Dilma, casa e escola, a vez da solidariedade

Dilma, casa e escola, a vez da solidariedade

Depois de várias semanas de revolta e indignação diante dos desmandos do Congresso, houve uma guinada nos comentários dos leitores do Balaio esta semana.

Em três diferentes assuntos, que foram os mais comentados, o que mais notei na manifestação dos leitores foi a solidariedade.

Foi assim nos comentários, que somaram mais de 400, enviados sobre três posts que tiveram como personagem central a ministra Dilma Roussef (sua doença, o caso Dilma-Folha e a análise do Ibope sobre o que muda _ ou não muda _ no cenário da sucessão).

Da mesma forma, o artigo do senador Cristovam Buarque propondo que os políticos eleitos sejam obrigados a matricular seus filhos em escolas públicas, para melhorar o nível do ensino, levou os leitores do Balaio a abrir um amplo debate sobre o assunto, envolvendo também os que podem pagar escolas particulares.

A denúncia do leitor Everaldo Alencar sobre as dificuldades que uma faxineira encontrou para se inscrever no novo programa da casa própria do governo, levou outro leitor, que preferiu ficar no anonimato, a doar um terreno de sua propriedade em Aparecida de Goiânia ou poder ser construídas casas para quatro famílias.

O Caso Maria Júlia, como a história da faxineira ficou conhecida aqui no Balaio, motivou outros leitores a oferecer ajuda ou, ao menos, sugestões para enfrentar o problema. 

Se depender das orações e da solidariedade demonstrados com a ministra Dilma pela absoluta maioria dos leitores, ela poderá se sentir, se não curada, pelo menos confortada.

A proposta de Cristovam e a doação de um terreno certamente não resolverão os seculares problemas do ensino público e da casa própria no país.

Mas é sempre melhor cada um procurar fazer alguma coisa, nem que seja apenas participar das discussões sobre estes assuntos, do que ficar naquele baixo astral de só ficar jogando pedras na Geni, por mais que Geni mereça.

Claro que também teve gente que não se preocupou nem um pouco com o câncer linfático da ministra, e lhe fez as mesmas críticas de sempre, apenas preocupada com a disputa eleitoral do próximo ano, assim como, para alguns leitores, esse negócio de casa própria e ensino público são problemas que nunca terão solução com “estes políticos”.

Houve quem visse em tudo apenas demagogia, mas a absoluta maioria dos leitores me deu a sensação de que, apesar de tudo, o brasileiro ainda não perdeu o nobre sentimento da solidariedade.

Números da semana

Segue abaixo a relação dos três assuntos mais comentados da semana no Balaio, na Folha e na Veja, conforme levantamento que faço todos os domingos.  

Balaio

Dilma Roussef: 434

Escola pública (proposta de Cristovam Buarque): 127

Casa própria (Caso Maria Júlia): 90

Folha

Congresso: 105

Dilma Roussef: 50

Gripe suína: 43

Veja

Congresso desmoralizado: 168

Discussão no STF: 76

Maranhão: 23   

27 thoughts on “Dilma, casa e escola, a vez da solidariedade

  1. Boa tarde Ricardo!
    Boa tarde amigos balaieiros!

    O feriado terminando…o brasileiro retornando…e uma nova semana prestes a se iniciar.

    Bem…com relação à Dilma e seu problema de saúde, não vejo motivos, e nem os brasileiros de um modo geral, em atacá-la nesse sentído…toda doênça deve ser tratada com respeito, cuidado, e atenção em qualquer ser humano que ela se manifeste. O que eu pude notar, é que muitos leitores, incluíndo eu mesmo, aproveitaram para chamar mais uma vez a atenção para o nosso sistêma de saúde público.
    O mesmo se deve notar na propósta do senador Cristóvam Buarque…o resultado foi idêntico.
    Todos concordaram, mas com o intúito de alertar os nossos congressístas “mais uma vez” e também o podêr público no geral sobre a “catastrófica situação” do nosso ensíno público.

    Faltou apenas algum assunto que se relacionasse com o último vértice do pilar básico chamado “segurânça pública”.
    Como nenhum homem público foi assaltado, ou sequestrado, ou estuprado, ou lesado de alguma forma violenta ou não…talvez por causa do forte aparato pessoal, esse assunto ficou para quando isso acontecer. Só espero que não seja precíso isso para que reconheçam o problema.

    Bem…um ótimo final de domingo pra todo mundo, e uma excelente semana.

    Robson de Oliveira nosbornar@ig.com.br

    Ps…pelo que eu pude notar, o congresso está de olho no que nós (leitores/eleitores) manifestamos na blogosfera em geral.
    Sinal dos tempos!

  2. Caro Ricardo,
    Fiquei feliz com “bom” resumo sobre os comentários que você fez sobre os últimos artigos.
    Creio que no resultado final, saimos ganhando com tudo o que foi dito por você e pelos leitores comentaristas.
    Gostaria de fazer agora, se me permite, o meu comentário bem resumido sobre o ensino público. Eu ainda consegui estudar em escola pública estadual de excelente nível. Tinhamos aulas de laboratório de biologia, de química e de física, que só fui ver laboratórios iguais ou parecidos aos que tinhamos no colégio estadual, quando muito mais tarde, entrei para uma famosa faculdade particular aqui no Rio de Janeiro, para estudar engenharia eletrônica. Hoje em dia, creio ser muito difícil encontrar, mesmo em escolas particulares, laboratórios tão bem equipados como os que mencionei acima.
    A grade curricular do ensino, depois do golpe militar, foi totalmente refeita, como por exemplo com a exclusão da filosofia, para que os estudantes não pensassem, não refeletissem, não questionassem. Muitas outras matérias também foram excluídas ou substituidas com o mesmo propósito.
    De lá para cá, as coisas permaneceram como estavam, pois tem sido muito conveniente que a população em geral, continue sem refletir, sem pensar, sem indagar.
    Temos que participar mais das decisões políticas, principalmente, como eleitores e posteriormente, como fiscais dos eleitos.
    Dentre as matérias que cursei no antigo ginasial, constava o Francês, o Inglês, a Música, a Filosofia, a História Geral e do Brasil, a Geologia, dentre outras. O ensino do Latim, acabava de ter sido retirado da grade de curricular do ensino quando ingressei colégio.
    Por falar em grade curricular, muita coisa mudou no mundo e o ensino pouco ou nada se adaptou a essa imensa mudança.
    Ensina-se muita coisa que não tem a mesma importância que já teve e deixa-se de ensinar muita coisa que passou a ter importância.
    As escolas precisam ensinar a pensar, a criar, a desenvolver, a pesquisar, a fazer e não somente a repetir o que se aprende.

    Flavio Santos

  3. Em plena era do “estado espetáculo” , ainda não há segurança para avaliar o efeito eleitoral da doença da ministra.Não discuto aquí o fato de alguém comunicar que está com uma doença neoplásica,mesmo de bom prognóstico, mas nas consequencias de um candidato á presidencia da República,divulgar tal notícia.Nada é ocasonal ou espontaneo, nesse contexto.Em relação ás propostas do Senador Cristóvão, acho que seria mais consequente que o mesmo apresentasse uma proposta de oferecer um ensino preparatório para a universidade ,com qualidade, para o estudante pobre, via ensino á distância, que discutir algo visívelmente fora da realidade (filho de político em escola pública).Quanto á segurança pública, (abordada pelo Robson Câmara),lembro que um dos filhos do Sr Presidente Lula foi alvo de uma tentativa de assalto ou sequestro, há alguns anos ,tendo um dos seus seguranças sido baleado.E a coisa continua na base do “tudo como antes, no quartel de Abrantes”, conforme os antigos.

  4. Kotscho e Balaieiros.
    Pra quem ainda não leu a Folha de domingo, 3 de maio, vejam que gracinha:
    “O Legislativo tentará, nesta semana, mudar de assunto.
    Deseja arrancar das manchetes as transgressões éticas.
    Em troca, vai oferecer o debate sobre reforma política.
    Pretende-se reservar a sessão de quarta (6) para esmiuçar o projeto.
    Mas o grupo sugere que os colegas se concentrem num par de temas:
    1. Voto em lista;
    2. Financiamento público das campanhas.
    A prevalecer o item 1, o eleitor deixará de optar pelo candidato de sua preferência.
    No encontro com as urnas, passará a votar apenas nas legendas.
    Somados os votos, elegem-se os candidatos escolhidos previamente pelos partidos.
    O par de idéias tem o apoio dos partidos que importam: PMDB, PT, PSDB e DEM.
    Escrito por Josias de Souza às 04h47”

    Para Robson de Oliveira:
    Vami q vamu, voto nulo, neles.
    E vocês, hem? O artigo não está completo mas pode ser lido na Folha online.
    Ana Luiza

  5. Olá pessoal!

    Pois é André…voce tem razão, mas quem sofreu foi o parente dele. Mesmo assim parece que todos em ambos os podêres se consideram Deuses protegidos pela sua “guarda pretoriana”.
    Lembre-se…nem todos são iguais perante à lei….”quem não deve teme”…e pelo jeito…”o crime muitas vezes compensa”!

    Ana Luíza!

    Boa noite!
    Eles estão sentíndo a pressão que muitos fazem atualmente em blogs, e também por e-mails…estão tentando buscar justificatívas mais louváveis para suas atividades.
    Precisamos apenas ficar observando, e protestando quando necessário.
    E como voce disse…”voto nulo” neles enquanto formos privados de exercer o “direito” de apreciar a “liberdade” de não sermos “obrigados” a votar!

    Sou brasileiro e estou de olho!

    Abraços!

    Robson de Oliveira nosbornar@ig.com.br

  6. Campanha pró voto nulo, nos levará a ficar ainda mais nas mãos dos piores, pois justamente aqueles que a ela possam se aderir, são justamente eleitores os mais conscientes, que por revolta assim possam proceder.
    Prego a o “voto de cabresto” no sentido do eleitor “cabrestando” o candidato, exigindo dele propostas registradas em cartório, dando direito ao eleitor, a promotoria pública eleitoral, que peça a sua cassação caso contrarie as mesmas. Seria o nosso PROCON eleitoral. Em vez de distribuirem aqueles “santinhos” com aqueles falsos sorrisos, teríamos propostas registras.

  7. No filme “Irma La Douce”, Shirley Mac Laine interpreta uma prostitua profissional e tem uma fala da personagem muito interessante:
    “Até para ser prostituta tem que ter classe”.
    Nossos represetantes, em quase toda a sua totalidade, não tem classe para nos representar.

  8. A semana entra com o presidente do Irã,na berlinda. Passeata(!)no Rio e em SP, contra a visita do líder persa. Falta manifestação contra a delicadeza e a diplomacia com que Israel trata a questão palestina,desde 1948,ignorando sucessivas resoluções da ONU.

  9. José Serra: gripe suína é transmitida só quando os “porquinhos espirram”

    Eleitores do tucano José Serra enviaram emails a esse blog duvidando que o governador tucano tenha dito a pérola “A gripe suína é transmitida dos porquinhos para as pessoas só quando eles espirram ou quando se chega perto do nariz do porco”

    Para que não paire dúvidas, assista o vídeo da Uol. Acredite se quiser, poid quem disse foi nada mais nada menos do que o ex-ministro da saúde do Fernando Henrique Cardoso.

    Conta a Folha de S.Paulo o seguinte: Em Ribeirão Preto, o governador de São Paulo, José Serra, disse ter sido informado sobre a doença [gripe suína]: “Ela é transmitida dos porquinhos para as pessoas só quando eles espirram”, afirmou. “Portanto, a providência elementar é não ficar perto de porquinho algum.” . Está aqui o link da Folha http://www1.folha.uol.com.br/fsp/mundo/ft2804200903.htm

    Mas se você ainda não acreditar e for igual ao profeta Tomé, vá no no G1 http://g1.globo.com/Noticias/SaoPaulo/0,,MUL1099905-5605,00-SERRA+DIZ+QUE+CASOS+SUSPEITOS+EM+SP+NAO+SAO+DE+GRIPE+SUINA.htmlda da Globo. Lá também tem.

    (do blog AmigosdoPresidente)

  10. Através do Blogue Amigos do Presidente,(pelo jeitão do blogue deveria ser: inimigos de São Paulo, do Noblat)estão lançando a candidatura da Dilma e como vice Luis Inácio http://www.osamigosdopresidentelula.blogspot.com/
    Tem a sugestão de: fale com o presidente: https://sistema.planalto.gov.br/falepr2/index.php

    Minha humilde sugestão é acreditar como um possível canal de comunicação, do povão com a mais “Alta Autoridade do País”.
    Dúvidas e espantos poderão até serem sanados:o que está errado no pronunciamento do Arnaldo Jabor? Onde o Blog do Noblat está com ilações? O vídeo que traz um pronunciamento da melhora de vida dos aposentados chegando até aos níveis da Europa e parece que em certo ponto ele com um sorriso nos lábios afirma que os aposentados já tinham dado a sua contribuição e com a aposentado ria seria época de viajar, passear, etc, etc.

    Se eu pudesse me comunicar com o Arnaldo Jabor eu somente gostaría de explicar que o PT nos 20 e tantos anos de oposição não levantaram questões que hoje correm soltas na mídia é porque, na época, eles consideravam como práticas normais e continuaram achando como governo.

    Blog da Soraia David- http://soraiadavid.blogspot.com/
    “Eu não vejo onde está o tamanho do crime que as pessoas estão vendendo”
    Luiz Inácio Lula da Silva – Presidente do Brasil
    Afirmação feita no dia 1º de maio de 2009 a respeito do uso de passagens aéreas pelos parlamentares.

    Eu só não entendi quando ele disse “Graças a Deus que eu nunca levei um filho meu para o exterior(…) só repassei passagens para sindicalistas quando precisavam viajar.

    (I Coríntios 6:12) “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas me convêm”.

    QUEM QUIZER TENTAR E TIVER FÉ QUE A LUIS INÁCIO VAI LER E RESPONDER, ESCREVA, MAS NÃO ESQUEÇA DE USAR TERMOS CONDIZENTES COM O ALTO CARGO DA NAÇÃO. Respeito é bom e abre todas as portas.

  11. Ricardo boa tarde, como vai?

    Bem essa palavra é assim muito intima para mim: “Câncer!”

    Ôôôô Palavrinha que nincguém gosta de pronunciar!

    Até pouco tempo Ricardo, as pessoas somente sussuravam umas no ouvidos das outras: Viu: “(Fulano tem””Aquela doença”””!)”

    Amigo era uma merda! O tal do preconceito era pior, o mêdo do desconhecido! O mêdo e a proximidade da morte!

    Era como se existisse uma morte antes da morte propriamente dita. Havia este afastamento, “(distanciamento dos amigos das horas boas!)” era como se fosse contagioso. Ricardo, o cara morria em vida. Era uma morte social, uma morte por exclusão!

    HOJE AS TERAPIAS EVOLUIRAM, AS CURAS SÃO INFINITAMENTE MAIORES, AS CHANCES INFINITAS E ETC…

    Ricardo, por motivos meus, e somente meus, eu não irei votar na Dilma, lamento por não partilhar dos mesmos ideais de 90% dos seus amigos aqui, mas não vou!

    No entanto, A Sra. Dilma Rousseff, ministra da Casa Civil, foi submetida a exames de rotina no Sírio-Libânes, há cerca de 30 dias, sendo encontrado um gânglio, diagnosticado como linfoma em estágio inicial. “( Bem eu tive um!)”

    E eu fui curado deste!

    E o bichinho ficava debaixo do sovaco!

    E se fui merecedor da cura, tenho cereteza que ela também o será!

    Nossos sonhos e nossos ideais para o nosso país, nunca serão os mesmos, porém, sou tão gente “(Pó e fôlego de vida)” quanto ela.

    Todos nós somos diferenciados pela razão, por nossas escolhas ou ainda pelas nossas paixões. Mas jamais o seríamos pela nossa formação: “( Deus, nos criou a todos, à sua imagem e semelhança.)”

    Portanto que não aconteça um mal a um meu semelhante, que eu desejasse que também não acontecesse a mim!

    Ou seja: O mal que não quero pra mim, não o desejo a ninguém!

    A senhora Roussef, Encontra-se neste momento sem evidência da doença ativa se é que entendi, e deverá realizar tratamento quimioterápico complementar por segurança. Bem isso é mais ou menos uma rotina! Prá tornar a palavra “Quimio” menos pesada a gente usava o termo de: Pitú com groselha no cano!

    Tá vendo, já melhorou!

    Bem Ricardo quando estiver com ela deseje estimas melhoras, e que iremos orar pelo seu pronto reestabelecimento!

    Abraços fraternos

    Manoel Ferreira

  12. Sinceramente o ser humano sem gratidão e solidariedade ,é muito pobre de espiírito ,e precisa urgente de apoio ,se sua patologia neurótica permitir .Agora claro que preferencia por um cadidado é muito pessoal , a que se respeitar ,mas o contraditório tem que existir ,é que nem futebol .Outra coisa são fatos ,e vou dar um exemplo: Porquê a Presidencia não explica o gasto verificado no trimestre ,mais de 142% no mesmo periodo do ano passado ,e o Tarço Genrro ,1.352%,ai não é possivel,sera que vem outro escandalo por ai ,e o nosso Lula continua não vendo ,não ouvindo e não falando?

  13. O, ou será “a” Chiste se escandaliza com o presidente. Acontece
    . A midia esta rasgando suas vestes, gritando no alto-falante contra a pratica congressual agora, com um tom, um volume e jeito que nunca o fez antes. Os fariseus faziam o mesmo em Jerusalem. Porque tinham outras coisas, bem grandes a esconder, ofuscar né mesmo. Essa gritaria tem objetivos, chista.
    A midia tem material guardado em arquivo para usar contra quem for conveniente, e está sabendo disso como pratica comum faz 40 anos, somente agora ficou importante,
    porque será?

  14. Manoel Ferreira 15:17 ( meu doce amigo GRAVIOLA )

    Não precisava tanto para mostrar o seu grau de dignidade. Com o seu comentário, você a reafirma.
    O incansável trabalho dos Deuses, é criar uma huminidade, em que seus dirigentes, pelo menos eles, tenham as suas qualidades, como a de diversos Balaieiros, que passam por aqui.
    Viver é acumular valores. Alguns valores efêmeros, outros valores eternos.

    …( falando sozinho )… sinceramente, eu não acredito, que o velho Mané, num pau a pau, entre Serra e Dilma, ele deixará de votar na Dilma,…não acredito.

  15. Boa noite amigos!

    Estou profundamente “aliviado” por saber nesse instante, que o presidente do Irân (ao qual recúso-me a soletrar) não virá mais ao Brasil.
    Respeito as religiões orientais todas, mas não aceito um ser como este, que prega tanto rancor pelo mundo afora.

    Espero que o governo “acorde”, e não mais renove o convíte para a visíta.
    Não importam os típos de negociações que pretendam entabular, mas sim o respeito para com aqueles que sofrem dentro e fora das fronteiras, ou dos domínios de influência daquele país governado por esse louco!

    Robson de Oliveira nosbornar@ig.com.br

  16. É meio comédia essa , quase demagogia , MINISTRO BOA GENTE E POETA , CADA LUGAR TEM A MADRE TEREZA DE CALCUTA QUE MERECE
    …. ministro por filho em escola publica? gostava mais desse ministro mas esta ficando sonhador demais :recomendo montar uma banda de rock ministro , porque estudar com os invísiveis do brasil em escola publica conta aquela que vossa exelencia morre no fim ? só vendo as escolas publicas E ESSA APROVAÇAO CONTINUADA QUE SE METE A MAO NA CARA DO PROFESSOR PORQUE ELE NAO MANDA MAIS NADA É OBRIGADO A APROVAR VC .esta cheio disso de norte a sul do brasil… geverno burro ministerio incompetente essa lei ja devai ter caído a tempos É VERGONHO SE SABER O EFEITO E DEIXAR O BARCO CORRER NO RIO DA SABEDORIA COTIDIANA…. continuada
    NAO SE RESPEITA PROFESSOR .
    Recomendo TAMBEM que uma delegaçao mexicana visite o congresso por lá fique, quem sabe a pandemia das passagens para… stop
    nabo e beringela no povo, nós que
    E acreditamos até em papai noel
    e que o brasil vai dar certo
    com o gáz da baia de santos
    A SANTA DESCERÁ DO CÉU
    envolta naquele manto ……..
    salve a barata do joel
    acreditamos até em papai noel
    e que o braisl vai dar certo
    com o gáz da baia de Santos A
    SANTA DESCERÁ DO CÉU ENVOLTA NAQUELE MANTO
    Mas o barrilzinho na televisao era bonitinho recomendo CAMISETAS DO BRARRILZINHO ESCRITO PARECE QUE DESSA VEZ VAI !
    e um chaveiro comemorativo .
    interessante para concluir o genial pensamento aqui descrito os barris de petróleo eram usados para fazer tambores de aço das chamados “caribe steel band” como pararam de ser fabricados os músicos do caribe ficaram numa sinuca de bico … mas nós resolvenos isso a arrte de fabricar BARRIS DE AÇO AGORA É NOSSA
    PENA QUE NOS LIVRAMOS DA VALE, a do rio doce que com esse pre sal seiamos detentores de todos os temperos importantes do planeta SAL A ÇUCAR seriamos as Indias do seculo XIV só nos resta esperar o Vasco da Gama chegar com sua caravela porque todos sabemos que :
    sois reliquias de caravelas
    sois herança genética
    da primeira sujeira que fizeram com o índio
    que andava nú na floresta encantada

  17. a aprovaçao continuada tem que acabar ou será o fim da cultura tropicana professor nao serve pra mais nada , aluno nao respeita e aluno é criança um ser ignorante em formaçao … teremos uma legiao de paulinhos delubinhos e marcos valerinhos mirins soltos nas salas de aulas só que sem dinheiro no bolso aí o bicho pega

  18. Casa Propria Pra Pobre…isto e uma fantasia do seu lula pois não se lança um projeto com um milhão de moradias sem dizer daonde vira o dinheiro pra tal obra fantasiosa pois ELLE não disse daonde vira este dinheiro…isto e campanha antecipada com certeza…

  19. 04/05/2009 – 18:51 Enviado por: everaldo

    falando sozinho )… sinceramente, eu não acredito, que o velho Mané, num pau a pau, entre Serra e Dilma, ele deixará de votar na Dilma,…não acredito.

    Vevé, quié isso homi? Ta parecendo aquela história do Ari, que a mãe vem de Piriripoca de cabroboró, lá do sertão da Onça Arripiada, e vê a sua cria com uma pedrinha de gelo na boca e assustada diz ao buchudinhu:

    Minino?

    Quié mãeinha?

    Tu ta cumeno vrido meu fi?

    To não mãe! Eu to é chupanu a preda d’agua!

    Everaldo nesse causop em qui tu mi botô, eu acho que vou cume caco de vrido tumém!

    Abraços fraternos

    Manoel Ferreira

    Cumedô de preda d’agua!
    e apreciadô de Graviola!

  20. Não precisamos de escola preparatória coisa nenhuma, precisamos sim é de escola com qualidade. Como tenho + de 54 anos, aprendi expressão aritmética no primário, hoje, não se aprende nem no 2º grau. Sobre a Dilma continuo com o mesmo pensamento, nada tenho contra ea admiro, porém, não creio estar preparada para tal cargo. Que tal o Ricardo com este curriculum ao lado. Mas não, não creio que ele pretende sujar suas botinas de sitiante naquele lamaçal chamado Brasilia.

  21. Estimado Robinho:

    04/05/2009 – 19:03 Enviado por: Robson de Oliveira
    Estou profundamente “aliviado” por saber nesse instante, que o presidente do Iran (ao qual recuso-me a soletrar) não virá mais ao Brasil.

    Meu precioso mininu Robinho, cê tá melhor que eu, você se recusa a escrever o nome do Cabra, eu nem sei ler, não consigo juntar as letrinhas do prato de sopa, é coisa feia, e ele também!

    Quer saber Robinho, só pelo fato deste sujeito dizer que o holocausto é uma invenção, Fica evidente que é um sujeito sem nenhuma base real e históica para ser eleito a qualquer cargo político, pensamentos como este fere a integridade dos componentes fundamentais do que aconteceu no decorrer dos séculos.

    Todos os acontecimentos que ocorreram na trajetória da humanidade independentemente de ele ter sido um benefício ou uma tragédia, merece ser guardado na memória e usados sempre como bússolas e ainda como referencial para que fatos assim nunca mais ocorram no planeta.

    Então Robinho, fora todas as atrocidades que este sujeito prega aos quatro ventos, só pelo fato de uma criatura como este rapaz, ter virado as costas aos horrores do Nazismo, já nem merece ser lembrado, e seus dias não devem ser considerados nos anais da história!

    Agora adivinha só quem é o parceiro dfaquele doido aqui na América ?

    Particularmente, que me perdoem todos os irmãos corajosos, e sofredores do oriente médio e particularmente os Iranianos, um povo que já sofre naturalmente diante de todas as adversidades da própria natureza, e que são dignos de todo o respeito por parte de todos os outros povos da terra.

    E assim como o povo iraquiano, o povo Afegão, o povo Paquistanês e outros povos que vivem debaixo deste jugo desumano de regimes absurdamente totalitários onde a frase direitos humanos, é papo de retórica!
    Estes povos têm uma luta e uma resistência milenar, portanto mereciam dirigentes melhores, some-se a isto tudo o que organizações como a Al Qaeda,m e outras que são as mantenedoras do terrorismo internacional ainda provocam nestes pobres países!

    Abraços fraternos

    Manoel Ferreira

  22. Estimado Joel, bom dia!

    04/05/2009 – 23:46 Enviado por: joel da barata

    E ESSA APROVAÇAO CONTINUADA QUE SE METE A MAO NA CARA DO PROFESSOR PORQUE ELE NAO MANDA MAIS NADA É OBRIGADO A APROVAR VC .esta cheio disso de norte a sul do brasil… geverno burro ministerio incompetente essa lei ja devai ter caído a tempos É VERGONHO SE SABER O EFEITO E DEIXAR O BARCO CORRER NO RIO DA SABEDORIA COTIDIANA…. continuada
    NAO SE RESPEITA PROFESSOR .

    Sabe Joel, as vezes eu me perguntava: “Mas será que vale a pena ser professor neste país?”

    Bem, você me parece um professor de ensino médio ou fundamenta baseado pela sua narrativa!

    Então vou te conta uma historinha:

    Era uma tarde de verão, eu acho que em Janeiro no ano de 1.998, e eu estava ocasionalmente na Avenida Paulista em São Paulo, onde lecionei nos anos 70, em cursinhos bem como em Cursos de Madureza, para complementar o meu salário.

    Bem Joel, foi assim: Belo dia, eu tava indo pela Paulista, na altura da Pamplona quando ouvi de longe, ou de perto “Sou meio surdo”, Manoel, oi Manoel, psiu! Manoel, bem como fazia já uns vinte anos ou mais que eu havia mudado de São Paulo achei que não era comigo, mas aquela senhora tocou em meu braço e sorridente disse: Você não é o Manoel do IESA, (Um da Madureza!), eu estranhei e disse: Bem, eu lecionei lá, mas isso já faz tanto tempo! Mas quem é a senhora, o seu rosto me era familiar, mas juro que não lembrava!

    Então Joel, nunca desista educar os filhos dos outros é gratificante, e vê-los vencendo na vida é muito mais, são vitórias que você conquista através de outras pessoas, é como se cada um que sai bem sucedido na vida conta como uma pequena vitória da gente!

    O PESSOAL AQUI DO BALAIO JÁ CONHECE MAIS OU MENOS O QUE PENSO DESTE E DOS GOVERNOS PASSADOS JOEL, E O QUE VOU DIZER A VOCÊ, PARA ELES NÃO É NOVIDADE ALGUMA!

    Amigo Joel: Destruíram os princípios, destruíram a lógica, destruíram o bom senso, as nossas instituições estão ruindo, o ensino está burro, a segurança está temerosa e mais insegura que a gente, a saúde pública está destroçada, então Joel, faça como nós: Faça só a sua parte, e você estará fazendo muito mais que este ou aquele governo, Monteiro Lobato, José Bento que de batismo recebeu o nome de José Renato, um dia disse: UM PAÍS (SÉRIO!) SE FAZ COM HOMENS E LIVROS!

    Então querido, dependendo do seu domicílio educacional, da cultura e da educação recebida no lar dos seus alunos, ( A primeira escola e a Primeira igreja!)” pode ser que você encontre seu carro riscado, com pneu furado, murcho etc..pode ser até que você seja enfrentado na sala de aula, um amigo ouviu de um aluno que ele não precisava de estudar para ser presidente, e portanto para ele a escola de nada valia, e só comparecia por causa das meninas.

    Bem Joel, alguém aqui certamente vai dizer que eu reproduzi o diálogo do meu amigo com o seu aluno para atingir o governo, é natural, eu sou o bode expiatório dos amigos que tenho por aqui, mas quando me xingam eu nem ligo, pois gosto por demais deles, no entanto Joel, esta é a realidade apontada por você ao ensino brasileiro, infelizmente você está coberto de razão. Mas não desista! Lembre-se de Lobato!

    Esqueça o Governo. e faça a sua parte!

    Abraços fraternos

    Manoel Ferreira

  23. Estimado Antonio Jorge, bom dia!

    Li o seu texto e você está coberto de razão, aliás você tem razões de sobra para ficar em dúvidas, e por isso, resolvi passar a você um texto que escrevi dias atrás ao amigo everaldo!

    Antonio Jorge, Perca cinco minutos e leia por gentileza, e voC~e vai entender o pouquinho que eu entendi!

    Estimado Everaldo, meu amigo. Bom dia!

    Com a permissão do Everaldo.

    Escrevi uma parte deste texto lá no balaio endereçado a você, pois não me contive diante da sua nobreza meu amigo, e agora passo ele mais completo para você em particular!

    Everaldo:,

    Estive em alguns fóruns de nossa região, par que pudéssemos avaliar de certa distância o que realmente está sendo proposto pelo nosso governo, e não vi nada que se aproxime da idéia ventilada: 1 milhão! De cara Vevé, eu te asseguro não chores não viu, mais é impossível de se fazer as taperas no sertão

    Então vamos aos fatos!

    Nosso déficit habitacional eu estimo hoje em torno de 8 a 10 milhões de moradias Everaldo, muito além do número anunciado. A proposta do governo representa apenas um décimo do problema ou pouco menos.

    As nossas construtoras não estão devidamente preparadas para a elaboração de projetos neste custo, nem com o custo da mão de obra e nem ao menos os fornecedores de matérias de construção estão aptos para produzirem e comercializarem materiais complementares como fios, luminárias, dobradiças e outro monte de apetrechos que compõem uma casa, a baixo custo, todos sem excessão entrariam de imediato no vermelho na primeira contabilidade! para tamanha empreitada.

    A Maioria dos municípios não dispõe de áreas próximas aos centros urbanos, em quantidade suficiente para tornar exeqüível a idéia a curto ou ainda em médio prazo, sem contar ainda com a falta total e absoluta de empenho de alguns destes municípios em “confeccionar” seus “Planos Diretores” que num momento deste poderiam ser de grande utilidade.

    Alguns já desistiram do projeto extra oficialmente! Até um amigo do nosso governo federal, disse que não dá!

    Antes da euforia e entusiasmo do anúncio oficial por parte do Governo federal, eu creio que não houve um planejamento amplo neste sentido, não só com a resolução do problema habitacional, mas, sobretudo quanto à ocupação do solo.

    Quantos municípios brasileiros dos quase 5.600 existentes dispõem de uma secretaria de desenvolvimento urbano? Em nossa região eu estimo que no máximo 20%, e não são de profissionais do ramo, e sim afilhados políticos sem o menor preparo técnico algum para desenvolver um projeto arrojado neste aspecto.

    Existe também um fator que deve ser levado em consideração, a questão da padronização? Vamos sair construindo a torto e a direito, sem determinar uns três ou quatro padrões de janelas, portas, tamanhos de cômodos e etc. para que se possa produzir com maior rapidez e a um custo menor? Particularmente na industria privada, acho difícil alguém se dispor a firmar contratos impossíveis de serem cumpridos!

    O próprio Luiz Ignácio, sabedor que era da impossibilidade de colocar em pratica 20% que fosse da idéia ventilada, ainda na cerimônia de lançamento, já se encarregou de diminuir as expectativas sobre o prazo do programa. ((((“Não há limite de tempo, portanto, não me cobrem”, disse o presidente. “))))

    “A gente não tem de se importar com o tempo”. Gostaria que terminássemos em 2009. Se não conseguirmos, 2010 ou 2011, 2012, e vai por aí afora!

    Há barreiras burocráticas, de espaço (muitos especialistas chamam atenção para a falta de terrenos disponíveis, sobretudo nas grandes cidades, algumas do vale do Paraíba, por exemplo, já em tom de meia boca, alguns disseram ser impossível viabilizar tal empreitada,) sem contar as construtoras, algumas nem trabalhando no custo zero conseguiriam colocar em prática a confecção das moradias algumas nem quiseram ouvir o restante do rosário, e até as grandes industrias fornecedoras de Ferro, Aço, Cimento, etc. e de outros .materiais acham também inexeqüível o cumprimento de tal promessa, a exemplo do que ocorreu em alguns segmentos ano passado. (no pico da fase recente de crescimento da economia, no meio do ano passado, chegou a faltar cimento no mercado brasileiro).

    Mesmo quando se olha apenas para o lado econômico do programa, sem nem colocar na roda os riscos urbanísticos nele envolvidos, fica claro que, para botar em pé um projeto tão ambicioso será preciso muito mais do que vontade e retóricas políticas. É tarefa árdua e difícil, que exige altíssimas doses de coordenação e depende de muitos protagonistas – às prefeituras, por exemplo, está reservado um papel critico.
    O México, por exemplo, foi mais cauteloso, e começou construindo 100 mil casas e aumentou 100 mil a cada ano. Hoje, sete anos depois, constrói 800 mil Conforme já disseram acima: o mercado de construção civil agüenta a demanda que será criada?Não é arriscado deixar os financiamentos e as avaliações de créditos nas mãos de um órgão tão grande e lento?

    Então Everaldo, infelizmente eu tenho que te dizer meu amigo de quem tanto gosto: É impossível, é audacioso demais, e por estas coisas nós nunca faremos aquilo que de fato precisa ser feito.

    Nossos sonhos por maiores que sejam tem que se adaptarem ao alcance dos nossos esforços!

    O Programa habitacional lançado pelo governo federal “Minha Casa, Minha Vida”. Poderia até ser classificado sem demagogia alguma de “pactóide habitacional”.

    Alguns membros oportunistas de oposição que não passam de gralhas falantes não perderam a oportunidade para contestar a informação do governo de que o déficit habitacional hoje é de 7,2 milhões de moradias. e com base em dados da Fundação João Pinheiro, pois nem isto eles tem capacidade de produzir, nem seus próprios dados, é uma oposição se não inócua, é maléfica!

    Veja o PSDB, por exemplo, sustenta que o déficit habitacional é hoje de 7,9 milhões de moradias, sendo que 90,7% estão concentrados na faixa de renda de até três salários mínimos.E não é tão simples, a pessoa nunca poderia ter participado de algum outro programa, e nem ter outro imóvel, ainda que seja somente um terreninho lá nos cafundó do Judas, onde não tem água, luz, esgoto, linhas de ônibus, escolas, etc.que o coitadinho comprou para tentar um dia erguer ali a sua taperinha, está registrado no seu nome? Então ta fora!

    “Esse tipo de pacote não pode ser apenas para momentos de crise”, E não falo aqui como opositor de programas de melhorias de qualidade de vida para os meus conterrâneos, sou tão brasileiro como qualquer outro Everaldo, não está aqui falando da boca pra fora, e nem ao menos malhando alguma coisa que viria de imediato acudir nossos irmãozinhos os quais precisam muito mais de compaixão do que nós, não? Não o é! Eu não falo por mim, são os fatos, e é a realidade, pergunte a demais pessoas que trabalham assim nós no ramo imobiliário, aos arquitetos, urbanistas, ambientalistas e até empresários da construção, e você verá um consenso nas opiniões, todos avaliam o pacote, tomado às pressas e sem estratégias definidas, como mais um plano de caráter emergencial, extremamente eleitoreiro e com toque mágico de marketing”.

    E vejo isto com muita tristeza, é uma pena pois a meu ver e de muita gente que sabe fazer contas, é só mais um pacote de ilusões, como tantos outros que não vingaram. Mais um sonho e uma ilusão do que qualquer outra coisa, e acredite querido, nós bem como outros do meio de comercialização aqui na região, nos dispusemos a oferecer nossos préstimos para dar o pontapé inicial enviando um dos nossos colaboradores para que façam um rodízio semanal de atendimento para as pessoas interessadas, e você não imagina a nossa decepção diante da realidade dos fatos, é triste ver tanta gente, com o CPF e o RG nas mãos e com um pequeno sonho na cabeça Everaldo: “O de ter onde morar” é triste meu irmão, muito triste, acredite neste que te fala, pois nós fizemos aqui o nosso mínimo possível diante dos fatos. Uma de minhas filhas esta participando daquilo que você poderia chamar de uma ré-seleção, de uma futura pré seleção! E voltou pra casa naquela tarde com lágrimas nos olhos e inconsolável: “Pai dá pena, eles acreditam que vão receber de fato a sua casinha, assim tipo rápido ,e a gente ali nem ao menos sabemos bem o que está acontecendo, aliás ninguém tem muita certeza de nada, na realidade só estamos preenchendo um simples formulário, e só hoje foram mais de seiscentas almas pai, é tão triste!”

    Então é isso Everaldo, quem vai ajudar os pobres é o pobre, eu acho que estamos indo a mais um oceano de ilusões e de mentiras, e somente a sociedade unida é que vai realmente solucionar, e a palavra da vez é a que você pratica: Solidariedade!

    Fica com Deus meu querido, e vamos torcer para que pelo menos uma parte deste plano dê certo!

    Abraços Fraternos

    Manoel Ferreira ( Graviola!) Um cara que te admira por demais!

  24. A julgar pelas aparencias, o jserra nao concorda nada com o Mferreira sobre o programa casa/vida…
    Mas vou guardar com carinho os agouros dele no arquivo para
    cobrar, como dizem os causídico, tempestivamente.

  25. KOTCHO, POR FAVOR BUSQUE E ANALISE A ENTREVISTA QUE O TAL “FENO M E N O S DEU PARA A FOLHA DE SÃO PAULO. ACHO QUE AQUELES QUE AMAM OS IDIOTAS PRECISAM SABER QUE AMAM OS IDIOTAS. INCLUSIVE O PRESIDENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *