro Kotscho:

    Uma campanha como essa seria o fim das pretensões de Serra. Apesar de toda catástrofe, a imprensa tenta blindá-lo de todas as formas. No Rio, a culpa é do governador Sérgio Cabral. Cá, na “cidade perfeita”, a culpa é dos mal educados que jogam papéis na rua e entopem os bueiros, com uma pequena parcela também creditada à chuva. Imagina o Serra (nem falo no Kassab pois ele é o Pita dos tempos modernos, estando no cargo apenas como representante do governador, pois nem seu secretariado pode escolher) com toda a pompa que tem, ser apontado como o governador que precisa da ajuda do Brasil. Ele se sentiria humilhado. Cairia por terra toda sua prepotência (o Sr. Competência). O povo do Jardim Romano conhece bem a competência dele. Mas que precisamos de uma iniciativa dessas, sem dúvidas precisamos.

    Abraço

  52. Noticia boa e noticia ruím:

    A boa.
    A popularidade do presidente Lula volta a crescer e na pesquisa das eleições para presidente Dilma já esta quase empatada com o Serrotão….

    A ruím.
    Os urubuzadas e os desesperados que morriam de medo que isso acontecesse vão morrer afogados em suas próprias lágrimas……. Tadinhos !!!

  53. No caso de São Paulo, não precisaria ser tão trágico se o prefeito e o governador tivessem cumprido sua obrigação de construir todos os 134 piscinões previstos.

  54. carlosdisse:31/01/2010 às 17:52
    ”Interessante sua sugestão de aproveitar e promover as técnicas de construção palafitas…”

    Andei por aquelas bandas nos anos 70. Vi tudo. Vi o Rio Tapajós subir 10 metros em Itaituba e inundar vários trechos da transamazônica. Vi engenheiros e estagiários fotografando as tais casas flutuantes. Sobrevoei várias áreas num teco-teco dando rasante com alguns deles.

    O Jardim Pantanal (que não conheço) está, pelas informações divulgadas, cerca de 1,5 m. abaixo do nível dinâmico do Rio e, neste caso, não há solução viável economicamente, pois isto demandaria montanhas de aterro, o que geraria um custo astronômico.

    Mas, como disse o Enio; em S.Paulo só morre pobre e Nordestino.
    O Enio só se esqueceu de dizer que, em São Paulo aportam cerca de 10 mil emigrantes diariamente. Alojar este imenso contingente é uma tarefa que o Estado e o Município não conseguem.
    N: Insisto, não voto no Serra e nem no Kassab, portanto, não sou compositor do ”SAMBA DO MILITANTE DOIDO”

  55. ………………………………COMENTÁRIO ALIENÍGINA….

    Parece que eu li ali que a DILMA, nas peesquisas, encostou no Serra ???

    É isto aí…o Zé ( sabugo liso ) Serra, sifu ( o que tinha pra dar já ) deu

  56. Culpar as mudanças climáticas pelas 70 mortes e transtornos causados pelas chuvas deste janeiro último é, desculpem o trocadilho, chover no molhado. O excesso de chuvas nem se compara a catástrofes como terremotos, furacões ou tsunamis. É de conhecimento público que a responsabilidade sobre a gestão dos cursos d´água e consequentemente sobre a prevenção de enchentes nas áreas urbanas é do governo do estado. À prefeitura cabem ações pontuais como limpeza de bocas de lobo e bueiros. O que a mídia tenta a todo custo esconder é a responsabilidade do governo estadual que há 15 anos é governado pelo PSDB. É claro que a questão não é simples mas ignorar a falta de competencia desses senhores ao longo desses anos é, no mínimo, desonestidade intelectual dos editores. Infelizmente jornalistas mais apegados aos seus empregos que à ética servem de instrumento para transmitir a vontade política de seus superiores.

  57. Amigo Manoel Ferreira e todos os balaieiros, boa noite.
    Fez uma pergunta no seu comentário: Será que ainda falta dizer alguma coisa sobre as enchentes?
    Acredito que sim, não para apurar culpados ou falar dos danos, mas, para alertar pessoas. (sei que muitas sabem sobre o que vou escrever, mas, sempre existem os incautos);
    – Quando os rios ou ribeirões transbordam, provocam o retrocesso das águas pelos tubulação que em situações normais desaguariam nestes. Esse retrocesso das águas, causado pela pressão da correnteza do rio que está em maior volume, pressionam por sua vez, as tampas de boeiros que se situam nos leitos carroçáveis das vias públicas que estejam no mesmo nível ou até em nívvel inferior, removendo-as de seus lugares. Motoristas sem conseguir divisá-las, por estarem submersas, têm a roda do veículo quebrada ao cair no vão deixado e alí ficam parados com as águas subindo. Um dano material e um risco à integridade física. Quando as águas do rio estão baixando, a ação é justamente inversa, esse vão na via pública ainda encoberto pelas águas, funcionam como um enorme ”ralo”, com sucção fortíssima, capaz de sugar tudo que esteja em sua volta e o pedestre incauto, pode ser ”engolido” pelas águas que estão se escoando, e ”ingerido” pela tubulação que deságua no rio ou riacho, numa enxurrada veloz que pode ser fatal.
    São coisas que não vejo na mídia, mas, dados técnicos que devem ser respeitados. Um abraço deste amigo.

  58. É triste perceber q as pessoas vão ler o jornal e a primeira notícia q Procura é sobre catástrofes.
    Isso mesmo, a maioria das pessoas preferem ler sobre tragédias do q notícias boas e construtivas.
    Enfim, é viver e torcer por melhoras.
    E q o ano de eleição ajude em alguma coisa.
    kkkkkkkkkkkk

    ABraços

  59. Pronto. Leia http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2010/02/01/no-rastro-dos-supersalarios-262268.asp.
    É dessas, universiade pública, onde nascem o corrupto mais terrível deste país. Ele não só sabe fazer a bandalheira como ainda as leis que o protege de tudo. É desse que nasce o cara capaz de vender patrimônio público emprestando dinheiro público para o cara comprar; é capaz de pegar milhões de recursos do BNDES, por exemplo, a juro subsidado e ¨some¨ com a grana ao ponto do mês seguinte ser um ¨falido¨ que não tem nem como pagar a primeira prestação.

  60. Acredito que o momento seja para refletir e tentar achar formas de arregaçar as mangas, do que simplesmente, denunciar quem são os “culpados” dessas tragédias, que de certa forma, somos todos nós, quando achamos que jogar bitucas de cigarros, papéis de balas ou coisas semelhantes pelas janelas dos carros, ou andando pelas ruas e mesmo em frente de nossas casas, esquecemos que contribuimos para o agravamento dessa e outras tristes situações, e o que é pior, nem nos damos conta. Além disso, é fácil perceber o quanto a natureza está se rebelando contra tudo isso e pelos descasos praticados contra ela há séculos, que são verificados em todas as áreas desse nosso tão belo, mas sofrido planeta. Diante dos fatos, sugiro que além de rezarmos e muito, comecemos, mesmo com pequenos gestos, a tentar mudar ao nosso redor, que cedo ou tarde os efeitos benéficos dessas ações, acabarão se refletindo num espaço bem mais amplo. E que Deus nos ajude!

  61. É hora de unirmos as forças e praticarmos atitudes fraternas, sem medir esforços, sermos solidários com as familias que estão sofrendo diretamente com as chuvas e pararmos de ficar acusando o poder público. Cada pessoa pode ser instrumento de mudança na vida política e social de um país, um Estado, uma cidade, fazendo jus ao nosso papel de cidadãos.

  62. As Aves de rapina Pedro Borges e Reginaldo Gadelha

    O Pedro, como os outros 6% que não gostam do LULA, não apresentou um DADO concreto, a sua querida GLOBO e Folha de São Paulo falam em 1 milhão de empregos criados só em 2009.

    Cite dados e fontes, não crie fatos de sua cabeça preconceituosa!!! movidos pela raiva e pelo ódio, sentimentos típicos da direita, que tá com o rabinho entre as pernas desde 2002. Se LULA continuou a política economica de FHC pq o criticam tanto???? Pq houve o maior índice de acensão de pobres para a classe média???Se votou no LULA mesmo???Eu acredito que não, pq quem votou não se arrependeu!!! O Serra paga o Roberto Freire em pernanbuco com dinheiro da Sabesp, mas isso vc não sabe pq a imprensa esconde meu caro….e para tapados e manipulados como vc isso nem se quer é verdade!!!

    Vc usa o PIB de 2009, claro em 8 anos foi o pior ano frente a maior crise econômica desde a decáda de 1930…..queria o que? e olha que ele não foi lá meter o país em dívida como fez o seu querido FHC e vezes, daí a principal diferença entre um grande estadista e um presidente medícocre como FHC!

    Bom Pedrão!!! Ontem ja tive a melhor notícia do mês, DILMA já encostou no SERRA, que dizem que não faz campanha antecipada , mas passa comercial da SABESP no ACRE, com seu dinheiro de impostos…

    Quanto ao Reginaldo…..este aí nem conseguiu me responder, usou texto de outro, deve estar debaixo da cama junto com o Serra esperando a chuvar passar!!!

    VIVA o BRASIL, gente como vcs são minoria!!!!

    1. Reli seu comentário e não vi citação de dados ou fontes alguma. Boletim Interno do PT não vale, caro inocente útil. Mas e daí os fatos, não é? O que importa é a versão oficial do pravda. Direita quem, cara pálida? Leio Globo, Folha, Estadão, Istoé, Veja, Carta Carpital, Caros Amigos,Kostcho, Paulo Henrique Amorim, Azevedo, Dines,…enfim ,leio tudo que tenho tempo de ler, todas as vertentes, porque gosto, acho fundamental para basear minhas opiniões com alguma solidez, e porque não me dá azia. E para não ficar bitolado como você. E depois eu é que sou o tapado, o manipulado. Você não tem base, não tem estofo, não tem argumentos. É só uma grita sem fim. O que o seu presidente se jacta de ter feito, não depender mais do FMI, de ter pago a dívida externa, é uma mentira que está com os dias contados. Você sabe, mentira tem pernas curtas e ninguém consegue enganar muita gente por muito tempo. A esperança de manter essa farça é eleger a Doutora Dilma. A dívida não foi paga e cresce numa velocidade nunca vista antes na história desse país. Foi apenas uma transferência de titularidade. E o novo titular, o novo credor, cobra mais caro. Não é lindo isso? Se você não entendeu, eu posso desenhar. E o negócio dos Rafale, como é? Vai rolar um chaveiro, uma camiseta ou um boné?

    2. É FARSA, cruzes! Estou me contaminando.
      Desculpe-me a falha, minha amada língua portuguesa!
      Ah outra coisa, Marley, não sou paulista, como você supôs. Moro longe do centro. Mas sou brasileiro. Os motivos da estafa do Lula foramm entre outros, a decisão do Ciro de concorrer à presidência, a cigarrilha, a quantidade de comícios, sempre arrastando uma pesada mala, e depois de tanto esforço, o pífio resultado. Menos, é claro, nos institutos de pesquisas contratados pelo partido. Lógico.

    3. Ao marley

      Vc sabe em que condições escrevo npmes de pessoas em minúsculo ?
      Vou te contar.
      Quando passo a não ter respeito por uma pessoa deixo de escrever seu nome em maiúsculas. Como passei a escrever seu nome. marley.
      Um esquerdopata fuleiro, desajustado, desimformado, pretencioso e tolo.
      marley, vc é o cara que afirmou que ” todos os paulistas são tolos”.
      caraca marley, vc é um mané, sem tirar nem por.
      marley, moro eu moro no Bela Vista, mas lamento profundamente ter um vizinho de bairro como vc.
      marley, todo fracassado culpa a Globo, o Estadão a Folha e outros veículos por suas mazelas.
      Me diz marley, essa informação de que o Serra paga o Roberto Freire com dinheiro da sabesp vc tirou de onde já que vc não lê jornais ?
      marley, seu texto é uma coletanêa de erros de Portugues.
      Melhor vc voltar prá escola, ah, na Rua Paim tem uma escola noturna para analfabetos como vc.
      Vai lá…
      marley, por favor, não me escreva mais.

  63. Estimado Fernando, bom dia!

    Se não me trai a memória, dia destes ouvi em um noticiário pela manhã ao tomar o meu café na padaria que o volume das chuvas que assolaram a cidade de São paulo e Região ultrapassou ao registrado na mesma época no ano de 1.948 até então o maior da história de que se tem ciência!

    Quanto ao demais eu concordo com tudo o que você disse!

    Abraços fraternos

    Manoel Ferreira

  64. Bom amigo Brasil, bom dia!

    Foi justamente esta a intenção, pois eu sei aliás nós todos sabemos que os efeitos destas chuvas, pois ela é demasiadamente covarde e seletiva pois são justamente os mais pobrezinhos que mais sofrem com seus efeitos.

    E como você sabe Brasil eu minha família já moramos em uma área de risco quando viemos para São Paulo, Rua Jauaperi esquina com a Ibijaú ao lado do corrego Uberabinha, e posso garantir a quem quer que se interesse por um breve histórico aí de 1.956 pra cá, que, a cada ano que se passava a coisa só piorava, haviam alguns anos em que nada acontecia, e outros em que tinhámos que acordar no meio da noite para levantar o que podia ser levantado, e ver as aguas levarem aquilo que não era dela.

    Quanto aos bueiros que você meciona eu deixei uma roda do meu valente e possante fusquinha 66 “pé de boi” em um bueiro sem tampa encoberto pelas águas lá da rua canário!

    Abraços fraternos

    Manoel Ferreira

  65. Uma informação relevante sobre jornalismo para quem só que ver boas notícias. Prá começar, boas notícias não são notícias!
    Deu p/entender? Não?
    Então vejamos; O Haiti, por exemplo, não era notícia até o dia do terremoto. Depois da tragédia, o Haiti não sai das primeiras páginas.
    Entenderam? Ainda não?
    Mais um exemplo; Um avião que faz seus trajeto sem nenhuma alteração não é notícia, mas se ele cair, aí sim, é notícia.
    Acho que fui claro.
    Ou não?

  66. Marleydisse:2/02/2010 às 7:57
    ”As Aves de rapina… sentimentos típicos da direita, que tá com o rabinho entre as pernas desde 2002”

    Que isso Marley? Que isso?
    A direita nunca esteve com o ”rabo tão solto” como agora. Ela está toda lá. Você não sabia disso rapaz? Se informe melhor.
    Nunca, nunca, nunquinha, neste país, os banqueiros, empreiteiros e financistas ganharam tanto dinheiro.
    Não atire no pé…
    E, claro, para os milhões de miseráveis; tome bolsa isso, bolsa aquilo. Né?
    Ou não?
    Diga que não?

  67. Bpom dia meus amigos Manoel Ferreira, Luana, Ênio, Simei, e todos os balaieiros, sem deixar de cumprimentar aquele amigo que permite nossos comentários no blog, Ricardo Kotscho.

    Nada entendo sobre geologia., mas, quem for sexagenário como eu (66 anos), deve lembrar quando na juventude, via pela TV reportagens (filmagens) de experiências atômicas feitas nos oceanos, que na explosão do teste, levantava um ”tufo” de água, exibido com ”orgulho” pelos países responsáveis, contudo, não mostravam a quantidade de peixes e animais marinhos que ficavam boiando, mortos, resultado daquelas proesas militares. Mesmo eu não entendendo do que aqui expus, tenho uma grande dúvida:
    Teriam tais experiências, algo ligado aos deslocamentos das placas submarinas, que hoje são tidas como responsáveis pelos terremotos? ou outras explosões ocorreram mais recentemente? Desculpem minha ignorância sobre o assunto, que deram origem a essa dúvida.

  68. Bom dia a todos os balaieiros.
    Credita-se grande parte de culpa dessas enchentes à população, que segundo dizem são as responsáveis por ”jogar lixo no chão”. Sei que existem aqueles que realmente não tem formação de berço e praticam esse tipo de ato, mas, não é a maioria. Contudo, ao verem imagens pela TV ou mesmo pela internet, que exibem o lixo boiando n’agua durante as enchentes, logo vem a pecha: A população é a culpada! Não observam que os bairros estão alagados há muito tempo e que o lixo não é recolhido e que os sacos plásticos em ”seu trânsito aquático” vão se rasgando, não obstante, fazem vistas grossas aos utensílios domésticos, inclusive mantimentos, que são danificados e estragados nessas residências submersas. Onde vão colocar esse lixo? Levá-los para o teto? Já não chega o esgoto misturado às águas que invadem? Homens, mulheres, crianças expostas às doenças com um serviço de saúde ineficiente, seres humanos transformando-se em lixo também? Toda rede de coleta de águas pluviais estão entupidas e as águas sobre o asfalto transbordam antes mesmo de serem desaguadas nos rios e riachos. Outra coisa, se terrenos baldios (alguns até da prefeitura), se transformam em verdadeiros lixões, é pela descura, de fiscalização de quem tem o de ver de fazê-la, assim como o desentupimento da rede coletora de águas e de piscinões que não foram feitos antes da chegada da época das águas. Está visível que tudo está acontecendo, até uma criança é capaz de descrever usando meios infantís para tanto: ”Os órgãos públicos fizeram o papél da cigarra,(cantando, fazendo propaganda, se auto-promovendo, jogando confetes sobre sí mesmos) e não da formiguinha que trabalhou prevendo o futuro”. E isso se refere também à ineficácia do atendimento médico, que logo será um colápso com tantas pessoas enfermas, resultado desse estado de coisas. A população é A VÍTIMA, não é RÉ. Podem ter errado, mas, em ter votado nisso que aí está!

  69. Todos nós sabemos do prejuizo que essas enchentes causaram, não só materiais, mas, até vidas foram ceifadas.
    Agora, como voltar à normalidade? Será que retirando as famílias de suas casas, mediante à um auxílio aluguel durante seis meses é o suficiente? E quando as águas baixarem, onde iremos buscar assistência médica eficaz para atendimento das pessoas atingidas pelas enfermidades decorrente dessa situação? Será construido muros de arrimo, para contenção de deslizamentos, Piscinões, limpeza de córregos, tubulações, rios, etc., Voltará ao normal a coleta do lixo? Haverá redução de impostos, pelos prejuizos causados? Créditos especiais para aqueles que perderam utensílios e automóveis? Afinal, o que as autoridades públicas pretendem fazer?
    É hora de colocarmos a tranca na porta para que ela não seja arrombada outra vez, além de reestruturá-la pois também, foi danificada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *