Especial/Diretas-Já: há 25 anos, na praça da Sé

Especial/Diretas-Já: há 25 anos, na praça da Sé

Diretas Já

Num dia nublado como hoje, 25 de janeiro, dia de aniversário de São Paulo, há 25 anos, eu estava lá, na praça da Sé.

Era o primeiro grande comício das Diretas-Já, dando partida ao maior movimento cívico-popular da história do nosso país.

Em poucas semanas, esta campanha sem dono nem roteiro, tomaria as ruas e praças das grandes cidades brasileiras, de norte a sul, clamando por democracia e dando um agora chega! à ditadura militar.

Vinte anos após o golpe de 1964, o Brasil se reencontrava consigo mesmo. A partir deste comício, sem ninguém mandar, cada um passou a fazer a sua parte na virada da história.

Cheguei bem cedo na praça da Sé. Vi as pessoas se juntando aos poucos, até formar a multidão que, no meio da tarde, inundou as ruas vizinhas.

Ver tanta gente reunida em torno da mesma bandeira encheu de esperança os líderes políticos e os artistas amontoados no grande palanque armado em frente à catedral, animando todo mundo em volta, até os vendedores de churrasquinho e pipoca espalhados pelas laterais.

No dia seguinte, minha matéria publicada na Folha de S. Paulo, o único veículo da impresa brasileira que, desde o primeiro momento, abriu amplo espaço para a cobertura do movimento, saiu com o título “Na Sé, um brado retumbante pelas Diretas” e começava assim:

“Ouviram do Ipiranga, às margens plácidas/De um povo heróico o brado retumbante”.

Nunca, antes, em sua história de 430 anos completados ontem, São Paulo viu algo igual _ centenas de milhares de pessoas transbordando da praça da Sé para todos os lados, horas debaixo de chuva, num grito uníssono: “Eleições diretas para presidente!”

Nunca, antes, foram tão verdadeiros os primeiros versos do nosso Hino Nacional.

O brado engasgado na garganta durante vinte anos explodiu na praça da Sé. O pranto travado correu pelos rostos de gente muito vivida, os braços se ergueram, dando-se as mãos uns aos outros, toda gente cantando o Hino Nacional, no encerramento desta festa pelas eleições diretas _ a maior manifestação pública a que o Brasil já assistiu.

Vai ver que foi daí que o hoje presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, um dos líderes das Diretas-Já que discursou naquele palanque, tirou esta história de falar “nunca antes neste país…”.

Mas, naquele dia, e do começo ao final da campanha, quatro meses depois, o líder incontestável da campanha das Diretas-Já foi outro velho amigo, já falecido, o deputado Ulysses Guimarães, presidente do PMDB, maior partido de oposição à ditadura na época.

Primeiro, o governador Franco Montoro, de São Paulo, mais adiante o governador de Minas, Tancredo Neves (ausente da praça da Sé) e o do Rio de Janeiro, Leonel Brizola, e outros governadores da oposição teriam importante papel na organização dos comícios e na articulação política da campanha, que a maior parte da imprensa brasileira teimou em esconder até onde pôde.

Lula ainda era uma novidade na cena política, recém saído da liderança sindical do ABC, mas fazia muito sucesso nos comícios, graças à animada militância do PT e suas bandeiras vermelhas com uma estrela branca no meio, a ponto de certo dia Ulysses Guimarães queixar-se a ele, brincando, durante o vôo fretado entre um compromisso e outro:

“Não está certo isso, Lula. O MDB é que monta os comícios, leva os artistas, aluga avião, paga as despesas e você fica com a fama, sempre é o mais aplaudido…”.

Os dois riram. Eram muito amigos e tinham um grande respeito mútuo pelo papel que cada um representava nesta história.

A travessia da esperança

Na introdução do livro “Explode um novo Brasil – Diário da Campanha das Diretas” (Editora Brasiliense, 1984), que lancei poucas semanas após o último comício do Anhangabau, no saguão da Folha, na alameda Barão de Limeira, conto como foi que esta história começou, pelo menos para mim.

O sonho aconteceu em novembro de 1983. Vinha voltando para casa, depois de um almoço de domingo com a família, no sítio do meu irmão, em Cotia, pertinho de São Paulo, e nem prestava atenção na conversa das três meninas no carro.

O ano estava chegando ao fim _ mais um ano, sem nenhuma perspectiva de mudança, sem esperanças, só lamentos por toda parte (…).

Era preciso mudar tudo, começar de novo, virar o Brasil de cabeça para baixo. Mas, de que jeito?

A única bandeira que pintava no horizonte escuro, acenando timidamente, era a das eleições diretas _ o primeiro passo, sabíamos todos, para a reconstrução deste rico e belo país, dilapidado, humilhado, torturado, quase dizimado pela ditadura dos últimos vinte anos, mas ainda de pé, com vergonha na cara.

Chegando em casa, nem esperei para saber o resultado final do jogo do meu time, e fui logo pra máquina (ainda não existia computador, celular, internet, então, nem pensar) escrever aquilo que tinha sonhado de olhos abertos: por que a Folha de S. Paulo não empunhava de uma vez esta bandeira das eleições diretas, como fazia a imprensa de antigamente, quando se apaixonava por uma causa?

No dia seguinte, as três laudas de pauta sobre a Campanha das Diretas que havia deixado com o chefe de reportagem, Adilson Laranjeira, foram logo parar nas mãos de Octavio Frias de Oliveira, o proprietário do jornal. Frias convocou imediatamente a cúpula da redação da Folha, leu aquele texto para todos, e mandou tocar o pau na máquina.

Naquele tempo, jornalistas podiam escrever com emoção o que viam, pensavam e sentiam, e eram estimulados a participar de todo o processo produtivo do jornal, dando sugestões e fazendo críticas à política editorial.

Por isso, a partir daquele dia, tive toda a liberdade para cobrir os comícios das Diretas pelo país inteiro, sem limite de espaço ou de despesas de viagem, sob o comando direto de seu Frias, que queria ser informado pessoalmente sobre cada passo do movimento, e até da circulação do jornal pelos lugares por onde eu andava.

Enquanto ainda havia certo ceticismo, tanto entre algumas chefias do jornal como entre líderes da oposição, sobre os rumos da campanha, Ulysses Guimarães e Octavio Frias em nenhum momento titubearam em jogar, respectivamente, seu prestígio político e o do jornal, cada um no seu papel, fazendo tudo o que era possível para tornar o movimento vitorioso.

Faltaram apenas 22 votos para a aprovação da Emenda Dante de Oliveira, que previa a volta das eleições diretas para presidente e precisava de maioria de dois terços no Congresso Nacional, naquela triste madrugada de 25 para 26 de abril de 1984.  Escrevi no livro acima citado:

Pelo chão acarpetado do plenário da Câmara Federal, quando tudo acabou, os representantes de um povo derrotado no seu maior anseio pisavam sobre as pétalas de crisântemos amarelos, que estes meses todos simbolizaram uma luta, um sonho, um encontro _ o grito de liberdade desta humilhada Nação brasileira.

Lá fora, depois das duas da manhã, algumas centenas de cidadãos ainda esperavam o impossível, uma reversão no resultado que ninguém queria: a esmagadora maioria dos 130 milhões de brasileiros arrasada pela ausência dos deputados do PDS (o partido do governo militar).

(…) Alguns deputados choravam, outros se prostavam em silêncio. Ao ser anunciado o resultado da votação da Emenda Dante de Oliveira, pouco depois das duas horas da manhã de ontem, a grande festa que todo o povo brasileiro esperava corria o risco de se transformar num imenso velório.

Mais uma vez, porém, este povo reagiu. Em vez de ficarem lamentando os 22 votos que faltaram para que o Brasil voltasse a ser uma democracia, os homens e as mulheres que lotavam as galerias bradaram seu grito de guerra: “Um, dois, três, quatro, cinco mil, queremos eleger o presidente do Brasil!”.

Em meu livro de memórias “Do Golpe ao Planalto _ Uma vida de repórter” (Companhia das Letras, 2006),  também dedico um capítulo inteiro à Campanha das Diretas.

Ali relato a conversa que tive, alguns dias após a votação no Congresso, com Ulysses Guimarães, que ficou conhecido como “Senhor Diretas”:

Ainda me recuperava da ressaca das Diretas, quando uma noite dr. Ulysses telefonou para minha casa, também ele inconformado com o que acontecera: “Sabe o que eu descobri, Kotscho? Enquanto nós estávamos viajando pelo Brasil defendendo as eleições diretas para presidente, o Tancredo já estava se acertando com os dissidentes do PDS e mesmo com companheiros meus do PMDB para montar sua campanha no Colégio Eleitoral. Gastei meu verbo à toa. Assim é a vida, meu filho”.

O que ele não disse, mas todos os que participaram por dentro da Campanha das Diretas sabiam, é que num determinado momento só havia dois caminhos pela frente.

Se a emenda Dante de Oliveira fosse aprovada, contra a vontade dos militares, que ainda mandavam no país, o candidato das oposições seria Ulysses Guimaraães.

Caso contrário, mantendo-se as indiretas no Colégio Eleitoral, todos apoiariam Tancredo Neves. E foi o que acabou acontecendo.

O batismo é do povo

Para encerrar este especial do Balaio sobre os 25 anos do Comício das Diretas na praça da Sé, peço licença aos leitores para reproduzir o manuscrito que Ulysses Guimarães me enviou para o prefácio do livro “Explode um novo Brasil _ Diário da Campanha das Diretas”.

Este é o maior troféu que guardo dos meus 44 anos de carreira, em que já ganhei premio até da ONU, no ano passado, mas ficou marcado porque a Campanha das Diretas foi o melhor momento da minha vida pessoal e profissional, um divisor de águas da história recente do país, na travessia da ditadura para a democracia.

Sob o título  “O batismo é do povo”, dr. Ulysses escreveu:

“Poesia é encontrar uma árvore esquecida à beira de uma estrada e glorificá-la”.

O jornalista de raça é um mágico. Transfigura o anônimo em notável, celebra o desapercebido, enquadra o texto no contexto. Enquanto nós nos limitamos a olhar, ele vê coisas, pessoas, a paisagem. Vê e conta.

Ricardo Kotscho é jornalista raçudo. O jornalismo está no seu sangue e no seu destino.

Andei com ele por praças e ruas deste infindável País. Entupidas de gente, de berros e de gestos de revolta e de esperança. Quando lia suas reportagens na Folha de S. Paulo ficava surpreendido e encantado.

Como é que o Ricardo viu aquele jovem frenético, registrou a originalidade daquele dístico, enxergou aquela mulher chorando, ouviu daquele velho as histórias de outros comícios e outros personagens?

Ele não se absorve nas estrelas do acontecimento. Sua pena é também alto-falante da multidão, assegura-lhe o papel de personagem no grande e terrível drama social brasileiro.

Osmar Santos é o locutor das diretas, Fafá de Belém é a cantora das diretas, Ricardo Kotscho é o cronista das diretas. O batismo é do povo. Leia este livro. Assim verificará que, mais uma vez, o povo tem razão.

Brasília, 18 de abril de 1984

Deputado Ulysses Guimarães

Neste 25 de janeiro de 2009, eu quero prestar esta singela homenagem a um grande homem público brasileiro, tão cedo esquecido, que teve papel decisivo na nossa história para que hoje possamos viver numa democracia e votar livremente em nossos governantes.

Valeu, dr. Ulysses!

Em tempo: olhei de novo pela janela e agora, quase nove da manhã, o céu já abriu, ficou todo azul e teremos um belo domingo para comemorar o aniversário da cidade.

Foto: Agência Estado/Arquivo

337 thoughts on “Especial/Diretas-Já: há 25 anos, na praça da Sé

  1. acredito que muita coisa melhorou mais tenho acertesa que muita coisa piorou e muito obs. as leis eziste mais não funciona diretos humano so tem este direito criminoso politicos apronta e não vai preso , muitos pontos de drogas e a policia tem as mão amarada a huma certa organisação criminosa que antes não ezestia e minguen fas nada com medo de represaria ? espero que hum dia isto mude e meu paiz se torne melhor

  2. Cheguei ainda mais cedo que você à Sé: estava com nosso colega, o fotógrafo Evanir (“Gaúcho”), cobrindo a festa de aniversário da cidade no Pátio do Colégio, e na volta passamos pela praça, onde ainda estava sendo montado o palanque. Mas o que mais marcou meu 25 de janeiro de 1984 não foi o comício das diretas, mas o nascimento de minha primeira filha – Mariana, como a sua – que veio ao mundo na Maternidade São Paulo às 17h50, exatamente no horário em que o saudoso Mário Covas discursava. O comício faz 25 anos, Mariana também – se bem que agora morando em Florianópolis.

  3. Caro Zanfra,
    acho que a tua Mariana teve mais sorte do que a minha, agora morando em Florianópolis, esta belíssima cidade para jovens e jornalistas aposentados…
    Abração,
    Ricardo Kotscho

  4. Parabéns por lembrar aos brasileiros que a transição para a democracia se tornou uma realidade em primeiro lugar devido à participação popular que forçou os limites da ditadura. Na memória de muitos só a eleição de Tancredo no Colégio Eleitoral é que conta. Ignoram que sem as Diretas provavelmente a transição seria ainda mais demorada.

  5. Em toda a minha vida nunca imaginei que O Sr. Ulysses Guimarães se fez tão presente nesta luta pelas diretas -Já, sempre achei que fossem mais os sindicalistas que se empenhavam mais nesta luta. Depois destes comentários a minha visão mudou completamente e com certeza vou multiplicar estas informações com meus parentes, vizinhos e amigos ao máximo que puder. Parabéns pela sua luta nesse processo de mudança que começou à 25 anos atrás. Hoje nossa nação é forte justamente porque tivemos pessoas corajosas, como os senhores, que encararam estes desafios. Meu muito obrigado por abrir meus olhos e com certeza irei estudar mais sobre minha Nação e sua história.

  6. Parabéns Ricardo Kotscho! Pelo talento, pelo trabalho, pelo papel desempenhado. Obrigada, pela história, por me fazer conhecer e viver a história recente do Brasil, enquanto estive lendo suas palavras, seus pensamentos, sua memória e sua crítica, que sempre servirão de instrução, conhcecimento e poder de tranformação para melhor, já que têm talento, paixão e compromisso social. Sucesso, inclusive nos livros… Um beijo e um ótimo aniversário de São Paulo para todos!

  7. O que acontece com a nossa memória, nossa história, nossos herois e nossos personagens, que são esquecidos tão rápido.
    Desse jeito, com esta falta d ememória, nunca vamos corrigir os erros do passado e melhorar o futuro, para ter um presente masi inclusivo socialmente.

  8. JOÃO CUNHA - FOI DEPUTADO FEDERAL POR 4 MANDATOS INCLUSIVE CONSTITUINTE. AUTOR DO VOTO 344 QUE FIRMOU A MAIORIA ABSOLUTA DA VITÓRIA DE TANCREDO CONTA MALUF disse:

    Kotscho,

    Também estive lá. E também pelo Brasil inteiro.
    Naquele dia, como sempre, proibido de falar em nome do MDB que fundei e que alentei participando do Grupo Autêntico do Congresso Nacional. As cúpulas, dentre elas, Ulysses e adjacências, diziam que, orador explosivo e processado quatro vezes na Lei de Segurança Nacional, minhas intervenções poderiam “criar problemas”. Não sei quais maiores que aquela praça com mais de l milhão de pessoas, numa promoção que eu, a pedido do General Antônio Carlos de Andrada Serpa, levei ao velho Montoro que, com a coragem cívica possuída e contrariando os resmungos de Ulysses Guimarães que dizia “os comícios não lotam mais as praças”, lançou a campanha e, inclusive colocou, sob risco de processo, os transportes públicos naquele dia 25 à disposição e gratuitamente para o povo caminhar para a grande marcha democrática. Montoro, com quem nem sempre dei-me bem, foi, sim, o grande artífice e o grande herói daquele e de outros momentos, infelizmente não tão esperto e sagaz como os outros “líderes da época” , perdeu a oportunidade da Presidência da República, que muito bem faria ao Brasil.
    Apenas a lembrar e há testemunhas que nas ante-vésperas da votação da Emenda Dante de Olivieira, ouvi de Ulysses: “Essa Emenda é perigosa. Se passar, o Brizola ganha as eleições!” E, verifique as ausências que impediram o quorum, como estou pesquisando, e poderemos ter surpresas com a História daquele acontecimento. Faltaram 22 votos apenas.

    Estive na Praça da Sé. E falei, mas em nome do MR8, que me cedeu o tempo revolucionário de 10 minutos, quando pronunciei o discurso que esteve presente em todas as páginas da imprensa brasileira, no dia seguinte. Menos na Rede Globo,minha velha inimiga conhecida.

    Sei que cada um conta sua versão dos fatos.
    Mas, vocês petistas, partido de que fui criador, a quarta assinatura do livro e seu primeiro e único deputado federal à época, agem hoje, em plena democracia sofrida, como os velhos comunistas estalinistas, recortam até das fotografias os que não lhes agradam pela independência e pela honradez pessoais. Você Kotscho foi daquela Praça ao Planalto e deixou-o depois num confiteor de arrependimento. Faltaram-lhe à memória daquele dia presenças como Montoro, Ayrton Soares, Fernando Lyra, e mesmo este seu velho amigo. Não desgostei a nível pessoal, mas preocupo=me sempre em relação à História, cujos contornos estão obrigando-me a preparar alguns livros, testemunhando momentos vividos e que contrariam a história oficial.

    JOÃO CUNHA

  9. É preciso mudar tudo, começar de novo, virar o Brasil de cabeça para baixo. Mas, de que jeito?
    O que realmente melhorou? Violencia em crescimento, organizações criminosas que comandam os crimes dentro das cadeias, bandidos que sao presos, condenados, e na hora de cumprir a pena tem direito a progressao criminosa,como Ratinho e Xuxa assassinos do jornalista Tim Lopes que depois de condenados a 24 anos de prisao conseguiram direito ao regime semi-aberto apos seis anos.
    Saude em estado caotico nao temos sequer um atendimento razoavel que seja.
    E a educaçao, ensino publico de pessima qualidade formando muito mais criminosos do que cidadãos brasileiros.
    Politicos, a esses foram nossos salvadores, são os responsaveis por este novo Brasil. Metem a mão no nosso dinheiro, um escandalo atras do outro. São trezentos picaretas com anel de doutor, e para eles não ha lei. Onde esta o Ministerio Publico que não fiscaliza os politicos deste pais? E o Gilmar Mendes, melhor nem falar!
    E o pior e que pagamos por tudo isso, impostos e mais impostos e não são baratos.
    Vejam so: Para os leitores aproveitarem bem o final de semana, vou mandar alguns números da nossa vizinha Argentina. Falamos muito sobre combustíveis,
    e por lá os números são os seguintes:
    Gasolina comum (igual a nossa mas sem álcool)
    1,99 pesos = R$ 1,00 Gasolina Super 2,30 pesos = R$ 1,15 Gasolina Fangio de alta octanagem 2,89 pesos = R$ 1,45
    Como sabemos, nossa gloriosa PETROBRÁS exporta para a Argentina gasolina a R$ 0,65.
    Podemos ver – como estamos sendo ROUBADOS
    No setor veículos não é diferente. Veículos NOVOS.
    Gol 3 portas Power – 27.600 pesos (R$ 14.800,00)
    Ford F250 – 108.500 pesos (R$ 54.300,00)
    Vectra CD – 82.600 pesos (R$ 41.300,00 )
    Ford Eco Export DIESEL 4X4 – R$ 35.000,00
    Nissan Frontier 4×4 – 22.000 dólares
    ou menos de R$ 44.000,00 em uma agência em Oberá.
    E por aí vão as diferenças, ressaltando que praticamente todos os carros de todas as marcas, tem a opção de virem
    com motor diesel. Eu estava esquecendo…
    As estradas pedagiadas, com terceira trouxa (terceira pista), mantidas em muito boas condições, custa para cada 300 quilômetros 3,40 pesos ou R$ 1,70 .
    Para nós gaúchos para percorrer a mesma distância o preço é de R$ 28,00 .
    Existe uma explicação lógica para uma diferença tão brutal?
    Claro que existe, e muitas: Cartões corporativos, Senadores a 600 mil por mês, Deputados a 200 mil por mês, e o resto vocês conhecem.
    Tem de sair dinheiro de algum lugar para manter isto.
    Somos uns trouxas. (*) (*) trouxas, não…
    Somos realmente é covardes, pusilânimes, pois num povo com dignidade esta ‘merda’ já teria mudado há muito tempo!
    É isso aí minha gente:
    “Meu BRASIL brasileiro, Terra de samba e pandeiro!”

  10. Ate que naquela epoca pensava mesmo que teriamos eleicoes livres…Acontece que o esquema ja estava montado…So candidatos “laranjas” com apoio da Midia devidamente comprada…Voce acha ainda que os que se apossaram do poder aqui no Brasil, iriam entregar de bandeija este file???Se acredita ainda, e porque acredita em Papai Noel…

  11. A campanha das Diretas foi o maior acontecimento cívico que o país vicenciou. A derrota da emenda Dante de Oliveira foi uma decepção, um desastre, uma tristeza. Fez lembrar a perda da Copa do Mundo de 1950. Quanto ao senhor Tancredo Neves, ele e Silvério dos Reis são duas personagens da noss historia muito parecidas. Após a campanha, outros nomes servirão para
    identificá-los: Tancredo Reis e Silvério Neves…

  12. Este foi um dos maiores engodos aos brasileiros, não sou a favor de militarismo ou ditadura ao contrario, detesto Fidel, acho Tche, se assim q se escreve, um arruaceiro, p fazer o bem não é necessario pegar em armas, mas vamos as diretas já, o presidente em exercicio disse – Se não houver abertura eu prendo e arrebento, como vemos a abertura já estava a caminho, o q se precisava era preparar o país p isto, ao inves disto este pessoal só pensava em fazer comissio, as novas leis, ora pra que trabalhar, é como o atual presidente, vamos viajar, preparar o país p o futuro, pra que, tenho 80% de aprovação, e continuando, quando realmente houve a abertura, poderiasse colocar um gov de transição, p fazer as diretas, mas o q veio, o presidente foi escolhido pelo colegio eleitoral, cade as diretas, mas o fato era o medo de nas diretas o ex gov Maluf ganhar estas eleições, então foi golpe ensima de golpe, e com certesa o Maluf seria melhor q Sarney, q só fez bobagens na presidéncia. Alguns agora estaram dizendo, mas e a corrupção, com certeza não seria maior q agora.

  13. Eu vivi a época das diretas já, mas não estive na Praça da Sé infelismente neste dia maravilhoso onde subiram no palanque de um caminhão, juntos Lula, Montoro, FHC, Ulisses Guimarães, Tancredo Neves e outros, todos com o mesmo ideal de liberdade.
    Quanto ao fato se o Brasil de lá até hoje melhorou, adianto que melhorou e muito mas tenho uma ligeira impressão que se tivéssemos certeza que o governo João Goulart, anterior a revolução de 64 tivesse ficado, nós já teríamos passado por tudo que passamos até agora com uma antecedencia de uns 20 ou 30 anos e agora estaríamos numa condição de desenvolvimento bem a frente e talvez melhor.
    Mas como não temos bola de cristal nem turbante para consultar os genios do advinho, como estamos, já está maravilhoso pois somos comentados no mundo como BRIC`s,quando na época éramos apenas uma colonia dos países mais avançados no desenvolvimento e que lá fóra se falássemos que éramos brasileiros o interlocutor ficava por meia hora só para se lembrar em que continente ficava o Brasil e quando lembravam, ainda perguntavam se Buenos Aires era nossa capital.
    Pelo menos, quando fui aos USA recentemente e perguntado de que país era, quando dizia ser brasileiro, logo identificavam e se diziam admirados por que o Brasil é conhecido mais pelo seu desenvolvimento atual que por futebol, carnaval e samba, além das belas mulheres.
    Muitos falam aqui sobre corrupção mas acredito que esta mazela nos acompanha desde tempos anteriores aquela época, só que era mais velada e a midia tinha outro comportamento se comparado ao de hoje onde podem falar a vontade e tomar partido de cada corrente de pensamento politico.
    Quanto ao povo, politicamente falando, evoluiu pouquinho e infelismente a educação daquela época, se comparada a atual, era melhor e até certo ponto, hoje retrocedemos, nada evoluiu pois o povo ainda não tem aquela argúcia de pensamento que se prometia ter se não houvesse sido truncado o trabalho dos educadores daquela época.
    A minha imprensão, é que porque a população mais que dobrou de lá para cá e pouco investimento tivemos em educação, ficamos parados no tempo e resultou na estagnação educacional que encontramos hoje.
    Mas isso tudo é passado e hoje temos que olhar para a frente e não lamentar o leite derramado, arregaçar as mangas e lutar para recuperar o tempo perdido.
    O Brasil ainda tem muito por fazer e temos que nos unir para atingir os objetivos.

  14. Eu também estava lá. É com alegria que vejo esta matéria de Ricardo Kotscho. Depois de tantos anos, vimos os avanços e os retrocessos na política brasileira. No entanto, quem não viveu aquela época não consegue vislumbrar os passos largos que demos na construção de nosso país.

  15. Meu Caro João Cunha,
    o texto que escrevi hoje sobre as Diretas-Já é baseado nas matérias publicadas durante a campanha na Folha de S. Paulo e em dois livros meus que tratam do assunto.
    Não poderia, 25 anos depois, contar outra versão, mas respeito a tua.
    Quanto aos nomes por você lembrados, citei no texto apenas os principais líderes do movimento, incluindo, é claro, o governador Franco Montoro.
    Com respeito e estima,
    Ricardo Kotscho

  16. Sr Ricardo

    Tenho acompanhado seu trabalho desde o final do ano passado , e confesso que não conhecia e gostei muito e por essa razão estou te parabenizando e tambem a toda cidade de São Paulo pelos 455 anos.

    Abraços

  17. Caro Ricardo bom dia!!!
    Como voce comenta o movimento não tinha roteiro nem dono , engana-se tinha o povo , mas obviamente alguns elementos se apoderaram de parte desse movimento sendo que a alguns se dão até atuação acima da efetiva. Diz que os jornalistas (exceto Folha) se escondiam em suas redações sem dar ao movimento seu devido valor ou reconhecimento. Fala sobre o movimento intramuros de nosso congresso , onde alguns se aproveitam do momento para tirar proveito proprio para suas candidaturas (Ulisses e Tancredo). Outro queria firmar seu partido a custa do trabalho dos outros (Lulla x Ulisses ) . Muitos dos que contribuiram são esquecidos , mas obviamente outros vivem desse momento do povo e se alardeam donos desse momento. Onde o Brasil mudou ? Elegemos nossos dirigentes e estes atraves desse mandato o transformam em projetos pessoais e partidarios e ideologicos . Hoje temos “liberdade” , mas somos refens de uma ditadura de politicos sem escrupulos e com unico intuito de do poder tudo tirar. Veja-se Lulla , que não é esquerdista , comunista , ou qualquer outro “ista” a não ser oportunista.

  18. Caro Ricardo, eu também estava na praça da Sé naquele dia memorável,havia cincluido no ano anterior a graduação em história em periodo apaixonante memorável e impar.Lia o jornal folha por sua causa, seus escritos, e os rumos que a política tomava, estava em todos os comícios , da panela vazia das diretas
    e naquele dia quase arumei na Sé uma confusão, quando o Dr brizola foi citado, fiz ao meu irmão que levava pela primeira vez ao comício, uma vez que chegara de Minas gerais, regiao da Zona da Mata naquele exato dia, um comentário que não agradou o brizolista, mas sensívelmante já era fã incindicional do atual presidente, ver todo aquele povo aló, foi emocionante, pena que a junemtude hoje n ão tem noção da emoção daquele periodo de luta garra e glória. Penso, caro Ricardo, que tenhas esquecido de citar, uma vez que alguns deixaram nomes em comentários do grande pastor D. Paulo, o Cardeal Arns. Parabéns, hoje a folha não é mais aquela, não entra em minha casa há mais de oito anos.

  19. Engana-se Kotscho! Ulisses Guimarâes ainda não está esquecido, isso porque existe pessoas como vc que não deixa acontecer. Fui do movimento das DIRETAS em minha cidade, era estudante e programos atividade para o dia da votação, porém a polícia cercou o prédio da faculdade. Poucos estudantes suportaram a pressão. Tinhamos um compromisso cívico e Dante de Oliveira, cria de Ulisses, matogrossense também já falecido, era nosso ídolo. Valeu lembrar, em especial de Ulisses.

  20. Caro Deputado João Cunha , a historia é feita na medida do interesse daquele que a repassa , e como diria Getulio , aos amigos tudo e aos inimigos a lei . Lei seja ela do esquecimento , do acobertamento ou a lei da ” memoria seletiva ” . Pois ninguem citas as badernas do Sr. Lulla no ABC qdo sindicalista. Nunca na historia desse pais um baderneiro se aproveitou tanto de um sindicato . Mas quem vai falar , assessores ????

  21. Foi lindo! Eu morava em Goiânia e me lembro subindo a av.Goiás
    rumo à Praça Cívica, gente de camiseta amarela por todo lado, gente saindo pelo ladrão. É a mesma emoção com a primeira posse do Lula, com a posse de Obama…

  22. Eu tinha 16 anos, aqueles momentos sao mais do que memoria, ajudaram a forjar a minha personalidade. Um quanto inocentemente acreditei que podia mudar o mundo; o que nao deixa de verdade, a medida que exercitamos o nosso papel de cidadao. Meu trabalho esta voltado a educacao, por mais de 20 anos, dos quais 12 anos dedicados a educacao infantil.
    Fora do Brasil, ja faz 8 anos, mas com o compromisso de transmitir aos meus filhos o orgulho de ter mae brasileira. (Desculpe os erros de portugues mas o computador nao esta adaptado.)

  23. ô Kotscho, ou você estáperdendo a memória por causa da idade ou demonstra o ranço de um colonialismo e de uma soberba paulistas.O primeiro comício pela Diretas-Já foi em Curitiba, na Boca Maldita. O da praça da Sé foi o segundo.

  24. Parabéns Ricardo, e obrigado por me fazer recordar deste verdadeiro brasileiro !

    As vezes eu insisto no uso de alguns termos e você acredita que exagero na medida, mas não é isso querido, é que quem conheceu o Dr. Ulisses não se contenta com pouco, precisa aparecer alguém melhor, e aqui ainda não aconteceu!

    Ricardo, digo isto com extrema tranquilidade: Dr. Ulisses, eis aí uma referência de homem público.

    Eis aí um referencial de dignidade!

    Eis aí um referencia de honra!

    Eis aí um referencial de ética!

    Eis aí um referencial de patriota!

    Assim foi a vida do Deputado Ulisses Guimarães,emedebistas e peemedebista histórico, corajoso foi o maior líder da oposição ao Governo Militar,e em alguns momentos foi a única voz em contrário, você se lembra do: ( Sim ou Não?)

    Este foi o verdadeiro herói da campanha das “Diretas Já” e o expoente máximo de coragem de enfrentar o sistema de cara limpa e peito aberto, um símbolo da dignidade política;

    Ulysses não podia ser o candidato da oposição no colégio eleitoral de 15 de janeiro de 1985, que escolheu o presidente da República, por conta da relação com os militares.

    E porque Dr. Ulysses não podia ser o candidato?

    Simples Ricardo e você melhor do que ninguém deve saber que era devido a ele ser exatamente a principal figura da oposição.

    Homem de brio, e caráter impar, um exímio catalizador de almas boas, que durante toda a sua vida na sua vida somente agregou, sempre acreditei que ele tinha uma espécie de imã humano, era difícil vê-lo e não se aproximar, e depois de conhecê-lo era impossível não concordar com ele !

    Ele era muito querido nas ruas. Mas para infelicidade nossa, para disputar contra os militares seria mais fácil o Tancredo, porque ele era uma das lideranças na oposição naquela época com maior trânsito entre os militares. Ele não tinha brigado tanto como o Ulisses, com os caras e assim o caminho era mais curto!

    Então meu querido, em nome de todos os que nunca tiveram um partido de predileção apenas o bem de uma nação, e que nunca pleitearam nada em benefício próprio a não ser o ingresso da democracia plena neste solo generoso hoje estamos orgulhosos do balaio.

    Brasileiros comuns de todos os cantos desta terra, que assim como nós possuiam apenas um ideal em comum, que o era, e ainda o é onada além do bem geral da nação!

    Então Ricardo em nome dos remanescentes fieis: Obrigado!

    Os sem partido agradecem em nome de todos os brasileiros por você ter se referido a um dos mais brilhantes filhos desta nação!

    Só está faltando o voto facultativo, e aí sim poderemos dizer: “A democracia chegou em, sua plenitude para todos nós!”

    Manoel Ferreira

  25. É lógico que ainda estamos “um século” atrazados; mas nada como Democracia!
    Nunca mais pra ditaduras(qualquer, independente de o ditador ser símpático ou não), censura, tortura, irresponsabilidades administrativa, fiscal, moral e política e, tão importante quanto, aos “esquemas no nosso futebol pros bambis continuarem a ganhar campeonatos”.

  26. Caro Deonildo,
    que estou ficando velho, eu sei, mas você, que é jovem, precisa aprender a ler direito.
    Escrevi que o da praça da Sé foi o “primeiro grande comício das Diretas-Já”, que desencadeou a campanha por todo o país.
    Antes deste, tivemos dois menores: o primeiro, na praça Charles Miller, em São Paulo, no final de novembro de 1983, e outro na Boca Maldita, em Curitiba. Leia sobre eles nos meus livros.
    E sem essa de colonialismo, uma bogagem.
    Abraços,
    Ricardo Kotscho

  27. Hoje no senado e também na camara é comum ver politicos da oposição achicalhando, desdenhando do presidente Lula e até de seus familiares, outros tentando tirá-lo do poder. Nessa data de aniversário da Diretas Já, seria interessante que o povo brasileiro fizesse uma análise critica desses politicos que tentam impedir do Lula governar, qual era a posição politica deles nequele momento de ditadura em que nosso pais vivia. Veria por exemplo de que lado eles estavam, se do lado do povo ou do lado da ditadura. Verão por exemplo, que são os mesmos golpistas de sempre.

  28. A verdade não tem proprietário exclusivo e infalível.”

    “A censura é a inimiga feroz da verdade. É o horror à inteligência, à pesquisa, ao debate, ao diálogo. Decreta a revogação do dogma da falibilidade humana e proclama os proprietários da verdade.”

    “A burocracia pode ser preguiçosa, descortês, incapaz e até corrupta. Não é exclusivamente na Dinamarca, em qualquer reino sempre há algo de podre.

    Rematada insânia tornar impublicáveis lacunas, faltas ou crimes, pois contamina de responsabilidade o governante que a ordena ou tolera.”

    “Governo xique-xique, este que aí está. Não dá sombra nem encosto. Para a Nação, não dá. Para os amigos, parentes e protegidos, presenteia com governadorias, senatorias biônicas, embaixadas, empréstimos e negócios. Passa então a ser o governo sombra e água fresca.”

    “Quando se tira o voto ao povo, o povo é expelido do centro para a periferia da história, perde o pão e a liberdade, o protesto passa a ser agitação e a greve rotulada de subversão.”

    “Na ditadura, à sombra de Marco Aurélio, pululam e ficam impunes os Calígulas sangüinários, os Torquemadas da Inquisição e da intolerância, os enxudiosos Faruks da corrupção.”

    “É terrível o ofício dos que dependem da opinião pública. Tantos são assassinados, crucificados, arruinados, frustrados. Foi trágico o fim de Cristo, Kennedy, Garrincha, Marilyn Monroe, Elvis Presley. Os Asilos dos Artistas testemunham as terríveis palavras: “Sic transit gloria mundi”

    “Não se pode fazer política com o fígado, conservando o rancor e ressentimentos na geladeira. A Pátria não é capanga de idiossincrasias pessoais. É indecoroso fazer política uterina, em benefício de filhos, irmãos e cunhados. O bom político costuma ser mau parente.”

    “É claro que a política não é o ofício da bagatela, a pragmática da ninharia. quem cuida de coisas pequenas, acaba anão.”
    -In: “Confessionário”, introdução ao livro.

    Ulisses Guimarães

  29. Ricardo

    É impossível ficar indiferente à elegância de sua escrita, a classe e generosidade com que responde aos que demonstram mágoa e discordam de ti. Parábens

  30. No texto postado pelo ex Deputado João Cunha verifica-se que a preocupação que Ulisses Guimarães tinha em relação a possivel chegada do Brizola ao poder não me deixa dúvidas que Ulisses, Montoro e outros cardeais do MDB eram democratas, porém não muito.

  31. Podemos agora fazer mais uns comissios, GOVERNO FAÇA ALGUMA COISA JÁ, depois de 6 anos, nenhuma reforma de verdade a caminho, a melhor fase p isto já foi, agora temos q nadar a frente da marolinha e seja o q Deus quiser. Eu só tinha idéia do q é um gov Anarquista, acho q estamos vivendo este momento, pq nunca tivemos um gov mais alienado do q este.

  32. Realmente teria sido muito bom a democracia se não fosse a quantidade de Ex exilados no poder, pois os mesmos decidem o futuro de nosso País com a vaidade pessoal deles. Haja visto o tanto de mazelas cometida pelos mesmos: mensalão, dinheiro na cueca, milicias no rio, assassinatos em SP e agora este caso do italiano Batistti . Bom fora outras anarquias …Parabéns Brasil

  33. Foi mais uma maneira de ludibriar a massa descamisada e des
    calça. Estava na PUC nesta época e avisei aos meus colegas e
    aos professores que as ratasanas Tancredoe Ulisses não entre
    gariam a rapadura que eles tanto esperaram, para as novas gera
    ções que apareciam naquele momento. Maluf, virou inimigo pu-
    blico n. 1 e o Sarney virou herói. É o Brasil varonil. Cabe agora ao
    Lula não devolver de graça o poder para os canalhas tucanos que
    entregaram o patrimonio das estatais de graça.

    Paulo Pierre. (Patriota e com boa memória)

  34. Que adianta dizer que vivemos em uma democracia se esta pior que a ditadura! Antes os militares mandavam, agora nos enganam, com a maior cara deslavada! Enquanto o desemprego a violencia aumenta : Amorin e Lula estão apartando e uma briga religiosa que já vem de milênios! rsrsrssrs Me faz mijar nas calças de tanto rir desta dupla de espertalhões oportunistas estabanados! Eles estão é aproveitando para fazer turismos à custa do cofre publico! Se quiserem provar suas capacidades comecem acabando com as guerras de gangues nos morros! Com as matanças e a violência dentro do país, que esta matando mais que a guerra! Eles precisam ler jornal e ver os índices de mortalidade infantil no Brasil, e fazer jus a seus enriquecimentos ilícitos estes descarados! Olhem p/ o índice de pessoas que morrem nas filas do INSS, e olhem p/ aposentados que estão sendo roubados e morrendo a míngua sem dinheiro para comprar remédios! Voltem à realidade, e olhem de frente para os problemas internos do país, e não fiquem feito o pavão e o peru, se vangloriando e arrastando papo pelo mundo a fora!

  35. Bom dia todos.
    Pois é RK, foi dessa maneira pacífica que conseguimos reaver a democracia. Diretas já! Foi emocionante. Eu, embora militar, nao concordava e nunca concordei, com a imposição pressionada, seguyidos de torturas pela ditadura, nem tampouco com os atos violentos dos contras, nos assaltos e homicídios diversos, em nome do idealismo. Diretas já…Eis o movimento que mobilizou o país, emocionando à todos, mostrando o sentido da verdadeira cidadania, até então cessada. Nossa São Paulo está comemorando 455 anos, numa festa nem tanto entusiasmada como dantes, parece que os paulistas estão tristes.
    Feliz Aniversário, deste meu berço, terra em que nasci, pedaçõ do meu Brasil. PARABÉNS!

  36. Ricardo,parabéns pelo seu belo texto hoje, tá mais para a coluna do que para o blog, foi um momento histórico fascinante, foi uma energia contagiante, e vc resgata toda aquela estupenda vontade brilhantemente, do tamanho e do tempo de São Paulo e da Sé que estava derramando desejos e sonhos, de mudança e de um Brasil melhor. O Brasil melhorou em termos democráticos, porém as disparidades são enormes, as injustiças são muitas em quase todas as categorias, as instâncias e seguimentos sociais e econômicos. O que fazer? Nós estamos no rumo certo, mas não se concerta quinhentos e quatro anos em oito, por isto que quero uma mulher em 2010, quem privatizou, quem pedagiou, quem deu a Vale do Rio Doce de graça, não foi o governo federal atual, foram governos que anteciparam Lula. Quem trata todos os trabalhadores desse Estado e seu representantes sindicais com truculência e desprezo, esqueceu o seu passado ou melhor traiu, agora começa o ano se passando de bonzinho, trouxe até quem ele deu uma rasteira, do seu próprio partido, para uma de suas secretarias. Ricardo escreve sobre isto. Este Estado está cheio de placas brancas e vermelhas, com letras pretas. Rodei 3500 Km, nestes últimos quize dias, fiquei com nojo destas placas aqui no Estado de São Paulo. Olha, passei por três Estados e aqui é vergonhoso. Enfim, não podemos com práticas perversas de políticas adverssárias chamuscar o esplendor da data de hoje. São Paulo é muito mais do que seus governos municipal e estadual, inda bem que estes passam e São Paulo cresce, se move e permanece!!!!

  37. É$ agora começa a azedar, entra a tropa de choque de quem não tem, a menor noção do que é ser patriota, assim como demonstra ser comm tod a sua integridade o amigo Brasil de Abreu !

    Faço minhas a suas palavras Brasil, objetivo e lúcido como sempre!

    Também detestava todos os abusos, e de ambos os lados, mas gostava muito do Dr. Ulisses!

    Ao Thiago, parabéns pela lembrança de algumas frases do Senhor Diretas, vou contribuir com você:

    Política não se faz com ódio, pois não é função hepática. É filha da consciência, irmã do caráter, hóspede do coração. Eventualmente, pode até ser açoitada pela mesma cólera com que Jesus Cristo, o político da Paz e da Justiça, expulsou os vendilhões do Templo. Nunca com a raiva dos invejosos, maledicentes, frustrados ou ressentidos. Sejamos fiéis ao evangelho de Santo Agostinho: ódio ao pecado, amor ao pecador. Quem não se interessa pela política, não se interessa pela vida…”

    “Há um grande silêncio neste plenário. Há uma grande ausência nestas salas e corredores. Não obstante o silêncio e a ausência, silêncio que perturba os nossos ouvidos, ausência que fere os nossos olhos, a voz forte de Ulysses Guimarães ecoa na consciência moral deste Parlamento, de nosso povo e do nosso tempo.”

    Política e jogos de palitinhos em butequins são coisas extremamente adversas!

    Manoel Ferreira

  38. Ricardo, você bem poderia contar como foi a mudança de atitude do velho Frias em relação à Ditadura.Todos sabemos que a Folha de São Paulo foi colaboracionista com a “linha dura” militar durante todo o período da Ditadura.Inclusive, não podemos esquecer dos tenebrosos “empréstimos” das viaturas para o DOPS, e o “aparelhamento” da Folha da Tarde pela Polícia Política. Sobre a imprensa em geral na época, é bom frisar que a televisão Globo boicotou a campanha das Diretas até quando a sua credibilidade ficou bem prejudicada, com o povo vaiando as viaturas da emissora nas ruas. Apenas no dia do “Comício de 1 milhão”, no Rio de Janeiro, é que a emissora do Roberto Marinho começou a correr atrás do prejuízo.

  39. Parabéns Ricardo!

    Parabéns São Paulo, terra boa e acolhedora, berço de todos os sonhos de justiça e leito eterno dos homens de honra!

    Bom domingo a todos

    Abraços fraternos

    Manoel Ferreira

  40. As omissões propositais sobre os fatos equivalem a um resultado pior do que a mentira e eu só podemos lastimar por toda esta hipocrisia e cinismo. A versão é outra e é bem diferente da contada por determinados oportunistas! E por quem não foi capaz ou não quis entender aquele ato de superação contra o atraso que nos foi imposto pelo império no auge da guerra fria.

  41. Bom dia a todos.
    Pois é RK, foi dessa maneira pacífica que conseguimos reaver a democracia. Diretas já! Foi emocionante. Eu, embora militar, não concordava e nunca concordei, com a imposição pressionada, seguida de torturas pela ditadura, nem tampouco com os atos violentos dos contras, nos assaltos e homicídios diversos, em nome do idealismo. Diretas já…Eis o movimento que mobilizou o país, emocionando a todos, mostrando o sentido da verdadeira cidadania, até então cessada. Nossa São Paulo está comemorando 455 anos, numa festa nem tanto entusiasmada como dantes, parece que os paulistas estão tristes.
    Feliz Aniversário, a este meu berço, terra em que nasci, pedaço do meu Brasil. PARABÉNS!

  42. É realmente muito triste ver que heróis como o Dr Ulisses Guimarães tenha sido esquecido em tão pouco tempo, e em contrapartida a isso, vermos que politicos que foram a favor da ditadura tenham sido presença marcante no cenário politico brasileiro. Aqui na minha terra, a Bahia, temos o ex-senador Antonio Carlos Magalhães (que o diabo o tenha), que dispensa comentários.
    Mas o que mais nos entristesse é ver que deram a democracia ao povo e não o ensinaram a usar!
    Pior ainda, no caso da Bahia, é amargarmos anos de luta e perseguição para conseguir de vez acabar com os vestigios da ditadura militar em nosso estado, sendo ignorados por um governador eleito por nosso esforço que hoje adminstra quase que igual a um verdadeiro carlista, ex-militar!

    Eu já tenho poucas esperanças de que a política partidária possa realmente mudar o nosso país, concentro o que resta delas aos movimentos sociais, e na sociedade civil organizada que um dia fora capaz de lotar a praça Sé pelas “Diretas Já”

  43. parabensricardo! pela sua brilhante matéria,que me faz lembrar de coisas maravilhosas quando levei meu filho leonardo ao comicio das diretas já na av:dantas barreto completamente cheia que meu filho teve mêdo de ficar, parabéns São Paulo.

  44. Ato Institucional de 2009?
    Governador José Serra veta Projeto de Lei Complementar que revogava a “lei da mordaça”

    Na semana passada, o estimado Governador José Serra, vetou totalmente o Projeto de Lei n.º81/2007 que revogava o inciso I do Artigo 242 da Lei 10.261/68, de autoria do Deputado Roberto Felício.

    O inciso I do artigo 242 da Lei 10.261/68 afirma que o servidor público não pode se manifestar na imprensa ou em qualquer outro órgão de comunicação, “depreciativamente” as “autoridades constituídas” ou “aos atos da Administração”, razão que passou a ser conhecida como “lei da mordaça” por servidores públicos “depreciadores”.

    Conforme assegurado na Constituição Federal o direito de liberdade de expressão se estende a todo cidadão. Tratando do funcionário público, ao que parece entender o Sr. Governador do Estado, este não se enquadra nos requisitos para tal qualificação.

    Sendo assim, o funcionário público do Estado de São Paulo, permanece “proibido” por Lei, de revelar a população que paga impostos e têm direito a um serviço público de qualidade além do acesso a informação, as mazelas da Administração.

    Portanto Senhores, não é mais necessário depreciar os atos do Governador do Estado, pois sua sapiência já se antecipou a isso, depreciando a si mesmo.

    Parabéns Sr. José Serra! Muito obrigado! É de coração…

  45. Sou estudante de jornalismo e percebo desde já a falta de memória que impera em nossa socieade.

    Parabéns a você, Ricardo, por trazer a memória mesmo que de alguns que se interessam pela hostória de nossa nação, os personagens e acontecimentos que contribuirão para hoje vivermos sob um regime denicrático, mesmo que não seja uma democracia participativa, podemos nos expressar e influêncir.

    Parabéns por lembrar Ulisses Guimarães, pessoas que contribuem para as vitórias dessa nação jamais deveriam ser esquecidas.

    Tenho somente 23 anos, mas saiba que busco a inspiração profissional em pessoas como você, que preservam a memória.

    Um forte abraço e parabéns.

    Gutemberg M tavares.

  46. É realmente muito triste ver que heróis como o Dr Ulisses Guimarães tenha sido esquecido em tão pouco tempo, e em contrapartida a isso, vermos que politicos que foram a favor da ditadura tenham sido presença marcante no cenário politico brasileiro. Aqui na minha terra, a Bahia, temos o ex-senador Antonio Carlos Magalhães (que o diabo o tenha), que dispensa comentários.
    Mas o que mais nos entristesse é ver que deram a democracia ao povo e não o ensinaram a usar!
    Pior ainda, no caso da Bahia, é amargarmos anos de luta e perseguição para conseguir de vez acabar com os vestigios da ditadura militar em nosso estado, sendo ignorados por um governador eleito por nosso esforço que hoje adminstra quase que igual a um verdadeiro carlista, ex-militar!

    Eu já tenho poucas esperanças de que a política partidária possa realmente mudar o nosso país, concentro o que resta delas aos movimentos sociais, e na sociedade civil organizada que um dia fora capaz de lotar a praça Sé pelas “Diretas Já”

  47. Parabéns Ricardo.
    Neste ano, temos que em cada cidade onde houve estas manifestações relembrar que todos nós que estivemos nesta empreitada ajudamos o Brasil a conquistar a sua democracia.
    Adeli Sell
    Vereador do PT, Porto Alegre, RS

  48. Valeu de nada não. Só trocamos 6 por meia dúzia. Acho que a desgraceira em que vivemos começou com o JK e sua construção do antro para abrigar ladrões. Como é democracia, como os americanos, talvez logo tenhamos que criar tribos, cada uma com seus respectivos politicos; instalar um negro na presidencia para trazer os costumes e guerras tribais na esperança de matar muitos desses politicos. Americanos têm tribos sim: as tribos de brancos, as tribos de negros, as tribos de asiáticos, as de mexicanos, as europeus, tem tribo até de indios.

  49. Kotscho,
    obrigada pelo post de hoje. Senti saudades daquele dia. Cheguei cedo. Estava perto do palanque. Dividia o espaço apertado com um mendigo barbudo, um bancário de camisa amarela e duas professoras da periferia. Parecíamos velhos conhecidos. Aquele milhão de pessoas agia como tal. Eu era estudante de jornalismo e já podia antecipar o que iria ler na “Folha” do dia seguinte…Ulisses Guimarães era como o avalista do sonho, o líder. Lula, a voz que ecoou em uníssono. Mas a saudade maior que sinto agora é de Claudio Abramo, Mino Carta, Clóvis Rossi e do jornalismo exercido com integridade. Hoje, leio a Folha de São Paulo por pura obrigação. Saudades de você, professor involuntário, que tanto me inspirou durante aqueles anos.

  50. Pô , RK, como tem bichona e madalenas arrependidas e gente que me parece mal amada. O seu artigo, muito bem escrito, por sinal, mostra o inicio de um moviimento, que já estava a caminho da volta da democracia. Ponto periodo. Ai a tigrada começa a desancar a Deus e o mundo e o Brasil, também, que não tem nada com isso, entrando na sua provocação, muito bem feita, por sinal.
    Com gente lembrando que esteve lá, outro que não esteve. Tem um que espera que o ACM, esteja no inferno. Que horror. Chutar cachorro morto, não vale. Por que ele não o enfrentou quando ele vivia, dando-lhe um tiro, se ele estava causando tanto mal à Bahia?
    Parabéns pelo artigo.
    RC

  51. Caro Kotscho,

    Na condição de seu leitor e escriba como você – embora sem o mesmo lastro e talento -, quero parabenizá-lo pelo texto inspiradíssimo deste 25 de janeiro. O senso de gratidão e reconhecimento, virtudes tão economizadas nos últimos tempos entre nós, salta aos olhos no artigo. Como repórter, cobri a passagem do furacão Diretas-Já aqui por Belém, entrevistei Ulysses, Montoro e outros.
    Como cidadão comum, igual a tantos outros, percebia que aquele movimento tinha Ulysses como motor e timoneiro. Sua história, marcada pela seriedade, era um cartão de visitas natural. A história comporta várias versões, sabemos disso, mas é sempre bom que anos depois a gente possa olhar para trás e saber que aqueles momentos foram verdadeiros e fundamentais para a democracia que temos hoje. Sabíamos que Ulysses não era aceito pelos militares e pela tal elite, a mesma que – sob outros matizes – tenta dar as cartas hoje, quase sempre tentando desmerecer Lula. Ou tendo arroubos de autoritarismo, como no emblemático episódio envolvendo fascitóide senador potiguar e a ministra Dilma Roussef.
    Não vou me estender mais, embora seu texto atice algumas digressões. De toda sorte, obrigado pela lembrança oportuna do papel histórico deste grande brasileiro que foi Ulysses Guimarães.
    Quando a superlotada agenda permitir, não deixe de vir a Belém (onde o entrevistamos, no Diário do Pará, à época do lançamento do livro “Do Golpe ao Planalto”). Um abraço.

  52. Parabéns pelo texto. Creio ser necessário que se faça justiça ao fato de que o primeiro grande comício pelas diretas foi em Curitiba no dia 12 de janeiro, quase duas semanas antes de São Paulo.

    Sem grandes alardes e manifestações convocatórias, 50 mil pessoas estiveram na “boca maldita”. Curitiba já tinha a fama de ser um laboratório de mercado e, de onde poderia se lançar um “produto” com razoável segurança.

    Um abraço e parabéns a São Paulo e à sua gente.

    Daniel Gracia

  53. RICARDO.
    25 anos depois, nao podemos negar os avancos que a democracia conquistou, no entanto ainda falta muito, muito mesmo, para que o brasil seja ‘”UM PAIS DE TODOS”. como apregoa a propaganda oficial.
    Parabens SAO PAULO.
    ADOLFO

  54. Ricardo,
    E nós estávamos lá. Eu no último mês de gravidez da Aninha. Paulinho que não cabia em si de alegria.Mas fomos assim mesmo. Os colegas sentaram na grama do lado do Teatro Municipal e fizeram uma roda em volta para evitar qualquer incidente com a barriga. E foi inesquecível a quantidade de gente que encontramos após muitos anos de “sumiço”. Todos queriam participar da História. A emoção então, na hora dos Hinos é pra nunca mais esquecer! Lágrimas, lágrimas e mais lágrimas de alegria e aquela sensação incrível de pensar: nós estamos aqui e podemos mudar a história. Não foi bem assim, mas valeu! E foi esta fantástica cidade a nos dar energia e embalo para o basta! Parabéns Sampa. Seus filhos de vários quadrantes agradecem a acolhida cosmopolita e as oportunidades de estar onde se fez o passado, se constrói o presente e se prepara o futuro!.

  55. Sei não… eu sempre desconfiei desta história das Diretas. O transporte no dia foi liberado, a política ficou tranquila e os milicos não fizeram absolutamente nada para impedir ou emcobrir. Eu penso que este movimento das Diretas foi um grande engodo, uma prova de que a esquerda brasileira já havia se transformado em DIREITA e, portanto, estava apta a chegar ao poder. Como de fato acabou chegando (com Lula) e atendendo prioritariamente os interesses dos donos do poder (e os militares também, que ganharam 9 bilhões para comprar brinquedinhos modernos recentemente).

  56. Muita coisa mudou neste tempo, mas nos tivemos que conviver e aprender a:suportar um presidente que serrava os punhos para dizer que eramos imbecís, um que nos desempregou massivamente e se arrogava pricipe da sorbone para finalmente buscarmos o que queriamos emprego e direito de nos alimentarmos e sermos felizes.

  57. Quem não é Paulistano? Todos somos, mesmo tendo nascido em outra cidade e até sem a participação nas Diretas Já.
    Esse movimento alias, não é o marco de “ser Paulistano”, numa cidade que todos os dias de há muitos anos analtece e naturaliza quem chega aqui de todos os cantos do País e de todos os lugares do mundo.Viver em SP, mesmo por poucos anos, como foi o meu caso, faz-me hoje, também ter 455 anos.
    As minhas “Diretas-Já” se deram muito antes. Lá nos anos 60, nas barricadas da UNE, nas passeatas e nos confrontos com a repressão, anonimamente nacionalista. Viva São Paulo, nosso amor.

  58. Direito de nos alimentar-mos e ser-mos felizes se os bandidos deixarem correto. Democracia virou anarquia onde s[o os corruptos e bandidos mandam e desmandam no pa[is.

  59. O primeiro comicio pelas diretas foi em frente ao Pacaembu. PT, Fiel-Resiste e outros grupos participaram. Trinta e cinco mil pessoas presentes, quase nenhuma notícia na imprensa. Porque enquanto os filhotes da ditadura,recebiam estádio de presente, construido com dinheiro desviado dos cofres públicos, dentro da fiel a resistência se organizava para a democratização. O segundo foi em Curitiba. Ulisses Guimarães foi maior do que o PMDB, e teve muitos méritos sim. Os bambis apoiaram a ditadura sim. Tancredo queria o colégio eleitoral. A corrupção era muito maior e legalizada pela ditadura. Milhares de pessoas morreram de miningite, porque o governo escondeu a epidemia e depois as mortes. Muitos policiais eram bandidos e ninguem podia com eles. Fatos são fatos!

  60. beffa recebe uma bolsa miséria extra pra falar mal dos governantes do passado, em todos os blogs ela tem a mesma cantilena. Hoje estamos vivendo reféns da bandidagem que dita as ordens onde podemos ir e até que horas permanecer, estamos prisioneiros dentro dos nossos próprios carros com vidros fechados nos sinais de trânsito com medo dos flanelinhas, sequestro, assaltos, roubo e balas perdidas.

  61. O Brasil pra ser um País verdadeiramente sério, respeitador das liberdades e garantias individuais precisa realmente e urgentemente reformar o Poder Judiciário. O Poder Judiciário brasileiro, data venia, vive de pose, pois não funciona, NÃO FAZ JUSTIÇA, já que justiça que tarda demais como a nossa, é Justiça falha, falida. .. A explicação para a lentiiiiidddaaaooo é sempre a mesma: falta tudo: funcionários, tecnologia, verba. Na minha opinião falta vontade de existir, sim, porque se não funciona, porque não cumpre seu papel de fazer (ou dizer) a justiça, é como se não existisse. E o Estado Brasileiro tem essa caracteristica: ele exige do particular, do cidadão, mas ele próprio não dá o exemplo, dessa forma, no judiciário se vê, funcionários sem férias, porque não tem que os substitua, estagiários cumprindo a função de funcionários (se isso ocorrer numa empresa o Ministério Público Federal manda autuar, multar e cessar a situação, pq não faz isso nos quadros do judiciário?). Então, penso que cada época tem seu desafio. O Brasil, a duras penas, venceu o regime ditatorial e agora luta contra a corrupção, mas tem muito a ser feito em vários campos e penso que o Poder Judiciário devia ser o próximo desafio a ser encarado pela sociedade como urgente de mudanças e não falo aqui só de mudar as leis, pois essas até que vem sendo adptadas no ritimo da necessidade nacional, não, falo de mudar o modo de funcionamento do Poder judiciário. Ora, hj em dia os chefes do Poder Judiciário são intocáveis, como outrora foram os chefes do executivo e integrantes do legislativo. Atualmente, exercer cargo no executivo é um risco, pois tudo pode ser apontado e o exercente do cargo, normalmente já vem sendo visto como culpado de antemao e pode acabar respondendo processo judicial, onde perde seus bens, seus direitos politicos, enfim, a lei e sua aplicação tem sido extremamente rígida com o chefe do executivo, Mas e o Poder Judiciário?? funcionando ou não, existe sem qualquer obrigação ou responsabilidade. É hora, de mobilizar a sociedade para repensar o modelo judiciário brasileiro, porque não funciona, chamando aos cidadãos para que debatam sugiram e cobrem, não é possível mais assistir pessoas morrendo antes de receber o auxilio doença (por morosidade do Juiz), peritos trabalhando sem receber (por ausencia de arbitragem do juiz), trabalhador sendo penalizado porque uma reclamação trabalhista leva em média oito anos para ser resolvida, então, já passa da hora de rever o modelo judiciario brasileiro

  62. Estimado Gutemberg, boa tarde!

    Já tinha me despedido da moçada e só voltei por causa do meu neto, para bater uma bolinha com o Ricardo no Blog.

    No entanto já que estava de passagem resolvi espiar par ver como andava a acrruagem por aqui!

    E quão grata não é minha surprêsa ao ler seu pequeno comentário?

    Enviado por: Gutemberg Mendes Tavares

    Sou estudante de jornalismo e percebo …………..

    Bem Gutemberg, falando da maneira mais clara possível, nós nunca fomos de fato uma democracia plena, sempre houve neste país alguma coisa para interferir,. Democracia aqui é papo de retórica, e nem ao menos como você menciona ela é participativa!

    Não existe uma liberdade ampla de escolha, ela é restrita e conturbada, todo mundo participa do processo de escolha eleitoral Gutemberg, , no entanto pouco mais de 30% da população brasileura sabem o que estão fazendo de fato, caso contrário não teríamos hoje o pior congresso de todos os temposdesde a proclamação da República por Deodoro!

    Este fenômeno que acontece aqui no Brasil, não é obra do acaso, nossas escolhas erradas estão relacionadas a uma gama de fatores que a cada ano que se passa infelizmente piora em função do aumento desenfreado da população, da ignorância e do analfabetismo !

    Consequentemente este ser mal formado intelectualmente, e inocentemente faz absoluto mal uso do seu precioso voto em troca de benesses tão inúteis quanto a sua própria representatividade !

    Infelizmente Gutemberg, são justamente este votos arrebatados por politiqueiros inescrupulosos a troco de bolsas eleitoreiras e assistêncialistas baratas e miseráveis, que ampliam a maldição na classe política nesta nação.

    Os chamados votos de curral, são os votos responsáveis por deixarem as Camaras municipais, as Assembléias estaduais e o próprio Congresso Nacional, abarrotados de indivíduos inescrupulosos e sem prepararo para tomar decisões da maior relevância, imagine os deputados que lá estão e agora imagine que eles estão com um cheque em branco assinado por nós, para que em meu e em seu lugar, possam fazer do nosso suor aquilo que lhes dão na telha, muitos usam os cofres públicos ao seu bel prazer, e acredite se quizer, uma boa parte destes sujeitos Gutemberg mal sabe assinar o próprio nome !

    Mas graças a jovens como você, é que eu ainda acredito que um dia seremos não uma grande nação, mas apenas uma nação, e o caminho meu jovem é o voto facultativo!

    Parabéns pela sua escolha, e lembre-se o Jornalista assim como qualquer outro profissão você tem que ter uma ética de conduta, após fazer o seu juramento, não perca devisto seus sonhos jamais e respeite todos os seus ideais que possuía no tempio de universidade,

    Fale somente a verdade, noticie a verdade, fique ao lado da verdade, e pór fim defenda a verdade, e não entre nesse papo idiota que a verdade? bem é a verdade de cada um,!

    Isto é uma grande mentira, pois a verdade é somente a verdade e nada mais!

    Abraços Fraternos

    Manoel Ferreira

  63. Observem quanto as empresas que trabalham com blindagem de veículos e empresas de segurança particular estão lucrando com o medo da violência escancarada, isto é democracia? Cambada de demagogos que vivem escondidos em seus apartamentos com alarmes até dentro dos banheiro falando em melhoria com a democracia.

  64. Gutemberg, faz uma experiência:

    Primeiro: Faça um análise entre os congressistas e verifique se há ao menos um que saiba a letra do hino nacional ?

    Caso você encontre tão rara criatura, faça ele repetrir o início !

    Separe a frase: Ouviram do Ipiranga as margens plácidas ……!

    Então faça-o escrever em um papel a frase, em seguida peça ao ilustre representante do povo para ele descobrir o sujeito da oração ?

    Aposte com todos os seus amigos um Real que ele não acerta, e você ,dependendo do seu número de amigos pode ficar milionário!

    Só de sacanagem!

    Mas lamentávelmente um fato!

  65. Sou um cara Feliz, pois estive no dia 27 nov. 1983 na Praça Charles Muller, Primeiro e verdadeiro comiçio pelas DIRETAS , sem Televisão ou qualquer maquina da Imprensa para convocar o POVO para o que temos hoje, LIBERDADE e DEMOCRACIA .
    Lá estavam LULA e FHC entre outros e o povo foi porque sempre acreditou em Democracia e tenho certeza que muitos que lá estavam sempre estiveram nesta LUTA desde os dias negros e de ferro após 31 de março de 1964. Muitos mais estariam no dia 27 de nov de 1983 se não tivessem ficado pelo caminho de Luta mortos pela Ditadura do TERROR , transvestidos de DEMOCRATAS como hoje vemos na Palestina, onde Israel quer que os Palestinos reconhecam o seu Estado, porem nega e não reconhece o Estado Palestino que não pode ter seu Exercito por isto são chamados de Terrorristas, Os Brasileiros que lutaram por Democracia e Liberdade tambem foram considerados Terroristas pelos Mandados do Tio Sam.

  66. Acho que por respeito à carreira , ao trabalho e, principalmente, ao texto aqui apresentado, que contribuiu para a memória e esclarecimento de tantos de nós leitores, alguns pretensos críticos da democracia e do movimento Diretas-já, deveriam pelo menos PEGAR UM DICIONÁRIO antes de escrever suas bobagens. O primeiro post está ILEGÍVEL,outros são de dar VERGONHA, pelos erros de português e pelas relações descabidas e mal feitas. É um panorama da PENÚRIA da opinião de direita desse país. Depois reclamam dos políticos,que estiveram naquela campanha aqui comentada brilhantemente pelo ricardo,que têm estado e,pelo jeito, estarão muito tempo no poder. Sim, porque 8 anos de FHC e MAIS 8 de Lula confirmam a vitória dos democratas de então, hoje líderes da plolítica nacional(e das eleições;só dá eles,de um jeito ou de outro!), apesar das (poucas) diferenças pessoais e da LAMENTÁVEL trajetória do PMDB, REI do fisiologismo, nesses SAUDÁVEIS anos de DEMOCRACIA. O ex-PFL/DEM é SEM COMENTÁRIOS. Não passa de uma sombra do PSDB, mostrando a referida pobreza de opções da direita agonizante. E por favor, não falem do que NÂO ENTENDEM; governo anarquista,etc NÃO EXISTE, nem pode existir. E qual o problema de ex-exilados estarem no poder? Tem umas ratazanas (Maluf e caterva), viúvas da ditadura, que estão também e há muito tempo, sem largar o osso,embora como meros coadjuvantes, bem de acordo com sua mediocridade.
    E parabéns ao Kotscho, aos democratas e ao Brasil.
    Quem quer mudanças, que as faça.

  67. Essa foi boa, se achar um que sabe cantar, não deve saber escrecer, separar sujeito de oração?

    Sr Manoel o sr tá louco, estes malandros só sabem o valôr do dinheiro pela cor da nota!

  68. CONSUMIR NOTICIAS DESSA MIDIA TERRORISTA PODE CAUSAR IMPOTENCIA. PARA VER NOTICIAS VERDADEIRAS BASTA ACESSAR OSAMIGOSDOPRESIDENTELULA.BLOGSPOT

  69. Senti sua falta Ricardo!
    Este ano você não foi pegar sua braçada de Bolo no Bixiga?
    Ano passado ocê tava lá! Tava sim. Lembro do chantili na sua careca.
    Não foi porque? Todo ano vc vai no Bixiga na festa do bolo de São Paulo.
    Não foi por que?

  70. E o Francisco tem razão: “mandados do tio sam”, nada mais que isso, foram os ditadores latino-americanos e seus apoiadores.
    Muito fizeram, pra agradar ao PATRÃO, até matar, perseguir e difamar seus compatriotas. E mataram (SIM) muitos inocentes, porque QUEM DISSE que eram TODOS os presos políticos, Guerrilheiros ou terroristas? Tanto não eram que HÁ UM PAVOR de se abrirem os arquvos dos órgãos de repressão…a mentira pode CAIR, como sempre cai, por terra.

  71. Caro Kotscho e demais Balaieiros

    O que mais escrever depois deste teu belíssimo texto comemoratvo aos 25 anos do comício pelas diretas na Praça da Sé?
    Voce vez enquando é um “terrível” provocador de emoções fortes. Gostaria de pedir a todos que guardem mais este teu texto na memória ou na “escrivaninha” como fizestes com a carta do velho Ulisses. pois também é um troféu a todos os teus leitores.
    Nesse dia específico eu não estava aqui em São Paulo, morava em Porto Alegre-RS e me lembro muito bem do comício de lá, não sei da data ao certo, mas me lembro da tarde que antecedeu aquele comício que ocorreria a noite. Eu aestava na Rua da Praia, como é mais conhecida a Rua dos Andradas, indo de encontro aos companheiros que faziam a convocação através de panfletagem para o comício gaúcho, e eis que se chega a mim um “rapaz” alto de bela figura pedindo uma parte do meu material para ajudar também na convocação. De início eu não o reconheci, eu confesso, mas seguimos os dois falndo bem alto e chamando as pessoas nas ruas até chegarmos na esquina com a Av. Borges de Medeiros onde faríamos um pequeno ato, só depois dos outros companheiros identificarem quem é que me acompanhava, é que liguei o meu ídolo àquela figura, vejam só como a “tarefa” nos entorpecia. Era o Taiguara, grande cantor e compositor que estava exilado fora do país e que voltava ao Brasil naquele momento. Tudo bem, pois não sou muito dado a tietagens, porém ali se tratava de mais um herói nacional independente do seu grande talento na música. O Taiguara ali naquela esquina, subiu em um caixote e munido de um megafone cantou à capela duas canções, “O Cavaleiro da Esperança” que fez em homenagem ao Luis Carlos Prestes e o “Hino da República” cujo alguns dos versos diz assim:

    “Seja o nosso país triunfante, livre terra de livres irmãos
    Liberdade, liberdade, abra as asas sobre nós,
    das lutas e das tempestades, dai que ouçamos tua voz”

    Chorei tanto lá como estou chorando agora, foi uma das maiores emoções que eu senti na minha vida ao ver o Taiguara ao meu lado cantando sozinho em um caixote para uma pequena multidão que logo ali se formou e que também se emocionava. FOI LINDO !!!

    Só pode falar do que de fato significoui a campanha das Diretas, quem dela participou como protagonista da história e não como plateia, aqueles que aqui escrevem o que não sabem, peço que evitem o constrangimento de passarem por confessos idiotas e aos que chamaram o hoje Presidente do Povo Lula de “oportunista” digo que oportunista é quem vem depois.
    O PRIMEIRO comício por eleições diretas ocorreu em 1983, na Praça Charles Miller, Pacaembú, puxado pelo recém nascido PT, e neste eu aida estava por aqui e também estive lá, não só para vibrar com o discurso do Lula, que sempre emocionava quem os ouvisse, como também para assistir às apresentações do conjunto “Lingua de Trapo” que ali começava sua carreira e ao Zé Geraldo cantando “Milho aos Pombos”:

    “Enquanto esses comandantes loucos ficam por aí
    queimando pestanas organizando suas batalhas
    Os guerrilheiros nas alcovas preparando na surdina suas
    mortalhas
    A cada conflito mais escombros
    Isso tudo acontecendo e eu aqui na praça
    dando milho aos pombos….”

    Desculpem a “lonjura” do texto, mas a data merece

    OBRIGADO KOTSCHO !!!!

  72. Lembrar é sempre resgatar a personalidade pública de Ulysses Guimarães, que qual o mito grego sempre retorna como uma referência obrigatória na política brasileira.
    Lembro o privilégio de ter um dia jantado, com o grande navegador e timoneiro da política brasileira. Convidado por amigo comum, Fernando Gasparian, jantamos em um restaurante em Brasília, foi em setembro de 1990. Deu para constatar a maestria e astúcia política daquela figura histórica da política brasileira.
    A bandeira das Diretas Já que mobilizou e politizou a nação o país é mérito do grande Ulysses e daqueles que se mobilizaram para que o País avançasse, onde me incluo modestamente.
    Este seu texto é oportuno e patriótico.
    É isso aí Kotscho.
    Abração.

  73. Ao Fillipe,m das 11h40. Meu irmão você nâo entende, não entendeu e não vai entender nunca a história deste país. O Ricardo está dandpo a oportunidade de muitos brasileiros conhecerem um pouco do que foi a campanha das Diretas-Já, inclusive apontando o peso político de cada personagem daquele episódio e naquele momento histórico. Não me venha falar mau do Lula porque se tem alguém oportunista neste país sem dúvida é a tucanada de plantão.

  74. Caro Kotscho, teus textos são capazes de dividir os comentaristas do Balaio em dois grandes grupos. O daqueles que partilham as tuas alegrias, as tuas angústias, as tuas lembranças. E o daqueles que não viram e não gostaram. Quem está na luta há vinte, trinta, quarenta anos, trabalhando quase sempre como um mouro, vivendo cada dia como se fosse o último, alegra-se com o pouco conquistado e renova a esperança a cada dia. Quem encontrou a cama feita, reclama que o colchão é duro, reclama que o colchão é mole, que o travesseiro é grande, que o travesseiro é pequeno, sem saber e sem querer saber como tão pouco – aos olhos deles – custou tão caro. Eu não estive na Sé mas estive na Candelária. Eu lembro claramente do Lobinho, do Jornal Nacional, caminhando lentamente subindo a Av. Rio Branco pelo meio da pista seguindo do seu séquito, constituído de um cinegrafista carregando nos ombros uma camêra portátil – meros treze quilos – U-Matic, da Sony e um auxiliar com um gravador, igualmente portátil, do tamanho e do peso de um gravador de rolo de uns trinta anos atrás. Muitas pessoas o conheciam da telinha, alguns o cumprimentavam, sempre havia alguém apontando. A sensação que ficou de tudo aquilo era que a Globo era assim mesmo – omissa, no caso – mas tinha chegado ainda à tempo. O comício da Candelária fará aniversário daqui a alguns dias. Vamos ver se a mídia carioca lembrará a data ou deixará o dia passar batido. E parabéns pelo texto e pelas reminiscências.

  75. Pessoal,
    dei uma olhada nos comentários agora e fiquei bastante satisfeito com alto o nível da grande maioria deles, tanto de pessoas que viveram aquela época das Diretas como de jovens que agora ficaram sabendo como o Brasil reconquistou a democracia.
    O Heitor aqui acima resumiu bem a divisão do leitorado entre aqueles que lutaram pela liberdade e os pessimistas que continuam achando tudo ruim, mesmo não tendo feito nada para mudar o rumo da nossa história.
    A todos, um abraço.
    Ricardo Kotscho

  76. Desculpe Kotscho, mas há alguns reparos a fazer. Primeiro, num país tão caracterizado pelo”maria vai com as outras” deve se louvar o primeiro comicio e não o primeiro grande. O primeiro, dizem, teve menos de trezentas pessoas. Da tomada da Bastilha se tem inclusive a relação nominal dos que estiveram lá. Esse tipo de coisa é que sedimenta um país e uma mítica, no caso a mítica da democracia. Questionável a da ta do “grande comicio” inda mais junto com o aniversário de São Paulo: sempre vai ter um imbecil para dizer que o povo foi de desavisado. Segundo, um dos maiores (se não o maior) erro do governo Lula: essa data já era para ter virado feriado (me refiro à do primeiro e destemido comicio). Segundo erro do governo Lula: esta deveria passar a ser a data da posse dos eleitos ou das eleições ou algo desse porte. Esse tipo de falta de sutileza com o histórico é que permite que a ARENA ainda exista e meta medo no país. Se a esquerda não cultuar a sua história, daqui há cem anos 15 de novembro ainda vai ser a data da “república” e as escolas se chamarão Costa e Silva. Nenhuma delas se chamará Lamarca, Bacuri, Osvaldão, Gorender ou Prestes. Do jeito que está, nada marca o novo e tudo se torna favorável à ideologia de que nada muda.

  77. É meu caro,eu tambem estava lá,e tambem li este gostoso livro que voce escreveu,foi muito importante este passo que o povo deu,claro tambem mudaram muitas coisa,a folha de fato foi muito importante neste processo,eu lia a folha todos os dias mas hoje nem aos domingos eu quero saber desta folha, ela com certeza faz parte do PIG.Eu estava entrando nos meus trinta anos hoje continuo na militancia politica e do PT não mudei de lado continuo buscando o homem novo de GUEVARA,feliz com o companheiro LULA,mas as vezes perdendo a esperança de uma mudança mais radical,pois aqui onde hoje moro em São Roque(estou aqui por problemas politicos)a população mais pobre sofre muito ainda com os prefeitos que não investem corretamente em moradia,saude e educação.Mas estamos ai com fé .Desejo muitas felicidades e se possivel doe alguns exemplares de seus livros aqui para a nossa biblioteca municipal a Brasital,vale a pena ser visitada ,mas somente dia de semana,pois o prefeito acha que nos finais de semana ninguem lê.

  78. Caro Antonio Carlos Gomes,
    acho que este livro “Explode um novo Brasil _ Diário da Campanha das Diretas”, que é de 1984, está esgotado, mas vou ver com a Brasiliense se por acaso sobrou algum exemplar para doar à biblioteca municipal de São Roque.
    Eu mesmo tive que pedir o livro emprestado à minha filha para escrever a matéria…
    Abraços,
    Ricardo Kotscho

  79. Caro amigo Manoel Ferreira

    Li e re-li os teus comentarios por “tres vezes” antes de decidir em fazer este meu comentário. Pretendo evitar mais polemicas contigo, mas se não te respondesse, quem poderia ficar muito mal aqui, sou eu mesmo.
    É dificil aturar as tuas “verdades” em um post que trata da campanha pelas Diretas e que DERROTARAM pelo menos as tuas “aulas” de Educação Moral e Cívica ou OSPB, que voce ministrava na Ditadura militar, como já nos contou por aqui.
    Se voce não tem pena da gente, tenha ao menos do menino Gutemberg, que ora inicia os seus estudos de Jornalismo, não confunda o rapaz, não tente convence-lo das “tuas” verdades onde sempre haverá controvérsias.
    Democracia meu veínho, não é apenas saber cantar bem o Hino Nacional, os milicos como voce já foi um dia, sempre souberam fazer isso melhor do que ninguém, nem por isso deixaram de ser assassinos.
    E pare com essa história de “abuso dos dois lados” porque é o mesmo que colocar em pé de igualdade armas como um canhão e um foguete caramuru em dia de quermesse.
    Eu tento evitar mas voce insiste em passar aqui as “tuas” verdades e eu não sou de ferro.

    Não vale chorar, basta que entenda que amigos também podem ter olhares diferentes e também discordar.

    um fraterno ABRAÇO deste “ainda” pretendente a ser teu amigo

  80. Elcio Tarcisio: De acordo, assino em baixo. O que adianta a Petrobras ser do estado? A quem interessa? Ao povo que não é.
    Tanto imposto, tanto ralo, quanto rato! Democracia? Utopia… Pros americanos, democracia é dinheiro no bolso, para educar seus filhos, se melhorar e melhorar as coisas a sua volta. Precisamos evoluir e desenvolver senso crítico, autocrítica, temos muito a percorrer para ser uma sociedade desenvolvida. Mas o resto do mundo não é muito melhor não…

  81. “zifio” Mario

    Pelo que voce escreveu, vale a tua frase: “temos muito a percorrer para ser uma sociedade desenvolvida”.
    Voce, caro sábio, acha então que se a Petrobrás estivesse nas mãos dos inescrupulosos capitalisatas para quem a “democracia é dinheiro no bolso” estaríamos então “desenvolvidos” melhores do que “o resto do mundo”?
    Repito a tua pergunta com a tua mesma resposta:
    “A quem interessa? Ao povo que não é.”

    Da próxima vez venha mais autocrítico e com mais autoestima pelo bem do Brasil

  82. Sr. Ricardo, não sou muito de ler!
    Mais foi muito bom saber que o senhor também faz parte desta história!
    Viva ao Dr. Ulysses!
    Viva a democracia!
    Viva ao Povo Brasileiro!

  83. Manoel Ferreira

    Antes do chororô, fique com este meu presente:

    “A FLOR E O ARROZ

    Um sujeito estava colocando flores no túmulo de um parente, quando vê
    um chinês colocando um prato de arroz na lápide ao lado.
    Ele se vira para o chinês e pergunta:
    Desculpe, mas o senhor acha mesmo que o defunto virá comer o arroz?
    E o chinês responde:
    Sim, quando o seu vier cheirar as flores.

    Moral da História:

    ‘Respeitar as opções do outro, em qualquer aspecto, é uma das maiores virtudes que um ser humano pode ter.
    As pessoas são diferentes, agem diferente e pensam diferente. Portanto, nunca julgue. Apenas tente compreender. ‘

  84. Caro Kotscho,

    Que emoção ler este teu artigo! Parabéns!

    Cada vez mais me sinto orgulhosa por poder ler tuas matérias. Obrigada.
    Concordo com muitos comentários principalmente com Maria Isabel das 16:33, como sempre Enio das 17:10, Heitor das 17:48 e por aí vai… Muito obrigada balaieiros pelos esclarecimentos!
    Parabéns São Paulo, terra da garoa, terra de gente boa !!!

  85. Meu bom Enio:

    Primeiro, não sou americanista, pelo contrário.

    O triste, é que não precisamos de nenhum “capitalista inescrupuloso” pra nos açoitar. Nesse caso, a BR faz isso com aval do governo e amem dos seus acionistas (serão escrupulosos?). Em um mundo mais ou menos civilizado, o preço das coisas acompanha a contigencia do momento (eles chamam isso de “mercado”). O petroleo baixou de US$ 140 pra 40 e nossos derivados não acompanham?? Eles dizem que, em compensação, se aumentam, não haverá repasse. Cascata! Outra “estoria” é que nosso óleo é do tipo pesado, e produz pouca gasolina, bla-bla. Deve se mesmo, mas…
    E como se exporta derivados beneficiados aqui tão barato? Na Venezuela, compra-se gasolina e ganha-se gás natural DE GRAÇA! Ou seja, a nossa máquina estatal incorpora o tal do “capitalista inescrupuloso”, com reserva de mercado, pra que importar?? Me responde: A quem interessa? E esse monte de impostos? Se o Brasil fosse um bordel, o nome do cafetão era Governo e nós, as concubinas… Eu votei no Lula 4 vezes e hoje não sei se votava não. Quem sabe, ele se candidata a secretário-geral da ONU? Nem começou a resolver o país e quer dar pitaco lá fora…

    Abraço verde e amarelo.

  86. “A idéia de criar um movimento a favor de eleições diretas foi lançada, em 1983, pelo então senador Teotônio Vilela no programa Canal Livre da TV Bandeirantes.

    A primeira manifestação pública a favor de eleições diretas ocorreu no recém emancipado município de Abreu e Lima, em Pernambuco, no dia 31 de março de 1983. Organizada por membros do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) no município, a manifestação foi noticiada pelos jornais do estado. Foi seguida por manifestações em Goiânia, em 15 de junho de 1983 e em Curitiba em novembro do mesmo ano.

    Posteriormente, ocorreu também uma manifestação na Praça Charles Miller, em frente ao Estádio do Pacaembu, no dia 27 de novembro de 1983 na cidade de São Paulo. Com o crescimento do movimento, que coincidiu com o agravamento da crise econômica (em que coexistiam inflação, fechando o ano de 1983 com uma taxa de 239%, e uma profunda recessão), houve a mobilização de entidades de classe e de sindicatos. A manifestação contou com representantes de diversas correntes políticas e de pensamento, unidas pelo desejo de eleições diretas para presidente da República. Muitos políticos da situação, sensíveis às suas bases, também formaram um bloco de dissidência no Partido Democrático Social (PDS), ex-Arena, o partido situacionista.
    No ano seguinte, o movimento ganhou massa crítica e reuniu condições para se mobilizar abertamente. Marcado para o dia do aniversário da cidade de São Paulo (25 de janeiro), o primeiro grande comício da campanha por eleições diretas para presidente foi viabilizado por Franco Montoro, então governador paulista, na Praça da Sé. A partir daí, o movimento ganhou as ruas e a mídia.

    A essa altura, a perda de prestígio do regime militar junto à população era grande. Militares de baixo escalão, com seus salários corroídos pela inflação, começavam a pressionar seus comandantes – que também estavam descontentes.

    No dia 16 de abril, pouco antes da votação da Emenda Dante de Oliveira, realizou-se um último comício em São Paulo. Só que desta vez, a Praça da Sé parecia muito pequena. Foi escolhido então o Vale do Anhangabaú, que recebeu uma multidão estimada em mais de 1,5 milhão de pessoas. Foi, e é até hoje, a maior manifestação de rua da história do país.”

  87. “O movimento agregou diversos setores da sociedade brasileira. Participaram inúmeros partidos políticos de oposição ao regime ditatorial, além de lideranças sindicais, civis, artísticas, estudantis e jornalísticas. Dentre os políticos, destacaram-se Ulysses Guimarães, Tancredo Neves, André Franco Montoro, Fernando Henrique Cardoso, Mário Covas, Teotônio Vilela, José Serra, Luiz Inácio Lula da Silva, Eduardo Suplicy, Leonel Brizola, Miguel Arraes e José Richa.”

    Fonte:http://pt.wikipedia.org/wiki/Diretas

  88. Mario
    ¨”Pros americanos, democracia é dinheiro no bolso” , É triste ter que ler o seu texto , pois se o mundo esta a beira de um colapso a culpa deve ser dos pobres, sim mas de espirito como você , por isto que os seus deuses americanos alugam Guantanamo em Cuba por U$ 4000 nâo e se acham no DIREITO SÓ PRATICAREM DEMOCRACIA DENTRO DESTA BASE porque no resto da ilha dizem que só tem ditadura e miséria.
    O povo lá tambem fez comicios porem para enfrentar a DITADURA do seu Fulgencio ( colocada lá pelo Tio Sam ) pegaram em armas como hoje vemos na Palestina O GOLIAS com Aviões, Tanques, Bombas etc. contra DAVID com bodoques e coragem do que sobrou da expulsão de suas terras.
    Um dia seus filhos e netos veram como estavas errado.

  89. Meu Bom Mario

    Não vai dar mesmo para votar no Lula de novo, mas espero o teu voto na Dilma, exatamente para dar continuidade ao sucesso deste governo tanto aqui quanto lá fora, voce diz: “ainda nem começou a resolver o país” depois de 500 anos de desmandos, eu acho que já começou e tyambém para não haver retrocessos aos tempos de idas ao FMI. A Venezuela é um país menor, mas muito menor do que o nosso e os custos de distribuição são infinitamente menores, poderiam até dar de graça a tal gasolina também, mas aí voce poderia “acusa-los” de comunistas e não ficaria tão bem. Vou “passar” a discussão da “qualidade” do nosso óleo (sou especialista, sou químico) porque não interessa no caso.
    O caso que interessa é o tal de “mescado” que anda jururu depois da crise norte americana e que pôs abaixo suas pretenções de ditarem políticas. Fracassaram !!!

    Lula “dá pitaco lá fora” porque é chamado para isso, já que está entre os 20 mais influentes habitantes do mundo, segundo o próprio mundo.

  90. “A cantora paraense Fafá de Belém participou ativamente no movimento das Diretas Já a partir do comício de 25 de janeiro de 1984. Fafá se apresentou gratuitamente em diversos comícios e passeatas, cantando de forma magistral e muito original, de entre outros temas, o “Hino Nacional Brasileiro”, gravado no seu álbum Aprendizes da Esperança, lançado no ano seguinte. A célebre interpretação, diante das câmeras, para uma multidão que clamava pela redemocratização do país, foi muito contestada pela Justiça, mas ao mesmo tempo, foi ovacionada e aclamada pelo público. A partir daí, a Fafá passou a ser conhecida como a “musa das Diretas”. Numa entrevista dada ao jornal Folha de S. Paulo em 2006, Fafá declarou que Montoro e outros políticos do PMDB não queriam sua participação no movimento e que ela só passou a se apresentar após insistência de Lula. Na mesma entrevista, Fafá declarou ter sido muito próxima a políticos do PT, mas que sua relação com estes se definhou após ela ter declarado seu apoio a Tancredo Neves, cuja candidatura o partido foi contra. Fafá foi de suma importância para o comício realizado em 10 de abril de 1984, pois foi ela quem conseguiu fazer com que Dante de Oliveira subisse ao palco do evento, alegando para os policiais presentes que ele era o percussionista de sua banda.”

    Fonte:http://pt.wikipedia.org/wiki/Diretas_Já

  91. Sonia 10:18
    “Muita coisa mudou no Brasil, Lula é nosso presidente e em 2010 uma mulher governara o Brasil, que sera sem dúvida nenhuma DILMA.”
    Concordo em Genero Numero e Grau, Estaremos com esta mulher DILMA em 2010, pois ELA DILMA esteve e esta conosco na luta desde 1964.

  92. “…Aos poucos, a praça foi lotando e, no final, cerca de 300 mil pessoas gritavam por “Diretas já!” no centro da cidade. Além de políticos também estiveram presentes artistas como Christiane Torloni, Fernanda Montenegro, Gilberto Gil, Alceu Valença, Regina Duarte, Bruna Lombardi, Fafá de Belém e Chico Buarque de Holanda. O jornalista Osmar Santos anuncia a presença do governador Franco Montoro. O idealizador do comício pelas diretas estava acompanhado dos governadores Iris Resende, José Richa, Nabor Junior e Leonel Brizola. Os presidentes do PMDB, Ulisses Guimarães, e do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, também estão presentes. Também estavam presentes o senador Fernando Henrique Cardoso, presidente regional do PMDB, e o prefeito de São Paulo, Mário Covas, que fez um emocionado discurso pedindo um minuto de silêncio para homenagear Teotônio Vilela, morto em 27 de novembro do ano anterior. Teotônio morreria bem no dia da primeira manifestação pública em favor das eleições diretas. Aquele foi mesmo um dia de nenhuma comemoração, em que 15 mil pessoas compareceram em frente ao estádio do Pacaembu. Bem diferente da manifestação da Praça da Sé.”

    Fonte:http://www.saopaulo.sp.gov.br/saopaulo/historia/diretas.htm

  93. 25/01/2009 – 19:43

    Enviado por: Enio

    “zifio” Mario

    ”…se a Petrobrás estivesse nas mãos dos inescrupulosos capitalisatas para quem a “democracia é dinheiro no bolso” estaríamos então “desenvolvidos” melhores do que “o resto do mundo?”

    Prezado Enio.
    Permita-me um pitaco aí.
    Vc sabe que esta é uma questão puramente ”ideológica”. Sobre a Petrobras, no momento, não vou me alongar. Mas vou lhe passar uns dados sobre uma concessionária de distribuição de energia elétrica. Leia com atenção.
    AMPLA. Rio de Janeiro.
    Planilha de custos. Atenção;
    Tributos: 36,18%
    Tributos setoriais: 9,77%
    (Só impostos: 45,95%)
    Compra de energia: 46,48%
    Transmissão: 7,57.
    Desse ”bolo” a concessionária fica com 46,40%.
    Observe que, tributos, mais tributos setoriais levam 45,95%.

    É, sem dúvida, o melhor negócio do mundo para o governo, claro. E é claro também que, os sindicalistas da antiga, pesada, inchada e ineficiente CERJ, assim como vc, acham que está errado.
    E não está.
    E é bom saber que, a distribuidora de energia, como diz o nome, é uma empresa ”distribuidora de energia” e não uma agência de empregos, tanto é que, mais da metade dos funcionários foram demitidos, após a privatização..

    Caro Enio. Na agricultura, uma máquina, em média, ”come” cerca de 500 empregos. Em Bebedouro, no Estado de São Paulo, já tem máquinas de colher laranjas…É mole?

  94. “…Com o sucesso do comício em São Paulo todos os governadores de oposição resolveram fazer o mesmo. Foi com o evento paulista que ficou comprovado o anseio popular. A partir de fevereiro, os comícios pelas eleições diretas foram se sucedendo nas principais capitais do país. No dia 16 de abril, pouco antes da votação das diretas, realizou-se um último comício em São Paulo. Só que desta vez, a Praça da Sé parecia muito pequena. Foi escolhido o vale do Anhangabaú, que recebeu uma multidão estimada em mais de 1,5 milhão de pessoas. Foi a maior manifestação política jamais vista no país.

    Fonte:http://www.saopaulo.sp.gov.br/saopaulo/historia/diretas.htm

  95. É um dia muito importante para a democracia brasileira, mas nesse dia lembro que a emissora globo do senhor Roberto Marinho sobrevoo o evento e disse que era um evento comemorativo de aniversario da cidade.
    AHHH..os democratas (DEM)participava do governo que calou muita gente importante em nosso país.
    Mas hoje as coisas são diferentes o país está aberto a todos do mundo.
    Há quase 8 anos nós a população brasileira elege um trabalhador, um nordestino, um sindicalista e em 2.010 vamos acrescentar mais um tabú, vamos eleger a ministra DILMA para Presidente.

  96. Luiz Carlos

    Concordo com a força da carga tributária, então vamos todos pra rua como na Diretas pedir: REFORMA TRIBUTÁRIA JÁ !!!!
    Mas e o que fazemos com esse congrsso que insiste como nas Diretas en ir na contramão do povo? e mais
    O que fazer com a “oposição” que quando perde ou apanha ou acha que vai apanhar e corre pro STF parapedir a proteção dfo Gilmarzinho que eles botaram lá?
    Voce dirá então que com esses nossos “congrssistas” a Reforma Tributária poderia também não passar “por 22 votos” (Isto é uma hipótese). então vamos pras ruas pedir o que deve anteceder tal Reforma, ou seja:
    REFORMA POLÍTICA JÁ !!! AMPLA, GERAL E IRRESTRITA !!!!!!!!

    Círemos então de novo no chororô da “oposiçãozinha”….

    É meu amigo, tá difícil…..Só mesmo botando uma máquina para colher e esmagar “laranjas” por lá.

  97. Diretas ou indiretas. Tanto faz. A dura realidade é esta;
    Dos 2600 da ativa ( da ativa) do Senado, 402 consultores legislativos, chefes de gabinetes e outros tantos, têm status de diretor e ganham mais que os R$ 16,5 mil pagos aos senadores. Isso sem contar os manjados ”penduricalhos”. Outros cerca de 1.000 servidores de nível médio – os mais antigos, como motoristas, seguranças, secretários, digitadores e contínuos de gabinetes- ganham, em média, 10 mil reais, além de outras variáveis, como gratificação por tempo de serviço. já incorporados nos vencimentos.

    O vice- presidente da casa, solicitado à comentar o problema disse; ” Não vou mexer com isso agora. Isso só prejudicaria minha candidatura”.

    Fonte; O Globo. 25-01-2009.

    A multidão que lotava praças pelas diretas está calada. De fato. Eles ganharam. Ganharam tudo!

  98. 25/01/2009 – 21:08

    Enviado por: Enio

    ”Luiz Carlos”

    Caro Enio. Francamente, o que fazer eu não sei. Só sei que tudo continua como estava antes. O que não me conformo é com a ”quietude” dos aguerridos passeateiros.
    Agora Enio, o presidente Lula, consguiu um aliado de peso – peso pesado-. O Dr. Emílio Odbrecht, disse, numa reunião na FIERJ ( federação das índustrias do Rio de Janeiro) na sexta-feira, ser favorável à re-reeleição. Os outros participantes -todos pesados- ficaram estatelados, não entenderam nada.
    Vc entendeu?

  99. Caos Balaieiros

    Tem uma coisa que está “en passant ” no texto do Kotscho que pra mim nunca “en passant ” na garganta (“en passant ” é ótimo).
    É a história do Tancredo Neves que “deu uma volta” nos seus colegas de partido e foi articular com o PDS (incluído o PFL) a sua “vitória” no Colégio Eleitoral (esse foi o motivo para o PT não votar nem nele e muito menos no Maluf naquela é poca)
    Diverticulite, não foi? isso é doença que dá nos intestinos não é?, “prisão de ventre”, né não?, “caganeira” pra ser mais explícito.
    O Tancredo naquela é poca tinha um medo danado de não conseguir governar. Com a sua morte, o Sarney assumiu sem querer e só teve algum refresco porque a Globo, aí sim, criou aquela “comoção nacional”.
    Só consegue governar em condições seguras este país quem tiver por tras os movimentos sociais, os sindicatos e o povo organizado, caso contrario podem “borrar” suas calças porque a vida lhes será dificil, pensem também nisso os que optarem por Serra.

    É o que eu penso

  100. Francisco d’Avila:

    Como disse, não sou americanista, e sei que a politica externa americana tem a missão de subjugar o mundo, como toda potência hegemônica, conforme mostra a história. O que quis dizer é que pro americano médio isso não importa, o povo mesmo quer é carro, casa, consumo, essas coisas que todo mundo quer, nós, inclusive. Lá, como aqui, tem um troço chamado governo, e lá é que define-se como as coisas acontecem. É como aqui: Tem pagode, churrasco e futebol, dane-se o resto. Deixa que o governo resolve. A diferença é que lá eles (o governo) tentam distribuir melhor a riqueza. Como vemos, não é cem por cento, tem miseria, fome e coisas que dão aos EUA uma cara de terceiro mundo. Mas, vamos admitir, acertam mais que erram. A crise tem varias causas, e a principal é a eterna ganancia humana. O cara já é rico, mas quer mais e mais e mais. Porem, comparado com o nosso governo, nossos politicos há uma boa diferença… Vc falou em Cuba, ái que dá vergonha: Uma ilhazinha com muito menos recusros que o Brasil varonil, tem medicina e educação publicas, anos luz na nossa frente. Sobre a questão do Oriente Medio, concordo com vc, é covardia apoiada por uns e consentida por vários, por varios motivos. China, Russia são belicistas e invasores de terras alheias, logo, omissos e sem moral pra frear Israel e USA. Inglaterra, eterna parceira e ex-potencia colonial, só a França murmura algo, como sempre (Dos cinco com assento permanente e veto no conselho de segurança da ONU). A verdade á que todos tem o dedo sujo, isso só muda se a maneira de governar o mundo mudasse, divindo riquezas, reduzindo diferenças sociais, culturais, religiosas, raciais, etc. Um dia, quem sabe?

    Enio:

    Acho dificil votar de novo no PT, e olha que eu era quase militante com estrela no peito, brigava com todos, dizia que quando o PT assumisse o governo tudo ia ser diferente. Aí os caras dão sequencia a tudo que foi plantado pelo tucanato. Pra isso, bastava votar no Serra. Criar bolsa-escola, bolsa-familia são aspirinas, não vão curar a doença. Daqui a pouco tem a bolsa-carnaval, bolsa-pagode, bolsa baile funk, etc. Essa generosidade toda é com o dinheiro tascado do trabalho de todo mundo, assim é mole! Isso não vai mudar o país, e ainda criará uma geração deformada, acostumada com assitencia do estado, sem a obrigação de produzir nada. Luis Inácio já ta grisalho, com a barba branca, só falta a roupinha de papai noel…

    Abraço a todos.

  101. Kotscho

    Pede p/ pessoalzinho do seu time pegar umas dicas de planejamento e formação de craques lá na Rua São Jorge nº777
    Parece que o pessoal de lá tá mais adiantado em relação a isso.

    Para seus amigos do governo, recomendo começar pelo Instituto Fernando Henrique Cardoso que conta com o aval de grandes líderes mundiais, como por exemplo Bill Clinton.

    Ah, antes que eu me esqueça, dá próxima vez, escreva sobre fatos reais, seja sobre o governo, seja sobre futebol.

    Abraço

  102. Caro e Meu Bom Mário

    Retiro o “zifio” da minha primeira investida, já v que voce tem os seus bons argumentos, mas cá entre nós, o que voce acha da “bolsa-banco” que o FHC arrumou para salvar o Banco Nacional, cujos herdeiros seriam os seus próprios netos? Enfiaram uma montanha de dinheiro para “salvar” aquele banco, o banco sumiu assim como o nosso dinheiro, que até hoje nos perguntamos, no bolso de quem foi parar?

    Quanto à roupa de papai noel do Presidente do Povo Lula, ele já tem e é vermelha. O povo pobre e explorado esperava por um papai noel deste há mais de 500 anos !!!!

  103. P Enio 21.33 Então temos q votar só no seu candidato, pq ele é falastrão e fala o q o povo quer ouvir, se vc perguntar o q o povo quer, ele responderá; Aposentadoria igual a dos políticos aos 20 anos de idade.

  104. “zifio” frança

    Não entendi muito bem teu “francês” mas te digo que para que a Dilma seja eleita ela precisará apenas de 50% do votos e mai um (o meu).
    Não me parece nada difícil, pela popularidade (85%) do Presidente do Povo Lula, que fala por ele (o Povo)

  105. Ô Enio:

    E o Getulio? Era chamado de “O Pai dos pobres” , criou a CLT, A Petrobrás. Podemos adaptar aquela musiquinha: “Bota o retrato do Lula de volta, bota no mesmo lugar”… Sobre o bolsa-banco, não vi o PT, nem Lula falar em auditoria do governo FH, Ameaçou, rosnou, e nada. O funcionalismo está sem reajuste de salário há uns 10 anos. Mas inchar a máquina, tamos aí….Ninguem espera milagre, agora se compor com PMDB, Sarney, bizarrices desse tipo…O povo tá esperando. A reforma politica não sai, seis anos não dava pra fazer algo? Gostaram do sistema, agora que são situação?? Por essas e outras, a minha estrela sumiu da minha gaveta. Fugiu, acho, de vergonha…Saudade do Enéas.

    Abraço de novo.

  106. Caro Kotscho,

    Parabéns pela matéria, este tema é sempre muito bem vindo. Aos que não acreditam no Brasil, e se apegam em temas demasiadamente específicos para diminuir a sua grandeza, gostaria de lembrar apenas um ponto: EDUCAÇÃO, isto sim vai nos trazer a capacidade de reduzir preço de combustível, colocar melhores representantes no poder etc. A você que só reclama do combustível eu pergunto: vc conhece a qualidade do ensino no Brasil, para aqueles milhões de miseráveis que nem mesmo sonham em ter carro e que vão votar nos próximos presidentes e deputados?

  107. Mario

    O Getúlio é uma comparação muito infeliz da tua parte. O Getúlio foi um Ditador, um Tirano. O funcionalismo não tem se queixado do Lula em termos de reajustes, senão cadê as greves?, quanto a “inchar” a máquina, taí outra bobagem, o que se está fazendo é criar concursos públicos para efetivar os milhares de terceirizaqdos que a horda Demotucana deixou como herança, o que aliás é só o que sabem fazer, vender tudo e terceirizar, basta ver o que acontece agora mesmo com o estado de São Paulo e a Prefeitura da capital, se voce quiser eu te “encho” de dados publicados por eles mesmo, mas este não é o espaço adequado ,

    A Reforma política, eu concordo, é urgente como o é a tributária, mas aí vide meu comentário da 21h.08 endereçado ao Luiz Carlos
    Se a tua estrelinha fugiu, pegue outra, eu te dou a minha com muita honra por ver em ti um cara bem seguro no que sentes mas atormentado pela maldita mídia esquizofrênica, como tantos outros brasileiros.

    um ABRAÇÃO

  108. Caro Kotscho
    Você está se esquecendo do personagem principal das Diretas Já.Não é o Dr. Ulisses e sim um jovem barbudo aqui do Mato Grosso que faleceu a uns dois anos ´.trata-se do Brilhante DANTE MARTINS DE OLIVEIRA. O autor da Emenda.Justiça seja feita.

  109. Enio:

    O Getulio foi ditador sim, mas foi eleito em 1949, derrotando Eduardo Gomes, acho. Mesmo ditador, fez muita coisa e é apontado por muitos como um dos maiores presidentes da historia republicana. Eu não tava lá, então vale a história. Se bem que petista não pode falar de diatadura, vide a simpatia a Cuba, a antiga URSS, e até a China maoista (a tal “ditadura do proletariado”, lembra?). Me acho vacinado contra a midia que torçe tudo para favorecer grupos, não acho que é esquizofrenia, acho que o PT se pasteurizou, ficou igual aos outros, pra mim quebrou aquele encanto, perdi a fé na politica de vez. Hoje em dia estou quase defendendo o voto nulo. Será o meu protesto. Minha esposa é funcionaria federal e ta sem reajusate há 12 anos, viu seu salario ter o poder de compra reduzido em mais de 50%. Não tem greve por que o governo é generoso com os “companheiros”, se os cabeças do sindicalismo estão de pança cheia, greve, esquece…Sobre a estrela, agradeço, espera o partido me encantar de novo. Não vai ser facil não. Agora, rapaz, teus glóbulos vermelhos devem ter uma estrelinha branca no meio. Vai ser petista assim lá em Brasilia…

    Abraço.

  110. Caro Mario

    Talvez o Getulio passe essa idéia de “um dos maiores”, por tempo de seviço e mão pro voto direto, que foi só desta vez aí, mas sesuicidou no meio do mandato quando tentou matar o Carlos Lacerda, há controvérsias sobre o mandante mas eu não nasci ontem, nasci um pouco depois daquilo.
    Minha dúvida quanto à tua dúvida:
    “Pasteurizar” é o que?, “Não pasteurizar” significa voltar a ter simpatia por ditaduras do proletariado?
    Voce precisa me dizer que encanto foi quebrado em voce..
    Te digo o seguinte para definir e resumir a minha militancia política:
    Partido é partido e governo é governo. Governos passam mas o Partido fica e assim “vamu que vamu”.
    Daí também te dizer que de Brasília eu prefiro continuar a manter a nesna distancia. Poderia twer ido pra lá mas não quis.

    Quanto ao voto nulo, esquece, “Enéas” morrem logo.

    te espero melhorado para 2010.
    outro ABRAÇÃO !!!

  111. Comentando os comentários:

    Sr. João Cunha,
    o confiteor do Sr. Kotscho não exime seu pecado. Ainda bem que ele não teve seus pecados aumentados, com aquele novo projeto de Lei de Imprensa, digno de uma ditadura que o Sr. Lula queria substituir.

    Sr. Élcio Tarcísio,
    sobre o Ministro Gilmar Mendes é melhor não falar por que? Afinal, não foi ele que, sob sua toga e do alto de sua soberba, queimou as mãos por um “senhor” que, mesmo sem julgamento e condenação, é comprovadamente um bandido e ainda ‘deitou falação’ sobre um colega de instância inferior?

    Sr. Filipe,
    numa expressão figurativa, tu acertaste na mosca. Acrescento à tua frase, que o Sr. Lula se parece com certos “pastores” evangélicos que nos cultos brandem uma bíblia e pelas ruas a levam embaixo do braço, enganando desvalidos e ignorantes com falsos milagres e esperanças vãs, para gozo dos espertos e mal intencionados.

    Sr. Wilton Saraiva,
    uma saraivada de apupos para ti, que não vês que o Sr. Lula, além de outras qualificações, era ainda um golpista que queria também uma ditadura no Brasil, só que sob outra cor. Pelo amor fraterno que dedica a Fidel e pela amizade incontestável com o colega Hugo Chavez, vê-se que tal ideal ainda perambula por seus pensamentos.

  112. Depois da atual crise chamada de ‘a mãe de todas as crises’ o mundo pode ser dividido entre os malucos e os otimistas. Os malucos são os sujeitos que estavam no Titanic e diziam que NADA AFUNDARIA AQUELE NAVIO. Os otimistas achavam que conseguiriam um barco salva-vidas.
    Todos, como se viu, SIFU…

    Do Gaspari.

  113. Prezado Kotscho, embora tenha nascido em 1982, terminei de ler seu texto emocionado. Sinto não ter podido participar de um dos momentos mais importantes da vida política do Brasil.

    Quando terminava de ler o texto, passei a me lembrar de grandes homens públicos que este país já teve. Um, especialmente, me deixou ainda mais emocionado. Lembrei-me do saudoso Mario Covas. Sinto muitíssimo não ter tido a oportunidade de votar nesse grande santista. Tenho comigo absoluta certeza que este país seria outro se em 1989 ele tivesse sido eleito presidente. Covas era, sem dúvida, o presidente que ó Brasil precisava, corajoso, destemido, firme em sua convicções, íntegro, probo. No entanto, o eleito foi Collor.

    É interessante frisar que depois das Diretas, já fomos governados por dois de seus líderes, FHC e Lula, e provavelmente seremos governados a partir de 2011 por alguém que também lutou pela democracia no Brasil, qualquer que seja o eleito, Serra ou Dilma. Com certeza, qualquer um dos dois tem qualidades várias para comandar o Brasil. Adianto minha preferência pelo Serra.

    Parabéns pelo seu texto, parabéns à São Paulo, cidade do meu coração, embora more em BH!

  114. Luiz Carlos e demais balaieiros

    Me perdoe, mas depois do “comentário” do João (OOh.52) vou dormir.

    Os anti-petistas dos 5% enlouqueceram de vez.

    Para voce “João” (qualquer João) deixo a música de Zeca Pagodinho:

    SANTA PACIÊNCIA

    Tenha santa paciência, oh nêga
    Porque pra vencer tem que lutar
    Você já não age com prudência
    Clemência
    Quem vai querer ofertar
    Se na tua consciência
    Tivesse sossego
    Tu me tratarias com todo chamego
    Com medo do apego
    Entre nós se acabar
    Se não houvesse vingannça
    Na nossa aliança
    Quem sabe um dia essa
    Velha esperança
    Por perseverança
    Viesse a vingar

    Bons sonhos a todos, assim como foi aquele das DIRETAS-JÁ que se tornou realidade graças a luta de todo o povo brasileiro (salvo os covardes)

  115. Caro menino Renam

    Com todo respeito à tua emoção e interesse, antes de dormir, fostaria de te dizer que se Covas vencesse em 1989, seria igualzinho, sem tirar nem por ao FHC.

    Continue sonhando
    Boa Noite !!!!

  116. Prezado Kotscho
    sempre respeitando alguns fatos…mas,na medida que sou permitido…gosto de confrontar idéias…pra que me abasteça de conhecimentos…e assim,poder fazer uma humilde observação,frente ao que leio,ouço e vejo,logo saio a busca de elementos pra analisar,ou concluir tais conhecimentos. e pra isso…me valho de pesquisas…que as transformo em verdadeiras seções de leituras e reflexões. tomo o balaio como exemplo…o texto que aqui o blogueiro escreve neste artigo…caso minha pesquisa esteja equivocada,desde de já,deixo as minhas desculpas . mas…se tratando de uma leve junção,do que as diretas já… representa ao Brasil…e aos brasileiros …da importância dos movimentos diretas – já ,que patrioticamente conseguiram bradar um SIM ; e respeitando profundamente suas fontes…suas pesquisas…em virtude da conquista desse movimento,se torna até irrelevante,mas,onde se lê em seu artigo :
    “ Num dia nublado como hoje, 25 de janeiro, dia de aniversário de São Paulo, há 25 anos, eu estava lá, na praça da Sé.Era o “ PRIMEIRO GRANDE COMÍCIO “ das Diretas-Já, dando partida ao maior movimento cívico-popular da história do nosso país.”
    eu com constante fome de conhecimento…e do saber,achei em minha pesquisa,que não foi em SÃO PAULO,o primeiro grande comício…não que esteja desacreditando sua presença…mas…é uma matéria do GAZETA DO POVO,quem está me dando essa ponderação,já que numa matéria,diz que o grande primeiro comício aconteceu em CURITIBA,conforme o trecho aqui abaixo…acompanhado de um link,para tal averiguação,eis aqui :
    http://noticias.r7.com/blogs/ricardo-kotscho/2009/01/25/especialdiretas-ja-ha-25-anos-na-praca-da-se/
    Publicado em 25/01/2009 | Caroline Olinda
    Curitiba foi palco, em 12 de janeiro de 1984, do primeiro grande comício em todo o país da campanha Diretas Já. “Foi um acontecimento marcante. Nós lotamos a Boca Maldita com uma convocação bastante amadora. Dissemos que íamos fazer, distribuímos alguns panfletos e só”, lembra o advogado e ex-deputado estadual e federal Nilson Sguarezi. “Mesmo assim, o povo compareceu. E vieram porque a causa era boa. Havia, no mínimo, 30 mil pessoas na Boca”, diz ele.
    O líder da organização do comício em Curitiba foi o senador Alvaro Dias (PSDB-PR), que na época era presidente do PMDB estadual. “O dr. Ulysses Guimarães queria que alguém organizasse o primeiro grande comício pela eleição direta. Eu, como presidente do partido no Paraná, me dispus a organizar o evento em Curitiba”, afirma Alvaro. “Organizamos o comício em 12 dias e o resultado surpreendeu. Conseguimos reunir 60 mil pessoas na Boca Maldita.”
    ********************************************************************************************

    caso se confirme a minha “ pesquisa “… crio esse pequeno imbóglio, não por exigir a correção…mas,por questão de reconhecimento…é preciso agraciar aos paranaenses…especificamente os curitibanos,como forma de uma singela homenagem…fazendo jus a tal “ reparação “…de um destaque nas linhas desse texto do blogueiro .
    abraços

  117. e se eu soubesse que ia virar esta corrupção, esta criminalidade e que traficantes tomariam conta do país, que todo o bem público seria privatizado a preço de banana, que eu veria duas policias se guerreando nas ruas, que o Collor, Zé Dirceu, Jefferson, Delubio, Valerio e outros personagens fariam o que fizeram, que o presidente daria abrigo a marginais italianos, que nossa Amazônia estaria sendo devastada e entregue a interesses internacionais, eu ficaria bem sossegado em casa assistindo TV.

  118. hoje nem tanto como deveria ser…engajado na política…ser mais esclarecido politicamente…mas,ainda assim,consigo fazer algumas análises…criar noção da política no meu dia a dia…e nessa época…das passeatas…comícios…a votação das diretas – já…eu tinha acabado de dar baixa do exército…embora não tenha na cabeça parte do conteúdo…do discurso…do então ( já falecido ) deputado Ulisses Guimarães no plenário da câmara…do discurso do ( não sei o nome )deputado ,que ao votar sim…antes mesmo de encerrar as votações,garantia a vitória das diretas – já…me lembro bem,que fiquei bastante emocionado,ao ver na televisão esses dois momentos marcantes !!! assim como me lembro bem…dos sorrisos estampados nos rostos de milhares de brasileiros…durante o dia inteiro…era notícia em todas as mídias…anunciando que mudanças estava por vir .

  119. Prezado Kotscho e demais leitores
    queiram me desculpar…mas…por conta da vitória do meu “timinho”…associado a algumas (skol ) cervejas…acabei cometendo uma (gafe) caca aqui acima…onde postei um link do ( balaio ) qual não era o que deveria…eis aqui o link o qual deveria estar no meu comentário (01:47) acima :

    http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/vidapublica/conteudo.phtml?tl=1&id=850358&tit=Curitiba-foi-pioneira-na-campanha

    agradeço a compreensão !
    abraços

  120. Sr. Kotscho,

    Agradeco a lembranca de uma fato tao importante na historia recente do Brasil, infelizmente, somos um pais sem memoria.

    Fiquei emocionado apesar de nao ter participado, era um adolescente, mas me lembrei do movimento pelo “impeachemant” do ex-“presidente” collor (no minusculo mesmo), este movimento sim tinha minha presenca lah no Vale do Anhangabau.

    Agora, nao sou assim tao ingenuo, O BRASIL AINDA EH UM PAIS MISERAVEL, A DEMOCRACIA AINDA ENGATINHA, AS REFORMAS URGENTES AINDA NAO FORAM FEITAS, O CRESCIMENTO ECONOMICO A PASSOS DE TARTARUGA, UM SOCIEDADE DESIGUAL.

    Sabemos a consequencia dessa demora em resolver os problemas do Brasil:

    Violencia, Corrupcao, etc, etc, etc, etc, etc,etc, etc, etc, etc, etc.

    Sr. Kotscho o que nos falta?

    Porque ainda somos tao analfabetos, tao subdesenvolvidos?

    PRECISAMOS FAZER UMA “REVOLUCAO” NO BRASIL, EH FRUSTRANTE VER UM PAIS COMO O BRASIL MERGULHADO EM TANTA LAMA.

    Abracos e obrigado pelo texto.

  121. o brasil esta lonje de ser um pais democratico como todos acreditavam em 84 , a classe politica ta cada vez mais corrupta , apolicia nao pode prender os bandidos e o povo que trabalha e produz esta trancafiado dentro de suas casas .este nao é o pais que nossos pais sonhavam !
    a democracia no brasil é tao falsa que se foce verdadeira nos o povo brasileiro nao seriamos obrigados a votar .

  122. De que adiantou nadar, nadar e morrer na praia?
    Hoje enquanto o desemprego, a violência e a corrupção assolam o país, que esta a deriva sem educação, saúde e segurança; Lula e seu Ministro Amorin estão se dizendo preocupados com uma briga religiosa, que já vem de milênios! rsrsrssrs Me faz mijar nas calças de tanto rir, esta dupla de espertalhões e oportunistas estabanados! Eles estão é aproveitando para fugir de suas responsabilidades, fazendo vistas grossas para os problemas internos: Estão é aproveitando para curtir uma de turista, à custa do cofre publico! Se quiserem provar suas capacidades, comecem a se preocupar com as guerras de gangues nos morros! Com as matanças e a violência dentro do país; pois a guerra interna esta matando mais que a as guerras religiosas em Israel!… Amorin, já que o Lula não gosta de ler, leia vc, e o oriente! Vocês precisam, é de ficar a par dos índices de mortalidade infantil, que esta crescendo no Brasil. O Lula devia parar com esta dança de rato e fazer jus a seus enriquecimentos ilícitos! Pois quando ele se elegeu, seu capital era na média de (R$ 830) oitocentos e trinta mil reais; e agora sua família esta entre as mais ricas do país; e ele se tornou bilionário, eu disse bilionário!. Isso porque sua mãe se orgulhava de ser analfabeta e ele nunca ter roubado! A pobrezinha deve estar se revirando no tumulo de tanta vergonha, não acha?!! E seus eleitores continuam desempregados, vivendo de esmolas, ou morrendo nas filas do INSS. E os aposentados continuam sendo roubados, para manter as mordomias da banda podre, e alguns morrendo a míngua, sem dinheiro para comprar remédios. Mas Lula desconversa, torce o nariz fingindo não ver estes fatos, ou que esta tudo as mil maravilhas… Volte à realidade Excelentíssimo: Não foram estas suas promessas de campanhas! Pare de fazer promessas de tolo. Quem vive de promessa é santo, que não come e não bebe; olhe de frente para os problemas internos do país, e não fique passeando com o Amorin, feito o pavão e o peru, se vangloriando e arrastando papo pelo mundo a fora! Vcs estão bancando os ridículos, pois só estão servindo de chacota para o resto do mundo!! Leiam se informem!

  123. Seria bom se o senhor Enio aprendesse a se expressar com suas proprias palavras, ao invés de fantasiar igual o dono do ovo que ele lambe!

    De que adianta nadar, nadar e morrer na praia?
    Leia, sem paixão. (Ah, seria bom que os analfabetos também lessem). Vale a pena ler. Publicado na Gazeta do Povo, Curitiba, em 23/01/2009 na 2ª página. Nunca na história deste país (I) (I)Judas Tadeu Grassi Mendes é Ph.D. em Economia, pós-doutor e diretor-presidente da Estação Business School. Em outro artigo, propõe uma visão estratégica para o Brasil.Não é para chorar, mas alertar para a cegueira que campeia neste país. Só vê tudo ao contrário o presidente Lula, que vive longe da realidade dos brasileiros O meu objetivo nesta série de dois artigos é mostrar que o setor público é a grande pedra no caminho do povo brasileiro e registrar o que Lula não nos diz, embora utilize com frequência a sua já famosa frase: Nunca na história deste país. Sua popularidade elevada tem muito a ver com o baixo nível educacional do povo brasileiro, do qual apenas a minoria lê jornais e revistas. Vamos a seguir citar 20 situações que Lula procura não ver e ainda tenta nos vender que tudo está uma maravilha. A verdade é que nunca na história deste país: 1–Pagamos tanto juro como no governo Lula, e, o pior, totalmente desnecessário. A concentração de renda nas mãos dos bancos é sem precedentes. É mais de meio bilhão por dia útil. Em juros, o Brasil é campeão mundial, mas quem manda no país é o poderoso senhor Meirelles; 2 – Pagamos tanto imposto (mais de R$ 1 trilhão por ano) quanto neste governo; 3 – A dívida interna, em valor absoluto, aumentou tanto quanto nos governos FHC e Lula. Saiu de R$ 60 bilhões para mais de R$ 1 trilhão; 4 – Investiu-se tão pouco de recursos vindos do setor público em infraestrutura, em especial em estradas, portos, saneamento, em educação e em saúde. Aliás, dos investimentos previstos do PAC, apenas 15% serão feitos com recursos do Tesouro. A imensa maioria deve vir de empresas privadas e estatais. Por falar em PAC, ele empacou 5 – Morreu tanta gente nas estradas do Brasil, por conta das péssimas condições de manutenção. Em 2008, o governo federal investiu em obras apenas 22,5% do previsto, cujo valor já era ridículo. Há incompetência até para investir tão pouco. 6 – O Brasil cresceu tão pouco e abaixo da média mundial, de tal modo que foi o penúltimo na América Latina, à frente apenas do pobre Haiti; 7– O superávit primário foi tão elevado, à custa de não investir no país, tudo para sobrar recursos para pagar juros, que não levam a nada, exceto à elevadíssima rentabilidade (24%) dos bancos; 8 – Fizemos tanta coisa ao contrário do mundo. Enquanto o mundo crescia, o Brasil patinava. Enquanto os juros caíam no mundo, no Brasil aumentava. 9 – A insegurança no Brasil foi tão assustadora, apesar de que nunca gastamos tanto com equipamentos de proteção; 10 – Morreu tanta gente por assaltos, roubos e insegurança quanto no governo Lula;

  124. Enquanto o desemprego, a violência e a corrupção assolam o país, que continua a deriva sem educação, saúde e segurança; Lula e seu Ministro Amorin estão se dizendo preocupados com uma briga religiosa, que já vem de milênios! rsrsrssrs Me faz mijar nas calças de tanto rir, esta dupla de espertalhões e oportunistas estabanados! Eles estão é aproveitando para fugir de suas responsabilidades, fazendo vistas grossas para os problemas internos: Estão é aproveitando para curtir uma de turista, à custa do cofre publico! Se quiserem provar suas capacidades, comecem a se preocupar com as guerras de gangues nos morros! Com as matanças e a violência dentro do país; pois a guerra interna esta matando mais que a as guerras religiosas em Israel!… Amorin, já que o Lula não gosta de ler, leia vc, e o oriente! Vocês precisam, é de ficar a par dos índices de mortalidade infantil, que esta crescendo no Brasil. O Lula devia parar com esta dança de rato e fazer jus a seus enriquecimentos ilícitos! Pois quando ele se elegeu, seu capital era na média de (R$ 830) oitocentos e trinta mil reais; e agora sua família esta entre as mais ricas do país; e ele se tornou bilionário, eu disse bilionário!. Isso porque sua mãe se orgulhava de ser analfabeta e ele nunca ter roubado! A pobrezinha deve estar se revirando no tumulo de tanta vergonha, não acha?!! E seus eleitores continuam desempregados, vivendo de esmolas, ou morrendo nas filas do INSS. E os aposentados continuam sendo roubados, para manter as mordomias da banda podre, e alguns morrendo a míngua, sem dinheiro para comprar remédios. Mas Lula desconversa, e torce o nariz fingindo não ver tais fatos, ou que esta tudo as mil maravilhas… Volte à realidade Excelentíssimo: Não foram estas suas promessas de campanhas! Pare de fazer promessas de tolo. Quem vive de promessa é santo, que não come e não bebe; olhe de frente para os problemas internos do país, e não fique passeando com o Amorin, feito o pavão e o peru, se vangloriando e arrastando papo pelo mundo a fora! Vcs estão bancando os ridículos, pois só estão servindo de chacota para o resto do mundo!! Leiam se informem!

  125. Para: Bueno das – 10:20

    O pior analafabeto não é aquele não teve boa instrução escolar, como você se refere a maioria que aprova o Presidente Lula! O pior, é quele que se diz esclarecido e cria discurso conforme sua conveniência.

    Os juros do governo de seus idolatrados PSDB/DEMÔNIOS eram ou chegou a ser 26%, quando Lula assumiu o governo algo próximo de 18%, e você vem com essa lenga-lenga de “os maiores juros de um presidente do Brasil”. Pode até ser que os juros poderia estar mais baixo, mas dizer que é o pior ta me cheirando desespero de quem ta vendo a reeleição do Lula ou de quem ele indicar.

    Pare com este história que o presidente Lula não lê e não procura se informar! Qualquer pessoa que vê seu nome na imprensa ou na mídia somente com a intenção de descaracterila-lo faria o mesmo. Informão não chega somente lendo esse ou aquelo jornaleco tendencioso.

    Sai fora o “Urubú”!!!!!

  126. Meu caro articulista, a “Campanha das Diretas” foi um movimento permitido, todos foram inocentes uteis para a complementacao de um trabalho que ha muito vinha sendo tentado no Brasil, mas iniciou se em 64, devido as oportunidades surgidas… Tudo o que estamos vendo e resultado de um serio estudo dos PHDs la do Norte e aplicado com pleno sucesso aqui no Brasil.
    Recordar e viver, principalmente para nao mudar nada, continuar tudo como dantes…

  127. O meu conceito de democracia não se limita ao voto e tampouco ao voto facultativo. Pra mim, democracia é fazer valer a vontade da maioria, o que não acontece ainda no nosso Brasil.

    Os bonitões lá de cima tomam as decisões e votam conforme o interesse deles, ignorando na maior cara dura os protestos do povo aqui do lado de fora. E quando a coisa é muito absurda e cabeluda, eles tratam de mexer seus pauzinhos na calada da noite, enquanto todo mundo pensa que dorme em paz. Quando a gente acorda, as decisões já estão tomadas e as nossas prioridades já foram jogadas no lixo, valendo as prioridades deles. A gente só fica com mais conta pra pagar.

    Isso não é democracia! Nós somos os verdadeiros donos do Brasil, no entanto, as nossas necessidades e vontades nunca são levadas em consideração mesmo votando a cada 2 anos.

    Acho que está na hora de gritarmos de novo, como ocorreu no movimento das Diretas, dando um chega a essa apatia que tomou conta de nós.

  128. Amigo Jornalista,
    eu fazia parte desta imensa multidão, estava com uma menina que gostaria que fosse minha namorada. Assistimos a tudo juntos , lembro-me que ela usava uma batinha indiana azul, com detalhes na cor ouro….que saudades da plena juventude….Valeu muito pra mim, deste este dia em diante, não descansei em fazer política. Milito no PSDB, vida toda, graças a Mário Covas e Geraldo Alckimin, permaneço nesta luta. Mas, voltando áquele dia, eu diria, eu era muito feliz, e não sabia…..

  129. Com muito orgulho estive lá. Quando vi a foto da Praça da Sé, acima publicada, arrepiei. Já faz 25 anos e está na hora do povo fazer nova mudança. Jovens sejam legalistas mas, não muito, façam como fizenos naqueles tempos passados, se rebelem. O Pais está caminhando por vias muito pedregosas. Limpem os acessos, para que possamos caminhar mais confortavelmente.

  130. para Bueno e para todos os outros pessimistas:

    O QUE UMA ESCRITORA HOLANDESA FALOU DO BRASIL

    “Os brasileiros acham que o mundo todo presta, menos o Brasil, realmente parece que é um vício falar mal do Brasil. Todo lugar tem seus pontos positivos e negativos, mas no exterior eles maximizam os positivos, enquanto no Brasil se maximiza os negativos”

    Procurem também se informar LÁ FORA !!!
    Já que por aqui a mídia esquizofrênica brasileira nem isso faz.

    P.S. Quero deixar claro que a única coisa que me faz buscar saídas lã ffora, é a informação, e a culpa não é nossa já que a chamada midiazona se partidarizou e virou oposição tão ou mais raivosa do que a “oficial” .

  131. Estimado “Negô Véio” Enio, meu amigo, como vai?

    Enviado por: Enio Caro amigo Manoel Ferreira

    Li e re-li os teus comentarios por “tres vezes” antes de decidir em fazer este meu comentário. Pretendo evitar mais polemicas contigo, mas se não te respondesse, quem poderia ficar muito mal aqui, sou eu mesmo

    ( Isto mesmo você tem feito boas escolhas de leitura!),

    também sou seu fã!

    Manoel Ferreira Antes do chororô, fique com este meu presente: ( Chororó, pô Enio este negócio é meio extranho !)

    “A FLOR E O ARROZ
    ( Putz!!!! Que droga ou é Flor ou é Arroz, Meu Deus e pensar que eu nem sou Sãopaulino Enio?)

    Estimado Enio, a continuar com a sua predileção pela literatura, estou pensando sériamente em publicar um tratado de sociologia baseado em nome da nossa amizade!

    Estaria eu achando que você me considera uma flor?

    Uma Biba Sãopaulino, um Pó de Arroz?

    Bem eu acho que pelo branquicelo desbotado da minha “cútis” estou mais para o arroz !

    E Biba na minha idade, ninguém quer mais, portanto é tarde demais para alguns amores , quem sabe o coveiro?

    Parte dois ( Sério!)

    Enio a única coisa que eu gostaria de dizer, é que este movimento, tudo aquilo que estava acontecendo, a idéia do Dante, o Sonho do Ulisses, do Montoro, do Osmar, do Chico, do Luiz Ignácio, o meu , o seu sonho Enio, e assim como os sonhos de tantos caras diferentes ideológicamentes mas unidos no mesmo palanque,!

    Enio, isto sim, que dia car, este dia foi e continua sendo o meu sonho, entende?
    Sem partidos, apenas um ideal, e que pena tudo aquilo ter sido somente por um momento, que ficou esquecido naquele dia num passado não tão remoto em cima de um palanque!

    Foram somente palavras para alguns, Enio, nada mais do meras palavras, mas para outros um sonho de liberdade,

    Distante das ambições e das vaidades, ali havia surgido um ideal de liberdade, o qual foi brilhantemente aqui lembrado pelo teu “parceiro” e hoje em dia meu amigo Kotscho, pois jamais saberei se ele foi um dia meu amigo, no entanto eu não ligo, isso é algo que compete somente a ele, mas me chamar de parceiro isto ele jamais o fará, aprendi a ler na cartilha Caminho Suave e continuo escrevendo por ela, então eu gosto do Kotscho, we quanto a ele só depende da sua imparcialidade,( É a primeira vez que o chamo de Kotscho, Aliás, parece nome de peça de suspensão de carro, ou lembra uma parte do corpo ou até uma região em conflito),mas com todo respeito que este velho propagador de notícias e pensamentos, é a primeira vez que não o chamo de Ricardo, mas é o mesmo contigo Enio, se gosta de mim que bom, se não: paciência!

    Enio sem papo de retórica e sem demagogia barata, e quem me dera possuísse tão brilhante dialética quanto a sua, eu não sou político, portanto presta atenção mais uma vez:

    A Minha admiração pelo seu grau de inteligência por exemplo? Enio: Ela é gratuíta, você só desce o malho em mim, eu podia odiá-lo por isso não é?

    Mas não Enio eu não sou assim, a mim tanto faz como fez, o time que você torce, a religião que você professa ou ainda as suas predileções políticas, sua mente e a sua pessoa, são diferenciais em um ser, e eu detesto a burrice, então independentemente de qualquer outro anseio, a mim é um prazer conversar imenso com você, e vou lamentar o dia que você desistir! Eu gosto de ler os seus textos, sempre bem elaborados e com uma idéia fixa, você não sai da rota! Só que eu também sou assim!

    Hoje em dia Enio quanto a mim, o que poderia mais ainda dizer a você, sou um cara que não gosta de outros caras tá bão, isso eu já sei! , o que vai até contra o que eu penso de Deus, detestar alguns semelhantes meus, mas tem uns sujeitos tão mal intencionados nesta terra, alguns até os quais infelizmente são seus amigos, que não posso achar nada de bom nisto,diferente de você não há nada que preste nestes caras pra mim, então lamento por isso, mas não transfira para mim o ônus dos pecados de ninguém, cada qual vai um dia responder por seus atos, talvez aqui não estão blindados, mas da justiça Divina ninguém escapa, aqui se faz aqui se paga! Lembra quando o Robson mencionou a linha tênue?

    Um fato curioso, é o de que particularmente eu nuca te fiz nada, nunca fiz nada contra a sua pessoa, a não ser discordar do seu ponto de vista não é Enio,e isto no passado tinha um nome, eu nem me lembro mais, mas acredito que isto faz parte do processo democrático não é? Acho que era divergências políticas?

    O Tempo provou em minha longa jornada Enio, que ele é soberano em muitos aspectos, e pode vir a provar daqui um século por exemplo, o quanto eu, ou você estávamos errados, ou ainda certos, mas a mim isto hoje tanto faz, não estou competindo com ninguém e nem por ninguém, sou o que sou, penso por mim, os referenciais que possuo são meus, não sigo cartilhas e não sou adepto de nada que possa afastar as pessoas e nem ao menos desqualificá-las por pensarem e agirem de forma Diferenciada da minha!

    Você entende porque gosto de você ?

    Ainda não?

    Ô caboclo difícil!

    Enio eu sei que você gosta da minha pessoa, assim como gosto de você, do Simei Petista do Ricardo Petista, embora ele jure que não, então é por isso Enio, volto a repetir, é de graça, e veja a minha situação em relação ao Ricardo Petista de carteirinha e Lulista adepto?

    Veja o que é o meu desconforto de falar mal da maioria dos congressistas no balaio, então o mesmo se repete com o Ricardo, eu creio que as vezes ele torce pra que eu não entre no espaço, mas se eu não entrar e ficar só no confete que graça tem:

    Seria mais ou menos assim: Olha como você ê Lindo! Não? Não! Você, é que é maravilhoso! Já pessou que saco Enio, a coisa ia descambar você não acha, ia ficar uma puta duma viadagem, !

    Então eu venho dar como você mesmo diz os meu “Pitacos” mas que fazer? Quem mandou inventar o balaio, agora tem que me agüentar!

    Só que tem um detalhe, pergunte a ele se em algum momento contei ou defendi alguma mentira, ele pode até odiar isto, mas tem que como jornalista e como homem admitir que nunca falei coisas que não estejam inseridas no contexto da verdade, e que mesmo contrário as suas posições políticas e pessoais, ele é um repórter um jornalista e sabe que a verdade é o que interessa, o resto é resto e nada mais, divagações, sonhos, idéias e etc…

    Bem você está acordando agora? Hummmm!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Devem ser tipo 18 horas, e você deve estar chegando no pedaço, e eu certamente tou indo, e vai me chamar de arroz de novo, quer saber eu nem ligo? Sabe negão, quando eu dava ordem unida por exemplo os recos deviam me chamar de coisa muito pior, e quando lecionava história na vida pública, eu devia ser um saco ?

    Hoje na igreja, eu me contenho um pouco, mas quando estou pregando ainda tem gente que dorme, que fazer né, ninguém é perfeito!

    Boa Noite Enio e dê um Big abraço no Mauricio, no Everaldo ( que bom que ele voltou) no Luiz no Robson e todo o pessoal do altas horas, terceiro turno, ou agora próximo ao Carná, que tal o Galo da madrugada?

    Tchau “Nego Veio”, mete bronca aí falou !

  132. “O pensamento parece uma coisa atoa, mas cumé que a gente voa quando cumeça a pensá”
    Voce arremeteu-me às profundezas do inferno. Tempo das ESP – Escola de Sociologia e Politica de São Paulo, um dos templos sagrados da juventude pensante de São Paulo. Lembrei-me a até de algumas palavras de ordem como: ” QUEM SABE FAZ A HORA NÃO ESPERA ACONTECER” ; “SE ME PRENDEM VIVO EU ESCAPO MORTO”. Que saudade daquela juventude de braço forte.

  133. Eu estive lá, fui dentro do saco do mau pai! E lá dos culhões, eu ouvia a gritaria! E gostaria mesmo é que os militares tivessem sapecado a borracha no lombo de uns por serem bestas e estarem sendo usados e no lombo de outros por serem espertos e só estarem ali, em busca de benefícios para si mesmos! Eu nunca ouvi dizer que um general pobre analfabeto e comedor de farinha com rapadura, tivesse se tornado bilionário e tornasse seus irmão e filhos, em fim a família toda de bilionários em poucos dias, enquanto mentia e fazia promessas para o povo! E naquela época pelo que sei não havia tanta criminalidade, e desempregos e nas escolas publicas que estudei só passava de ano se soubesse 50% da matéria! Isso era o mínimo exigido! Esta é a verdade!

  134. Caro Manoel Ferreira

    Para encerrar a polemica que como bem diz o Kotscho pode parecer disputa de “querelas pessoais”, o que eu quis dizer com a fabula “A flor e o Arroz” está na sua “moral da história” n orodapé, em nenhum momento tentei de identificar com esta ou aquele.
    O que me deixa intrigado é que voce diz odiar algumas pessoas da política, tudo bem, é democretico, mas no teu modo de olhar, só existe “facínoras” lado do PT? São só os meus amigos, que voce cita diariamente?
    Daí meu caro. fica difícil acreditar que voce não tem lado, já que “gente que não presta” são somente os petistas, daquela imensa multidão de políticos safados que ronda o nosse país, e que não são do PT, nunca vi voce citar um só nome.Enfim, esta é a “tua” verdade, e eu tenho que respeita-la, fazer o quê? Fui nascer democrata….

    Abraços

    P.S. Se eu não gostasse de voce, não perderia o meu tempo e não gastaria o meu teclado.

  135. eu como um bom brasileiro, agradeço as atitudes tomas pelos lideres da época, para amelhoria.
    eu procuro fazer a minha parte como cidadão e ensino a minha filha os direitos e deveres delas,
    em um futuro próximo vamos ter bons politicos e ótimas leis.

    um grande abraço.

  136. Enio eu citei uma porrada de vagal do outro lado, Maluf, Pita, ACM, O Bob Jeferson, O Bolacha Mabel, Aquele safado que ganhava toda quarta na mega sena, os anões do orçamento, o tal do Boy de Mogi, fora o time do FHC, etâ turminha dô cacête, as vezes tenho dó do Collor, esse era um otário vestido de malandro, já viu Tomô! Afora isto tem outras antas que eu quero esquecer, e no PT querido tem caras que admiro profundamente, então eu não tenho lado não!

    O lance do Arroz e da Flor eu gostei, e entendi sim, mas não podia perder a oportunidade, e como o sujeito da oração da primeira frase do Hino nacional, Enio a gente uma vez colocou isto em um vestibular pros verdinho, e você não imagina a diversão?
    ,
    Então:Veja lá :

    O que me deixa intrigado é que voce diz odiar algumas pessoas da política, tudo bem, é democretico, mas no teu modo de olhar, só existe “facínoras” lado do PT?

    Retiro o odiar, por você e troco por não curtir Tá bão!

    E fascínoras tem pra todo o lado, não é só lá não!

    Mas eles que se explodam, o meu negócio é você caboclo!

    Aliás você tem boi?

    Porque por estes dias eu disse pro Simei: Simei você é meu e o boi não lambe ! Só que o Simei tem boi!

    Negão fica em paz, e não desiste de mim não tá!

    Esquece porque não vou te mandar beijos?

    Vô cumê um mingau tá afim?

    Abraços fraternos

    Mané! Véinho!

  137. Ênio e Manoel Ferreira!

    Vocês estão próximo do razoével meus queridos!

    Diretas Já:

    Quando começou os movimentos das “Diretas Já” eu ja estava com os pés atolado nos lamaçais aqui do norte, tudo que vi acompanhei pela tv globo até então a única que era sintonizada por aqui. (Vide porquê nesta região os times cariocas tem grande torcidas)

    Posso parecer, mas o que penso, eu não sou maquiavélico!

    Ulisses Guimarães um dos pricipais articulista do referido movimento e que tandos seguidores tem e é muito idolatrada, foi salvo pelo gongo em face de seu desaparecimento.

    Na época das diretas pouco se falava em globalização, para todos era so assumir o poder e fazer. O nobre deputado nunca executou nada, ele poderie ser um exímio fazedor de leis, de oratória que é muito mais fácil, vejam por exemplo Mário Covas que passou tanto quanto outros no processo ditadura/diretas e por ai vai, provou do proprio veneno na hora que teve a chance de executar viu que a coisa é bem diferente. Deixou saudade? Não sei!

    Lula não é diferente, bom seria se ora pudesse colocar em prática o que vem dos sonhos, país nenhum governa só pela sua autonomia econômica, é sempre atrelada as outras que chama-se globalização.

    A tal mudança que o Lula teve que fazer e que tão criticada, se fêz e se fáz necessário para ter o mínimo de governalidade. Mas a ternura, os sonhos de fazer a coisa certa, o resultado a maioria dos brasileiros vê.

    Aidna com relação a U.Guimarães, pode-se aplaudi-lo pela sua importância como muitos que fizeram pela democratização deste país, mas se o mesmo tivesse a oportunidade de executar ou fazer, não teria todas as glórias que hoje o tem. Muitos iguais a ele continua no legislativo, tanto se acertam como também dificultam as coisas quanto se trata de corporativismo.

  138. Simei (13:41)

    Voce vê que o Ulisses, preferiu ficar junto com o Quercia no PMDB (veja você !!!), a ter que fazer parte do “ninho” originado do “racha” deste partido, a quem deram o nome de PSDB.
    O PSDB surgiu deste “racha”, por conta de “problemas” na distribuiição de cargos no governo Quercia. O Ulisses não foi para o “ninho” por já saber da qualidade de tais “passarinhos” quando da “volta” que ele tomou do Tancredo no “colégio eleitoral” e da fome por cargos das tais aves.

  139. Simei boa tarde!

    E aí matuto, como é que tá o sertão meu querido?

    Tava a fim de inhame com macaxeira, mas não teve jeito foi o xuxu sem sal e novo que bo….a, de sempre de cada dia!

    Mas vá lá um dia isso acaba!

    Diga lá como é que tá seu pessoal querido, espero que tudo por aí esteja na santa paz!

    tô saindo a gente se fala mais tarde!

    Abraços Fraternos

    mané!

  140. Tá vebdo Enio, essa do Ulisses ficar ao lado do Narigão enganador, é como diz um amigo meu, já que eu tô no inferno vamu abraça o capeta!

  141. Gostei dessa Enio, O Dr. Ulisses tendo que ficar ao lado do narigudo enganador, que castigo hein?

    E isto vem provar a teoria de um amigo meu, a respeito do bem e do mau.

    Ele sempre dizia se for um dia pro inferno o jeito vai ser abraçar o capeta!

  142. Hei Kotscho, lembro que eu tinha 11 anos e meu pai lia para mim todas as matérias da Folha sobre os comícios das Diretas.

    Foi uma época mágica mesmo – a campanha das Diretas, a derrota da Emenda Dante de Oliveira (que fez meu pai jogar no lixo todos os recortes com as matérias, tamanha a decepção) e, um ano depois – Rock in Rio, a redemocratização com Tancredo Neves, o campeonato de futebol do colégio (ganhamos!)… e minha primeira namoradinha.

    Um tempo em que tudo parecia possível. Infelizmente, a geração de políticos que tomou o poder e que está com ele até hoje, apesar de alguns avanços, ainda não mostrou a que veio. A social democracia, no Brasil, mostrou-se apenas uma desculpa para a prática dos coronelismos de sempre – a única novidade mais recente foi a participação dos sindicalistas na distribuição do butim. Bom, pelo menos aprenderam que com inflação não se brinca – jo que á é um avanço em se tratando de Brasil.

  143. “Assim é, se lhe parece”… ( Luigi pirandelo)

    Quem está torcendo contra… e quem torce a favor?

    Aqueles que pensam, que criticam, que divergem são os maus. Aqueles que abaixam a cabeça, que concordam, que elogiam são os mocinhos.
    Quem melhora o Brasil de fato: aquele que concorda, ou finge concordar, com a tese da “marolinha” de Lula ou aquele que analisa os fatos sobriamente e emite uma opinião realista sobre a crise?
    O Mundo é de quem puxa o saco de quem faz?

    Nós somos livres!

    O PT não mudou apenas na aparência. Está mudado também na essência. Com a chegada ao poder, os petistas, em sua maioria, abandonaram aquela cara raivosa por sorrisos largos; as camisetas de algodão baratas por roupas de grife; os anéis de tucum por jóias caras; os carros populares por carrões possantes e as residências modestas por apartamentos suntuosos em prédios de luxo. E saíram do meio do sol quente para os gabinetes climatizados.
    Com essas mudanças externas, vieram também as internas. Quem não lembra? Antes, o PT convocava uma reunião para marcar outra reunião. Tudo era decidido democraticamente. Debaixo de briga, é verdade, mas os derrotados aceitavam os resultados e, nas campanhas, todos cumpriam as decisões das diversas instâncias partidárias.
    Agora, o que faz o PT? Pegou a feia mania dos partidos tradicionais. A cúpula decide e enfia suas decisões goela abaixo. Os que estão na base têm que engolir sem mastigar, pois invariavelmente se encontram pendurados em sinecuras oficiais. Então, o que a cúpula decide, está decidido. E pronto! Virou lei!
    Antigamente, os candidatos do PT eram escolhidos através de reuniões, encontros, debates, plenárias, campanhas e prévias. Ou não eram? Quem está escolhendo, agora, a pré-candidata petista a presidencia da republica? (Que diga se de passagem nem petista é). A cúpula.
    Por que o PT abandonou seus ideais, sua pedagogia cívica e caiu na vala comum das decisões de cúpula? Que fim levou a democracia petista?

  144. Caríssimo Kotsho!
    Eu não estava presente naquele ato histórico para o Brasil, pois naquela época era ainda uma criança. Mesmo sendo criança, fiquei contente, assim como toda a minha família, porque ninguém aguentava mais o regime militar. Mesmo não sendo paulista e nem morando em São Paulo, eu a admiro muito por ser o centro financeiro do Brasil e palco de muitos feitos gloriosos desta nação amada. O Brasil ainda tem muita coisa a melhorar no que se refere às leis e nós brasileiros podemos sim, clamar em público essa vontade, e daí conseguirmos renová-las.
    Parabéns, porque você merece!

  145. Caro Mauricio-Barretos

    No final deste ano tem PED (processo de eleições diretas) no PT, único partido que faz isso. Se voce é filiado, procure o teu diretório, vá lá e vote para manter ou mudar a direção (de presidente ao corpo de dirigentes) em todas as instâncias, nacional, estadual, municipal e zonal. Voce deve saber disso.
    Quanto à candidatura de Dilma, eu concordo contigo, mas no PT o voto do Lula continua valendo “um” tanto quanto o meu e o de qualquer filiado. É óbvio que Lula consegue atingir um número muito maior de filiados do que eu ou voce e acho que a Dilma será a nossa candidata, não por conta disto, mas pelas suas reais e comprovadas qualidades, enquanto isso eu aguardo a decisão oficial partidaria (de todo o partido) para só então iniciar minha campanha.
    Governos (e seus salários) passam, o Partido fica.
    Eu já disse isso aqui e por isso estou muito tranquilo e a vontade, já que eu não quis ir para o governo (convite não faltou)

    Eu sou de Partido e não de eventuais governos que são coisas bem diferentes.

    É o que eu penso…
    um ABRAÇO.

  146. Ricardo kotscho,fiquei muito feliz ao saber de sua participaçâo nas mobilizações para as diretas,não é por acaso que gosto de tudo que você escreve.
    Pelo que entendi você teve participação direta nas campanhas para o fim da ditadura militar.
    Acho que a democracia no Brasil está madura,mas o Lula tem que tomar cuidado seus amigos da Venezuela e Bolivia.
    Hugo Chaves é um ditador.
    O Evo quer mudar a constituição boliviana dando poderes totais a povos indiginas a serem os únicos donos das terras a terem seus próprios tribunais ter suas próprias leis. a justiça comum não tem poder de julga-los.
    Até rever fronteiras,dizem que é uma saída para o mar (Chile).
    Os colonos brasileiros que tem terras na Bolivia que se preparem.
    O Acre que se cuide.

    .

  147. Não se deve ”coisificar” o conceito político. Isso reduz e simplifica algo que é complexo, pois se trata do poder. Ter poder, esta é a questão central. Nos primódios da civilização o poder era estabelecido a partir da força física, já que o chefe do bando era sempre o mais ágil e violento, conseguindo proteger o maior número de pessoas e garantindo a sobrevivência da espécie.

    Na política partidária, tanto faz. Tanto faz o Zé, o Serra, o Machado, o Canivete, são todos iguais.
    O país, felizmente tem uma Constituição. Da minha parte, sou contra o PT pelo seu conteúdo demagógico e de um viés estatizante inegável. Qualquer partido, com qualquer nome ou com qualquer discurso terá meu apoio se adotar uma política liberal e privatizante. Tenho verdadeiro horror ao estatismo. Estou absolutamente convencido que, o estatismo é o germe malígno da corrupção, do empreguismo e o berço do corporativismo que tanto mal faz à sociedade.

  148. Estimado amigo Mauricio, boa tarde!

    Já tava te devendo uma, outro dia li um comentário seu a respeito do que eu venho combatendo meio que inutilmente, ou melhor com poucos resultados em meu velho corpo, que aliás não é tão velho assimm e confesso Mauricio, você é um cara e tanto, como é bom tê-lo por perto, assim como todos aqui do balaio!

    Você é um carmarada sensato e pés no chão, e hoje lendo o eu texto acho que é isto?

    A verdade sobre o que houve com aquele PT, que o pais inteiro conheceu um dia num passado mito remoto, o PT do Enio, do Simei, do meu amigo Hellio Bicudo, e outros tantos expoentes da vanguarda popular desta nação, caras que eu admirava, os estudantes, os operários, os intelectuais ( “Os primeiros a se mandarem, quando viram que não era bem aquilo” ) e outros tantos que deram no pé ao serem jogados para escaneio, então eu não estou louco? Puxa que bom!

    Antes, o PT convocava uma reunião para marcar outra reunião. Tudo era decidido democraticamente. Debaixo de briga, é verdade, mas os derrotados aceitavam os resultados e, nas campanhas, todos cumpriam as decisões das diversas instâncias partidárias.
    Agora, o que faz o PT?

    Obrigado Mauricio, você me fez sentir melhor de novo, eu já achava que tava completamente fora do contexto!

    Abraços fraternos

    Manoel Ferreira

  149. Posso não estar mais aqui pra testemunhar, mas a Dilma não é a candidata, o Luiz deve ter um plano tipo carta na manga, ele aprendeu a fazer polítca como ninguém, apostem em outro nome, a Dima perde de goleada pro Vampiro, e apanha do menino de minas também, certamente tão fritando ela pra não queimar o cara!

    Vou arriscar mais um : Patrus?

    Outro quem sabe o : Sergio ?

    Tem ue ser alguém de projeção e que não esteja queimado, nem pelo presente e nem pelo passado!

    Dilma por baixo dá 50% de rejeição de saída!

    Tem uma coisa que o Luiz não é : Bobo!

    Abraços Fraternos

    Manoel ferreira

  150. Quem sabe em 2024, quando a campanha pelas Diretas completar seus 50 anos, veremos uma nova geração chegar ao poder, com novas idéias.

    Até lá, teremos que aguentar essa “social democracia” cuja única façanha é produzir analfabetos funcionais, ano a ano. Torço pela aposentadoria de Sarney, Lula, FHC, Virgílio, Genro, Dilma, Serra, Alkmin – donos de um pensamento atrasado, retrógrado, cujo único legado, em 16 anos foi estabilizar a inflação e permitir acesso universal a serviços telefônicos. Mais que pela aposentadoria das pessoas, torço pela aposentadoria das idéias.

    Uma geração que pensa e age pequeno e em cuja ação desastrada se perpetua grande parte das mazelas brasileiras.

  151. Kotscho,

    Fiquei emocionado com o belo texto do Dr. Ulysses. Faço deles as minhas palavras de afeição e respeito por você.
    Há tempos acompanho seu trabalho e sempre desejo o mesmo: quando crescer, quero escrever como ele…

    Um abraço!

  152. Caros Balaieiros

    Concordo de novo com o Lula. Depois de quebrar o tabu de 500 anos e um operario vindo da fome chegou ao poder, agora será a vez de uma mulher chegar lá, seguindo atrazado o exemplo de Chile, Argentina, Alemanha, Grã-Bretanha, Nicaraguá, quase os EUA e tantos outros países

    Quem acha que a Dilma é um blefe, pode ir tirando o cavalinho da chuva por que ELA vem aí com toda a competencia e sua história e não terá pra ninguém.
    Escrevam, ou melhor, “copiem e colem” o que estou falando !!!!

  153. Enio, respeito a sua opinião, mas pra mim a Dilma é só enfeite!

    Não estou aqui questionando passado presente e competência, mas o Luiz lançou ela muito cedo e isto não é pruente, dá muito pano pra manga e brecha pra descer o malho!

    É Tudo que os bicudos e demoníacos querem, esculachar alguém, e vão fazê-lo sem piedade, mas você com certeza deve saber mais que eu por exemplo!

    SAgora Enio, se o Patrus por exemplo fosse o escolhidpo: Teria um voto ! O meu! Se assim o permitir o Criador!

    Ricardo, taí fala pro Luiz, que este velho caduco pensa assim!

    Abraços fraternos

    Manoel ferreira

  154. Caro Enio…16h09

    Infelismente o assistimos no PT/Barretos hoje não é diferente da realidade vivída por outros companheiros seja no estado de São Paulo ou outras localidade do país…
    O PT/Barretos, por exemplo tem já varias de suas Decisões/eleições “internas” “sub Judice” ou seja questionadas na justiça… não vou entrar em detalhes pois tenho ainda alguns amigos por lá que preferiram ficar e resistir bravamente.

    Abrs.

  155. Manoel Ferreira

    Voce votaria no “pai” do Bolsa-Família?
    Que ótimo, eu também votaria com muita honra
    Estou surpreso com a tua declaração, mas em 2010 será a vez de uma mãe de família mesmo….

    um ABRAÇO

  156. Eis aí um cara confiável e um homem de bem!

    Tem que ser PT, então vamos plantar semente boa, só pra não dizer que não falei das flôres!

    Esse texto eu li à muito tempo e hoje encontrei-o novamente, o qual passo a seguir:

    Há, todavia, um Ministro por quem tenho particular admiração, pelo trabalho que vem realizando, e que, talvez seja aquele que possui melhores condições de colaborar na campanha do Presidente Lula. Falo do Ministro Patrus Ananias, homem de bem, de trato simples e fidalgo, de firmes convicções éticas, que conheci em palestra que proferiu no Centro de Extensão Universitária, em São Paulo, em 2004, quando conquistou editores de grandes jornais e veículos de comunicação social, com a exposição de planos e projetos, que está conseguindo levar adiante.

    Pode apostar Ricardo, esse leva!

  157. Enio eu não sou contra o PT, só não curto uns quengas por aí!

    Agora falar do Patrus, bicho é outra coisa, esse é brasileiro e desapegado de toda avaidade e cobiça humana, tenho as melhores refereências dele Enio, então poque eu não votaria?

    Tenho certeza que o social se estivesse de fato em suas mãos a gemnte tava lá longe dos indicadores de miséri e pobreza, ele sabe como a coisa deve ser feita e a mim tanto faz o nome do time que ele joga, aliás vou convidá-lo pro Balaio Futebol e cachaça!

    São estas coisas Enio, que as vezes nos divide , eu não engulo aquela senhora, é só!

    O Patrus, tá liberado pode escalar no time do balaio!

    Deixa a mãe Dilma pra outra “Encarnação”

    Abraços prô cê também negão!

  158. Outra coisa Enio, estamos falando do universo coompreendido por a velharia de sempre, ou as rapozas de sempre, Serra, Dilma, Aécio, Ciro, Sarney e outros desejosos pelo poder, desta renca toda o Patrus passa longe, tira de letra!

    Agora só se aparecer alguém melhor, por enquanto eu não vi potencial em nenhum!

    Compete ao PT, reformular o PT, o Patrus eu acredito que nas bases em que se encontra o partido, segundo estes amigos não toparia, teria que haver uma reformulação de bases!

    Será que ele bebe?

    Com este dava pra trocar uns leros!

  159. Ricardo depois você acha que não sou seu amigo?

    Você é tão bobinho!

    Pensa nesta e fala com o Luiz!

    Você é o cara!

    Abraços fraternos

    Manoel Ferreira

  160. E pra quem acha que eu pirei de vez, gostaria deixar bem claro:

    Eu sou a mesma Bo…., não mudei em nada só adimiro este cara, e acho que toda a oposição deve considerar isto .

    Um nome de consenso, um cara limpo e de cara limpa, esse ninguém acusa, eu duvido, mas sem as tropas do “pt ” juntos, só quem ele aprovar, e muito neguinho vai rodar, acredite quem quizer!!

  161. Caro Enio…16h09

    No caso do mensalão…

    O PT defendeu a tese de que o crime cometido foi o de Caixa Dois e não o da compra de deputados.( Qual a diferença? não foi contra isso que o PT sempre lutou?)

    Ainda a respeito disso, o Presidente Lula declarou, em entrevista que:

    “O que o PT fez do ponto de vista eleitoral é o que é feito no Brasil sistematicamente. Eu acho que as pessoas não pensaram direito no que estavam fazendo, porque o PT tem na ética uma das suas marcas mais extraordinárias. E não é por causa do erro de um dirigente ou de outro que você pode dizer que o PT está envolvido em corrupção.”

    “E não é por causa do erro de um dirigente ou de outro que você pode dizer que o PT está envolvido em corrupção.”

    Mas como?????? ele foi eleito por esse caixa dois (tese que o próprio PT usou na sua defesa) como não podemos afirmar que o PT está envolvido em corrupção se o próprio Lula admite que houve o caixa dois, portanto um crime eleitoral…E é do financiamento de campanha que se originam todas as outras mazelas da política brasileira…empresário gosta de dar dinheiro para mocinhas bonitas e gostosas…nos políticos eles fazem é “investimento” que depois o eleito tem que pagar com o preço da própria honra ou seja: o preço de ter vendido a alma pro diabo

    Perdoe-me meu irmão…Mas é isso o que penso.

    Abrs.

  162. Caro Enio…

    tem mais uma coisa…

    Em 2010,se tiver que optar entre o Serra e a Dilma não tenho duvida nenhuma… votarei na Dilma…
    Agora não é porque eu gosto do PT…até o defendo em algumas realizações que vou “tapar o sol com peneira” ou enfiar a cabeça num buraco feito avestruz…

    Não é porque eu gosto do bolo…que eu vou comê-lo com formiga…

    Abrs.

  163. Meu Deus – Dilma, Serra, Aécio, Ciro,… Jurassic Park IV – Agora filmado no Brasil!

    Juro que vou marcar minhas férias mirando exatamente as eleições de 2010. Vai ser gratificante passar 30 dias longe dessa disputa entre iguais, longe dessa falsa “divisão” entre iguais.

    Parafraseando Henry Ford – nas eleições brasileiras, você pode escolher o candidato que você quiser, desde que ele seja “keynesiano” (pobre Sir Keynes…). O Brasil conseguiu a façanha de acabar com o debate político – só não conseguiu é fazer essa social democracia keynesiana, esse “welfare state” funcionar, mas aí já é pedir demais, né? Eficiência é palavrão aqui – tenta falar essa palavra perto da Marilena Chauí…

  164. Maurício – Barretos

    Depende da formiga! Se no bolo tiver tiver uma Tanajura você não comeria? riririri!

    Aqui e acolá eu apereço, li tudo e continuo aprendendo. Como vocês meus diletos professores perceberam, não sou dado a dados complicadas, para eu escrever tem que sair dentro de meu sentimento, no que vejo no dia a dia, ou respondo o que leio aqui neste rico balaio escrito por vocês.

    Dilma vai presidenta, isso é o que acho mais provável face por um tudo que se vê, mesmo com crise e tudo mais.

    Não da meu prezado, só tentar empurrar mensalão guéla abaixo o tempo todo. 500 anos de mazélas mais regime militar, mais mandato das Tucanalhas que tudo era encoberto, dou graças “em tese” ter aparecido o fatídico mensalão, os culpados realmente culpados foram ou serão punidos, os inocentes serão absolvidos o Brasil tem que continuar. E se possível que continue com o que esta dando certo. O que não pode é jogar bosta no ventilador, descaracterizar e jogar tudo no vaso e puxar a descarga.

    E vamú que vamú.

  165. Consequências -lógicas- do paternalismo escancarado:
    Bolsa- Família;

    Outro problema de gestão persiste. Sem estar associado a políticas que garantam uma evolução social, a ajuda incorpora-se ao orçamento da família, que depois não quer mais viver sem ela. Um exemplo é o Plano de Qualificação Setorial, que prevê cursos profissionalizantes para maiores de 18 anos. EMPRESAS QUE FAZEM OBRAS DP PAC COMPROMETERAM-SE A CONTRATATAR OS APROVADOS. SERIA O CAMINHO PARA TROCAR A AJUDA ESTATAL POR EMPREGO DE VERDADE. FORAM FEITOS 400 MIL CONVITES, MAS APENAS 6 MIL PESSOAS RESPONDERAM. Os demais preferiram a esmola pública à possibilidade de ascensão social com o trabalho.

  166. 26/01/2009 – 19:02

    Enviado por: Simei de Almeida

    Maurício – Barretos

    ”Dilma vai presidenta, isso é o que acho mais provável face por um tudo que se vê, mesmo com crise e tudo mais.”

    Ô Simei. Mas, não sei se vc já percebeu; A ministra Dilma não é mais aquela. Ela, agora, é mais neo-liberal do que o Serra. Os empresários temem muito mais o Serra e suas ”recaidas” unescas do que a ministra Dilma.
    A ministra sabe, depois do primeiro mandato e do MME, o que é um contrato e a imperiosa necessidade de respeitá-lo.
    Ora Simei. Uma concessionária que paga 45% de impostos sobre os serviços prestados é o que se pode chamar de ”mamão com açucar” (melhor que isso, só fabricar dinheiro)
    É por isso que eu também acho a ministra Dilma, uma excelente candidata.

  167. Desde muito cedo aprendi o que é paternalismo. Ainda menino, vi meu irmão, que era mestre-de-obras numa grande empresa, se lamentar com o diretor, o fato de ter que demitir vários operários em conseqüência da chegada de uma máquina – uma escavadeira-. O diretor, um Inglês, ponderou que, se fosse para ‘’gerar empregos’’, o certo, nem era os operários substituídos usarem pás e picaretas, mas colheres de sopa.

  168. Boa noite Ricardo…boa noite meus amigos balaieiros de plantão…ou não!

    Estou retornando de mais uma pesquísa temporal, e trazendo na bagagem, uma porção de textos do Ricardo que fui buscar lá atrás no mes de outubro de 2008.

    Um abraço bem grande à todos voces, que estou também conhecendo melhor pelos comentários, brigas, e discussões tão comuns lá também.

    Chafurdei um monte de coisas, e destaquei alguns posts que na minha opinião mereceríam um repeteco.
    Deixei de lado fatos políticos, por serem fatos passados, e não acrescentarem nada de útil hoje em dia, á não ser discussões sobre o leite, a pinga, e a cerveja derramada.

    Não trouxe o número de comentários também, isso é relatívo, já que mesmo atrasado também fiz os meus em cada texto que lí.

    Só estou mandando uma lísta que contém histórias de vida, superação, denúncia, desabafos, informação, e outras coisas importantes para quem ainda não leu.

    Se quiserem consultar aí está.

    01/10/08 Paul Newman: Quando a vida do autor é maior do que a obra.

    04/10/08 A morte de um filósofo popular, O Gordo da faixas de Brasília.

    04/10/08 É hoje o dia dos “Amigos em Rede”

    06/10/08 Ondas dos eleitores derrubam as pesquísas.

    06/10/08 Quanto vale a vida da filha? Para a justíça, R$ 166 mil.

    08/10/08 Leitores indignados, leitores premiados: Muito obrigado à todos.

    09/10/08 Voce sabía? Estamos na semana mundial do melhor amigo.

    10/10/08 Celso Frateshi/Exclusivo: “É nisso que vão se resumir nossos sonhos?”

    10/10/08 “Dr Apocalípse” tinha razão: Salve-se quem puder.

    14/10/08 Vamos falar de coisa boa: Saudade FM 100.7

    15/10/08 Escravo dos fatos,desejos à parte.

    18/10/08 Fernanda Torres e a dança da morte.

    19/10/08 Balaio,Folha e Veja: A migração de leitores.

    20/10/08 Após a tragédia, o exemplo da família de Eloá.

    20/10/08 Artigo: A nossa Amazônia está virando pasto.

    20/10/08 Luíz Carlos da Vila: morre o poeta do samba.

    21/10/08 Palestras e debates: a mídia em questão.

    21/10/08 A lei e a covardia dos anônimos da web.

    22/10/08 Importante é a vida, internet é só um meio.

    25/10/08 Leitores bravos:balaio apanha dos dois lados.

    25/10/08 Artigo/ Frei Betto: O Deus mercado pede perdão.

    28/10/08 Após a tragédia, Riachão volta a cantar em SP.

    29/10/08 Eterna juventude: hoje à noite, no SBT Reporter.

    30/10/08 O que muda na vida de quem para de fumar.

    31/10/08 A vida sem cigarro-2: a ajuda dos leitores.

    Bom gente…esses eu recomendo dar uma lidínha…e se possível passar rapidamente nos comentários.
    Vai ajudar muita gente á se conhecer melhor.

    Agora volto mais uma vez na minha viagem do tempo…

    Um grande abraço á todos, e juízo hein? Comecem logo a trocar flôres, porque aqui parece que continua tudo igual…

    Um baita abraço em todo mundo!

    Robson de Oliveira nosbornar@ig.com.br

  169. 26/01/2009 – 19:27

    Enviado por: Simei de Almeida

    Luiz Carlos!

    ”Se taí peão?”
    Olá, caro irmão do trecho!
    É, tô por aqui. Mas é sério mesmo rapaz. Depois da convivência com o Palocci e o Meirelles, a ministra mudou muito -mas muito mesmo-.
    Vc sabe que,o Palocci quando se elegeu Prefeito, lá em Ribeirão, a primeira medida tomada foi privatizar algumas empresas Municipais. Foi um sucesso.
    Quem diria hem? Um Trotkista, médico sanitarista, repentinamente tornar-se um liberal.

  170. Nossa Kotscho !!! Quantas histórias !!!
    Que texto mais lindo…nem sei se ando muito emotiva mas tenho lágrimas nos olhos. Eu não estava lá, na praça da Sé. Eu devia estar em casa com as minhas bonecas aos nove anos de idade, eu ouvia muito falar nas Diretas e lembro-me de uma cartilha que recebi na escola estadual a respeito disso. Sem muito conhecimento a respeito do tema consigo lembrar apenas da alegria, uma enorme alegria e emoção ( cartilha em si tratava-se disso ) Eu fiquei tão feliz com aquilo tudo “é bom, né mãe ?” eu sempre perguntava…
    Obrigada por compartilhar tudo isso no teu (vou comprar teu livro pelo amazon)
    Se houvesse uma trilha sonora para teu post (com a foto, que linda) seria Sabia (Tom Jobim).
    O Brasil mudou muito, mas ainda somos, ainda temos e ainda cremos…nessa chama brasileira…essa alma brasileira.
    Abraços verde amarelo !

  171. Cara Andrea,
    muito obrigado pelo teu belo comentário, que me deixou muito feliz.
    Desse jeito, com leitores assim, ainda vou continuar escrevendo por muitos anos.
    Um beijo,
    Ricardo Kotscho

  172. para Andrea

    Andrea, nosso sabiá femea, que lindo comentario e que maravilhoso final !!!

    Voce sabia que o Tom Jobim sempre implicou com o Chico Buarque a respeito da letra desta linda canção?

    Pois é, o Chico é o maior orgulho de nossa língua portuguesa, usa-o bem como poucos mas na letra dele há um erro de concordancia terrível
    Em um determinado momento a letra se refere a “…UMA SABIÁ…”, e o Tom só de sacanagem retrucava: Não existe “uma sabiá” mas sim “o sabiá macho” ou “o sabiá fêmea” por isso o Tom Jobim nas suas gravações só cantava valendo-se de “o meu sabiá”. Mas era briguinha de sacanagem entre dois gênios.
    O Chico manteve a letra original, dizendo que ali o poeta era ele e portanto não arredaria pé da liberdade da linguagem poética.

    E isso não teria nada a ver com o assunto não fossem estes também dois grandes personagens da campanha pelas DIRETAS-JÁ !!!

    um ABRAÇÃO.

  173. Não foi para isso que o povão foi às ruas;

    Atenção;
    O Chanceler Paraguaio saiu de uma reunião hoje, com os ministros Celso Amorim e Edison Lobão, sorrindo de orelha a orelha. Pudera! O Brasil aceitou aumentar o valor do pago pela energia de Itaipu, atualmente de US$ 100 milhões/ano. Não se sabe ainda o valor reajustado, mas, o Paraguai quer, nada mais nada menos que 800 milhões de dólares -simplesmente, 8 vezes mais-. E quem vai pagar? Quem, quem, quem? Ora, ora; Nós, os otários.

  174. Não. Definitivamente não foi para isso!

    A Petrobras, nas mãos dos companheiros perdeu três posições entre as empresas de energia no mundo.
    O ranking:
    1º- Exxon Mobil= EUA
    2º-petrochina = China
    3º-Shell = Holanda
    4º-Chevron = EUA
    5º-BP = Reino Unido
    6º Total = França
    7º-BHP Billiton= Austrália
    8º GdF Suez = França
    9º PETROBRAS.
    Que caiu do 6º p/ 8º, enquanto a GdF pulou do 22º p/ o 8º lugar.

    Das 50 maiores quase todas são empresas privadas.

    Nas mãos deles, até o filet vira pelanca…

  175. A Corus, segunda maior empresa siderúrgica na Europa, vai demitir 3,5 mil empregados no mundo, dos quais 2,5 mil na Grã-Bretanha. .
    BOB HUDSON, SECRETÁRIO DO SINDICATO DOS METALÚRGICOS BRITÂNICO ESTÁ ENTRE OS DEMITIDOS.

    Aqui, no nosso Brasil varonil, não pode. Sindicalista só pode ser demitido quando a empresa fecha. E olha lá!

  176. 26/01/2009 – 21:31

    Enviado por: Enio

    ”Voce sabia que o Tom Jobim sempre implicou com o Chico Buarque a respeito da letra(sabiá) desta linda canção?”

    Caro Enio. Os tempos, no entanto, não estão para sabiás;
    Pra você, também do Chico, mas, atualíssima:

    ”Meu caro amigo eu quis até telefonar
    Mas a tarifa não tem graça
    Eu ando aflito pra fazer você ficar
    A par de tudo que se passa
    Aqui na terra ‘tão jogando futebol
    Tem muito samba, muito choro e rock’n’ roll
    Uns dias chove, noutros dias bate sol
    Mas o que eu quero é lhe dizer que a coisa aqui tá preta
    MUITA CARETA PRÁ ENGOLIR A TRANSAÇÃO
    E A GENTE TÁ ENGOLINDO CADA SAPO NO CAMINHO
    E a gente vai se amando que, também, sem um carinho
    Ninguém segura esse rojão

  177. Quer debate de “Chico” comigo?
    então tome essa :

    Você que inventou esse estado
    E inventou de inventar
    Toda a escuridão
    Você que inventou o pecado
    Esqueceu-se de inventar
    O perdão

    Apesar de você
    Amanhã há de ser
    Outro dia
    Eu pergunto a você
    Onde vai se esconder
    Da enorme euforia
    Como vai proibir
    Quando o galo insistir
    Em cantar
    Água nova brotando
    E a gente se amando
    Sem parar

  178. Luiz Carlos

    Essa também é boa, pois foi feita pelo Chico em homenagem ao Lula e aos sindicalistas do ABC naqueles tempos históricos e heróicos:

    Linha de montagem
    Novelli – Chico Buarque/1980

    Linha linha de montagem
    A cor a coragem
    Cora coração
    Abecê abecedário
    Opera operário
    Pé no pé no chão

    Eu não sei bem o que seja
    Mas sei que seja o que será
    O que será que será que se veja
    Vai passar por lá

    Pensa pensa pensamento
    Tem sustém sustento
    Fé café com pão
    Com pão com pão companheiro
    Pára paradeiro
    Mão irmão irmão

    Na mão, o ferro e ferragem
    O elo, a montagem do motor
    E a gente dessa engrenagente
    Dessa engrenagente
    Dessa engrenagente
    Dessa engrenagente sai maior

    As cabeças levantadas
    Máquinas paradas
    Dia de pescar
    Pois quem toca o trem pra frente
    Também de repente
    Pode o trem parar

    Eu não sei bem o que seja
    Mas sei que seja o que será
    O que será que será que se veja
    Vai passar por lá

    Gente que conhece a prensa
    A brasa da fornalha
    O guincho do esmeril
    Gente que carrega a tralha
    Ai, essa tralha imensa
    Chamada Brasil

    Samba samba são Bernardo
    Sanca são Caetano
    Santa santo André
    Dia-a-dia diadema
    Quando for, me chame
    Pra tomar um mé

    VIVA O CHICO BUARQUE !!!
    VIVA LULA !!!

  179. Pra não dizer que o Chico Buarque não fez nenhuma musica para o FHC, taí uma que foi feita em resposta às cobranças que o “sociólogo” fazia ao Chico pelo fato de ele sempre apoiar o PT:

    Injuriado
    Chico Buarque/1998

    Se eu só lhe fizesse o bem
    Talvez fosse um vício a mais
    Você me teria desprezo por fim
    Porém não fui tão imprudente
    E agora não há francamente
    Motivo pra você me injuriar assim

    Dinheiro não lhe emprestei
    Favores nunca lhe fiz
    Não alimentei o seu gênio ruim
    Você nada está me devendo
    Por isso, meu bem, não entendo
    Porque anda agora falando de mim

  180. 27/01/2009 – 03:29

    ”Enviado por: Enio.”
    Caro Enio. Decididamente, não sou um ”especialista” em Chico Buarque. Mas, quem não o conhece? Chico é um ícone.
    Eu gostaria que, agora, ele, num gesto de gratidão, usasse do seu prestígio e convencesse o Lula à revogar o ato do Tarso Genro concedendo asilo a um terrorista que os Italianos fazem tanta questão de encarcerá-lo, com justa, -justíssima- razão, diga-se de passagem.
    Chico viveu um período difícil lá na Itália, inclusive, se não me falha a memória, a Silvinha, sua filha, nasceu lá.
    Não é?

  181. 27/01/2009 – 03:29

    Enviado por: Enio

    Pra não dizer que o Chico Buarque não fez nenhuma musica para o FHC, taí uma que foi feita em resposta às cobranças que o “sociólogo” fazia ao Chico pelo fato de ele sempre apoiar o PT:

    Enio.
    Como já disse, várias vezes, costumo não fulanizar o debate político. Critico ou apóio sempre, um modelo, independente de quem o conduz. Neste caso faço uma exceção;

    O sociologo tão detestado, este sim, pegou um país desmoralizado, sem créditos, sem moral e avacalhado. Avacalhado, exatamente, pelos ”democratas” que assumiram após 1985. Ele, corajosamente, enfrentou o corpotativismo, o petismo exarcebado, os aloprados e seus asseclas e conseguiu dar início à uma política de seriedade e respeito no concerto das nações, ao deixar de lado ações ”salvacionistas” e pacotes heterodoxos.
    Caro Enio, se existe quem não pode, moralmente, criticar o sociológo, este alguém é o PT. O PT fez de tudo o que podia p/ ”implodir” mudanças e, em muitos casos conseguiu.
    Isso Enio, é clero como água cristalina. Mas, como diz um conhecido blogueiro de direita; Na esquerda, os argumentos vencem os fatos.

  182. Você deveria comentar acerca dos momentos em que a “imprensa latiu para o lado errado”, bem como sobre a vergonhosa cobertura da Globo desse evento, relembrando aos jovens sobre a flagrante posição adotada à época em relação ao fato.

  183. O Chico é um dos maiores gênios da música brasileira, quiçá mundial. E, como todo gênio, tem suas idiossincrasias, que deixam sua personalidade ainda mais rica e interessante.

    É legal ver que mesmo o cara mais genial, também é capaz de dizer muita besteira. Isso não o diminui, pelo contrário – humaniza o gênio. Chico, para mim, é o protótipo do brasileiro – talentoso, gente boa, sempre com um discurso na ponta da língua, mas cuja prática nem passa perto das palavras. Adoro o seu comunismo de butique – assim como o de Niemeyer.

  184. Balaeiros, Bom Dia!

    Ênio/Luiz Carlos

    Vocês são um poço de cultura, e demonstram ser exímio conhecedores de Chico Buarque. Por favor, me respondam quem o Chico homegeia com a música “Joga Bosta na Geni”? Obviamente, sem ser na própria!

    Abçs

  185. 27/01/2009 – 09:53

    Enviado por: Renato

    ”Chico, para mim, é o protótipo do brasileiro – talentoso, cuja prática nem passa perto das palavras. Adoro o seu comunismo de butique – assim como o de Niemeyer.”

    Assim é que se fala Renato. Agora, comunismo de ”butique” eu gostei. Pode ser de ”vitrini” ou, de ”araque”.
    É verdade, ser comunista morando no Leblon numa cobertura cinematográfica, até eu, que sou um babaca. Babaca elevado a quarta potência, diga-se.

  186. Então fica combinado Kotscho, nunca pare de escrever (eu sempre leio,mesmo quando não comento) e nós aqui do Balaio nunca deixaremos de te acompanhar…!

    Muitas Felicidades !

  187. Em meio a tantos beijos mil????????????

    Estimado Ricardo, boa tarde!

    Ontem, coloquei uma situação que no meu ponto de vista é a saída mais honrosa para pó PT, ou para o governo nas eleições de 2.010.

    Dei a você e ao Enio a melhor opção para candidato a presidência Patrus!

    Esperei para ver a sua reação e já contava com a espontaneidade do Enio, que de bate-pronto respondeu, desta forma ele estava naquele momento, entendendo que nada tenho contra o PT e sim em relação a muito sujeito mau caráter alojado no governo e só!

    Então avisa lá: A FARRA ACABOU !

    Como disse ao Enio e ao Simei, repito a você, é dado o momento de levar a coisa a sério!

    A Dilma é derrota consumada! Contra o Serra é goleada, e agora perde também para o Aécio! Isto aqui no universo de virtuais candidatos!

    A mim não importa o que você pensa a meu respeito, afinal: Somos adversários?
    Bem sempre acho que mesmo eu não sendo adepto de partido algum, você acha que sou inimigo do seu amigo Luiz, tolice da sua parte e birra boba, mas você deve acreditar nisto,

    Algumas pessoas vêem o mundo como ele é, e como ele poderia ser!
    Mas o que estas pessoas não conseguem ver, é o que algumas outras enxergam, ou seja um enorme precipício que existe entre os dois mundos!

    Pelo pouco que você se expõe, acredito que você está inserido no grupo de pessoas possuidoras desta característica peculiar!

    Então só ficam felizes quando tudo vai bem, e quando o vento sopra a seu favor! Viva o Luiz! Tudo Bem! Olha o Luiz errou aqui etc.. Aí vai mal!

    Isto significa duas coisas:

    Pessoas que pensam e agem como vocês, nem sempre estão certas e jamais serão felizes!

    Pelo jeito você ainda não aprendeu a conviver com diferenças e nem com diferentes, sinto muito por mim!

    Abraços fraternos

    Manoel Ferreira

  188. Eu era um garoto ainda, nem barba tinha. 11 anos, quinta série do ginásio (naquele tempo não se falava em ensino fundamental) e tinha uma professora de Português (Roseli), que era uma mestra no melhor e mais amplo sentido. Ela nos mostrou a importância daqueles dias e daquele momento. Lembro-me da importância das greves do ABC que, quando ocorriam, não se via vivalma na rua! E lembro-me da importância daquele momento, da eletricidade que corria nas ruas e de como ela contagiava o povo em sua hora mais bela na história republicana! A emenda foi derrotada, mas a vitória foi do povo, concretizada MESMO em 01/01/2003!

  189. Boa tar…ou melhor boa noite à todos…

    Tudo bem por aqui?
    Parece que o pessoal se distanciou um pouco?

    Eh aí meu amigo Manoel Ferreira, Enio? Simei? Maurício Barretos? Luíz Carlos? Ricardo?Thiagones? Entre tantos outros???
    Minhas amigas Alíz? Vanda?A nossa nova balaieira Norma M (bem vinda)…Como estão todos aqui????

    Meu amigo Simei…como ninguém se atreveu á lhe explicar o que o Chico (ou melhor QUEM) ele homenageia, eu lhe digo o que um professor meu na época nos explicou!

    Segundo ele, o Chico coloca o nosso pôvo representado pela Gení, e a classe dominante como aqueles que necessitavam dela (o povo) somente para se safar de um rísco.

    É que sempre sobra para nós mesmo! Somos usados, explorados, surrupiados, e depois ainda nos jogam pedras e bostas.

    Faz muitos anos que ouví essa explicação, e no entanto ainda concordo com ela.´A menos que alguém me diga outra.

    Abraços

    Robson de Oliveira.

    Alguem pode me informar onde anda o nosso Enrique Andres?

  190. Caro Robson, demais leitores:
    continuamos com problemas técnicos que impedem a publicação de novas matérias no portal. Por isso, só vou poder voltar a atualizar o Balaio amanhã. Assim espero. Peço a compreensão de todos.
    Abraços,
    Ricardo Kotscho

  191. Caro Manoel Ferreira:
    sou muito amigo do Patrus e também acho que ele daria um ótimo presidente.
    Mas temos aí dois problemas: acho que ele não quer, pelo que conheço dele, e eu não voto na convenção que escolherá o candidato porque não sou filiado ao PT.
    Só não concordo quantos às poucas chances de Dilma, outra amiga minha, como você está prevendo.
    Com o apoio do presidente Lula, ela pode, sim, tem todas as condições para ser a próxima presidente do Brasil, por que não?
    Abraços,
    Ricardo Kotscho

  192. Boa noite Ricardo!

    Eu dei uma paradínha na viagem, para me atualizar um pouco…

    Lindo o texto sobre as diretas, e vou dar aqui uma sugestão para alguém que possa passar adiante.
    Tenho vísto que São Paulo tem sofrido ainda muitos alagamentos, e não me conformo em ver que os mesmos problemas que enfrentava com meus familiares aí á 30 anos atrás ainda continuam…..apesar de todos os nossos valorosos prefeitos,vereadores, governadores, lutarem para minimizar o problema.

    Então vai aqui uma sugestão:

    DESEMPERMEABILÍZEM a cidade…
    Ao invéz de asfalto, mudem para “pavers” (lajotas de pavimentação), que são um pouco mais caras, mas a manutenção é barata, são bonitos, e permeáveis.

    O asfalto, e os cimentados, vão impedindo o escoamento das águas de forma natural, fazendo com que as mesmas sobrecarreguem os sistemas de coletas, e consequentemente inundem as partes baixas.

    Basta ver o tanto de água que se coleta em um símples telhado novo, ou quintal cimentado, somado á nova rua asfaltada…são milhares sendo feitas todos os anos. Onde vai parar toda essa água?

    Cobrem do poder público, que se faça o mais cêdo possível uma lei que obrigue o cidadão á mudar o seu calçamento, e que as ruas novas, com exceção daquelas de tráfego pesado e intenso, sejam pavimentadas dessa forma. Bilhões de litros de água irão para o solo, e deixarão de inundar outros pontos.

    é só uma sugestão de quem não tem nada pra fazer agora!

    mas quem sabe????

    Robson de Oliveira nosbornar@ig.com.br

  193. Caro Simei e Robson de Oliveira

    Quanto à questão do destino da “Geni”, personagem da peça escrita por Chico Buaruqe, “A Ópera do Malandro”, eu assisti o espetáculo várias vezes aqui enm São Paulo na época em que aqui foi encenada pela primeira vez. Eu tinha um amigo que era iluminador e que trabalhava nos bastidores da montagem.
    A “Ópera do Malandro” é baseada na “Ópera dos Três Vinténs”, de Kurt Weill e Bertold Brecht. da década de 30.. O Chico, genial como sempre transportou a trama alemã para o Brasil do Estado Novo de Getúlio que também era na mesma década.
    Existiam dentre os personagens, um travesti, que era achincalhado, tratado com intolerância e preconceito (alguma novidade para os dias de hoje?).Geni era o nome.
    A família que representava as elites e que mantinham um prostíbulo se viu ameassada pelos “imperialistas yanques” que em determindo momento chega em cena à bordo de um Zeppelin e o seu comandante. Quando tudo parecia estar perdido, quem é chamado(a) para salvar tais elites? A Geni que eles tanto esculhambavam daí se prestarem atenção em toda a letra entenderão o motivo porque eles mesmo depois de salvos por ele(a) continuam a “jogarem bosta” no(a) herói da trama.
    Qualquer semelhança com os dias de hoje não será mera coincidência, pois as elites não mudaram, a intolerância é a mesma, o preconceito esta aí e aqueles que mesmo sendo salvos da escuridão não fazem mais nada na vida a não ser atirarem pedras e “bostas” nos grandes heróis.

    O Chico é genio, sábio e vidente.

    P.S. Na peça teatral, o malandro aparece só no ato de encerramento, ele é o povo !!! .
    Robson o teu professor jogou “bosta” nos alunos, ou não conhecia a peça ou era mal intencionado politicamente.

    ABRAÇOS !!!!

  194. Eita Enio…nada como aprender com alguém culto…rsrs. Taí…Vai ver que ele interpretou da foram como achou conveniente, ou quis passar a mensagem dele.
    Graças á pessoas como voce, é que se pode dizer que
    BALÁIO TAMBÉM É CULTURA…

    Um Grande abraço…

    Robson

  195. Robson

    Eu não quero ensinar nada, tudo o que podemos fazer por aqui é trocarmos entre nós o pouco que sabemos e daí todo mundo sai maior e menos burro.
    Quanto a tua sugestão dos tijolos no lugar do asfalto, eu não sei se os que já foram usados nas calçadas da capital pelos prefeitos Serra e Kassab sá dos mesmos que voce propõe.
    O que posso te afirmar com certeza absoluta é que aqui sa o chamadas de “Calçada Sonrisal” poi desmancharam todas na primeira chuvinha, vide Av. Paulista, a região do Itaim e Aqui em Santana. Voce já ouviu falar que calçada derrete?, então venha pra São Paulo apreciar esta nova atração turística.

  196. Pra que diretas, se continuamos endo roubados, e ainda mais do que no tempo da ditadura???

    Vejam o estado de abandono da BR 267 que liga Poços de Caldas, Bandeira, Campestre, Machado e Varginha à Fernão Dias. Único acesso para muitos para chegar a BH. Vocês verão que apesar do abandono, as verbas para reforma da estrada foram empenhadas e liberadas (dados retirados do SIAFE). Quanto mais evidência este tipo de vídeo tiver, mais será visto no youtube e consequentemente, maiores as chances de indignarem uma quantidade maior de cidadãos e chegar a alguma autoridade que tenha vontade de mudar a situação desta estrada. Para o discurso do governo de plantão, verba liberada significa que está resolvido, não há compromisso com a qualidade do gasto público. Nossos impostos estão indo para o lixo (ou para as cuecas alheias).
    Semanalmente morrem pessoas nesta estrada, eu mesmo já me acidentei por lá. À noite e quando chove é intransitável, pois fica impossível desviar dos buracos. Quando o tempo está bom o motorista deve escolher o menor buraco para passar com o carro, perdi a conta de rodas amassadas, pneus estourados e suspensão danificadas. No vídeo vocês verão carros parados trocando pneu após cair nos buracos. Como diria Joelmir Betting, é uma vergonha!!!!!!
    http://br.youtube.com/watch?v=AeeX2lPV7xA

  197. É interessante como todos os que ainda defendem ditadura militar nunca se identificam, preferem a covardia e a vergonha do anonimato e ainda se dizem brasileiros de” verdades”

  198. eu escreví o texto acima, meu nome é sergio pereira. Melhor defender a ditadura do que ar oubalheira “para o bem da causa”. Só um senão com relação à ditadura, ela poderia ter sido mais eficaz em reprimir estes vermelhos malditos.

  199. na china quem fraudou o leite foi condenado a morte. Aqui assassinos viram refugiados. Este país, definitivamente, não é sério. Daqui a pouco o Brasil vai oferecer asilo ao Osama.

  200. Para Enio

    Não são tijolos meu amigo, são “pavers” aqueles que podem ser sextavados, ou intertravados, raquete, ou outros diversos modelos. Feitos de concreto. Podem ser colorídos até.
    Permitem que as águas se infiltrem entre os vãos.
    São muito melhores que esses paralelepípedos, pois não escorregam.
    São Paulo éra a terra da garôa, porque justamente havía um equilíbrio de águas penetrando no solo, e escorrendo pelas encostas. Depois que impermeabilizaram tudo, até o clima mudou.
    Eu sei desses tipos de calçadas que voce fala. O problema é que se um cidadão quebra as fuças em um desses pontos turísticos que voce falou, e processar a máquina, vai morrer e nem vai ser ouvido.

    Olha que sampa teve diversas administrações…de vários partídos…não é possível que depois de tantos lutarem com tanto afínco, e dedicação, em nome dos cidadãos, nada tenha melhorado, e pior…ficado desse jeito.

    Robson

  201. Robson

    Eu sei e concordo plenamente com a impermeabilização das cidades, principalmente em São Paulo onde a maioria da população adora uma “obra” de concreto que remetem a “contratos concretos” com as empreiteiras como já ocorreu com Maluf e Pitta e agora volta com Serra e Kassab, as empreiteiras são as mesmas, as equipes de governo são dos mesmos e o resultado é o mesmo. Depois que elegem tranqueirasm se queixam e xingam todo mundo até “umas horas” dizendo que politico nenhum presta, vai entender !!!

  202. Meu amigo Sergio

    Eu concordo que esteja revoltado, mas não adianta comparar o nosso país com aquele.
    Eu fico me perguntando como será o mundo se os chineses galgarem o último degráu e sua ascenção atingir os níveis superiores aos americandos. Difícil, mas não impossível.

    Sem nenhuma preocupação com direitos, meio-ambiente, humanidade, …. nossa…o piór é que não dá pra saír do planeta.
    Em Pequim…ou Beijim, não se respíra mais. Não dá pra se enchergar nada á luz do dia…bom…eles já nem enchergam mesmo com aqueles zoínho.

    Então meu amigo…lá se voce reclamar como reclamou aqui…voce tá morto junto com os caras do leite.
    E já vou avisando que não sou petísta.

    Abraços

    Robson

  203. neste país ser crítico é ser inimigo do país. assim Bush enfiou guela abaixo a guerra contra o iraque. não havia argumentos, mas ai de quem se opusesse ao pensamento bélico, seria tachado de falta de patriotismo. Sou crítico deste governo, não bajulo o anterior, sou pagador de impostos, sou credor do estado, que é ágil em cobrar e leeeeeeennnnnntooo em pagar suas obrigações, a menos que se encontre um “jetinho” que é aceito pacificamente pelos mesmos que se arvoram em defensores da patria e do PT, como se fosse o mesmo. Sou cidadão, não concordo com a corrupcão, nem por isso deixo de ser patriota e querer o melhor para o meu país. se você me der argumentos que me convençam do contrário, posso mudar de opinião, mas por enquanto a que tenho é que éste país não é sérioo, e que governa não fez nada para mudar esta condição, e nem vou citar em quntas centenas de vezes isso se mostrou verdade.

  204. Robson

    escrevi “Eu sei e concordo plenamente com a impermeabilização das cidades,” escrevi muito mal, NÃO, EU NÃO CONCORDO COM A IMPERMEABILIZAÇÂO. pelo contrario sou bem permeável a quem me convencer de que a solução é avacalhar o nosso Brasil.

    Por favor Ame-o e NÃO deixe-o !!!!

  205. deculpe, talvez tenha me interpretado mal, a China não é nenhum exemplo como pátria, abominável até. Mas tratando-se de punição à corrupção nosso país está séculos atrasado em relação a eles. No oriente quando um corrupto é descoberto, talvez nem seja necessário a punição, eles acabam suicidando. Aqui eles se tornam heróis. A lei foi feita por uma “casta”para que possa ser burlada por meios oficiais e a impunidade é garantida, ou caro comentarista, você duvida disso?

  206. Robson e demais

    Tem uma “terroristazinha internética”, de 9 anos me ameaçando aqui ao lado, tenho que me submeter às suas exigencias por ela estar de férias escolares, mais tarde eu volto

    ABRAÇOS

  207. Enio

    Que bom que voce concorda com a impermeabilização…agora eu sou contra ela…tudo bem eu entendí…tõ só brincando.

    O problema das mantas asfálticas, é que são mais baratas, mas duram pouco, e tem que se arrebentar toda hora, daí ficam aquelas suaves lombadas. Agradáveis até ao toque que se sente quando se dirige.. As ruas ficam remendadas, e o asfalto geralmente é superfaturado e de péssima qualidade.
    Já a pavimentação que falei, pode ser trocada sem problema. O cara vai lá, tira as partes, faz o reparo, e coloca elas no lugar de novo….simples…
    Mas aí é que está o problema…não há interesse político como voce mencionou. O cara faz e dura 50 anos. Quando alguém vai querer mexer nisso?
    Eu costumo notar, que no Brasil, não se pode solucionar o problema…tem que se tomar medidas paliatívas, rolar, e enrolar, para sempre ter o que prometer.
    Faz trinta anos que isso é assim…ao menos lembro quando era pequeno.
    E sem querer começar uma querela, mas exístem mais polícos aí na lista que voce passou…não se esqueça.
    Fora também as ruas em que o asfalto foi cobrado á trocentos anos, e o povo alí…acreditando…e na lama.

  208. exemplos existem aos montes, desde corruptos como qualquer outro crime à vida, como homicídio. O Pimenta Neves até agora está solto, O Marcos Valério também. O Duda Mendonça confessou um crime e nada aconteceu, acho que nem a receita foi atrás dele, como não vai atrás de nenhum influente, como pode tem gente ganhando 2 mil por mês e comprando casa de 2 milhòes, tem gente que ganha participa~’cão em empresas importantes, será que é por competência? E a Receita, vai atrás destes, claro que não. O sistema está falido. Não vou citar casos recentes pois a turma que fica de plantão para defender os indefensáveis iriam começar a pensar que tudo se trata de 2010. 2010 vai chegar, e quando chegar a hora a gente conversa disso.

  209. Enio!

    Vai lá meu véio…dá atenção á essa terrorístasinha o mais que voce puder…essa fase é linda demais, e passa rápido demais também…(como voce ja sabe)

    Boa noite meu amigo..

    Pois é Sergio!

    Eu concordo com voce! Por não ter um lado…um partído, eu procuro analisar tudo de forma imparcial, sem defesas ou ataques apaixonados.
    Sei como se sente…e também me sinto assim.
    Procuro dar á quem se interessar, sugestões, mesmo as mais descabíveis…
    Procure tentar fazer o mesmo.

    De Gaulle que disse que esse país não é sério…ele tinha razão, mas naquela época.
    Hoje é diferente…hoje ele está completamente CERTO.

    Aos poucos graças á Deus o povo está se concientizando mais, a internet está aí para ajudar.

    Não vai demorar muito e eles vão ter que começar á abrir as pernas, para que o povo…o nosso povo possa ir fechando as suas.

    É só uma questão de tempo…

    Quem viver verá.

  210. e Sérgio…a pressão vem de lá de fora também…
    Quando a situação fica muito visível, como no caso desse italiano filho de uma grande …….italiana!
    O nosso código penal, tem que ser reformado, precisamos de reformas em tudo…tributária, política, legislatíva, eleitoral, constitucional, oral, manual, e anal…
    Aqui temos manías de remendar tudo.
    Tem que começar de novo. Corrigír o que está errado, mas sempre com a opinião do povo, assim como fazerm aqueles caras na Venezuela. Tem que ter mais plebiscitos, nas questões mais complexas…isso sim, é uma democracía.
    É complexo? É polêmico? É discutível? Deixa o povo decidir.
    Não ficar se trancando em locais fechados e escuros, em votações secretas, longe da imprensa.
    Eu sempre me pergunto, e quería que alguem me respondesse

    Por que os miseráveis fazem votação secreta, se são eleitos para solucionar os NOSSOS problemas?
    Se tem IMUNIDADE PARLAMENTAR ?

    Só usam essa merda de imunidade para tentar se safar de crimes que não tem nada a ver com a coisa?

  211. Enio, espero do fundo de minha alma que você esteja certo. Espero que esta onda que assola a América Latina não se espalhe, que não retrocedamos como fez a Argentina, a Venezuela a Bolívia. Não vou nem falar de Paraguai e Equador, pois estes nunca estiveram melhor que hoje, sempre estiveram chafurdando na lama. Mas um dia a Argentina foi considerada evoluída. Até chegar um caudilho e inocular o germe do populismo. O mesmo pode-se dizer da Venezuela. A Bolívia, coitada, está mais para Equador e Paraguai, mas çertamente não é usando o confronto aberto que resolverá seus problemas, pelo contrário. Deveria haver mais convergência (não confundir com adesismo), mas por aqui (AL) fomenta-se o confronto de classes como se fosse algo novo. Não se percebe que o poder não está mais no capital e sim no conhecimento. Aqui vivemos um século atrasado, esta fatura já foi liquidada, o muro já caiu e se provou ineficaz. Abraço amigo, e que tempos melhores, onde concórdia , honra e diginade e trabalho sejam virtudes e não falsos heróis, que no fundo têem no seu âmago a idéia da dominação. – PS: O PRIMEIRO TEXTO FOI PARA CHOCAR, SÓ PARA SITUAR QUE NÃO HA DIFERENÇA ENTRE DITADURA DE DIREITA OU DITADURA DE ESQUERDA.

  212. Caro Robson, concordo e discordo de você.

    Na venezuela não há liberdade política nem de expressão.

    Mas concordo que deveriam haver mais plebiscitos. Na verdade como nos EUA muitas questòes deveriam ser decididas diretamente. E vou mais além, o legislativo só deveria existir em épocas de exceção, guerra por exemplo. A primeira instância judicial deveria ser papel de um programa de computador que aplicasse a jurisprudencia e os casos seriam levados aos juízes reais somente quando não houvesse jurisprudência. Caso esta já estivesse firmada, não haveria recursos. O executivo deveria ser fiscalizado por instituições diretas e não receberia salário, e quem fosse condenado seria abolido pra sempre da vida pública. Aqui a função do estado está em sí mesmo e não naqueles que diz representar.

  213. Meu amigo Sergio! Grande cara…voce tem boas idéias…ta vendo???
    Maniféste-se sempre assim…com idéias sugestões. Muitas vezes podem parecer não ajudar, mas são sementes jogadas, e decerto algumas podem caír em solo fértil.

    Robson

  214. Eu não defendí obviamente a Venezuela como um padrão de qualidade política, apenas passei uma idéia das vantagens louváveis sobre consulta popular.
    Detesto o Hugo, mas tenho que admitir que é muito interessante o fato dele fazer plebiscítos, e não ser o voto obrigatório.
    Isso deve calar a boca de muitos imperialístas nervosinhos.

    Olha eu falando imperialístas…isso pega…

    Fazer o que? Com tantas amizades petístas, tenho que tomar cuidado com as verbalidades que escapam…rsrsrsrs

  215. Bom meus amigos balaieiros…

    Estou indo capotar. Já tomei muita chuva hoje, e agora vou me preparar para amanhã tomar mais chuva também.
    Valeu pelo papo, e até amanhã…

    Ah Sergio! volte á participar com a gente aqui no balaio, voce escreve bem, é sincero, e pessoas assim além de ser muito bem vindas, ajudam à equilibrar um pouco as forças politizadas e irredutíveis que costumam aparecer por aqui.
    De vez em quando costumam sair gloriosos arranca-rabos bem salutares, que terminam constantemente em beijos de lingua, ou apertos de mão…rsrs.

    Mas venha com seu nome.
    Pois sei que SÉRGIO PEREIRA é um nome BRASILEIRO DE VERDADE!

    Abraços balaieiros

    e boa noite!

    Robson de Oliveira

  216. 27/01/2009 – 22:16

    Enviado por: Brasileiro de verdade
    ” – PS: O PRIMEIRO TEXTO FOI PARA CHOCAR, SÓ PARA SITUAR QUE NÃO HA DIFERENÇA ENTRE DITADURA DE DIREITA OU DITADURA DE ESQUERDA.”

    Ô Brasileiro. Há sim, e muita!
    Na ditadura de direita, os ditadores têm consciência que são ditadores e, por conseguinte, não se atrevem à perenização. Há sempre uma ”rota” de saída, às vezes demoradas, mas há.

    Na esquerda não. O ditador de esquerda – sem exceção- se julga ”o iluminado” ou o enviado dos Deuses. Toda ditadura de esquerda , se não derrubada, eterniza-se é violenta, brutal e cruel.

  217. Pois é………….. 25 anos depois tem criança armada ( 11 anos ) dando tiro na cara do motorista apavorado na av. República do Líbano, pelo deleite de “apavorar” e “matar o otário”:
    ..ninguém manda ele ter carango bacana, né tia ?

    e esses políticos que estavam no palanque devem estar com contas bem fornidas, gordas e intocáveis em algum banco na Ilhas Cayman. De A a Z desse Congresso, Executivo e Judiciário.

    e tem gente que ainda faz discurso de “esquerda” e tem os de “direita”…blá,blá,blá prá sair na TV. Jogo de cena. Acendeu o holofote e todos tem advogados.

    O único político que eu vi entrar na cadeia foi o tal ator da novela A Favorita. O corrupto que se entregou diante dos jornalistas….só em novela mesmo.

    tanto faz PT ou PSDB, bancada evangélica e micro-partidos – todos querem é ficar com o bolso bem cheio.
    Corrupção em todos os níveis – um grupo ajuda ou outro ?
    Não é assim ?
    O que tem de jornalista que já entrou no esquema , nem te conto….rs
    Corrupção rules !!

  218. Ricardo, bom dia!

    É isto, acho que isto é democracia, a admiração ou o repúdio de pessoas dos mais diferentes segmentos da sociedade é um fato comum, principalmente a nós brasileiros, somos por natureza um povo paixonal, então eu procuro sempre pensar naquilo que o meu semelhante porém meu diferente, está pensando naquele momento e aí rumo pro contexto geral!

    Pensei muito para falar do Patrus, e é possivel sim que você esteja certo, e como citei anteriormente, o Luiz, tá escolado em política, e não é ingênuo como pensa a maioria, mas ainda acredito que é um jogo de cenas!

    Bem não vou me estender, então deve ser isto, o Patrus só não será o próximo presidente se acaso ele não quizer, este é preferência nacional!

    E quanto a Dilma, volto a repetir, não vai colar, porém é só um pressentimento, e não é por que a aceitação do Serra ou do Aécio é melhor recebida, mas a rejeição vai ser o principal oponente dela!

    Bem acreditava que você fazia parte dos votantes!

    Agora em relação ao apoio do Luiz, não sei? Este apoio nos centros diferenciados, cidades mais adiantadas não foi bem recebido, mas você pode estar certo!

    De qualquer forma aí voltamos a estaca zero, meu voto é nulo!

    Abraços Fraternos

    Manoel Ferreira

  219. Bom dia amigos balaieiros!

    Novamente um dia chuvoso, improdutívo, e chato!

    Hoje por curiosidade eu dei uma passada no vídeo postado pelo nosso amigo Sergio Pereira, aí acima que inicialmente se colocou como Brasileiro de verdade às 21:13.
    Logo á seguir recebeu ás calorosas palavras amigas do nosso Enio, e iniciamos um pequeno debate.

    Olha…eu gostei da atitude desse senhor, e também do gosto musical (ouvir vídeo) rsrs
    Obviamente não é uma super-produção, mas dá para entender o recado!

    Eu me pergunto por que todos metem o pau nos pedágios?
    Não quero aqui defender o Serra nem o Kassab, nem outro qualquer.
    Só que olhando o vídeo, fico imaginando como é bom rodar na bandeirantes, ou anhanguera, que costumo usar muito.
    Já tive problemas mecânicos, e fui socorrído em poucos minutos.
    O único problema que vejo, e acho que todos concordam, são os prêços dos pedágios. (um absurdo) que consequentemente encarecem o transporte de cargas e mercadorías, e aumentam a revolta geral!

    Minha sugestão é…não tírem os pedágios, mas baixem os prêços de forma que desestimúlem os que desviam por caminhos mais tortuosos.

    É muito gostoso, e confortável, descer para o litoral com a nova Imigrantes, mas os prêços são um absurdo.

    Só temos que rever isso.

    E quanto ás outras estradas como as do vídeo produzido, e apresentado pelo nosso amigo aí de cima.

    Tem que ser privatizadas sim…O governo não tem competência para gerír mais esse tipo de negócio.

    Com isso muitas vídas não serão mais perdidas de forma tão estúpida, o tempo será mais curto e melhor apreciado, o governo deixará de ter esse peso podendo voltar a atenção para outros assuntos, e o transporte de nossos produtos beneficiado com rapidêz e menos perdas!

    É só uma questão de prêços mais justos nas praças.

    Ficou a aqui o meu recado!

    Abraços

    Robson de Oliveira. nosbornar@ig.com.br

  220. Acabei de ler no US (ultimo segundo) sobre o caso Batístti, e tô vendo que vai dar muito pano pra manga.

    Quanta preocupação…o homem foi condenado á prisão perpétua e não á morte. Quem olha de um ângulo favorável ao governo pode argumentar que o mesmo se preocupa com os direitos desse cidadão…italiano diga-se de passagem, e que como perseguido político, pode ficar aqui numa boa.
    Corremos o sério rísco de rompimento de relações com esse país europeu. Em época de críse ficar passando á mão na cabeça de verdadeiros bandidos não vai ajudar em nada.
    O que Lula espera? Ser reconhecido internacionalmente como o protetor dos direitos humanos? Protetor de refugiados? Ou algo parecido?
    Devemos estar em ótima situação mesmo. Comprando briga com um país de lingua latina, e buscando amizades com o Iran, além de apoios à Chaves, Evo, e baixando as calças para o governo paraguaio.
    Daqui á pouco começarão á vir pra cá todos os marginais que estiverem na europa buscando refúgio.
    E serão acolhidos conforme tenham provado que são perseguidos políticos.
    Ganhamos a simpatía deles, e ficamos em rísco nas relações bílaterais.

    E ainda dízem que aqueles cubanos QUERÍAM voltar para casa.

    Isso é piada!

    Robson

  221. Robson, por incrível que pareça, nessa o Lula entrou de gaiato – o autor da “pérola” é o Ministro da Justiça, Tarso Genro que, por estar com o ego ferido por causa do episódio do Cacciola, achou que essa era a hora de mostrar para a Justiça Italiana “que ele também manda”.

    O cara criou um lamentável episódio jurídico e diplomático apenas por uma questão de ego, de orgulho. Não tem nada a ver com ideologia – Genro é burrinho, mas não a ponto de confundir Battisti com Lamarca. Genro só criou o episódio porque se sentiu afrontado pela Justiça Italiana no caso Cacciola.

    O pior é que deixou pra Lula um sapo enorme, que esse terá que engolir, uma vez que dificilmente irá revogar a decisão de seu Ministro (a menos que ele demita Genro, o que não seria de todo mau…). Genro é medíocre – mas tem poder e tem caráter messiânico e autoritário. Uma combinaçào muito perigosa.

    Todo mundo cai de pau na Marta pela famosa declaração do “relaxa e goza” na época da crise aérea. Mas poucos se lembram do que Genro disse naquele momento – e que foi igualmente desrespeitoso. Eu não me esqueço – eu era um dos “neuróticos” que ficou 36 horas num saguão de aeroporto.

  222. Bom dia Robson! Quanto? e que tempo?

    Faz uns dias que a gente não se fala, e aí meu irmão tudo em paz?

    Prazer enorme !

    Agora o tempo aqui visto da janela do meu quarto estava lindo, frio e chuvoso!

    Porém agora neste Freezer que é o escritório está gelado e horroroso !

    Acho que Deus fica pensando: P…esse velho nunca esta contente?

    Aí eu digo: Fica frio Senhor, porque eu estou!

    Abraços querido, tenha um excelente “frio”,ops!!!…digo Dia!

    Fique com Deus

    Manoel Ferreira!

  223. Estimado Robson, você está certo:

    Robson de Oliveira

    Acabei de ler no US (ultimo segundo) sobre o caso Batístti, e tô vendo que vai dar muito pano pra manga.

    Escrevi por estes dias pro Ricardo a respeito:

    Meu Caro Ricardo :

    Tem um assunto, que está despertando interesse da mídia internacional: O caso do suposto terrorista italiano Cesare Battisti !

    A Recente decisão “soberana” do Luiz, somadas às sua ultimas declarações, me deixaram um pouco confuso em relação ao fato de Luiz ignácio ter invocado a “Soberania Nacional” que ao meu ver passa a ser seletiva!

    Explico: Césare é um bandido comum, um assassino comprovado no seu país, destes que se utiliza destes papos de idealista, terrorista e outros tantos “istas” idiotas só para solicitarem asilo.

    Condenado a prisão perpétua em seu país, o presidente Luiz Ignácio lançou mão da “Soberania” dizendo ser : A decisão do Brasil neste episódio é soberana!

    Até aí morreu neves, Robson, mas o buraco é mais pro lado!

    O que despertou a minha atenção, neste episódio, foi que a instituição “Soberania Nacional” em relação aqueles dois atletas cubanos não foi aplicada com a mesma medida, é verdadeiramente o caso de se dizer: ora bolas: DOIS PESOS ?,,

    Que crime estes garotos cometeram, pelo que entendi pela imprensa cá e lá, os meninsó fugiam da terrível e desumana ditadura dos hermanos Castro, e veja que absurdo Robson, eles foram deportados sob a surrealista alegação de que desejavam ardentemente retornar aos braços de Fidel?

    Você não acha que daria um bom tema de colocação de pontos de vista aqui no balaio, afinal o papo de futebol já rendeu maravilhosamente bem!

    QUE CÊ ACHA?

    E você Robson, o que acha meu amigo?

    Quanto a mim, que Cuba se dane,destruira aquela ilha e submeteram o povo a morte de mínguas!

    Então sou mais a Itália, desde menino era apaixonado por Sofia, que mulherão hein?

    Abraços de novo

    manoel Ferreira

  224. Pois é meu caro Manoel Ferreira!

    Esse é um tema que vai gerar muita polêmica. Deixou as fronteiras da mídia nacional, e saltou para as aberrações na imprensa internacional. Colocou o país na berlinda.

    Temos tanto desrespeito aqui mesmo em nossa casa, e agora vamos ficar com essa de ajudar os outros? E ainda quem? Um bandido condenado.
    O nosso amigo Renato deu uma boa contribuição aí acima! (Bom dia Renato).

    O que ele díz faz sentído. Mas como o Luíz Carlos já mencionou aqui, o Cacciola tinha cidadania italiana, e a Itália não podería extraditar um cidadão.

    Lula realmente tem se cercado de alguns caras muito competentes, mas para contrabalançar tem ainda muitos palhaços com egos ferídos em torno dele.

    Parece que até São Pedro está se manifestando contra a gente!

    Eh aí meu amigo Renato…pelo vísto mais um balaieiro de plantão !

    Abraços meus amigos.

    Ainda tô na área…

    Robson

  225. Quanto à Sophia Loren! Acho que também não sou tanto assim…rsrsrs

    As italianas são belíssimas, tanto que o nome da minha primeira filha é Francyelli…em parte pelo final do nome.

    Tenho vísto muito os seus comentários na minha viagem temporal, só que agora dei um tempo, pois quando assistia ou lía alguma notícia, acabava achando que já tinha acontecido.
    Fiquei meio balão. Mas valeu a pena. Tem muitos textos do Ricardo lá atrás que são verdadeiras pérolas.

    Incluzive eu rí muito da forma como começou á participar aqui.
    ô veínho briguento sô!!!! rsrsrsrs.

    Mas tem hora que fiquei entusiasmadíssimo com a forma que escreve, e despeja suas idéias, e aspirações.

    Me identifiquei muito contigo Manoel.

    Mas no caso da Sophia…bem…a idade dela está meio avançada…é como diría o Ricardo num post anterior láaaa atraz. Só que ao contrário…se eu tivesse 30 kilos á mais, e 30 anos á mais quem sabe kkkkkkkkk

  226. Bom dia, amigos Robson e Manoel,

    Fiquem felizes, pois a Italia mantem sua quase secular tradição de produzir talentosas e belíssimas atrizes. Peço palmas e reverências para a passagem da maravilhosa Monica Bellucci. Dio Santo! Che bella donna!

    Auguri (sorte) aos amigos do Balaio!!

  227. Com certeza Renato…uma mulher e tanto.

    Só estou esperando pra saber qual vai ser o próximo post do Ricardo…será que ainda esta com problemas técnicos no portal?

    Ou devído ao estrondoso sucesso do balaio, alguém conseguiu fazer uma sabotagem?

    Pelo jeito, se demorar muito vai ter que ser um post mix com tantos assuntos á espera de debates.

    Robson

  228. 28/01/2009 – 09:19

    Enviado por: Robson de Oliveira

    ”Acabei de ler no US (ultimo segundo) sobre o caso Batístti, e tô vendo que vai dar muito pano pra manga.”

    Caro Robson.
    Não sei exatamente o dia, mas quando li o noticiário que o Tarso tinha concedido asilo p/ o facinoroso Italiano. Na mesma hora fiz um textinho aqui, no balaio, citando uma máxima milenar de Júlio César; ”A mulher de César, pode até não ser honesta, mas tem que parecer honesta”.
    Tarso, infelizmente, não aprendeu. No dia eu escrevi que; O governo PT, neste episódio, deixou patente que, invertendo o brocado; ”pode ser honesto, mas não parece”.
    Acertei no alvo…

  229. 28/01/2009 – 11:34

    ”Enviado por: Robson de Oliveira”

    E o velho mundo continua nos dando lição de civilidade. Os crimes de homicídio praticados por terroristas – mesmo com motivações ideológicas- são cominados como crimes comuns.
    Já pensou Robson, se aqui fosse um lugar sério como lá; Muitos ÇÁBIOS que hoje recebem fortunas e são aclamados como heróis estariam todos na cadeia.

  230. Bom dia meu grande e admirado Luiz Carlos, que venho conhecendo durante longos debates aqui do balaio no passado, e agora no presente.
    Tens razão! Voce cantou isso lá atrás, eu também acho que já mencionei algo parecido quanto ao prórprio Lula.
    Acho mesmo com o Manoel disse, que se o Ricardo colocar um post sobre isso vai dar muita discussão e debates calorosos.
    Quem sabe se até algum jurísta de lá também não dê alguns “pitacos” por aqui, para ajudar à esclarecer um pouco mais pra gente.
    Com certeza agora os jornais italianos devem estar forrados com as estampas de nossos amigos, Tarso, e Luiz.
    E se bem conheço, (ao menos pelos fatos) o gênio de Berlusconni…vai saír faísca já ja!

    Robson

  231. Para Luíz Carlos as 11:46

    Acho que iría faltar prisões meu caro.

    O que achei lindo na Itália, foi aquela “operação mãos limpas” que enterrou um monte de “çabios” em gaiolinhas muito bonitinhas.

    Quer saber de uma coisa? Eu não sei como esse cara matou aquelas pessoas, se foi em luta, aí até que podería ser inocente.
    Mas pelo jeito ele foi condenado por assassinato.
    Ora…um combatente em geral mata em circunstãncias de luta, agora assassinar alguém já me parece um absurdo, e não tem desculpa não. Se foi condenado por isso, então deixou de ser uma perseguição política, e pronto.

    Que os advogados dele lá resolvam á parada, mas nós aqui?
    pagando pelo pato de tudo isso? Em 1977?

    Nós não temos nada com isso!

    Robson

  232. Caros Robson e Luiz Carlos,
    favor ver o comentário que acabei de publicar no post anterior (Corinthians campeão da Copinha), em resposta a um outro leitor, sobre o caso do pedido de extradição deste cidadão italiano.
    Continuamos com problemas técnicos no portal, o que me impede de atualizar o Balaio.
    Grato pela compreensão,
    Ricardo Kotscho

  233. E o Luiz, o outro, o Greenhalgh, está fazendo pressão em cima do Ministro do STF numa atitude, esta sim, desarrazoada e ofensiva a uma nação democrática e históricamente amiga do Brasil.

  234. 28/01/2009 – 11:58

    Enviado por: Robson de Oliveira

    Para Luíz Carlos as 11:46

    ” Eu não sei como esse cara matou aquelas pessoas, se foi em luta, aí até que podería ser inocente.”

    Segundo o inquérito, ele – SUPOSTAMENTE- teria incendiado um apartamento com os moradores dentro, deixando às vítimas serem incineradas.
    Neste caso, caro Robson, em respeito às nossas leis e ao próprio blog, devo antepor o necessário; SUPOSTAMENTE.

  235. Meus colégas e bons de comentários:
    Manoel Ferreira, Robson Oliveira e Liz Carlos.

    Este caso do fulano da Itália, a repercussão e comentários, por muitos, esta me cheirando muita hipocrisia e demagogos a lá von tê.

    Para pegar no pé do presidente Lula, qualquer coisa serve.

    Quem se importa com a pátria Itália a não ser os italianos? Quem quer ver no seu contexto, a verdadeira razão que levou o ministro brasileiro para a tal atitude?

    Agora estão fazendo uma extensão no caso dos 2 boxiadores cubanos. Uma coisa é uma coisa e outra é outra coisa! Será que na ocasião dos cubanos ouve revolta para não ou devolve-lo ao seus país?

    Tá na moda “meter o pau” no governo! Se não este caso, é pelo que ele falou, é pela crise dos americanos e por quaisquer motivos. Enfim é por que a oposição quer assim!

    Salva Albert Ainsten (?) que criou a lei da relatividade, cada um vê da forma que quer. Mas neste caso, não é um caso físico. E no caso específico, é formação de opinião para agradar os costumes.

  236. Meu grande amigo Simei!

    Bom dia meu caro. Eu acabei de responder o comentario do Ricardo la na copinha.
    Eu disse que ninguém aqui vai ficar metendo o pau (de graça ) no governo, mas até com certa razão.
    Como disse o Ricardo, aínda temos que aguardar a decisão do Supremo ao qual cabe o ponto final da questão.

    É lógico que não dá pra descer o pau no governo FHC nesse momento, e como a bomba está na mão do presidente, ele tem que dar uma resposta á altura para a nação.

    Quanto aos comentários sobre os cubanos, é somente uma analogía, pois eu sei que cada caso é um caso, o que dá uma certa indignação, é a forma como estão conduzindo isso.

    Voce sabe que eu não fico aqui só descendo o cacete em todo mundo do governo, mas pelo pouco que tenho de conhecimento do assunto, não posso me calar.
    Em respeito á voce que muito admiro, ao Enio, e a tantos outros defensores do presidente.
    Tenho certeza de que se esse fato fosse no governo FHC talvez a sua opinião não estivesse envolvida em sentimentos passionais, e estaríamos juntos aqui decendo o sarrafo.

    Antes eu nem ligava para esse fato, mas agora começou á me preocupar por causa dos desdobramentos seríssimos que ele está tomando.
    E como brasileiro, me sinto no direito de também opinar.
    Isso necessariamente incorre em levantar possíveis culpas, e procurar as responsabilidades de quem de fato esta ocasionando tudo.

    Independentemente de partidos, ou indivíduos. Só espero que não façam nenhuma besteira como no caso de Dantas, entre outros.
    Nossa justíça pode ser até tolerada aqui dentro, mas lá fora, mesmo em nome de uma SOBERANÍA os argumentos podem se tornar etéreos.

    um grande abraço Simei.

    Robson de Oliveira

    Ps deem uma olhada no comentário do Ricardo onde ele indicou.

  237. Robson de Oliveira!

    Meu prezado amigo, insisto que ninguém tá nem ai para a pátria dos outros. Esse caso só esta sendo repercutido em face da “política”, é uma questão de conveniência. Hoje a bola da vêz é o Lula.

    Não dirijo a palavra especificamente a você, pois você tem sempre mostrado em suas opiniões os dois lados da moeda. O meu comentário ou minha opinião é num todo.

    Abraços

  238. Não me leve a mal não…

    Mas segundo eu vendo na entrevísta, o próprio Tinoco disse que já escreveu para o presidente, telefonou, pediu ajuda, e até agora não obteve nunhuma resposta.
    O que me deixou profundamente triste, foi ver o esforço dele, o desespero em salvar a esposa.
    Voce viu como está aparentemente cansado?

    Ontem eu conversando com minhas filhas, comentei que não quero chegar aos 80 justamente para não dar trabalho pra elas.
    Contei a história aqui narrada no balaio, e a reação foi de surpresa como todo mundo.
    As vezes o mundo gira tão rápido, que não temos tempo de segurar nas mãos de quem amamos, e que não suportam mais a força da inércia violenta. São então lançados ao espaço, e somente depois disso sentímos a falta que nos fazem.

    Ele (o tinoco) disse que agradece até as palavras de carinho…pode????

    Robson

  239. Robson!

    Talvez, por que os assessores de Lula, os quem recebe as possiveis correnpodências, sejam amantes de musicas clássicas, bossa nova ou mesma samba e não conhece a verdadeira música brasileira que é o sertanejo raíz.

    Cá entre nós: Tá vendo que tubo caminha para a política?

  240. Ah meu amigo!

    .

    Se ele conseguiu esse tipo de acessores, então voce esta me dizendo que deixa eles lá fazendo uma triagem do que é ou não importante? Segundo os seus gostos?
    Com certeza voce está brincando!

    Eu acabei de ler no google uma reportagem sobre o caso do italiano, e está lá…Lula mandou esfriar o caso…não estava escrito que o governo, mas sim Lula… O ministro Celso Amorim tomou ao pé da letra e pronto. Provavelmente não vão nem responder ao governo italiano.

    Ele disse não acreditar que a Italia vá fazer alguma coisa agora…acha que os ânimos estão carregados de emoções, e não acredita em possíveis interferências no relacionamento.
    Só que a opinião pública deles lá com certeza está fazendo pressão.
    Estamos atravessando uma crise séria, o presidente não acreditava na marolinha, agora não acredita nos desdobramentos sérios. Que tipo de acessores estão dando conselhos á ele?

    O mundo inteiro está buscando a união, Obama esta entrando em conversações até com o povo muçulmano, cada ajuda conta agora nesse momento importante nas questões da economia mundial.
    Que eu saiba o Brasil está em boas condições de suportar esse baque, mas não tão boa assim que possa criar entraves mesquinhos, e se arriscar á perder negociações e parcerías com um membro do mercado comum europeu.

    Pelo que entendí, o Battisti já tem o status de asilado político, o que impede a extradição, o governo italiano chama o embaixador, isso de ficar achando não é brincadeira não.
    O italiano tem o sangue quente, é tão ou mais passional do que o brasileiro, e dependendo do final dessa novela agora em fevereiro no STF, corremos um rísco seríssimo de nos envolver em uma questão internacional. Podemos perder até alguns mercados.
    Consequentemente isso “É” uma questão política meu amigo!

    um abraço!

    Robson de Oliveira

  241. 28/01/2009 – 12:23

    Enviado por: Simei de Almeida

    ‘Este caso do fulano da Itália…
    Para pegar no pé do presidente Lula, qualquer coisa serve.”

    Olá, pião. Tudo bem aí? E o Evo, cuidado com ele hem! O Evo, tá que tá, promove plebiscitos todos os dias.
    Mas…Não Simei, não. O caso dos Cubanos foi um sequestro, puro e simples. Foi uma espécie de ”operação condor” com digital e griffi esquerdizada. Negar asilo a um cidadão Cubano é o mesmo que condená-lo às masmorras ou até mesmo à morte. Cuba, vamos repetir à exaustão, é uma ditadura escancarada, sem judiciário, sem legislativo e sem o menor sinal de oposição. Lá, o ditador casa e descasa, manda e desmanda.
    Na Itália não. A Itália quer que um condenado cumpra à pena que lhe foi dada por um judiciário independente. Só isso!

    ”Poupar o culpado é o mesmo que condenar o inocente”

  242. Olha só…

    Fui no santo google e digitei “caso battisti” ´.
    Fiquei assustado com a repercursão sobre esse caso, não só na Itália como em toda a europa.

    Tarso parece comparar Cacciola com Battisti. Um assassino, o outro cometeu crimes financeiros.

    Teve uma rede de tv que fez uma pesquisa lá e cerca de 80% dos telespectadores estão realmente putos com o Brasil. Cobrando providencias sérias do governo.
    Até acusaram a esposa do Presidente Sarkosy da França de ter pedido á Lula para dar asilo á Battisti. Coisa que obviamente o governo Frances negou. Eu também não acredito que a primeira dama francesa a linda Bruni iría se prestar á esse papel.

    O governo italiano está em conversações com outros paises europeus tentando chegar á um acordo.

    Bem…se isso não tem política no meio…

  243. Caros Balaieiros

    Não poderia me furtar de comentar mais esse caso e como não disponho de conhecimentos juridicos gostaria de me ater ao que eu “razamente’ conhço, o político.
    Eu conheco o Ministro Tarso Genro desde os tempos em que com ele militava vo PT de Porto Alegre-RS quando lá eu morei na década de 80. Trata-se de um quadro político de altíssimo relevo bastando se ater à sua passagem pela Prefeitura de Porto Alegre onde por dois mandatos obteve altíssimos e relevantes índices de aprovação.
    Isto não significa que o credencia para ser defendido neste caso, que ao meu ver causa sim graves embaraços ao Governo Lula, desnecessários sem dúvuda, mas Há a[i um adendo que ao MEU ver tem que ser ressaltado e não se trata absolutamente de disputa politica-ideologica com o Governo da Itália ( Berlusconi é um “Roberto Marinho” italiano com o agravante de ser um “mafioso” de direita ). O caso Cacciola não tem nada a ver com o Battisti, o Cacciola tem cidadania italiana como a tem milhares de brasileiros “tatatatareno” de qualquer cidadão que um dia “visitou” Roma, é muito fácil ser italiano. Portanto no caso eu concordo, a Itália acertou em proteger o seu cidadão.O Battisti, embora eu não tenha nenhum conhecimento profundo da sentença italiana, pode ser assassino sim, me parece um “militante” d esquerda, mas se permanecesse na Itália estaria na prisão perpétua de Berlusconi.
    Onde reside o problema ao meu ver?
    No nosso STF, que de uns tempos pra cá se “arvorou” em querer “mandar” no país Já pensa em “mandar” no Congresso e agora quer também “mandar” no executivo. Tem um “presidente” o Gilmar Mendes “soltador de bacana” que “se acha” !!! veja que sobre este caso o STF manifestou opinião pelo arquivamento e só o Gilmar foi contra, até o procurador gera, se manifestou em arquivar o processo de estradição mas aquele”juizinho” nomeado pelos tucanos e que jamais prestou ‘um” concurso público na vida, vem de novo na contramão tentendo “mandar”.
    O Tarso nesse disputa com o STF, tentou se antecipar ao presumível Gilmar e ao meu ver acertou o alvo errado e nos deixou mal. Mal, mas nem tento porque querem saber? O máximo que poderia acontecer em termos de retaliação italiana seria mesmo o cancelamento daquela partida de futebol entre os dois países em Londres, que até isso não passou de bravata do “ministrinho” italiano, podem esperar, isso não vai dar em nada, mesmo que aqueles “seis” manifestantes de partidos de extrema direita italiano permaneçam em frente da nossa embaixada na Italia berrando feito cabritos pelo resto da vida.

    Repito, ao MEU ver o Tarso atirou no “urubu” e acertou num “vespeiro

    É o que EU penso.

  244. Estimado Simei, e demais que compactuam com a Dilma!

    Bem, me deixa ver, por onde começar ?

    Vejam: Se vocês observarem as características de todas as mulheres de grande representatividade que se destacaram e se sacrificaram na história da humanidade, certamente irão notar uma característica peculiar entre elas, Irmã Dulce, Joana D’arc, Madre Tereza,Indira Ghandi, Golda Méier, enfim tantas que jamais recordaria de imediato seus nomes, então vou parando por aqui!

    Façam uma retrospectiva e descubra o que estes ícones do universo feminino tinham em comum ?

    Não descobriram?

    Ótimo, eu explico:

    Estas valorosas mulheres, sempre atuaram sozinhas, nunca em grupos, partidos equipes ou bandos, sei lá, chamem do que quiserem, mas estas mulheres trabalharam em prol da humanidade sozinhas, e quando no fim de suas jornadas morreram sozinhas, veja só dois exemplos aqui no Brasil:

    Simei Dona Carmen, que ser iluminado!

    Um dia sem ter mais a quem recorrer, precisei dela um dia, e você não imagina que brilho havia em seu olhar, que criatura impar, boa, digna honrada, que era a Dona Carmem Prudente!

    As minhas palavras seriam tolas e vãs para qualificar aquela mulher, então crie coragem e me aproximei dela temeroso pela vida de minha mãe, e com os olhos marejados de agonia, incertezas e sem um tostão no bolso!

    De repente um abraço, um sorriso e algumas palavras de ternura e encorajadoras, palavras que jamais irei esquecer em minha vida, saí de lá o mais rico dos homens!

    Outra que não conheci, mas acompanhei a sua obra: esta Santa se uma mulher nascida de mulher, pode ser santa, Irmã Dulce o foi!

    Esqueçam o que penso ou deixo de pensar da Dilma, não vem ao caso, e agora reflitam nesta mulheres e digam para vocês mesmos:

    A Dilma é igual ?

    Se acaso vocês forem pensar nos homens, estes sim sempre estão rodeados de amigos, e desde a antiguidade estão acostumados a agirem em grupos, estão sempre rodeados de bajuladores, adoram que falem bem deles, e na sua maioria vivem uma vida de mentiras, acreditam que são realmente importantes quando lhes é concedido um cargo, ou um status, ou ainda outra destas bobagens que de nada servem, a não ser para combustível da vaidade para alguns políticos estúpidos e mentecaptos como os de hoje, raríssimas exceções!

    Alguns porém se destacam pela simplicidade e honra, são tão éticos que a própria ética fica um conceito fora de questão diante deles, por exemplo: Jesus, Ghandi, Roosevelt, Lincoln, e outros onde incluo o Patrus entendem? Vejam bem Patrus não é Jesus, nem Lincoln e etc.., só é um bom homem!

    E este é o meu último comentário a seu respeito, caso contrário vão me chamar doravante de petista e cabo eleitoral! To fora!

    Simei, entenda, a Dilma, pode ser a melhor pessoa do mundo para vocês, mas eu vivi muito, e sei quem ela foi, e não dá Simei! sinto muito, mas não dá! Ela ao contrário do Patrus me lembra o que existi de pior no PT, e assim como eu muitos outros ainda mantém quente certos nomes na memória, e para piorar, observe o semblante da Dilma, não é o rosto de uma boa pessoa, não estou falando de beleza fisica, e não tem correção cirúrgica que mude o semblante de um ser!

    É inerente! Personalidade e caráter são coisas distintas, e formação moral e intelectual apenas fazem parte do contexto!

    “”Repito: Ela pode ser a melhor pessoa do mundo”””Mas não vai dar não!

    Abraços Fraternos

    Manoel Ferreira

  245. Enio, entendo você defender o passado do Genro. Entretanto, o que se está criticando é exatamente o presente dele – uma decisão completamente equivocada e que ele mesmo, num ato falho, acabou por comparar ao caso Cacciola.

    Curioso, não? Genro tenta mostrar que são casos semelhantes. Não são e o que os diferencia é justamente a questão de fundo – o motivo que os impede de serem extraditados.

    No caso de Cacciola, trata-se da decorrência de um direito natural – a cidadania italiana, que não lhe foi concedida. É sua, por direito de nascença. Cacciola nasceu na Itália. Já a condição de Battisti não é um direito natural, mas um status outorgado pelo Ministro da Justiça, aos 43 do segundo tempo, no momento em que o STF começaria a julgar o pedido de extradição italiano.

    Por que Tarso Genro levou quase 2 anos para conceder a Battisti o status de refugiado? Curioso que Genro não precisou do mesmo tempo de estudo em relaçào ao caso dos boxeadores cubanos. Genro teria se tornado mais cuidadoso de uns tempos pra cá? Ou teria demorado para perceber que a forma de realizar sua vendetta pessoal contra a Italia era justamente Battisti? Fico com a 2a opção, bem mais plausível, dentro da personalidade do Ministro e muito em função do ato falho na comparação com o caso Cacciola.

    Imagino que o próximo passo de Genro em relação a Battisti será oferecer-lhe uma gorda indenização pelo tempo que ficou preso “injustamente” na PF. Enfim, se o Ministro está tão seguro de sua decisão, este deverá ser o próximo passo.

  246. Manoel, meu queridissimo…referente ao seu comentário:15:52

    Analisei o seu texto:
    Vamos substituir o substantivo mulheres por seres humanos no seu texto, ok ?

    Sim, Madre Tereza, Golda Meir, Indira Gandhi, Irmã Dulce, são desses seres humanos marcantes, inesquecíveis, símbolos para humanidade. São seres assim que nos fazem lembrar o porquê de estarmos aqui – para mudar o mundo para melhor. E como elas existem outros igualmente inesquecíveis seres humanos como Dr. Martin Luther King, Gandhi, Chico Mendes e uma lista infinita, mas vou me limitar a estes por falta de tempo.

    Na história da política brasileira desconheço de algum presidente que se destaque como ícone da paz para a humanidade.
    Desconheço.
    Não estou dizendo que não exista, até porque só o tempo determina isso. Existem inúmeros líderes non governamentais e/ou religiosos de grande destaque, pessoas muito capazes na classe do empresariado que podem ocupar um cargo executivo.
    ( Não estou falando de esquerda ou direita não acredito que exista isso, ou pelo menos não da forma que havia antes da queda do muro)

    Então meu queridissimo acho que a Dilma (desconheço o trabalho dela, não moro no Brasil a mais de seis anos) como qualquer outro ser humano pode ser candidata a um cargo executivo, ela não necessita ser um ícone da paz, porque até então nenhum ser humano do sexo masculino eleito presidente no Brasil até a presente data foi considerado ícone da paz, canonizado e etc.

    Ela precisa ser competente (como já disse, desconheço o trabalho da Dilma) ética e ter disposição para trabalhar.

    Se a sua crítica tem foco em relação ao trabalho dela, tudo bem, do contrário…mmmmm

    Da mulher sempre é exigido o dobro se comparado ao homem. A mulher tem de ser santa, pra ser boazinha, beirando o razoável…

    Desculpe, meu querido..mas acho que o seu texto foi um pouco sexista.

  247. Meu Bom Manoel Ferreira

    De novo me dirijo a voce para discordar. Voce parece confundir eleições políticas com eleições para “santo”. Saiba que para se eleger um “santo” o processo canônico é longo e penoso, vide os nossos Frei Galvão que só agora foi eleito e José de Anchieta que ainda aguarda na fila. Quanto às mulheres lembradas vale dizer que Joana Dárc, Golda Meir e mesmo Indira Gandhi, eram belicistas pois comandavam exercitos que matavam sem piedade nas guerras, portanto jamais combareram sozinhas como voce tenta fazer entender. No campo político, aqui no Brasil só teve um, caso não erre, que se lançou sem “partidos” na disputa elitoral neste país, Fernando Collor que não parece ter colhido bons resultados.
    Aí nós temos duas questões para serem resolvidos, ou o teu problema é hojeriza às mulheres fortes e não submissas, aquelas em quem se manda e elas obedecem ou então trata-se de não gostar de Dilma por questões ideológicas e aí temos que lembrar do “acontecido” no Senado Federal há poucos meses atras qwuando o Senador Agripino Maia “tomou uma na testa” que além de o deixar “de quatro” fez com que a tal da oposição e sua mídia atrelada, retirasse o “coronézinho” imediatamente de circulação, o sujeito sumiu !!!
    Esse “teste” da oposição para intimidar a provável candidata Dilma à presidencia da república não colou, não deu certo e não dará , será “tiro no proprio rabo” dos que tentarem atingi-la pelo seu passado de mlitancia.
    Perca só uns minutinhos do teu tempo e reveja o vídeo da resposta da Ministra Dilma ao “arenista” Agripino e observe que esse tipo de “discursinho” nunca vai trazer votos para os adversários, a mulher é forte, sincera, verdadeira e corajosa como poucos homens que eu já vi por aqui.(ou por aí)

    um ABRAÇO

  248. Estimado Robson, agora é que li o seu texto!

    Muito bom ! Robson, e quando me lembro da Sophia, Ah! meu amigo, aquilo era que era mulher, com todo o respeito ao Ataulfo, que pedaço de pequena que beleza de morena, aliás, vou te contar uma:

    Uma vez eu fui com a minha morena assistir a Sophia contracenando com o Marcelo num filme que por caus dessa bos…..de começo de velhice me foge o nome da lembrança, tinha alguma coisa a ver com girassol, e ali ela esbanjava beleza, e olhe que naquele tempo só existia o baton, mas nem disso ela precisava, que maravilha de mulher!

    Cara a gente voltava do Cine Joá ou Villa Rica ou Jurucê e a morena não tinha dúvidas vinha com um baita de um bicão, aí eu já meio político e meio padre dizia a ela que o Marcelo também era, ao que ela concordava prontamente, mas quando dizia pras amigas : Então o Marcelo Mastroianni é tão bonito que até aquele rabugento ali (Eu) no canto acha, ao que eu negava balançando a cabeça de bate -pronto, e se ela insistisse eu dizia que era invençaõ da cabeça dela!

    Naquele tempo pegava muito mal sabe? Hoje tá tudo meio confuso, e me lembra o comercial do Denorex, essa é velha mais cola: Denorex aquele que parece mais não é !

    Pode perguntar pro Ricardo, ele usava quando tinha cabelo.
    Tinha outros Gumex, Brilhantina, Cito , Pox e Parquetina,

    A praça tinha o Mané, O Arrelia ainda era uma promessa, O outro Mané já tava com a morena do samba, o Randal Juliano vestia o primeiro terno para entregar o Roquete Pinto, O Kalil Filho apresentava o reporter Esso, Tinha o Almoço com as estrelas do Airton, O muleque beto-curió ( Riva) batia uma bolinha lá no Banespa, O Fiore lá na Band, gritava a todos os pulmões a””Abren-se as cortinas e coméça o espetáculo”” O Simonal dava 8 shows por semana, A Martinha era a garota papo firme, O Roberto tava em Ritmo de aventura, Ah! como era bão isso aqui! E O Petróleo já era nosso, e Deus já tinha se naturalizado!

    Mas e as nossas mulheres? Há sim nós tinhamos a Carmem, a Martha Rocha, A elisete, a Bibi, A Marlçene, Emilinha, dalva, Elis, esse era o país do talento, aliás ainda o é! e vai embora………..fui com o meu trem da saudade!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Abraços Fraternos

    Manoel Ferreira

  249. Caro Renato

    Se voce leu o meu comentario verificará que em nenhum momento eu defendi que o Tarso acertou, acho que errou o alvo.
    Mas vou reafirmar, isso não vai dar em nada, primeiro porque o Brasil não poderá mais voltar atrás, por quest/oes constitucionais, a Italia não poderá interferir aqui e também pelo que ouvi, não existe motivo que sustente apelações à cortes internacionais.
    A questão só poderá ser alterada politicamente, se os dois Presidentes do Brasil e da Italia se acertarem e isso a constiuição no Brasil, permite.
    Duvido que o Kaká sofra retaliações na Itália ou que deixemos de assistir a Sophia Lorem por isso.
    Nesse cas oa pizza já está servida e será deglutida sem nenhum dano.

  250. “Notícias que certamente leremos”: Osama Bin Laden recebe status de exilado político e cargo comissionado no Brasil, assim como os presos de Guantánamo, após iniciativa do governo brasileiro, aceita pelos EUA”.

  251. Estimada Andrea, permita-me chamá-la de Estimada, por ser um atrevimento de minha parte dirigir-me assim pela primeira vez a você, sem conhecê-la!

    Gostei ! Gostei de verdade, e só peço desculpas por nem saber o que é sexista, ao que espero que não seja nada obsceno para um homem na minha idade!!

    Sabe Andrea, durante muitos anos em minha vida tive que decidir e optar por pessoas, selecionar para inclusão ou para demissão e em duas grandes emprêsas!

    Aprendi com o tempo Andrea, que após a sua escolha e aceitação de um ser no seu convívio, oiu no quadro de colaboradores de sua emprêsa, fica um pouco difícil ter que fazer escolhas num futuro para eliminá-lo em tempos difíceis!

    Você lê um curriculo, e analisa os diplomas, cursos complementares, experiência anterior, sua qualificação, aplica aquele monte de teste idiota de pauzinhos, e figuras, o P.I, e outros testes de psicologia, e outros relativos ao cargo em questão, mas como nasci assim com este defeito Andrea, nada disto para mim importava, eu gostava mesmo e ainda gosto é de olhar no olho, pois o resto:
    Os papeis, a fala, a postura os sapatos novos e desconfortáveis só para ir a entrevista, tudoo que o candidato te vendeu naquele momento não são da pessoa que habita aquele ser, e sim daquele que ele idealisa como sendo bom para conseguir a vaga!

    Então vou responder de outra forma: Eu olho pra Dilma e não dá!

    Respeito o que o Enio falou também, mas não dá!

    Boa a lembrança daquele idiota do Agripino, é por isto que digo: O PT não tem oposição !

    Mas neste mesmo planeta em que habitamos Andrea, existem alguns seres diferenciados, são pessoa de exímio valor e capacidade inquestionável, seres que nem precisam falar , é só bater o olho e você sabe: O Patrus é assim, é só isto e nada mais querida!

    Abraços Fraternos

    Manoel Ferreira

  252. Meus amigos Balaieiros!

    Sabem qual a coisa que preso nesta vida? Minha família! Minha esposa, meu filho e minha filha.

    Quaisquer que recursos que ganho, (digo: ganhar trabalhando) sãp aplicados para que eles tenham uma melhor qualidade de vida. Exemplos: assisto televisão num receptor de duas cores, preto e branco, meu fogão é de 4 bocas, meu carro é um “póis é” e bebo água da talha. Tudo isso, comprei dentro de minhas dificuldades, mas comprei de coração. Fiz o melhor que pude.

    Na casa do visinho tem tv de LCD, o fogão é 6 bocas o carro deles é 2009 completo com som CD, tem até aquela coisa que estufa no volante se o carro bater.

    Meu filho não vai chegar a mim dizendo que na casa do vizinho tem tudo isso! Porque ele tem senso crítico para sabe que tudo que temos foi comprado com muita dificuldade para melhor agrada-los.

    Meus prediletos amigos, sei que vocês entenderam o que quis dizer.

    O Brasil navega em águas turbulentes, mas vai navegando. Não da só para valorizar os outros países enquanto temos uma pátria, uma economia capengando face ser uma crise mundial, mas temos direção, temos nós que somos Brasil.

    Saudações de um PTista que não concorda com os possiveis desmandos, mas sou brasileiro acima de tudo.

  253. Olá meus amigos. Depois de passar na prefeitura e pagar os meus impostos, volto aqui em dia com o município, e vejo todo esse calor humano desfraldando suas idéias frente ás telas minúsculas de um computador. (nossa…eu escrevi isso? rsr)

    Meu querido Enio. Gostei da hombridade (no bom sentido) da Dilma, ao relatar o que passou com ela. Eu respeito boms lutadores, e pessoas corajosas. Dificilmente eu conseguiría tal proeza, mas depende muito de como se enfrenta a situação.
    Ela se mostrou corajosa, e enfática em seus argumentos, mas nesse caso, (que passa por eleições, e discussões sobre o tema) normalmente procuro me distanciar. Até porque não quero convencer á ninguém sobre em quem votar. Estamos em uma quase-democracía, e portanto prefíro abster-me desses desgastantes debates.
    Quanto á atitude do governo…bem! Como voce disse o Tarso atirou em urubu, e acertou no vespeiro. Esse por sua vez caiu no cólo do presidente…que sorriu, e se sentiu desconfortável.
    Não estou aqui para justificar o primeiro ministro Berlusnonni, por compactuar com voce ás mesmas idéias sobre a pessoa dele.
    Mas também não estou muito otimísta na questão dos revídes diplomáticos desagradáveis que podem se originar dessa questão.
    Posso (e espero) de coração mesmo. Estar errado.
    Mas a situação mundial está criando um fenômeno que levou a humanidade em momentos assim, até a conflitos com desdobramentos mundialmente conhecidos.
    As populações mais atingidas, como no caso á italiana, buscam algo para se apoiar em cobranças. Além das medídas que cabem a cada governo tomar para se proteger dos nefastos acontecimentos financeiros globais, ainda tem de dar “respostas” à essa população.
    Em tempos normais, eu concordo que havería bate boca…quebra paus, e no final o povo brasileiro gritaría orgulhoso junto á seu presidente “O Battisti é nosso”
    Mas hoje temos que rever isso com mais cuidado; O momento é delicado, e basta uma faísca, uma pequena fagulha e pronto.
    Os israelenses sempre levaram foguetinhos na cabeça, mas agora diante do nervosísmo da crise quase tiraram algumas cidades da faixa de gasa do mapa. Até o próprio hamas se assustou com a ofensiva desproporcional.
    Voce pode todo dia chingar o teu vizinho corinthiano, e levar um aceno erótico como resposta. Um belo dia esse aceno se transforma em 12 tiros 9mm, 5 tiros 38, e quatorze facadas.

  254. Caro Robson

    Com todo respeito à Italia, pois dela sou descendente, fico aqui imaginando o seu “exército de Brancaleone” tentando nos intimidar.
    Reataliações econômicas en tempos de crise e no atual estágio da economia brasileira? Francamente….!!!!
    Só se por causa do tal Battisti, eu não puder mais comprar “outra” Ferrari aí sim eu ficaria muito “puto”.

  255. Manoel Ferreira:

    Meu prezado AMIGO, com maiúsculo!

    Vou ser breve: As tantas pessoas femininas que você sitou, quais exerceram função no executivo? Estamos falando de exercer a função de ser presidente do Brasil!
    Pergunto: Como começaram as homenageadas senhoras que você citou? Já começaram dando as ordens ou ouve um apredendizado?

    Penso eu que possam estar fazendo sub-julgamento da pessoa, ou de quem ainda não teve oportunidade de mostrar serviço, e demonstra ter capacidade para tal função.

    Continuo aqui, Abraços.

  256. Andrea, você me parece durona e objetiva, e eu gosto de ver isso nas mulheres!

    Vou te contar uma historia que só comentei até agora com uma pessoa, mas veio a calhar!

    Sempre, desde menino eu ouço falar da luz branca.

    Qual luz branca ?

    Aquela que as pessoas vêem quando estão em um centro cirúrgico e tem uma parada cardíaca!

    Parou?

    Sim parou !

    Bem então morreu?

    Sim, momentâneamente aquela criatura está clinicamente morta!

    No entanto Andrea, alguns médicos, agilmente conseguem ressuscitar aquele corpo já sem vida, ou sem o fôlego da vida, o qual foi soprado por Deus em nossas narinas!

    QUANDO ISTO ACONTECE ANDREA, ALGUMAS POUQÍSSIMAS PESSOAS SE LEMBRAM DA LUZ, A LUZ DA PASAGEM !

    Quanto a mim eu penso que a morte é o fim de todas as coisas, então morreu acabou e nada mais!

    Mas e você, no que acredita?

    No final deste ano meu bem, passamos por uma situação muito longa e angustiante que jamais daria aqui para te falar sobre os seus mais variados aspectos e no que mudou em nossas vidas !

    Minha filha mais velha no quinto ou sexto dia de internação , após acumular entre outras doenças e uma septsemia, teve uma parada cardio respiratória por alguns eternos segundos, exatamente no horário em que eu orava com meus netos e o meu filho do meio que veio de São Paulo por preocupação com a irmã, ou seja por volta das treis horas da manhã, ficamos dias a fio sem dormir nos revesando, no seu cuidado!

    Não sei Andrea, pois não perguntei a ninguém o quanto tempo ela ficou “Morta”, qualquer suposição de minha parte seria mera divagação.

    No dia seguinte, o médico de plantão nos chamou e disse que nada mais havia a ser feito, e que em uma escala de um a dez para morrer definitivamente ela encontrava-se em grau oito!

    Olhei para aquele rapaz e disse : Doutor, eu agradeço pelos seus esforços, mas o senhor verá o poder de nosso Deus e a força de vontade de minha minina!

    Que noite Andrea, este sábado teve mais de 80 horas, foi um dos dias mais longos de nossas vidas, mas?

    Resumindo, na outra manhã, quando nos dirigimos a UTI, encontramos minha filha sentada e se alimentando, e o seu sorriso confirmou tudo o que eu havia dito àquele médico!

    Andrea, este é o grande Deus e nessa minha filha eu votaria para presidente, ela possui dentro de sí duas coisas fundamentais, Grandeza de caráter e força de vontade!

    Outra coisa e isto é fundamental para você me entender e para que todos não me peçam para aceitar a Dilma?

    Naquela manhã eu acreditei na luz, ela Existe Andrea e sabe porque ?

    Simples porque um ser amado em quem eu acredito foi quem me falou!

    Porque eu te contei isso?

    para que você reflita na sua vida Andea você verá que ela vale a pena de ser vivida, e acredite meu anjo, eu admiro todas as mulheres porque em toda a minha vida eu sempre estive rodeado pelas melhores!

    Minha filha viu a luz, e se ela viu eu acredito! E Só !

    A palavra da minha filha me basta !

    A da Dilma Não!

    É só

    Alguns não precisam dizer nada para convencer, ouros perdem tempo dias a fio comigo, para nada!

    Tem um amigo que por aqueles dias para o qual eu contei pelo que estávamos pasando, ele sabe!

    Quer votar em uma mulher?

    Pena que minhas filas jamais aceitariam, e minha mãe e minha avó, também não, nem a minha morena caso ainda estivesse por aqui, mas te asseguro fui o mais sortudo de todos os homens nesta terra Andrea, pois me permitiu o Criador de ter ao meu lado as melhores mulheres que já conheci!

    Como é o termo Sexista?

    Fique com Deus meu anjo!

    Continue assim e seja sempre uma grande mulher, mas nunca perca a bondade e a sabedoria de vista, estas sempre te serão as melhores companheiras!

    Abraços Fraternos

    manoel ferreira

  257. Meu caro e bom Simei

    O nosso querido “Maézinho” e “Veínho” Ferreira se enfiou numa encalacreda naquele texto dele das 15h.52 que eu duvido que consiga se safar se não for por ficar nessa se “bati o olho enão gostei” como se isso valesse na hora de votar para o bem ou para o mal do país. O que vale é projeto e não “cara feia” ou “bonitinha”, senão eu também poderia dizer que não gosto de “vampiros”, o que eu não gosto é exatamente dos projetos deles, que infernizaram o povo brasileiro por oito anos no governo FHC.

  258. Simei: Sabe qual é a coisa que eu mais gosto em você?

    Você é um cara família, dá um beijo na princeza, um abraço no sonrinho, na patroa e um bração procê caboclo!

    Fica com deus que eu já tô indo!

    Enio, você é o cara! Mas não tem jeito, vota na Dilma paciência, mas se fosse voces ia convencer aquele caboclo que eu falei!

    Boa Noite negão, fica com Deus, e dá um abraço pros amigos do altas horas, o Luiz ,…………………..o Everaldo, o ……….Mauricio………………………………………………………………………………………………………………………………………………

    Amanhã a gente se pega de novo! Agora vc é maioria a minina Andrea, vale por deis!

    Robson, fica com deus e me ajuda aí, não deixa eles descerem muito o malho no veínho!

    Mauricio, por favôr, aliás Dr. Maurico, processa todo mundo que me sacanear a noite! e manda a conta pro Ricardo!

    Andrea, obrigado pelo meu queridiiiiiiiiiiiiiiiiiiissimo ! e fica com Deus minina, abraços procê aí onde você estiver, fica na paz!

    Ricardo, sem beijos tá !

    Hoje eu já enchi o saco de todo mundo, fuiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!

    Querida Dilma, olha nada pessoal viu? Eu sou um mala!

    Abraços fraternos a todos

    Manoel Ferreira

  259. Obrigada Manoel, pelos adjetivos e que bom que a história da sua filhota terminou com um final feliz !!!
    Ah, meu querido, não esquente a cabeça, não se apoquente,está tudo bem por aqui. Estamos todos numa mesa redonda, conversando e ouvindo “aquele” disco do Chico que eu tinha mas emprestei e não me devolveram.

    Como eu te disse, desconheço a Dilma e acho que você tem o direito de votar e de gostar de quem você achar que deve, por razões que só dizem respeito a você. É que no teu texto eu tive a impressão de que o seu problema com a Dilma era pelo fato de que ela não estava no “quilate” de uma Madre Tereza.
    O que me fez pensar : “mas qual o presidente brasileiro que esteve no nível de Madre Tereza”. = Nenhum. Por isso pensei, o brasileiro vai exigir “perfeição” e santidade da Dilma só porque ela é mulher.- e isso seria sexista.

    Cada um acaba falando tendo por base as suas experiências e história de vida…
    Te desejo muitas felicidades !!!

    Com afeto,
    Andrea

  260. Nossa, pelo vísto acho que o problema técnico continua.
    Tudo bem Manoel Ferreira, quem tería coragem de meter o pau no velhinho?
    Voce é uma figura aqui. Das mais querídas.

    Eh aí meu amigo Simei…estás bravo comigo?
    Desculpe o jeito com que teclei…eu me empolgo com esses assuntos, e as vezes as vírgulas saem do lugar…

  261. Para o Tarso. Um recado da antiguidade;

    ”BONIS NOCET QUI MALES PARCET)
    (quem poupa os maus,prejudica os inocentes).

    Na esperança que um dia V.Exª aprenda…

  262. Robson Oliveira!

    Magina só, eu bravo! Ocê goza do melhor conceito possivel para comigo. Essa coisa da política é estimulante, principalmente por pessoas iguais a você que faz com muita educação.

    Meu amigo, mas quando parte para discriminação que não é o seu caso, ai o bicho pega! Só o moderador para resolver.

    Abraços

  263. “Isso integra a minha biografia da qual eu tenho orgulho. Me orgulho de ter mentido, mentir na tortura não é fácil. Diante da tortura, quem tem dignidade fala mentira. Agüentar tortura é dificílimo. Todos nos somos muito frágeis, somos humanos, temos dor, a sedução, a tentação de falar o que ocorreu. A dor é insuportável o senhor não imagina o quanto. Me orgulho de ter mentido porque salvei companheiros da mesma tortura e da morte – afirmou a ministra”

    Eu não acredito que ela tenha resistido a tortura e “mentido” como ela afirma. só quem não sabe o que é um “pau de arara” aliado ao “choque elétrico” pode acreditar que algum ser humano normal aquente a dor física e a pressão psicológica a que é submetida a pessoa nestas condições.Uma certa ocasião conversando com um policial civil de uma dessas delegacias em que se usa até hoje em pleno século XXI a tortura com meio de arrancar a confissão, ele muito sarcasticamente me revelou que o sujeito “pendurado no pau de arara” conta o que fez e até o que não fez e acrescentou: ” até Jesus Cristo se caisse aqui iria contar algum pecadinho”

  264. Luiz Carlos!

    Quando você tava no trecho comendo no bandeijão, você era filósofo assim! Bonitas palavras, fiquei impressionado!

    Você chegou agora, mas o debate ai de cima você ainda pode meter bala.

    Postei lá uma brincadeira sobre futebol. Comente!

  265. Ah muito obrigado meu amigo…

    Agora vou dormir mais tranquilo. Eu prezo muito voces…. TODOS voces. É que as vezes eu cometo o pecado da empolgação…coisa de meninão de 46 anos…
    Olha eu mandei um videosinho muito fuleiro, quando minha caçula fez aninhos á um ano atras.

    foi minha primeira experiência com essa coisa de vídeos.

    Eu estou numa foto com minhas crias que incluem (apesar de nunca ter revelado antes) um rapaz lindooooo que agora tem 23.

    Nunca falei dele antes pois não mora comigo, mora com a mãe dele em Campo Grande Ms.
    Mas eu o amo do mesmo jeito.

    Eu costumo dizer que o mundo é das mulheres, e não nego, mas cá entre nós…tinha que contribuir com a macheza não é?

    Olhem só que garotão!

    Um grande abraço…e mais uma vez não reparem nas parafernálias…eu ainda estou aprendendo…

    Inté amanha intão!!!!!

    Robson de Oliveira

  266. Caro Maurício-Barretos

    Não entendo o teu comentário, pelo que deu a entender, a mulher não é mentirosa? então ela é muito verdadeira.
    Pô cara, voce acaba de reforçar ainda mais a minha convicção pela Dilma, confesso que ainda estava em duvida por aguardar a decisão oficial do partido, mas agora eu vou fazer como o Serra e vou começar a campanha agora mesmo !!!

    VIVA DILMA !!!! 2010 JÁ CHEGOU !!!!
    VAMOS TER TUCANO ASSADO E EM FATIAS !!!!

  267. O Simei nem acreditou quando eu disse que a ministra Dilma é uma boa opção para suceder o presidente Lula. Até me belisquei, disse ele. Mas foi isso mesmo que escrevi. A ministra Dilma foi, sem dúvida, uma esquerdista utópica, que mais soube trabalhar o choque da realidade. Em menos de um semestre, ela já havia se adaptado com a mecânica da administração. Do mundo real e das entranhas do poder e de governar com aliados que há bem pouco tempo eram considerados inimigos. Empresários, empreendedores, investidores e todos os ”capitalistas retrógrados” vêem na Ministra, uma pessoa responsável e – pasmem- avessa a planos mirabolantes e ortodoxias dinossáuricas.

    Tenho dito…

  268. Amigo Enio, compreendi 100% o teu ponto.
    E concordo com sua previsão – fora o diz que diz, nada de mais concreto vai sair dessa confusão.

    Só acho que esse episódio (assim como alguns outros em um passado recente) ilustra muita coisa a respeito da personalidade de Genro. Coloco como comparação Thomaz Bastos, a quem também faço muitas restrições, mas que parecia ter uma noção um pouco melhor dos limites a que pode chegar um Ministro da Justiça. Parece que os limites de Genro são um pouco mais elásticos.

  269. Caro Enio…19h15

    querido…

    Se ela conseguiu mentir ( enganar os torturadores) pendurada no “pau de arara”…levando choques elétricos nas “partes”…entre outras “cositas mas”
    Então ela é a mulher maravilha…e se consegue mentir até nessas circunstâncias até (sob tortura)…Imagine do que é capaz sem ameaça alguma…

    Alguns PTistas tem uma visão muito novelesca, muito românceada… a teoria na pratica é outra … É a vida como ela é…

    Ah! eu não morreria por nada que acredito…Vai que eu esteja enganado né…

    Abrs.

  270. Do Zé Dirceu.
    Voando na maioneze e pisando no tomate;
    ”Na reação ao governo brasileiro por ter concedido asilo político ao escritor italiano Cesare Battisti, toda operação feita pelo governo do 1º ministro da Itália, Sílvio Berlusconi, é típica de seu caráter reacionário e direitista, além de autoritário.”

    Ao escritor? O escritor Zé?
    Ah…O Chefe de Estado Italiano, que é o Presidente da República, e não o premiê Berlusconi, que é chefe de governo, Giorgi Napolitano é comunista e adversário do Berlusconi e, é ele o mais ardoroso defensor da extradição do…Do. Do escritor do Zé.

  271. Querido Manoel Ferreira…18h13

    “Mauricio, por favôr, aliás Dr. Maurico, processa todo mundo que me sacanear a noite! e manda a conta pro Ricardo!”

    Sem essa de Dr. meu amigo…

    Mas… fica tranquilo que não deixo ninguem dizer mal dos meus amigos…tá certo…vamos processar todos…e mandar prender alguns…depois a gente solta…Isso se o SINISTRO Gilmar Dantas não tomar a nossa frente e liberar todo mundo…
    rsrsrsr.

    Um forte abraço…Boa Noite!…que Deus o abençoe e aos teus.

  272. Amigos.

    “Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos.
    Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles.
    A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor, eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos,enquanto o amor tem intrínseco o ciúme, que não admite a rivalidade.
    E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!

    Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências …
    A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem.
    Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida.

    Mas, porque não os procuro com assiduidade, não posso lhes dizer o quanto gosto deles.
    Eles não iriam acreditar.
    Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabem que estão incluídos na sagrada relação de meus amigos.,

    Mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adoro, embora não declare e não os procure.
    E às vezes, quando os procuro, noto que eles não tem noção de como me são necessários, de como são indispensáveis ao meu equilíbrio vital, porque eles fazem parte do mundo que eu, tremulamente, construí e se tornaram alicerces do meu encanto pela vida.
    Se um deles morrer, eu ficarei torto para um lado.
    Se todos eles morrerem, eu desabo!
    Por isso é que, sem que eles saibam, eu rezo pela vida deles.
    E me envergonho, porque essa minha prece é, em síntese, dirigida ao meu bem estar.
    Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo.
    Por vezes, mergulho em pensamentos sobre alguns deles.
    Quando viajo e fico diante de lugares maravilhosos, cai-me alguma lágrima por não estarem junto de mim, compartilhando daquele prazer …Se alguma coisa me consome e me envelhece é que a roda furiosa da vida não me permite ter sempre ao meu lado, morando comigo, andando comigo, falando comigo, vivendo comigo, todos os meus amigos, e, principalmente os que só desconfiam ou talvez nunca vão saber que são meus amigos!

    A gente não faz amigos, reconhece-os.

    (Vinícius de Moraes)

  273. Caro AMIGO Maurício-Barretos

    Voce saiu do PT pelo que pude subtrair de outros papos mas compreedendo Vinícius e te declarando a minha AMIZADE, quero também te presentear, mas com Drumond

    “Desejo de Vigança”

    Em um momento de descontração, o grande poeta Carlos
    Drumond de Andrade assim escreveu:

    ‘Satânico é meu pensamento
    a teu respeito, e ardente é o meu desejo de apertar-te em
    minha mão, numa sede de vingança incontestável pelo que me
    fizeste ontem. A noite era quente e calma e eu estava em
    minha cama, quando, sorrateiramente, te
    aproximaste. Encostaste o teu corpo sem roupa no meu corpo nu, sem o mínimo
    pudor!Percebendo minha aparente
    indiferença, aconchegaste-te a mim e mordeste-me sem
    escrúpulos.. Até nos mais íntimos lugares. Eu adormeci. Hoje
    quando acordei, procurei-te numa ânsia ardente, mas em
    vão. Deixaste em meu corpo e no lençol provas irrefutáveis
    do que entre nós ocorreu durante a noite…Esta noite
    recolho-me mais cedo, para na mesma cama te esperar. Quando
    chegares, quero te agarrar com avidez e força. Quero te
    apertar com todas as forças de minhas mãos. Só descansarei
    quando vir sair o sangue quente do seu corpo. Só assim,
    livrar-me-ei de ti, pernilongo Filho da Puta!’

    “Obrigado, ó Deus, pela sabedoria concedida, porque a única coisa que a gente leva da vida é a vida que a gente leva”.

    Entendeu? não há “pernilongo” que mude ou mudará nossos sonos ou sonhos de profundo respeito.

  274. Caro Enio…21h41

    Entendi meu amigo…

    Fiquei feliz em perceber que tu também entendestes…

    Essa do Drumond é demais…sensacional

    Meu sono e meus sonhos não tem “penislongo” nenhum que atrapalhará…

    rsrsrsrsrs.

    Abraços meu irmão.

  275. ”Reconhecemos méritos do seu governo, mas o Bolsa Família é pouco demais ENQUANTO OS COFRES DOS RICOS ENGORDAM DE FORMA DESMENSURADA, SEM CONTAR ESSE SEU ASPECTO, SE NÃO DE MIGALHA, DE ESMOLA.”
    Mino Carta.

    É Mino, é isso! É a dor de uma paixão não correspondida. Paixão de adolescente. Quem nunca se apaixonou que atire a primeira pedra.
    Como se não bastasse, caro Mino, ainda tem o Tarso e o Vanucci, revanchistas inveterados e ireversíveis. Esses dois, Mino, não passa um dia sequer sem ”criar” um problema.
    É Mino. É como disse Mário Quintana; ” É graças a Deus que o Brasil tem saído de situações difíceis. Mas, graças ao diabo, é que se mete em outras”
    Não, não chore não Mino…

  276. Estimado Luiz, escuta essa?

    O governo federal decidiu hoje aumentar o limite de renda das famílias que podem ser beneficiadas pelo programa Bolsa Família. A partir de agora, para serem atendidas, as famílias precisam ter uma renda per capita máxima de R$ 137 mensais.

    Atualmente, essa renda é de R$ 120. No total, isso significa a inclusão de mais 1,8 milhões de famílias no programa.

    Vejamos 1,8 X 4 = 7.200.000 de Eleitores a mais em 2.010

    Só pra começar o dia com polêmica, e “Viva a mãe Dilma em 2.010”!

    Ainda assim não leva!

    Bom dia a todos

    Manoel Ferreira

  277. Credo, mais 1,8 milhões?

    E de onde vem o dinheiro?

    E aquela história de cortar custos?

    Sr. Manoel Ferreira : 9,59. As vezes tenho a impressão que o sr é um romancista, e se utiliza do blog, para escrever o seu livro.
    Outras vezes ,como ontem a tarde no seu comentário das 17,56 endereçado para a Andrea, me pareceu uma pregação! Lindo, e contundente!
    Tem horas que o senhor é muito hilário, e tenho aprendido a gostar dos seus textos, sejam eles de humor, de Puxão de orelhas ou a respeito de Deus!

    Parabéns pela sua percepção das coisas, e por favor continue a nos presentear com suas histórias, coisas de quem viveu a vida de verdade!

    Thiago

  278. O que o Estado dá com uma mão, tira com a outra.

    Se acabassem com os impostos em cascata que encarecem todos os produtos (do pãozinho ao carro zero), numa reforma tributária DE VERDADE, o poder de consumo de todos os brasileiros subiria, do dia para a noite, em pelo menos 20% (isso numa conta conservadora).

    O efeito seria infinitamente maior que o Bolsa Família. E com uma imensa vantagem – não gera as pressões inflacionárias que esses projetos sociais inevitavelmente trazem no longo prazo. Outra vantagem – eliminaria a regressividade do sistema tributário brasileiro, o mais injusto do mundo, socialmente falando.

    Bom, mas esse racicínio fica só entre aqueles 2% da população que sabem fazer conta. O resto da população vai continuar aplaudindo o Bolsa Família como a maior revolução desde a descoberta do fogo.

  279. Bom dia á todos voces meus amigos!

    Bom dia Ricardo ( agora entrou um post novo…viva)

    Que maravílha ler todos voces!
    O dia aqui está horrível, e chuvoso, mas dar uma rápida passada aqui, faz a gente se sentir bem melhor.
    Não acredito que tenha um blog com tantas lições, informações, humor, entretenimento, e principalmente GENTE, como esse espaço tão querído por todos nós.
    Pessoas inteligentes, de bom humor, capacitadas, enfim…todo um grupo interessado nos assuntos postados, e procurando participar de uma forma saudável e divertída.

    Olha….acho que logo logo, vamos ser comentados em algum lugar…em algum espaço no US, ou quem sabe seremos chamados para alguma entrevísta….rsrsrs

    Brincadeira…mas já pensaram?

    O Ricardo reunído com a gente e cada um dando seus depoimentos de como viemos á nos conhecer aqui?

    Ía ser um barato mesmo!

    Um grande abraço á todos.

    De vez em quando eu volto aqui!

    Robson de Oliveira

  280. Realmente dá uma saudade danada aquele memorável dia na Praça da Sé. Meu deputado votou sim, entretanto como minha cidade era representada por dois federais, um deles, empresário, piracicabano, agrônomo formado pela ESALQ votou não, como está comprovado na edição da Folha de São Paulo no dia seguinte da votação, cujo editor na época era o jornalista Boris Casoy. Lembra-se Ricardo? O deputado federal que votou NÃO acabou “eleito” pelo seu jornal também da minha cidade como sendo o “irmão” do presidente-ditador Figueiredo.

  281. Olá…Boa noite pessoal…para onde foram todos?

    Ricardo! Eu voltei naqueles post’s antigos, deixei um comentário, e quando fui para o próximo, apareceu que está aguardando moderação.
    É pra valer agora?
    Estamos sendo moderados?

    Ou foi um distúrbio do portal?
    Voltei agora à tarde do trabalho, e ví que ninguém mais entrou.
    Até o último post do José Alencar parece ter parado…

    Abraços

    Robson de Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *