Quem está dentro não sai, quem está fora não entra

Quem está dentro não sai, quem está fora não entra

Mais da metade dos paulistanos ouvidos pelo Ibope responderam em recente pesquisa que gostariam de deixar a cidade, se pudessem. A pesquisa foi feita e divulgada antes das últimas chuvas em São Paulo, que já mataram 59 pessoas, mais do que a tragédia de Angra dos Reis, no começo do ano, e deixaram a cidade em estado de colapso permanente.

Na quinta-feira de manhã, tentei sair de São Paulo logo cedo, junto com Hélio Campos Mello, meu colega fotógrafo e chefe da redação da revista Brasileiros. Nosso destino era Rio Claro, no sul fluminense, perto de Barra Mansa, para fazer uma reportagem sobre um heróico defensor da natureza e dos índios, o velho Nikolaus, dono do Sítio Fim da Picada.

Mas como iríamos sair de São Paulo, com as marginais inundadadas pelos nossos principais rios, que transbordaram de madrugada? Embora ele estivesse no comando de uma velha, porém possante, Land Rover, foi mais difícil encontrar um caminho de fuga do que enfrentar os obstáculos do rallye Paris-Dacar.

Tudo fechado, tudo parado, um inferno no trânsito, que o noticiário das rádios só conseguia tornar ainda mais complicado. Algo parecido o Hélio me disse que só tinha visto durante a cobertura da última guerra no Iraque.

Levamos quase duas horas para achar o acesso à rodovia Ayrton Senna, às margens do rio Tietê, que estava pela tampa, tomado pelo barro e pelo lixo. Daí para a frente, deu tudo certo na viagem e, já na manhã desta sexta-feira, pegamos o caminho de volta. O tempo havia melhorado,  não chovia mais quando chegamos a São Paulo.

Em pouco mais de três horas,  estávamos entrando novamente na marginal do Tietê, quando tudo parou, embora as águas do rio tivessem baixado e já não houvesse alagamentos. Pelo rádio, ficamos sabendo que São Paulo estava com mais de 120 quilômetros de congestionamentos, às 11 da manhã. Alternativas não havia. O jeito era se armar de paciência e tentar entender o que aconteceu com esta cidade no começo de 2010.

Será que ainda tem solução? A cada dia entram em circulação mais de 1.000 novos veículos São Paulo. Assim não há obra que chegue para melhorar o trânsito, nem evitar as inundações quase diárias, que afligem os moradores de dezenas de bairros, em todas as regiões da cidade.

Tudo bem que neste janeiro tenha chovido como nunca antes, mas não há o menor sinal de que São Pedro vá dar uma trégua, muito menos que o poder público municipal e estadual guarde na manga alguma iniciativa para pelo menos minorar o sofrimento dos paulistanos. Ao contrário, a sensação que se tem ao entrar na cidade é  de que cada um de nós está abandonado à sua própria sorte _ ou azar, sei lá.

Da entrada da cidade até a minha casa levei  metade do tempo que gastei para percorrer quase 300 quilômetros de viagem do Rio a São Paulo. Alguma coisa está errada, não sei explicar o quê. Só sei que São Paulo hoje é uma cidade onde quem está dentro não sai e quem está fora não consegue entrar. Virou uma gincana permanente.

178 thoughts on “Quem está dentro não sai, quem está fora não entra

  1. Moro em Campo Grande/MS, onde as pequenas filas que já começam a se formar em nosso trânsito (violento) deixam a todos de cabelos em pé. Agora imagine um lugar onde não se consegue fazer um simples trajeto de casa ao trabalho, sem perder horas e horas, é simplesmente inimaginável para uma sul-mato grossese que leva míseros 5 minutos para chegar ao trabalho. Quando vejo os noticiários sobre estes problemas em SP fico pensando, existe alguma solução, a médio prazo, que seja? Chego imaginar que não, não há solução. Afinal é dificil planejar e executar algo que já começou errado… Parabéns pelo texto, como sempre excelente.

  2. Nesta semana ví o prefeito dar engtrevista num canal de TV, dizendo que irá mapear as áreas de risco e de adutoras de águas pluviais e que o crescimento populacional da cidade é o culpado pelos atuais infortúnios. Será que com esse ”mapeamento” irá solucioná-los? Ei prefeito, São Paulo está crescendo desde 1554! Um bom administrador, já deveria saber as carências da cidade. Vai começar a governar somente à partir de agora? Ora, já é hora de não mais tapar o sol com a peneira, chega de nos enganar e deixar no ar somente promessas e a população à margem de uma vida normal.

  3. O que esta acontecendo com São Paulo,que antigamente a violência era só na periferia agora esta no centrão e os alagamentos eram em alguns bairros,agora é na cidade toda e o paulistano vive chafundando no barro????

  4. É o preço do sucesso, todos querem vir para cá, nortistas, nordestinos e até sulistas!!!

    O Lula fez sua vida aqui, precisa mais?

    Cidades deste tamanho são inviáveis, nenhum governo da conta desta bagunça, nenhum mesmo, incluindo os ungidos.

    O próprio “sucesso” vai tratar de equilibrar as coisas, “expulsando” muita gente daqui.

    Poderiam fazer mais, claro, mas são políticos, sabe como é…

  5. Prezado Ricardo, É isso mesmo, a cidade está um caos. Culpa da incompetência e da avidez de nossos governantes. É uma cidade vitima de Kassabs que só sabem cobrar multas e aumentar impostos, de Martas que só sabem fazer obras absolutamente inúteis (vide os túneis imbecis) e também aumentar impostos, e coloque nesse rol todos os outros prefeitos anteriores, que são colocados no poder e lá mantidos pelos “empresários da construção” que estão tornando esse cidade impermeável e “inandável”. Cada vez que vejo um desses novos prédios subindo, fico imaginando como é possível a concessão de tantos alvarás de construção. Será que ninguém vê que a densidade populacional dessa cidade está transformando-a nisso que todos vemos? Não é possivel ver a construção de monstros como o novo prédio do Santander ou o prédio em frente ao Shopping Eldorado e não se revoltar. Esses prédios lançam milhares de carros nas ruas e avenidas, que continuam, obviamente, do mesmo tamanho. Óbvio, essa cidade vai parar. É uma pena, mas tão certo quanto dois mais dois são quatro….

    1. como tem gente idiota como você, ainda vem com piadinha de PT, enquanto a cidade do Kassab, que nunca faz nada
      para melhorar esta catastrofe em que se tornou a cidade de SP, o teu prefeito tem sim sua virtudes SER O PIOR PREFEITO QUE SÃO PAULO JÁ TEVE GANHANDO INCLUSIVE DO FINADO PITA

    2. O prefeito de SP, no momento, não é do partido do PT, e sim do DEM e o atual goveernador é do PSDB, O Serra. Aliás, foi esse partido miserável que está no poder em SP, há mais de 20 anos que acabou com SP, imagina o quê vai fazer no Brasillllllllllllll

  6. Eu e meu marido só pensamos em uma coisa: criar nossa filha longe daqui e tentar salvar o pouco de sanidade que ainda nos resta. Quando pensamos que a cidade não tem como piorar, o inexplicável acontece: piora mais um pouco! Deveriam investir em propagandas dizendo “Não venha para SP, aqui não tem mais espaço. Volte para a sua cidade”. Deveriam proibir a construção de novos prédios, a venda de carros por seis meses ..tudo errado na cidade que “não para nunca”..o engraçado é que eu estou sempre parada no trânsito…

  7. Caro Ricardo,

    Tenho como projeto de vida morar fora de São Paulo. Sou um pouco mais jovem que vc, mas me considero da mesma geração (afinal o que são 8 ou 10 anos de diferença depois dos 50!!!). Na qualidade de consultor de empresas tenho pego alguns trabalhos fora de São Paulo, em outros estados, só para checar a qualidade de vida dos habitantes locais, além, é claro, de defender o sustento de cada dia. No Brasil existem locais extraordinarios para se morar com qualidade de vida muito superior ao da capital paulista. Por qualquer razão, depois de algum tempo trabalhando fora, começo a sentir falta do trânsito caótico, das neuroses dos motoristas paulistanos, do meu querido Mercadão Central (apesar da dificuldade de se chegar lá em alguns horários), dos amigos queridos que me acompanham aos botecos como Frangó (Freguesia do Ó), Bar do Elidio (Mooca), Bar dos Cornos (Jaguaré), além das tratorias como Pasquale, Jardim di Napoli e também dos pastéis de feira da barraca do Zé no Pacaembu, da feirinh da Liberdade aos sábados e domingos. Ou seja, Ricardo, como levar uma vida de qualidade superior em Floripa, por exemplo, ou João Pessoa, ou Fortaleza, ou na Serra Gaúcha e vários outros locais extraordinários, e abrir mão das coisas que nós paulistanos aprendemos a valorizar ao longo da vida? Quem sabe um dia alguém me dê o caminho. Um abraço

  8. Ricardo, permita-me completar meu comentário. O problema não é o número de carros. Os carros, pelo bem e pelo mal, geram empregos, desenvolvimento, melhoram as condições dos trabalhadores, etc., etc. Se o número de carros significasse alguma coisa, as cidades americanas já estariam paradas há anos. A região de Washington, por exemplo, tem mais carros que SP com um terço da nossa população. O grande problema é o modelo de urbanização definido pelos governos militares e que até hoje continua em vigor. Um modelo baseado na concentração habitacional, que num primeiro momento pode parecer interessante, mas que o tempo tem mostrado ser um desastre. O problema é que este modelo existe não apenas em SP, mas no restante do Brasil. Vá ao Rio de Janeiro e o problema é o mesmo. Vá no Nordeste, em Recife e Fortaleza e o mesmo ocorre. Fortaleza, por exemplo, também vai parar. Aquelas ruas estreitas não vão aguentar o número de prédios que estão sendo construídos pela cidade. Concentração significa mais gente, mais carro, mais tudo, num espaço que não suporta isso. É preciso mudar isso urgentemente, mas infelizmente não será. Os militares inventaram e nenhum dos outros governos que os seguiram, inclusive do FHC e do Lula, teve vontade ou coragem de enfrentar esse problema e os poderosos “empresários da construção civil”

  9. Fico me perguntando qual será o “ponto de não retorno” em relação à cidade de São Paulo? Em que momento as pessoas vão realmente decidir vender suas casas e ir morar em uma cidade mais tranquila, criar coragem e fazer esse país acontecer de verdade? Por que o Ministério das Cidades foi criado afinal?

  10. são paulo, foi e é a terra prometida, para os que desconhecem a realidade, e como o casamento quem ta fora quer entrar, quem ta dentro quer sair, na real aqui não da mais para viver realmente com toda essa loucura, pois é, e asimm caminha a humanidade…..para o caos.

  11. Imprensa livre do PIG.

    Hoje, 22/10 ás 11 hs, assistí a uma entrevista de 2 professores da USP especialistas em urbanismo em SP, na TV Globonews, em que concordaram nas 2 causas básicas do alagamento caótico de SP:

    1- Falta de drenagem nos últimos anos dos 3 rios que cortam a cidade (Tietê, Pinheiros e Tamanduateí), assoreado pelos aluviões naturais de terra, de responsabilidade do governo do estado.
    2- Construção de apenas 32 piscinões dos 120 previstos há anos, suspensos por não serem mais considerados de prioridade no orçamento municipal e ‘falta de recursos’.

    Detalhe: Havia uma polpuda verba oriunda do Japão p/ isso, que deve ter escoado nos bueiros da corrupção.

    E não é que, ás 13,15 hs o Jornal Hoje, em sua trivial característica de distorção dos fatos, numa tentativa de eximir os governos de SP, apresenta as ‘suas 2 razões principais’ desse caos:

    1- Excesso de chuvas (como se não fosse comum nessa época).
    2- Culpa do povão pelo lixo espalhado pela cidade (apresentando a represa do Guarapiranga).

    Com a palavra, o sofrido povo de SP.

    1. Não tem como negar que a população não colabora muito. Nos rios encontramos pneus, sofás, fogôes, jogam tudo nas ruas e nos rios. E a chuva realmente está acima dos limites normais este ano. Basta ver o que está acontecendo no mundo inteiro.
      Quanto à falta de recursos, São Paulo que é o maior contribuinte da União, receberá 60 reais por habitante, do orçamento federal. Enquanto outros estados, como a Bahia por exemplo, cada cidadão receberá 240 reais.
      Brigas partidárias estão prejudicando a população de são paulo.

  12. A cidade precisa de uma equação para sanar os problemas, mas, quem consegue enxergar soluções viaveis, menos carro, mais transportes de qualidade, menos poluição….. na verdade São Paulo só tem uma solução, menos gente.

  13. è engraçada o pessoal fala da Marta, mas na gestão dela não estava tão impossível, para quem tem acesso ao centro de São Paulo, está um caos, o atual prefeito Kassab cortou verbas de varredores, não faz mais a limpeza das ruas São Bento pela manhã como tinha no governo da Marta, no vale do Anhangabau os mendes tem até um carcadinho que dá até medo do que tem lá porque o atual prefeito junto com atual governador, resolveram parar as obras de revitalização do centro que era projeto da Marta, fora que eles fazem um “AMOR” que nojo em plena as 15horas para qualquer um ver naquela região e ainda fica em frente da sede da prefeitura, fora todas essas informações realistas, ainda tem o fato dele para quem não lê jornal foicar sabendo reduziu radicalmente a verba para obras anti enchentes e voçês ficam lembrando da Marta pela amor de Deus agora São Paulo já sabe continuem com KASSAB E PARA PIORAR VOTE NO SERRA TB MANTENDO ESSAS PORCARIAS DE GESTÃO

  14. Eu só lamento, oceis nao se acham sabichao e vive dizendo q nois é q é burro, nao sei se existe burrice maió q essa de deixar uma cidade chegar neste ponto de caos.
    Esse povo da cidade grande é memo um povinho danado de burro sô!

    1. Ué só, no interio ñ chove ñ, ou aquelas notiça é invenção do televiso, ainda bem q este monte de chuva é in Sum Paulo, já penso se é lá no Rio, ia virá mar ou um barro só.

  15. Diante do que está acontecendo no mundo inteiro, com enchentes, alagamentos, terremotos, o el ninho fazendo estragos em várias regioes, estou até conformado com a situação da cidade de São Paulo. Apesar dos transtornos estamos suportando bem a situação. As pessoas falam só de são paulo, capital, mas esquecem que Osasco, Barueri, Itapevi e várias outras cidades da grande São Paulo estáo em situação muito pior.

  16. Não é só São Paulo que está sob enchentes , o problema no Brasil é politicagem! Faltam verbas do governo Federal para todos os Estados. Que diga Rio, SC, Paraná, Minas Gerais enfim aqui é a chuva e no nordeste é a seca. Porque o Sr Lula não usa os recursos dos impostos para ajudar o Pais! Aqui é o Haiti, não temos educação, sáude, saneamento básico, infraestrutura, mas políticas públicas não traz dividentos externos, para estar na cadeira da ONU, sacrifica a população! Com 375 milhões ele ajudaria o estado em que viveu e deu-lhe oportunidade! Esse mesmo valor não é dado ao estado em que nasceu…..E agora a culpa do que ocorre é só do Serra e do Kassab, mas uma mentira porque lembramos muito bem da Marta como prefeita! Até outubro tudo que acontecer aqui e acola será do Serra!

  17. Por que esse blog não comenta que os tucanos estão há 15 anos no governo do Estado e que alguma coisa eles devem ter deixado de fazer para a Região Metropolitana ficar desse jeito. A questão é: como o PSDB conseguiu fazer isso com o estado mais rico do país?

  18. Algum engenheiro, matemático ou PHD em física pode me explicar como são úteis os corredores de ônibus? Essas vias permanecem cerca de 90% do tempo sem serem utilizadas! O “Grande Jânio Quadros” implementou essas vias nos anos 80 e até agora não apareceu nenhum ser que perceba que é uma imensa burrice! Acordem Srs. Engenheiros da CET!

  19. Caro Ricardo:
    Moro em Campinas e estava passando por São Paulo no domingo a noite, quando caiu aquele temporal. Realmente é de assustar quem não está acostumado a esses episódios.
    Na frente do aeroporto de congonhas tinha um sofá boiando, não precisa falar mais nada!

    SP é uma enormidade e os problemas cresceram com ele.
    Acho que deveriam, em primeiro lugar tentar educar o povo para que respeite a coisa pública e não atire lixo pelas ruas, em assim se portando, os paulistanos e os visitantes terão menos problemas com enchentes.

    Algumas obras devem e precisam ser feitas com a máxima urgência e o PAC está aí para liberar o dinheiro, que por justiça é de São Paulo.

    “O cara entra pra seu apartamento ou casa e sequer se preocupa com seu vizinho, enquanto tiverem essa cultura, não se espere outra coisa”.

  20. São Paulo terra da garoa, São Paulo terra de gente boa, isto se falavam nos 50,60,e 70, Hoje pararam de dizer, estão dizendo assim São Paulo de chuva boa São Paulo de transito parado. Não dá para colocar o Brasil dentro de São Paulo mas é possível colocar São Paulo dentro do Brasil

    1. Ao Silva
      Parabens, vc tocou no cerne da questão.
      Quando as chuvas alagam São Paulo a culpa é do Serra-Kassab, mas quando essas mesmas chuvas provocam apagão em todo pais, de qum é a culpa ?

      Dos 3 relâmpagos nas 3 sub-estações.

      Dois pesos e duas medidas.

  21. Gente não tem solução. Nem Deus consegue dar solução para uma insanidade daquela. São Paulo, quando chove, vira um amontado absurdo de gente mergulhada no concreto, na lama e no lixo. A megalópole é a pior das criações da humanidade. Imagine agora uma megalópole administrada por de politicos e administradores públicoscom a qualidade dos nossos – corruptos, incompetentes e sem o menor comprometimento com a população. Isso é São Paulo!

  22. Boa noite Ricardo!
    Boa noite amigos balaieiros!

    NÃO TEM JEITO!!!!!

    Essas tres palavras, quer queiram quer não, são ao menos realidade agora.
    Já sofremos muito nessa cidade por conta das enchentes.
    Isso há cerca de 30 anos atrás. Portanto na época da ditadura que tantos ainda defendem.
    Me lembro ainda de meus pais, e com ajuda minha e de meu irmão, colocando o que se podía para cima dos móveis.
    Não é culpa somente da administração pública, seja ela qual for.
    Tudo o que foi tentado até agora, foram soluções “paliatívas”.
    O fato é que muitos paulistanos compram mais carros pela facilidade em burlar os rodízios, continuam jogando lixo nas ruas, os administradores continuam “impermealizando” a cidade, e tudo num crescimento desordenadamente astronômico.
    Além do fato de que a cada ano, chove mais.

    É muito fácil cair de pau na administração pública.
    Todas elas são “mágicas”, e apenas não querem fazer essa mágica.
    Outra coisa perigosa, é culpar os que vem de fora para essa cidade, iniciando uma onda de xenofobía que só vem agravar ainda mais o problema.
    Solução a curto, ou médio prazo?
    Esqueçam.
    Como fica chato somente criticar e não contribuir com alguma idéia, talvez criar abrigos com boa infra-estrutura que possam ser usados nesses períodos.
    Iniciar um programa de crédito-enchente, para aqueles que perdem o pouco que tem possam recomeçar, e dessa forma aumentar mais ainda o paternalísmo governamental tão necessário aos mais necessitados.
    O investimento é baixo, mas o retorno é alto.

    Desempermeabilizar o solo, substituíndo os tipos de pavimentações. Já esse, o investimento é mais alto, e provavelmente com poucos frutos a colher na mesma administração.
    Trabalho de conscientização?…Bem!!!
    Isso já é meio “impossível”.

    Esse problema não está atingindo somente São Paulo Ricardo.
    As enchentes estão se proliferando por mais cidades.
    Recentemente uma cidadezinha histórica, quase foi riscada do mapa.
    A mesma coisa com o trânsito.

    Não adianta só o crescimento econômico, não adianta só investir em infra-estrutura, se não se aprender a usar tudo isso com respeito.

    Do contrário…O quadro é esse mesmo!

    Robson de Oliveira nosbornar@ig.com.br

  23. Olá, boa tarde.
    Acredito que São Paulo, Rio, Belo horizonte e outras, não tem solução por falta de governo.
    Não é de hoje, são pelo menos trezentos anos na mão destes políticos, que só veem nos cargos para os quais se elegem, com promessas que não serão cumpridas, forma de exercer o poder e se ajeitar na vida, às custas de outras vidas.
    Nossos governantes só enriquecem milhares de vezes mais rápido que seus salários permitem, passam os quatro anos do mandato e voltam com as mesmas promessas que o povão otário acredita de novo e vota.
    Em fim, não há solução, a não ser trocar de povo, já que de governo não se troca.
    Um abraço.

  24. Caro Kotscho, creio que o problema vai perdurar, pois São Paulo é um concreto só. Não adianta, como alguns fazem, jogar a culpa nos administradores do passado, fizeram o que era para ser feito. Agora uma coisa é certa, São Paulo inchou e os espaços sumiram. Todos querem andar de carro e ninguém é capaz de mudar a rotina. Vai ter um preço. E o resultado está aí, a cada ano o problema aumenta. E faço uma confidência: não moro em São Paulo; e se tivesse que morar no Estado de São Paulo, seria numa cidade do interior. Mais tranquilas e com outros problemas, mas de menor proporção.

  25. Esse “caos”,não é de hoje,e muito menos de ontem,”isso tem ANOS”,aliás coloca anos nisso.
    Muda Governador,muda Prefeifo,e a coisa afunda ainda mais,eu sinceramente NÃO acredito que nenhum político,independente de PARTIDOS,vá por fim a esse “caos”,e muito menos amenizar.A tendencia é ficar anos luz pior.
    Esse “caos”,não é prioridade de S.Paulo.Esqueceram que S.Paulo,fica no BRASIL?

  26. Às vezes penso que estes Rios que alagam São Paulo não têm vazantes, suas trajetórias são um grande Anel Fluvial. As águas voltam ao ponto que deu inicio. Quem sou eu, um cabra aqui do Norte dar pitaco nos problemas de alagações de São Paulo né?
    Porém fico a pensar! Por que não arrombam logo as margens do bendito Rio Tiete lá onde ele desemboca para dar maior vazão às águas?

    Já que não tem jeito mesmo, fico aqui no meu Acre torcendo que meus amigos ai de São Paulo viva o melhor com toda essa adversidade !!!

  27. O problema é que paulista vota ruim pra caramba. Há quanto tempo a turma do PSDB manda no estado?
    Se bem me lembro, o Geraldo Alkmim deu uma entrevista dizendo que a inauguração da nova eclusa do Rio Tietê, a primeira a ser construída nos limites da capital, no dia 20 de janeiro de 2004, o Governo paulista entrega mais uma obra dentro do plano estadual de combate às enchentes, que inclui ainda o rebaixamento da calha do Tietê, barragens e piscinões. A eclusa funciona como “elevador” de águas, para ajudar as embarcações a transpor os desníveis ou barragens. No segundo semestre, com a obra de aprofundamento da Calha do Tietê completa, a eclusa estará a pleno funcionamento e as enchentes mas marginais será um caso do passado.
    Esteve em São Paulo recentemente, São Paulo está suja, mal cuidada, cheia de lixo, isto para mim era algo inimaginavel.
    Portanto, não deixem São Paulo, continuem ai, não levem a pessima qualidade de vida de vcs para outros locais.
    O Brasil agradece!!

  28. Minha primeira dúvida quanto à pesquisa do IBOPE é: “a pesquisa foi feita somente com os paulistanos, ou, a maioria são os migrantes que depositaram sua expectativa de melhor qualidade de vida em São Paulo?”
    Sou paulistana e prefiro ter a esperança que poderemos melhorar nossa cidade!
    A atitude transformadora é a de conscientizar “todos” que o grande mal (talvez maior que a impermeabilidade do solo) é o lixo desmedido!
    Estamos sempre responsabilizando somente o Governo, porque é mais fácil!

  29. Gostaria de dizer o seguinte: Em Fortaleza, mesmo em horários de pico, dá pra chegar na praia em 20/30 minutos, dependendo do local que vc está. Isto é possivel em São Paulo??

  30. – As velhas soluções não funcionam mais para os velhos problemas. E estas, se vierem, não tem que vir somente quando acontece um grande evento, tal como a Copa em 2014. As soluções tem que vir já, são urgentes, mesmo porque São Paulo é a principal cidade do nosso país.

    Violência explícita ou velada, tempo de deslocamento seja pra onde for e da forma como for, enchentes mais de uma vez por semana, poluições (no ar, no chão, sonora, miasmas …) e os ignorantes e irresponsáveis que só pensam no que é bom, fácil e conveniente pra si mesmos, jamais para o bem comum.

    De fato São Paulo é uma cidade opressora, mas é a ‘ponte’ de todo brasileiro que se disponha a passar por tudo isso, vencê-la e vencer a si mesmo com tolerância e resignação, infelizmente.

    Até quando?!

    Saudações tricolores,
    Thom.

  31. A maioria dos impostos pagos pelos Paulistanos vão p Brasilia e ñ voltam, o crescimento populacional é maior q o crescimento da arrecadação, e ñ a tempo viavel p fazer todas as obras, o ideal é q este pessoal q quer ir embora de São Paulo, apresse a saida, vão com Deus, principalmente aqueles q jogam lixo e ñ respeitam os sinais de transito, na California EUA, 1000 familias estão sendo retiradas de áreas de risco, lá tbm chove.

  32. Caro Ricardo, você me fez lembrar daquele samba do Moreira da Silva, intitulado Piston de Gafieira. Dá para escrever uma paródia muito apropriada para os paulistanos.
    Infelizmente os grande centros têm esse e outros problemas em virtude das obras eleitoreiras que se arrastam de muitos e longos anos. Como você sabe, moro em Campo Grande-MS e já estamos sentindo esses problemas começarem surgir, e veja bem, que aquí ainda é uma pequena cidade que vem crescendo muito ultimamente e tudo está sendo feito como sempre foi sem observar o futuro.
    Existe, aquí, uma rua (só como exemplo singular) denominada Avenida Júlio de Castilho que se estende em numeração acima dos nºs 5000. Desde quando eu tinha 18 anos (passei dos 50 faz horas) ela sempre foi uma mina para os prefeitos que aquí passaram e até hoje nunca resolveram os problemas; nem pluvial, de trânsito, canteiros e etc. Cada um que passa pela prefeitura inventa alguma coisa que não resolve (aliás, resolve. Sempre algo é feito por aquí em proximidades de eleições). Tem uma avenida, também, denominada Fernado Correia da Costa que já encheu-se muitas de vezes de águas quando mal troveja e que também já encheu os Caixas 2 de muitos políticos (começando pelo Senador Lúdio Coelho, quando era prefeito). Hoje, quem mora ou tem comércio às suas margens dessa avenida tem o problema solucionado, uma questão paliativa, pois com o progresso advindo a coisa será pior que antes. Digo isto, porque mal chove e os cruzamentos desta avenida em seu final com a avenida Calógeras pelo seus meios fica encomberta de água e o trânsito fica interrompido por horas durande a chuva se for um pouco forte. Agora, imagina daquí uns 20 ou 30 anos quando os escoamentos aos córregos que dão vazão não suportarem as águas dde toda cidade?
    O maior problema dos grandes e médios centros urbanos é a paliatividade com interesses eleitoreiros. As placas e as coisas bonitinhas em aparências dão votos e impressionam os eleitores ignorantes da realidade.

    1. Ezio,
      Já que o mote é Moreira da Silva me lembro de um sambinha cantado por ele cuja letra dizia mais ou menos:
      ( não é São Paulo, mas é Rio de Janeiro, que no “quesito” enchentes não fica muito atras, não…)

      “Que maravilha minha linda guanabara
      tudo enguiça, tudo para todo transito engarrafa
      …..
      Quem tiver pressa entre n’agua até o pescoço
      e peça a Deus pra ser Girafa”

      Infelizmente não lembro de quase nada da letra…

      Mas o final é genial:

      “Por isso agora já comprei minha canoa
      pra remar nesta lagoa toda vez que a chuva cai
      E se uma boa me pedir uma carona,
      Com prazer eu levo a dona
      Na canoa do Papai…”

      Isso foi lá no fim dos cinquenta, inicio dos sessenta.
      Como se vê, pouco mudou….

  33. O sujeito abaixo é um cego , coloca a culpa exclusivamente na Marta e nos tuneis. Continue com essa visão cega típica da classe média paulistana que logo logo você fará rodizio de botes e barcos.ahahahahahaha

  34. E as poucas alternativas que estão surgindo vem acompanhadas de pedágio, é o caso do Rodoanel, que foi criado para aliviar o trânsito das Marginais, com a retirada dos caminhões, só que agora estão cobrando pedágio, e eles voltam para as Marginais, tudo bem que vai ser até começar o pédágio para entar na Marginal, Ou vocês acham que essa obra vai ficar de graça para a População?? com certeza vamos pagar para transitar nela…

  35. Nasci em São Paulo e vivo aqui 42 anos e confesso que está insuportável continuar vivendo nessa cidade. Apesar de grande e ter tudo que precisamos a qualidade de vida do Paulistano está a cada dia mais debilitada. Que adianta morar na maior cidade da América Latina se não se tem qualidade de vida, se não se tem saúde. Virou um verdadeiro martírio sair de casa para trabalhar ou passear, sem falar na insegurança e no medo que sentimos todos os dias. Quem puder e quiser viver melhor procure uma cidade mais humana e saudável, pois São Paulo ficará ruim dia após dia.

  36. Acho até que o preço que pagamos para viver em São Paulo é muito alto. Nunca se viu tantas pessoas enfermas como se vê hoje aqui. Antes só os idosos ficavam mais doentes e agora vemos jovens com doença de velho. O ar está a cada dia mais poluído e muitos problemas respiratórios tem afetado a população. Quase toda semana tenho dores de cabeça por causa da péssima qualidade do ar. E o trânsito que exige de nós paciência de Jó.

  37. Você deveria mudar para o Brasil. Há enchentes em Santa Catarina, São Luís do Paraitinga, Angra dos Reis, São Paulo, etc. e no resto do mundo também, mas no Brasil milagrosamente não acontece nada disso.

  38. Olá Ricardo

    O culpado pelas chuvas?

    O povo coloca o lixo na rua para ser coletado. Acontece que a coleta não é feita em um horário certo. O lixeiro pode passar pela manhã ou à tarde. O contribuinte devia ficar em casa esperando o lixeiro passar e entregar o lixo? De tanto se falar uma mentira essa acaba se transformando em verdade e o povo já esta se achando culpado pelas enchentes. O lixo tampa os bueiros mas é o lixo não recolhido pela prefeitura em tempo hábil.
    O rio Tietê está assoreado, desde que se “terminou” o aprofundamento da sua calha, com grana do Japão, não mais se fez a dragagem do mesmo. Não existe mágica, por anos a fio as dragas fizeram esse trabalho. Houve o aprofundamento, mas tudo continuou correndo para o rio e o mesmo encontra-se assoreado por falta desse trabalho de dragagem. Que meio de comunicação tem coragem de dizer isso na cara do governante de plantão, as reportagens com os prejudicados são truncadas, nunca falam o nome do responsável, etc.etc.
    O Jardim Pantanal/Romano é um problema do GOVERNO DO ESTADO afinal este povo está sendo atingido pela enchente do rio Tietê cuja competência cabe ao estado e não à prefeitura. O Kassab está servindo de escudo para blindar o ilustre Serra, pois ele sabe que não tem nada para fazer e sim cabe ao governo do estado resolver o problema do rio. A questão é a mesma o rio, nesse trecho, também está assoreado e nada se fez para melhorar a situação basta ver que ocorre a mesma situação do lado de Guarulhos.
    Vêem pessoas dizer que a culpa é pelo excesso de carros, dos nortistas, nordestinos e até sulistas? Quanto egoísmo? Ocupei o meu lugar os outros que se danem?
    Há quantos anos o governo do estado está nas mãos dos mesmos ? O que fizeram para melhorar a questão das enchentes? Não gastam dinheiro com mais nada. A última grande obra é o Rodoanel que vão entregar para algum apaziguado faturar em cima. Aliás o que não dizem é que boa parte da grana é do governo federal.
    No resumo o culpado de tudo isso sou eu, é você caro Ricardo, somos todos nós afinal assim querem.
    Abraços.

  39. Estou torcendo como nunca para que o Anel Viário seja inaugurado no primeiro semestre deste ano, para que possamos ter uma malha viária mais livre de caminhões e
    outros veículos que atravessam a nossa cidade para pegar
    outras estradas que levam para fora da capital, e com isso
    elevando em muito o volume de veículos em nossas marginais, avenidas e ruas. O Anel Viário já deveria estar
    funcionando se não fosse o atraso sobre a decisão de sua
    aprovação, com base do impacto hambiental, que travou o seu andamento na zona sul da capital.Tenho a certeza de que haverá uma melhora significativa em nosso trânsito de
    veículos. Obras como foram feitas pela Martha, buscando só
    mente o fim eleitoreiro não combinam com o que a nossa cidade estava precisando.
    Devemos motivar uma campanha junto a nossa população,
    com respeito ao lixo jogado em nossos corregos e rios, e não ficar pensando que é sómente falta de cultura do nosso
    povo, pois devem ser motivados a jogar o lixo no lixo e não
    nas ruas!
    Agora…que está chovendo acima da média todos devem concordar, pois estamos convivendo com o mau tempo desde junho de 2009!

    1. Você é cego? Ou não quer ver? Prefeitura não desobstrui os bueiros. Estado não faz dragagem no Tietê. Agora a culpa é minha? Não é. É sua. Que votou errado e fica fingindo não ver o que, cada vez mais, todos veem.

    1. Saí de São Paulo há muitos anos e não sinto a menor vontade de retornar. Cada vez que passo pea capital sinto cadavez mnos vontade de retornar. a viagem que da minha cidade levava tres horas a té a capital, hoje leva quatro. Uma hora a mais eu perco na marginal. independente do dia ou horário…

  40. Olá,
    Sou de SP-SP e resolvi morar em uma cidade menor buscando a tal qualidade de vida no litoral do Ceará.
    Um paraíso, lindas praias, natureza, sem transito e poluição, passou o primeiro ano, não aguentava mais aquela vida, isolamento da família, dificuldades para encontar assistência médica, falta de variedade em alimentação, educação, etc.
    Para viajar e passar alguns dias nesse paraíso é maravilhoso mas morar pode ter certeza que é complicado…ah… os mosquitos devoram vc. Fiquei 02 anos nesse paraíso, voltei para minha querida cidade São Pulo, apesar dos problemas de SP daqui não quero sair mais.

    1. Guto, concordo com você …Só dá valor quem experimentou morar fora… Vinte milhões de pessoas estão aqui obrigadas??? Duvido… São Paulo precisa de mais ética, higiene e respeito à natureza… Problemas podem ser resolvidos.Depende de todos! São Paulo é a melhor cidade do mundo!!!! Feliz aniversário Paulicéia Desvairada!

    2. Meu Caro AMIGO Robson

      Infelizmente o que eu disse aqui é verdade !!! Como voce sabe, diferente de outros comentaristas que chegaram aqui recentemente, eu fiz parte do Governo da Marta ( e também do Governo Luiza Erundina ) nessa minha segunda passagem por governos. nos dois primeiros anos eu fiz parte da coordenação do Orçamento Participativo da cidade e depois, quando foram criadas as subprefeituras fui ser coordenador de ação social na Subprefeitura de Santana-Tucuruvi.
      SEI DO QUE FALO !!!
      Na area social a dupla Serra / Kassab ACABOU SIM com os bons projetos existentes e NADA colocaram em seu lugar !!!
      Basta andar nas ruas !!!! Olhe para o chão das nossas calçadas e CONSTATE a multidão de desassistidos jogados como lixo pelas ruas !!! É mentira ?
      Na subprefeitura de Santana, a função de coordenador de ação social me dava a responsabilidade sobre as areas de cultura, esportes, abastecimento, habitação e assistência social. Essa ultima é que me tomava a maior parte do tempo pelo fato de que o Terminal Rodoviário do Tietê está no “mapa” desta subprefeitura e é comum uma maior concentração de moradores de rua no seu entorno, como já foi um dia no centro da cidade quando alem das estações ferroviárias, a “rodoviária” também era lá !!! Pobre não vem pra São Paulo ou pra qualquer outra grande cidade do mundo de avião !!! Com o constante processo natural da migração onde a população rural ou das pequenas cidades buscam melhorar de vida nos grandes centros, chegam aqui e nem sempre dá certo, daí a decepção, daí a frustração de ver seus sonhos não realizados e o passo seguinte para o alcoolismo e outras drogas na maioria dessas vezes é inevitável.
      Não sou especialista em assistência social mas trabalhei com uma equipe de fantásticas e fantásticos funcionários públicos dessa área com quem MUITO aprendi. Quando se é chamado para assumir funções de governo e de gestão pública não se deve fazê-lo pelo salário ( não foi o meu caso – ganharia mais se fosse na minha profissão ) e como bem ensina hoje para o mundo o nosso Presidente Lula, deve-se deixar de lado a RAZÃO e gerir tudo com o CORAÇÃO !!!
      O morador de rua está lá para morrer, chegou ao fundo do poço e por isso na maioria das vezes não aceita regras e horários da burocracia de abrigos e não é possível pela lei força-los a isso. As ruas por serem públicas não são propriedades de alguns, são de TODOS !!! Aqui em Santana encontrei ex-profissionais até de boa formação nessas situações. Técnicos de eletrônica, ex-bancários, contadores, e pasme !!! Un ex-advogado e um ex- engenheiro !!! É claro que são minoria, mas fazer UM DESSES retornar a uma vida nornal É UM MILAGRE !!!
      E o PROJETO BORACÉA criado pela Dra. Aldaíza Sposati foi a PRIMEIRA INICIATIVA na cidade de São Paulo que proporcionava uma nova forma de abordagem a essas pessoas. Porque os tratava como GENTE !!! Encaminhei muitos daqui para lá. Outro dia encontrei um desses no metrô ( não me lembro o seu nome ) e ele se lembrou de mim, me contou que estava trabalhando, tinha a carteira assinada e que ESTÁ NOIVO !!! Voce não pode saber da minha alegria !!! É indescritível !!! UM se livrou !!! UM !!!!! ( dos que eu saiba ) …Ele foi assistido no PROJETO BORACÉA !!! Esse eu pude rever mas eu sei que foram centenas os que tiveram essa mesma sorte e esse mesmo carinho !!!! Sem contar as dezenas de Cooperativas de Catadores de Papel que ajudei a criar e que só foi possível quando iniciávamos em São Paulo a COLETA SELETIVA DO LIXO, com o dinheiro da TAXA DO LIXO !!! Tão combatida e tão criminalizada !!!
      De fato a Prefeita Marta errou quando criou tantas taxas por segui FIELMENTE o que constava do ESTATUTO DAS CIDADES, criado e aprovado na gestão de FHC !!! Muitas foram as prefeituras que criaram tais taxas ( A maioria do PSDB ) MAS A CRUCIFICADA PELA INTOLERÂNCIA ELITISTA QUE GOSTA DE COBRAR MAS ODEIA PAGAR, FOI A MARTA !!!

      Acabaram com o Projeto Boracéa localizado no Bom Retiro e NADA colocaram no lugar !!!!
      Sabe por que ?
      Simplesmente porque os eleitores de Serra e Kassab daquela região estavam incomodados com “aquela” nova vizinhança !!! E esses DOIS GESTORES DA RAZÃO atenderam os pedidos do seu eleitorado SEM
      DÓ E NEM PIEDADE !!!!

      Nem vou falar dos transportes e da EDUCAÇÃO na capital e no Estado de São Paulo !!! Isso o povo está vendo e sofrendo !!! Veja as filas dos onibus, trens e metrô e veja AS NOTAS dos alunos das escolas públicas de São Paulo quando comparadas ao resto do Brasil !!! Lembre-se que FOI A MARTA quem introduziu no Brasil a idéia de fornecer uniformes, material escolar e as peruas do VAI E VOLTA para estimular o melhor desempenho das nossas crianças nas nossas escolas !!! Cadê o VAI E VOLTA ?
      FOI E NÃO VOLTOU !!!!
      Quando é que poderíamos imaginar um PREFEITO dizer na televisão que vai fazer um “estudo” para o levantamento das Áreas de Risco da nossa cidade !!!
      Essa foi a PIOR desculpa que já vi um governante fazer depois da tragédia anunciada do descaso de sua gestão !!! TODOS SABEMOS ONDE ESTÃO TODAS AS ÁREAS DE RISCO DE SÃO PAULO !!! É só olhar o mapa preparado por engenheiros da prefeitura há decadas !!! OMITIU QUE CORTOU VERBAS DO ORÇAMENTO ( de orçamento publico eu também entendo um pouco ) da Limpeza Urbana e de ações preventivas contra as enchentes !!! E mentiu se disse que não sabe onde estão as áreas de risco e se de fato não sabe é ESSA a maior prova da sua incompetência e DESPREPARO PARA EXERCER A SUA FUNÇÃO !!!
      Chego a crer que a nossa maior Área de Risco É O PRÓPRIO PREFEITO !!
      Já me estendi demais…

      Estou errado Sr. Robson ?????????????????

  41. Caro Kotscho

    Quando a ex-Prefeita Marta Suplicy encerrou o seu mandato em São Paulo, obtinha altíssimos índices de aprovação. Mas o que fez o eleitorado paulista e paulistano ? Por puro preconceito, cinismo e hipocrisia tratou de trocar aquele bom governo cheio de realizações por um ex-candidato a presidente que jurava na televisão dar continuidade a TODOS os seus projetos !!! Jurava também cumprir todo o mandato de prefeito caso fosse eleito !!!

    E ASSIM FOI !!! E o que fez em seguida ? PAROU TUDO !!!
    Por não gostar do “Renda Mínima” – precursor do “Bolsa Família” – fechou as inscrições e o cadastramento das famílias com esse direito !!! Hoje são mais de 200.000 pessoas em São Paulo necessitadas deste benefício do Governo Federal mas que não recebem NADA porque tanto Serra quanto o seu “pupilo”, Gilberto Kassab não cumprem com o seu papel !!! Os “CEUS” perderam os seus objetivos iniciais e ao invés de levarem cultura e esporte para quem precisa na periferia… hoje não passam de insípidos “escolões”. A revolução nos transportes promovida por Marta com o “Bilhete Único”, que não era apenas baixar a tarifa mas principalmente poder prover mais ônibus circulando nas ruas VIROU FOI GIGANTESCAS FILAS NOS TERMINAIS !!! Na parte social o que vemos é o cada vez maior número de “indigentes” e moradores de rua jogados de dia e de noite nas calçadas do centro da capital PORQUE a dupla Serra e Kassab fechou o premiado “Projeto Boracéa” da ex-secretária, doutorada em Assistência Social, Aldaíza Sposati que além de abriga-los de forma carinhosa e decente, também proporcionava que essas pessoas, esses seres humanos, pudessem lá “estacionar” as suas carrocinhas de papel coletado – seu utilíssimo trabalho – e até mesmo fazerem uso de um canil coletivo para os seus cachorros ficarem-lhes próximos. Quem sabe ESSES cachorros ? os seus unicos “amigos” de fato nesta cidade tão desumana, covarde, cega e consumista extremada !!! ACABARAM COM TUDO !!! Trataram mesmo foi de instalar pedregulhos pontudos, arames farpados, “acido sulfúrico” e “urânio enriquecido” debaixo de pontes e viadutos para que esses “sem nada” pudessem nem mesmo dormir lá !!!
    O que os eleitores paulistas e paulistanos fizeram com a nossa cidade ?
    Entregaram por mesquinharia, uma São Paulo inteira ao comando de “vampiros” e “pombas-gira” agourentas deste “Consórcio Macumbento” Demotucano tornando o Estado de São Paulo o “Buraco Negro” da política nacional que atrai para cá sem ter que trabalhar todo dia, tudo o que tem de “pesado” nos outros estados e rejeitados pelo voto da população de onde vieram – vide Roberto Freire e Antero Paes de Barros – além de reempregar com altos salários dezenas de ex-prefeitos derrotados vindos desse nosso “interiorzão” a fora. O único Estado da federação cujo governador e prefeito da capital são da mesma oposição sem rumo e sem projeto de país desenvolvido e sem fazer questáo nenhuma de tê-los !!! E O PIOR !!! Tem sob si a proteção descabida de uma mídia esquizofrênica, estúpida e venal que faz o que pode e o que não pode para “tapar o sol com a peneira’ das demonstrações diárias e seguidas da incompetência, do descaso e do desmanzêlo que tem para com São Paulo esses políticos “ordinários” pregadores de “ordem unida” !! Desses verdadeiros “Suseranos’ e “Vestais da Arrogância e da Soberba” !!! Desses viajantes do retrocesso !!!
    Mas deixe estar !!! Quanto mais carregarem nas tintas contra o exuberante Governo do Povo do Presidente do Povo Lula e contra o PT, mais descarregaremos nas urnas todos os votos dos nossos sonhos de felicidade !!! Nada como um dia após o outro !!! E 2010 já é HOJE !!!
    E agora “Josés” e “Manés” ?
    São Paulo inundada e afogada na lama e no esgoto de tal forma que já não há mais como esconder !!!
    A culpa é dos “santos” ou da natureza ? OU É DE QUEM CORTOU VERBAS DOS ORÇAMENTOS DESTINADAS PARA A LIMPEZA URBANA E PARA A PREVENÇÃO CONTRA ENCHENTES por puro “oposicionismo sem lastro propositivo” e por não acreditarem no que pregava o Presidente Lula há um ano atrás ?
    Esperavam arrecadar pouco por conta da CRISE ECONÔMICA que NUNCA chegou como queriam !!!
    A MAROLINHA SE TORNOU UMA REAL TROMBA D’ÁGUA PARA O POVO PAULISTA POR CONTA DESSES PEQUENOS “GOVERNANTES DO CONTRA” !!! Ou não foi isso o que aconteceu ?
    Das bocas “marrentas” de Serra e Kassab é mais fácil arrancar-lhes um dente de que UMA SÓ verdade e cadê agora aquela “dentista oportunista” para prestar-lhes de novo o “serviço” ?
    É a capital do Estado mais rico do país e uma das maiores metrópoles do mundo abandonada e desgovernada à própria sorte !!!
    Sorte ? Sorte de que quem “caras pálidas dos olhos azuis” ?
    Estamos mesmo é vivendo na “urucubaca negra das desgraceiras” e com as “bocas dos sapos” totalmente costuradas !!!
    A “Terra da Garoa” virou o “Inferno das Águas” !!!

    1. Ao enio

      Se vc não gosta daqui, mude-se.
      No Maranhão há muito espaço, não há chuvas torrenciais, não há alagamentos, o Governador de lá é pupilo do lulla e, como vc vive citando termos de candomblé-ubanda vai se dar bem, no Maranhão há o maior número de terreiros-de-macumba do Brasil.
      Bem ao seu estilo.
      ABRAÇOS
      Ei enio, tou esperando.
      Reginaldo Gadelha

      PS; vc continua exagerando nas exclamações.

    2. Enio, com seu texto não preciso ler mais nenhum comentário. É tudo que penso e digo mais: deveríamos dar mais uns dois mandatos para este tipo de corja ($erra/ka$$ab) e assim aniquilar de vez com esta cidade que, além de imensamente insalubre, parece ser o refúgio dos cidadãos mais estúpidos e arrogantes que se possa conhecer. Afinal, quem em sã consciência pode achar lindo e vantajoso habitar uma cidade caótica, desumana, poluída, árida e violenta em troca de alguns restaurantes, cinemas, cursos ou possíveis “oportunidades” que poucos realmente conseguem usufruir… É pouco, muito pouco para justificar a defesa desta cidade. E se não bastasse toda essa m…, quem aqui habita, elege ano após ano toda uma cambada de políticos incompetentes e inescrupulosos e, ainda assim, fala deles com orgulho, se achando superior aos cidadãos brasileiros de outros estados… Sem perceber que quem são os idiotas da situação são os próprios! Como paulistano já deu, estou farto!!!

    3. Meu amigo! Permíta-me discordar de você nessa defesa tão apaixonada.

      Não tenho pleno conhecimento quanto ao que foi “retirado” pelo prefeito Serra no pouco tempo de sua gestão, e concordo contigo quanto ao fato dele ter abandonado a cidade para se candidatar ao governo. Isso também achei um absurdo.

      Mas também acho um absurdo dizer que o povo paulistano na época tenha sido mesquinho, hipócrita, ou preconceituoso, afinal isso de preconceito talvez tenha ficado um pouco mais explícito durante a campanha dessa senhora, quando se dirigiu ao candidato Kassab.

      Me lembro do povo reclamando das taxas criadas por ela, sendo que a oposição na época criou até um apelido de “Martaxa”, assim como hoje criaram o tal “Serrágio”.

      Você sabe que eu respeito (e muito) esse seu lado partidário, mas como estamos em um espaço público, preciso ser honesto comigo mesmo e eu acho estranho depois de tudo isso que você mencionou, o prefeito ter tirado tanto, e não colocou nada? Não produziu sequer um benefício em contrapartida?
      Fica mais estranho ainda o fato do Kassab ter sido “reeleito”… Aí então eu custo a imaginar que tipos de adjetivos os paulistanos poderiam ter.

      Apesar de como eu disse anteriormente a situação atual não ser culpa única e exclusivamente das “diversas gestões”, e sim de todo um conjunto de fatores, incluindo aí até a mudança climática, eu não consigo ter essa visão “unilateral”, e portanto posso observar a coisa de forma mais globalizada.

      Fiquei indignado, pra não dizer revoltado, quando soube dos cortes de verbas para minimizar os problemas com enchentes, e nenhum corte quanto à publicidade. Mas acho que isso não deve ser prerrogativa só da administração de São Paulo.

      Eu sei que você tem amplos conhecimentos sobre os “bastidores” da política, e sabe de coisas que nós de fora não temos conhecimento, e isso aliado à sua militância te dão uma boa vantagem ao cidadão comum.
      Por isso, não entrarei em mais detalhes, que ambos os lados possuem.

      Só estranhei esse fato…só isso!

      Abraços!

      Robson de Oliveira

      Ps. Obrigado pelo respeito à mesa ontem no boteco. ( eu entendí)

    4. Robso Meu Bom !!!

      A minha resposta pra ti e para os outros saiu por erro meu no comentário anterior do Sr. Guto das 20 h 28 minutos !!!
      ( A não ser que o Kotscho possa muda-la para cá )

      ME DESCULPEM TODOS mas gostaria muito que pudessem ler !!

  42. É também quero comprar um 4×4 como segundo carro, e nada melhor que um Land Defender como o que vc estava.
    Aí é fácil, se chover, 4×4; o problema é blindar…

  43. Puts, esse é um grande problema e q deve ser encarado com um conjunto de soluções.
    E a maioria delas são impopulares.
    Isso é um problema.
    Acredito q deve haver maiores investimentos em transporte coletivo( trenzão e metrô ), diminuir as facilidades pra se comprar carros, retirar os moradores das várzeas dos rios(pq é uma área do rio e vai encher)… ser mais sério na hora de vender os terrenos, pq têm locais q não se pode construir.
    Puts, aquela pousada em Angra é a prova de q desastres poderiam ser evitados.Já q é uma região q não poderia ter construções.
    Vixi, tudo causa problemas e transtornos… só q ninguém precisa morrer para ser feito algo.

    ABs

  44. São Paulo virou uma cidade insuportável nos últimos anos.
    Nenhum serviço publico fuinciona decentemente.
    Paga-se muito caro e o retorno é negativo em todos sentidos.
    Agora com as águas da dupla Serra/Kassab nem negativo mais temos, temos sim abaixo do negativo, istó é, sob as águas da falta de governo.
    Zero é muito para esses governantes que estão acabando com a maior cidade do hemisfério Sul.

  45. Soluções:

    1) Dividir a cidade em 10. E ainda seriam 10 cidades com 1 milhão de habitantes, cada;

    2) Parem de andar de carro, pô! Neguinho não é capaz de andar 500 metros pra comprar pão na padaria, e já quer pegar o seu celtinha. Assim não dá! Anda de bike, porra!

    3) No lugar de algumas avenidas (que é só isso que os governantes têm feito há décadas) fazer grandes canais pra levar a água do Tietê até às represas da zona sul. E ainda querem levar a água do meu Paraíba do Sul…

    4) Home Office. Na cidade dos grandes bancos e escritórios, por que os donos não adotam essa idéia??

  46. Kotscho, a insolvência é clara: a continua falta de infraestrutura de décadas, perpetuadas até os dias atuais, inviabiliza de vez a cidade, não há escapatória nos termos atuais…

    Veja, a especulação imobiliária é atroz, casas de 4 ou 5 famílias são derrubadas e substituídas por umas 3 torres de apartamentos, dessa vez com cerca de 180, 200 famílias: incrementa-se desordenadamente o tráfego (e a poluição), consome-se absurdamente água! Onde iremos captar mais água, na transposição do São Francisco? Atualmente já captamos em MG…

    Impermeailizamos sem dó a cidade, incentivadas pelo poder público quando não por ele próprio (marginais, um exemplo maior). O governo incentiva a aquisição de transporte individual em prejuízo ao coletivo. “Estica-se” o Metrô como ‘solução’, quando a necessidade de mobilidade deveria ser revista, levando trabalho e lazer para perto dos usuários, não fazendo-os deslocar de N a S, de L a O cruzando toda a cidade…enfim, está realmente TUDO errado, e não há ninguém de coragem na política nacional disposto a reordenar o espaço urbano.

    Este país é grande demais e rico tb para vivermos caoticamente como loucos, literalmente travados. Sinto afirmar isso, creio que o possa como arquiteto e urbanista, mas nessa toada não só Sampa como o Brasil caminham para uma insolvência urbana.

    Abraço!

  47. Sou paulistano e já estou cansado de ver candidatos à prefeito em campanha dizer saber de todos os problemas da cidade e encher a população de promessas, de que vai resolver o problema das enchentes, (que é causada pela incapacidade do prefeito que está saindo), que não vai aumentar o valor das passagens de ônibus, trem, metrô, que vai construir isso e aquilo, que vamos ter um serviço de saúde melhor, idem de transporte, etc. etc. O povo o elege e o então candidato, esquece tudo no dia seguinte das eleições. Providências que deveriam ser tomadas no início do governo, não são tomadas e quando porf consequencia surgem os problemas, acusam todos como culpados, (até São Pedro) menos ele. Quando é que São Paulo terá um prefeito de verdade?

  48. Porque ninhem mete o pau no Kassab e no Serra, quando era Governo do PT – Luzia Erundina e Martha Suplicy, o pau comia todo o dia, agora querem blindar esta turma PSDB-DEMO, porque não falam a verdade que os recursos estão sendo desviados. A Impressa tem mesmo de ser controlada, pois é o 4º poder, assim o jogo democratico pede apenas para um lado.

  49. PELOOO AMOR DE DEUS !!!
    Não aguento mais ouvir essas pessoas que não se contentam com nada falando de são paulo, aqui é o melhor lugar do mundo para se viver nosso problema é a má administração publica o choque cultural de pessoas do brasil inteiro, quem não está contente em viver aqui em são paulo que saia vá para outro lugar do mundo ou melhor compre seu terreno na lua talvez lá vc esteja no paraiso. Vamos esvaziar suas mentes alagadas pela ignorância e agradecer a Deus pela grande mãe patria que é SÃO PAULO dando educação para nossas crianças para que no futuro possam rir das nossas ignorâncias do presente o agora. QUALIDADE DE VIDA É EDUCAÇÃO PARA TODOS E MENOS ELITISMO.

    1. EDUCAÇÃO EM SÃO PAULO???? 14 ANOS DE PSDB DESTRUIRAM O SISTEMA EDUCACIONAL DO ESTADO!!! A USP JÁ ERA – VEJA SUAS BAIXAS NOTAS NA AVALIAÇÃO CAPES… EDUCAÇÃO EM SÃO PAULO???? SÓ PODE SER PIADA!!!!!

    2. Educação?

      A educação de São Paulo caiu vertiginosamente, sem contar que os professores reprovados no concurso, será utilizados para dar aulas para a criançada. É tripudiar com o povo. Agora cuidado! Uma hora o povo acorda e aí esta cambada do PSDB e DEM nunca mais será eleita. A paciência do povo tem limites, mesmo com a mídia passando a mão pela cabeça dos incompetentes.

  50. Kotscho

    Sou de Curitiba, mas peguei uma obra em São Paulo, na sede da Riachulelo. rua Leão XIII 500.

    Hoje demorei 50 minutos para, da saída da Caetano Alvarez chegar à saída da Bandeirantes.

    Ninguém merece isso

  51. Sabe, Ricardo… Aliás, antes de tudo: Mto bom, lhe ver, novamente. Já havia passado uma longa fieira, de colunistas… e faltava justo vc, o mais interessante. Bom lhe ver! Então, como lhe queria falar, gostaria de acrescentar q, daqui do Rio-Maravilhoso, posso sentir o caos de Sampa… Sentir. Pq não iria, aê, pra ver… jamais. Vc me desculpa; mas, torno a repetir q já morei em Sampa e adorei; sinto saudades, até… Isso foi num momento apertado entre os anos 60 e 61; acho. E, pra sentir saudades… acrescentaria q Sampa não era o caos q os “visonários, egoístas e burros”, transformaram a sua tão querida cidade… Pq armaram isso, tudo, com tudo q foi possível… Rapidamente, diria, q esvasiaram o Rio e juntaram em uma mesma trouxa, Estado do Rio e Guanabara; conseguiram impor ao novo Estado uma sucessão de governos, ao gosto… de todos os nomes, sobrou apenas um, se me lembro, o grde Negrão de Lima ( não me venha colocar o Carlos Lacerda, q aquilo não era gente…). Soma-se… q os governos federais da época, ao lado dos q lembre, aê, deu uma força da peste, na industrialização de São Paulo e a coleção de grana foi tamanha, em Sampa, em consequência, q uníu o útil ao agradável… à pto de se contruir esse caos, q vc fica a recalmar, sem assumir parte do movimento… de inchaço. Ora!… Descobri, faz um ou dois anos, q a cobrança da taxa de incêndio, no meu Estado era cobrada por uma empresa, com sede em Curitiba… Será q eu todo o Estado do Rio não havia alguém capaz?… O soldadinho, bombeiro, me mandou perguntar a razão, pra governadora rosinha… Kakakakakkkkkk…. Tudo e por tudo, era assim; aqui e aê… Aê em Sampa e no resto do Brasil, pra não dizer… Norte/Nordeste. E todo essa aglomeração financeiro-econômica, em Sampa, somou-se um período de acirrada necessidade de sobrevivência política, através da propaganda, colocando-se de lado, as reais obrigações de adequação do espaço, à lógica desenvolvimentista. Dai, por impossibilidade de argumentação, franca e honesta, colocarem a culpa de tudo, na chuva, nos lixo q a população joga nas ruas, etc…. etc, até no sem número de nordestinos, nas cada vez maiores… periferias. Cansei!… Aquele abraço, fraterno E um viva ao meu Vasco… e ao nosso (de ambos) hexa-campeão…risos

  52. Lembro-me de 1 piada do Juca Chaves –
    a professora no zoo aponta p/ a hiena e diz aos alunos:
    -Essa é a hiena, um animal que come fezes, faz sexo uma vez por ano e rí…
    Ao que pergunta um aluno mais atento:
    -Mas um animal que come fezes, transa uma vez ao ano… rí de que???

    Faz-nos lembrar de muitos paulistanos xenófobos…

    1. … Sabe. Carlos. eu até q gosto dos argentinos. Outra gente, outra cultura… Diferentes; mas, magníficos em sua maneira de ser e criar. O qto os argentinos no legaram, até aqui, de importante, com sua inteligência?… Ai, vc me pergunta o q tem a ver uma coisa, com a outra… Ora, mtos criticam, até ofendem a paulistada; lhes apontam a paternidade de afirmações, idéias e realizações absurdas, sem percorrer os caminhos das pedras, percorrido… até doridamente pela gente paulista. Sei, não: no fundo, no fundo… se sairmos, pelaê, por todos os cantos de nosso País, as pessoas de juízo vão estar rindo, não. Fica, certo disso. Abraço, fraterno

  53. O problema é que o governo federal nada democrático do seu amigo presidente dá muito mais verbas para os Estados que possuem governadores que são aliados políticos do que para os Estados governados pela oposição (essa reportagem saiu recentemente aqui no IG e tenho certeza que o senhor a conhece, porem se cala). Cada paulista vale menos que 30 cariocas ou nordestinos para o governo do seu amigo presidente e somos nós que pagamos quase a metade dos impostos deste país. Foi por isso que o senhor ficou parado no trânsito ao lado do seu amigo petista, pois para um fotógrafo possuir uma Land Rover, só se ele estiver trabalhando para o pt.

  54. O MAIS IMPORTANTE: CADÊ O JSOE SERRA? VIAJOU PRA CAMPINAS E ESTAVA RINDO COM O PRESIDENTE, ENQUANTO PESSOAS MORRIAM POR CAUSA DAS ENCHENTES. ESTE É O NOSSO GOVERNADOR. SAIA AS RUAS JOSE SERRA.

  55. Ricardo, vejo que você mais uma vez subestima a inteligência dos brasileiros. Depois de postar um artigo polêmico, o qual foi devidamente combatido, você vem com um outro artigo para tirar o foco da política errante do seu partido e, de forma dissimulada e pela via oblíqua, induzir as críticas ao prefeito de São Paulo, do DEM. Continue assim Ricardo, pois como eu disse, você está prestando um grande serviço à Nação, pois cada vez mais brasileiros esclarecidos estão identificando o “modus operandi” da esquerda ressentida e não-renovada a qual você representa. O Chile deveria ser um exemplo para vocês. Não só pela eleição de Piñera, mas principalmente por ter uma esquerda verdadeiramente progressista, representada pela presidente Bachelet. Estamos de prontidão Ricardo. Os dias de farsa estão acabando. Por favor, não me censure. Publique este meu singelo comentário.

  56. Quem não aguenta mais já devia ter ido embora faz tempo, reclamam demais sem conhecer a realidade do país. vocês vivem na maior, mais prospera e melhor cidade da america latina. deixem os verdadeiros paulistanos que reconhecem sua grandeza, usufruir dessa grande metropole. parabens sp pelos seus 456 non dvcor dvco pro sp fiant eximia

  57. DIGITO AGORA MESMO DE FLORIPA ONDE PASSO FÉRIAS E TENHO ATÉ MEDO DE VOLTAR PRA SAMPA,TAL A QUANTIDADE DE NOTÍCIAS RUINS Q VEJO NOS TELEJORNAIS!…VENDO ESSA CIDADE AQUI,SUA ORGANIZAÇÃO,SUAS SOLUÇÕES VIÁRIAS,SUA POUCA POPULAÇÃO(550 MIL HAB.)PENSO Q É IMPOSSÍVEL UMA CIDADE DAR CERTO COM MAIS DE 1MI DE HABITANTES! SP VIROU UM MONSTRO DE 11 MI DE ALMAS, Q DEVORA AOS POUCOS SEUS INFELIZES MORADORES…….CARA DEMAIS,GRANDE DEMAIS,INEFICIENTE DEMAIS……NASCI E MORO EM SAMPA,MAS SE PUDESSE ME MUDAVA RAPIDINHO!! EI,PESSOAL,EXISTEM VERDADEIROS PARAÍSOS NO RESTO DO PAÍS…PODEM APOSTAR!!

  58. É uma evidência que os interesses dos políticos não estão concatenados com as realidades concretas da sociedade.

    São Paulo tem três das melhores universidades do país (USP, UNICAMP e UNESP), portanto, conta com escolas de engenharia de ponta. Onde estão as aplicações das pesquisas realizadas nessas universidades? A política não usa os conhecimentos produzidos nessas universidades, lembram da frase infeliz: “saí da prática e voltei para a teoria” (FHC)? É um descaso imperdoável e, novamente, vale lembrar que tais práticas políticas estão inevitavelmente relacionadas à impunidade, pois se houvesse julgamento e condenação de políticos que não cumprem seus deveres, haveria responsabilidade e forçadamente teriam sensibilidade com as vidas e as mortes de pessoas.

    Não há motivos para tanta incompetência: é má vontade mesmo, pois é a única explicação cabível e plausível para tanto descaso.

    Na crise do setor aéreo houve discussões sobre a necessidade de uma via ferroviária ligando São Paulo ao aeroporto de Cumbicas, onde está o projeto e a obra dessa ferrovia?

    As pessoas sofrem com o descaso de autoridades e, quando protestam, ainda há jornalistas que as chamam de vândalos. Essa é a imprensa que se diz colaboradora com a democracia. Devem sofrer calados, não têm o direito de reclamar seus direitos, pois pra isso há a justiça: essa que goza de recesso forense enquanto os tribunais estão entupidos de processos.

    Nenhuma autoridade tem a coragem e muito menos a dignidade para assumir a culpa e ficam transferindo responsabilidade, até São Pedro é culpado: passou do limite da razão e se tornou deboche e, se houvesse apuração séria para responsabilizar os culpados, certamente, haveria dolos graves, pois essa indiferença (causada pela incompetência e pela impunidade) fere os direitos fundamentais, aliás, não vi nenhuma matéria a respeito da dignidade de moradia, pelo contrário, são os moradores de morros e encostas os culpados juntamente com São Pedro.

    O sistema de deslocamento individual (veículos) está condenado, mas os governos ainda concedem incentivos fiscais para as montadoras de veículos, ou seja, é a irracionalidade remando contra as evidências da concretude diária.

  59. Bom, gosto muito da cidade de São Paulo e esse é o meu chão e minha amada terra.

    Problemas, com as chuvas ?
    Isso vai desde a analise da declividade do Rio Tiete (quatro por cento na região da cidade), impermeabilidade do solo, adensamento da população, material inservível que são descaratados em vias públicas.
    Sei lá cada um pensa conforme a altura da agua o atinge.
    Mas… chove muito, muito mesmo
    Enchentes na Austrália, recentemente no extremo oriente, temos tambem um video na net que mostra uma enchente na Arabia Saudita no ultima quinzena de Dezembro.
    Impressionante.
    E querem uma enchente anunciada ?
    Com o acumulo de neve no Hemisfério Norte, quando chegar a primavera lá o degelo ira provocar enchentes em muitas cidades.
    E lá não é falta de investimento, orientação, infraestrutura, mas, vai acontecer.
    A diferença entre nós e eles é como cada pessoa nas regiões atingidas são assistidas e a capacidade de cada população tem de reconstruir a sua vida após as cheias.

    Chuvas e secas vão ocorrer.

  60. A mídia é muito conivente com esse governo que está aí. Quando essa mesmas quantidade de chuva alagou sampa na gestão Marta, só faltaram crucificá-la. Era todo dia a foto dela ao lado de túneis inundados. O mesmo não se observa agora. A culpa é do “excesso de água”, não mais dos administradores de plantão. Dois pesos e duas medidas. É nojento isso.

  61. Enchentes existem nas cidades de todo o mundo, porém SP foi crescendo até ocupar a várzea dos rios, e até índio sabe que várzea alaga, ou hoje ou amanhã.

  62. moro no litoral de sao paulo ha 46 anos e nunca passei por situações de enchentes, nem de transito, vou para o trabalho de carro se quiser, pois posso tambem ir a pé, mas ultimamente, tem se construido muito na praia, derrubando casas para construção de predios e com isto a população aumenta principalmete na TEMPORADA trazendo para a minha cidade a sujeira, as filas e o transito que o neurotico do paulista está já tão acostumado. Falam mal da praia, mas vivo bem melhor aqui fora da temporada Aqui tambem se trabalha e se vive muito melhor, mas o povo quer mais é se matar em aglomerações, devido a ambição de querer sempre mais, de ter tudo muito à mão e assim vive sem qualidade de vida.,

  63. E a conta vai para…

    Em 2008, Gilberto Kassab reelegeu-se com fama de bom administrador. O rótulo foi muito propagado por neoconservadores de partidos “progressistas” como o PPS da subprefeita Soninha. A mentira tinha três utilidades: a) era argumento objetivo para justificar a proximidade com o DEM (PFL) de César Maia, ACM Neto, José Roberto Arruda e, digamos, Hildebrando Paschoal; b) neutralizava a única esperança de Marta Suplicy contornar sua rejeição pessoal e c) contrapunha os boatos sobre a suposta homossexualidade de Kassab com um discurso “do bem”, construtivo.
    Hoje os defensores daquele “novo destaque da política nacional” desapareceram, embriagados de antilulismo boboca. A imprensa esgoela-se para blindar José Serra, que dirige a única administração com recursos e estrutura suficientes para resolver os problemas das enchentes, e cujo partido teve quase vinte anos para fazê-lo.
    Como não se pode culpar indefinidamente as chuvas por tamanho desgoverno, alguém precisará assumir o papel de bode expiatório quando as desculpas meteorológicas parecerem idiotas demais. A imolação de Kassab ajudará também a configurar os arranjos eleitorais convenientes para os planos de Serra em 2010. Nada que ele já não soubesse na época em que o prefeito era um craque da administração pública.

  64. Sem pessimos exacerbado, porém, muita lucidez. Nenhum governo foi perfeito, até mesmo porque não há perfeição. Sinto no PT um compromisso maior com o social. Já no PSDB/DEM sinto um avanço intelectual, com ideias mais modernas e progressistas. Falando dos pontos positivos de ambos. Já os negativos não cabereriam aqui.

    Pois bem, não vejo solução para as enchentes em São Paulo. Não imediatamente. Vejo, aliás, que o crescimento forte, logo será impossível de organizar. E melhor crescer desorganizado, do que não crescer.

    E medidas paliativas, bem como uma melhor defesa civil, isso sim, a cidade pode, não fez, não faz, mas tem que fazer.

    Apenas pra ilutrar, a polícia americana foi treinada em caso de ataque terrorista, afinal, por que não se prepare os servidores pra problemas como as enchentes? Em vez da total falta de organização, informação, coordenação, lentidão que sempre vemos.

  65. Kotscho.
    Olha só;
    Segundo a ANFAVEA, em 2009 foram licenciados, no Brasil, mais de 3,2 milhões de automóveis; 267mil por mês, ou, 8900 por dia.
    Esta é a discussão. Este é o preço que a sociedade está pagando pelo consumo que, é o motor do crescimento econômico.
    São Paulo, certamente, licencia a maior parte desta frota que, terá de encontrar espaço no espaço já saturado.
    E o número de licenças em 2009 foi menos 15% que em 2008.
    E mesmo assim, há uma nota triste divulgada pela própria ANFAVEA; Diz assim:
    ”Apesar da redução do IPI, que tinha como objetivo também manter os empregos no setor, as montadoras, no geral, cortaram 2.400 vagas em 2009. Com isso, o nível de emprego no setor automobilístico caiu 1,9% em relação a 2008 – de 126,8 mi para 124,4 mil.”

  66. Caro Kotscho.
    Avisa aí que, a poluição e a sujeira, de um modo geral são apenas parte do problema dos alagamentos. A questão central é a topografia. Se um determinado local está abaixo do nível dinâmico do rio, não tem jeito; quando rio ultrapassa seu nível estático (normal) é enchente na certa. Todas soluções que não observem isto são paliativas.
    Isso, como dizia vó Filó, é mais velho que andar a pé.
    Enchentes ocorrem em locais onde o ser humano jamais colocou os pés e não se encontram nenhum grãozinho de sujeira.
    É claro que, no caso de S.Paulo, há locais que antes não enchiam(décadas de 40,50 e 60), mas aí, são vários fatores adjacentes, como, por exemplo, a permeabilização e o estreitamento dos canais marginais.
    Politizar o problema é uma maneira de não resolve-lo.

  67. Nunca morei em SP. ainda tenho vontade de voltar para o Sitio, onde vivi meus 22 anos, Jamais moraria ai, odeio ir até este lugar, se me oferecessem o dobro do q Ganho rejeitaria .
    Amigos, este é um estado/municipio regido pela a ditadura tucana, assim os paulista querem, votarom neles, e parece q estao satisfeito pois me parece q outro tucano esta na frente, mas o Sr Alkmim , fez aquelas obras do Rio Tietê, para que? o mais interessante é q nao podem ser investigados, até a PF esta sendo impedida de continuar com a investigação da Camargo Correia q segundo a midia deu propina aos administradores paulista, rodoanel, metro, etc etc , nao podem ser investigados, pq?? vcs votaram neles, agora ingula, e digere eles, como achar conveniete! KKKKKK

  68. SÃO PAULO JÁ ERA!!! A cidade será palco de uma catástrofe ambiental muito em breve. Sem beleza, sem qualidade de vida, sem a agilidade que deve caracterizar a vida urbana, SÃO PAULO CADA VEZ MAIS CHAFURDA NO PROVINCIANISMO (não dá nem pro cheiro pra qq capital européia e, pra piorar, no exterior do Brasil os gringos só conhecem e querem saber do Rio) E NO CAOS!!!

  69. Para inicio de conversa,como diria o Garneirinho,esta não é a minha São Paulo. Parodiando uma das canções da MPB,diria que o HAITI é aqui!!! Importamos nos ultimos anos.não só nordestinos retirantes em busca de um novo ELDORADO,mas esqueceram de ao entrar em São Paulo,tomar um ar de civilidade que existia nos habitantes da MINHA SÃO PAULO. Esqueceram de limpar os pés e alma. Poucos vieram para a MINHA SÃO PAULO,com o intuito de vencer no lema existente de aqui se trabalhava e a MINHA SÃO PAULO NÃO PARAVA.(Pobre lema esquecido,sr.Gringo,feito por homens laboriosos que ergueram a MINHA SÃO PAULO.) Muitos migrantes e emigrantes para cá vieram com um slogan na cuca,estou indo para São Paulo(Passagarda) lá eu sou amigo do rei. Mas o unico rei que aqui reside não tem muitos amigos,não é Roberto Carlos,Não é Pele. Está que não é a minha são paulo,onde quem está fora não entra e quem esta dentro não sai,essa e a pobre São Paulo,onde os migrantes e imigrantes clandestinos,costumam cuspir no chão,produzir toneladas de lixos ao fazer suas favelas na beira de corregos e rios,morando nas beiras de encostas de eminente perigo para assassinar seus inocentes filhos. Depois despudoradamente acusar os governantes de não lhes dar assistencia. è muito duro ver homens e mulheres sem nada produzirem para gerar renda propria e contribuirem com impostos. Desta forma poderiam acusar as autoridades de não lhes dar retorno dos impostos pagos. Não precisamos nos formar em Sociologia,para definirmos que a CORRUPÇÃO QUE DEGRADA A MINHA SÃO PAULO,VEM DE VOTOS VENDIDOS POR BOLSA FAMILIA,RENDA MINIMA,LEVE LEITE,SINGAPURAS GRATIS, ETC.ETC.ETC. Para se eleger um analfabeto,somente um pais de analfabetos. A salvação de São Paulo esta no soerguimento de barricadas de moveis velhos ,pneus,barracos e favelas. atear fogo para que quem esta FORA NÃO ENTRE E QUEM ESTA DENTRO NÃO SAIA. E QUE SE DE EDUCAÇÃO E CULTURA AO NOVO POVO QUE VIRÁ DAS CRIANÇAS,PARA QUE ELAS ME AJUDEM A RECUPERAR A MINHA SÃO PAULO….escudeiro da fiel…..só 64 anos amando A MINHA SÃO PAULO ANTIGA E PRESENTE NA MINHA MENTE….ESSA É A MINHA SÃO PAULO!!!

    1. LAMPIÃO DE GAS,LAMPIÃO DE GAS,QUANTA SAUDADE VOCE ME TRAS!!! Parabens Sãom Paulo,minha São Paulo do Quarto Centenario comemorado na Praça Clovis Bevilaqua. Saudades maior de Adoniran Barbosa,Lourenço Diaferia. Saudades das porfias politicas do PROMESSÃO ADHEMAR DE BARROS X A VASSOURINHA DE JANIO (fujão)Quadros. Saudade da verdadeira TV RECORD,Não é HEBE CAMARGO,unica sobrevivente de um passado tão remoto. Saudade da Radio Record,na Rua Quintino Bocaiuva.,do Chá das 5 com Sopnia Ribeiro e da vinheta….As rosas desabrocham,com a luz do sol e a beleza das mulheres com o creme Rugol. Isaurinha Garcia, Blota Junior e Randal Giuliano.Paulo(bambi)Planet Buarque,Saudosa Maloca as sexta feira a noite.Demonios da Garoa e o Samba do Ernesto,iracema,Trem das onze. Germano Matias. do Campeão dos Centenarios meu coringão que virou faz me rir. Lampião de gas,lampião de gas quanta saudade voce me tras!!!! Apesar de tudo o que fizeram a voce minha querida São Paulo,eu vou te amar ETERNAMENTE…..Escudeiro da Fiel

  70. São Paulo tem tantas coisas maravilhosas e uns palhaços perdem tempo em falar mal. O certo seria pressionar o pior prefeito que a cidade já teve!!!!!!!!!!!!!!!!

  71. São Paulo é como o jilo, amargo mas quem o experimenta não quer deixa-lo e nem mesmo esquece-lo. Quanto ao seu comentário Ricardo, sinto uma ponta de orgulho de sua parte por morar na maior cidade do mundo. Quanto à metade que quer sair de São Paulo, classifico-os como oportunistas e egoistas, pois ao invés de pensar em resolver os problemas da Cidade, simplesmente voltam para si e desejam abandonar a mãe, mesmo que adotiva.

  72. Barbaridade – Ricardo!
    Desse jeito vai dar Geraldo no estado.
    Facilita o Serra não terá espaço nem mais para esse cargo.
    Nem de barco!

    1. Independente de quem é eleito, o problema das enchentes é muito difícil de resolver. Primeiro, porque a cidade está impermeável, só temos cimento e asfalto, nada é absorvido pela terra. Outro motivo: o povo não tem a mínima noção de civilização e lota as ruas de lixo. Aí não há boca de lobo que aguente. Ao invés de trocar os governantes, troca o povo que o país dá certo.

  73. vc nao sabe explicar o porque, tbem nao, mas sabemos q os CULPADOS sao nossos (sera q sao nossos) “governantes”
    dos tres poderes, vc pode admirar o lula mas medida de efeito
    ele nao faz NENHUMA (com maioria na camara nao consegue
    passar a lei dos direitos humanos), no blo da luis nassif se fica sabendo pq o rio tiete transbordou, 59 mortes, comparaçao com iraque, somos terceiro mundo ou quarto
    valter

  74. São Paulo vai continuar a morrer afogada na época das chuvas, enquanto existir a barragem de Edgard Souza bloqueando a vazão do tiête o unico canal de escoamento das chuvas, por causa da barragem a velocidade do fluxo do tiête é quase 0 mesmo cheio, vamos eliminar a barragem e o desnivel vai aumentar consideravelmente dando velocidade ao rio que vai retirar a enchurrada muito mais rapido e quanto a geração de energia tem outros meios de repor.

  75. Falar bem de São Paulo sim. Falar bem da educação não. Educar é função do estado. Seria o mesmo que falar bem de um governo que não educa bem seu povo, achando que proibir impondo leis lhe dá o direito de se exclui de responsabilidade. Culpar o povo e defender uma elite privilegiada que ainda governa muitas cidades e estados do Brasil, também não. Eu sou lojista e prestador de serviços em uma periferia de São Paulo e tento viver comunitariamente, parece possível, mas no que depender do município parece impossível, até mesmo no campo da reivindicação. Pois se a mesma não for de interesse do prefeito, você será retrucado e às vezes estupidamente.

  76. Trabalho na Prefeitura de São Paulo e observo que os engenheiros e arquitetos, funcionários públicos de carreira são tratados como funcionários de segunda linha. Os administradores acham que não há necessidade de se valorizar engenheiros, pois o trabalho que eles executam não são relevantes e não arrecadam parao município. Para mim é aí que está o problema. Falta preocupação com a manutenção e conservação da cidade, em detrimento ao voraz apetite arrecadatório. Tomara que o Kassab, que é engenheiro, reverta esse quadro.

  77. Gente, se vocês podem, VAAAAZA DAÍ…
    Vamos dar qualidade de vida aos nossos filhos, viver mais e melhor …
    Sou de Cuiabá, e quando vejo as mesmas cenas de enchetes todo ano se repetindo, eu fico indignada.
    Quando vão realmente resolver isto ? Vejo o Kassab falando o que deve ser feito. Me digam voces daí, ele já começou algo para solucionar ? Ou só quer se reeleger ?

    1. A(o) DIZ

      Vc diz ser de Cuiabá, no entanto sua cidade sendo bem menor que São Paulo tem problemas muito maiores, como vc pode falar mal do que vc não conhece ?

      Vc quer saber de alguns do problemas de sua cidade ?

      Cuiabá enfrenta problemas em todos os setores, principalmente nas áreas de educação, saúde, segurança pública, ( o problema do tráfico de drogas ai em Cuiabá é notório) transporte coletivo, habitação, saneamento básico,

      Segundo os tres Procuradores, Mauro Mendes, Valtenir Pereira e Mauro Ito, soluções para esses problemas existem, basta que os gestores de Cuiabá administrem o município com maior transparência e responsabilidade.

      Na opinião dos tres, esse problema que tanto aflige as famílias cuiabanas, é simplesmente uma questão de decisão política.

      Finalizando, se sua cidade não é bem administrada, como vc pode “dar pitacos” na administração da minha cidade ?

      Olhe seu rabo, deixe o dos outros, cada um cuida do seu.

  78. É, o problema ainda continua sendo EDUCAÇÃO. Com ela, sempre haverá respeito e assim, haverá caminhos corretos para tantos acontecimentos que poderiam ser evitados. Não é a educação escolar que eu falo e sim aquela que vem de berço, aquela que se aprendia nos tempos passados, os valores que nos eram postos. Tenho saudade de tudo isso. Abraço.

  79. Com tantos problemas no Brasil, violencia, enchentes, saude publica, educação, governantes, etc … etc … etc …
    Envia-se exageradamente milhões de dolares para o Haiti. É claro que devemos ajuda-los, aliáz as tropas brasileiras estão fazendo um belo trabalho por lá.
    Más e o nosso POVO como fica !!!
    Acho que remessa de recursos financeiros, deveriam ficar por conta dos países ricos. Vocês não acham ???

  80. Aos céticos que acham ainda que Lula não fundou uma nova Nação. Lembram o que era desesperador conseguir uma vaga em universidade pública? Agora leia em http://www.ceps.ufpa.br/daves/PSS2010/Fase%202/demanda_2a_fase.pdf, os resultadod da primeira prova do vestibular 2010 da UFPA, feito em duas tentativas, já que a primeira foi anulada por excesso de bandalheira. Lembrando que ainda faltam duas provas. Pois bem, há resultados assim : (212 /FISICA/ (LIC.) / INTEGRAL/ MARABA: vagas ofertadas: 40 – concorrentes: 02).

  81. Caro Enio Barroso Filho, não perca seu tempo com estes tapados, que só sabem falar de PT, são ignorantes como, não lêem nada e quando o fazem, não sabem do que se trata, esquece que estes já tiveram seus cérebros derretidos pelo PIG, são cegos sociais e culturais

  82. Parece filme do Roland Emmerich, tipo “2012”….a culpa? Bom, basta ver quem dominou o governo do Estado e a prefeitura nos últimos 25 anos…O CRIMINOSO PSDB.

    É fácil culpar a chuva, o asfalto, etc. etc. como se toda grande cidade no mundo não tivesse desafios iguais ou equivalentes…incompetentes e ladrões, travestidos de modernidade, isso sim. Lembram do buraco do metrô, que MORREU GENTE? Eu me lembro quando na gestão Erundina – cujo patrimônio atual é 1 apartamento e 2 carros, ou seja, não roubou ao contrário dos atuais – o túnel do Anhangabaú enchia um pouco de água, era um Deus nos acuda na imprensa….pela situação atual de CAOS ABSOLUTO, o prefeito Kassab e o governador Serra tinham que ser AFASTADOS e alvo de AÇÕES CRIMINAIS E CÍVEIS, É UM ABSURDO que a maior e mais rica cidade da América Latina esteja desse jeito.

    Li há pouco tempo que São Paulo tem a 2a. maior FROTA DE HELICÓPTEROS e O MAIOR NÚMERO DE FERRARIS DO MUNDO em uma cidade…que tal mostrar essa conquista no aniversário da cidade para o pessoal do Jardim Pantanal, que há 2 MESES VIVE LITERALMENTE NO MEIO DO ESGOTO????

    Ajudamos o Haiti (e isso é ótimo, solidariedade é a BASE de qualquer sociedade), ajudamos vítimas de enchentes, mas os NOVE MIL MORADORES MERGULHADOS NO ESGOTO continuam lá…cadê o Exército? Cadê o decreto de calamidade pública? Cadê as forças mobilizadas do poder público, da sociedade, para sair desse pesadelo???

    E só para PROVAR a CRIMINALIDADE do atual governo, a propósito, a verba do criminoso KASSAB para enchentes em 2010 foi de R$ 70 milhões, contra MAIS DE R$ 200 MILHÕES PARA A PROPAGANDA!!!!!!

    O governo federal, conquistou virtualmente TODOS os índices de aprovação MUNDIAIS, a lista de realizações do Governo LULA é imensa no plano social e econômico, e agora vem o PSDB querer ser presidente, quando tudo que conseguiram, numa PERFEITA METÁFORA DE SUA CORRUPÇÃO E ROUBALHEIRA, foi AFUNDAR SÃO PAULO NO ESGOTO.

    E nem vou falar do DEM…ladrões FILMADOS EM FLAGRANTE….

    FALTA PICHE, PENA E VERGONHA NA CARA NESTE PAÍS.

  83. Nunca é tarde, para o consertr o clima

    Cada um conta uma historia, umas histórias entram para historia, pela superação nunca é tarde para tudo estando vivo sempre se encontra aquilo que procura

    Mesmo não sendo nada serve de ensaio para enxergar tudo

    Pobre só existe por falta de escola que ensine como tudo na vida funciona

    Mas como isso rende lucro, vai durar ate o dia de todos pobres saberem disso, que nunca foram pobres, mas iludidos pela sugestão

    Como a maioria ainda e pobre e não sabe a partir desse dia tudo vai começar a mudar

    Por isso “nunca e tarde” para ficar sabendo como funciona a engrenagem da vida, que facilita a sobrevivência, onde o povo sustenta a mordomia de muitos que são menos capazes que os próprios pobres

    Que estão sendo levado no bico, sem uma infra-estrutura que corresponda à realidade

    Cada tem seu dom, basta acreditar dispensando a preguiça, pela disposição de saber aprendendo, porque nunca vai cair saldo na conta de ninguém sem planejamento, educacional

    A única coisa certa, lutar pela única coisa, que tem futuro escola para todos, concerta as outras prioridades de carona, que nunca e concertada pela boa vida que da aos espertalhões ainda no ar com contagem regressiva via internet o milagre dos pobres povos largados, de troco ainda sustentando o luxo dos marajás

    Nunca é tarde para mudar, zerando tudo, começando de novo, procurando a sua vocação que esta em transito fique fuçando ate achar o que procura metendo o bico em tudo

  84. Senhores,

    Em – http://www.juliocerqueiracesarneto.com – , a explicação cristalina como água – não a dos rios paulistas – sobre as causas das seguidas enchentes que infernizam os paulistanos. As responsabilidades deverão ser distribuídas igualmente entre o prefeito e o governador, mas também por cada responsável pela eleição deles. Ou seja, Vocês!

  85. São Paulo é o paraíso do demos e tucanos.
    Protegidos pela mídia(PIG), escondem todos os defeitos da cidade, mostrando somente as “boas” obras do príncipe Serrinha, futuro presidente do Brasil.
    >> $$ Faz anos que a mídia apupa e elogia a elite paulista, mas Serra continua com os mesmíssimos 33%. Faz anos que a mídia detona superLula e ele continua com 70% de aprovação…

  86. problema não e do governo ” sim do povo ” que joga lixo pela rua . problema está no crecimento desordenado ,casas margem dos rios .quando chove o rioquer seu lugar.

  87. Porque será que nossos grandes jornais se esqueceram que no meio do ano passado, nosso ilustre prefeito resolveu cortar pela metade a coleta do lixo na nossa cidade? Porque qdo nosso prefeito, agora com a cara deslavada vem nos dizer que o problema é nosso crescimento desordenado, nenhum jornalista o desmascara, lembrando que ele e seu antecessor, o Serra, para ajudar o setor imobiliário, sabotaram o nosso plano diretor, e desde o ano retrazado, o Kassab vem tentando eliminá-lo, em nome de sua necessária revisão?
    Isto ainda não ocorreu, devido à forte pressão da sociedade civil, dos vereadores da oposição e do Ministério Público, Infelizmente, após as chuvas, qdo as coisas tranquilizarem, Os Demotucanos, vão passar o rolo compressor e nos deixar a merce da especulação imobiliária. Porque será que nossos noticiários não se lembram da gigantesca campanha publicitária do Alckminna véspera da última eleição para governador, anunciando que nunca mais existiriam enchentes nas marginais.Porque se recusam a mostrar para a população que eles não usaram as verbas aprovadas para a construção de piscinões. É uma tremenda sacanagem deixar de dizer que existem obras de saneamento básico acontecendo no Brasil todo, financiadas pelo PAC, mas São Paulo não apresentou nenhum projetoneste sentido. Esta é a liberdade de informação que nos oferece nossa gde imprensa.

  88. Tenho de prestar um concurso em São Paulo no dia 31.01.2010. Não sei duas coisas: Onde será a prova e se vou conseguir chegar para fazê-la. Que horror!
    Morei em São Paulo de 1979 a 1982 e naquela época já tinha enchentes. Quem não se lebra do Buraco do Ademar bem no começo da Av. São João que enchia a beça após cada chuva. De lá para cá a população só aumentou, aumentou número de carros, o povo continua mau educado sjuando as ruas. Vamos investir em EDUCAÇÃO e planejar melhor ações visando um correto preendimento populacional da cidade, sem demagogia.

  89. TEMOS UE ADMITIR que São Paulo está abandonada pelos poderes púbicos Estadual e municipal. O SERRA só quer saber de posar de mocinho (coisa que todos sabemos quem não é) para concorrer a presidente, mas o que (des)fez pela cidade quando era Prefeito???? O Kassab continuou a imcompetência.
    A nível nacional a dupla DEMOTUCANA critica a situação, mas não consegue governar São Paulo nos vários mandatos que pegaram, seja na cidade ou no governo do Estado. o resultado está “Haí(t)”
    E o pior é que estamos condenados por nós mesmos. A populção que se diz a ELITE CULTURAL DO PAÍS não consegue ver como seus governos a manipulam e como a mídia paulista esconde os desgovernos da dupla. Não adianta colocarmos culpa em migrantes, na impermeabilização ou coisa parecida, isto é desculpa de imcompetencia.
    O orçamento da cidade de São Paulo é do tamanho ou maior do que os problemas que ela tem, ainda mais se formos considerar que o governador diz que investe como nunca na cidade. CADÊ este investimento???? estamos ilhados em um continente.
    A marolinha se tonou um tsunami em São Paulo. O pior é que este navio não tem comandante. S A L V E – S E QUEM PUDEEER.

  90. Olá Geraldo, tudo bem? você está absolutamente correto, quem está dentro não sai e quem está fora não entra. Esse problema já foi previsto há muito tempo, mas quem deseja abrir mão das comodidades e interesses, não? em um futuro próximo, só sairemos da cidade vertical de helicóptero. Abs

  91. …e ainda há pessoas que querem que esta desgraça, tão bem mostrada no post deste blog:

    http://www.optremdastreze.blogspot.com/

    se espalhe por todo nosso país…mas…Deus e LULA vão nos livrar definitivamente desta gentalha.

    Choooora paulistada
    Chorem fundo suas dô
    Por num saberem votá
    Tão fudidos sim sinhô
    Tão afogados em lama
    Lixo fidido e cocô

    Kassab… maria doida
    Serra… velha agourenta
    Puseram lá esta dupla
    Agora vê se te aguenta
    Antes de serem eleitos
    Não eram “Pedra Noventa”?

    1. …e o maluco do Serra ainda vota uma lei, aquela do cigarro, que tem contribuido muito para aumentar a desgraça. São oitenta milhões de quimbas ( pontas de cigarro ) jogadas nas rua e entupindo os bueiros…eu já tinha falado disto.

      Mas…pra este doido, desgraça pouca é besteira.

  92. Um fotógrafo, diretor de redação de uma revista como Brasileiros não pode ter uma Land Rover? Ué… é como aqueles babacas(êpa, êpa, Sérgio Guerra) que dizem que um trabalhador braçal não pode beber um vinho bom, uma manicure não pode fazer um cruzeiro num desses navios de luxo, depois de anos fazendo economias, uma professora não pode viajar numa excursão à Europa, realizando um sonho de vida, o filho de um padeiro não pode estudar medicina. Percebe-se que essa atitude discriminatória vem, na maioria das vezes, de São Paulo, Estado e Município. São os quatrocentões, arrogantes e separatistas.

  93. E a grana que “emprestamos” ao FMI,alguem lembra…enquanto isso morremos “afogados com os nossos velhos problemas que muitos prometem resolver e nada.emprestar essa grana foi a pior atitude do nosso presidente.pra completar 6% de aumento no salario do povo,esse país é uma piada….rsssss

  94. Kotscho

    Concordo com vc, há vezes em que gastamos mais tempo para sairmos de São Paulo do que gastamos numa viagem curta.

    Sempre foi assim, claro que não deveria ser, isso de São Paulo alagar quando chove é histórico.

    Há solução ? Claro que há, com certeza um dia esse problema deixará de existir. (espero estar vivo para ver)
    No entanto, a Marta Suplicy quando esteve Prefeita construiu dois túneis que alagam a cada chuva mais forte.
    Outros túneis tb alagam, São Paulo alagava durante o mandato da Marta, no entanto nunca ví tão virulenta e sistemática acusação contra a Marta.
    A Erundina é pt, a Marta é pt, algumadas duas conseguiu resolver o problemas das enchentes em São Paulo ?

    Não!!!

    Em dezembro passado o pais parou por causa do apagão, (segundo o lulla foram raios, segundo os técnicos foi falta de manutenção) parou e prejudicou milhões de pessoas, assim como os alagamentos prejudicaram e prejudicam o Brasil como um todo.

    Comparando os prejuizos podemos dizer alto que a culpa foi do lulla que não administrou o pais como deveria, já que viajou e viaja muito mais que o FHC. ( o lulla criticava o FHC, alegava que ele viajava muito e o pais ficava as moscas, o lulla comprou até avião importado em prejuizo da Embraer.)

    Dei toda essa volta pra dizer que o Governo Federal, (o lulla) deveria preocupar-se com São Paulo que é a locomotiva do Brasil, liberar verbas, ( liberar no papel e na moeda) ao invés de ficar perdoando dívidas de paisicos que supostamente lhe darão apoio junto a ONU para que o mesmo consiga “assento” junto ao orgão.

    O lulla deu status de “economia de mercado” a China esperando que os chineses lhe dessem apoio em sua tola empreitada. (os chineses enganaram o lulla)
    Vc já sabe, os chineses ganharam “mole” mais um mercado (o Brasil) para suas exportações e nós ficamos chupando o dedo.

    A politica externa do lulla é um desastre, alia-se a comunistas notórios, a criminosos notórios, a regimes de exceção, a ditadores de esquerda, a usurpadores como o evo morales que “levou nossa refinaria” na marra, e ainda perdoou a dívida da Bolivia para conosco.

    O lulla deveria “liberar” de verdade dinheiro para São Paulo resolver esse grave problema, ao invés de ficar “dando” nosso dinheiro a terceiros para se promover e “ganhar premios”

    Terminando; se o pt tem quadros competentes para administrar São Paulo, porque a população teima em não elege-los ?

    Kotscho, o povo não é burro, o povo sofre mas sabe que poderia sofrer ainda mais se seus governantes forem do pt.

    Abraços
    Reginaldo Gadelha

  95. Tudo bem, com muita chuva é complicado entrar e sair em S.Paulo. Mas e o resto do país? – No Rio, com muito sol, é complicado entrar e sair sem correr o perigo de uma bala perdida….Na malha rodoriária federal não só é complicado entrar e sair como é impossível transitar, com chuva ou com sol….Seu artigo, parece-me, trata-se de um “Coxo” criticando o “Aleijado”. Se os habitantes deixam lixo pelas ruas, constroem barracos à beira de córregos e represas, invadem áreas de mananciais (e querem indenização para sair e invadir outro local posteriormente) quem poderá resolver o problema? A Comissão de direitos humanos? Morei em Seul no inverno de 2001 e a neve, quando cai em grande quantidade também isola áreas, estradas e cidades, mas lá o povo não fica culpando os partidos políticos, pegam as pás e limpam as calçadas.

  96. Projetos a longo prazo são o remédio… tipo 30 anos pra construir e 50 pra funcionar… O mundo ta cersecendo mt, se o governo brasileiro investisse aqui e parasse de esbanjar dinheiro pro mundo…
    O brasileiro é trabalhador…o país cresce mais rapido do que conseguimos administrar.

  97. São Paulo é a melhor cidade do mundo!!!! Vida inteligente, oportunidades, clima agradável, comidas deliciosas! É preciso incentivar o uso de bicicletas elétricas, limpeza pública, muitas plantas nas calçadas e quintais, maior policiamento nas ruas… Viva a metrópole!!! São Paulo é minha mãe!

  98. Gente, acordem !!!!
    Isto não e problema so dos governantes e nosso que nao pensamos no nosso futuro de forma ecologimanete correta. Nao e privilegio so do Brasil, veja a America, a Europa, a tendencia e morremos assados ou congelados. Acordemos antes de nossa extincao !!!!!!

    Rio 50 graus ninguem merece !!!!!!!!!!!!!!

  99. Oi Kotscho & blogueiros! Interessante alguns comentários, e eu me sinto totalmente à vontade para blogar, já que sou paulista-paulistana de muitos anos, mas sempre morei em locais aprazíveis e com relativamente pouco trânsito. Acho que não devemos confundir as delícias de Sampa, com a falta absurda e completa de planejamento urbano e com o que me parece uma incompetência genética dos engenheiros de trânsito em proibir certas obras…Em locais onde morava uma família de 5 pessoas com 2 carros foram erguidos arranha-céus de 15 andares com famílias inteiras motorizadas…é uma matemática simples. Onde estão os planos diretores? Gostaria de ter acesso a eles, e também que os houvesse conselhos de bairros (todos, ricos e pobres) para deliberar se é bom ter um novo prédio do lado de casas em ruas estreitas…Caiu um muro de uma casa na rua Apinagés…a construção responsável é um mega empreendimento que teve o alvará aprovado…deveria ser obrigatório um amplo estudo e, insisto, consulta aos moradores mais diretamente atingidos…Sou por mudar os vícios da cidade e não DE cidade. Bom domingo!

  100. … E CHEGARÁ O DIA …em que todas as gentes e todas as empresas terão que abandonar de São Paulo por ter-se tornado um sítio inóspito e inabitável. A cada ano, El Niño se mostrará mais devastador, trazendo águas mais abundantes. E chegará o dia em que as águas lodosas cobrirão as guardas do Viaduto do Chá. Depois, tempos depois chegará o dia em que as águas lodosas cobirão a torre daquele que foi o edifício-sede do antigo Banespa.
    Senhor, tende piedade de nós!
    Lucas, Cap. 18, Vers. 14.
    (Transcrição de comentário em O Globo, 22/1/10).

  101. Olá Ricardo,

    Quando o governo federal parar de gastar energia
    mental com retóricas de direitos humanos e obras de palanque do PAC, talvez tenhamos a chance de nossos direitos humanos de moradores e contribuintes serem lembrados.
    Afinal, a cidade que mais recolhe para o governo federal não
    é lembrada à altura da sua contribuição de impostos.

  102. Acho que se deveria fazer uma emenda à LRF quanto à propaganda.

    É um absurdo que um governo gaste 250 milhões de reais em um único ano com propaganda.

    Com este dinheiro daria para se construir, no mínimo, 30 mil casas, retirando moradores das áreas de risco, o que contribuiria para solucionar uma série de problemas em um só tempo: despoluição dos rios, saúde( ainda traria economia), violência e por fim, ajudaria a resolver o problemas com as próprias enchentes.

    E ainda o Serra/Kassab resolveram investir o dinheiro da copa para ajudar o bairro rico do Morumbi e o clube privado mais rico do país( para o qual eu torço), em vez de construir um estádio novo em uma aérea que poderia ser usada para construir as moradias sobre as quais falei e assim ajudando a melhorar a cidade como um todo.

  103. Nasci, cresci, casei e tive filho em São Paulo. Saí da cidade há 12 anos e me orgulho de ter sido iluminado. Morei no nordeste e agora no centro-oeste. Jamais retornarei a cidade, caótica e muito…. muito feia. Todas as férias viajo para encontrar amigos e parentes e a vejo cada dia mais horrorosa. Pixações, lixos, bandidos e muitas pistas (inclusive as marginais) bem esburacadas, apesar da fortuna que se paga de impostos em São Paulo. Aqui em Goiânia a cada dia conheço paulistas que estão fazendo a escolha certa….. Que vejam todos meus conterrâneos que procuram vida descente e feliz…..

    Boa Sorte!

  104. sou de curitiba mas amo sao paulo. sempre que posso vou aí e adoro…meu filho que é jornalista e publicitario aí ( formado!), tb ama morar aí. Estive em novembro pela ultima vez e fiquei impressionada com o total abandono da cidade! Lixo p td lado. O prefeito tinha despedido 20% do garis e estava ja um caos. E as ruas abandonadas ao matagal e buracos sem fim. Uma tristeza!!!Tomara que saia logo esse pessimo prefeito e venha alguem competente…

  105. Caros paulistanos e paulistanos de coração a paz !
    Sempre acompanhei o drama das chuvas, a CETESB e a bacia hidrográfica, a questão dos mananciais, ocupação desordenada do solo e claro os inúmeros alagamentos…
    Quem não conhece o perigo não pode avaliar a importância estratégica de políticas voltadas para a segurança dos cidadãos nos dias de chuva…
    Em uma ocasião e acompanhando uma urna itinerante que deveria ser devolvida ao final da votação e apesar da chuva tivemos que regressar a São Paulo e então ficamos presos na marginal: Não há como voltar, não há como prosseguir e a água só subindo, um pânico de não saber para onde ir…
    Não bastasse isto os assaltantes faziam à festa porque a polícia não estava “equipada” para assegurar os temporariamente parados…
    Os homens podem ir se refrescar em qualquer arbusto, nós mulheres nem pensar, nesta hora pedi ajuda ao motorista de um ônibus inter-estadual que gentilmente nos permitiu acesso ao banheiro…
    Celulares sem carga, sem água e comida e após nove horas graças a Deus pudemos prosseguir…Era 1993…
    Gente eu entendo perfeitamente este desespero, observo que os mesmos apuros continuam acontecendo, e mesmo após vários partidos terem assumido a administração da cidade nada parece ter efeito, eu lamento sinceramente este descaso…
    Nesta eleição exijam planos técnicos e práticos para solucionar estas questões.
    Eu desejo caros habitantes da cidade a possibilidade de elegerem candidatos sinceramente comprometidos em solucionar estes problemas que são muito sérios e tratados como “força da natureza”, não é só isso é incompetência! Desde os vereadores até a máxima esfera federal, São Paulo é um dos corações do Brasil!
    Abraços

  106. Estimado sumido, boa noite!

    Qual é o papo mesmo?

    Ah! Enchentes em São Paulo?

    Tranqüilo: “A culpa é do Kassab e do Serra!”

    Desta vez vou agradar!

    Abraços querido e compra uma canoa!

    Manoel Ferreira

  107. Sou paulistano e vejo que o SERRA E O KASSAB SÂO PARTE DO NOSSO PROBLEMA, pois os DEMOTUCANOS estão a duas décads no poder e o que fiseram de nossa ex-linda São Paulo???? E olha que em algumas vezes votei neles. Tenho vergonha, mas não posso tirar minha culpa como eles tentam fazer ao culpar a impermeabilização e outras coisas mais, até porque não tenho os recurss que eles têm para fazer propaganada ou comprar a mídia do Estado.
    Estou pensando em me mudar daqui, pois a cidade está esquecida.
    Agora a culpa de jogar lixo na rua eu não posso assumir, pois coloco o lixo no horário certo, o probloema é que não o lixeiro não passa.
    O SERRA gasta milhões em propaganda e não investe em obras ante-enchentes.
    Não sei porque a mídia se cala.

  108. Sr. Reginaldo Gadelha

    É muito difícil levar a sério as tuas “argumentações” de que a culpa das enchentes na calha e no entorno do Rio Tietê ( responsabilidade do Governo do Estado de São Paulo ) é da exclusividade dos dois túneis construídos pela ex-Prefeita Marta no outro lado da cidade !!! É triste ler isso !!!

    Voce insiste também em me cobrar “estar esperando” que eu traga pra cá as tuas ofensas escritas no meu blog contra mim, contra a minha família, a minha esposa e as minhas filhas !!! Quem quiser que vá ler e se aborrecer !!! São termos violentos e próprios de um “marginal” !!! Não vale a pena “sujar” o Balaio do Kotscho !!!
    Fazer piadas e brincar quando o assunto não é sério, vá lá….Eu faço isso também !!!
    Mas fazer “piada” em forma de “argumentação” por puro cinismo e por odio ideológico desrespeitando as famílias das dezenas de mortos pelas enchentes é típico de alguns “skinheads dos teclados” agora também numerosos por aqui !!! “Cabeças raspadas e vazias mas cheias de…. preconceitos !!!

    Tenha dó dos leitores do Balaio Sr. Reginaldo Gadelha !!!
    De mim pode continuar escrevendo o que quiser !!!
    “NÓS SOMOS AQUILO QUE ESCREVEMOS”
    EU SOU EU……VOCE É O QUE É !!!

    1. Ao enio

      Suas argumentções são típicas de quem não aceita opniões de terceiros.

      Mostre-me onde eu disse que a culpa pelas enchentes são culpa dos túneis construidos pela prefeita Marta ?
      Eu disse sim que a Marta construiu dois túneis que alagam e nunca foi cobrada tão virulentamente como o Serra e o Kassab são cobrados por vc e uma turba de ptralhas.

      Enio, copiei seu texto contra mim aqui no Balaio dia 10-01-2010 as 21,38

      Por favor, releia-o.

      10/01/2010 às 21:38“BILHETE” ABERTO AO SR. REGINALDO GADELHA

      Não vai nem precisar ser uma “carta” !!! Vou ser direto e reto feito um enterro de crente:

      TU FOSTES CORNEADO !!! Foi não ?
      E o “urso” era petista !!! né isso ?
      Só isso explica o tamanho do teu ódio e a falta de argumentação. Voce outro dia escreveu que um dia já foi do PT daí essa minha suspeita aqui explicitada. Talvez esse também possa ser o motivo daquela tua angústia acerca da “mudança de sexo” !!! É……pode ser uma forma de vingança.

      Gadelha, voce hoje comentou em praticamente TODOS os comentários que lhe são contrários, ou seja a maioria deles !!!
      Vá gostar de ser “comentarista” assim lá em Cornélio Procópio – SP !!!
      Mas deixe essa vergonha boba de lado, bota pra fora o que te aperreia, vai te fazer bem !!!
      Afinal isso acontece em muitas famílias por aí, inclusive na do FHC !!! TEU PAI !!!
      Valeria a pena um exame de DNA ? Quem sabe voce não é mais um ?

      Vc é um individuo engraçado, me chamou de CORNO, (aqui no Balaio) me disse p fazer DNA nas cinzas de meu pai, (aqui no Balaio) e não quer ser ofendido ?
      enio, vc quer ser respeitado ? Respeite.
      Quanto a ser “marginal” é só ler o que escrevo e o que vc escreve. Façamos um apanhado de meus comentários e dos seus, vejamos quem ofende, eu ou vc.
      Me diga, onde eu fiz piada sobre o assunto alagamento ?
      Não fiz, escrevi um texto sério, conciso e real.
      Vc não gostou, fazer o que ?
      Concordo com vc quando vc diz: “nós somos aquilo que escrevemos”
      Por essa razão eu sou eu e vc é o que é.
      Um esquerdopata e mentiroso.

    2. Gadelha…..

      Está nervoso por que ?
      Não tem senso de humor ?

      Tá bom então !!! Vou passar a te “levar a sério” !!!
      Voce não sabe brincar……

      Mas quem são esses tais de “terceiros” mesmo ?
      É culpa nossa se voce levanta a bola e a gente só tem o trabalho de “bater pro gol” ?

      Foi o que aconteceu ontem em Itapira quando o Serra “levantou a bola” falando dos “poucos “palmeirenses” que lá estavam e o Presidente Lula “bateu de primeira” retrucando da imensa maioria de “corinthianos” que estão com ele e que o fêz “GANHAR O DIA” !!!
      Assista !!! Ver aquela cena não tem preço !!!
      A GARGALHADA FOI GERAL !!! ATÉ O SERRA TEVE QUE RIR PERCEBENDO O QUE FEZ !!!

    3. Bom dia Kotscho
      Bom dia enio.

      Sabem pq escrevo o nome do lulla em minúsculas ?
      Pq perdí o respeito pelo mesmo.
      Sabem pq escrevo o nome do lulla com dois “lls” ?
      Para lembrar que ele virou amigo do collor de mello.
      Sabem pq escrevo o nome do enio em minúsculas ?
      Pq perdí o respeito pelo mesmo, por suas ofensas gratuítas a mim e a quem não professa sua cega fé.
      O enio chegou ao absurdo de chmar-me de CORNO aqui no Balaio. Claro que revidei, revidei de forma forte, sem sutilezas, revidei ofendendo-o e a sua família.
      Não é do meu feitio, mas não encontrei outra maneira a não ser fazendo-o entender que ele não pode dizer o que quer sem ouvir o que não quer.
      Lamento, peço desculpas ao Kotscho e a seu público pelo incidente.
      O enio treplicou (acima) dizendo que foi tudo brincadeira. Eu respondo que sou neto de espanhóis, não faço e não aceito brincadeiras ofensivas.
      Espero que o incidente esteja superado, que daqui prá frente eu tenha prazer em escrever Enio. Por esta razão estendo uma rosa branca em sinal de paz, de paz com respeito.
      Bom dia Kotscho
      Bom dia Enio
      Abraços aos dois e a todos os balaieiros.
      Reginaldo Gadelha

    4. VALEU GADELHA !!!
      Desculpas aceitas !!!

      Mas deixe eu te dizer…

      É pena que voce ainda não teve a oportunidade de conhecer o hoje Presidente Lula como eu conheço. É um “coração mole” !!! Às vezes mole demais pro meu gosto. Sabe perdoar e só faz AMIGOS por onde passa !!! Essa do Collor nem eu engoli !!! Mas tenho que admitir por conhece-lo bem que: “Esse é o Lula !!!”, alguns chegam a dizer que “É o cara” !!!.
      Certa vez, estive com ele num boteco que servia refeições no almoço ali no Ipiranga, perto da sede do Instituto da Cidadania que ele presidia até a campanha de 2002. Papo vai, papo vem e eis que se “achega” na mesa um sujeito gritando e xingando o Lula de tudo que é nome – óbvio que instigado por algumas bobagens veiculadas na imprensa – Estávamos em maioria e alguns de nós já se levantava para botar o agressor pra correr quando o Lula se levantou, pediu que ficássemos na mesa, foi até o balcão sozinho com o sujeito e não deu cinco minutos e EU VI o cara chorando literalmente e pedindo mil desculpas e se dizendo envergonhado. Até hoje eu e ninguém que estava lá sabe o que o Lula disse a ele. Ele nunca contou mas passei a ter certeza do “PODER” que tem dois rabos-de-galo diante de qualquer adversidade !!! E NÃO É A BEBIDA EM SI !!! É O BRINDE !!!

      Por isso te digo que voce não deve culpar os espanhóis !!! O segredo da felicidade é o “relaxo” !!! Tem que relaxar !!!

      E só pra te provocar mais um pouquinho,
      “RELAXA E GOZA” !!!
      Nem que tenha que pagar caro por isso !!!

      ABRAÇOS solidários, justos e socialistas !!!

  109. Kotscho,

    É muita choradeira sem razão. E sem ação. O Eng. Júlio Cerqueira César Neto – http://www.juliocerqueiracesarneto.com – diz no vídeo disponivel no site indicado, que no dia da última enchente, a vazão do Tiête era de mais de setecentos litros por segundo. Desde o último rebaixamento da calha do rio – mais 2,5 metros de profundidade, a vazão alcança mil litros por segundo. Só que o prefeito Serra não manteve a limpeza regular da calha, só o fazendo a partir de 2008, e mesmo assim retirando apenas metade do material que deve ser retirado anualmente para manter a calha limpa. O resultado é que o rio está com quatro metros a menos de profundidade. Serra conseguiu anular a obra de rebaixamento e ainda “botou” mais um metro e meio de entulho no fundo do rio para infernizar a vida dos habitantes de São Paulo.
    Disso, eu tiro quatro conclusões: 1. Todas estas inundações poderiam ser evitadas, se a calha estivesse limpa; 2. Serra e Kassab estão cagando e andando prá cidade e seus moradores; 3. Os moradores de Sampa, idem; e 4. Prefeito, governador e moradores de São Paulo se merecem.

    1. Sr. Heitor.
      Por favor. avise ao nobre engenheiro citado no seu texto que, a vazão de um fluxo não depende unica e exclusivamente da via condutora . No caso das chuvas torrenciais, o problema é o aumento vertiginoso e súbito do fluxo e, não de eventuais bloqueios -no caso o Tietê-. O ”engenheiro” está misturando engenharia com feitiçaria e, o objetivo está evidenciado: Atacar o governador.

      Faça um teste na sua casa, num laboratório tosco igual aqueles que se estuda hidráulica; assim: faça um duto com uma mangueira de 2,5cm de diâmetro(1polegada). Pegue uma vasilha com 20 litros d’água e vá despejando e verifique o ponto em que a água não conseguirá mais passar pela mangueira, mesmo com esta completamente desubstruída. Se quiser, use um cronômetro e um hidrômetro, assim o sr. poderá saber o que o duto permite vazar e o exato momento da obstrução.

      No Rio de Janeiro, em frente a refinaria REDUQUE(Refinaria Duque de Caxias), há um canal que é feito limpeza o ano inteiro diariamente; No mês de janeiro ele tranbordou e inundou a rodovia Rio-Petrópolis.
      Fácil de entender né?

  110. Ao Kotscho

    O povo não é bôbo, desde Marta Suplicy o pt não consegue emplacar um dirigente aqui em São Paulo-Capital

    Se o pt é tão bom e tem quadros tão conceituados, pq esse mesmo povo não os elege ?

    O povo sabe, ruim com o PSDB, horrível com o pt. (rimou)

    Abraços
    Reginaldo Gadelha

    1. Pior do que o PSDB = PFL só mesmo a elite do Haiti, onde 10 por cento da população abocanha 90 por cento de toda a riqueza, onde o neoliberalismo a la FHC levou o país ao caos em que se encontra.
      Tenhamos 20 anos de governos petistas e o Brasil estará dentre as maiores nações do planeta, está previsto para ser a 5a. maior potência já em 2013, claro, se os tucanos-demos não voltarem

  111. Boa noite Ricardo!
    Boa noite amigos balaieiros!

    Enio meu irmão!

    Voce, eu conheci, e sei do que esta falando (escrevendo).
    Pode apostar que se fosse candidato, tenho certeza que não só eu, como também muitos aqui que te conhecem votaríam sem pestajenar.
    Alguns por questões de “ego” talvez dissessem que não, mas como é secreto dá no mesmo.
    Voce se esqueceu daquele episódio do SEU trabalho junto ao posto de saude (se não me engano), onde criou uma pequena creche, talvez por questões de modéstia, ou cansaço não quis comentar, e que também foi “exterminado”.
    Conheço a sua dificuldade em digitar, e te agradeço pela verdadeira aula que me deu, e com certeza a alguns outros também.

    Agora eu estarei aguardando alguma manifestação concreta do “OUTRO LADO” ou alguém que se habilíte a fazê-lo em defesa assim como voce o fez.
    No entanto apesar de serem SEUS amigos, infelizmente (como voce bem sabe) ainda não tenho essa confiança toda.
    Respondendo sua pergunta, e no contexto em que ela foi apresentada, eu te respondo ~…NÃO!!! Voce não está errado.
    Mas mesmo concordando com voce em tudo, pois apesar de não ser petísta, ou esquerdísta, ou psdebísta, ou direitísta …(esse negócio cansa), achei um certo exagero os “adjetívos” aplicados sobre as escolhas dos “paulistanos”.
    Mas acredito que seja por conta de sua conhecída emoção.

    Quando buscamos informações, tanto na internet, quanto na mídia (tão criticada), fica difícil obter um “dircenimento real”, pois ou a informação contém “convenientes” omissões, ou é extremamente parcial.
    Isso quando procuramos em revistas, blogs, etc.
    Imagine a dificuldade do pobre coitado que mal consegue se informar de maneira básica.

    Realmente teu relato é muito emocionante, bastante esclarecedor, e dígno de ser lído por todos.

    Dessa forma eu até ajudo! Está como resposta do Sr Guto 22/01/2010 as 20:28, onde voce postou por engano.

    …mas vamos ver durante a próxima campanha municipal, quais serão os argumentos…

    um grande abraço meu amigo!

    Robson de Oliveira nosbornar@ig.com.br

  112. Caro Kotscho e demais Balaieiros

    Voltando ao que interessa sobre o tema em discusão:

    EDITORIAL JORNAL DA TARDE (GRUPO ESTADO)

    São Paulo: Cidade suja e desgovernada

    Em São Paulo aumentam o lixo e os impostos

    Ao admitir que tem dificuldades em fiscalizar, e por isso há falhas na coleta de lixo da capital, a Prefeitura comporta-se como o mau devedor que, cinicamente, tenta justificar-se ao credor: “Devo, não nego, pago quando puder.” No caso, o quando puder não será mais este ano, mas, se tudo o que for planejado der certo, ao contrário das tentativas anteriores que deram com os burros n’água, como os próprios gestores municipais reconhecem, em 2011. Ao longo de 2010 inteiro, os paulistanos continuarão pagando os impostos aumentados (alguns dos quais, como o IPTU, de forma escorchante), entre eles os destinados à varrição e coleta de lixo, cuja fiscalização é dada como inepta pela própria chefia. E os concessionários continuarão recebendo seu rico dinheirinho em dia. Mas a cidade continuará como está: entulhada de detritos acumulados à beira das calçadas e transportados para dentro dos bueiros – que, entupidos, não dão escoamento à água das chuvas fortes de verão –, pelo vento, pela lei da gravidade e, segundo reconhece o multissecretário de praticamente tudo na Prefeitura Alexandre de Moraes, pelos próprios encarregados da limpeza. Quanto a isso, resta uma pergunta no ar empesteado pelos insetos que se nutrem nesses monturos: se esse quadro do alto-comando municipal tem conhecimento de tal barbaridade, por que ainda não tomou providências para coibir o abuso e punir os abusados que o praticam?

    De cima do entulho apodrecido e acumulado, a Prefeitura anuncia para as calendas gregas um novo modelo de contrato para o serviço de varrição na capital. Seguindo a regra demagógica de dourar a pílula e ofuscar o triste quadro à vista do cidadão, o secretário de Serviços acena com a promessa a longo prazo do gênero “não dá para continuar assim, mas nada podemos fazer agora, vamos resolver no ano que vem”, sem se incomodar com novas chuvas, novas enchentes e novos Jardins Pantanal. Depois de ter anunciado, de maneira desastrada, a redução da verba para recolhimento dos dejetos em 20%, o prefeito Gilberto Kassab viu-se obrigado a voltar atrás e, para evitar mais confusão, além da que ele mesmo havia promovido, prorrogou a vigência dos contratos com as concessionárias cujo serviço é mal realizado, como pode ser visto a olho nu por qualquer um que não ocupe um cargo importante na municipalidade. Agora, por causa desse compromisso, o gestor municipal veio avisar que tudo continuará como dantes no quartel de Abrantes: o volume do lixo nas calçadas e no leito das ruas aumenta este ano em proporção similar ao crescimento dos impostos cobrados para pagamento de sua retirada.

    Se a Prefeitura pretende reduzir em 9% para 2011, quando garante que livrará a cidade da sujeira atual, o custo da varrição, que em 2009 chegou a R$ 348 milhões, por que não denuncia desde já os contratos mal cumpridos, livrando-se dos maus concessionários e prestando um serviço decente ao público?

    E agora “Josés” e “Manés” ?

  113. Não dá pra entender como São Paulo elegeu e vem elegendo o que há de pior. Brasília não fica atrás, pelo contrário. Isso não dá para discutir, apenas lamentar. A chance de mudar ainda existe, e sempre existirá.

  114. Estimado alagado, bom dia!

    Comprou a canoa?

    Ah! Você mora no alto.

    Bem vamos falar aos Josés e aos Manés do Enio!

    Se é assim, vamos falar sério já que o assunto “Enchente” é a moda? “Pô o Haiti passou rapidim!”

    Falar séiro sobrê enchenmtes é coisa séria mesmo?

    Mas vamos tentar:

    Queridos paulistanos de todos os lados, um dos mais grves problemas das enchentes é mesmo resultado do excesso de chuvas isto é inegável!

    “Ah! Então a culpa é de São Pedro?”

    Sinto muito cara mas não é!

    A grande verdade é que faltaram no decorrer das décads passadas, planejamentos adequados e obras para escoar esta água, alguns prefeitos tentaram,( Piscinão, afundar a calha do Rio, etc. e tal!) porém o crescimento desordenado da cidade e de seus arredores foi descomunal para o município e região.

    São Paulo não podia parar a sua evolução para dar importância a este problema diante da sua “revolução industrial particular dos últimos cinqüenta anos”, e toda a mão de obra vinda de outras regiões para colaborar com este crescimento desordenado principalmente no segmento da construção civil era bem vinda.

    No entanto até meu cachorro sabe que o acréscimo diário desta população engrossada cada dia mais por retirantes de outros horizontes aumenta em muito o número dos já infinitos problemas existentes como o acúmulo de lixo nas ruas e nos arredores de córregos e rios.

    Um dia Ricardo, a continuar neste ritmo, o paulistano perder a cidade para um monte de lixo, isso é fato. Não adianta limpar bueiros imundos de 30 ou 40 anos atrás se a cabeça deste povo não mudar e continuarem a viver na Idade da Pedra.

    Limpa hoje suja amanhã!

    Saí daí de São Paulo, a mais ou menos uns 40 anos atrás, e certamente São Paulo não tinha essa mega população como tem hoje, bem como não tínhamos os problemas que vocês têm na atualidade, e o acréscimo de problemas foi provocado pelo homem e não pela natureza, à medida que o tempo foi passando o povo sofrido de outras regiões foi engrossando o cordão de problemas dia a dia!

    Mas acredito no lado bom das pessoas, embora não acredite muito é nos políticos atuais, e acho que um projeto elaborado para longo prazo, a começar de hoje, a sua São Paulo pode tentar reavivar os seus rios, e por exemplo, buscar meios de tornar as suas margens permeáveis, e fazer uma coleta mais elaborada do lixo nas ruas.

    Ricardo eu li certa vez um artigo sobre o Tamisa e os problema da Capital Inglesa e pensando nisto eu acho que é por ai, o caminho chama-se reestruturação meus colegas balaieiros de São Paulo só assim. Se Londres resolveu essa situação, então por que São Paulo não resolve?

    Veja aí vou dar uma dica: “Mude o nome do relógio do mosteiro de São Bento para Big Ben, o que já será um bom começo!

    E querem um conselho?

    Não né?

    Bem vou dar assim mesmo: “Parem de se aporrinhar acusando este ou aquele prefeito, nem a Martaxa, nem o Maluf, nem o Pitaco, nem o Quem sabe, nem o Bispo e nem ninguém vai resolver esta questão por decreto ou sozinho”! ’

    O problema é crônico e não adianta buscar um culpado, mas sim é preciso educar este povo e o dinheiro que será gasto neste trabalho de conscientização vira em retorno em uma cidade mais limpa e em um Rio vivo!

    O resto é besteira!

    Bom domingo a todos!

    Abraços fraternos

    Manoel Ferreira

  115. Bom dia Ricardo!
    Bom dia amigos balaieiros!

    Esse post Ricardo, em que voce relata apenas um fato isolado seu, frente a esse grande problema que surge todos os anos, talvez tenha sito uma oportunidade para “acalorados” debates.
    Nesses debates, em que “TODOS” tem as suas razões, seus pontos de vísta, seus “apêlos”, e literalmente “despejam” seus argumentos conforme seus próprios conhecimentos, ou daqueles que através deles mesmo, buscam também se expressar, mantendo uma “silenciosa” expectatíva.

    Daqueles também, que mesmo de longe, procuram ajudar mesmo até parecendo de forma “provocatíva”, mas que com certeza no fundo também preocupados.

    Todos tem seu direito de achar que somente o poder público é que pode, e deve resolver esse problema.

    Todos tem razão, só depende do ponto de vísta, e a forma como se expressam.
    Lí todos os comentários, e posso dizer que apesar da “politização” muitos como a Rita, e a Luana demonstraram um afeto muito grande por essa metrópole.
    Outros já se enveredaram pelos debates políticos, deixando apenas a cargo das sucessívas administrações, os problemas, e as soluções dos mesmos.

    Alguns nos deram verdadeiras aulas como o nosso amigo Luíz Carlos ( o velho ) que mesmo morando no Rio, onde também exíste esse problema, se solidaríza com os paulistanos.

    Como o Enio, figura tão característica nesse balaio, por sua militância petísta, porém também profundo conhecedor desse problema que se arrasta há muitas décadas.

    Como o amigo Gadêlha, sempre disposto do jeito dele, e da forma dele expôr o que tenho certeza, muitos gostaríam de expôr, mas não se atrevem.

    Minha cor sempre foi o “azul”.

    Não por algum ideologísmo estampado em qualquer bandeira, mas por ser uma cor que sempre me atraiu.

    Alguém um dia disse que o planeta é azul!

    Não sou partidário dos “verdes”, ou dos “vermelhos”, ou de qualquer outra definição política que possam impor à essas cores.
    Busco apenas a razão, e o bom senso como objetívo.

    Nasci crescí, e viví em São Paulo. Essa cidade que eu amo, e muitas vezes também odiei.
    Hoje, por motívos que só a vida explica, estou em outra cidade.
    Me lembro de sempre admirar as características inconfundíveis do “paulistano típico” tão já conhecidas em nossa literatura.
    Vejo o sofrimento daqui onde estou em Campinas, e me lembro também dos tempos em que os presenciava pessoalmente.
    Eu já ví cadáveres boiando, e inchados com enormes ratos ao redor.
    Já presenciei o olhar desesperado daqueles que antes de pensar até no próprio rísco de morte, ainda choravam pelos bens que tanto custaram a conseguir, sendo arrastados para além das vístas.

    São Paulo não vai parar. As águas não irão diminuír.
    Encontrar o equilíbrio entre essas duas coisas é que é a questão.
    Não só uma questão política, mas de “senso comum”.

    Somos em grande parte nesse país, abençoados com a abundância desse “líquido da vida” que em muitos e muitos lugares no mundo é considerado até sagrado, mas no entanto, não sabemos o que fazer com ele.

    As águas SÓ QUEREM PASSAR.

    Elas não se importam com o que voce é, ou pensa, ou de onde voce veio, ou para onde quer ir.
    Ela quer apenas seguir o seu caminho.
    Não interessa a sua posição social, se voce está numa palafíta, num barraco, ou numa ferrarí obstruíndo o seu caminho.
    Não importa se o que está impedindo sua passagem, seja um saco de lixo, ou um cadáver.

    Infelizmente São Paulo está chegando a “Massa Crítica” nessa questão (têrmo usado pela minha querída e inesquecível Ana Luíza)…

    A solução desse problema é símples, e todos já sabem.

    Começa dentro da própria casa de CADA UM, se estende pela sua rua, por seu bairro, e numa progressão geométrica por toda a cidade.
    No começo eu ficava sem jeito quando chegando em casa, retirava dos bolsos, os papeis de bala, ou saquinhos plásticos, ou embalagens de cigarro, mas depois virou um hábito.
    Não sou, e nem quero ser “politicamente correto”, não sou candidato a nada. E também tenho o péssimo costume de atirar “bitucas” onde não há cinzeiros. Mas procuro diminuír no que posso a minha presença em qualquer ambiente.
    É só uma questão de respeito.

    Todos nós somos um pouco de “técnicos de futebol”, e vibramos em discussões sobre o tema. (apesar que detesto futebol)
    Todos nós temos soluções “mágicas” para esse problema, e cobramos isso dos nossos governantes.
    Esses por sua vez, gastam “RIOS” de dinheiro em propaganda se promovendo. TODOS ELES.
    Dinheiro que com certeza sería muito melhor aplicado na solução, e não na “remediação” disso tudo.
    ISSO SIM SERÍA UMA EXCELENTE PROPAGANDA.

    Concordo com o Enio, mas também concordo com o Gadêlha, com o Luiz Carlos, com o Manoel Ferreira.
    Todos tem algo em comum.

    Não suportam mais ver a situação como está.

    E enquanto debatemos, brigamos, xingamos, culpamos, justificamos, e buscamos alimentar nosso “ego” paulistano, as águas continuarão a chegar, a inundar, e a tentar ocupar o espaço que lhe tiramos.

    E isso seguirá “inexoravelmente”

    (palavra que o presidente se espantou em conseguir pronunciar)

    …mas isso já é outra história!

    Um lindo domingo a todos!

    Robson de Oliveira nosbornar@ig.com.br

  116. Acho que tenho o direito democrático de fazer uma piadinha também.
    25 de janeiro, aniversário da cidade, acho que terão de fazer o desfile usando carros anfíbios e dependendo o lugar, submarinos, além de uma prece ao São Pedro para que as chuvas não sejam muito fortes.

  117. Estimado Robinho, é isso meu querido não adianta buscar culpados é preciso buscar caminhos e soluções a partir do razoável.

    Não existe milagre neste aspecto, as palavras são: Solidariedade, comprometimento, responsabilidade social, educação e conscientização!

    De quem?

    De todos!

    E querido Braisl, se for daqueles de esteira com alavanca direcional , com o velho motor Detroit assoviando na cabeça e automático eu ajudo a pilotar um!

    E desculpem-me pela brinmcadeira mas poderia pintar aí a campanha: ” Minha Canoa minha vida!”

    O Serrote poderia lançar o programa de canoas a curto prazo, e poderia mandar uma pro veím lá no Planalto Paulista!

  118. E a situação continua, como dizia o famoso samba “Pistão de Gafieira” do saudoso Noite Ilustrada…quem está fora não entra, quem esta dentro não sai, só que a orquestra (poder público) não toma providência…Tivemos ontem, novas chuvas, novos alagamentos e novas vítimas. Será que o prefeito continua ”mapeando” as áreas atingidas? De veria sim, mapear as responsabilidades da prefeitura, pois, até agora não só ”mapeou”, mas, executou os aumentos de impostos e transportes públicos!

  119. Pois é meu amigo Manoel Ferreira, um abraço! Mas é água pra ninguém botar defeito! E…festejamos o aniversário da cidade na parte da manhã e à tarde, aquele banho!
    Pobres paulistanos que como eu, ainda festeja o aniversário da terra natal, mesmo estando aqui em Ribeirão Preto, fico sofrendo sabendo que minha família está aí, (meus filhos e netos) passando por tudo isso!
    Espero que esse estado de coisas se resolvam parfa o bem de todos. São 456 anos, porém, estes dois últimos a população está sofrendo como nunca! A todos uma boa tarde!

  120. Desculpem-me mas quando disse paulistanos, quiz dizer pessoas de todas as origens, que com seu suor proporcionam o crescimento da minha progressiva cidade, mesmo com todos esses problemas. O brigado paulistanos de coração, brfasileirfos ou não, vocês são o esteio dessa cidade! Deus os abençoe.

  121. Estimado Brasil, bom dia!

    É meu amigo pelo jeito que a coisa vai alguém vai ter que construir outra Arca, e aqui no blog acho que vai sobrar pra mim, pra você ou pro Ricardo!

    Mas é realmente de partir o coração Brasil, não dá pra não se comover ao ver aqueles homens mulheres velhos e crianças tendo suas coisinhas arrastadas pela enxurrada.

    E pra desgosto de nosso coração são sempre os mesmos personagens vitimas destas tragédias, elas sempre acontecem com os menos favorecidos muitos dos quais retirantes da sêca, perdendo nas tão sonhadas águas tudo aquilo que juntaram em suas vidas.

    Abraços Brasil e fique com Deus, e que o Senhor na sua infinita misericórdia ampare esta gente sofrida!

    Manoel Ferreira

  122. Boa noite Ênio meu amigo. Prazer em vê-lo aqui no balaio novamente e claro, a todos os comentaristas.
    Voce disse redução de impostos? Não acredito! Só pode ser promessa que como tantas outras não foram cumpridas, como a estagnação do preço das passagens de ônibus e metrô.
    2010 e 2011, a prefeitura terá muito o que ”pensar” no tocante à saúde desse povo que há muito estão com água dentro de casa, as quais se misturaram com esgoto, mesmo, por não possuir um sistema de atendimento condizente, nem em por sombra, digna desta megalopole.
    Com ”penadas” não se resolve todos esses problemas, resolve sim com uma ”penada” apenas, todos esses aumentos que presenciamos, incluindo do IPTU.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *