A vida sem cigarro-2: a ajuda dos leitores

A vida sem cigarro-2: a ajuda dos leitores

A melhor coisa que me aconteceu desde que parei de fumar na hora do almoço de quarta-feira, dia 29 de outubro de 2008, foi ler os comentários que voces me enviaram. Deve ser mesmo algo tão importante na vida das pessoas que muitos leitores começaram suas mensagens assim mesmo, com o dia, o mes, o ano e até a hora em que pararam com o cigarro.

Tem de tudo: depoimentos comoventes de pessoas contando como sofreram para parar de fumar, de outras que precisam parar e não conseguem ou contando o que mudou nas suas vidas depois que largaram o cigarro, e muita gente me dando parabéns e desejando boa sorte.

“Parece até que foi teu aniversário”, comentou uma leitora bem humorada. Foram tantos comentários, mais de 150 até a hora em que comecei a escrever este post, que só me lembro de alguns.

Ainda estou meio zonzo, suei muito à noite, acordei mais cedo do que de costume, a dor de cabeça incomoda, mas vamos lá, que o blog não pode parar. É só tomar água, muita água, que vai…

Vale a pena, para quem não leu o texto publicado ontem sobre “O que muda na vida de quem pára de fumar”, entrar no Balaio só para ver os comentários. Sempre dá para aprender com a experiência dos outros.    

Desde o primeiro, da Vanda, que entrou às 17h01, desta vez nem teve muita polêmica entre leitores, muito menos baixarias, ao contrário do que ocorre em outros sítios (agora virou moda os próprios blogueiros estimularem debates escatológicos).

Apesar de se tratar de um tema pesado e desagradável, pelo menos pra mim, o alto astral de tantos testemunhos aqui publicados tornou mais leves estas primeiras horas de abstinência, que não são fáceis para quem fumou dois maços por dia durante 48 anos (algo próximo a 270 mil cigarros, se não errei na conta).

“Foi a melhor coisa que fiz em minha vida”. Você vai conseguir”, escreveu a ex-fumante Vanda. O leitor Adriano, que postou seu comentário hoje, às 08h24, resumiu bem o sentimento de liberdade e independência de que falam os que pararam de fumar:

“Pois é. Parar de fumar é uma sábia decisão. Parei de fumar e com o dindim dispensado pro cigarro comprei uma bicicleta. Hoje esta mesma bicicleta me leva para lugares que nem os comerciais de cigarro me levariam”.

Ainda não consegui fazer as caminhadas recomendadas pelo tratamento e pelos leitores, mas chegarei lá. Uma coisa de cada vez… A melhor notícia veio de uma leitora que informou ter feito gratuitamente no SUS o tratamento para parar de fumar, com médicos especializados e até uma psicóloga.

O leitor Everaldo, freguês antigo e constante deste espaço, sugeriu até transformar o Balaio num ponto de encontro “para nos auxiliarmos mutuamente neste objetivo de parar de fumar”. Está liberado.

Quando já ia encerrando este texto, minha mulher, que parou de fumar junto comigo, veio me mostrar o jornal. Leio na página C6 da Folha:

“SUS e INSS gastam R$ 37 milhões por ano com fumo passivo _ Infarto e angina, doenças ligadas ao fumo involuntário, custam 12,2 mi ao SUS”.

Bem, agora, que já não me sinto mais responsável por estas doenças passivas nem pelas despesas que elas geram, gostaria de fazer apenas uma pergunta.

Este dinheiro não seria melhor aplicado se, em vez de combater as consequências, o sistema público de saúde o usasse para fazer uma campanha divulgando os tratamentos que o SUS já oferece gratuitamente para quem quer parar de fumar?

     

152 thoughts on “A vida sem cigarro-2: a ajuda dos leitores

  1. Ricardo, como nunca fumei, não posso passar “conselhos” numa hora dessas. Quero apenas desejar sucesso nessa sua decisão. Quem não fuma, agradece, pois cigarro é uma coisa realmente indesejável, para quem fica perto de fumantes.

  2. Realmente, os governos ( federal, estaduais, municipais), deveriam se empenhar mais nessa abordagem do problema.
    Afinal, é bem melhor previnir que remediar ( essa eu inventei agorinha mesmo…).

    Se minha experiencia serve pra alguma coisa:
    Deixei de Fumar Há dez anos no dia que soube que um irmão iria se operar de cancer no esofago ( que já matara meu pai).
    Como tenho muito medo de remedio não tomei uma cibalena sequer ( alias, esse é um dos meus motivos de orgulho. Nesta fase precisamos de muitos…).
    Foram meses terriveis. Anos até. Mas agora convivo razoalvelmente com a saudade dessa “doce namorada que abandonei.”
    Mas, em noites de luas as cicatrizes doem….

    Mantenha-se firme. Não há outra forma de lidar com o problema.

  3. SABE RICARDO, EU ACHO QUE O INTERESSE DA DIVULGAÇÃO DO TRATAMENTO PELO SUS, VAI MUITO DO MUNICÍPIO QUE ESTÁ ADERINDO AO PROGRAMA……. O MINISTÉRIO DISPONIBILIZA OS MEDICAMENTOS E TODO UM MATERIAL EDUCATIVO, É SÓ OS MUNICÍPIOS SE ENGAJAREM NESTE TRABALHO.
    MAS, CONCORDO COM VOCÊ QUANTO A FALTA DE DIVULGAÇÃO NA MÍDIA NACIONAL.

  4. Parar de fumar é “tudo de bom”. Parei várias vezes; os 3 primeiros dias são traumatizantes e, à partir daí começam a melhorar. O organismo reage favoravelmente, a qualidade de vida melhora, ofôlego melhora. O problema maior é a autoconfiança adquirida levando-nos ao retorno quase que inocente de uma tragada, um cigarro e… pronto, todo o trabalho perdido! Perseverança é a palavra chave.

    Boa sorte!

  5. …“fazer uma campanha divulgando os tratamentos que o SUS já oferece gratuitamente para quem quer parar de fumar”… Em primeiro lugar, o país já gasta muito com a chamada “propaganda institucional”. Já imaginaram o que se gastou para a Lavínia Vlazak aparecer grávida na telinha dizendo: “ninguém nasce sabendo tudo”? Como estamos em tempos de crise e a oposição diz que precisamos cortar gastos, por que não começar por esses? A propaganda institucional só serve para engordar o caixa da mídia e dos publicitários. Depois, ninguém deixa de fumar ou beber em razão de propaganda. O que o governo precisa pensar é em criar estabelecimentos comerciais, como bares, restaurantes e padarias exclusivos para não fumantes. Isso pode ser conseguido através de incentivos fiscais. Essa lei do Serra proibindo o fumo em tais estabelecimentos é um tiro no pé. Ninguém vai fumaçar na rua, ou sentado na sarjeta. É claro que vai fumar dentro de algum estabelecimento e não há como fiscalizar ou proibir isso.

  6. Não existe remédio para parar de fumar, apenas determinação, comprometimento, amor próprio e inteligência.

    Só depende de você.

    Quem fuma não tem direito de reclamar da poluição, do desmatamento, do clima, enfim de nada.

    Não é preciso mudar nada em sua vida para parar de fumar, nenhum de seus gostos e prazeres apenas parar de fumar e enfrentar o vício descobrindo que o prazer que sentirás por sua superação será maior que o prazer enganoso da nicotina.

    O bom é curtir a abstinência.

  7. Tá vendo Véím!!!
    Véím não.Agora Garotim ( não aquele…)
    Um POSTEZIM, um assuntim, legal.
    Mas…mesmo assim vou repetir um coment, que fiz no anterior.

    “Péssimo exemplo Véím!!!
    Péssimo!
    Não o de parar de fumar, mas o de colocar aqui este texto sobre sua atitude.
    Péssimos exemplos também, dos que comentaram lhe saudando por isto.
    Quem parou de fumar, deveria ser proibido, de tornar público o seu ato.
    Sabe por que?
    Porque não fazem idéia, do que passei aqui agora, diante de duas terroristas anti tabagistas, minha filha e minha mulher.
    -Tá vendo! Só você é que não consegue!
    -Tá vendo! Até êle esta conseguindo! Você…
    …ah! se não houvesse esta tal de lei Maria da Penha…
    …ATÉ ÊLE, está conseguindo ( não sei se quizeram inferiorizar eu ou você)! Como se houvesse parâmetros de comparação entre fumantes e ex-fumantes.
    Claro que não há.
    Para mim o ex-fumante é realmente um ser superior.
    Até digo:
    Se um cara, que conseguiu parar de fumar, disser que vai fazer qualquer coisa, por mais difícil que possa parecer, pode acreditar que êle fará.
    Acho mesmo que, o processo de concessão de crédito nas fianceiras, deveria se resumir ao seguinte: É ex-fumante? Sim! Crédito concedido.
    Não é nem o mal, para a saúde, que me leva a querer parar de fumar, mas sim, êsta sensação de superioridade.
    Parabéns Véím!!! Mas um motivo para nos orgulharmos de nos sentirmos inferiores a você.”

  8. Interessante seu Post, relatando os nossos comentários. O ano, dia e hora do ÚLTIMO cigarro, para min é importante, marco na agenda e comemoro todo ano, faço “festa” com a familia e os amigos do trabalho e tem mais, LORENA cobrando/contando aos amigos nossos fumantes e se sentido importante por ser a “causadora” de tão nobre causa.

    Sou FELIZ e muito orgulhosa de mim mesma!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Força, os seus familiares sentirão muito orgulho de voces!!!!!!!!!!!!

  9. Claro que sim!
    Todo mundo deveria saber onde e como encontrar tratamento para parar de fumar. O tratamento e o acompanhamento médicos são fundamentais, tanto para ajudar o fumante a lidar com a abstnência, como para o sucesso do tratamento, diminuindo as chances de recaída. Mas parece que as autoridades não pensam assim. Outro dia li uma reportagem dizendo que, na cidade de São Paulo, ainda era muito difícil acessar o tratamento no SUS; até mesmo descobrir, no Sistema, as informações corretas (para que número ligar, aonde ir) era uma selva! Sem contar a dificuldade para conseguir uma vaga.
    Não consegui localizar o artigo na internet, mas parece que há muito a ser feito em relação a isso.

  10. Tenho 58 anos..fumando desde os 11 anos…Cada vez que tento parar(e consigo no máximo da hora de dormir até +/- 9 horas de dia seguinte)aumento o consumo do dia seguinte e de mais uns dois ou três….depois volto ao habitual 1 1/2 maço por dia…
    O que fazer?
    Curioso é que não fumo e nem tenho vontade “de”,quando estou em locais não recomendáveis e/ou proibidos(restaurante,cinema,avião,etc…)
    Alguém tem alguma fórmula para PARAR com o cigarro?Estou disposto a pagar,por muito tempo,o valor equivalente ao que eu deixarei de consumir..caso realmente se resolva.
    Abraços e espero que alguem possa contribuir comigo.
    Ataide

  11. Fumar faz muito bem para saude, tenho 60 anos, e nunca parei de fumar, os meu amigos mais novos que eu, ja foram desta pra melhor,porque parar,o cigarro e a melhor coisa do MUNDO

  12. Ricardo,que bela atitude, seja perseverante vc.e sua companheira,porque eu fumei 10 anos, herdei uma bronquite que sofro com ela até hoje e não foi fácil deixar do danado cigarro. Houve dias que a vontade era tanta que queria subir pelas paredes, mas venci, valeu! Depois num breve curso de enfermagem que fiz, participei de uma cirurgia para a retirada de um tumor, de um poeta,compositor. Vc nem imagina o que vi em seu pulmão depois de 53 anos de dependência tabagistica. E ele foi para o Pai Eterno. Ele morreu na minha presença pedindo a mim que não voltasse a fumar e que lutasse contra esse vício. Já alertei e pedi para milhares de jovens que todos os anos passam por minha vida. Eu brinco com eles: joga esta chupetinha do capeta fora, garoto! Alguns querem se alterar, mas eu digo: não tem que reclamar, tem fogo na ponta e vai na boca! E eu fico imensamente feliz quando alguem me diz que tomou a decisão que vc e sua companheira tomou. E essa felicidade se repetiu inúmeras vezes. Olha Ricardo, eu estudei o tema e descobri que fumar é hábito e sendo hábito, mesmo com a dependência que causa a nicotina e o alcatrão, com a força de sua razão vc vai abandonar de vez este hábito. Os cáculos que vc já demonstrou provam que esta vossa decisão é muito coerente e boa. Parabéns! Parabéns! Parabéns!

  13. … Pior do fumar, é ser eleitor do Zé Serra.
    Agora…
    …Pior do que não conseguir parar de fumar, é não conseguir deixar de votar no Zé Serra.

  14. PARABÉNS, DESEJO A VC TODO SUCESSO, A MUITO QUE VENHO LUTANDO PARACONSEGUIR, MAS NÃO CRIEI VERGONHA NA CARAO SUFICIENTE AINDA PRA ISSO COMO DIZ MINHA MÃE QUE É EX-FUMANTE, POIS ESTOU ASSISTINDO O SOFRIMENTO DO MEU QUE ESTÁ COM CANCER NO PULMÃO PELO CIGARRO E AGORA NESTA SEMANA SOUBEMOS QUE O CANCER JÁ FOI PARA A BARRIGA, E TEM MAIS COM INICIO DE EFIZEMA E COMO SE NÃO BASTANTE SOU A GEN´TICA SO MEU PAI. DEUS TE ABENÇOE E AMIM TAMBÉM QUE TENHO COMO ESSE ANO LARGAR COMO DIZ O NOSSO AMIGO SÉRGIO A CHUPETA DO CAPETA.

  15. Kotscho, não fumo e nunca fumei. Mas espero de coração que nessa batalha você seja vencedor, como sempre é em tudo que se propõe a fazer nessa vida. Força!!! Força!!!

    Bjs!

  16. Sr. Ricardo Kotscho:
    Tenho 42 anos, parei de fumar há dois anos. Não vou me gabar de ter sido “macho” e ter parado sem qualquer auxílio. Fui ao médico (particular, é incrível como o governo tem medo de deixar de arrecadar impostos com cigarro), que me explicou os diversos tratamentos possíveis. Como bom químico que sou, optei por tratamento à base de Ziban, um antidepressivo. Claro, o medicamento só eliminou o vício fisiológico, a “muleta” representada pelo bastonete nicotinoso continuava lá e com isso que todos os ex-fumantes têm problemas.
    O que mudou na minha vida? Não sou mais fedorento. Não sabia quão mal eu cheirava. Minha boca, minhas roupas, minhas mãos, não cheiram mais à cinzeiro. Meus dedos não estão mais amarelados, nem as paredes da minha casa. Tenho fôlego para fazer as coisas e economizo um bom dinheiro.
    Você vai engordar, não se preocupe, pois seu paladar vai ficar mais aguçado. Mas a comida também vai ficar mais gostosa. Você vai sentir cheiros que antes não sentia, morando em sampa isso pode não ser a melhor coisa do mundo.
    Se posso lhe dar um conselho, evite o que você associa com cigarro, no meu caso, as cerveja. Como efeito colateral, passei a beber menos também (beber não é pecado, beber muito é que não é bom).
    Enfim, minha qualidade de vida melhorou.

  17. Valter,
    Valeu!
    700 000 cigarros, suponhamos 6 tragadas por cigarro, ( seis vezes sete quarenta e dois…pan pan pan) 4 200 000 tragadas, diretas nos tubos, nos brônquios, e o cara não morreu!, ainda tecla uns belos textos, etc.,etc.?
    …e o INSS, o SUS, dizer que está gastando 37 milhões com fumantes passivos…cá prá nós…tem nêgo, usando desta, prá roubar o INSS

  18. Caro Kotscho,
    Desde que você estreou, estou com vontade de lhe escrever, lembrança do pequeno, mas muito bom, convívio que tivemos na sua passagem pelo governo e aqui por Brasília. Tenho profunda admiração por você. Você faz falta. Desejo toda a sorte do mundo nesse seu projeto de parar de fumar. Insista nele. Um abraço, Rudolfo Lago

  19. É uma luta…. Já tentei também, mas não foi daquela vez… E agora só de lembrar o qto é difícil não tenho coragem de tentar de novo… Mas cada pessoa tem um organismo diferente, modo de fumar diferente etc…. Conheço gente que parou sem tomar nada e não voltou mais… Eu tava usando adesivo e mascando chiclete de nicotina mas são muito caros… Naum dei conta… E acabei voltando no meio de uma crise… Mas não desisti não só tô reunindo forças…
    E tô aqui agora na intenção de passar ao sr e a sua srª, o máximo de pensamento positivo que eu puder… Força Força Força q vcs conseguem sim…
    E já me anima pensar de verdade em tentar de novo
    Td de bom!!!

  20. Kotscho, Bom Dia !!!

    Ontem eu não consegui pegar no sono, por conta desse assunto. PARAR OU NÃO DE FUMAR ?. Entre um cigarro e outro, ainda não chegava a uma conclusão “conclusiva”, eu ia mesmo voltar ao post anterior para obter mais subsídios, mas como voce voltou ao assunto….
    Veja, está provado que o cigarro é mais prazeroso que sexo, pois sempre o melhor prazer a gente deixa para o final, por outro lado, esta enxurrada de testemunhos indicam que ao parar atinge-se o “Nirvana”. Vou aguardar mais um pouco para bater o martelo.

  21. Caro Ricardo Kotscho, meus parabéns !!! Sou médica pneumologista e é com muita satisfação que ajudo meus pacientes nessa jornada. Eu me sinto recompensada ao ver os olhos de meus pacientes brilharem dizendo que estão conseguindo parar de fumar. Eu sei das dificuldades e sei que não é fácil, mas procuro estar sempre por perto para apoá-los nessa luta. Continue assim. Força que vc consegue. Abraços

  22. Sobre os gastos do SUS com os efeitos do cigarro:

    É só cortar os 20 mil cargos de confiança (isso é que é confiar nas pessoas, hein? 20 mil homens de confiança!) nomeados sem concurso público (uma vergonha para quem diz que defende os servidores públicos), enfim, basta cortar essa farra que vai dar para expandir esse e muitos outros tratamentos oferecidos pelo SUS, alguns até mais básicos – esparadrapo, por exemplo…

    Brasileiro sofre de crise de Estocolmo…

  23. Kotscho “Esfinge”

    Voce terminou o teu texto com uma pergunta. Permita-me devolver com outras duas
    1 – Respeitando e acatando a Dra. Adriana (16:42), médica e especialista no assunto. Por que será que a maioria dos médicos que eu conheço, fuma ?
    2 – Por que será que qualquer campanha promovida por nosso Governo ( com exceto Combate à Dengue ) é praticamente ignorada pela população ? Estará ali faltando um especialista?

    Responda-me se resposta houver mas não devore-me, tenho mal gosto.

  24. Caro Enio, não sei se a maioria dos médicos fuma, mas sei que muitos fumam por sua dependência nicotínica elevada. As dificuldades de parar são as mesmas para todos, o que varia é a intensidade com que elas se apresentam em cada um.

  25. Em recente entrervista Chico Anisio afirmou que, nascendo de novo, faria tudo igual; os mesmos casamentos, a mesma profissão, os mesmos gostos , e por aí afora.
    A única coisa diferente, disse Chico, é que não fumaria.

    A saúde é ótima: pulso, pressão, níveis de glicoso e coleterol, tudo beleza. mas, um enfisema pulmonar causado pelo fumo o impede de caminhar mais de cinquenta passos.

  26. Querido Kotscho, para dizer a verdade, fumando ou não fumando você é um intelectual de primeiro mundo e que sabe fazer a diferença! O que mais me fascinou foi o seu jeito de se expressar… com tanta simplicidade e tanto conteúdo!
    Estive te entrevistando no prêmio Vladimir Herzog, quando a matéria estiver pronta te envio,ok?
    Quanto ao cigarro… “o nosso maior desafio é superar a nós mesmos” e você sabe fazer isso. Acredito em você!
    Beijokas, karine Margarida

  27. Dra. Adriana

    Entendi e agradeço pelo “toque” carinhoso, apenas confesso ter elevada dependencia a duvidas e dificuldade de parar com meu compulsivo e degenerado instinto de provocação.( talvez excesso de nicotina )
    Obrigado por não ter me esculhambado e respeitoso “beijo”

  28. ja tentei parar de fumar mais nao consegui fui ate participar de uma palestra pare de fumar em 5 dias mas foi em vao por favor sera que tem algem que possa me ajudar paula sao carlos

  29. Como profissional da saúde, gostaria de parabenizar a divulgação de sua experiência pessoal e todos os benefícios que otimizaram sua qualidade de vida, utilizo suas palavras – em meio a tantas discussões escatológicas- , um comentário que incentiva a troca do vício por atividades benéficas à saúde realmente é uma atitude valiosa.

  30. Caro Kotscho,

    lendo os comentários, lembrei-me de uma ocasião, na época da faculdade, que entre uma cerveja e outra, já etilicamente empolgado, pedi um cigarro a um amigo fumante, já falecido, e ele veio com a seguinte resposta: ”Mas nem a pau! Eu é que não quero ser o responsável por botar um amigo numa merda dessas!”
    Essa atitude foi determinante para, quando recobrada a minha lucidez, não enveredar por um vício, ou hábito, como querem alguns, que trouxe grandes males a inúmeros amigos.
    Engraçado como a consciência do péssimo hábito existe para o fumante, mas entre ter a noção do mal, e largá-lo, há uma lacuna enorme.
    Grande abraço a todos que enveredaram pela mesma empreitada que você, e também aos que ainda estão indecisos.

  31. Amigo Kotscho
    Essa história de parar de fumar me fez lembrar de um fato ocorrido no início dos anos 80, em Buenos Aires. Você deve ter em mente o quanto o técnico Telê Santana reclamava de nós, repórteres fumantes, no relacionamento diário, na seleção ou em clubes. Pois certa noite, voltávamos eu, Telê e o empresário Aurito Ferreira, do Palacio de Las Papas Fritas para o hotel, com o treinador insistindo para que eu parasse de fumar, quando quase fomos atropelados, numa esquina, por um carro dirigido por um sujeito nitidamente ‘borracho’, que ainda nos xingou. Aproveitei e comentei: “Esse não fuma, mas em compensação…” Telê, mastigando um palitinho (um hábito que tinha), apenas sorriu. Hoje, na condição de ex-fumante – parei em 96, após um infarto -, entendo perfeitamente o quanto Telê estava certo sobre os malefícios do cigarro. Mas, honestamente, ainda não cheguei à conclusão do que é pior, se o cigarro ou o álcool. Antes que me condenem, deixo claro que não sou favorável ao fumo. Não sou, mesmo, e também estou na torcida para que o amigo seja vitorioso nessa batalha. Apenas não conheço ninguém que tenha atropelado alguém na esquina porque acabou de fumar um maço de cigarros. Em contrapartida, são inúmeros os casos diários de agressões, de faltas ao trabalho, de famílias esfaceladas, de assassinatos, de acidentes com mortes… e por aí vai, em decorrência da bebida. Creia, vale mais o seu suquinho matinal, e muita água.
    Um abração deste velho de guerra. E saúde!

  32. Oi Ricardo!
    Que inveja! Não sabia que tinha tanta assim…….
    Ja parei uma vez, tive que lavar todas as roupas do armario pq não suportava o cheiro delas. Já fiz hipnose, controle mental, ziban, patch, chiclete, agua gelada, análise e tudo o mais que me indicam……….e nada….
    Sei que fico numa boa, pq não fumo quando faço viagens internacionais pq não se pode fumar nos aeroportos. Até esqueço do cigarro. Mas quando ponho os pés fora do aeroporto, não tem jeito…. Acho um herói aquele que tem este poder de decisão sobre ele mesmo, Parar de fumar é muito mais que sabedoria, é PODER, Força!

  33. Daniel

    Com o teu comentario preciso, precioso e oportuno, bato o martelo. Como vesti a carapuça do “indeciso” e me penitencio por tentar ser “engraçadinho” com coisa MUITO SÉRIA, tomo agora a decisão e vou tambem conversar muito a sério com minha mulher ( também fumante ). Obrigado tambem ao teu amigo que se foi, mas não foi, porque esteve aqui .
    Peço que nos ajudem ( eu e esposa ) a deixarmos de ser besta e sairmos desse vicio.
    Voce não me conhece pessoalmente, se conhecesse, talvez entenderia a minha “gaiatice” e tentativa de alegrar a vida ( incluindo a minha ). O Balaio, de alguns dias pra cá tem sido minha referencia “internética”, aqui se pode brincar, imagino, aqui se pode chiar, imagino, mas, e principalmente tambem se pode aprender, e por isso, isso aqui é um Balaio.
    Acho que o “querer parar” é o começo, não é ? Já enfrentei tantos, e porque não mais esse DESAFIO DE PARAR DE FUMAR
    Obrigado a todos e perdão a alguns

  34. Recoloco aqui um recado que passei para o Ênio ontem, que me pedia uma receita para parar de fumar.
    Parece brincadeira (isto aconteceu mesmo), mas, para mim é o melhor.

    “Oh! Ênio!
    Que bom te ver!
    Rapaz!
    O método mais exótico, e me parece, o mais eficiente para parar de fumar, foi me passado por um baiano, em uma das minhas viagens a Itaparica ( aquela ilha linda, vizinha a Salvador)
    Foi o seguinte:
    Surgiu um defeito em meu carro, entre Bom Jesus da Lapa e Ibotirama. Parei em uma oficinazinha de beira de estrada, para que o mecânico desse uma olhada.
    Equanto êle fazia isto, chegou uma caminhonete velha, “carregada(como dizem eles)” de baianos. Daqueles matutos. Da caatinga mesmo.
    Começamos conversar. Estórias daqui, mentiras dali, será que chove?, Nisso, resolvi acender um cigarro. Quando um deles…
    -Dotô, se importa não, se eu lhe ensinar um jeito prá pará com o cigarro? Discurpe minha intromissão.
    -Rapaz! Me ensine pelo amor de Deus, já tentei de tudo!
    -Lhe garanto que funciona mesmo! Funcionô cum meu avô, cum meu pai, e finalmente cumigo. E é assim:
    O sinhô levanta cedo, em jejum, vai para o terrêro, tira a rôpa, fica só de cueca. procura um lugar limpo, sem árvore por perto.Aí o sinhô fica em pé e abre os braços como Cristo na cruz. Fica ali o dia inteiro naquela posição, pode ter certeza, é côco quebrado, o sinhô mais nunca bota um cigarro na bôca.
    …baiano fii duma égua aquêle, pois até hoje vejo o seu método, como o melhor, pois além de parar de fumar, você acaba indo pro céu, Deus pode se apenar de você, como um Cristo retardado”

  35. …cá prá nós, o cara que conseguir passar o dia inteiro, debaixo do sol, só de cueca, posição crucifcada,..no final do dia consegue até voar.
    …e o baiano, jurou que fez isto mesmo.
    Por isto, ceramente, êle tava com aquela cara de bem-tevi.

  36. Querido Kotscho…
    Parei de fumar definitivamente a 7 anos… eu começava a me sentir intoxicada com aquela coisa mas foi difícil…
    Recorri a um método interessante que conto agora pra vc e para os outros: peguei um calendário e como fumava 20 cigarros por dia eu fui programando que em 5 dias fumaria 19, mais 5 dias fumaria 18 e assim por diante. Ao final, fumando um cigarro dia sim dia não já não tinha mais vontade de fumar… foram vários meses mas pelo menos não senti essas coisas desagradáveis que infelizmente vc está sentindo. Abstinência é fogo!!
    Eu lhe desejo felicidades, forças e tenacidade. Estou aqui na torcida por você e sua esposa… Um abração!

  37. Ênio 17:35
    Que maneira educada de retrucar um comentário, negão!
    Legal!
    …degenerado instinto de provocação ( talvez excesso de nicotina)
    Rapaz!!!
    …será que também padeço deste mal?

  38. Meu caro Ricieri. Realmente Deus está te dando mais anos de vida para ver se você abre os olhos para os perigos do fumo. Eu trabalho na área da saúde há 30 anos e nesses anos todos não tenho a menor noção em números de quantos pacientes com idade entre 50 e 70 anos já morreram, vítimas do tão elogiado vício. Muita gente fala assim: Meu avô morreu com 80 anos e fumou a vida toda. Realmente o avô aquí citado foi um dos sobreviventes do cigarro. Encerrando, quero te dar um exemplo de como é morrer de enfisema pulmonar. Experimente ficar sem respirar por três minutos debaixo dágua e sentirás o quanto é horrível morrer assim. Desculpe a sinceridade. Largue logo enquanto é tempo.

  39. Fumei durante mais de 30 anos, sabe como consegui deixar de fumar? Fazendo uma pergunta: Se eu vivo distante, sem as pessoas que amo tanto e resisto, por que não fico sem fumar?
    Em dezembro vai fazer 02 anos.
    Foi uma coisa boa que fiz na minha e para minha vida.

  40. ô Kotscho, vá em frente, vç vai esquecendo, e esquece.
    Eu parei há 15 anos. O tanto de anos que ouvia na gozação, alguem falando,assim: “parar é fácil, o problema são os próximos 15 anos”. Conversa. Parei e tô parado numa boa. Caminho, faço ginástica e me alimento bem. Eu acho que isso só se consegue na própria decisão. Agora, p`rá ajudar é bom destacar aí só na sua cabeça algo ou alguem que vç valoriza e quer dedicar este feito. Qdo eu parei, dediquei aos meus filhos crianças que me pediram. Isso ajuda.

  41. Olá Balaio. Fumar é Bom. Tive que parar. Sonho, faço programas de fumante e não voltei fumar. Convivo com fumantes e descrimino conscientemente anti-tabagistas. Se é uma questão importante ou necessária, não reclama e avalia o que é importante. Força na escolha, Morrot.

  42. Tento de todas as formas parar de fumar e não consegui.Estou naquele estágio em que o cheiro do cigarro me incomoda, mas o vício é maior e aí acabo cedendo. Gostaria de algumas dicas e força amiga pra enfrentar esse fantasma. Um abraço
    Patricia

  43. Existe um Grande Lobby para a industria do cigarro. É como o petróleo. Grandes industrias automobilisticas estão, somente agora, criando automóveis que usem combustível alternativo. Mas por que só agora? Porque é interessante que para eles manterem a dependência do petróleo pois empresas como a Shell, Exxon, Texaco e outras faliriam se passassemos a usar outros tipos de combustível. Não só as empresas privadas perderiam e, sim, o governo também.
    Assim acontece com o cigarro. O governo se mobiliza hipocritamente diante de uma questão tão importante que é a do cigarro. Digo hipócrita, pois imagens que deveriam chocar e amedrotar o fumante, que vêm nas caixas de cigarros, não fazem sua parte no combate ao tabagismo. Uma falsa idéia que o governo passa dizendo: “Olha, nós(governo) estamos te alertando para não fumar mais, viu?” Outra coisa, as propagandas, ao meu ver, ajudam ainda mais as empresas de cigarros pois quando o viciado vai processar a empresa, esta diz: “Viu, eu te avisei”.
    Então de que lado está o nosso governo? Chego a apenas uma resposta: “De quem tem dinheiro”
    Em Miami, nos Estados Unidos, o maço de cigarros custa em torno de US$4,50 mais ou menos. Lá, o governo taxa as empresas de cigarros. Por quê não por aqui? A melhor forma de combater algo, em minha opinião, é através do bolso. Com isso, o governo ganha, assim como lí na matéria a respeito do SUS e o combate ao fumo e, as pessoas também.

  44. Parabéns Ricardo!. Se conseguir se livrar dessa “muleta emocional”, abstinência não é nada!. Corpo agradece qdo se para de fumar.
    Confesso que ainda não consegui me livrar da minha, mesmo já tendo parado por 1 ano!. Sucesso pra vc!

  45. Parei dia 14 de outubro e ainda espero ansiosamente esquecer que um dia eu fumei. Este vazio, esta depre me deixa estranha, procuro desvendar esta coisa de abstinencia… é coisa da minha mente fumante de 30 anos… ou será os 100 mil cigarros e tanto que fumei…

  46. Bem gente,,,,,quero muito parar de fumar, se alguem puder me ajudar, o trouxa aqui, trouxa mesmo mais de 30 anos fumando, que merda gente, me ajudem
    Abraços nicotinosos a todos, (brincadeira),

  47. Realmente a vida sem cigarros passa da água para o vinho…. ou do vinho pr’a água, se é que me entendem…rsss
    Estou fazendo tratamento com remédio, e é bem difícil mesmo parar, mas não impossível…. Gosto de fumar, comentei com minha namorada, mas partilho da mesma opinião que vcs… Não precisamos… Há 2 meses, fumo de 1 a 4 cigarros por dia… pra mim já é uma vitória pra quem fuma 1 maço por dia há pelo menos 13 anos. Dou força a todos que querem parar e digo que basta tentar e querer mesmo. A grande maioria das pessoas, estão mais habituadas do que “viciadas” e começamos a perceber que ele não nos faz tanta falta assim, substituindo por hábitos saudáveis. O cheiro do corpo muda, paladar, disposição e digo uma coisa, a acupuntura, ajuda e muito.

  48. Parabéns Ricardo
    Só não vale se transformar num fumante anônimo chato, aquele que parou de fumar e fica enchendo o saco de quem fuma.
    Quanto ao fumante anonimo é correto, pois eu parei há dez anos mas se botar um cigarro na boca, com certeza volto a fumar.
    Mas que era bom .. ah…era.
    Para os demais que querem parar: é só parar.

  49. Ricardo, parabéns, parar de fumar é um dos maiores presentes que podemos nos presentiar.Fui um fumante desde os quatorze anos, fumava até cigarro da empregada lá da casa da minha mãe, era Kent sem filtro e foi assim até 03 de janeiro deste ano, onde tomei a decisão de parar,joguei o maço de Hollywod no lixo, peguei o isqueiro coloquei na caixa de recordações e assim segui pela vida. Passei a frequentar uma academia de ginástica, no iníçio era um desespero um cansasso enorme, não conseguia andar mais do que 20 minutos na esteira, hoje pasme corro 6 Km em 50 minutos e também passei a tomar quase três litros de água, fora o que consumo na academia após correr na esteira.
    Parabéns e continue firme, pois sei como é a ressaca de quem para de fumar de imediato.

  50. Fumei durante 38 anos,faz 4 meses que parei sinto uma sensação de liberdade de saber que nós é que encaminhamos nossas vidas.Portanto se considere um vencedor,fale ,espalhe para seus amigos,sorria seja livre ,seja muito feliz com essa nova vida ,sentindo cheiro ,sabores diferentes e se sentindo perfumado.Bjs

  51. Foram 46 anos no vício. Quando ia deitar minha respiração vinha acompanhada de um chiado, um zunido. Quer dizer, estava no fundo do poço, dalí pra frente a encrenca na saúde era certa e rápida. Parei já faz dois anos. Uma benção. Hoje caminho, subo escada ou morro e sinto frescor no peito. Antes um cansaço brutal e uma queimação no toxax, Na época minha filha estava sendo operada devido um cancer de mama. Minha esposa e eu rezando na capela do hospital, quando ela me pediu para fazer uma promessa de deixar o cigarro. Neguei de cara, pois sabia que não poderia cumprir(experiências anteriores). Nervoso saí e fui numa praça e fumei 3 cigarros direto. Milagre: no dia seguinte não sentí vontade de fumar, deixei para mais tarde e mais tarde e assim até hoje e o que é importante, sem trauma ou grande esforço( antes ficava completamente transtornado em apenas duas ou tres horas de abstenção), o que realmente para mim, acredito, foi uma benção e uma graça de Deus. Isso pode acontecer pra qualquer um, tenham fé e peçam que Jesus atende.

  52. Caro Ken (soa como nome de zapones nô?)

    Vou fingir que voce não sabe: Nossos fumantes pagam ao governo, em cada carteira de cigarros, “apenas” 30% do seu preço em imposto. NOs EEUU deve ocorrer a mesma coisa. É por isso que o movimento antitabagismo é universal, mas NEM UM ÚNICO governante proibe sua fabricação, apesar de dizerem taxativamente tratar-se de produto que contém mais de 4.700 substâncias tóxicas.

  53. João Bandeira 22:11

    Parabéns pelo comentário, sensato, equilibrado. O comentário que deveria ser feito por todo ex-fumante.
    Não, ficar nesta de amaldiçoar, abominar, algo que com certeza lhe deu tanto prazer.
    Quando parar, espero ser como você.

  54. … são como os caras, que vivem longos anos com uma mulher, arrumam uma mais jóvem e ficam criando defeitos para a antiga companheira.
    Isto é hipocrisia.

  55. Parei de fumar no dia 28/08/08, superei os primeiros 90 dias. Não foi fácil, mas já superei a fase mais dificil. Estou muito feliz e com muita disposição. Nâo quero mais essa vida que levei por 35 anos. Força, fé e alegria a todos.

  56. Prezado Ricardo :
    Não acredito em conselhos, mas mesmo assim vou deixar o relato da minha experiência : só deixei depois de desistir de tentar deixar, quando o” tentar deixar ” deixou de ser uma obsessão…., mais ou menos por aí !!! Boa Sorte !

  57. Há fumantes, que além dos males físicos que possa estar lhe causando o cigarro, ainda sofrem terrivelmente por querer e não conseguirem deixá-lo.
    Uma neura, uma psicose. Isto tem que ser evitado.
    Acredito que todos nós, somos capazes de deixar este vício.
    A primeira coisa é não “brigarmos com êle”, quanto mais lutarmos contra ele, mais forte ele fica.
    Segunda:Começarmos “alimentar” o desejo de deixá-lo (sem repudiá-lo). Isto vai um tempo. Toda vez que for fumar, olhe para o cigarro, e diga, em silêncio, ” vou deixar de fumar”, isto tem que ser feito sem raiva, sem emoção, mas com atenção no que diz..
    Pronto! Derrepente se deixa de fumar sem nem mesmo perceber.

    Confesso que criei este método aqui agora, vou testá-lo se funcionar aviso prá voces.

  58. Para Everaldo
    Como todo o fumante anônimo “tentei” por “n” vezes, minha mulher idem e, há cerca de quatro anos, ela também parou, o remédio, como disse acima é parar, não por mais o cigarro na boca, NÃO BRIGAR COM O VÍCIO, como disse você e fim.
    PS. Fumei por de 35 anos

  59. Ricardo,
    voce não deve se lembrar mas aprendemos a fumar juntos. Voce indo para casa e eu para pegar o 61.
    Fumava tres maços de Lincoln.
    Parei de fumar abruptamente (e só acredito que seja desta forma) por sugestão de meu primeiro sogro que era medico.
    No inicio via aranhas no teto, queria subir nas paredes, acordava com pesadelos. Um terror!
    Com o passar do tempo as coisas vao se ajustando e acalmando, pode ter certeza.
    Muito cuidado para não engordar, porque isso pode ser uma consequencia tão ruim quanto a causa.
    Dou este depoimento como contribuiçao a voce se livrar desta praga do fumo definitivamente

  60. Fico feliz por vc ter parado de fumar eu fumei desde 10 anos de idade faz 13 anos que parei de fumar e beber hoje faço parte do Conselho Municipal Ant-Drogas há 8anos estudando e fazendo cursos sobre dependência quimica aprendi e estou aprendendo cada dia mais muitas pessoas não tem noção que cada cigarro que fuma contem aproximadamente 40 componentes canceriginos veja bem uma pessoa que consome três maços de cigarro por dia vc já sentiu uma diferença dentro de quinze dias vc se sentira com mais desposição
    sem mais uma abraço Boa noite.

  61. Fumantes fedem… tem o mal hálito do cigarro (fumo) quando respiram, ficam com os rostos muito envelhecidos com o passar do tempo, sentem cansaço, tem “catarrão” no peito… e ainda tem que aturar o desprezo dos não fumantes, é horrível mesmo… mas como parar de fumar se o hábito (vício) vai além do racional… é racional engolir e aspirar fumaça? fumantes precisam de amparo psicólogico, de amor… e tudo começa como algo bom… por acaso alguém se lembra que a gostosa cerverjinha gelada pode ser o passo a passo para um possível alcoólatra? Assim também foi com o fumante…. Acho que o governo tem grande responsabilidade no que se refere aos fumantes, acho que deveria se fundar uma associação de fumantes para cobrar responsabilidade do governo para o tratamentos dos fumantes… EU DISSE TRATAMENTO , pois até onde me lembro fomos muito incentivados a fumar… é so em tempos recentes passaram a fazer um alerta “pálido” que fumo mata… PARAR DE FUMAR É UMA ATITUDE QUE SÓ OS MUITO FORTES CONSEGUEM. PARABÉNS AOS QUE CONSEGUEM.

  62. Parei de fumar( depois de 30 anos) no dia 26 /02/2008. Sempre tive vontade de parar, mas a “força” não vinha, até que minha filha ficou doente e eu apavorada prometi a Deus que se ele me mostrasse o caminho da cura dela não colocaria mais cigarro na boca – joguei o que estava fumando fora. Ela ficou boa e eu não fumei mais. Substitui por água, nos primeiros dias, depois fui me acostumando a só sentir saudades e hoje nem saudades tenho mais!!!!! Boa Sorte prá você!!

  63. Prezado jornalista.

    Embora você ainda não saiba, sua decisão foi sábia.

    O Brasil, embora sua grande amizade com o Lula, ainda precisará muito da sua lucidez e isenção.

    Mais uma receita de quem largou de fumar: “NÃO PENSE NO PROBLEMA PORQUE NÃO É UM PROBLEMA E SIM UMA SOLUÇÃO”

    Conto com sua força e coragem para superar essa “pífia” tarefa a que se propôs. Sua saúde agradecerá.

  64. Caro Ricardo Kotscho,
    Primeiro, obrigada por sua companhia, a de abstêmio. No
    próximo 7 de novembro deste 2008 serão dois anos sem
    cigarro. Longe de mim querer ser exemplo dignificante e
    de superioridade moral. Pra quem continua a fumar, ótimo.
    Não serei a voz da consciência de ninguém. Não vou pregar
    a doutrina dos hábitos saudáveis a quem pretende continuar.
    Acima de tudo respeito a livre e espontânea vontade de cada
    um. Apesar disso, sinto um gostinho de vitória e a cada dia
    7 de cada mês costumo comemorar sem maior ostentação.
    Não, não me considero uma heroína. Tive acompanhamento
    terapêutico por excelentes profissionais da rede estadual
    de saúde no bairro de Botafogo, no Rio (Rua Dona Mariana).
    Em grupos de cerca de 8 pessoas, nunca menos de 6 páram
    de fumar. Ou seja, 70% do grupo são bem-sucedidos. Nesse
    ambulatório são tratadas várias formas de adição (álcool,
    cocaína etc) sem e com atendimento psiquiátrico.
    Nos meus 60 anos já vi muito e/ou quase tudo. Ao longo de
    minha vida já estive internada em instituições de sáude mental muitas vezes. Muitos ou a maioria encontrada nesses lugares
    era até bem pouco tempo gente em busca de um local onde
    tivesse comida, dormida e roupa lavada. Se houve algo que
    tivéssemos em comum era o uso compulsivo da dobradinha
    café-cigarros. Se vc já visitou essas zonas sombrias que são
    os hospitais psiquiátricos ouviu mais do que qualquer outra
    coisa : “Me dá um cigarro ! Pelamor de deus !” E, nessa vida
    indigente, o que se ganha em troca de abandonar o vício ?
    Um redondo nada ! Mesmo porque quem vai ganhar em
    saúde se da vida não se tem nada que preste ? Não serei
    eu que, ao visitar um hospício, vou levar uma palavra de mais
    uma contenção, proibição, restrição. Mesmo porque os apelos
    de hoje em dia, seja aonde vc estiver, as drogas rolam pesado :
    é skank, ecstasy, crack. A evasão dessa realidade de exclusão
    é impiedosa e tem seu preço. Nada na vida é à toa.
    Então, por que eu parei com o cigarro ? Porque sofri um ultimato :
    na emergência de um hospital tive uma isquemia cardíaca. Ou
    isso ou acabar com esse prazer insubstituível (?) Depois de mais
    de 40 anos fumando dois maços por dia. Minha vida foi ficando
    uma merda sem nem poder conciliar o sono porque me faltava
    ar para respirar. Já não podia fazer minhas caminhadas na praia
    pois me faltava fôlego. Enfim, não há um rosário de lágrimas mas
    uma lista interminável de coisas boas aconteceram em
    consequência ao fim do cigarro. O gosto amargo e o mau hálito
    deram vez àquele orgulho de ser dona da minha vontade e da minha vida – não sou dominada por algo de fora, sou quem
    decido o que é melhor para mim. Depende de cada um sua
    escolha. Não me tornei uma crente devotada a guiar o rebanho
    de pecadores. Por isso, minha celebração da vida, nesta questão,
    é feita de discreta alegria renovada todos os dias.
    Bem-vindo ao clube, Ricardo !!!!
    Graça

  65. O vicio do cigarro é muito prejudicial pra saúde, como também pro bolso, embora acalma nos momentos de saudades dos amores mau resolvido.
    Cirsão

  66. Nossas Vidas mudou em tudo. Eu fumei por durante uns 10 anos, mas eu sabia que qd. fosse parar , eu pararia, sou muito decidida, e consegui parar por um motivo bem bobo, eu e meu marido íamos muito a barzinhos , e isso era um grande prazer, tomar uma cervejinha e fumar conversando na mesa com amigos, e até que um belo dia meu marido ficou com uma gripe forte, e naum conseguia por cigarro na boca, pq ele tossia muito, e foi onde combinamos, já que ele não queria nem ver cigarro, e eu sou uma pessoa bem decidida e consigo cumprir uma meta. Decidimos jogar o resto do maço fora e naum comprar, e aproveitar e abandonar aquela coisa que nos fazia tão mal e gastar tanto dinheiro inútil. A tosse dele durou 1 semana, foi o suficiente, para largarmos….Graças à Deus, conseguimos, é duro sim, mas a pessoa em primeiro lugar tem que querer muito msm, e não ser mole e naum se deixar ter recaidas, pq todos conseguem sim, afinal ninguem nasce com nenhum vício…Boa Sorte aos que querem parar.

  67. Caro amigo .
    Lamento que você tenha externado que parou de fumar depois de 48 anos como fumante ativo. Ninguém que fume 2 maços por dia consegue parar assim, num pau só… Duvido que vc e sua mulher irão conseguir. Vou acompanhar seu blog diariamente para saber quando vc irá desistir da idéia. Tenho 60 anos como vc e fumo a mesma quantidade e já fiz de tudo para parar e nunca consegui. Passados 6 meses, caso vc consiga, vou mandar erigir uma estátua no Ibirapuera em sua homenagem e mandarei gravar uma placa dizendo o seguinte: ” o cigarro, depois de “Ricardo Kotscho”, deixou de ser definido como ” uma brasinha numa ponta e um idiota na outra”. Um abraço. É um repto…

  68. Amigo, espero que continue firme nesse desiderato. Mas, se não conseguir, lembre-se da máxima de Millor Fernandes: “Não fumava, não bebia – MORREU CHEIO DE SAÚDE. ABS

  69. Prezado Ataíde:
    Prepare seu bolso por que vou ganhar seu dinheiro, montrando-lhe de forma eficaz como parar de fumar.
    É preciso que você “prepare-se e saiba parar de fumar”. Com certeza você sabe a diferença entre o vício e o hábito de fumar. De qualquer forma vale a pena lembrá-lo: o vício é a dependência química e o hábito é a dependência psicológica. Sabedor dessa diferença você já pode começar sua preparação, tentando antecipar mais ou menos o que você irá sentir em função da sua decisão e cá pra nós, verá que não será tão difícil e muito menos doloroso do que imagina. É importante que durante o seu planejamento continue fumando, para que sua decisão seja amparada numa espécie de esgotamento da sua paciência consigo mesmo. Na sua preparação será importante identificar a dependência química, tipo a que intervalos de tempo surge a vontade de fumar. Saiba que por experiência própria, essa vontade vem e demora aproximadamente 20 minutos, com intervalos de uma a duas horas nas primeiras 24 horas de abstenção. Nestas horas você deve beber bastante água que além da vontade própria e determinação será seu único remédio. Tá achando fácil? Saiba que não é não. Pois nestes intervalos da dependência química o que fazer? É nesta hora que o hábito de fumar ataca e imagine você o tormento que é para um fumante não fazer nada sem fumar? Já havia pensado nisso? É difícil pra cahorro. Mas verá que é possível e nem tão sacrificante quanto se pensa. É fundamental identificar aquelas coisas que você só faz fumando e se preparar para elas. A partir do 2º dia os intervalos da dependência da nicotina já ficam maiores e duram mais ou menos dez minutos, o que vai aumentar seu tempo sem “fazer nada” para o que você já foi avisado e estará preparado. A partir do 3º dia os intervalos serão maiores e assim por diante, e também você já poderá bater no peito e dizer já aguentei 02 dias, agora aguento dez. Só para lhe dar um exemplo, depois que me preparei e parei de fumar, fui fazer a minha primeira barba sem fumar, pois antes de deixar podia ter acabado de fumar, tinha que acender um cigarro. E aí tremi demais e acabei me cortando e percebi que tinha que recuperar os meus controles e fiquei com bastante vergonha. Hoje já está tudo resolvido. Estou sem fumar desde o carnaval. Passei por tudo isto que lhe informei aqui e ainda hoje luto mas de forma bem mais suave e consciente. Para finalizar espero que a minha experiência que tentei passar nestas palavras lhe sirvam de motivação e quero desejar-lhe muita corajem e determinação e lembre-se: você precisa provar para si mesmo que é capaz e só depende da sua determinação Não esqueça “prepare-se e saiba parar de fumar”
    Um abraço

  70. Nossa que legal que voce parou. Eu deixei de fumar por 6 anos e num ataque de esterismo total, por causa de uma separação, ( Queria morrer) voltei a fumar. Burrice, pura burrice. Agora nao quero mais morrer e não consigo deixar a praga do cigarro. Mais prometo que vou pensar com muito carinho e com ajuda de Deus largo este vicio.

  71. olá …Parabéns Ricardo..isso prova q importa-se com sua saúde e isso é ótimo!!!!! Eu tbm parei de fumar deve fazer uns 5anos e foi estranho o modo q me preparei meu psicologico para deixar de fumar…por seis meses me programei q seria esse meu presente de férias…”parar de fumar” muitos riam axam q seria impossível na visão deles ..mas eu estava preparando meu cerebro meu psicologico..”como um projeto de vida” pois qndo entrei de férias minha mente estava mais do q projetada e focada a parar de fumar…resumo…ja fazem uns cinco anos q parei de fumar e incrível…eu nunca tive mais vontade de fumar e nem sofri por isso…eu axo q foi um metodo q criei e q deu muito certo….mais uma vez parabéns pra vc…abraço

  72. Parabéns, com certeza vc vai conseguir…eu fumava a 26 anos, e resolvi parar no dia 14/10/2008 as 6horas da manhã; não conto os dias que já se foram mas agradeço por não ter vontade de acender o primeiro de muitos cigarros. Acho que vc tem razão, sobre a dependência psicologica. A rotina muitas vezes nos leva a crer que não conseguiremos viver sem determinadas coisas que nos fazem mal.

  73. Um motivo contábil para V. largar de vez: Quando fumante gastava $360,00 mês(* 4 maços por dia) com este veneno.
    Agora, gasto$800,00 por mês em remédios para me manter vivo
    Nem tão vivo assim: não ando sem me cansar, estou em constante marcha lenta e otras cositas ….

  74. Parar de fumar não é fácil mesmo, é uma luta que começa com segundos que parecem uma eternidade, mas que depois de um mês se torna uma conquista para sempre.
    Tive que parar por causa da doença de Raynaud, ou parava ou teria uma trombose ou gangrena. Saí da sala do médico chorando, mas com a certeza que seria melhor.
    Hoje, um ano e meio depois me sinto ótima, deveria ter largado muito antes.

  75. Fumei durante muitos anos, no tempo em que fumar era elegante e uma forma de se enturmar com mais facilidade. Um dia uma doença, não originária do cigarro, me impediu de fumar por cerca de vinte dias.Quando melhorei, pensei: já levei vários dias sem fumar, vou deixar para amanhã. No dia seguinte a mesma coisa, e assim os dias foram passando. Comecei a me animar e então comecei a dizer que tinha parado de fumar. Observe não dizia deixei de fumar, apenas parei. Meu medo era a frustração de voltar a fumar, e perder a confiança em mim mesmo. Em janeiro próximo completo trinta e tres anos dessa suspensão temporária do cigarro. Aviso: Pior do que fumar, é “deixar” o cigarro e depois ter uma recaída. Hoje aos 65 anos, tenho folego para tocar sax por muito tempo sem problema algum. Detalhe: Juntamente com o abandono desse vício abjeto , uma atividade física como por exemplo, caminhada, cai muito bem.Uma recaída é desastrosa para o ego do indivíduo. Não permita jamais que isso aconteça. Afinal os 33 anos que eu tenho de abstinencia, começou com o primeiro dia!

  76. Fumei desde os 16 anos. Quando tinha 32 anos viajando de avião entre Rio-São Paulo, o que fazia freqüentemente, li numa seção do jornal O Globo cujo título era, se não me falha a memória, “A Saúde e Você”, uma matéria sob o título “Azia e fumo”. Havia sido escrita para mim pois sofria de uma azia constante. Naquela época, mesmo na ponte área, eram distribuídos entre os passageiros umas carteirinhas com três ou quatro cigarros. Pois bem, aceitei a que me deram, mas daquele dia em diante não coloquei mais um único cigarro na boca. Fui a reuniões em SP, passei noites longe da família durante a semana e voltei ao RJ com os mesmos cigarros que tinha ao desembarcar em SP. No meu caso diria que, para se abandonar um vício, há que se ter um motivo mais forte que o próprio vício.

  77. Parabens. Eu sou ex-fumante, porem acho que o aumento da incidência do câncer infantil tem pouco a ver com o cigarro. Vamos fazer uma campanha contra os tóxicos exitentes nas comidas industrializadas e exigir a proibição de propagandas destas mesmas comidas para as crianças!

  78. oi Ricardo
    a vontade de fumar é um impeto desnecessário…
    Dr Drausio Varela explicou uma vez em revista semanal tipo veja ou coisa parecida e ele e seu artigo ajudou-me a parar… preciso conhecê-lo para agradecer!!!
    resumia-se assim:

    um dia acordamos idiotas e botamos um cigarro na boca!!!!
    depois….
    o corpo “cria” dependência de nicotina e “+150.000” espécies de porcarias adicionadas ao cigarro!!!
    voce e eu sentimos vontade de fumar… acendemos o tal, na primeira tragada (quantas não demos???) as substancias “nicotinas” são absorvidas e em frações de segundos agem nos receptores (dentro de seu cérebro) de prazer…
    saciamos nossa vontade de fumar…. fumamos até a “bituca” (–> cigarros de filtro branco eu fumava o filtro!!! hahahhaha hoje rio!!)

    se reparar bem a vontade de fumar VEM
    &
    do jeito que veio, VAI!!!!!
    ocupe sua mente

    estou sem cigarros já por 6 meses +/-…fumava a mesma quantidade ou mais…

    engordei pelo prazer de comer e sentir o sabor dos alimentos!!
    você é casado??? filhos servem também….
    ela fuma????
    positivo?
    sinta o cheiro que ela EXALA!!!! FUMO FUMAÇA CARVÃO NICOTINA!!!! beijinho serve…
    negativo?
    pergunte a ela como seu cheiro mudou…
    nos primeiros dias… sentiu o cheiro que seu corpo exalou??? o suór??? FEDE!!! a cigarro e nicotina…

    só mais um exemplo escatológico…
    arrume-se para sair… banho.. talco&perfume…
    va a uma festa em local fechado onde as pessoas fumam…
    NÃO FUME DE NOVO OU TAMBÉM!!!!!!!
    em casa… sinta o cheiro de seu cabelo & roupas….
    acho que voce não fuma mais…

    assim vou me convencendo de que fumar faz mal a saúde
    depende de mim…
    acelerar ( e olha que já aceleramos!!!)
    ou
    retardar minha morte

    desejo te
    Saúde, Felicidade & Sorte!!!!
    Paz & Amor,
    emanamos!!!
    aguente firme
    persevere
    faça exercícios imediatamente senão… o peso aumenta bem!!!
    hahahahahaha

    nunca escrevo nestes espaços à disposição
    mas….
    seu tema me cativou!!!!
    boa sorte
    sinceramente
    eu

  79. O sistema quer isso que as pessoas fumem mais consumam mais bebidas alcoólicas,
    Querem que você dependa da bebida querem que você dependa do cigarro.
    Mas devemos ficar limpos não devemos fazer esse jogo.

  80. Oi eu aqui em Londres parei dia 10/10/2008 apos ver meu filho de 2 anos com o giz de cera entre os dedos me imitando como se fosse um cigarro. Aqui parar de fumar e um paradoxo: o governo ajuda com patches, chicletes e anti-depressivos mas nas ruas de 10 pessoas que vc ve, 9 estao fumando. Aqui fuma-se muito, mais do que na Espanha, por incrivel que pareca. Aqui o maco custa 6 pounds, equivalente a 18 reais, mas ainda assim parace que todo mundo fuma, ainda mais qdo vc parou. Hoje sei que gosto, posso fumar mas NAO QUERO e isso e o que importa. Gosto de fumar, posso comprar mas nao quero pagar pra morrer, quero ver meu filho crescer e crescer sadio. Boa sorte

  81. Esimado Ricardo.

    Falando Sério!

    O que é raro, para mim!

    Se você quer mesmo continuar parando de fumar, olha que o velho que te diz isto parou de fumar em 159 vezes, só na última é que deu certo, e sabe porque: Não marquei nem dia nem hora e nem nada! Parei, quer parar de vez então comece a esquecer a data!

    Aliás você sabe quantas tentativas T. Edson fez pára inventar a lâmpada? Não ? Bem o não tenho o número correto, mas foi tipo umas 1.700 vezes, aí você me pergunta, então ele errou nas outras 1.699 ? Não Ricardo, ele inventou a lâmpada em 1.700 vezes!

    Psiu: É sério!

    Abraços fraternos e bom começo de final de semana!

    Manoel!

  82. caro amigo, fumei quase trinta anos, tenho hoje 5 anos, parei de fumar tem, não lembro pois não quebro lembrar como muitos fumantes contam dias, meses e horas que deixou este vicio, mais tem aproximadamente uns 8 anos que abandonei o cigarro. Não a primeira vez, deixei de fumar umas quatro vezes, sempre valtando. Um sabado qualquer, deitado a tarde e assistindo um filme na HBO, tive uma tontura na cama, fiquei apertado porque morava e até hoje moro sozinho. Tenho duas filhas maiores, uma forma em dezembro em enfermagem na Universidade de Vila Vela, no Espírito Santo e a outra vai formar, no mesmo educandário, no ano que vem, em Medicina Veterinaria. Valtando ao mais importante, achei que tinha chegado a minha hora, mas tive uma nova oportunidade, naquela tarde larguei tudo, joguei fora meu esqueiro vospique e os machos de cigarros que tinha em casa. Sabe qual a técnica que usei para deixar o fumo: a mesma filosofia dos alcoolatras anonimos. Hoje tenho que ficar 24:00 horas sem fumar. Não lembro mais do cigarro, não tenho mais vontade de fumar, faço todas as coisas que fazia quando fumava, ou seja, bebo minha pinga, cerveja, tomo cafe quando quero, alguns por dia, chupo bala, como doce, mas cigarro não tenho nem vontade mais. Use esta técnica que voce vai se dar bem. Um abraço de,

    MARCIO FURTADO

  83. PARABÉNS!!!!! Fiquei muito feliz em ler sobre sua experiência e também os comentários.
    Há um ano foi implantado na empresa em que trabalho um programa chamado “Ambiente livre do tabaco”. Isso tem causado muitos rebuliços, pois foi proibido fumar em qualquer lugar da empresa . Foram extintos todos fumódromos e cinzeiros… muito radical, não?! tb acho, mas tem tido seu lado positivo…mesmo com todo sofrimento que os fumantes tem passado.
    E com tudo isso ainda me deparo com alguns adolescentes, do programa aprendiz, fora da empresa claro, fumando com o peito estufado se sentindo gente grande! O que fazer para convencê-los de que isso é uma roubada???!!!!

    abraços

  84. Bom dia cambada de fumantes, ativos, passivos , reprimidos, perseguidos, abolidos, destemidos…e, principalmente, excluidos

    Levanto, vou ao banheiro
    Tomo meu café com pão
    Acendo meu cigarrinho
    E com êle inda na mão
    Fico aqui a meditar
    Porque eu devo parar?
    Chego a melhor conclusão
    Ser besta de graça, aceito
    Mas pagar pra ser besta
    Não.

    …e acabo de receber uma bronca, desta terrorista anti-tabagista, minha mulher, por entrar na cozinha com o cigarro aceso.
    Eita mundo! Eita vida! Láráiá…

  85. Parei de fumar com o nobre objetivo de ter um bebê. Ela veio e continuo firme por ela.
    Não vou mentir, a vontade não passa nunca, tenho certeza de que não posso nem correr o risco de tocar num cigarrinho.
    Mas estar cheirosa e manter minha saúde e de minha filha me servirá de incentivo para sempre.
    Boa sorte!

  86. FILOSOFIA DE BUTIQUIM.

    Já notaram?
    Tudo que é bom leva a morte…e além disso, o cara nasce chorando.
    Será que a vida se detesta? Ou a vida gosta de morrer?

  87. e aí como é que esta passando sem o cigarrinho? pois eu fumei por longos anos mais ou menos trinta e cinco … e acho engraçado o povo que fuma dizer que fumar é um prazer ,eu mesma dizia e que era meu unico companheiro , que eu nao fazia nada de errado na vida só trabalhava e que o cigarro era meu amigao,e bla bla bla… Porém vi amigos morrer de doenças causadas pelo vicio e nao é mentira nao o cigarro FAZ MAL A SAUDE, sim… força aí nao desista voce é mais forte que seu vicio… abraço

  88. Caro Ricardo,
    Depois de muita pressão familiar, parei de fumar assistindo Dr Sergio Simon em uma entrevista na TV. Ler o q vc escreveu foi um alento e, não me sinto tão só com estes sintomas.
    obrigada e um abraço sem cheiro de cigarros,
    Sada

  89. Sei não Garotim ( ex Véím)
    Esta de colocar êstes posts sobre esta sua atitude, se foi bom, por um lado, ao nos colocar diante deste nossa realidade, por outro, te colocou diante de uma tremenda responsabilidade.
    Pra fugir desta, vai uma sugestão.
    Se não tocas um instrumento, aprendes a tocar, de preferência, um de sopro, para manter as mãos, a boca e o pulmão ocupado.
    Como, sua fiel companheira também esta no processo, põe ela para segurar a partitura. ( …desculpe senhora, é uma brincadeira )
    …parar de fumar, e ainda perder o humor…
    …mas esta de aprender a tocar um instrumento até que é uma boa idéia.

  90. …fui ali na cozinha, tomei um cafezinho, acendi um … e a terrorista, na bucha…
    -Como é, não vai seguir o Kotscho? Cumé que êle tá?
    …na varanda, encurralado, num micro espaço, que ele estabeleceu, como , zona liberada, eu meditava.
    …Tô fú…se êle parar, o terrorismo vai aumentar, se não, tenho como contra argumentar, para poder continuar…Tô fú de todo jeito.

    NÃO PERMITA QUE SURJA UMA CASA DE APOSTAS. DELETE TODO COMENTÁRIO, COMO ESTE, QUE HUMORISA ESTA TRAGÉDIA.

  91. Cara…Boa sorte…Parei de fumar fazem 1 ano e 9 meses. E estou diria ótimo. Fumava a mesma quantidade que você. Aproveitei uma gripe muito forte e deixei o vício. Compre um daqueles chicles com nicotina (eu comprei e chupei um…apenas um…..durante uma crise daquelas bravas….é muito ruim….penso que ajudou…..haverã outras crises…até hoje sonto vontade….mas não volto por nada….outra coisa……fique olhando aquelas fotos que vem atrás o maço de cigarros…..fixe nelas……ajuda também….abraço

  92. Pois é meu amigo, estou com 72 e fumo 1 maço desde os 12, alguns anios atr´s parei por 2 anos, isto é, meio que parei, pq ainda fumava unzinho matinal.
    Mas, antes dos parabéns, dou-lhe as más notícas, o estrago já está feito.

  93. A fila de ex-fumantes é muito grande, entrei nela fazem exatamente dez meses, daqui alguns dias fará quarenta anos, pois foi o tempo que fui fumante, espero jamais sair desta filha. Se Deus quiser, muitos ainda vão conseguir entrar nela e parar de fumar.

  94. Concordo com o seu comentário sobre a necessidade de uma maior divulgaçäo dos tratamentos para largar o vício do cigarro, que disponíveis no SUS. Nós temos o hábito de criticar o atendimento na saúde pública e muitas vezes o problema é a falta de informaçäo sobre a existência e o acesso a estes tratamentos.

  95. …sobre a zona liberada, micro fumódromo, aqui em casa.
    São duas, uma na varanda, outra na área de serviços.
    Em qual devo ficar, depende do sentido de movimento do vento,
    Pendurei duas fitinhas nos gradis.

  96. Meu Caro Senhor do Cigarro,
    O Senhor parou de fumar em 29 de outubro de 2008 na hora do almoço, antes do cigarro queimar a vígula, ou depois? Desculpe a brincadeira!
    Eu, por exemplo, parei de fumar há mais de 20 anos porque resolvi, antes de ele me transformar em cinzas, acabar com as cinzas dele!

  97. SOU FUMANDE A MAIS DE TRINTA ANOS E DE DOU PARABENS POR TER LARGADO ESTA VICIO , O QUE EU TENTEI UMA FEZ SÓ ….. CONSEGUI LARGAR OUTRO VICIO QUE É A BEBIDA , ALCCOL …. E TENHO UMA IPINIÃO QUE NÃO MUDO , APESAR DE PARECER QUE ESTOU REMANDO CONTRA AGUAS ……. O ALCOOL , FAZ MAIS MAL PARA A SOCIEDADE COMO UM TODO QUE O CIGARRO , E NÃO SE FAZ UMA CAMPANHA , COMO SE FEZ COM O CIGARRO A MAIS DE DEZ ANOS . O ALCOOL É TÃO MAIS NOCIVO A SOCIEDADE , QUE ELE É A PORTA DE ENTRADA PARA OUTRAS DROGAS , COMO O CIGARRO A MACONHA ETC ,
    ESTA É UMA DAS MAIORES IPOCRISIA , QUE JÁ VI DA SOCIEDADE E NÃO SÃO POUCAS .

    ´

    MAIS UMA FEZ PARABENS POR TER LARGADO ESSE VICIO , MAS NÃO TENTE ME CONVERCER QUE O FUMO É PIOR PARA UMA SOCIEDADE QUE O ALCOOL …..

    UM ABRAÇO E FIQUE COM DEUS ….

  98. essa eu não podia deixar passar…..sábia decisão de parar de fumar, é como falou um leitor aqui do Balaio, deixar de fumar é uma questão de determinação, inteligencia e amor próprio….sinal de que o Tico e o Teco estão bem calibrados e de agora em diante cada vez melhor, …..eles agradecem a sábia decisão… a tendencia é que eles fiquem mais espertos ….afinal vc. tirou a nicotina que fazia muito mal a eles ….. (a nicotina e mais uma centenas de outros venenos )…..força……dê os meus parabéns para a Mara!

  99. parar de fumar é talvez uma das maiores vitórias, pois se trata de uma

    droga lícita, parei há 7 anos, sinto ainda vontade de fumar mas a imagem de meu pai com a perna amputada devido aos 50 anos de fumante me ajuda a permanecer firme, conselho: mantenha sempre em mente uma imagem de sofrimento de alguém devido ao cigarro que a abstinência se torna um prazer

  100. adoro fumar, talves seja uma das coisas mais prazerosas que possa existir, mas adoraria parar, e ja tentei muitas vezes, mas o problema, como ja disse, adoro fumar………….?????????!!!!!!!!!

  101. Parabens Ricardo.
    O Próximo passo agora é deixar de beber, depois parar de fazer sexo, parar de comer carne vermelha, deixar de comer vegetais, afinal também são seres vivos e depois é só morrer!!!!

  102. Parabéns pela sua decisão, ela é muito importante não só para você como também para todos que vivem ao seu lado, agora existem outras etapas a cumprir, como por exemplo deixar de fazer sexo, deixar de comer carne vermelha, depois deixar de comer carne branca, deixar de comer vegetais – afinal também são seres vivos- depois é só morrer.!!!!!!

  103. Meu amigo,
    Graças a DEUS, depois do “tranco que êle me deu”, tive que parar de fumar. depois de ter fumado durante 40 anos ( dos .30 aos 70 anos. (hoje estou com 72 anos e desde abril de 2007 , fui OBRIGADA A DEIXAR DE FUMAR , porque fui acometida de uma pneumonia nos dois pulmões, infeccção respiratória aguada, e como resuktante uma enfisema pulmonar.
    fiquei 5 dias no CTI da clinica onde fui internada e permaneci 43 dias em tratamento. Foi um período horrivel, pois até conseguir voltar a respirar sem aparelhos, foi um sorimento muito grande.
    O resultado é que perdi 25% da minha capacidade respiratória. Hoje estou bem, faço uso de medicamentos ( FORASEQ, SPERIVA, SERETID e nebulização com oxigênio, soro fisiolóico, Atrovent e Berotc )
    MAS GRAÇAS A DEUS, NEM ME PASSA PELA CABEÇA PENSAR EM FUMAR NOVAMENTE !!! ME LIVREI DESTE MALDITO VÍCIO.
    Hoje me alimento muito, mas muito melhor, durmo muitíssimo bem, e até já engordei uns poucos quilos, pois estava tão magra, que pensavem que eu estava com cancer.
    MAS DEUS ME DEU UM OUTRA CHANCE DE VIDA. E EU AGRADEÇO A ÊLE.
    C I G A R R O N U N C A M A I S ! ! !

  104. To parando de fumar , fumo desde os 9 anos de idade , hoje tenho 42,parei simplesmente pq sempre perdia o melhor das reunioes com amigos pq tinha que sair de perto deles pra fumar um cigarrinho, (sempre fui fumante educada) nao gostava da cara feia que faziam qdo a fumaçapassava pelo rosto deles , to adorando nao fumar , mas to muito nervosa , antes o nervosismo era descontado no cigaro , a unica coisa realmente que esta ruim é o nervosismo mas tenho fé que vou conseguir superar.

  105. Olá, faz 1 ano, 1 mes que parei de fumar, não li todas as mensagens mas gostaria de reforçar algumas teses a respeito.
    O começo nunca é fácil, então a vcs que desejam parar evitem alguns habitos como beber, café ou alguns outros que o coduziam ao vício pelo menos durante 1 ou 2 meses mas não tenham medo que depois a recordação do cigarro sumira da sua mente mesmo quando vc estiver tomando a sua cervejinha semanal , que eu acredito seja o maior temor por parte das pessoas, a vontade de comer docês aumentará mas vc pode facilmente trocar isso por exercícios e muitas outras coisas que vc descobrirão fazer bem com o decorrer do tempo
    Gostaria de te agradecer Ricardo pela oportunidade que nos está dando de participar desse tão importante tema
    P.S. Até hoje guardo meu ultimo maço de cigarro e dou risadas quando olho para ele pensando vc tentou me matar hehe

  106. Ênio 15:09
    …é isto mesmo!
    Chego ao absurdo de acreditar, que fumar é um vício, digamos assim, abençoado.

    Um grande prazer ao praticá-lo, MAIOR AINDA ao deixá-lo.
    Só dá prazer.

  107. Kotscho, parei de fumar em 02.07.2007, as 8:01:31 e hoje pra ser honesto não vi nenhuma diferença a não ser uma tosse alégica que tinha antes, mas minha capacidade respiratória continua a mesma e não notei absolutamente nada de melhora no meu quadro clínico, que afinal não é dos piores. A cada médico que consultava, não sei se pelo cheiro de tabaco que exalava, colocava a culpa de todos os males no maldito cigarro, para se ter uma idéia até unha encravada era culpa do famigerado. Te digo com segurança o cigarrro é produto da mídia, há algum tempo atrás era status, hoje é sinonimo de todas as mazelas do mundo. Alguns médicos que se dizem pneumologistas e que nunca fumaram se julgam especialistas em condenar o hábito, mas te digo com toda sinceridade, é muito melhor ter o vício de fumar do que usar heroína roubada dos pacientes crônicos de câncer nos hospitais públicos como fazem muitos daqueles que estão te aconselhando agora, com a diferença que você paga pelo seu vício e os outros se utilizam do dinheiro público. Eu sinceramente parei de fumar como disse antes, e não vou voltar até conseguir a minha aposentadoria, pois criou-se atualmente na mídia um preconceito sobre os fumantes que atualmente são tão marginalizados quanto as priores escórias da sociedade, tais como pédófilos, estupradores, assaltantes, políticos corruptos, e outros do gênero.
    Não estou tentando te demover da sua atitude, que é válida e importante para você enquanto acretiditar nela, mas te aconselho a seguir o seu coração, pois a vida é muito curta e nós devemos fazer aquilo que realmente nos causa prazer, mesmo que seja breve ou abreviada como querem os anti-tabagista.

  108. Segundo comentário:

    Quem afirma ficou obeso após parar de fumar é porque trocou o vício do tabaco pelo da glutonaria.

    Por isso continuo afirmando que quem para de fumar…deve parar de fumar e nada mais…apenas parar de fumar.

    Para parar de fumar você precisa ter amor próprio, determinação e inteligência.

    Freqüentar os mesmos lugares e costumes e apenas memorizar com firmeza que por fim se tornou independente ou seja; dono de seu próprio nariz.

    Lembre-se que se você fuma, não tem a mesma força seu protesto sobre poluição, desmatamento, problemas na camada de ozônio, bombas e guerras, desperdício, sujeira, liberdade, saúde, e muitos outros males que assolam a humanidade nem para você mesmo.

    O exemplo também é o melhor conselheiro tanto para você como para os seus.

    Ou será que ainda vivemos como muitos de nossos pais ou avós: faça o que eu digo e não faça o que eu faço?

    Eu sei que é difícil mas podes ter certeza que não estarás libertando só a você mesmo mas toda a sua casa.

    Por acaso existe barato maior do que este?

  109. Ricardo, parei de fumar a 10 anos, foi uma das melhores coisas que fiz na vida tenha certeza, é muito dificil, porém quem consegue esta benção agradeça e se possível nem se quer colocar um cigarro na boca.
    boa sorte

  110. Há um ano e sete meses atrás, tive um problema de saúde e fiquei oito dias internada. Esta foi a minha grande chance! eu precisava estar longe do cigarro, por alguns dias. Eu sabia que com sonoterapia (ficar de molho oito dias em um hospital…) conseguiria deixar o vício do fumo.
    Agradeço todos os dias a Deus, que me dá forças, tento convencer meu marido, mas ele nada… ele fuma muito e já está com uma tosse feia…
    Sei que é muito difícil, mas só os primeiros dias! ainda às vezes tenho vontade, mas imediatamente penso em Deus e agradeço de novo! Realmente é um milagre, pois já parei uma vez e voltei, porém desta vez não farei mais essa burrice… tenha muita força de vontade! realmente existe tratamento pelo SUS, tente ver em sua cidade. Eu já ia me cadastrar para esse tratamento, porém como fui forçada pela doença, acredito que voi em frente!
    O que muda na nossa vida é: podermos ficar em um bar ou restaurante, sem incomodar as pessoas, sentir que estamos cheirosos o dia todo, podemos falar sem constrangimento do hálito puro cigarro… sentir os cabelos cheirosos, quando bate o vento, senimos o gosto dos alimentos e temos mais apetite. Não sofremos quando estamos em locais que não permitem o fumo, como shoppings, restaurantes, residencia de amigos… porque no fim das contas, atualmente muitas pessoas pararam de fumar e as outras que nunca fumaram, discriminam os fumantes.
    Com relação aos meus filhos, estão vibrantes!
    Força, muita força que vc vai consegir. Um abraço!

  111. Um tio de minha mulher, é o pior tipo de fumante inconformado.
    Todo dia fuma dois maços, e amassa e joga fora outro com raiva do cigarro.
    Já dise a êle.
    Rapaz…essa sua atitude, não faz outra coisa, senão contribuir para o aumento do prêço, para com isto!!!
    Mas não pára.
    Já imagino-o com dois vícios, o de fumar e de amassar massos.
    Tá nóia, o coitadim!!!

  112. Há um ano e sete meses atrás, tive um problema de saúde e fiquei oito dias internada. Esta foi a minha grande chance! eu precisava estar longe do cigarro, por alguns dias. Eu sabia que com sonoterapia (ficar de molho oito dias em um hospital…) conseguiria deixar o vício do fumo.
    Agradeço todos os dias a Deus, que me dá forças, tento convencer meu marido, mas ele nada… ele fuma muito e já está com uma tosse feia…
    Sei que é muito difícil, mas só os primeiros dias! ainda às vezes tenho vontade, mas imediatamente penso em Deus e agradeço de novo! Realmente é um milagre, pois já parei uma vez e voltei, porém desta vez não farei mais essa burrice… tenha muita força de vontade! realmente existe tratamento pelo SUS, tente ver em sua cidade. Eu já ia me cadastrar para esse tratamento, porém como fui forçada pela doença, acredito que vou em frente!
    O que muda na nossa vida é: podermos ficar em um bar ou restaurante, sem incomodar as pessoas, sentir que estamos cheirosos o dia todo, podemos falar sem constrangimento do hálito puro cigarro… sentir os cabelos cheirosos, quando bate o vento, senimos o gosto dos alimentos e temos mais apetite. Não sofremos quando estamos em locais que não permitem o fumo, como shoppings, restaurantes, residencia de amigos… porque no fim das contas, atualmente muitas pessoas pararam de fumar e as outras que nunca fumaram, discriminam os fumantes.
    Com relação aos meus filhos, estão vibrantes!
    Força, muita força que vc vai consegir. Um abraço!

  113. Caro Kotscho, compartilho teu momento de abandono de um companheiro quase sempre inseparável: o cigarro.
    Meu último cigarro foi fumado as 23:42h do dia 12 de abril de 2008. Nada mal para quem fumava dois maços e meio por dia, ao longo de 26 anos.
    Foi um rompimento muito dificil, afinal, largar um companheiro que me acompanhou pela fase mais doce da minha vida.
    Lembro da importância do cigarro nas tensas reuniões do partido, ou nos momentos de panfletagens com os companheiros nas portas de fábrica, ou da sua importância fundamental nos longos e intermináveis debates na faculdade sobre os destinos do universo.
    E para conquistar o coração da minha esposa? Se não fosse eu ter acendido um cigarro atraz do outro, como iria perder a vergonha de pedí-la em casamento?
    Mas agora isso faz parte do passado. Eu penso assim, o cigarro me foi útil pelo tempo que eu precisei, agradeço a ele por tudo, mas agora não preciso mais dele, portanto, esse amigo ficará na minha memória, como todos os momentos bons que viví nessa vida.
    Não praguejo as propagandas imperialistas de gente bonita e saudável, não praguejo nenhum estímulo para eu continuar fumando. Só que agora, para mim (e, tenho certeza, para você também) acabou. Já começou a idade de cuidar da minha saúde, e nessa idade, infelizmente o cigarro não tem mais espaço.
    Um abraço ao amigo Ricardo.

  114. Eleonora 11:33

    Tô aqui com pena de seu marido, como tô de mim, se o Kotscho, parar mesmo.
    Como minha mulher e minha filha, você tem tudo para ser uma Talibã, com um agravante, você fumava.
    Não pressiona muito não, pois aí é que o coitado fuma mesmo. O danado do cigarro é aquela válvula da panela de pressão.
    …olhe-o como uma panela…quem sabe jogando uma água fria na cabeça dele…

  115. Há um ano e sete meses atrás, tive um problema de saúde e fiquei oito dias internada. Esta foi a minha grande chance! eu precisava estar longe do cigarro, por alguns dias. Eu sabia que com sonoterapia (ficar de molho oito dias em um hospital…) conseguiria deixar o vício do fumo.
    Agradeço todos os dias a Deus, que me dá forças, tento convencer meu marido, mas ele nada… ele fuma muito e já está com uma tosse feia…
    Sei que é muito difícil, mas só os primeiros dias! ainda às vezes tenho vontade, mas imediatamente penso em Deus e agradeço de novo! Realmente é um milagre, pois já parei uma vez e voltei, porém desta vez não farei mais essa burrice… tenha muita força de vontade! realmente existe tratamento pelo SUS, tente ver em sua cidade. Eu já ia me cadastrar para esse tratamento, porém como fui forçada pela doença, acredito que vou em frente!
    O que muda na nossa vida é: podermos ficar em um bar ou restaurante, sem incomodar as pessoas, sentir que estamos cheirosos o dia todo, podemos falar sem constrangimento do hálito puro cigarro… sentir os cabelos cheirosos, quando bate o vento, sentimos o gosto dos alimentos e temos mais apetite. Não sofremos quando estamos em locais que não permitem o fumo, como shoppings, restaurantes, residencia de amigos… porque no fim das contas, atualmente muitas pessoas pararam de fumar e as outras que nunca fumaram, discriminam os fumantes.
    Com relação aos meus filhos, estão vibrantes!
    Força, muita força que vc vai consegir. Um abraço!

  116. Fernando 11:37

    Liiiindo Fernando, poético! Um dos mais belos coments aqui feito.

    O único, defeito, foi o de lembrar a data que largou. Pior ainda, a hora e os minutos.

  117. …e o Cata Prêta!!!
    O Cata Prêta, era o guitarrista dos Brazílios, conjuntinho de jóvem guarda, constituído por mim ( contra-baixo), meu irmão ( guitarra), o Ricardo ( bateria), e, o Cata Prêta ( guitarra solo ).Lá pelos idos de 1966.
    Fomos fazer uma apresentação, em Rifaina, perto de Pedregulho. Meu pai trabalhava na construção da Usina de Jaguara.
    Pois é, nem precisava, pois era tudo muito pertinho, mas resolvemos dormir, ao terminar a apresentação, em uma pensâozinha, em Rifaina.
    O filho da mãe, do Cata Prêta, de cara cheia, deitou e esqueceu de apagar o cigarro. Acordamos com êle gritando: Fooogo! Fooogo!
    Resumindo, tivemos que deixar os instrumentos, de garantia pelos estragos na pensão. Como demoramos arrumar o dinheiro para o pagamento, o dono vendeu, a bateria e a guitarra.
    Os Brazílicos viraram cinza…e o sonho de ser os Beatles, braisileiros junto.
    Tudo por causa de um cigarro não apagado.
    E eu, um Paul inacabado, passei a fumar, talvez ,inconscientemente, com raiva do cigarro.
    E o Cata Prêta? Sei lá aonde está aquêle filho da puta.

  118. Rodolpho 10:45

    …parar…..parar…..parar….parar…. e depois é só morrer…
    …e sua mulher começar a fumar, para suprir a sua falta.
    Eita vida! Eita mundo! Laraiá.

  119. Parabéns! deixar de fumar não é facil … sei de pessoas que acabaram voltando, mas esse não será o seu caso.
    Você vai se librar dessa dependência química e psicológica, afinal, o cigarro não pode te fazer nada de bom, então, aproveite essa decisão e seja muito feliz!!!
    Que Deus te abençõe! eu torço por você!!!

  120. Boa Noite RK e a todos os comentaristas.
    No último comentário, relatei o inveterado fumante que fui e por ter perdido a voz, -calos que graças à Deus foram reconhecidos como benignos-, passei por uma cirurgia nas cordas vocais e advertido pelo médico, deixei o vício -às vezes 4 maços num único dia-, voltando a falar novamente.
    Hoje, sintetizo o resultado de uma pesquisa que fiz lendo diversos livros.
    Se procurarmos na história um responsável por essa droga, chegaremos à esquadra de Cristovão Colombo, que ao chegar na América Central, com sua tripulação, usaram roupas de cores vivas, próprias para ocasiões festivas e foram recebidos amistosamente pelos indíginas, -impressionados com o que viam- os quais tinham nas mãos folhas secas de fumo em brasa. -o fumo é um dos vegetais que mais produz fumaça e cheirosa-. Isso chamou a atenção de um marinheiro sob o seu comando, de nome Ramalho, que percebeu também que reunidos, os indígenas usavam esse vegetal dentro de uma cumbuca e com um canudo de madeira sugavam sua fumaça e a soltavam pela boca. Acreditavam que a fumaceira cheirosa, espantavam os maus espíritos e os ajudavam na caça e pesca, tornando-as abundantes. Essa cumbuca era chamada de Tabaco, hoje o nome que damos ao fumo.
    Ramalho levou essa ”novidade” para o continente europeu, onde na França, apresentou à Raínha Vitória.
    Vitória, que sofria de enxaquecas, experimentou a fumaça inalando-a e imediatamente, passou a ter uma crise de espirros. Logo após, sentiu um grande alívio, -os espirros limparam as vias nasais, diminuindo a sensação das enxaquecas-. Foi o bastante para que a raínha que como todo europeu desconhecia o fumo, informar à corte que se tratava de uma erva medicinal. Daí virou produto comercial e foi se alastrando pelo mundo em diversas formas, como cachimbo, charuto, cigarros, rapé, etc.
    Então o fumo é de origem das américas e infestou o mundo todo, causando tantas doenças que levam até morte. Devo deixar claro que até no papél do cigarro, contém química, para que não apague -aqueles risquinhos- também nocivos à saúde.
    Essa história foi extrida do diário da esquadra, existente na França.
    Há quem conte (estórias) dando conta que algumas tribos indígenas da época, castigavam aqueles que desrespeitavam seus costumes, fazendo com que fumassem naquelas cumbucas incessantemente, acreditando que assim procedendo, estariam mais perto da morte.
    Impressionante, já tentei de tudo para que meus dois filhos seguissem meu exemplo -inclusive pelo que presenciaram, a minha perda de voz- e não consigo fazer largar o vício. É provado que crianças ao nascerem, já trazem no sangue vestígios de nicotina e alcatrão.
    . (desculpem o comentário tão longo)

  121. Se cada fumante sentisse na pela o mal que ele faz ao próximo quando acende uma chupeta do cão, certamente ele pensaria melhor e se voltaria para amar o próximo e não o ofenderia tanto assim.
    eu fico asfixiado quando alguém acende um perto de mim, peço a todos os fumantes que parem de tocar fogo no mundo para que possamos viver melhor.

  122. Kotscho
    Parabéns a você e a tua mulher por terem conseguido parar de fumar. Vocês vão ver o que vai mudar em suas vidas em termos de saúde. Eu, que também sou coleguinha, consegui parar de beber e de fumar, depois de quatro décadas, com o auxílio de AA e FA. Hoje não bebo e nem fumo há dez anos. Consegui sobreviver e sou outra pessoa,em todos os sentidos,física, emocional e espiritualmente. Torço para que você conseiga o mesmo. Sugiro que você dê o endereço dos Fumantes Anônimos para quem precisa: Fumantes Anônimos.org.com. Existem grupos em todo o país, principalmente em São Paulo. O AA é mais conhecido, mas vai lá: Alcóolicos Anônimos.org.

  123. Ufa ………não ta sendo fácil mais fazem 2 dias que não fumo, parece que estou completamente estranha……meu corpo ta mole e meu raciocinio lento………….minha boca se parece estar minando de tanta vontade……………mais forte tentarei ser pois sou eu brigando contra eu……afe…….Deus ajuda pq não é facil

  124. Preciso de ajuda. Quero deixar de vez esse vicio, mas é muito dificil.Onde posso encontrar tratamento ?Sou de S. Paulo. A hipnose ajuda? Quero e preciso deixar de fumar. Se alguem souber um metodo eficaz, por favor me responda. Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *